O que vi e ouvi

Por SÍNDICO | Em 27 de agosto de 2010

Mariana Resende

Acompanhei o pré-jogo de Cruzeiro x Corinthians pelo rádio. Quando liguei, o Juca ainda estava no ar com seu programa e o antipático Renato Maurício Prado fazia sua ponta diária.

Eles adulavam o Bota, por quem, segundo eles, a torcida está apaixonada. Tem coisa mais sem sentido? Também exaltaram o ótimo momento do Flu e, nesse caso, achei justo. Quando o papo começou a me irritar, mudei pra Itatiaia.

Confesso que a curiosidade de saber o que iam falar do reencontro do Adílson com o Cruzeiro e com os próprios me consumiu durante o dia. Aconteceu o previsto. O profissionalismo deu lugar a uma chuva de ressentimentos e comentários nada imparciais.

Ao ser perguntado sobre a escalação, Artur Morais falou coisa do tipo “O Cuca ainda não soltou a escalação, parece que ainda há um ranço de Adílson, como se isso fizesse o time jogar mais né?”

E com esses tipos de comentários e cutucões no ex-técnico, se deu o pré-jogo da rádio. O duplo 5×0 ainda arde no lombo deles.

Como não sou masoquista, mudei de estação e encontrei um Pequetito animado e um Marcelo Bechler com comentários imparciais, sem mágoas. Fiquei com eles até o jogo começar. Assim que começou, desliguei o Pequetito, e fui escutar a narração do PFC.

Por incrível que pareça, Marcos Leandro foi melhor que o normal. Bob continuou, como sempre, brigando com as imagens e comentando, nesse caso, pra paulista ouvir.

Confesso que, no meio da transmissão, já nem escutava mais o que eles diziam. Fiquei surda de tanta adrenalina.

No intervalo, escutei os comentários do ótimo Marcelo Bechler. E passei a ouvir a partida pela CBN, que não tinha delay. Não sei por que, será que eles não assistem ao jogo in loco?

Ao final da partida, já tinha “bebemorado” tanto que não me lembro de mais nada.

Os mantras, ditos pela Itatiaia eram repetidos pelas pessoas no local em que eu estava. Prometi pra mim mesma que não ia mais me importar com o que ela fala.

Mas quem ama o Maior de Minas não consegue passar ileso pela forma com que nosso time e torcida são tratados. A hegemonia dessa rádio no estado faz mal ao Cruzeiro e ao futebol mineiro.

Mariana Resende, 25, cruzeirense, Relações Públicas, nasceu e vive em Belo Horizonte, embora coração e umbigo estejam enterrados em São Tiago.

63 comentários para “O que vi e ouvi”

  1. Claudinei Vilela disse:

    Esse espirito de perseguição é uma balela só. As mentes são moldadas e as pessoas acabam que interpretam só aquilo que seu sub consciente tem gravado. A itatiaia deve ta rindo atoa, porque o ser humano gosta da dor, do sofrer…..e a prova está ai….tanto sofrimento, mas “foi ouvir a radio”…
    Coloquei uma serie de comentarios aqui, que nao foram publicados (esse talves tambem nao seja), comentarios da torcida do Corinthians sobre o time deles…..A dúvida é se a “radia” já está pegando la e crescendo a torcida teleguiada ou realmente tem gente caçando pelo em ovo, quando ficam neste espirito de vira latas.
    boa tarde!

    • Alan Mendonca disse:

      Rapaz, mas voce e contra o Adilson, a favor da Itaiaia, que coisa! Voce e mesmo cruzeirense? Porque se for precisa de ir em um analista.

    • Bruno Pontes disse:

      Todo time, técnico e jogador têm uma parcela da torcida que o criticam. Já vi, no Mineirão, gente vaiando Alex e Fred. Você pegar o exemplo de “um comentário de um corinthiano” não serve como sustentação para nada. Te garanto que existem muitos outros “um corinthiano” que também apoiam. Se você realmente acha que o ex-treinador é ruim, e que a rádio não é tendenciosa, defenda seus argumentos com as próprias palavras, porque citar comentário de “um corinthiano no blog do Juca Kfouri” só denegre seu próprio argumento.

      • Dylan disse:

        quem não gosta de Adilson Batista ou não é cruzeirense ou precisa de um analista. Eu achei que jã tinha lindo de tudo aqui, mas nunca deixo de me surpreender.

      • Claudinei Vilela disse:

        Dylan, em tempo eu quero dizer que não tenho nada contra o AB. Alias, muito mais a favor do que contra. Tenho algo contra sim é ao espirito de vira latas, caçamento de pelo em ovo, caça de bruxa, viajem na maionese….Esse negocio de que tudo que se fala e diz é porque é manipulado pela imprensa que é contra o Cruzeiro é das mais absurdas coisas que acompanho no futebol.

      • Dylan disse:

        tbn não tenho mais nada contra, nem a favor.

      • Vinicius Cabral disse:

        Ô…

    • simone b de castro disse:

      E a sua mente, quem molda? A torcida do Coríntians, depois de uma derrota?

  2. danielouresa disse:

    Como não aguentava mais o Bob Faria e suas asneiras, aos 5 minutos do primeiro tempo, depois do penalty, mudei para a Band HD. A imagem era melhor e pelo menos eu sabia que os dois (Luciano do Vale e Neto) estariam torcendo para o Corintians. E gostei porque o Neto elogiou mais o Cruzeiro que o Bob Faria. O pior é que o Cruzeiro jogou bem. Foi um recuo estratégico para diminuir a velocidade do Corintians. Mas tem gente que só sabe criticar. Por que não olhamos o números de chances de gol de cada lado? Por que sempre tentamos arrumar argumentos para desvalorizar o trabalho feito em casa? Por que a grama do vizinho é sempre mais verde? Por que a falta de profissionalismo a toda prova?

  3. Claudinei Vilela disse:

    O que ouvi do Bob Faria foi apenas uma constatação dele, de que ele não via o Cruzeiro jogar tao recuado a muito tempo. Foi uma constatação que o Caio, por exemplo, tambem teve, mas o Caio foi mais alem e disse que a causa era o Gol prematuro do Cruzeiro.

  4. Jorge Santana disse:

    Bob Faria comentou corretamente. Disse o óbvio, não inventou. Ele paga por ser atleticano. Ele não deveria ser julgado por sua preferência clubística, mas pelo que diz. Nesse jogo, especificamente, ele saiu-se bem.

    • matheus t penido disse:

      De acordo. Apesar de não gostar do estilo dos comentário do Bob nunca achei que se justificassem as criticas que ele recebe da torcida celeste nesse blog e em qualquer outro espaço. Na maioria das veze acho que os comentários dele, embora meio elementareas, são corretos e sem radicalismos tolos, o que é bom.

    • Celeste disse:

      Jorge, outro dia estava ouvindo o gol do Elivélton na final da LA 97 (narração do Alberto Rodrigues) e tive a impressão que o repórter de campo era o Bob. Não sabia que ele tinha vindo do rádio.

      • Rogério disse:

        Ele é filho do falecido Oswaldo Faria, que era o chefe da equipe de esportes da Itatiaia, que colou o filho para estagiar na “Radia”.

      • Renato-SP disse:

        Ele tinha um bordão: Pode vibrar mundo azul, o Cruzeiro, fez mais um.

      • Vinicius Cabral disse:

        Esse bordão não era dele não…

    • Nada simboliza mais o Flamengo que Junior Capacete. Ele é o comentarista da TV Globo para os jogos dos cariocas e é muito bom. Raríssimas vezes soube de alguém, mesmo torcedor de outro time que tivesse alguma objeção ao Capacete comentando (mas conheço).
      A memsa coisa com Gerson Canhotinha, tricolor doente, quando era da TV Bandeirantes e há muito tempo na Rádio Globo. O cara comentando é bem querido dos torcedores cariocas em geral.

    • Renato-SP disse:

      Discordo. Bob Faria não comentou corretamente. Era nítida a má vontade com o Cruzeiro. Quase toda interpretação era pró-Corinthians. Tentou arrumar um cartão vermelho pro Gil no lance com o Jorge Henrique. Pode ser pateticano à vontade. Quando ligo e assisto o PAGO pra ver, quero no mínimo respeito ao Cruzeiro. Passar a mão na cabeça desse sujeito não faz sentido.

    • Naldo disse:

      Jorge, eu concordo que o cara tem que ser julgado pelo que diz mas o Bob ainda precisa melhorar muito a sua postura. É muito difícil separar ele do seu time de coração.

  5. Celeste disse:

    Mariana parabéns pelo post. Não tenho o hábito de acompanhar as transmissões radiofônicas. Sei o que falam pelo que leio aqui. Cada jogo é uma história, antes, durante e depois. Quando o final é feliz, melhor ainda.

  6. matheus t penido disse:

    Só pra constar assiti a partida na Globo com Cleber Machado, Caio Ribeiro e Wrigth.
    Cleber fala mais que o hômi da cobra, estilo Galvão, e desconhece os jogadores do Cruzeiro. Caio é um Bob Faria paulista e Wrigth continua o eixista de sempe.
    Resumindo não foi uma Brastempo de transmissão, mas eu já vi coisa muito pior, dentro e fora de Minas.

    • Claudinei Vilela disse:

      Eu assisti tambem pela Globo, e depois vi o VT pelo Sportv com Marcos Leandro. O JRW é pior comentarista do que foi juiz, deve ser míope, pois briga com a camera o tempo todo. Tem horas que vc percebe que o Cleber M. até discorda dele, de tanta asneira que ele fala.

    • Alan Mendonca disse:

      Matheus, o Caio e como o Tostao disse, com aquela cara de anjinho barroco, gosta de tudo e pra criticar pede ate licenca.

  7. Rogério disse:

    Dos narradores do eixo, o que mais me agrada é o Milton Leite, as transmissões ficam divertidas, a bem da verdade o Cruzeiro é muito mais bem reconhecido pela mídia nacional que a Mineira, se tiver opção de acompanhar pela midia nacional, faço isso sem nem pensar duas vezes.

    • Danilo_VIX disse:

      Também acho o menos pior o Milton Leite, apesar de quê, teve um jogo Cruzeiro x São Paulo, acho que pela Libertadores desse ano, que ele discaradamente estava torcendo para o São Paulo. Assim como Bob Farias estava torcendo para o Corinthians ontem. Não gostei dos comentários dele e nem achei que ele foi bem na transmissão, achei deveras parcial. É claro que quando o lance é indiscutível, e depois de passar 7 vezes não tem como deixar de falar o óbvio, mas em vários lances ele disse que o Corinthians já poderia ter virado o jogo, e pedia cartões para jogadores do Cruzeiro… Enfim, achei ruim!

  8. Chiabi Jr. disse:

    Ótimo post Mariana! Acrescento comentário que fiz alguns dias atrás aqui no PHD, fruto da leitura da coluna do Tostão, domingo último:
    “Contardo Calligaris escreveu na quinta-feira: “Quando a mídia é de massa, não há mais diferença entre manipuladores e manipulados, pois os próprios manipuladores, expostos à mídia, são manipulados por suas produções. Ou seja, progressivamente, todo o mundo pensa as mesmas trivialidades”.”
    Queiram, ou não, há clara preferência da mídia regional aos zebrados.

  9. Claudinei Vilela disse:

    Mas é perfeitamente entendível essa incompreensão toda. Ninguem fala que é contra fulano ou a favor de cicrano. Vc apenas faz uma critica a mania de perseguição e tem entendidos que já concluirão por exemplo, que vc não é cruzeirense, outros que estou “comparando comentarios” e que comentario do blog fulano de tal não tem credibilidade…..rs
    Mais que compreensivel.

    • Não ouvi nenhuma rádio, nem escutei a partida para ter minhas proprias opiniões sobre o “desempenho” das rádios e TV na transmissão.

      Mais somente o fato de segundo informações aqui no Blog a transmissão somente focava a torcida do Corinthias e NUNCA a grande nação Cruzeirense presente no Sábia mostra que a frase do Claudinei Vilela de “…mentes são moldadas e as pessoas acabam que interpretam só aquilo que seu sub consciente tem gravada.. ” É A PURA VERDADE e mias quando as IMAGENS televisivas SÃO MANIPULADAS

  10. Não ouvi nenhuma rádio, nem escutei a partida para ter minhas proprias opiniões sobre o “desempenho” das rádios e TV na transmissão.

    Mais somente o fato de segundo informações aqui no Blog a transmissão somente focava a torcida dos G@mbas e NUNCA a grande nação Cruzeirense presente no Sábia mostra que a frase do Claudinei Vilela de “…mentes são moldadas e as pessoas acabam que interpretam só aquilo que seu sub consciente tem gravada.. ” É A PURA VERDADE e mias quando as IMAGENS televisivas SÃO MANIPULADAS

    • Claudinei Vilela disse:

      Mauricio, a globo mostrou sim a torcida do Cruzeiro. E mostrou mais, porque a torcida do Cruzeiro estava de frente a camera. Ouvia-se tambem a torcida cantar, “Vamo, vamo Cruzeiro” e “PQP libertadores o Corinthians nunca viu’ em alto e bom som. Deram enfase sim, qdo a torcida do Corinthians acendeu um monte de sinalizador…..a do Cruzeiro não ascendeu….

    • Claudinei Vilela disse:

      Pô Mauricio, vc não ouve radio e nem ve tv, mas tira suas conclusões pelo que lê no blog?

  11. Binho disse:

    Pô Mariana; Itatiaia, pfc e diz que não é masoquista ? Imagina se fosse ? Eu vejo os jogos geralmente em botecos, então não te escolha de quem ouvir, mas se puder fujo desses aí como o diabo da cruz.

    • Claudinei Vilela disse:

      A vantagem ou desvantagem do buteco é que geralmente não se ouve nada.

    • mariana disse:

      Eu assisti em um bar tb, não tive opção. E escutei Itatiaia por curiosidade, tá bom fui um pouco masoquista! rs Mas quando vejo em casa, não da pra colocar no mute e ouvir pelo rádio e assistindo TV é mto ruim. Não tenho como fugir.

  12. OT- comentario no Spaw

  13. Claudinei Vilela disse:

    Mariana, de toda forma quero te parabenizar por colocar aquilo que voce ouviu, leu e entendeu. Parabens tambem por buscar informações em lugares diferentes. Eu posso até não concordar com vc, mas defenderei sempre o seu direito de falar o que pensa.

  14. simone b de castro disse:

    Parabéns pelo post, Mariana! Ainda bem que, no fim, a cervejinha ajudou a descontrair… hehehe Também acho que essa hegemonia da itatifrangas é maléfica, como sempre foi a mídia de modo geral, quando quer fazer valer sua opinião. Conta sempre com aqueles desinformados, ou sem opinião própria, sem senso de observação. Isso é realidade! E o AM, sem brincadeira, está abusando! É o “carma” do Adilson. Se eu acreditasse nisso, juraria que em vidas passadas, os dois foram inimigos.Aí, Freud não consegue explicar mesmo não…

    • mariana disse:

      Obrigada, Simone! Citei o Artur Morais, mas as alfinetadas partiam de todos que estavam fazendo a cobertura pela Itatiaia. Já faz 3 meses que o AB saiu, pra que usar um tom de deboche ao falar dele? Já foi, já acabou. Nem Freud msm viu…hehe

  15. simone b de castro disse:

    Incrível, fantástico, extraordinário! Dimara, JB, e outros falando bem de uma retranca! Só porque NÃO É o Adilson, só porque é qualquer outro. Lamentável ouvir as opiniões tão diferentes, tão contraditórias, de pessoas que há menos de 3 meses atrás, criticavam duramente a tática. Compreendem a necessidade de um, mas não a de outro! Mais lamentável ainda, as caras-de-pau dos mesmos!

    • Claudinei Vilela disse:

      Então tem alguma coisa fora da ordem, o Bob Faria falou mal da retranca, o JBrasil bem…….achei que todos eram farinha do mesmo saco (na visao PHDISTA), o certo e cruzeirense seria o que?

      • simone b de castro disse:

        Ai, ai…Vc não entende que o Bob sempre vai torcer contra o Cruzeiro, seja com que técnico for, e o JB, enfim, a turminha da Itatiaia, torcia mais contra o Adilson por ele ter batido de frente com a rádio, e por sempre detonar o timinho delas? São todos farinha do mesmo saco, só que atirando cada um por um lado. Se não entende, me desculpe, mas não posso fazer nada. Não dá para desenhar… Até porque vc NÃO QUER entender…E uma pergunta: qual é o seu objetivo, sempre pegando no meu pé a cada comentário? De repente cismou, foi?

      • Claudinei Vilela disse:

        1-Falar mal da retranca é torcer contra o Cruzeiro?
        2-O que mais quero é entender onde tá o problema que vc ta vendo.
        3-Não estou pegando no seu pé, mas se vc so consegue debater com quem pensa igual a vc, sorry!

      • simone b de castro disse:

        Digo o mesmo de vc, que fica pautando as pessoas…Implica até com o blogueiro…Muito chato!

      • simone b de castro disse:

        E eu debato com qualquer pessoa, desde que tenham educação, e desde que não venham com ironias, como você!

    • simone b de castro disse:

      Contra o Santos, o time mais goleador do Brasil, nossa retranca funcionou. Fomos o único time que não tomou gol do peixe, mas para a parte duas-caras da mídia, foi um horror!

      • Claudinei Vilela disse:

        Não tomamos gol, mas nao fizemos….logo a retranca funcionou pior do que quando fazemos 1 gol e nao tomamos nenhum.

      • simone b de castro disse:

        Ah, é? E contra o patético ano passado, onde vencemos por 1×0? Não li ou ouvi tantos elogios quanto agora. E contra o Botafogo? A mesma coisa…

  16. Gleyton disse:

    A imprensa mineira, como todas as outras, tem seus interesses comerciais e políticos que ela procura defender, muitas vezes de forma agressiva. Ela não é “isenta” e “neutra”, pelo contrário, ela mantém relações de mercado e com as próprias direções dos clubes que interferem diretamente em seu editorial. Até aí nada demais, em outros estados tb é assim. O problema principal refere-se ao baixo nível intelectual mesmo da maioria desta imprensa feita por péssimos jornalistas. Mesmo os cruzeirenses pertencentes a ela são, em média, comentaristas de butequim, pra dize o mínimo. Outro problema, claro, está em parte da torcida que não consegue filtrar estas informações.

    • Claudinei Vilela disse:

      “Outro problema, claro, está em parte da torcida que não consegue filtrar estas informações.” Vc tava indo bem demais até esta parte….

  17. Claudinei Vilela disse:

    Depois que o Adilson saiu do Cruzeiro e contratou o “qualquer outro” a imprensa que era toda atleticana passou a torcer a favor do Cruzeiro.
    Hilario……rs

    • simone b de castro disse:

      Hilário é vc, que distorce o que os outros querem dizer, além de tentar pautar todo mundo. Eu falo o que quero, e quando quero, não preciso de vc me dizendo quando devo falar isso ou aquilo, como tentou fazer a uns posts atrás. Entenda “qualquer outro” como quiser.O que mais tinha era torcedor corneta “jornalista” querendo qualquer outro, menos o Adilson. Mas tudo bem, vá até onde sua inteligência alcança.

  18. O post não é sobre isso, mas já que foi citado de passagem, vai lá meu ponto de vista.
    Realmente a torcida do Botafogo está apaixonada pelo time. Finalmente estão comparecendo ao Engenhão e fazendo festa. Tudo começou com a “Locomania” que ganhou força depois do penalty no Bruno, e a atuação uruguaia na Copa (Seleção que adotaram para torcer).
    A partida contra o Ceará no último sábado comprova como a torcida anda comprando o barulho do time. Aqui segue como vimos no Blá blá Gol antes (e depois nos comentários):
    http://migre.me/18rVD

  19. Naldo disse:

    Cara Mariana, a Itatiaia trabalha para ter a audiência das duas torcidas. Uma pelo amor, a do CAM e outra pelo ódio, a do Cruzeiro. Não considero ético, moral, lícito… este tipo de comportamento, mas como funciona e o que importa é a audiência os caras não tão nem aí. Eu agora tenho o sinal da Itatiaia via internet, mas não dou audiênciá, é a forma que encontrei.

  20. Matheus Reis disse:

    É complicado. O cúmulo da perseguição se deu – se não for lorota – num dia que o filho do Alberto soltou a pérola “Foi só o AB sair que o Thiago Ribeiro virou artilheiro da Libertadores”. Me contaram, não vi. Se foi verdade, uma estupidez sem tamanho. Se foi mentira, uma demonstração – ainda que na base da brincadeira – de que a culpa era sempre de um só.

    Sigamos em frente e força Cuca!

    • mariana disse:

      Tá pra existir alguém que fala mais besteiras que o Vibrantinho. Não assisto mais, mas não duvido q ele disse isso.

    • Walterson disse:

      Mas tá certo. Enquanto o AB estava no clube o TR não era artilheiro da LA porque esta não tinha terminado. Como só acabou depois que ele saiu, o TR foi artilheiro depois de sua saída.

  21. Hermes disse:

    Excelente post, após ler todos comentários, cheguei a conclusão que a torcida PHD é a mais fanática do mundo. Nós brigamos contra a imagem nítida e clara, contra jornais e jornalistas, contra tv, rádio, loucutores, comentáristas, reporteres, tudo que falem ou mostrem um “a” contra o Cruzeiro. Se um jogador do Cruzeiro errar a bola e chutar a grama, para nós, a grama é bola. Lembrou minha mãe, quando a vizinha reclamava, ela dizia para a vizinha: segura suas éguas que meus cavalos estão soltos.

  22. Fabrício disse:

    Achei ótimo o comentário do Naldo: audiência por “amor” e “ódio”. Na mosca! É uma maneira inteligente de conseguir mais audiência. Boa! Na prática é isto mesmo. Eu, que sempre ouvi a Itatiaia e passei a priorizar a CBN nos últimos 2 anos, sou prova disto. Muitas vezes ouço a Itatiaia justamente para ouvir as frequentes asneiras, mesmo sabendo que vou ficar p…da vida. É como se eles pudessem ouvir toda a minha indignação com certas coisas que vão ao ar. Dá ibope. É assim que a coisa anda.

  23. Beth Makennel disse:

    Pois é Mariana é revoltante aguentar esta midiazinha tendenciosa. Mas como esta em nosso hino; Tão combatido, jamais vencido. Eles perseguem tudo do Cruzeiro e por tanta inveja acabam se frustando cada dia mais com o Cruzeiro subindo e dando certo enquanto o timeco deles cada dia na pior.