O novo Mineirão: projeto verde, cofres azuis

Por SÍNDICO | Em 19 de agosto de 2010

Última parte da entrevista com Marcílio Lana, do Grupo Gestor da Copa 2014:

Projeto verde

Depoimento de Marcílio Lana:

O projeto de modernização do Mineirão foi aprovado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente –COMAM-de Belo Horizonte.

Em 19mai10, o Conselho emitiu parecer favorável ao início das etapas 2 e 3 das obras, que visam à preparação final do Mineirão para as copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014).

Além de sustentável na perspectiva econômica e financeira, o projeto também buscará alternativas para assegurar a utilização racional de recursos naturais. Um dos exemplos é a reutilização da água da chuva.

Será implantado um sistema de captação de água de chuva com a capacidade de armazenamento de 6.270 m3 (6.270.000 litros).

Esse volume é suficiente e supriria a necessidade atual de consumo de água do Mineirão (o consumo médio mensal é de 4.400 m3 ao mês, considerando-se sete jogos no período, o funcionamento administrativo e o atendimento a visitantes).

Está prevista também a produção de energia por meio de células fotovoltaicas, dispositivos que transformam energia luminosa, proveniente do Sol ou de outra fonte de luz, em energia elétrica.

O sistema fotovoltaico, baseado em estudos da CEMIG, aponta para a possibilidade de se dotar o Mineirão de 1 Megawatt, o equivalente à alimentação de 700 residências de porte médio.

Finalmente, destaco que o os projetos de arquitetura e complementares foram desenvolvidos atendendo preceitos de sustentabilidade ambiental, conforme orientações e requisitos da Certificação LEED, concedida a empreendimentos com alto desempenho ambiental e energético.

As principais premissas adotadas foram:

  • Conectividade de transporte público do entorno com a cidade.
  • Priorização de áreas livres de construção.
  • Controle na quantidade de escoamento superficial da água de chuva.
  • Uso racional de água com economia de até 40% de água potável.
  • Economia de água potável para irrigação.
  • Adoção de estratégias para otimização da eficiência energética do empreendimento.
  • Otimização do depósito de resíduos sólidos (separação de lixo reciclado)

Arrecadação

Cruzeiro e Atlético-MG terão 54 mil cadeiras à disposição para vender a cada jogo. Mais do que dispõem, atualmente, Grêmio, Inter, Botafogo, Vasco, Palmeiras, Atlético, Sport, Coritiba, Santos, Guarani, Avaí e Vitória em seus estádios próprios.

As demais localidades ficarão para o consórcio que construirá e administrará o estádio.

As placas de publicidade serão do consórcio, mas o que for arrecadado na bilheteria e no estacionamento vai para os cofres dos clubes.

Resta saber o que será feito da Ademg, atual administradora do Estádio Magalhães Pinto e do Mineirinho. Isto ainda não está definido, mas provavelmente, mais enxuta e eficiente, ela deve fiscalizar o contrato do Estado com o Consórcio.

O problema, no momento, é saber como os clubes atravessarão a entressafra de futebol em Belo Horizonte. O blogueiro tem algumas dúvidas:

  • Segundo a Secretaria de Estadio de Obras Públicas, o Estádio Independência ficará pronto em dezembro de 2011. Até lá, onde jogarão os clubes da Capital? Mudarão de cidade a cada partida ou escolherão uma pra sediar todos os compromissos?
  • Que uso os clubes farão da Arena do Jacaré na qual foram investidos recursos do Estado para que o torcedor da RMBH tivesse acesso fácil aos jogos de futebol?
  • Como ficará o programa Sócio do Futebol se o Cruzeiro escolher cidades mais distantes para mandar seus jogos?

Mas estes são temas para outros posts.

23 comentários para “O novo Mineirão: projeto verde, cofres azuis”

  1. Elias disse:

    Comentam que o Independência ficará pronto em março do ano que vem.
    Sei não, vi fotos outro dia e lá tá uma buraqueira de espantar. Nem os mais otimistas acreditam nesta data.
    Com 25.000 lugares, o Estádio do Horto seria a única opção dentro de BH. Pro Mineiro até que resolve mas, e prá Libertadores, onde estaremos novamente no ano que vem? Mesmo com ingressos mais salgados, certamente teremos problemas…

    • Rogério disse:

      Duvido que fique pronto, acho que até a previsão de dezembro/11 está bem otimista, poderiam ter feito uma reforma mais simples, não precisava remodelar completamente o Independencia.

  2. Camponez disse:

    Independencia em Dezembro de 2011?! ¬¬

  3. Chaves disse:

    Quais placas de publicidade? As que ficam em torno do gramado, depende do campeonato. Essas não ficarão com o consórcio. Só se for as placas ao lado do telão e outras dentro da Arena, mas não no gramado.

  4. Beth Makennel disse:

    O Mineirão vai ficar maravilhoso. Outro mundo. Mas, enquanto isto vamos sofrer muito. Onde o Cruzeiro vai jogar? Sinceramente não sei dizer. Só quero que seja onde puder jogar seu futebol da melhor forma para vencer e seguir firme na frente no Brasileirão. Vamos ver o que vai ocorrer no Parque do Sabiá. Ipatinga? Arena do Jacaré? O Parque do Sabiá? Tem outro lugar????

  5. Eduardo disse:

    O consórcio vai concorrer com os clubes na venda de ingressos?

  6. Beth Makennel disse:

    Pois é, ontem o Inter sagrou-se bi-campeão da libertadores e tem a possibilidade de ser bi-mundial, também. É isso tudo deve se levar em consideração a imensa adesão de seu torcedor fiel ao projeto sócio torcedor. Mais de 100 mil sócios torcedores e assim o Inter tem como manter grandes jogadores em seu elenco e conquistar grandes títulos. Que inveja eu fiquei ontem viu? Saber que por tão pouco no ano passado perdemos e este ano poderiámos estar lá novamente. Não acho que o Inter seja melhor do que o Cruzeiro e nem o São Paulo. Faltou alguma coisa. Quero muito ver o Cruzeiro se preparar bem para voltar a Libertadores, de com força mesmo, para ser campeão e realizar o meu sonho maior de ser campeã mundial inter clubes. Continuo sonhando e vou realizar meu sonho. Em breve!

    • Temos saídas, sim, Beth. Apenas abrirem as portas do clube para o mundo. Sócio-torcedor com voz e voto, maximização dos recursos que possam dar dinheiro (Sede Administrativa, Sede Campestre e de Bairro Preto) e conselheiros assumindo seu papel, não dando unicamente seu bom nome.

  7. Cláudio Ianni disse:

    Dezembro 2011?
    Por isto eu voto Nulo para Presidente,senador,DF,DE,Governador !

    • Jorge Santana disse:

      Ok, Ianni, só não podemos falar de eleições aqui. Nem para pregar o voto branco, nulo ou o que seja. Vamos falar de futebol e, pricnipalmente, tentar sugerir fórmulas para o cruzeiro sobreviver até 2013. Eu continuo batendo na mesma tecla: sócio-torcedor com direito a representação no CD.

      • Celeste disse:

        Jorge, estou muito preocupada com a sobrevivência do nosso time. As rendas do Mineirão vão fazer falta. E acho que os Perrelas estão gastando demais. O plantel já está inchado novamente. Por outro lado, esse período pré copa do mundo (ela vai chegar rapidinho), deveria servir para alguma nova estratégia de marketing. Precisamos de idéias e não podemos deixar o Cruzeiro voltar ao período das vacas magras.

      • Naldo disse:

        Plantel inchado. Deve ter gente saindo.

      • Dra. Celeste, escrevi uma coluna e gostaria sua opinião (e de todos os blogueiros) a respeito. A minha preocupação é semelhante à de muitos. Espero sua contribuição!!!! Grande abraço!!!

      • Mauro França disse:

        Sigo o relator. Já li muitos argumentos contrários, nenhum me convenceu que a proposta não é viável. Vão falar dos sócios da piscina, provavelmente. Tem o sócio do clube e teria o sócio do futebol, com direito a presentação no CD. Mas seria fundamental uma mudança de postura da torcida dita exigente, aquela que só cobra e exige títulos.

      • Gustavo Rocha disse:

        Jorge, para que isso se torne realidade, dependemos mais da Diretoria ou do CD?

  8. Naldo disse:

    Patrocínio, venda de jogadores, venda de ingressos, licenciamento de produtos, Sócio torcedor… e ganhar títulos.

  9. Difícil… Vejamos o cenário:
    1) Um ano arrecadando “migalhas” de bilhetaria
    2) Custos logísticos que envolve jogar em outras praças.. que acredito sejam elevados, deslocamento de pessoal etc
    3) Politica do Clube de “vender o almoço para jantar”, ou seja, jogadores, num ambiente desses?, sem uma “vitrine” vai ser complicado
    Será que vamos virar um Vitoria da Bahia? Qual será o próximo presidente do Cruzeiro que vai segurar esse abacaxi? Quanto tempo vai levar o club a partir de 2012 para fechar o rombo de um ano e meio dessa forma?

  10. Ernesto Araujo disse:

    Parabéns ao Jorge Santana por essa série importante de posts. Essa sequencia deveria virar referência sobre o assunto na internet porque há pouca informação disponível com esse nível de detalhamento.

    OT: Neymar fica no Santos. A algum tempo atrás, falei que a diretoria do Santos trabalhava de forma diferenciada para segurar o atleta. Ninguém por aqui deu crédito, exceto o blogueiro.

    • Gustavo Rocha disse:

      Ernesto, e me parece coisa simples o que eles fazem; quanto mais o contrato se extende, mas participação o jogador tem em seu passe, com isso ganha time e jogador, num contexto pouco visto em dias atuais: o jogador gera receita e títulos ao clube.

  11. Ernesto Araujo disse:

    OT 2: O time do retranqueiro Adílson Batista fecha a Libertadores com o melhor ataque, a maior goleada e com o artilherio da competição. Isso não tendo chegado à final… Imaginem se não tivesse dado aquele apagão físico/técnico na equipe antes da Copa 2010… Teríamos feito uma campanha histórica !!

  12. Frede disse:

    Vai ficar 10!