O erro vai bater ponto no RapoCota

Por SÍNDICO | Em 19 de fevereiro de 2010

O erro acompanha o esporte. É rematada tolice perder tempo com chororô. Ele não tem o poder de transformar evento esportivo em operação matemática.

Se os chorões quiserem erro zero, terão de pedir a arbitragem do Sumo Pontífice, único ser sobre a terra com o dom da infalibilidade.

O juiz do RapoCota não tem esta sorte. Vai errar. E o perdedor vai berrar.

Se servir de consolo, informo que o apitador do clássico não será Wagner Tardelli. Ao menos, é o que garante o Diretor de Arbitragem da FMF.

Juízes continuam errando. O complô é mundial. Nenhum clube está a salvo. Eis algumas pérolas dos últimos dias:

  1. No Botafogo 2×1 Flamengo, Fahel cometeu falta de jogo em Love (?) e recebeu o 2º amarelo. Não merecia. Pra corrigir a injustiça, os botafoguenses pediram a transferência do cartão pra outro colega, que tinha ficha limpa na partida. Após consultar o Bandeira, o Juiz atendeu aos reclamos dos alvinegros. Em troca, eles pouparam o país do tradicional chororô de fim de jogo.
  2. No Santos 6×3 Bragantino, Edu Dracena, já amarelado, aplicou um tackle no centroavante adversário, dentro da área. O Juiz estava em cima do lance, marcou pênalti, mas esqueceu-se de expulsar o beque.
  3. No Ajax 1×2 Juventus, pela Copa da Uefa, Legrotale (ou teria sido o Chiellini?) puxou a camisa de Suarez, na pequena área. O Juiz não viu, o Bandeira não viu e o Juiz de Linha de Fundo (estão testando o jogo com sexteto, ao invés de quarteto de árbitros, na Europa) também não enxergou a falta. Mas a TV viu e mostrou com clareza. A TV tem mais e melhores olhos do que qualquer humano.
  4. No mesmo jogo, Zebina, da Juve, deu um tapa na bola em cima da risca da grande área. O Juiz marcou a falta, mas não tirou o cartão do bolso.
  5. Ainda em Amsterdam, Salihamidizic, da Juve, levantou o pé à altura do rosto de De Jong. Sem querer, que nem o Gilberto contra o Sebá. Com a diferença de que o armador celeste acertou o adversário e o defensor da Juve não. O Juiz não refrescou. Mostrou o vermelho no ato.
  6. Na derrota do América para o Tupi, a bola do gol não ultrapassou a risca. No fim das contas, Marco Aurélio foi quem perdeu o cargo na derrota seguinte.
  7. No Uberaba 2×2 Atlético-MG, Jonílson deu um bico na canela de um atcante do Zebu, dentro da área, e o jogo seguiu como se nada tivesse acontecido.
  8. No Caldense 0x2 Cruzeiro, de repente, o centroavante local apareceu livre na cara do arco celeste, mas o bandeira parou o lance marcando impedimento. As câmeras o desmentiram, mas o dano causado à Veterana não pôde ser corrigido.
  9. No Ipatinga 3×0 Cruzeiro, Thiago Heleno tirou uma bola em cima da risca usando o logo do banco patrocinador do Cruzeiro, mas o juiz viu pênalti e ainda expulsou o beque.
  10. No Cruzeiro 6×0 Uberlândia, o Juiz inventou um pênalti contra os periquitos e ainda expulsou um beque da frágil equipe triangulina. Todos nós, que estávamos nas cadeiras, percebemos o erro. Mas não vaiamos Sua Senhoraia, pois sabemos que erros acontecem.
  11. No Bayern 2×1 Fiorentina, Klose estava numa imensa banheira de terma romana, quando desempatou a partida, no finalzinho. O Bandeira não viu e os violas ficaram no prejuízo.
  12. E a pérola das pérolas, pois decidiu o evento esportivo mais importante do ano: a 2,5 minutos do fim do Superbowl, com o Colts perdendo por 7 pontos, um lançamento do quarterback Payton Manning  foi interceptado e o defensor do Saints partiu com tudo pro touchdown. O que os vários juízes não viram, mas a TV mostrou, foi um tackle ilegal, falta pelas costas, cometida por um atleta do Saints sobre outro do Colts. Fosse invalidado o lance, a história do Superbowl poderia ter sido diferente. Restou ao pessoal de Indianapolis chorar na cama que é lugar quente. As câmeras, que antes já haviam garantido um touchdown pro vencedor, dessa vez, por questão normativa, não puderam ser usadas a favor dos derrotados.

105 comentários para “O erro vai bater ponto no RapoCota”

  1. walfrido disse:

    Será que não será o tardelli mesmo?

  2. LUIZ ANTONIO disse:

    number two.

  3. LUIZ ANTONIO disse:

    Já erraram demais contra o cruzeiro.

  4. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    O Perrela continua com sua propaganda enganosa e fazendo hora com a nossa casa. Kieza, terceiro reserva do Fluminense, é brincadeira.

    • Jorge Santana disse:

      Ano passado, esse garoto andou fazendo boas partidas. Mas perdeu espaço com a promoção de ótimos juvenis. Não é o caso de chutá-lo assim sem mais nem menos.

      • Eduardo disse:

        Era titular até se lesionar na sulamericana e ficar parado até o fim do ano. É bom jogador mas desnecessário no elenco.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Até concordo. O pouco que eu vi dele não foi de todo ruim. O duro é sonhar com Fred e, ao acordar, dar de cara com seu terceiro reserva.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Dizem que o Guerrón vai cair fora e ele será inscrito para os mata-matas da LA.

      • Bruno Pontes disse:

        Você ouviu isso onde?

      • Jorge Santana disse:

        Eu não dispensaria o Guerrón. A menos que ele esteja exigindo ser titular.

      • rdish disse:

        Problema de quem sonha.

      • Celeste disse:

        Conheço pouco do jogador. Tem nome de gringo. Li que ele foi oferecido ao Cruzeiro já no ano passado. É óbvio que tem empresário querendo colocá-lo na vitrine. Essa é a nossa realidade e que tão logo não vai mudar. Só espero que o clube nos informe quem são os donos do passe do rapaz e qual será a porcentagem do clube no negócio. Vou torcer para ele se acertar no Cruzeiro. Essa é a nossa função. Também não quero que o Guerron saia do time. Precisamos muito dele na LA. Afinal ele “habla”.

      • rdish disse:

        Ele é 100% de empresários, o Cruzeiro não pôs grana. Deve receber alguma porcentagem dos direitos dele.

      • Flavio Carneiro disse:

        Eu não tenho nada contra o Kieza e só vou criticar ou elogiar o jogador após vê-lo jogar algumas partidas pelo Cruzeiro. No entanto, eu acho que essa não seria uma prioridade de contratação, já que para mim a maior necessidade do time é por pelo menos um bom zagueiro.

    • Naldo disse:

      O Kiesa fez o gol de empate do Flu no jogo contra o Cruzeiro no Brasileirão 2009.

  5. Romarol disse:

    O Erro e o Choro andam juntos. Como o Amor e o Ódio. Faz Parte! Bom final de semana a todos. Hoje o PHD bombou!

    • Jorge Santana disse:

      Opa, Romarol! Não se esqueça da resenha. Abs

      • Romarol disse:

        Vou esquecer não. Vai dá trabalho. Teremos muito chororô por parte dos jogadores, técnicos, diretores e torcedores. Abs.

      • Jorge Santana disse:

        Vou criar uma seção no PHD pra todo mundo desabafar. Será o Muro das Lamentações.

      • Douglas_Sorocaba disse:

        Romarol, aqui vai uma sugestão: Deixe a resenha semipronta antes do jogo, com um dos títulos abaixo:
        “Mais uma goleada celeste sobre os emplumados”
        “Luxemburgo não resiste a nova goleada do rival e é demitido”
        “Chororô após péssima atuação da arbitragem”
        Insira comentários sobre faltas invertidas, pênaltis não assinalados, expulsões injustas e pronto.
        Depois, é só esperar terminar o jogo e escolher o título da resenha. Não tem erro!

  6. Jorge Santana disse:

    Pô, inda nem concluí a revisão e já tem ameaça de choro! Eo Waldrido não amarelou…

  7. rdish disse:

    Se houver chororô, de quem for, as flanelinhas serão úteis.

  8. Celeste disse:

    Como está escrito aí no post, errar todos erram. O problema é que nós jogos recentes do Cruzeiro os árbitros têm errado muito cedo.

  9. Leonardo Campos disse:

    Esse era o jogador que o Maluf disse que ia agradar em cheio à torcida? Não dá! Ô diretoria que acredita que a torcida é idiota!

  10. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Venda de ingressos: 29 472; nós: 16849; eles: 12623. A Atletiaia não vai divulgar isso nunca.

  11. rosan amaral disse:

    Pequetito acaba de anunciar as vendas de ingresso para o jogo de amanhã. Vendidos até agora 29.472, 16.849 comprados pela maior de Minas e 12.623 pela freguesia despeitada. Nos outros órgãos da mídia mineira um silêncio de cemitério.

  12. Dylan disse:

    realmente existem poucas coisas mais chatas no futebol do que reclamação de juiz. É o jeito mais simples de transferir a própria incompetencia pro alvo mais fácil. 99% das vezes é ridiculo. o 1% restante fica pros casos de gatunagem explicita como aquele Cruzeiro e Vasco de 74. Reclamar de juiz a toda hora, aliás, trivializa um roubo tão desavergonhado como aquele.

  13. Existem bem mais erros (e intencionais) no nosso futebol brasileiro, que possa imaginar nossa vã filosofia.

    • Jorge Santana disse:

      Só participando dos acertos pra termos certeza. Camisa pesa, é verdade, pois antes ouvir meia dúzia de chorões do Brasiliense do que 15 milhões do Corintiãs. Isto é chato, mas tb é universal.

  14. Vinicius Cabral disse:

    Jorge, eu até concordo com o que você disse. Mas ver normalidade em um jogo com 4 penaltis não marcados, como contra os porcos, ou mesmo na partida contra o Velez, é complicado.

    • Vinicius Cabral disse:

      Reclamar de arbitragens escandalosas como as que citei não se trata de chororô. Trata-se de puto ô tô.

      • Jorge Santana disse:

        Reclamar é uma coisa, persistir na reclamação pelos tempos afora, outra bem diferente. E torna a torcida mais molenga, com jeitão de perdedora. Torcedor tem de xingar o juiz antes de terminar o jogo e, logo em seguida, começar a pensar em como apoiar seu time pra que ele vença o próximo desafio.

      • Vinicius Cabral disse:

        Concordo. Mas você há de convir que as reclamações duram pouco. Citei o Velez e o Palmeiras como exemplo de que nem todos os erros podem ser encarados com normalidade. Além disso, a maioria absoluta da torcida não acha que o Cruzeiro deixou de ganhar o brasileiro por erros de arbitragem. E nem achará o mesmo por conta do Velez. Como disse o Dylan, a única reclamação que persiste, e com razão, é a de 74.

  15. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Tudo bem que todos os juízes estão errando contra e a favor de todos, mas é impressionante a quantidade de erros graves acumulados nesse início de ano contra nós.

  16. Bruno Pontes disse:

    No 10 você foi injusto, visto que o juiz usou o mesmo critério para marcar o pênalti a favor da Caldense.

    • Vinicius Cabral disse:

      É o que eu acho. Que pelo menos o árbitro tenha critério. O que não aconteceu contra o Velez, por exemplo.

    • Jorge Santana disse:

      Fui injusto nada, Pontes. Da choramingação todo, dos dois lados, restou um lance errado: o impedimento mal marcado, que favoreceu o Cruzeiro.

      • Douglas_Sorocaba disse:

        Jorge, você defende o seu ponto de vista (muito bem, diga-se) de que erros ocorrem em todo lugar, citando exemplos no mundo todo.
        Mas se pesquisar a fundo, você verá que, desde o início de 2009, o Cruzeiro só foi beneficiado por erros de arbitragem contra o Barueri (returno BR-09) e contra a Caldense, ambos com lances de impedimento, que é a coisa mais discutível do mundo, e o erro mais perdoável também, por depender da rapidez do lance e do posicionamento e qualidade técnica do assistente. Tento me lembrar de outro jogo com erros pró-Cruzeiro nesse período, mas não consigo. Se alguém se lembrar, podemos fazer uma lista, com prós e contras, enriquecendo o “debate”.

      • Douglas_Sorocaba disse:

        Só que continuo não concordando contigo. Não se pode comparar erros de impedimento (Caldense e Barueri) com os erros crassos e tendenciosos contra o CRUZEIRO ocorridos em partidas como as duas derrotas para o Palmeiras no BR-09, ou contra o Vélez, mais recente. Não dá pra colocar tudo no mesmo balaio. Fico com a impressão de que você e os que te apoiam têm uma má vontade danada de reconhecer que nesses jogos fomos muito, mas muito prejudicados.
        Agora, se você considera que o fato de eu não me conformar com esses erros mal intencionados contra nós é chororô ou falta de capacidade de reconhecer os erros e limitações do nosso time, paciência.

      • Jorge Santana disse:

        Vc deve ter razão, Douglas. O mundo odeia o Cruzeiro. Vamos chorar. Vamos carimbar nossa torcida como chorona. Faz bem. Todo cara deprimido vai aderir à nossa causa.

  17. Vinicius Cabral disse:

    Outra coisa, sô Jorge, vamos parar com o chororô em relação a Copa de 78, porque não teve nada de mais.

  18. Raf Lima disse:

    Espero que o tal erro do árbrito amanhã não seja mais uma expulsão equivocada, como o larápio uruguaio fez no último dia 10/02..

  19. Vinicius Cabral disse:

    Aqui, haverá reunião em alguma barraquinha antes do clássico ou é muito perigoso (dar azar)?

  20. Raf Lima disse:

    Pra quem se encontra em BH e Região, convocação para incentivar o time líder da SuperLiga Masculina de Volei.

    Minas TC x Cruzeiro, hoje as 21hs, na Arena Telemig Celular (Rua da Bahia 2244).

  21. Vinicius Cabral disse:

    Será que isso é reflexo da pesquisa data folha?

    http://www.superesportes.com.br/ed_esportes/002/template_esportes_002_146470.shtml

  22. Othon disse:

    TENHO 2 INGRESSOS PORTAO 6, QUEM QUISER, FAVOR ENTRAR EM CONTATO !

  23. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Daqui a pouco, Minas x Cruzeiro.

  24. Nunca vi uma saga como esta em querer defender erros de arbitragem. Principalmente, se forem contra o Cruzeiro.
    Othon, perdi seu telefone. Me liga que quero um ingresso.

    • Douglas_Sorocaba disse:

      Evandro, nem eu!
      Eu já expus minha opinião logo acima.
      Opinião contra, só pra variar…

      • Jorge Santana disse:

        Sei que é complicado. Quase impossível para alguns entenderem, mas erros acontecem no futebol. E ninguém precisa defender juízes ou justificar erros. Eles, simplesmente, acontecem, independentemente, da capacidade de compreensão de certos torcedores. Simples assim.

  25. Pra quem achava que iria acontecer algo de diferente.
    Erram os árbitros e não acontece nada (e ainda são defendidos)
    Erram os dirigentes e não faz a mínima diferença.
    Erram jogadores e punições são para inglês ver.
    Por que torcedores, dirigente e time errando todos seriam punidos???
    Só pegar alguns TORCEDORES para exemplo e não se fala mais nisso.
    http://www.superesportes.com.br/ed_esportes/005/template_esportes_005_146481.shtml

  26. E ninguém cala…. esta CHORORÔ….
    Dá-lhe Kleenex extra-gigante e forte.

  27. ACRossi disse:

    Cruzeiro 1×1 minas……é bom torcer pro Cruzeiro até em Boliche…..Saudações

  28. Elias teleguiado disse:

    Olho vivo na telinha. Muito bom o jogo. Torcida ( 2.000 guerreios) nota 10…

  29. Marc3lo disse:

    Roubando do Cruzeirão até no volei?…… olha o chororô

  30. varandas disse:

    Deixem nos roubar, tudo bem, não reclamem! O roubo descarado é normal, acontece toda hora no futebol. Não houve má vontade do juiz no jogo contra o Vélez e ficar calado é o melhor a se fazer. E não venham chorar também quando formos roubados na nossa própria casa, afinal calar-se é a melhor coisa a se fazer! Bola pra frente!
    E jogaço no vôlei, pra começar a esquentar o final de semana. Amanhã flanelas ao clássico!

    • Jorge Santana disse:

      Que isso, Varandas. Chororô é o que há. Veja como emplumados, em especial o Kaiu, e o Botafogo, reis do chororô estão indo bem das pernas, ganhando adeptas etc e tal. O Choro é livre, mas tb é profundamente burro. E afasta torcedores que realmente contam, os animados, de alto astral.

      • varandas disse:

        É JS, concordo que o chororô em erros normais de arbitragem não ajudam em nada, mas em roubos descarados, no mínimo, mostram que estamos de olho! Podemos até sermos roubados novamente, mas o juiz terá que ser pelo menos mais discreto na ladroagem!hehehe

      • Othon disse:

        Juca, tomar uma na Gorette amanha ? pinta la pra gente resenhar..

      • varandas disse:

        Fechado Othon, amanhã por volta das 14:00 horas estarei lá.

  31. Naldo disse:

    Não irei reclamar nada se com 5 minutos de jogo contra o Colo Colo o juizão já tiver expulsado 2 jogadores chilenos, marcado uma penalidade o Cruzeiro convertido e já estar vencendo por 1 x 0.

  32. Walterson disse:

    O Inter reclamou sem razão nenhuma da gatunagem de 2005, quando o maior prejudicado pelo caso Edilson foi o Cruzeiro. Mas, até ali foi simples erro de arbitragem, como se viu mais à frente quando ninguem foi punido. É só xororô, mesmo.

  33. Fernando Henrique disse:

    http://www.superesportes.com.br/ed_esportes/002/template_esportes_002_146460.shtml

    Faltou chorar com esse close da camera!

    As cocotas tão tremendo!!

    • simone b de castro disse:

      Que engraçado! O profexor não falava nada disso sobe o Kléber quando esse era seu jogador! Agora vem com esse gogó, com essa conversa mole? Realmente, deu para sentir que ele quer influenciar a arbitragem. E que tá com medo, sim, pq sabe que seu elenco ainda é limitado e desentrosado!