NFL: Colts 13×31 Chiefs, Cowboys 22×30 Rams

Por SÍNDICO | Em 12 de janeiro de 2019

DIVISIONAL: JOGOS DE SÁBADO , por Mauro França.

INDIANAPOLIS COLTS x KANSAS CITY CHIEFS. Arrowhead Stadium (76.000), Kansas City, Missouri. ESPN, 19:30 h (horário de Brasília).

INDIANAPOLIS COLTS

  • Primeira temporada: 1953, em Baltimore. Mudou para Indianapolis em 1984.
  • Temporada Regular: 10-6 (6-2 em casa, 4-4 fora). 2º na AFC Sul, 6º na Conferência. Últimos 5 jogos: 4-1.
  • Playoffs: 24ª participação na era Super Bowl, 1ª desde 2014. 42 jogos, 21-21. Super Bowl: 4, venceu 2 (70, 06), perdeu 2 (68, 09).
  • Wild card: Vitória sobre o Texans, 21×7.
  • Posição nos rankings: ataque: 7º no geral, 6º no jogo aéreo, 20º no corrido / defesa: 11º, 16º contra jogo aéreo, 8º contra corridas / Pontos marcados: 27.1 (5º). Pontos cedidos: 21.5 (10º).
  • Principais jogadores: Andrew Luck, QB, 29 anos, 7ª temporada, 39 TD (2º), 15 INT (2º), 4.593 jardas (4º), 439-630 passes (67.3%), 98.7 rating / Marlon Mack, RB, 22 anos, 2ª temporada, 195 corridas – 908 jardas, 9 TD / Y. Hilton, WR, 29 anos, 7ª temporada, 76 recepções – 1.270 jardas, 6 TD / Eric Ebron, TE, 25 anos, 5ª temporada (1ª na equipe, 4 no Lions), 66 recepções – 750 jardas, 13 TD (2º) / / Darius Leonard, OLB, 23 anos, 1ª temporada, 163 tackles (1º), 7.0 sacks, 4 FF, 2 INT / Kicker: Adam Vinatieri, 46 anos, 23ª temporada (13ª na equipe, 10 no Patriots), 23-27 FG – 85.2%.
  • Técnico: Frank Michael Reich Jr., 57 anos, 1ª temporada, 16 jogos, 10-6, 1ª participação em playoffs – 1-0. Super Bowl: Campeão como coordenador ofensivo do Eagles, na temporada passada.

KANSAS CITY CHIEFS

  • Primeira temporada: 1960 como Dallas Texans, a partir de 1963 como Kansas City Chiefs.
  • Temporada Regular: 12-4 (7-1 em casa, 5-3 fora). Campeão AFC Oeste, 1º na Conferência. Últimos 5 jogos: 3-2.
  • Playoffs: 20ª participação, 4ª consecutiva. 26 jogos, 8-18. Super Bowl: 2, venceu 1 (69), perdeu 1 (66).
  • Posição nos rankings: ataque: 1º no geral, 3º no jogo aéreo, 16º no corrido / defesa: 31º, 31º contra jogo aéreo, 27º contra corridas / Pontos marcados: 35.3 (1º). Pontos cedidos: 26.3 (24º).
  • Principais jogadores: Patrick Mahomes, QB, 23 anos, 2ª temporada – 1ª como titular, 50 TD (1º), 12 INT, 5.097 jardas (2º), 383-580 passes – 66.0%, 133.8 rating, 60 corridas – 272 jardas, 2 TD / Kareem Hunt, RB, 23 anos, 2ª temporada, 181 corridas – 824 jardas, 7 TD / Tyreek Hill, WR, 24 anos, 3ª temporada, 87 recepções – 1.479 jardas (4º), 12 TD (4º) / Travis Kelce, TE, 29 anos, 6ª temporada, 103 recepções – 1.336, 10 TD (6º) / Anthony Hitchens, ILB, 26 anos, 5ª temporada (1ª na equipe, 4 no Cowboys), 135 tackles (5º), 1 FF / Chris Jones, DE, 24 anos, 3ª temporada, 40 tackles, 15.5 sacks (3º), 2 FF, 1 INT / Kicker: Harrison Butker, 23 anos, 2ª temporada, 24-27 FG – 88.9%.
  • Técnico: Andy Reid, 60 anos, 20ª temporada (6 na equipe, 14 no Eagles), 14ª classificação aos playoffs. Temporada regular: 195-124 (65-31 pela equipe). Playoffs: 11-13 (1-4 pela equipe).

*****

DALLAS COWBOYS x LOS ANGELES RAMS. Los Angeles Memorial Coliseum (78.500), Los Angeles, California. ESPN, 23:00 h (horário de Brasília)

DALLAS COWBOYS

  • Primeira temporada: 1960.
  • Temporada Regular: 10-6 (7-1 em casa, 3-5 fora). Campeão da NFC Leste. Últimos 5 jogos: 4-1.
  • Playoffs: 33ª participação, 4ª nas últimas 10 temporadas. 62 jogos, 35-27. Disputou 7 Super Bowl, venceu 5 (71, 77, 92, 93, 95) e perdeu 2 (70, 75).
  • Wild Card: Vitória sobre o Seahawks, 24×22
  • Posição nos rankings: ataque: 22º no geral, 23º no jogo aéreo, 10º no corrido / defesa: 7º, 13º contra jogo aéreo, 5º contra corridas / Pontos marcados: 21.2 (22º). Pontos cedidos: 20.2 (6º).
  • Principais jogadores: Dak Prescott, QB, 25 anos, 3ª temporada, 22 TD, 8 INT, 3.885 jardas, 356-526 passes – 67.7%, 96.9 rating, 75 corridas – 305 jardas, 6 TD / Ezekiel Elliott, RB, 23 anos, 3ª temporada, 304 corridas (1º) – 1.434 jardas (1º), 6 TD, 77 recepções – 567 jardas, 3 TD / Amari Cooper, WR, 24 anos, 4ª temporada (1ª na equipe, ex-Raiders), 75 recepções – 1.005 jardas (53-725 pela equipe), 7 TD / Leighton Vander Esch, OLB, 22 anos, 1ª temporada, 140 tackles (3º), 2 INT / Demarcus Lawrence, DE, 26 anos, 5ª temporada, 67 tackles, 10.0 sacks, 2 fumbles forçados, 1 INT / Jaylon Smith, MLB, 23 anos, 2ª temporada, 121 tackles, 4.0 sacks, 2 FF / Kicker: Brett Maher, 29 anos, 1ª temporada, 29-36 FG – 80.6%.
  • Técnico:Jason Garrett, 52 anos, 9ª temporada, 3ª classificações para playoffs. Temporada regular: 77-59. Playoffs: 2-2. 

LOS ANGELES RAMS

  • Primeira temporada: 1936 como Cleveland Rams. Mudou em 1946 para Los Angeles, em 1995 para Saint Louis e voltou para Los Angeles em 2016.
  • Temporada Regular: 13-3 (7-1 em casa, 6-2 fora). Campeão da NFC Oeste, 2º na Conferência. Últimos 5 jogos: 3-2.
  • Playoffs: 23ª participação na era Super Bowl, 2ª consecutiva depois de 12 temporadas ausente. 37 jogos, 16-21. Disputou 3 Super Bowl, venceu 1 (99) perdeu 2 (79, 01).
  • Posição nos rankings: ataque: 2º no geral, 5º no jogo aéreo, 3º no corrido / defesa: 19º, 14º contra jogo aéreo, 23º contra corridas / Pontos marcados: 32.9 (2º). Pontos cedidos: 24.0 (20º).
  • Principais jogadores: Jared Goff, QB, 24 anos, 3ª temporada, 32 TD (6º), 12 INT, 4.688 jardas (4º), 364-561 passes – 64.9%, 101.1 rating, 43 corridas – 108 jardas, 2 TD / Todd Gurley, RB, 24 anos, 4ª temporada, 256 corridas – 1.251 jardas (3º), 17 TD (1º), 59 recepções – 580 jardas, 4 TD / Robert Woods, WR, 26 anos, 6ª temporada (2ª na equipe, 4 com o Bills), 86 recepções – 1.219 jardas, 6 TD / Brandin Cooks, WR, 25 anos, 5ª temporada (1ª na equipe, 3 com o Saints, 1 com o Patriots), 80 recepções – 1.204 jardas, 5 TD / Aaron Donald, DE, 27 anos, 5ª temporada, 59 tackles, 20.5 sacks (1º), 4 FF / Cory Littleton, ILB, 25 anos, 3ª temporada, 125 tackles, 4.0 sacks, 3 INT / Kicker: Greg Zuerlein, 31 anos, 7ª temporada, 27-31 FG – 87.1%.
  • Técnico: Sean McVay, 32 anos, 2ª temporada, 2ª classificações para os playoffs. Temporada regular: 24-8. Playoffs: 0-1.

22 comentários para “NFL: Colts 13×31 Chiefs, Cowboys 22×30 Rams”

  1. SÍNDICO disse:

    CHIEFS e RAMS são favoritos, mas…

  2. Mauro Franca disse:

    O Chiefs fez a melhor campanha da AFC, joga em casa, tem um ataque explosivo comandado pelo fenômeno Patrick Mahomes. O Colts começou mal, com 1-5, depois venceu 10 dos 11 seguintes, incluindo a vitória sobre o Texans no wild card.

    • Mauro Franca disse:

      Em 4 de 9 temporadas desde 1995 o Chiefs foi eliminado pelo Colts nos playoffs. Em 95 e 03, depois de campanhas de 13-3 na temporada regular, perdeu em casa no Divisional. Em 06 e 13, as derrotas vieram no wild card, fora de casa.

      • Mauro Franca disse:

        Mahomes, na sua primeira temporada como titular, comandou o melhor ataque da Liga em jardas conquistadas e pontos marcados. Foi o qb que mais anotou touchdowns e o segundo em jardas lançadas. Se o ataque dos Chiefs foi espetacular, a defesa foi mal, sendo apenas a 31ª no geral, e a 24ª em pontos cedidos ao adversário (entre 32 equipes).

  3. Mauro Franca disse:

    No segundo jogo estarão em ação dois dos melhores running backs da temporada, Ezekiel Elliott pelo Cowboys, 1º em jardas conquistadas, e Todd Gurley, 3º.

  4. SÍNDICO disse:

    VINATIERI perdeu FG de 23 jardas no fim do segundo quarto. Acertou o Y. Coisa rara. Nesta distância curta, foi o primeiro erro.

  5. SÍNDICO disse:

    SADA CRUZEIRO sofrendo com o Itapetininga no Poliesportivo do Riacho: 28/30 e 30/28… Pedreira!

  6. SÍNDICO disse:

    VINATIERI erra EP no fim quarto período. Placar 24×13 a favor ds Chiefs, estaria 24×17, sem os erros.

    • Mauro Franca disse:

      Vinatieri errou field goal no fim do primeiro tempo e um extra point no terceiro quarto. Mas não ia fazer diferença. Final de jogo, Chiefs 31×13, com domínio completo.

  7. SÍNDICO disse:

    CHIEFS 31×13 COLTS, com neve e domínio absoluto do time de Kansas. Mahomes, de novo, foi o destaque.

  8. SÍNDICO disse:

    RAMS 30×22 COWBOYS. Rams enfrentará na final de conferência contra Saints ou Eagles.

  9. SÍNDICO disse:

    RAMS começou o 1º quarto apostando no jogo terrestre. Com Gurley e CJ Anderson produzindo bem pelo chão. Os donos da casa avançaram com facilidade e chegaram até a linha de 5 jardas, mas não passaram disso. Zuerlein chutou o field goal de 25 jardas, abrindo 3×0. Na sua primeira campanha, o ataque do Cowboys mostrou agressividade. Jason Garrett, head coach da equipe, não hesitou e arriscou uma 4º pra 1 jarda no meio do campo, convertendo.Na jogada seguinte Prescott encontrou Amari Cooper, que fez a recepção e avançou até a endzone, 7×3. O touchdown dos Cowboys não abalou os Rams, que manteve seu plano de jogo e continuou insistindo no ataque terrestre, com CJ Anderson dessa vez carregando a bola. O drive acabou parando mais uma vez na redzone e L.A. chutou o segundo field goal, reduzindo Dallas pra 7×6.

    • SÍNDICO disse:

      O PRIMEIRO touchdown do Rams veio no 2º quarto. Dessa vez a equipe avançou e não empacou na redzone, com CJ Anderson virando o placar pra 13×7. Depois do Cowboys devolver a bola novamente aos Rams, Goff voltou ao campo e parecia que os donos da casa iriam retornar a gentileza, indo para o punt rapidamente, mas uma falta dos visitantes deu uma primeira descida automática. Na jogada seguinte Gurley correu 35 jardas até a endzone, ampliando a vantagem para 20×7.

      • SÍNDICO disse:

        COWBOYS reagem após o intervalo, iniciando o 2º tempo com três jogadas e punt, o que a equipe não queria. O Rams recebeu a bola de volta e ficou com ela por quase 5 minutos, mas saiu apenas com um field goal, 23×7. Com a bola na mão e 16 pontos pra tirar, o Cowboys enfim acordou. Após importante conversão de quarta pra uma jarda no meio campo, Prescott fugiu da pressão e encontrou Gallup pra um avanço de 27 jardas que colocou Dallas na beira da endzone. Duas jogadas depois Elliott fez o touchdown e, após a conversão de dois pontos, o placar ficou em 23×15 para o Rams.

      • SÍNDICO disse:

        APÓS O TOUCHDOWN do Cowboys, o Rams não conseguiu segurar a posse de bola por muito tempo e precisou ir pro punt. O momento parecia ser do time do Texas, que continuou com sua agressividade e tentou uma conversão de quarta pra uma jarda no meio do campo. Dessa vez, no entanto, a defesa do Rams estava pronta e não permitiu a primeira descida. Com campo mais curto pela frente, o Rams foi metódico, gastou relógio e chegou na linha de uma jarda. E foi a vez do Rams seragressivo, arriscando a quarta descida e conseguindo entrar na endzone com CJ Anderson, colocando 30×15 e uma das mãos na vitória.

      • SÍNDICO disse:

        PERDENDO por 15 pontos e com 5 minutos restando, era hora do desespero para o Cowboys. Com 2:53 pro fim, Prescott enfrentou mais uma quarta descida, dessa vez para 3 jardas. O passe acabou incompleto, mas uma interferência de Talib contra Amari Cooper deu first down para o Cowboys na linha de uma jarda. Duas jogadas depois, Prescott que usou as pernas e colocou a bola na endzone, deixando o placar em 30×22. A matemática era simples. Era necessário recuperar a bola, marcar um touchdown e depois fazer a conversão de 2 pontos. O Cowboy parou no primeiro passo, após Goff usar as pernas pra conquistar uma primeira descida importantíssima em uma terceira pra 6 jarda, definindo a citória para o Rams por 30×22. (GLOBO ESPORTE)

  10. Mauro Franca disse:

    Nada a reclamar, Cowboys foi até onde deu. Rams tem mais opções de ataque, que destruiram a defesa texana.

  11. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Cruzeiro x marília, transmissão agora pela Rede Vida.