Neves: “Eu sou iluminado!”

Por SÍNDICO | Em 7 de junho de 2019

PITACOS acerca do CRUZEIRO 2(3×1)2 FLUMINENSE, Mineirão, Belo Horizonte, 05jun19qua19h15, oitavas da Copa do Brasil 2019:

MANO MENEZES: Estudamos o jogo no primeiro tempo, qual era a proposta, o que estavam tentando executar. Hoje tinham dois ou três jogadores diferentes dos que estiveram no duelo de ida. O segundo tempo foi melhor, um pênalti, uma virada, um pênalti perdido. Precisávamos, de novo, voltar a jogar bem. E aí ser merecedor de passar. Futebol é tão duro que poderíamos ter sido eliminados com dois gols nos últimos dois minutos. No Maracanã e aqu. O torcedor foi brilhante no momento de dificuldade e isso é o que sustenta uma equipe. Levamos essa classificação nos pênaltis, foi até muito parecido do jogo contra o Grêmio, o que tornou tudo ainda mais tenso. Mas fico contente. O Cruzeiro está de volta. Eu já disse no domingo. Agora, confirmamos num jogo de mata-mata, a gente volta a render bem num momento crucial. Esse era o jogo mais importante do semestre. Das metas todas que traçamos, só estamos devendo no Brasileiro.

THIAGO NEVES: Eu sou iluminado. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que ele me proporciona dentro de campo. Trabalhei bem, mas tive um começo de ano difícil. Agora voltei em um momento difícil do clube e do time. E é neste momento que os torcedores precisam do camisa 10, precisam dos grandes jogadores. Fui feliz mais uma vez, brilhei, ajudei meu time que é com o que eu mais me preocupo.  Pênalti não é meu forte, mas o Mano pediu para eu assumir a responsabilidade e fui feliz.

SOUZA: O Cruzeiro jogou no limite. Os jogadores correram o máximo que aguentam. E mesmo assim o Fluminense sobrou no final. Não dá mais para fechar os olhos e não começar a mesclar o time com jovens e experientes. 

WAGNER LUCAS: Qual é a grandeza do Fábio no Cruzeiro? Existe alguém que ainda conteste o que ele representou e representa para o clube? Outros jogadores terão a história e as conquistas que o Fábio tem e ainda vai ter pelo Cruzeiro? Seus detratores devem ser perdoados?

MATHEUS PENIDO: Esse time do Flu tem seus limites, mas é extremamente focado, para usar uma palavra da moda. O sistema do Diniz requer muita concentração e fôlego, e os garotos estão dando conta do recado, além de não desistirem nunca. Até o complicado Ganso está jogando com obstinação.

FERNANDÃO ÁVILA: Neves foi o melhor. Não tem jeito. Destaco também o esforço do Henrique, que marcou por dois e tentou tirar o time da roda. Ganhou duas bolas no campo de ataque, que é a melhor chance contra times como o Flu. E menção honrosa para mim, que acometido de dengue, larguei o leito e fui para o Mineirão.

70 comentários para “Neves: “Eu sou iluminado!””

  1. SÍNDICO disse:

    MelhorDoJogo=> NEVES [[[41]]] Uol, Sá, Gil, Setelagoas, Cláudio, Bitencourt, Motta, Burian, Anchieta, Jotapê, Zuloobas, Domênico, Pontes, Velloso, Rosan, Marcoalex, França, Nanayoski, Morato, Milani, Walfrido, Fonseca, Alba, Palmeira, Rezende, Klauss, Schrier, Diogo, Bastos, Clemenceau, Rizzi, Vítor, Ianni, Alex, Romeu, Gonçalves, Tadeu, Penido, Romarol, Fernandão —– FÁBIO [[[17]]] Seisaum, Dourado, Pirata, Fivestars, Ramos, Wagner, Walterson, Walery, Zezinho, Rocha, Pinheiro, Furletti, Monica, Dulce, Celeste, Nem, Lulu —– ROMERO [[[2]]] Velame, Maury —– HENRIQUE [[[2]]] Uruguayo, Pinduca —– CABRAL [[[2]]] Viana, Barnabé —– SASSÁ [[[1]]] Lauanda —– MANO [[[2]]] Ernesto, Anderson —– TORCIDA [[[2]]] Baiano, Síndico.

  2. SÍNDICO disse:

    JOGOS do Cruzeiro em 2019: 3×1 Guarani, 1×0 Patrocinense, 1×1 Mineiro, 2×2 Boa, 3×0 Villa, 3×0 Tupynambás, 0x0 América, 1×1 Urt, 1×0 Huracán, 2×0 Tombense, 3×0 Tupi, 3×0 Caldense, 5×0 Patrocinense, 2×0 Lara, 3×2 América, 1×0 Emelec, 3×0 América, 4×0 Huracán, 2×1 Mineiro, 1×1 Mineiro, 2×0 Lara, 1×3 Flamengo, 1×0 Ceará, 2×1 Goiás, 1×2 Emelec, 1×3 Inter, 1×1 Fluminense, 1×4 Fluminense, 1×2 Chapecoense, 1×1 São Paulo, 2×2 Fluminense.
    APROVEITAMENTO: 31j, 18v, 8e, 5d, 56gf, 24gc, 67%.

    • SÍNDICO disse:

      PARTICIPAÇÕES: [[[29]]] Fábio [[[28]] Leo [[[26]]] Fred [[[25]]] Dedé, Robinho [[[24]]] Henrique [[[23]]] Egídio, M Gabriel, Romero [[[21]]] Rodriguinho [[[18]]], Edílson, Lucas [[[16]]] Jadson, Rafinha, David [[[14]]] Cabral, Sassá [[[[13]]] Neves [[10]]] Orejuela, Raniel, Dodô [[[8]]] Rocha [[[7]]] Fabruno [[[6]]] Kayzer, Murilo [[[3]]] Popó.

      • SÍNDICO disse:

        ARTILHEIROS [[[16]]] Fred [[[8]]] Rodriguinho [[[5]]] Neves [[[4]]] M Gabriel [[[3]]] Robinho, Rafinha, Raniel, David [[[2]]] Rocha, Dedé, Leo, Sassá [[[1]]] Egídio, Jadson, Dodô. Contra: Aislan.

      • SÍNDICO disse:

        ASSISTENTES: [[[10]]] Robinho [[[5]]] Fred, M Gabriel [[[3]]] Egídio, David, Neves [[[2]]] Dodô, Lucas, Rodriguinho [[[1]]] Cabral, Leo, Henrique, Rocha, Orejuela, Kayzer, Rafinha, Edílson, Dedé.

      • SÍNDICO disse:

        MDJ: [[[4]]] Fred, Fábio [[[2]]] Neves, Leo, Dedé, Robinho, Rodriguinho, Rafinha, M Gabriel, Rocha [[[1]]] Egídio, Rafael, Orejuela, Henrique, David, Lucas, Sassá, Romero.

      • SÍNDICO disse:

        VOTOS: [[[173]]] Fred — [[[110]]] Fábio — [[[94]]] Robinho — [[[90]]] Henrique — [[[87]]] M Gabriel — [[[83]]] Rodriguinho — [[[71]]] Dedé, Neves — [[[67]]] Leo — [[[59]]] Romero — [[[53]]] Egídio – [[[47]]] Lucas — [[[38]]] Rocha — [[[37]]] Mano — [[[35]]] David — [[[33]]] Rafinha — [[[24]]] Orejuela – [[[22]]] Rafael — [[[20]]] Raniel — [[[18]]] Sassá — [[[13]]] Murilo — [[[9]]] Edílson — [[[7]]] Dodô — [[[4]]] TORCIDA — [[3]]] Cabral, Jadson — [[[1]]] Kayzer
        ADVERSÁRIOS: [[[15]]] Volpi — [[[9]]] B Henrique — [[[6]]] JoãoPedro — [[[4]]] Neyfranco [[[[3]]] Zé Ricardo, LeoSilva [[[2]]] Elicarlos, FernandoDiniz, Dalesandro, Jussani, Berola, MarcosPauloFlu [[[1]]] Torres, Rildo, Nicolopez, Moledo, E Ribeiro, Arrascaeta, Paulão, Givanildo, Gladstone, Marcos, Marcioaraujo, Ângulo, AllanFlu

      • SÍNDICO disse:

        REFERÊNCIAS. Fábio, 834 jogos. Henrique, 483 jogos. Leo, 363 jogos, Lucas, 190, Egídio, 184, Dedé, 167, Robinho, 151, Fred, 112.

      • SÍNDICO disse:

        MANO: 224 jogos, 112 vitórias, 63 empates, 49 derrotas, aproveitamento de 59%. TÍTULOS no Cruzeiro: 2 mineiros, 2 copas do Brasil, 2 salvezzas.

  3. SÍNDICO disse:

    MANO MENEZES: Sobre o time ser copeiro este é um elogio. Um time é considerado copeiro porque em momentos decisivos, chega, ganha, às vezes nem jogando um futebol brilhante. Daí que surge o elogio. O Cruzeiro ao longo do tempo construiu essa trajetória, não é só de agora. Na América Latina, é considerado um time de chegada e, por isso, respeitado. Temos um grupo que está acostumado a esses momentos, que sabe passar por eles

  4. SÍNDICO disse:

    MANO MENEZES: “O pessoal sabe. Foi difícil passar porque tinha muita gente torcendo contra. Então, é mais difícil né? Por tudo que passamos, pelo momento, pelo que o clube passou. Pela pressão estabelecida para todos nós. Então, acho que a resposta foi extremamente positiva, o time não se deixou se envolver por tudo que aconteceu. O mais importante de tudo é que, se a gente treinar bem, vamos jogar bem. As duas semanas foram vitais, os dois jogos contra o Fluminense foi importantíssimo, tem tudo a ver com nossa retomada. Jogos que clarearam algumas coisas. Temos intenção e necessidade de buscar melhoras, porque será muito difícil ganhar a terceira Copa do Brasil consecutiva. Uma é difícil, duas ainda mais, imagina três? Teremos adversários duros. Hoje o empate tem sabor de vitória. Eu acho, respeito quem goste, mas penso diferente do futebol do Diniz. Dificilmente vocês vão me ver tirando dois zagueiros”

  5. SÍNDICO disse:

    SANDRO MEIRA RICCI viu João Pedro chutar o pé do Orejuela no gol de empate do Flu no jogo de ifa. Mas disse que não marcaria falta. Ontem, viu Gilberto tocar no Pedro rocha dentro da área, mas também não marcaria pênalti. Ele reescreveu o livro de regras do futebol. Em tempo: o pênalti no Romero ele viu e disse que marcaria. Revisionista, ma non troppo.

    • JOAOCOSTA disse:

      Esse picareta do Ricci foi useiro e vezeiro em prejudicar o Cruzeiro, portanto nada de estranho em seus palpites.

      • JOAOCOSTA disse:

        Vi uma entrevista com esse mala, quando estava prestes a se aposentar, em que disse que o pessoal do Cruzeiro tinha implicância com ele.

  6. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO tentou pressionar a saída de bola do Fulmines no começo do jogo e não se deu bem. Na etapa final, em desvantagem, se soltou e pressionou até virar o placar. No fim, aceitou a pressão, apostando na vantagem, e sofre empate na prorrogação da prorrogação. Classificou-se, nos pênaltis porque o Flu foi mais incompetente nas cobranças e por que Fábio fez a sua defesa de praxe.

  7. Celeste disse:

    Eu a acompanho o Cruzeiro desde o inicio dos anos 70. Acompanhei o Raul, Dída e agora o Fábio. O histórico desse último o credencia a ser colocado como o melhor goleiro da nossa história. Nenhum outro repetirá seu feito. É muito tempo de titularidade, muitos títulos e um sucesso ímpar em decisões por penais.

  8. SÍNDICO disse:

    FLUMINENSE fez um primeiro tempo envolvente, escapando da marcação alta do time celeste, com facilidade e criando boas jogadas de ataque. Na etapa final, sucumbiu ao grito da torcida e à pressão do adversário. No fim, após trocar beques por atacantes, pressionou até conseguir um empate no minuto extra conhecido pelo juiz aos seis de acréscimo originais. Agenor defendeu pênalti, os laterais fizeram bom jogo ofensivo, João Pedro fez gol de bicicleta e os caras da armação tiveram bom desempenho liderados por Ganso.

  9. SÍNDICO disse:

    ÁRBITROS acertaram nos pênaltis sobre Brenner e Romero, mas se esqueceram de marcar um em Marquinhos Gabriel. Sem motivo algum, pois a regra do futebol não pode mudar durante um jogo. Quando muda, a Fifa dá um prazo de carência.

  10. SÍNDICO disse:

    TIME DO CRUZEIRO, zurram os entendidos, é velho, cansado, lento, joga feio, tem ataque ruim e defesa fraca. Mas é bicampeão do Mineiro e da Copa do Brasil.

    • mrr disse:

      Sindico, está ciente que os seres humanos envelhecem, não é? E que isso para um time de idade elevada a cada ano pesa mais, não é? E que mais cedo ou mais tarde sucumbem, não é? Ignorar isso é gostar de ser do contra até demais.

    • mrr disse:

      Os títulos justificam o passado de glória mas não garante o futuro se não houver uma boa gestão. Está escancarado pelas primeiras partidas do Nacional que a idade está pesando, pq ignora tal fato? Falha da administração que optou por time cheio de trintões enquanto que os demais investiram na base e jogadores jovens.

  11. SÍNDICO disse:

    De desacreditado a líder. Henrique vira capitão e brilha pelo Cruzeiro (Thiago Fernandes, UOL, 27set17) As duas passagens de Henrique pelo Cruzeiro se confundem. Prestes a disputar mais uma final pela equipe, o volante ostenta a faixa de capitão no braço direito e tem a incumbência de liderar os companheiros em campo na partida contra o Flamengo, às 21h45 desta quarta-feira, na decisão da Copa do Brasil.

    Tanto em 2008, quando foi contratado junto ao Jubilo Iwata, do Japão, quanto em 2013, quando retornou após passagem frustrada pelo Santos, o atleta chegou à Toca da Raposa II sob desconfiança.

    Em ambas, no entanto, conquistou o respaldo de torcida e comissão técnica, tornando-se líder técnico e também do plantel.

    A primeira passagem foi entre 2008 e 2011. Na ocasião, ele formou um meio de campo vitorioso ao lado de Fabrício e Ramires, com quatro conquistas do Campeonato Mineiro. O auge da passagem foi o vice-campeonato da Libertadores de 2009.

    A volta do meio-campista a Belo Horizonte ocorreu em 2013. Depois de fracassar no Santos, Henrique chegou à Toca da Raposa II como contrapeso na ida de Walter Montillo para a Vila Belmiro.

    O primeiro ano na capital mineira foi frustrante também. Em recuperação de uma cirurgia no púbis, o volante não entrou em campo. Apesar da ausência, o time venceu o Brasileirão.

    A volta por cima aconteceu em 2014. Titular da equipe, ele formou o meio de campo ao lado de Lucas Silva, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart – formação base do time bicampeão brasileiro e vice da Copa do Brasil.

    Mesmo com a queda de produção da equipe em 2015 e 2016, Henrique se manteve como titular. Vanderlei Luxemburgo, Deivid, Paulo Bento e Mano Menezes o mantiveram como pilar do meio-campo. Após a lesão de Fábio, o jogador assumiu a braçadeira de capitão que era do goleiro e não largou mais.

    “Acredito que a questão de ter alguns jogadores simbólicos, que já passaram por várias decisões e situações dentro do clube, é importante para se ter referenciais positivas. São jogadores que têm títulos e muitas partidas com a camisa do Cruzeiro. Em um jogo como esse, podemos ajudar com a nossa experiência”, afirmou o zagueiro Léo, falando sobre a sua situação e a de Henrique.

  12. MÔNICA disse:

    FÁBIO e Thiago foram decisivos na classificação! Eu estava lá, Jorge! Que jogo tenso! Depois de 10 anos sem ir no Mineirão… Sou pé-quente! 💙

  13. SÍNDICO disse:

    27 PÊNALTIS catados, esta é marc a alcançada por Fábio, coma camisa celeste.

    • SÍNDICO disse:

      CHIQUINHO, treinador de goleiros, mudou o estilo do Fábio. Antes o goleiro escolhia um canto, agora, espera o batedor escolher.

  14. SÍNDICO disse:

    CRISE NA CARTOLAGEM não entra em campo. Não com jogadores experientes e comprometidos com o clube.

  15. SÍNDICO disse:

    EDILSON, se tivesse jogado, seria acusado de ter falado nos dois gols do Flu. Não teria cuidado do Brenner no primeiro e teria deixado o Miguel armar na jogada do segundo pelo seu setor.

    • Thiago 5 estrelas disse:

      Não teria culpa no segundo gol, já teria tomado o vermelho. Tira esse rancor com o Romero do coração Síndico, está igual aos perseguidores do Henrique.

      • SÍNDICO disse:

        Tenho nada contra o Romero, até o azulei diversas vezes. Considero=o um jogador esforçado e útil. Tenho muita coisa é contra os que desrespeitam os demais jogadores por não serem violentos e por usarem o cérebro quando estão em campo. No momento, as baterias dos pequenos cruzeirenses estão voltadas contra o Edílson e o Cabral. Mas já estiveram contra Leo, Henrique, Egídio e Fábio. É contra esse tipo de gente, que pulula nas redes, que jogo duro. Espero que vc não tenha enfiado a carapuça. Não há necessidade, né?

      • Thiago 5 estrelas disse:

        Dos citados só não gosto do Edilson, violento, burro e caro. Léo e Henrique são casos a serem estudados, pois são extremamente regulares, sempre respeitaram o clube e são multi campeões, mas tem uma turma sempre esperando uma falha deles, parece até que torcem por isso. Redes sociais não tenho, único espaço virtual que frequento é esse.

      • JOAOCOSTA disse:

        Tem jeito não, Five Stars, é patológico.

    • mrr disse:

      Existe uma diferença entre raça e maldade, creio que o Edilson se encaixe na segunda opção.

  16. SÍNDICO disse:

    NEVES não é politicamente correto. O que é muito bom!

  17. SÍNDICO disse:

    Fábio, Leo e Henrique, sempre gigantes em decisões. NEVES, decisivo. Como sempre, também.

  18. SÍNDICO disse:

    SIDNEY GARAMBONE: “No regulamente antigo, João Pedro hoje teria uma estátua. Mas uma coisa impressionante foram os sete pênaltis perdidos, contando tempo normal e a disputa. Os dois times sabiam da possibilidade de a decisão ir para os pênaltis, treinaram isso”.

  19. SÍNDICO disse:

    MARCELO BARRETO: “João Pedro viveu um drama semelhante ao que Thiago Neves já viveu pelo Fluminense. Final de Libertadores, é ele que consegue levar o jogo para os pênaltis com uma atuação mais impressionante, que ele faz três gols. João Pedro viveu um momento impressionante, um garoto de 17 anos fazer um gol desse. Não foi só um lampejo, tem técnica, audácia, ele quis fazer isso. Foi decisivo para levar o jogo para os pênaltis e perdeu, o que aconteceu também com o Thiago Neves”.

  20. Bruno Furletti disse:

    Temos jogadores importantes (Fábio, Henrique, Léo, Dede, Lucas Silva, Egídio…), que estarão na história do clube por participarem de títulos importantes (13, 14, 17 e 18). Torço para que essa geração seja lembrada e ovacionada no futuro como os ídolos dos grandes títulos dos anos de 1960 e 1970.

  21. SÍNDICO disse:

    FLUMINENSE tem ótimo elenco e um time promissor. Mas não tem futuro. Ninguém quer trabalhar onde não recebe no fim d mês. Vão todos embora, antes mesmo de se emanciparem.

    • Matheus Penido disse:

      Desídia administrativa tem um preço salgado. Salários atrasados, fatiamento da base com empresários, promessas sendo vendidas a preço de banana, jogadores que têm mercado rejeitando o clube. Enfim, nada prospera a médio prazo no caos. E pensar que os últimos cartolas do Cruzeiro optaram por esse modelo “carioca” de gestão…

  22. ERNESTO ARAUJO disse:

    Foi um jogaço. Um dos mais emocionantes dos últimos tempos. Ainda que a maioria dos elogios estejam caindo principalmente sobre Fábio e Thiago Neves (merecidamente por sinal) mas não pode-se esquecer de Mano. Uma das minhas maiores críticas ao treinador sempre foi a sua dificuldade de mudar significativamente o panorama dos jogos a favor do Cruzeiro, quando este estava em desvantagem. Ontem foi diferente. O Cruzeiro foi outro após o intervalo e além dos jogadores, o devido crédito deve ser dado também ao técnico celeste.

    • SÍNDICO disse:

      De acordo, Chanceler!

    • mrr disse:

      Postei algo semelhante e mais resumido no post no dia da partida. O cenário desenhado no primeiro tempo era de terror, um time lento, o adversário envolvia facilmente nosso meio de campo, comparei em termos de velocidade a um Fusca e uma Ferrari. Mas houve um milagre no segundo tempo, o improvável aconteceu, Neves se arrastava há vários jogos fez aquilo que assistimos, Fábio defendeu dois pênaltis, Romero cravou um pênalti, e por último o Mano conseguiu me na equipe no intervalo.

    • JOAOCOSTA disse:

      Mas optou por levar pressão depois do desempate e levamos o gol. A classificação veio de forma sofrida.

      • SÍNDICO disse:

        OPÇÃO quem fez foi o Fluminense, que escolheiu ir pro tudo ou nada. Se o Mano pudesse, teria proibido o Diniz de se arriscar tanto. Mas o futebol tem sido assim há mais de um século: quem precisa do resultado, vai com tudo, sem medo de levar mais gols e sem pedir licença.

      • JOAOCOSTA disse:

        Óbvio que o fluminense atacaria, mas o Mano optou por recuar até encostar as nádegas na trave e levou sufoco até o gol sair.

  23. washington ramos disse:

    Alguém acredita que a “modelo” deste rolo com o Neymar achou ruim dele não usar camisinha? Conta outra. É o sonho de 10 em cada 10 “maria chuteira” ser engravidada por famoso e rico, pensão fácil!

    • RAMOS disse:

      Maurício e Popó voltam a treinar com os profissionais, e daí? Vai mudar alguma coisa. Pra cima do gambá!

      • zuloobas disse:

        Maurício podia ter uma chancezinha, embora Pedro Rocha, cada vez mais, esteja demonstrando que tenha lugar no time e MG ser muito regular. David tem potencial mas tem mão de sebo para agarrar oportunidade. Popó é manga pra lá de verde e Raniel precisa jogar, pois é nosso melhor centroavante.

      • zuloobas disse:

        MG seja e não ser!

      • Paulo disse:

        Popó é manga verde, então o que será o João Pedro que quase nos tirou da copa do Brasil? Por isso, o clube tá quebrado, não revela ninguém. Popó vai amadurecer, cair do pé e ser emprestado.

    • Paulo disse:

      Popó é manga verde, então o que será o João Pedro que quase nos tirou da copa do Brasil? Por isso, o clube tá quebrado, não revela ninguém. Popó vai amadurecer, cair do pé e ser emprestado.

  24. SÍNDICO disse:

    JOÃO PEDRO está vendido pro Elton John, ops!, pro Watford.

  25. SÍNDICO disse:

    8ª RODADA
    Vasco 2×1 Internacional 07jun19sex20h30 São Januário
    Palmeiras x Paranaense 08jun19sab16h30 Allianz
    Grêmio x Fortaleza 08jun19sab19h Centenário
    Cruzeiro x Corinthians 08jun19sab19h Mineirão
    Ceará x Bahia 08jun19sab19h30 Castelão
    Avaí x São Paulo 08jun19sab21h Ressacada
    Santos x Mineiro 09jun19dom19h VilaBelmiro
    Fluminense Flamengo 09jun19dom19h Maracanã
    Csa x Botafogo 09jun19dom19h ReiPelé
    Goiás x Chapecoense 10jun19seg20h

  26. washington ramos disse:

    Pôfexô 2 x 0 Maionese (vai desandar).

  27. SÍNDICO disse:

    FRED tem média de gol na carreira de 0,56. Sassá de 0,33. Raniel de 0,25.

    • zuloobas disse:

      Flu monitora Fred p o ano q vem. Bom p as 3 partes: Sairá valorizado e campeão, Cruzeiro economizará uma boa grane e o Flu terá de volta de seu ídolo.

  28. SÍNDICO disse:

    Alguém se lembra de como Sidnei Lobo montou o Cruzeiro contra o Corinthians, ano passado? Lembra-se de como jogaram David e Fred?

  29. SÍNDICO disse:

    VASCO 2×1 INTERNACIONAL, 07jun19sex20h30, 8ºbra19, São Januário (24 mil), Rio, 10.652 pagantes, R$222.185. Árbitros: Heber Roberto Lopes, Alex Santos, Eder Alexandre (SC). VAR: André Luiz Freitas Castro (GO). Amarelos: Sobis, Emerson. Gols: Andrey, 43, Reis, 45+2, Emerson, 55. VASCO: Fernando Miguel; Pikachu, Henríquez, Ricardo Graça, Barcellos; Raul, Andrey (Fellipe Bastos, 88); Marcos Júnior; Rossi (Bruno César, 77), Marrony; Tiago Reis (Jairinho, 60). T: Vanderlei Luxemburgo. INTERN: Lomba; Zeca, Emerson, Cuesta, Uendel; Lindoso, Edenilson (Patrick, 46), Nonato; Parede (Álvez, 56), Nico (Sarrafiore, 75), Sobis. T: Odair Hellmann.