Nenhuma surpresa

Por Jorge Angrisano Santana | Em 11 de novembro de 2010

Quarta-feira de futebol previsível:

  • No Castelão, com 16.330 pagantes, Ceará 2×2 Botafogo. Loco Abreu, 11, Magno Alves, 22, Geraldo, 34 do 1º e Loco Abreu, aos 12 do 2º tempo marcaram os gols. O Glorioso despede-se da luta pelo título, mas não do sonho de Libertadores. Nas duas próximas rodadas, pode vencer, no Engenhão, Prudente e Inter e decidir a vaga contra o Grêmio no Olímpico. Se o Atlético deixar, bem entendido.

  • No Pacaembu, Palmeiras 2×0 Atlético-MG. Marcos Assunção, cobrando escanteio, aos 26 do 1º e Luan, aos 33 do 2º tempo marcaram os gols. Dois mil dos 35.034 pagantes não conseguiram entrar no estádio antes do início da partida. Alguns voltaram pra casa, outros assistiram apenas o tempo final. Falta experiência aos cartolas brasileiros nesse mister de organizar partidas de futebol. E faltam explicações ao presidente do Atlético-MG, que gastou muito dinheiro para montar um time que só dá tristezas à sua torcida. Que, por sinal, ficou setor lilás do Pacaembu.

Pra não ficar sem registro: a tão desprezada Copa Sul-americana está levando mais gente aos estádios do que o badalado Campeonato Brasileiro.

Quem se habilita a explicar?

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.