Moema Fox: “Já havia até me esquecido de como é sofrida uma final!”

Por SÍNDICO | Em 14 de abril de 2014

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 0x0 ATLÉTICO-MG, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta da final do Campeonato Mineiro, às 16h de 13abr14:

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Com esse espírito, não tem para ninguém. Foi um jogo difícil, mas nada resiste àao  união e trabalho .O torcedor apoiou o tempo todo. Fico feliz por essa parceria, que nos levará a avançar na Libertadores. Vamos comemorar hoje, mas trabalhar a muito partir de amanhã. O AtléticoMG é muito bem treinado, tem um trabalho de dois anos. Foi difícil chegar ao título, por isso, temos de comemorar bastante.

DAGOBERTO, atacante do Cruzeiro: Ganhar sempre é bom. Nosso time merece tudo isso que está vivendo. Trabalhamos muito e fomos coroados com um título que vai ficar marcado na vida de cada um.

ALEXANDRE MATTOS, diretor de futebol do Cruzeiro: “Tinha que ser desse jeito, com raça, com vontade. A quem diz que o Cruzeiro não sabe jogar mata-mata, mostramos que esse time corre, marca, cai quando precisa, dá bico quando precisa. Foi por méritos o campeão invicto. Foi o time que mais venceu e mais marcou gols. Esse título tinha que vir pro Cruzeiro, pelos méritos dessa administração do Dr. Gilvan.

MAIA, no PHD: Depois do jogo, trombei com a TOG numa estação do metrô. Estava uniformizado, com faixa de campeão, bandeira e tudo. Uns oito covardes me peitaram e agarraram minha faixa, gritando pra eu tirá-la. Não tirei e eles me empurraram contra a parede. Eu segurando e eles tentando me tirar a faixa, até que um deles, provavelmente o líder da corja, gritou pra parar e eu sai fora. Isto é só mais um capítulo na vida de um torcedor brasileiro.

JOSÉ NETO, no PHD: Ser campeão mineiro e ver franga-mor chorando não tem preço. vale o dito “Tudo como dantes no quartel de Abrantes”. Outra coisa boa é ver o Cruzeiro aprendendo a jogar essas decisões, o que contará muito na Libertadores. Parabéns ao time todo, ao excelente Marcelo Oliveira, que mostra a cada dia que é o grande treinador do Brasil no momento  e menção especial ao trabalho do Henrique, que sobra no meio de campo do Cruzeiro.

MAURO FRANÇA, no PHD: Faltou o gol, mas isso não tira o brilho desta conquista, campanha invicta, melhor ataque e defesa. O Cruzeiro mandou no jogo, teve mais volume e iniciativa, foi mais organizado. Criou várias chances, pelo menos duas claríssimas, com Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (os “come-e-dorme”, segundo um comentarista aqui). O adversário chegou apenas em lances isolados, em nenhum momento foi melhor. Ganhar um título em cima do rival não tem preço. É bom demais.

ERNESTO ARAÚJO, no PHD: Jogo difícil, com bons momentos das duas equipes. Gostei de como o Cruzeiro trabalhou defensivamente, interceptando com frequência os passes do adversário, não se permitindo ser envolvido, o que teria sido fatal. E o time ainda ganhou bem as segundas bolas. Não gostei foi da falta de pontaria do ataque, tem especial de Everton Ribeiro e Ricardo Goulart.

MOEMA FOX, no PHD: Quase morri aqui em Chicago mesmo com o Cruzeiro com o jogo nas mãos! Não é fácil, não! É uma comemoração solitária. O que ajuda a segurar o coração é o calor do PHD. Já havia até me esquecido de quanto é sofrida uma final!!! ZÊÊÊÊÊROOOOO!!!

 Olha, durante o jogo eu prometi que diria isso no final, se o Cruzeiro ganhasse (risos): Victor e Tardelli jogam muito. Jô é ótimo nas disputas aéreas. Mais valor pro nosso título!!!

RAUL MIRANDA PENNA, no PHD: O troféu de lata é bem a representação desse campeonato chinfrim. De qualquer jeito, o Cruzeiro merecia ganhar o jogo. Everton Ribeiro, Henrique e Lucas Silva, os melhores.

MAREF, comentarista de arbitragem da TV Globo: Vuaden marcou pênalti, mas o assistente levantou a bandeira e deu dois passos em direção ao meio de campo, ele pensou que fosse falta e marcou a posição da cobrança fora da área. Mas aí o Bruno Rodrigo disse que o bandeira, na verdade, havia marcado impedimento e ele foi perguntar. Como o bandeira confirmou o impedimento, ele não marcou nem pênalti, nem falta. Mas foi pênalti, mesmo.

JOGADORES DO CRUZEIRO, no vestiário do Mineirão: ÔÔôôÔÔôôÔÔôô, o campeão voltou, o campeão voltou!

84 comentários para “Moema Fox: “Já havia até me esquecido de como é sofrida uma final!””

  1. O troféu do Mineiro 2014 é muito bonito. Infinitamente mais do que os das edições recentes do Mineiro. E bem mais estilos do que o da Premier League.

  2. Dagoberto tá certo. Campeão fica na história.

  3. mariana disse:

    Vc é chato, mas eu gosto de vc, Dagol!

  4. Maia não regula bem. Onde já se viu entrar em estação do metro todo paramentado? Deu sorte.

  5. Naldo disse:

    O campeão não voltou porque não tinha ido. Primeiro título disputado em 2014, campeão. Para quem iria apanhar por 10… Kalil, tá fraquinho.

  6. sérgio Luiz disse:

    1944, 1974, 1984, 1994, 2004, 2014. É a sina do 4.

  7. Sinceramente, não acredito que alguém tenha chamado Ricardo Goulart e Everton Ribeiro de come-e-dorme. Seria uma terrível injustiça.

    • Helio Lopes (Celeste) disse:

      Ironia fina ou não viu? De minha parte, realmente não vi ninguém se referir assim ao ER. Mas o RG, teve nego chamando sim. E várias vezes aqui neste espaço… Povo doido…

    • raher disse:

      Realmente é totalmente injusta tal acusação, ambos correm muito e se entregam, mas dai dizer que ricardo goulart ta no mesmo nivel de ER é tambem insano, por isso o codinome Ricardo Irregoulart lhe cai bem, joga uma partida otima e 5 nem aparece na foto. Ontem por exemplo correu, correu e nenhum lance dele passou perto de gol ou de assistir alguem proximo.

  8. Naldo disse:

    O gol não saiu por falta de pontaria. Até a trave que é mais difícil conseguiram acertar, o gol não.

  9. Kaiu é piada pronta. Velha, repetida mil vezes, mas sempre engraçada.

    • Helio Lopes (Celeste) disse:

      Definição pra lá de bem acabada!

    • Carpe Diem (Renato Faria) disse:

      E ele está fazendo escola. No Rio, o presidente e o treinador do Vasco colocaram toda a culpa na arbitragem. Disseram que existe um complô para impedir o título do Vasco… É o Gargamel fazendo escola…

      • Hendrix disse:

        Verdade Carpe. Não existe nada. Uma bola que passa 4cm pra dentro do gol, na cara do juiz lateral, e não é validado. Gol que daria a vantagem do empate pro vasco. Depois um gol escandalosamente impedido na final. Tudo coincidência. Sempre beneficiando o urubu, mas coincidência.

      • Carpe Diem (Renato Faria) disse:

        Seu discurso é idêntico ao dos atreticanos na noite de ontem… Dizer que existe um complô pra tirar o título do Vasco é desvirtuar e menosprezar os acertos do rival que teve campanha infinitamente superior a do Vasco.

      • carpedim, consulte seu manual comprado na banca da rodoviária pra fazer um autodiagnóstico. sua mania tá ficando fora de controle.

      • Carpe Diem (Renato Faria) disse:

        Vou verificar qual o diagnóstico para RIR da viuvez alheia… 😉

      • Hendrix disse:

        Houve favorecimento, roubo e outra palavras mais, sempre a favor dos urubus. Complô, ponha na sua conta.

      • Carpe Diem (Renato Faria) disse:

        Perderam o título para um Flamengo horroroso e abatido pela eliminação em casa… Mas sempre vai ter uma desculpa.

      • Recorra a seus manuaias de psicologia comprados em bancade rodoviária pra tentar superar sua adilsonmania.

      • Carpe Diem (Renato Faria) disse:

        O Adilson incomôôôôda… é sempre perseguido… foi assim no Santos, São Paulo, Corinthians, Atlético Goianiense, Figueirense e Vasco, times que ele não conseguiu ganhar NEM ESTADUAL… 🙂 !

  10. Moema é “A Cruzeirense”. Grande torcedora, embora mignon. E cheia de charme.

  11. Walterson disse:

    O que passa na cabeça de um idiota destes? Alexandre Kalil e torcedor do Cruzeiro dão exemplo de civilidade no Mineirão (G1, Marco Antônio Astoni, 13abr14) Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG, e um torcedor do Cruzeiro proporcionaram uma cena diferente num ambiente de estádio de futebol. Após o empate por 0x0, no Mineirão, que valeu o título mineiro à Raposa, o dirigente atleticano foi abordado por um cruzeirense, no portão de saída do vestiário do Galo, com a seguinte frase: – Apesar da rivalidade, sou seu fã, Kalil. Respeito muito o seu trabalho. Podemos tirar uma foto juntos? O presidente do Galo ouviu o elogio, sorriu e posou para uma foto com o torcedor. – Faz parte. Parabéns ao vencedor. O importante é todo mundo chegar bem em casa, com raiva ou não. O que importa é chegar bem nos braços da mãe, do pai, da mulher ou do marido. Eu vou embora com raiva, mas quero meus filhos em casa comigo. A gente vai reclamar e xingar o juiz, mas todo mundo comigo e em paz.

  12. O.t.: Rodrigo Souza foi emprestado ao Criciuma. Sinceramente, não entendi. Vi-o como um jogador promissor.

  13. Ricardo Malafaia disse:

    Tivemos sorte. Vuaden já ia caindo na piscinada atreticana. De novo.

  14. Estou preocupado com a Mariana Resende. Será que ela conseguiu ver a cancha com aquela montoeira de gente em pé?

  15. Wagner CPM disse:

    O motivo de revolta das frangas é compreensível. Afinal de contas no galinheiro do coelho, qualquer caida no chão é penalti e cartão vermelho pro adversário. Dessa vez caíram do cavalo. Jô se jogou feito um bonecão de posto sem ar. Quase conseguiu terminar a encenação mas ainda bem que não deu certo e ficaram só com a reclamação.

    • Paulo Rafael disse:

      Sem contar que L. Donizeti e Pierre tem carta branca pra descerem a borduna. O que o Dagoberto fez foi carícias, perto do que a dupla de botineiros de cloaca fizeram nos dois jogos. Além disso, os jogadores deles adoram gritar na orelha do trio e não são punidos.

  16. RMP tá no lugar errado. Se o campeonato é ruim, se o trofeu é ruim, se tudo é ruim, pq ele acompanha? CRUZEIRO foi campeão do melhor estadual da história (incluindo todos estados, de todos os anos). Como diria meu pai, ontem foi a “derradeira”…Final decidida nada mais, nada menos, entre o Campeão Brasileiro e o Campeão da Libertadores. Que outra época teve isso?

  17. kaiu tinha que explicar era sobre a frase que ele disse ano passado e retrasado sobre “as frangas vão mandar em MG por 10 anos”….Só esqueceu de combinar isso com o Cruzeiro!

  18. MAREF, vc errou, de novo. Como em tantas outras ocasiões, tirando títulos de uns e entregando pra outros. Graças a Deus, desta vez, vc estava microfonando e não apitando.

  19. sérgio Luiz disse:

    zoação de torcida é válido. zoação de jogador em rede social, não aprovo, menos Léo!

  20. Jdias disse:

    Se foi penalty ou não, o que importa eh no fim o resultado foi justo. Levou o título o melhor time. Melhor ataque, melhor defesa e invicto. Ano passado levaram sem merecer.

  21. Ninguém está comentando a melhor notícia do RapoCota: Até agora, não há notícias de assassinatos por conta do jogo.

  22. Damas disse:

    CAM e CEC estão provando ao futebol brasileiro que BH tem a melhor escola de futebol do pais. A crônica esportiva do Brasil não está engolindo isto e o resultado vai aparecendo desde meados do ano passado de forma consecutiva. Quanto ao jogo de ontem, na hora do penalti chamei o Vuadem de Viadum, mas já passou. Parabéns prá vocês!!!

    • Obrigado!!! CruzeiroxCam tem times equivalentes, mas o elenco do Cruzeiro é mais forte. A prova é que em 3 confrontos este ano, empataram. E qdo os times precisaram dos reservas, o Cruzeiro se mostrou mais qualificado e bem treinado. Qto a crônica esportiva nacional, está engraçado as manchetes. Estão discutindo construção de estádio, eleição em clube, especulações de contratação…..menos futebol jogado!

      • Cláudio Ianni disse:

        Já vi muito time forte do atlético forte. Este aí não tem nada de forte vide a Libertadores do ano passado. O meio de campo confunde marcação com trombação e o ataque é só cai cai….

  23. rosan amaral disse:

    É importante lembrar que ontem foi a partida final, mas não foi a única. Há um regulamento que obrigou ao campeão enfrentar todos os times que participaram do torneio. Houve uma semifinal e final em jogos de ida-e-volta. A vantagem do Cruzeiro foi conquistada em campo e jogando 2 vezes no campo do vice-campeão sem perder para ninguém. Por isto é o Campeão invicto do Mineiro de 2.014.

  24. Cláudio Ianni disse:

    Ontem tive de concordar com o chefe ,a Máfia Azul fez muita falta….

  25. Helio Lopes (Celeste) disse:

    O jogo de ontem foi muito bom. Dominamos do início ao fim, com vários jogadores se destacando positivamente do lado azul e alguns negativamente do lado rosa, a começar pelo Leo Silva, que abdicou de ser zagueiro para iniciar carreira na arbitragem. Juizão pagou pau e economizou nos amarelos pros jogadores das frangas, com medo certamente de causar uma expulsão iminente no time delas. O 0x0 foi tenso, mas emocionante. Campeonato Mineiro é muito bom!

    • Helio Lopes (Celeste) disse:

      Quanto ao lance do penalty, vi as análises da Grobo, Fox Sports e ESPN. Só na primeira houve “certeza” da penalidade. Nas outras duas emissoras, houve divergência tanto com relação à falta em si (se existiu ou não), quanto ao lugar em que teria acontecido (dentro ou fora da área). Mas todos os analistas concluíram que penalty mesmo não houve.

    • Marcbsb disse:

      Vendo as imagens na posição de câmera normal a impressão é q houve pênalti. Entretanto, se você olhar as câmeras em close que ficam à altura do gramado dá pra ver que o Dedé não encostou o pé no Jô. O máximo que pode ter acontecido é o calcanhar do Jô ter batido no joelho do Dedé (ou o joelho do Dedé ter batido no calcanhar do Jô), de uma forma que não seria falta e não faria o Jô desabar como desabou. E o Jô deu um abraço “pra trás” e puxou o Dedé no começo da jogada. Se houve falta, foi do Jô.

      • Procopio disse:

        Completamente de acordo. Porém, o Dedé já está bem rodado prá saber que não se encosta em atacante na grande área: Léo fez isso contra o Fred, do Fluminense, em 2012(?) e nos ferramos. Dedé já tinha se enroscado no Jô no primeiro tempo, fora da área, com a consequência óbvia; falta sobre um adversário de costas e, pois, pouco perigoso. E viva o Zêro!!!

  26. Bruno 7L RJ disse:

    Kd o Evandro, hein?

  27. mariana disse:

    Ser campeão é sempre MTO bom, não consigo entender torcedor que menospreza conquistas. Eu bebemoro tudo!

  28. Cláudio Ianni disse:

    Vcs dão bola demais para estes cronistas, eu nem vejo as noticias. A Eterna promessa não era nem para ter jogado pois chutou o Fábio e o Henrique no jogo anterior….

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.