Melhores de 2018, segundo futebolistas

Por SÍNDICO | Em 25 de dezembro de 2018

UOL ESPORTE entevistou 106 jogadores que disputaram a Série A do Brasileiro em 2018. Entre outras, fez as seguintes perguntas:

  • Quem foi o melhor jogador do Campeonato Brasileiro? Dudu, 50% — 2º Gabigol, 8% — 3º BrunoHenrique, Cebolinha, 6% — 4º Dedé, 5% — 5º Cássio, Geromel, Paquetá, Bigode, 3% — 6º Deyverson, Everton, Fábio. Maxi, 2% — 7º Arrascaeta, DiegoSouza, Jadson, Kanneman, LuanFranga, Cuesta, 1%.
  • Quem é o melhor jogador brasileiro? Neymar, 56% — 2º Coutinho, 22% — 3º Cebolinha, 6% — 4º Marcelo, 5% — 5º Casemiro, Dudu, 3% — 6º Paquetá, Victor, 2% — 7º Cássio, Richarlison, 1%.
  • Quem é o melhor jogador do mundo? Cristiano, 42% — 2º Messi, 21% — 3º Modric, 19% — 4º Salah, 8% — Mbappé, 5% — 6º Neymar, 3% — 7º Griezmann, Bruyne, Kanté, 1%.

Mesa-redondistas devem ter torcido o nariz com as eleições do “decadente” Neymar e do “robozão” Cristiano.

Vc também torceu, caro leitor? Quais foram os melhores nestas categoria.

OBS: Arredondei os percentuais, por isto, as categorias terminaram com um pouco mais de 100%.

83 comentários para “Melhores de 2018, segundo futebolistas”

  1. SÍNDICO disse:

    SETE cruzeirenses ou ex-cruzeirenses, em 38 votados ou 2,7% do total.

  2. SÍNDICO disse:

    MELHOR TIME: 1º Palmeiras 41% — 2º Grêmio 25% — 3º Cruzeiro: 11% — 4º Flamengo 7% — Mineiro 6% — 6º Corinthians, Internacional 4% — 7º Botafogo, Ceará, São Paulo 1%.

    • BrunoBarros disse:

      Qual mesa-redonda você tem visto? As que eu acompanho sempre tratam o Cristiano Ronaldo como um craque, muitos inclusive o consideram o melhor jogador do mundo. Não sei onde você está vendo tal perseguição ao gajo. Quanto ao Neymar vamos analisar os números corretamente, é o mínimo, senão vira papo de doido. Ano passado nessa mesma pesquisa, a distância dele pro segundo colocado no quesito melhor jogador brasileiro era muito maior, salvo engano beirava os 90%. E no quesito de melhor jogador do mundo ele estava entre os 3 primeiros, na cola do Messi e do português. Salvo engano ele estava em segundo. Esse ano despencou pra sexto, a léguas dos 3 primeiros colocados. A interpretação correta desses números é essa. De 2017 pra 2018 ele perdeu prestígio entre os seus pares, tá evidente isso na pesquisa. O pior que pode acontecer pra todo mundo, principalmente pra ele, é bajulação à todo custo, isso sim pode prejudicar a carreira dele de maneira indelével.

      • Matheus Penido disse:

        A queda de prestígio do Neymar se deve justamente à onda feita pelos jornalistas na Copa. Em campo ele continua sobrando.

      • SÍNDICO disse:

        Neymar sofreu lesão idêntica à que tirou Manoel 8 meses dos gramados e Petkovic, por 9 meses. Voltou em 3 meses e jogou bem todas as partidas da Copa. Foi o cara que mais sofreu faltas no torneio, mesmo com os juízes deixando de marcar várias (inclusive pênalti). De resto, o time dele disputa um campeonato que ninguém vê, afora os tarados ou os desocupados, que é o Francês.

      • SÍNDICO disse:

        Os caras que ficaram na frente do Neymar jogaram em times que disputaram finais de Copa, de Champions ou conquistaram campeonatos que se acompanha por aqui. Mais do que normal que tenham chamado a atenção dos boleiros brazucas.

      • SÍNDICO disse:

        Quanto às mesas redondas, são as do Ishportivi (aquela do idiota do Maranhão, especialmente) e as do Iespien.

      • BrunoBarros disse:

        Não sei Penido, se foi por conta disso. Até porque é comum jogador vir a público dizer que não é muito de acompanhar futebol na TV. Quer distância. Complicado esses caras terem paciência com mesa-redonda, fica difícil imaginar que eles acompanhem a ponto de ter influenciado nessa votação.

      • Matheus Penido disse:

        Nem precisavam assistir mesa-redonda, pois criou- se um furor nacional em torno do suposto cai-cai do Neymar. Imagino que voce se lembre dos memes e das piadinhas sobre o tema. Desempenho esportivo acabou ficando em segundo plano.

      • BrunoBarros disse:

        Síndico, não é isso não. Ano passado também o PSG rodou cedo na Champions, ficou só com o francês mesmo. E o Neymar não jogou todos os jogos da Copa bem, muito pelo que você mesmo disse, por conta da contusão. E também porque essa transferência dele pro time francês fez ele voltar várias casinhas, com um comportamento excessivamente individualista, coisa que no Barcelona ele parecia ter superado. E no pós-Copa ele ainda não jogou nenhuma partida pelo Brasil com um bom desempenho. Em todas ficou prendendo a bola na intermediária, atrasando vários ataques da seleção e por consequência atrapalhando muito a equipe. Atrapalhando seu próprio rendimento. Nesse momento o que ele menos precisa é de bajuladores passando o pano em todas ca44das que faz. É um grande jogador, um dos melhores na atualidade, mas se não trabalhar a cabecinha vai se prejudicar e certamente não alcançará todo o seu potencial.

      • Matheus Penido disse:

        Neymar fez boa Copa, mas infelizmente deu tudo errado naquele primeiro tempo contra a Bélgica e o brasileiro acabou ficando fora da relação dos destaques. No PSG os números são excelentes, mas como disse o Síndico o campeonato francês é café com leite, ninguém vai exaltar Neymar ou qualquer outro por campeonar com o bilionário time de Paris.

      • BrunoBarros disse:

        Não foi um fenômeno apenas brasileiro. O mundo inteiro o criticou, e ainda crítica, por conta desse rame-rame de ficar prendendo a bola pra sofrer faltas infrutíferas longe do gol adversário. O exagero também na contracenação após as faltas, ou não, sofridas. Na Copa ele fez um primeiro jogo muito ruim, muito mesmo, melhorou um pouco na segunda partida, e fez no terceiro jogo e nas oitavas suas melhores atuações no Mundial, inclusive com mudança de postura, o que foi muito positivo naquele momento porque demonstrou que ele não estava tão alienado assim, refutando todas as críticas como se fosse uma mera perseguição individual. Contra a Bélgica ele também não jogou bem, perdeu a maioria dos embates individuais. Revejam a partida, tá bem claro isso.

      • Matheus Penido disse:

        Os dois primeiros jogos foram abaixo, provavelmente devido à lesão. Da Sérvia em diante ele esteve muito bem, inclusive fazendo um ótimo segundo tempo contra a Bélgica, mas naquele dia a sorte bafejou os belgas que ainda contaram com seu ótimo goleiro inspirado. Nos resta torcer pra que no Catar o acaso volte a conspirar a favor da amarelinha, pois em 10 e em 18 ele jogou contra.

      • BrunoBarros disse:

        A Bélgica jogou mais que o Brasil no primeiro tempo, por isso fez o resultado que poderia inclusive naquele momento ter sido ainda mais dilatado. Após o segundo gol, por um breve período, o Brasil ficou nas cordas e houve um certo deja vu de Brasil x Alemanha em 2014. No segundo tempo naturalmente o Brasil foi pra cima, tava perdendo, nada mais natural do que isso. Mas não criou tanto assim. Fora o gol o Brasil teve 2 chances claras, uma com o próprio Renato Augusto e outra que o P. Coutinho isolou. Aquela do Neymar no finalzinho qualquer goleiro profissional pegaria. Aquele tipo de finalização é chupetinha no mel e sempre uma ótima chance pro goleiro fazer uma graça. Se a bola tivesse entrado ali seria o maior frango da Copa. No segundo tempo, já após os 30 minutos, o Neymar perdeu uma sequência de 5 bolas prós defensores adversários, algumas até com uma certa facilidade, na tentativa de jogadas individuais. Das 5 partidas no Mundial ele jogou bem mesmo em 2. Em outras 2 foi marromeno e na estreia foi horrível. Na média foi uma Copa razoável. A sorte existe e é importante em qualquer campo de atuação, mas o que faltou de verdade mesmo pro Brasil, e pro Neymar, foi jogar mais bola mesmo.

      • BrunoBarros disse:

        Em tempo, em termos de rendimento a Copa da seleção brasileira foi superior à Copa do Neymar.

      • Matheus Penido disse:

        Brasil dominou o primeiro tempo até a Belgica achar um gol na infelicidade do Fernandinho, depois disso eles tiveram uma única chance de contra-ataque e marcaram. O tal baile da primeira etapa que alguns jornalistas alardearam foi uma ficção. No segundo tempo apenas o Brasil jogou e criou no mínimo quatro chances claras, duas delas envolvendo Neymar. Tá pouco? Infelizmente só uma entrou e a Copa do Neymar acabou ali.

      • BrunoBarros disse:

        Teve nada disso, nada vezes nada. Ficção total sua..Tem certeza que você viu o jogo? O Brasil no jogo inteiro criou 3 chances claras, 2 com o Renato Augusto e uma com o Coutinho, todas no segundo tempo. E no primeiro tempo a Bélgica foi amplamente superior. Indiscutível. Até o Tite já falou isso diversas vezes. Mas se você prefere acreditar que foi diferente, que o gol da Bélgica foi um acidente, que faltou sorte pro Brasil, ok. Eu prefiro encarar a realidade. É a única chance de evoluir pra buscar o hexa em 2022.

      • Matheus Penido disse:

        Parece que vc focou demais nas mesas redondas e se esqueceu dos jogos. De cabeça me lembro de cinco chances claras do Brasil: uma com Paulinho, outra com Thiago, duas com Renato e mais uma com Coutinho. Num jogo eliminatório entre dois grandes times esse número tá mais que razoável. Já a Bélgica ganhou um presente do Fernandinho, ampliou num ótimo contra-ataque e no resto do jogo se defendeu segurando a vantagem.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Penido analisou muito bem o jogo contra a Bélgica. Já a análise do Neymar não foi tão boa. Neymar continua sendo o melhor jogador brasileiro, mas caiu de posição na escala mundial. Isso é nítido. Síndico extremiza tudo pra defender o ponto de vista dele. Se critica, quer dizer que odeia.

      • BrunoBarros disse:

        O Brasil criou mais chances que a Bélgica no jogo todo. Teve mais posse de bola, natural já que desde os 12 minutos do primeiro tempo já estava atrás do marcador. Aliás, quando a Bélgica abriu o marcador era o 4o. lance de perigo criado por eles contra 2 lances pró-Brasil. Na segunda etapa o Hazard deu um chute cruzado um pouco antes do gol brasileiro que passou triscando a trave, o Alisson só pulou pra sair na foto, seria um 3 a 0 inapelável. Foi o lance mais perigoso do jogo desde o segundo gol belga, a chance mais clara criada por qualquer uma das equipes nesse ínterim. Me parece que o jogo foi bem diferente disso que o Penido descreveu. Lógico que a avaliação não pode ser feita apenas através de melhores momentos e sim vendo o jogo inteiro. Dessa forma então fica ainda mais claro que a vitória da Bélgica foi merecida, jogou melhor.

  3. rosan amaral disse:

    Faltou Dedé nestas listas.

  4. SÍNDICO disse:

    JORNALISTAS fizeram campanha contra o cara que mais sofreu faltas na Copa e pouparam os que as cometeram. Não é nem questão de inteligência, é de caráter mesmo.

    • SÍNDICO disse:

      NEYMAR não é o ;único a ser perseguido. Kaká e Fábio, por intolerância religiosa, também foram. Nos mesmos canais e pelos mesmos esquerdopatas.

    • BrunoBarros disse:

      Jornalistas do mundo inteiro? Deve ser a maior conspiração da história da humanidade.

      • Matheus Penido disse:

        Palpiteiros engajados da Espn, humoristas de rede social e jornalecos ingleses formaram uma frente ampla de críticos do Neymar.

      • BrunoBarros disse:

        Pode acrescentar aí jornalistas espanhóis, portugueses, argentinos, alemães, que foram alguns dos que vi o criticando. É uma baita conspiração.

      • Matheus Penido disse:

        Conspiração nenhuma. Cada grupo teve suas razões pra adotar essa linha. Vejamos: a Espn precisa de assunto pra embalar aqueles programas enfadonhos e intermináveis, a turma das redes sociais quer fazer graça e tirar uma casquinha pra cima do garoto milionário, e por fim os jornais ingleses têm essa tara por condenar os jogadores que supostamente gostam de cavar faltas.

      • BrunoBarros disse:

        A teoria da conspiração não é minha, é de vocês. Inclusive o que você utilizou agora como exemplo vai ao encontro disso. Todo mundo conspirando contra o coitadinho do Neymar, cada qual com suas intenções escusas. Falta encaixar todas as outras nacionalidades em alguma dessas “conspirações” contra o pobre garoto. Prefiro me ater aos fatos, que é o que acontece em campo.

      • Matheus Penido disse:

        Quem falou em conspiração foi você. Eu, pelo contrário, acabei de escrever e demonstrar ponto a ponto que não houve nada disso, apenas críticas exageradas e oportunistas vindas de diversos lados e que acabaram dando uma queimada na imagem do atleta.

      • BrunoBarros disse:

        Pois é, pra mim você tá descrevendo uma conspiração e não demonstrou em nenhum ponto algo que retirasse essa minha conclusão. Cada grupo com seu interesse torto baixou o sarrafo no coitadinho do Neymar, à despeito do que realmente aconteceu em campo, não é mesmo? Conspiraram então. Eu não acredito nisso, você sim. Tranquilo, prefiro uma postura mais ativa perante à derrota do que ficar se lambendo num improdutivo e débil exercício de auto-piedade. Isso pra um cara que já é mimado como o Neymar pode ser extremamente prejudicial.

      • Matheus Penido disse:

        Errado. Conspiração seria se eu dissesse que esses grupos atuaram combinados pra prejudicar o jogador. Algo do tipo: Neymar comeu a mulher de um jornalista qualquer e isso gerou uma reação corporativa com críticas direcionadas a ele. Aí sim eu estaria criando uma teoria da conspiração. Mas não foi o caso.

      • Bruno 7L RJ disse:

        O próprio Neymar gravou um comercial reconhecendo os exageros. E não venham me dizer que foi golpe de marketing. Larguem de ser oreia seca.

      • SÍNDICO disse:

        FATUROU em cima da burrice alheia. Fez bem.

      • BrunoBarros disse:

        Ok Penido, mas eu posso chamar então de uma porção de conspirações de grupos distintos com interesses variados. Belo deleite pros conspiradões.

  5. SÍNDICO disse:

    A cada comentário do Barros, Neymar fica mais próximo do Luan, o das frangas. Neymar joga nada, só sabe sofrer faltas. Um tosco. E salve os jornalistas brasileiros, portugueses, espanhóis, argentinos e alemães cujos nomes nem o Barros sabe. Ninguém sabe. Ninguém jamais saberá.

  6. SÍNDICO disse:

    TOM JOBIM: “No Brasil, o sucesso é uma ofensa”. Barros tá ofendido, deixa quieto.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Tá vendo?! Criticar é ofender. Se for um queridinho então, vixi!

      • SÍNDICO disse:

        Vai além de sua ligeira interpretação. É a cultura. A inculcação jesuítica. Lucro é usura. Usura é pecado. Ganhar dinheiro é ladroagem. Comer mulher bonita, só a troco de grana. Destacar-se é falta de humildade. Sucesso é acinte. Bom é o Ganso, porque fracassou.

      • Matheus Penido disse:

        O jornalista brasileiro em média é acima de tudo um ressentido. E esse ressentimento vem muito mal disfarçado sob uma camada de moralismo barato. Esses mesmos palpiteiros que dão lição pro Neymar estão há 20 anos batendo palmas pro “exemplar ” Maradona. Tem lógica?

      • BrunoBarros disse:

        Síndico, se você ao criticar algum jogador está movido pela inveja, ciúmes, ressentimento, sei lá mais o quê, não pense que todos são assim. Eu tô muito mais do lado do Neymar do que você. Minha única preocupação é que ele evolua, pois tem capacidade pra isso. Quem tá contra ele é quem tenta colocá-lo numa redoma pra ficar imune a qualquer crítica. Essa galera quer que ele se lasque. Talvez movidos pela inveja, quem sabe. Essa tática é bem eficiente pra danar com qualquer um. Cerca o camarada de bajuladores que só podem puxar ele pro fundo. Essa sanha em protegê-lo das crítica é injusta com o próprio jogador porque ela não reconhece quando o mesmo se esforça pra evoluir, escrevi sobre isso na época da Copa quando o Neymar notadamente buscou mudar o comportamento demonstrado principalmente na primeira partida. O cara se esforçou e os conspiradões nem deram bola, baita injustiça.

      • SÍNDICO disse:

        Platitudes que ficariam melhor num textão de autoajuda, desses que abundam no Facebook. Eu não quero sacanear, nem defender ninguém. Quero comentar o momento, o fato, sem as travas do politicamente correto. Neymar precisa de ajuda ou defesa minha? Se eu o perseguir, ele jogará menos bola? Eu digo que ele é um fora de série e é profissional. No que me acompanham Muricy Ramalho e outros caras do ramo. Obviamente, não me acomaonham os maranhões, maurocésares e outros dementes. O que me deixa tranquilo.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Quem está falando que ele não é fora de série, cara pálida?

      • BrunoBarros disse:

        Pois é xará, tá difícil pra ele entender o fácil. Tá numa teoria da conspiração que tá atrapalhando a compreensão. Não questionei o profissionalismo nem a qualidade do Neymar. Um grande jogador, um dos melhores, só pra repetir o que já escrevi nesse mesmo post, quem sabe dá certo.

      • matheus t penido disse:

        Podem ficar tranquilos, Brunos. A ma influência minha e do Síndico não chegará ao Neymar. Já os sábios e politicamente corretos conselhos dos jucas já devem ter sido assimilados pelo staff do craque.

      • BrunoBarros disse:

        O conceito de politicamente correto nesses últimos tempos tá bem torto, bem confuso. Por exemplo, nesse caso do Neymar ser politicamente correto é passar o pano pro cara em tudo o que ele faz. É um símbolo do atual sistema, com todas as características necessárias, craque também nas mídias sociais, e nessas demandas atuais de muita macumba pra turista. Ele é um ícone desses nem tão novos tempos. Politicamente correto hoje em dia é protegê-lo à todo custo. Não se mexe com um baluarte da superficialidade que comanda o mundo agora. Ai de quem ousar contestar. Não soa bem, politicamente falando.

  7. SÍNDICO disse:

    JOGADOR MAIS CHATO: 1º Felipe Melo, 26% — 2º Deyverson, 18% — 3º Dudu, 11% — 4º Maicon (Grêmio), 8% — 5º D’Alessandro, 6% — 6º Gabriel (Corinthians), Leandro Carvalho, Leandro Donizete, 3% — 7º Reinaldo, Neves, 2% — 8º Ángel Romero, Cazares, Edilson, Fagner, Gabigol, Neymar, Otero, Ricardo Oliveira, Sornoza, Tchê Tchê, 1%.

  8. Bruno 7L RJ disse:

    CR7 é o melhor sem sombras de duvida.

  9. Bruno 7L RJ disse:

    Neymar Santana Penido Jr.

  10. Renato disse:

    Período sem atividades do Maior de MG gera esses posts caça-cliques mesmo.

  11. SÍNDICO disse:

    MARANHÕES tão que tão! Neymar virou anão. Bão é o Giroud.

  12. zuloobas disse:

    Isso foi encomendado pelo Palmeiras? O certo seria se apontar o melhor jogador em 2018, no Brasil (Rurais, Copa do Brasil, Brasileiro e L.A.), e o nome dele é Arrascaeta.

    • SÍNDICO disse:

      O que fica na memória são os últimos jogos. Bruno Henrique, o da sep, por exemplo, foi vem o ano todo, mas foi preterido pelo Dudu, que foi bem nas últimas cinco rodadas. Faz parte do show.

      • SÍNDICO disse:

        Fábio, Dedé, Leo, Arrascaeta, Cebolinha, Geromel, Paquetá, Cuesta, Bruno Henrique, Bigode, Cássio, Cuéllar foram bem em quase todos os jogos do Brasileiro. Mas Dudu foi o cara do time campeão, que se destacou mais na reta final.

      • Arrascaeta não jogou tantos jogos assim no Brasileiro. .. lesoes, convocações, poupacoes. ..

      • BrunoBarros disse:

        Fez 20 partidas no total. O bastante pra colocá-lo entre os 5 melhores jogadores do Brasileirão segundo a Bola de Prata.

    • zuloobas disse:

      Eu to falando uma coisa e vcs outra.

  13. SÍNDICO disse:

    BRASIL jogou mais bola que a Bélgica, atacou mais, criou mais oportunidades e perdeu. Acontece muito no futebol. Só não vê, quem precisa se respaldar no placar pra tirar conclusões universais sobre tudo e qq coisa. No fim do jogo, Neymar rolou uma bola que era 90% gol, mas o Renato Augusto não soube dar o acabamento. Fazer o quê? Detonar o “decadente” Neymar é o que os maranhões vão fazer. Seja por conta do miojo na cabeça, seja porque o cara C&A pra jornalista bocó.

  14. Luizito Soárez disse:

    O cavalo tá bebendo água ainda????

  15. Tolentino disse:

    Acho cômico como o síndico descarta e recicla argumentos quando lhe convém. Quando o Brasil cria bem mais que a Bélgica e é eliminado nos pequenos detalhes que fazem do futebol este esporte imprevisível – Reultado foi mero acaso futebolístico, não deve suscitar explicações universais que o justifiquem. Quando o Cruzeiro do Mano não é eliminado por dois anos na Copa do Brasil em muitos jogos que o adversário criou mais por estes mesmos detalhes – Isso é fruto de um grande trabalho do treinador e bora levar em conta toda a série de clichês para elogiar o “entendimento tático” do nosso treinador.

  16. Celeste disse:

    Neymar é o jogador mais habilidoso do futebol brasileiro desde 2010. Mas, para chegar a melhor do mundo precisa evoluir em outros quesitos como trabalho em equipe e liderança. Talvez precis de gente mais experiente do lado. Eu, se presidente do PSG, mandaria o estagiar no Cruzeiro por seis meses. Fábio, Dedé, Léo e Henrique iriam ensiná-lo a ser gente grande.

  17. Celeste disse:

    O balanço de final de temporada precisa considerar também os títulos conquistadas. Esses são a certificação de um bom trabalho. Os melhores sob meu ponto de vista: Palmeiras, Cruzeiro, CAP, Grêmio e Fla.

  18. SÍNDICO disse:

    NEYMAR em todas as seleções brasileiras: 117 jogos, 78 gols, média de 0,7. Contar as dezenas de assistências ele assa de 1 gol por jogo. Pesquisem.

  19. SÍNDICO disse:

    NEYMAR fez 34 gols em 2018, mesmo tendo passado bom tempo sem jogar, por conta da fratura no pé. Antes que comecem com aquele besteirol de sempre, aviso que nenhum gol foi no Campeonato Mineiro.

  20. SÍNDICO disse:

    NEYMAR vale R$797 milhões e Mbappé, R$886 milhões, segundo o Transfermarkt. São os futebolistas mais caros do mundo.