Matheus Chaves: “meia hora razoável”

Por SÍNDICO | Em 13 de julho de 2018

PITACOS acerca do CORINTHIANS 2-2 CRUZEIRO, neste 11jul18qua20h, Itaquera, São Paulo, pela Taça Palhinha.

MANO MENEZES: Não sou de reclamar. A vida de técnico é resolver problemas, não criá-los. Sou pago pra isso, estou aqui pra resolver. Acho que o ataque funcionou bem hoje, criamos muitas oportunidades, fizemos dois gols, poderíamos ter feito mais com David de cabeça e Cabral na última bola. O mais importante, porém, é o comprometimento de todos pra resolver os problemas que temos.

LEO: Amistoso bom, bem jogado, a equipe foi bem. Em termos de preparação, a equipe vem evoluindo, crescendo e colocando em prática o que treina. Foi importante essa intensidade que a gente imprimiu no 1º tempo. A gente está num processo de crescimento, de evolução.  Mas temos coisas a progredir e aprimorar.

EDÍLSON: Enfrentei o Corinthians algumas vezes quando estava no Grêmio. Tem sempre tem um sabor especial, porque a torcida do Corinthians é embaçada. Em amistoso, colocaram 36 mil pessoas aqui. É uma torcida diferente e a gente tem que respeitar. Todo jogador gosta de jogar com casa cheia e aqui em Itaquera o estádio nunca está vazio. Quando a gente está jogando, o nível de concentração é tanto que a gente pouco percebe se é grito de mulher ou de homem. Mas eu o Corinthians está de parabéns pela iniciativa de chamar a mulher e as crianças pro estádio. A gente vê muita torcida organizada no futebol, muito homem e a mulher tem que ter seu espaço também.

ROSAN AMARAL: Cruzeiro jogou com 10 (Tiago “Valderama” Neves só trotou, sem sequer fazer sombra na saída de bola do adversário, enquanto os gambás jogaram com 12 (sim, o juiz era mais do que caseiro, era elemento atuante como agente e como torcedor).

CELESTE CAMPOS: Jogo muito bom. Cruzeiro bem distribuído e com bom toque de bola. Enquanto esteve o time titular, o placar foi favorável. Bruno é muito ruim na marcação, masfez um cruzamento que quase resultou em gol do David. Não pode ser titular.

MATHEUS CHAVES: O time se mostrou um pouco mais concentrado e afim de competir do que quarta passada. Fez meia hora razoável, mas no balanço total não gostei. Impressiona o quanto o Dedé está mal. Contando os 3 amistosos, já são 7 ou 8 jogos sem saber o gosto da vitória. Que essa má fase se encerre segunda-feira.

50 comentários para “Matheus Chaves: “meia hora razoável””

  1. jrgalvao disse:

    O Evandro fez um questionamento sobre sobre o futuro dos jogadores do Sub15, que foram vice na taça 02Jul, na Bahia. Gostaria que alguem pudesse escalar os sub 15/17, treinado pelo Edu Lima, que tinha o Dudu, como craque. Aquele time ganhava tudo na base.

    • BrunoBarros disse:

      Gostei da primeira meia hora também. O time se movimentou, trocou bons passes, foi perigoso e fez 2 gols. Depois parou. No segundo tempo, após o empate, com a entrada de Hermes, Cabral, Romero e Brey o time voltou a jogar, não no mesmo nível da primeira meia hora de jogo, mas conseguiu criar oportunidades pra virar. No geral gostei. Foi uma atuação melhor do que não só dos dois primeiros amistosos mas também dos jogos anteriores à parada pra Copa.

      • BrunoBarros disse:

        Agora o Mr. Menezes poderia parar com essa mania de “render” jogador na entrevista, quando lhe convém. Citar David e Cabral como caras que perderam a chance da vitória é crocodilagem no meio do futebol. E não é a primeira vez que faz isso. Pode dar problema.

      • SÍNDICO disse:

        Vez ou outra, jogadores tb criticam tática e estratégia, ainda que veladamente.

      • BrunoBarros disse:

        O que é diferente de citar nominalmente o “culpado”.

      • JOAOCOSTA disse:

        Concordo com o Bruno. É no mínimo deselegante. Ele poderia dizer genericamente que perdemos gols fáceis. Ficaria mais adequado e todos entenderiam.

      • Miguel Tolentino disse:

        Mano Menezes é expert em transferir responsabilidade para jogadores, só não o faz quando ganha aí ele repete o chavão “My name is Mano!”. O que ele fez com Mayke no fatídico jogo que nos tirou da primeira fase da Sul-americana foi uma crocodilagem tremenda. Fritou um dos nossos mais promissores jovens ou melhor o embalou para a turma do churrasco.

  2. Romarol disse:

    Imprensa galinácea apresentou a notícia da punição da Fifa a seu clube no perímetro da Serra do Curral?

    • ROMAROL disse:

      O COMITÊ DE STATUS de jogadores da Fifa determinou que o AtléticoMG estará proibido de contratar jogadores na próxima janela de transferências se o clube não quitar uma dívida de R$ 2,7 milhões com o chileno Huachipato pelo jogador Otero. O time mineiro tem até 30 dias para pagar o débito e evitar a sanção. A diretoria atleticana ainda vai analisar e informou que pode recorrer. Otero foi comprado em Abr17 com a promessa de pagar 800 mil euros. Desse total, apenas 200 mil euros forma quitados de fato, tendo o time mineiro atrasado as outras parcelas no total de 600 mil euros (R$2,7 milhões) que venceram em Ago17, e em Jan18. (Thiago Fernandes, UOL)

    • Miguel Tolentino disse:

      Superesportes foi um dos primeiros a noticiar isto, sucederam outros veículos. Esta história de complô rural pra beneficiar as frangas não cola mais. E mesmo com tal notícia o fato é que hoje elas são administradas com muito mais profissionalismo e transparência que o Cruzeiro. Inclusive já colhem frutos financeiros de um time rejuvenescido o que em breve servirá pra quitar este débito. O próprio Perrella disse há um tempo atrás que o Atlético passou a ser administrado como o seu Cruzeiro era e o Cruzeiro desde a administração Gilvan como eram os galináceos no passado.

    • matheus t penido disse:

      Saiu no Superesportes ontem. Ao falastrão desonesto: complô é conversa fiada, o que existe é uma boa vontade maior da imprensa local com o rival. Até o chefão da Itatiaia (atleticano) já reconheceu. Daí muito torcedor toma antipatia e começa a exagerar.

  3. zuloobas disse:

    Bom é técnico Argentino, como os sábios sistematicamente indicam para o Cruzeiro. Eles é que fazem o time jogar por música um futebol arte. Garrca mostrou sua genialidade tirando Guerreiro contra o Dinamarca. E estamos bastante satisfeitos com o cracaço genial, Mancuello, até o momento, tal qual foi descrito, um gênio do futebol intergalático.

    • jrgalvao disse:

      Agora meia hora de briga para mais de metro, voce mexeu com mancuelo e com tecnico argentino, o mudador de nome, vai vir firme e forte rrssssss

      • SÍNDICO disse:

        vagueia pelo deserto chamado mano. vai de um lado pra outro, sem chegar a lugar nenhum. rodopia falando do técnico, dia e noite. não consegue pensar, nem falar de outros assuntos,

    • Miguel Tolentino disse:

      Lembrando apenas que apesar da minha admiração pelo futebol do argentino vir desde os tempos de Independiente o responsável pela indicação do reforço foi o Mr. Mano que em entrevista confessou ver o gringo como suplente ideal para a vaga do Cabral (então visto como indispensável para o sistema de jogo do treinador). Rsrsrsrss

  4. SÍNDICO disse:

    TALENTIM é errático.

    • zuloobas disse:

      E nunca erra: Nem do Mancuello ele é pai, invencível. A única vez qie se equivou foi quando achou que estava errado.

      • Miguel Tolentino disse:

        Mancuello pedido pelo MM, aquele mesmo do qual tu és fã. Rsrsrsrs

      • Miguel Tolentino disse:

        P.S: Ainda acredito no sucesso do gringo, talvez com um treinador mais criativo, inteligente e competente. Enquanto MM for o comandante qualquer análise sobre atletas de característica mais ofensiva estará prejudicada.

      • zuloobas disse:

        Também. Enquanto ele for nosso, até pq foi eleito, por 2 vezes, o melhor jogador do futebol argentino.

  5. SÍNDICO disse:

    BREY emplaca?

    • Bruno 7L RJ disse:

      Só vi contra o CEC, ainda no TUPI. Na ocasião, falei bem dele e do Kayser, achando o 2º melhor.

    • BrunoBarros disse:

      Tem deixado boas perspectivas. Gostaria de vê-lo atuando na lateral-esquerda, onde mostrou qualidade no Mineiro.

      • zuloobas disse:

        Penso um pouco diferente de Mano, em relação a critérios para escalação. Ele tem sua equipe ideal, com seus jogadores de confiança e se eles estiverem mal, seja fisica ou tecnicamente, ele vai insistir com eles. Essa corrente é majoritária entre os técnicos brasileiros, acentuadamente entre os técnicos do sul do país. Já eu, gosto quando se escalam os que estão apresentando o melhor futebol (É o caso de Brey). E os caras que vinham jogando mal, nessas circunstâncias, costumam voltar à forma ideal mais rapidamente do que quando são intocáveis. Acredito sim, em um time base, entendo a forma de pensar do Mano bastante coerente. Penso que não se deve ser um Osório, que, a cada jogo, escala uma equipe diferente, mas creio que a equipe ideal deve passar pelos melhores, no momento.

  6. SÍNDICO disse:

    RANIEL ou Barcos?

    • Miguel Tolentino disse:

      Raniel é realidade, o vovô argentino ninguém sabe como chega (e a julgar pelos desempenhos recentes no Vélez e Sporting não é nada animador).

      • matheus t penido disse:

        Vem de uma fase goleadora na LDU. Mas como era campeonato equatoriano, é bom manter o pé atrás.

      • Miguel Tolentino disse:

        Infelizmente não dá pra levar o fraquíssimo futebol equatoriano a sério. Não que as ligas portuguesas e argentinas sejam muito competitivas mas a equatoriana não merece se quer consideração. Para ter uma ideia Ariel Nahuelpan é ídolo por lá.

      • BrunoBarros disse:

        Dois bons jogadores. Dá pra jogar até juntos. Pra mim ainda falta mais uma opção de velocidade pelos lados.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Não sei o motivo, mas estou colocando fé no Barcos!

    • Cruzeiro vai precisar dos 2. Tem muito jogo pela frente e Sassa e Fred nao sao pra 2018.

  7. PYXIS disse:

    TIME CELESTE melhorou muito em relação ao jogo da semana passada. E eram, quase, os mesmo times. Entretanto, recuar e ceder o empate estava no script? É isto que o Mano vai repetir nas competições do resto do ano? Embora a apresentação tenha sido boa, vi falhas e performances individuais que me preocuparam bastante.
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=51424#ixzz5LAJNkECY

    • Miguel Tolentino disse:

      Recuar e permitir (ou quase) o empate foi a marca do primeiro semestre. As enigmáticas partidas contra as frangas (segundo jogo da final) e contra o Racing (também segundo jogo) são emblemáticas para escancarar isto. Na primeira o Cruzeiro tinha um a mais poderia em circunstâncias normais aplicar uma goleada mas preferiu dar campo ao adversário emplumado e correr riscos desnecessários. Contra os argentinos um indício arrasador deu a falsa percepção que seria um vareio azul, depois novamente o time azul tenta administrar placar mínimo correndo sérios riscos de sair com 1 ponto. This is Mano!

      • Cruzeiro em 2018: 35 jogos, 22V, 7E, 6D, 53GP, 19GC, 34 gols de Saldo,69,5% de aproveitamento, 1 Titulo, 1 lugar em sua chave na libertadores, precisando de um empate em casa pra avancar as quartas da copa do Brasil, 18 pontos em 36 possiveis no Brasileirao, 9pontos do lider faltando 26 rodadas…. Estes numeros fazem torcedores mudarem de nome!

      • Miguel Tolentino disse:

        Usar o rural onde o nível dos adversários é semiamador pra inflar este percentual de aproveitamento é de uma desonestidade ímpar.

      • Miguel Tolentino disse:

        P.S: Todas as demais situações listadas são mera fotografia de momento e podem mudar muito rapidamente. Se os títulos não se concretizarem não serão nem lembradas.

      • estude mais, Tolentino…

  8. SÍNDICO disse:

    DAVID: “A escalação de David por dentro se deve à necessidade da equipe. Ele é um jogador de beirada, de drible, mas que pode fazer essa função. Claro que temos planos de utilizá-lo pelas beiradas. Porém, o jogador tem que ir evoluindo, e essa é uma boa oportunidade de, num treinamento, jogar centralizado”.

  9. zuloobas disse:

    Tendo Raniel, Barcos e Sóbis, para jogar centralizados, espero que David não seja mais utilizado nessa posição. Precisamos mais dele como jogador de lado de campo agora.

    • tem alguns equivocos aí. 1 “Deivid não ser MAIS usado”, como assim? ele NUNCA foi usado centralizado….ele tem sido testado e jogou por 45″ do segundo tempo contra o s Gambas, 2- E por que não jogar? Se der certo, qual problema?

  10. zuloobas disse:

    Se precisar ok e é válido treinar isso. O jogador tem potencial de criação de jogada, passe e arrancada. Como finalizador não tem grande destaque.