Internacional 3×1 Cruzeiro: elenco de mentirinha

Por SÍNDICO | Em 12 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Internacional, neste 12mai19dom16h, no Beira Rio  (50 mil),Porto Alegre, pela 4ª rodada do Brasileiro 2109.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 7º, com 6 pontos; Internacional, o 15º, com 3.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos, Internacional, o 9º, com 10.902.

TRANSMISSÃO: RBS pro Rio Grande do Sul, Globo pra Minas Gerais, Premiere pra todo o Brasil, com Luiz Carlos Jr, Aba Thais Matos, Júlio César Santos, Vinícius Eulálio.

TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 8 Km/h, umidade 78%.

ARBITRAGEM: Raphael Claus, Marcelo Carvalho Van Gassie, Danilo Ricardo Simon Manis. (SP). VAR: Thiago Duarte Peixoto, Edina Alves Batista, Herman Brumel Vani (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Dodô — Romero, Lucas — Jadson, Neves, Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Edílson, Fabruno, Murilo, Rafinha, Robinho, , Cabral, Rodriguinho, David, Sassá.

AUSENTES: M Gabriel, (lesionado), Raniel (transição).

PENDURADO: Romero.

INTERNACIONAL: Lomba — Zeca, Moledo, Cuesta, Iago — Lindoso, Edenilson, Nonato – D’Alessandro — Nico López, Guerrero. T: Odair Hellmann.

BANCO: Danilo Fernandes G, Bruno L, Dudu L, Klaus B, Roberto B, Uendel L, Rithely V, Sarrafiore M, M, Neilton M, Pottker A Sobis A, Guilherme Parede A.

AUSENTES: Patrick (lesão muscular), Emerson Santos (entorse no tornozelo), Matheus Galdezani (cirurgia no joelho) PENDURADOS: ninguém.

INTERNACIONAL 3×1 CRUZEIRO, 12mai19dom16h,. TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 8 Km/h, umidade 78%. LOCAL: BeiraRio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 4ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Rbs, Globo e Premiere. PÚBLICO: 23.416 presentes, 20.673 pagantes, R$948.310, média R$46. ARBITRAGEM: Raphael Claus, Marcelo Van Gassie, Danilo Manis. (SP). VAR: Thiago Peixoto, Edina Batista, Herman Vani (SP). AMARELOS: nenhum, VERMELHO: Edílson, 92. GOLS: Nonato, 31, Dedé, 35, Guerrero, 55, Moledo, 82. INTER: Lomba; Zeca, Moledo, Cuesta, e Iago; Lindoso, Nonato (Parede, 69), Edenílson, D’Alessandro (Sobis, 74), Nico López; Guerrero (Sarrafiore, 63).​ T: Odair Hellmann. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Dodô; Lucas, Romero, jadson (David, 66), Rocha (Rodriguinho, 66), Neves; Fred (Sassá, 78).T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 82 jogos, com 29 vitórias do Cruzeiro, 30 do Inter e 23 empates. O Cruzeiro marcou 105 gols e sofreu 105. Pelo Brasileiro, desde 1962, foram 71 partidas. O Cruzeiro venceu 25, empatou 20, perdeu 25, marcou 88 gols e sofreu 86. Os dois clubes decidiram o Brasileiro de 1975, com vitória do Inter na final por 1×0, no BeiraRio.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.447 jogos, 631 vitórias, 388 empates, 428 derrotas, 2.109 gols marcados, 1.639 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 632 jogos, 288 vitórias, 136 empates, 208 derrotas, 956 gols marcados, 779 gols sofridos, aproveitamento de 53%.

157 comentários para “Internacional 3×1 Cruzeiro: elenco de mentirinha”

  1. SÍNDICO disse:

    Cruzeiro 1×1 Internacional 10/10/62 Independ BH TaçaBrasil 1962
    Internacional 2×1 Cruzeiro 17/10/62 Olímpico PoA TaçaBrasil 1962
    Internacional 3×1 Cruzeiro 12/10/66 Eucaliptos PoA Amistoso
    Internacional 2×1 Cruzeiro 09/04/67 Olímpico PoA Robertão 1967
    Internacional 2×1 Cruzeiro 30/11/68 Olímpico PoA Robertão 1968
    Cruzeiro 1×0 Internacional 05/11/69 Mineirão BH Robertão 1969
    Cruzeiro 1×2 Internacional 04/11/70 Mineirão BH Robertão 1970
    Cruzeiro 2×0 Internacional 15/08/71 Mineirão BH Brasileiro 1971
    Cruzeiro 1×1 Internacional 22/10/72 Mineirão BH Brasileiro 1972
    Internacional 3×2 Cruzeiro 10/12/72 BeiraRio PoA Brasileiro 1972
    Internacional 0x1 Cruzeiro 02/09/73 BeiraRio PoA Brasileiro 1973
    Internacional 1×0 Cruzeiro 20/02/74 BeiraRio PoA Brasileiro 1973
    Internacional 1×1 Cruzeiro 21/07/74 BeiraRio PoA Brasileiro 1974
    Internacional 1×1 Cruzeiro 19/10/75 BeiraRio PoA Brasileiro 1975
    Internacional 1×0 Cruzeiro 14/12/75 BeiraRio PoA Brasileiro 1975
    Cruzeiro 5×4 Internacional 07/03/76 Mineirão BH Libertadores 1976
    Internacional 0x2 Cruzeiro 28/03/76 BeiraRio PoA Libertadores 1976
    Internacional 0x1 Cruzeiro 03/07/77 BeiraRio PoA Libertadores 1977
    Cruzeiro 0x0 Internacional 24/07/77 Mineirão BH Libertadores 1977
    Cruzeiro 1×1 Internacional 28/05/78 Mineirão BH Brasileiro 1978
    Cruzeiro 2×3 Internacional 05/12/79 Mineirão BH Brasileiro 1979
    Internacional 1×0 Cruzeiro 18/05/80 BeiraRio PoA Taça de Ouro 1980
    Internacional 1×0 Cruzeiro 28/04/84 BeiraRio PoA Torneio Heleno Nunes
    Cruzeiro 3×0 Internacional 24/10/87 Mineirão BH Copa União 1987
    Internacional 0x0 Cruzeiro 29/11/87 BeiraRio PoA Copa União 1987
    Cruzeiro 0x1 Internacional 03/12/87 Mineirão BH Copa União 1987
    Internacional 2×2 Cruzeiro 18/09/88 BeiraRio PoA Copa União 1988
    Cruzeiro 0x0 Internacional 29/01/89 Mineirão BH Copa União 1988
    Internacional 2×0 Cruzeiro 01/02/89 BeiraRio PoA Copa União 1988
    Cruzeiro 4×2 Internacional 12/11/89 Mineirão BH Brasileiro 1989
    Cruzeiro 2×0 Internacional 16/09/90 Mineirão BH Brasileiro 1990
    Cruzeiro 0x0 Internacional 03/02/91 Mineirão BH Brasileiro 1991
    Internacional 2×0 Cruzeiro 16/03/92 BeiraRio PoA Brasileiro 1992
    Internacional 3×0 Cruzeiro 03/10/93 BeiraRio PoA Brasileiro 1993
    Cruzeiro 4×1 Internacional 14/11/93 Mineirão BH Brasileiro 1993
    Internacional 2×0 Cruzeiro 29/11/95 Condá Chapecó Brasileiro 1995
    Internacional 0x0 Cruzeiro 18/08/96 BeiraRio PoA Brasileiro 1996
    Cruzeiro 0x0 Internacional 13/07/97 Mineirão BH Brasileiro 1997
    Internacional 3×1 Cruzeiro 07/10/98 BeiraRio PoA Brasileiro 1998
    Cruzeiro 0x2 Internacional 17/07/99 Ipatingão Ipatinga Amistoso
    Cruzeiro 3×1 Internacional 08/08/99 Mineirão BH Brasileiro 1999
    Cruzeiro 1×1 Internacional 05/09/00 Mineirão BH João Havelange 2000
    Internacional 1×1 Cruzeiro 29/11/00 BeiraRio PoA João Havelange 2000
    Cruzeiro 3×2 Internacional 02/12/00 Mineirão BH João Havelange 2000
    Internacional 0x2 Cruzeiro 17/01/01 BeiraRio PoA SulMinas 2001
    Cruzeiro 2×2 Internacional 21/02/01 Independência BH SulMinas 01
    Cruzeiro 4×2 Internacional 02/12/01 Mineirão BH Brasileiro 2001
    Internacional 3×3 Cruzeiro 09/02/02 BeiraRio PoA SulMinas 2002
    Internacional 0x1 Cruzeiro 13/11/02 BeiraRio PoA Brasileiro 2002
    Cruzeiro 3×2 Internacional 29/06/03 Mineirão BH Brasileiro 2003
    Internacional 1×0 Cruzeiro 22/10/03 BeiraRio PoA Brasileiro 2003
    Cruzeiro 2×0 Internacional 05/08/04 Mineirão BH Brasileiro 2004
    Internacional 3×1 Cruzeiro 10/10/04 BeiraRio PoA Sulamericana 04
    Cruzeiro 0x1 Internacional 20/10/04 Mineirão BH Sulamericana 2004
    Internacional 2×0 Cruzeiro 05/12/04 BeiraRio PoA Brasileiro 2004
    Cruzeiro 3×2 Internacional 01/05/05 Mineirão BH Brasileiro 2005
    Internacional 4×1 Cruzeiro 28/08/05 BeiraRio PoA Brasileiro 2005
    Internacional 1×1 Cruzeiro 28/05/06 BeiraRio PoA Brasileiro 2006
    Cruzeiro 2×1 Internacional 05/10/06 Mineirão BH Brasileiro 2006
    Cruzeiro 3×2 Internacional 05/08/07 Mineirão BH Brasileiro 2007
    Internacional 1×0 Cruzeiro 10/11/07 BeiraRio PoA Brasileiro 2007
    Cruzeiro 2×0 Internacional 07/08/08 Mineirão BH Brasileiro 2008
    Internacional 1×0 Cruzeiro 30/11/08 BeiraRio PoA Brasileiro 2008
    Cruzeiro 1×1 Internacional 07/06/09 Mineirão BH Brasileiro 2009
    Internacional 2×3 Cruzeiro 13/09/09 BeiraRio PoA Brasileiro 2009
    Internacional 1×2 Cruzeiro 09/05/10 BeiraRio PoA Brasileiro 2010
    Cruzeiro 1×0 Internacional 08/09/10 Sabiá Uberlândia Brasileiro 10
    Internacional 3×2 Cruzeiro 07/08/11 BeiraRio PoA Brasileiro 2011
    Cruzeiro 1×0 Internacional 13/11/11 Jacaré SeteLagoas Brasileiro 11
    Internacional 2×1 Cruzeiro 07/07/12 BeiraRio PoA Brasileiro 2012
    Cruzeiro 0x0 Internacional 29/09/12 Melão Varginha Brasileiro 12
    Cruzeiro 2×2 Internacional 08/06/13 Arena Jacaré SeteLagoas Brasileiro 13
    Internacional 1×2 Cruzeiro 29/09/13 Vale NovoHamburgo Brasileiro 13
    Internacional 1×3 Cruzeiro 25/05/14 Centenário CaxiasSul Brasileiro 14
    Cruzeiro 2×1 Internacional 04/10/14 Mineirão BeH Brasileiro 2014
    Cruzeiro 0x0 Internacional 16/08/15 Mineirão BH Brasileiro 2015
    Internacional 2×0 Cruzeiro 06/12/15 BeiraRio PoA 2015
    Cruzeiro 4×2 Internacional 04/08/16 Independência BH Brasileiro 16
    Internacional 1×0 Cruzeiro 27/11/16 BeiraRio PoA Brasileiro 2016
    Internacional 0x0 Cruzeiro 29/04/18 BeiraRio PoA Brasileiro 2018
    Cruzeiro 0x0 Internacional 02/09/18 Mineirão BH Brasileiro 2018
    Internacional 3×1 Cruzeiro 12/05.19 BeiraRio PoA Brasileiro 2019

    • SÍNDICO disse:

      HISTÓRICO: 82 jogos, com 29 vitórias do Cruzeiro, 30 d o Inter e cada time e 23 empates. O Cruzeiro marcou 105 gols e sofreu 105.

  2. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO 0x0 INTERNACIONAL, 02set18dom19h. TEMPO limpo, temperatura 23º, vento 12 Km/h, umidade 50%. LOCAL; Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 22ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere. PÚBLICO: 12.331 pagantes, 16.247 presentes, R$217.050, média R$18. ARBITRAGEM: Wilton Sampaio, Fabricio Vilarinho, Bruno Pires (GO). AMARELOS: Alvez, Patrick, Neves, Leo, Lucas. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Leo, Egidio; Lucas, Cabral (Mancuello, 82), Bruno (Rafinha, 67), Neves, Arrascaeta; Raniel (Barcos, 72). T: Mano Menezes. INTERNACIONAL: Lomba, Zeca (Fabiano, 78), Emerson Santos, Cuesta, Iago. Dourado; Edenílson, Patrick, Nico López (D’Alessandro, 61). Pottker, Jonatan Alvez (Damião, 67). T: Odair Hellmann.

    INTERNACIONAL 0x0 CRUZEIRO, 29abr18dom19h. TEMPO nublado, temperatura 27º, vento 3 Km/h, umidade 80%. LOCAL: BeiraRio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 3ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere. PÚBLICO: 18.588 pagantes, 24.161 presentes, R$816.055, média R$44. ARBITRAGEM: Wagner Magalhães, Rodrigo Corrêa, Thiago Farinha (RJ). AMARELOS: Damião, Lucca, Iago, Hermes. INTER: Danilo Fernandes; Fabiano, Moledo, Cuesta, Iago; Dourado (Wellington Silva, 89), Edenílson (Nico López, 70), Patrick, D’Alessandro; Potker, Damião (Lucca, 64). T: Odair Hellmann. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Murilo, Hermes; Bruno, Romero; Robinho, Mancuello (Cabral, 76), David (Raniel, 46); Sobis (Marques, 81). T: Mano Menezes.

  3. SÍNDICO disse:

    INTERNACIONAL 1×0 CRUZEIRO, 27nov16dom17h. TEMPO chuvoso, temperatura 25º, vento 16 Km/h, umidade 92%. LOCAL: Beira Rio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 37ª rodada do Brasileiro 2016. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 25.352 pagantes, 28.064 presentes, R$384.800, média R$15. ARBITRAGEM: Marcelo Aparecido Souza, Marcelo Carvalho Van Gasse, Alex Ang Ribeiro (SP). AMARELOS: Bryan, Manoel, Ábila, Rafael, Seijas, Danilo. GOL: Valdivia, 75. INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ernando, Geferson (Vitinho), Anselmo, Dourado (Valdívia), Anderson, Alex, Nico Lopéz, Seijas (Ariel). T: Lisca. CRUZEIRO: Rafael, Ezequiel, Leo, Manoel, Bryan (Edimar); Cabral (Ábila), Romero; Robinho, Sobis, Alisson; Willian (Marcos Vinícius). T: Mano Menezes.

    CRUZEIRO 4×2 INTERNACIONAL, 04ago16qui21h. TEMPO parcialmente nublado, temperatura 19º, vento 23 Km/h, umidade 56%. LOCAL: Independência (23 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 18ª rodada do Brasileiro 2016. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 12.454 pagantes, R$232.914, média R$19. ARBITRAGEM: Raphael Claus, Danilo Ricardo Simon Manis, Rogerio Pablos Zanardo (SP). AMARELOS: Fábio, Alex. GOLS: Seijas, 2, Sobis, 13, Ábila, 17, Sóbis 40 e 51, Alex, 72 ℗. CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo, Edimar; Cabral, Bruno Ramires; Robinho (Rafinha), Arrascaeta; Sobis (Douglas Coutinho), Ábila (Marcos Vinícius). T: Mano Menezes. INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Paulo Cezar, Alan Costa, Ernando, Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anderson (Marquinhos); Seijas (Ariel), Valdivia (Alex), Nico López. T: Paulo Roberto Falcão.

  4. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO 0x0 INTERNACIONAL, 16ago15dom16h. TEMPO: céu limpo, temperatura 22º, vento 5 Km/h, umidade 63%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 19ª rodada, Brasileiro 2015. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 14.166 pres, R$449.105, média R$37. ARBITRAGEM: Luiz Flavio Oliveira (SP/Fifa), Kleber Gil (SC/Fifa), Daniel Ziolli (SP/AspFifa). AMARELOS: Geferson, William, Paulandré, Mayke. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Manoel, Paulo André, Mena; Henrique, Willians, Charles (Cabral); Marquinhos (Marinho), Vinícius Araújo (Damião), Alisson. T: Vanderlei Luxemburgo. INTER: Alisson; William, Ernando, Paulão, Geferson; Freitas (Zé Mário), Dourado, Nilton, Valdívia (Rafael Moura); Vitinho (Taiberson), Sasha. T: Argel Fucks.

    INTERNACIONAL 2×0 CRUZEIRO, 06dez15dom17h. TEMPO bom, temperatura 25º, vento 8 Km/h, umidade 70%. LOCAL: BeiraRio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 38ª rodada do Brasileiro 2015. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 29.836 pagantes, 34.815 presentes, R$715.730, media R$24. ARBITRAGEM: André Luiz Castro (GO), Kleber Lucio Gil (SC), Carlos Berkenbrock (SC). AMARELOS: Grolli, Vitinho, Andrigo. GOLS: Vitinho, 25 e 61. INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Ernando, Artur; Nico Freitas (Silva), Rodrigo Dourado, Anderson (Bertotto), Alex (Andrigo); Vitinho, Lisandro López. T: Argel Fucks. CRUZEIRO: Rafael Monteiro; Mayke (Fabiano), Grolli, Manoel, Mena; Willians, Willian Farias (Allano), Cabral; Marcos Vinícius, Willian, Arrascaeta (Joel). T: Mano Menezes.

  5. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO 2×1 INTERNACIONAL, 04out14sab18h30. TEMPO bom, temperatura 17º, vento 6 Km/h, umidade 55%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, MOTIVO: 26ª rodada, Brasileiro 2014. TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere FC. PÚBLICO: 49.915 pag, 51.994 pres, R$2.948.985, média R$59. ARBITRAGEM: Marcelo Lima Henrique (RJ/Fifa), Emerson Carvalho (SP/Fifa), Marcelo Van Gasse (SP/Fifa). AMARELOS: Willians, Moura, Juan, D’Alessandro, Dedé, Henrique. GOLS: Moreno, 20, Marquinhos, 34, Alex, 55. INTER: Dida; Gilberto, Paulão, Juan, Fabrício; Wellington (Alex), Aránguiz, Willians (Alan Patrick), D’Alessandro, Valdívia (Leandro); Rafael Moura. T: Abel Braga. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Manoel, Egídio; Henrique, Lucas; Marquinhos, Everton Ribeiro (Nílton), Willian (Dagoberto); Moreno (Borges). T: Marcelo Oliveira.

    INTERNACIONAL 1×3 CRUZEIRO, 25mai14dom18h30. TEMPO: temperatura 9º, vento 0 Km/h, umidade 92%. LOCAL: Francisco Stedile (Centenário, 30 mil), Caxias do Sul. MOTIVO: 7ª rodada, Brasileiro 2014. TRANSMISSÃO; SporTV e Premiere. PÚBLICO: 11.603 pag, R$378.425, média R$33. ARBITRAGEM: Paulo Henrique Godoy Bezerra, Kleber Lúcio Gil (Fifa), Carlos Berkenbrock (SC). AMARELOS: Wellington, Dagoberto, Goulart. GOLS: Wellington, 38, Goulart, 42, Willian, 70, Moreno, 87. INTER: Dida; Diogo, Ernando, Juan, Fabrício; Willians, Wellington (Jorge Henrique), Otávio (Sasha), D’Alessandro, Valdívia (Aylon); Wellington Paulista. T: Abel Braga CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Leo, Brodrigo, Egídio; William Farias, Henrique; Everton Ribeiro (Tinga), Goulart, Dagoberto (Willian); Moreno (Borges). T: Marcelo Oliveira.

  6. HOJE EM DIA disse:

    RIVALIDADE. Quase 57 anos de um equilíbrio impressionante no histórico. São 23 empates e 29 vitórias pra cada time, com 104 gols celestes e 102 colorados. Alguns jogos foram históricos. Em 1976, se enfrentaram duas vezes pela 1ª fase da Libertadores, com vitória de 5×4 do Cruzeiro, no Mineirão. Joãozinho e Palhinha fizeram dois gols cada e Nelinho completou o placar. Na volta, o Cruzeiro venceu novamente, dessa vez por 2×0, no Beira Rio, classificando-se pra a fase seguinte. O triunfo na Libertadores foi uma espécie de vingança. Um ano antes, os clubes haviam decidido o Brasileiro, com o Inter vencendo a decisão por 1×0, no Beira Rio, após o primeiro jogo da final ter terminado empatado em 1×1 no Mineirão. No ano seguinte, os dois fizeram uma das semifinais do maior torneio do América do Sul. Com uma vitória por 1×0 em Porto Alegre, e um empate em 0x0 no Mineirão, o time celeste avançou à decisão. Em 1987, duelaram pela semifinal da Copa União. Com gol de Amarildo, o Inter venceu o Cruzeiro por 1×0, no Mineirão, e avançou pra decisão. O jogo de ida havia terminado em 0x0, em Porto Alegre. O troco do Cruzeiro aconteceu em 2000, pelas quartas de final da Copa João Havelange. Após 1×1, no Beira Rio, o time estrelado, então comandado por Scolari, venceu por 3×2, no Mineirão, e se classificou pras semifinais.

  7. mrr disse:

    Salve rapaziada! Não é para me gabar não, até pq eu sinto uma enorme saudade de BH, de assistir um jogo no Mineirão, mas hoje estarei acompanhando o jogo embaixo de um guarda sol, olhando para o mar, com a família toda reunida nesse dia simbólico que é o das mães. Parabéns a todas as mães! Go Wolf go!

  8. JOAOCOSTA disse:

    Síndico, o Robinho foi abduzido? Não consta da escalação e nem como ausente.

  9. SÍNDICO disse:

    16h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita, Inter dá saída.
    01 Iago chega à linha de fundo e cruza para a defesa de Fábio
    02 QUASE! Fred recebe na ponta-direita, fora da área, e toca para trás. Thiago Neves chega sozinho e toca torto. A bola trisca a trave de Lomba e sai com muito perigo
    03 Tabela de Zeca com D’Alessandro quase chega em Edenilson, mas o zagueiro do Cruzeiro salvou a tempo
    04 JOGO PARADO. Raphael Claus para o jogo para o atendimento de Edenilson. Volante colorado está com o nariz sangrando e deixa o campo temporariamente
    05 UNIFORMES. Cruzeiro, todo de azul Inter, tradicional.
    06 Nonato sai jogando mal, Pedro Rocha rouba a bola, mas Moledo aparece para tocar pela lateral
    07 Inter tenta sair do campo de defesa, abre bem os zagueiros, mas não consegue ingressar no campo adversário
    08 Inter sobe pela direita com D’Alessandro, que lança Nico. A defesa do Cruzeiro faz a cobertura e ganha tiro de meta
    09 POSSE DE BOLA: Inter, 74%
    10 Mais uma vez os extremas do Cruzeiro bloqueiam o avanço de D’Alessandro
    11 Nico chega pela esquerda, divide com Dedé e a bola sobe. A bola toca na mão do zagueiro e a torcida reclama. O árbitro dá pé alto de Nonato antes do toque
    12 Cruzamento rasteiro é afastado por Nico López
    12 Lucas Silva aciona Thiago Neves, Moledo afasta e o Cruzeiro ganha escanteio
    13 Edilson lança Fred, que recebe carrinho de Moledo. A bola sai pela linha de fundo e o árbitro dá só tiro de meta para o Colorado
    15 D’Alessandro tenta o ançamento para Nico López, Fábio sai e evita o domínio do uruguaio
    16 Nico tenta o drible sobre Romero na frente da área e é calçado. Raphael Claus marca falta na quina da grande área pelo lado direito
    17 D’Alessandro tenta colocar no ângulo com a perna esquerda, mas erra por muito
    18 Cruzeiro chega pela direita, Edilson tenta inverter, mas entrega a bola no pé de Edenilson
    19 Iago tabela com Nico, que entra na área pela esquerda. Dedé desarma o uruguaio, que reclama de pênalti. Na sequência, Guerrero faz o pivô para D’Alessandro que manda por cima do travessão, longe do gol de Fábio
    20 QUASE! Pedro Rocha conduz a bola sobre a linha lateral esquerda e cruz rasteiro. A bola chega em Jadson, que bate rasteiro, muito perto da trave de Lomba
    21 Nico cruza, Edilson desvia e o Inter tem escanteio
    23
    23 Fred toca para Thiago, que erra o passe para Romero
    24 Edilson cruza, a bola atravessa a área e Zeca corta no lado oposto
    26 Inter sobe as linhas, consegue roubar a bola com Lindoso, mas Nico erra o lançamento e cede tiro de meta à Raposa
    27 Edilson perde a bola para Nico, puxa o adversário, mas o árbitro dá vantagem para o Inter. Edenilson, porém, desperdiça a vantagem
    27 Escanteio do Cruzeiro. Moledo cabeceia no companheiro e cede novo corner
    28 Inter puxa o contra-ataque com Zeca, mas ele avança sozinho e precisa recomeçar o ataque no campo de defesa
    28 Pedro Rocha calça D’Alessandro por trás, que cai e ganha a falta na entrada da área. Boa chance para o Inter! Guerrero na bola
    30 D’Alessandro e Raphael Claus discutem sobre a distância da barreira
    31 GOL DO INTER. Guerrero chuta na barreira, a bola engana Fábio, toca na trave e, no rebote, Nonato manda de cabeça pro fundo do gol
    32 Romero tenta sair a dribles e é derrubado por Nonato. Raphael Claus marca falta, mas não dá cartão
    33
    34 Zeca derruba Pedro Rocha e Cruzeiro tem chance de botar a bola na área
    35 GOL DO CRUZEIRO. Thiago Neves cobra na área, a bola passa por Moledo e Dedé desvia com o pé direito para empatar a partida
    36
    37 Inter faz boa trama pelo meio, Nonato acha Lindoso, que manda na defesa. A bola freia e chega com tranquilidade para Fábio
    37 Inter faz boa trama pelo meio, Nonato acha Lindoso, que manda na defesa. A bola freia e chega com tranquilidade para Fábio
    38 Cruzeiro chega pela direita e Pedro Rocha acha Thiago Neves. Ele bate firme, mas no meio, e Lomba faz importante intervenção
    39 Iago chega na linha de fundo e cruza fechado. Fábio faz a defesa ao lado da trave
    40 D’Ale carrega da direita pra esquerda e procura Nico. Léo sai e corta. Na sequência, Edenilson cruza e Fábio sobe para recolher a bola
    41 Nico arranca pela esquerda, dá o drible da vaca em Dedé e consegue um escanteio para o Inter
    42 Fred afasta no primeiro tempo e Léo espana no segundo. Depois disso, Zeca manda para tiro de meta
    43 Cruzeiro ganha falta na direita e Thiago Neves está na bola para cruzar de novo
    44 Edilson se intromete, decide bater direto e manda… direto para a linha de fundo
    45 Iago encontra o uruguaio dentro da área e ele bate de canhota. O chute sai torto e bate na rede pelo lado de fora
    46 FIM do 1º tempo.

  10. SÍNDICO disse:

    DEDÉ: “As melhores chances quem criou fomos nós. É difícil jogar aqui. Fazer o gol logo depois de levar deu uma tranquilidade. Essa é a nossa preocupação, com o contra-ataque deles. Dedico o gol à minha esposa e à minha mãe!”

  11. SÍNDICO disse:

    NONATO: “Coletivamente, foi boa nossa atuação. O time deles é qualificado, mas foi disputado. Vamos voltar e buscar a vitória. Foi muita emoção, no gol. Nem comemorei, mas o gol é pra minha mãe!”

  12. Romarol disse:

    Pedro Rocha joga muito!

  13. mrr disse:

    Como TN e Jadson estão apanhando da bola!

  14. mrr disse:

    Q peru!!!!??

  15. Romarol disse:

    Torcida celeste dando show no Beira-rio

  16. mrr disse:

    Com 4g falhando e com esse joguinho, o negócio é continuar na cerva até amanhã!

  17. SÍNDICO disse:

    17h07 COMEÇA O 2º TEMPO. Bola com o Cruzeiro. Nenhuma substituição nas equipes
    46 O\Pedro Rocha dribla Zeca, entra na área e cruza. A defesa afasta e, em seguida, Nonato puca o contra-ataque. Na sequência, Nico cruza e Léo afasta o perigo
    47 D’Ale tenta o lançamento por cobertura para Nonato, Dedé aparece e corta
    48 DE PRIMA? Guerrero recebe o lançamento pelo alto, gira e, sem deixar a bola cair, manda direto pela linha de fundo
    49 Zeca chega na linha de fundo pela direita e cruza em cima de Dodô
    50 Fred recebe o tranco de Cuesta, cai, pede falta, mas o árbitro dá só lateral pro Inter
    51 Inter cobra lateral rapidamente, D’Ale cruza e Guerrero cabeceia pra baixo. Fábio pega sem dar rebote
    52
    53
    54 Jogo fica preso à disputa de bola no meio de campo,
    55 GOL DO INTER. Como explicar este gol? Edenilson rouba a bola, toca para D’Ale, que acha Nico. Ele finaliza e Fábio pega na primeira. Guerrero tenta no rebote e Dedé salva na segunda. D’Ale chuta e Dodô salva na terceira. Na quarta… Guerrero manda pro fundo da rede
    56
    57 Pedro Rocha tenta a inversão, não acha ninguém e manda pela linha lateral
    58
    59 Edilson faz a tabela curta e cruza. Cuesta afasta de cabeça
    60 Dodô chega à linha de fundo, cruza, Custa afasta de cabeça e a bola bate na mão de Thiago Neves. O árbitro assinala o toque e o Inter ganha a chance de respirar fundo
    61 Cuesta cobra rápido a falta e lança Nico. Ele aparece atrás da defesa e toca por cobertura. A bola trisca a trave e sai em tiro de meta.
    62 Nonato faz o 1-2 com Edenilson e aparece na área. A defesa corta e evita que Nico chegue para a conclusão
    63 Você está convocado para mitar! Seja Cartoleiro PRO agora e concorra a prêmios!
    64 Iago arrisca um chute que de tão fraco é cortado de cabeça por Dedé antes de chegar no gol
    65 PÊNALTI. Nonato recebeu o lançamento de Zeca e, antes de tocar na bola, recebe um carrinho de Dodô
    66 TEOCA. Pedro Rocha x Rodriguinho.
    66 TROCA. Jadson x David.
    67 PRA FORA! D’Alessandro bate rasteiro, de canhota, no lado esquerdo. Fábio cai pro direito, mas a bola vai pela linha de fundo
    68 Cruzeiro lança a bola na área e Lomba recolhe sem perigo
    69 David tenta a primeira investida, bate rasteiro e Lomba pega
    69. Nonato x Guilherme Parede.
    70 David tenta tabela com Fred, mas erra e entrega para o time do Inter
    71 Iago se atrapalha sozinho e cai no lado de fora do gramado
    72 Cruzeiro chega pela esquerda, Thiago Neves faz o corta-luz e Rodriguinho finaliza. Cuesta corta e Fred, livre, chuta fraco para a defesa de Lomba
    73 David toca para Thiago Neves, abre, mas o camisa 10 queima direto pela linha de fundo
    74 TROCA. D’Alessandro x Rafael Sobis.
    75 David carrega pela esquerda, Vê Dodô mas não toca, e é desarmado por Moledo
    76 Iago e Parede tentam a triangulação no ataque, mas a bola sobra para Fábio
    77 Fred recebe de costas para fazer o pivô, mas Moledo corta por baixo no momento exato
    78 Jogadores do Inter pedem outro pênalti por puxão do capitão no uruguaio
    78 TROCA. Fred x Sassá.
    79 FUROU. Léo fura no corte e a bola sobre pra Nico. Ele carrega a bola e é desarmado por baixo por Fábio.
    80 Jogo interrompido por pedido de VAR. Raphael Claus, por enquanto, dá apenas falta para o Inter fora da área
    81 Cruzamento na área é cortado por Dedé
    82 GOL DO INTER. Falta cobrada por Sobis explode no travessão, Fábio espalma para cima, a bola toca na trave, no chão e sobra para Rodrigo Moledo ampliar
    83 Guerrero sai de maca e deve ser substituído
    84 TROCA. Guerrero x Sarrafiore.
    85 Lucas Silva arremata de longe e Lomba defende em dois tempos
    86 Sassá faz falta em Sobis, que cai e pede cartão. Raphael Claus dá apenas a falta
    87 Moledo dá carrinho, tira a bola de Sassá e vibra com a torcida
    88 Cuesta dá carrinho imprudente na frente da área e Cruzeiro tem falta a favor
    89 Neves cruza, a bola passa por todo mundo e Lomba defende com todo o cuidado
    90 MAIS 4. Vamos ao 49.
    90 Parede faz jogada pela esquerda, evita o lateral, toca para Nico, mas erra o passe
    91 DEFESA EM DOIS TEMPOS. Sassá pega um rebote dentro da área, chuta, mas Zeca e Lomba, ao mesmo tempo, aparecem para evitar o gol do Zeiro
    92 VERMELHO. Edílson, por acertar Nico López por baixo, com a sola, e por cima, com o cotovelo
    93 Odair Hellmann e outros jogadores tentam segurar Nico, que está inconformado com o lance. Edilson ainda não deixou o gramado
    94 Arbitragem mostra um copo jogado no campo em direção a Edilson
    95 FIM DE JOGO!

  18. SÍNDICO disse:

    NEVES: “Tivemos novamente uma atuação fraca, recuamos muito. Com um pouco mais de agressividade, teríamos mais chance”.

  19. SÍNDICO disse:

    ROMERO e ROCHA precisam ser informados de que os colorados sabem cobrar faltas.

    • mrr disse:

      Nenhuma menção a zaga, não deveriam eles também proteger o rebote????

    • mrr disse:

      Aliás nenhuma cobrança ao Lucas? Creio que o setor defensivo seja composto pelos zagueiros, laterais e volantes.

      • SÍNDICO disse:

        ROMERO foi uma piada. Devia estar chamando o Dale de V, Exa durante o jogo.

      • BrunoBarros disse:

        Lucas Silva é um jogador pesado. Não teria velocidade pra chegar nem se quisesse. Só é um craque na cabeça dos malucos. E o Cruzeiro não perdeu por causa dele. Gostaria de ver essa sanha em escolher culpados utilizada para questionar quem treina a equipe pra jogar (?) dá maneira que joga. Daqui a pouco chegaremos a conclusão que ninguém presta. Tá serto. A solução tá posta. Bota a meninada pra jogar. Ah, esqueci, o treinador também não trabalha com essa possibilidade. E não adianta nem arrebentar na base. Marcelo que o diga. Mas pra alguns o treinador é intocável. Ai de quem questioná-lo.

  20. SÍNDICO disse:

    MANO MENEZES: “O Cruzeiro ainda tem cometido muitos erros. Erros até em um setor em que nós não cometemos muito, que é na parte defensiva. Hoje sofremos três gols de rebote defensivo. E, certamente, você sofrer três gols de rebote defensivo aponta para uma falta de posicionamento melhor, não tenha dúvida nenhuma. A bola foi no poste na primeira falta, sobrou para o Internacional ,e entraram três jogadores deles no rebote. No segundo gol, tivemos três rebotes, e a bola sempre foi do Internacional, talvez quatro. E no último, novamente, o Sobis cobrou a falta, a bola foi no travessão, e entrou um jogador do Internacional livre. Isso se refere ao posicionamento, não se pode dar tantas vantagens ao atacante no rebote como nós demos hoje. Vamos retomar, trabalhar. O único caminho é esse. O nosso momento era extraordinariamente bom, em termos de resultados. Muitas vezes me perguntavam se o Cruzeiro estava encantando, chegavam a dizer que o Cruzeiro estava fazendo coisas fora do normal, e eu disse que não estava fazendo fora do normal. No futebol tem momentos que você passa, que a bola bate no poste e sobra para o adversário, gol dele. Sobra o rebote para você, como sobrou duas vezes, para o Fred e o Sassá, e o goleiro pega ou nós não conseguimos concluir. Quando isso acontece, tem alguma coisa que não está bem internamente, tem alguma coisa que temos que ajustar. No futebol não bate sempre no poste e vai para o adversário. Tem hora que vai para o adversário, tem hora que vai para você. O segredo está aí. Mas eu não tenho todas as respostas. Se tivesse, não estaria perdendo como perdemos hoje. Vamos trabalhar para encontrar. Mas vamos encontrar rapidamente, temos um grupo de qualidade. Nós nunca aprovamos agressividade fora das regras do futebol, ele como jogador sabe, que, quando você ultrapassa o limite, você está errado, e tem que tomar o cartão vermelho como ele tomou. Foi o que eu disse aos jogadores do Internacional, foi o que eu disse ao Odair: a confusão poderia ter sido evitada, porque o Edilson estava errado, foi expulso, e tem que sair, não tem discussão. Talvez o restante nós não precisássemos ter terminado o jogo assim, foi um jogo bonito, bem jogado, sem outras coisas no jogo para terminar numa confusão. Mas é lógico que essas questões não fazem parte daquilo que a gente gosta, não tem a minha aprovação, não tem aprovação de ninguém dentro do Cruzeiro. A questão técnica… A questão técnica o treinador está aí para resolver.

  21. SÍNDICO disse:

    INTERNACIONAL 0x0 CRUZEIRO, 12mai19dom16h,. TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 8 Km/h, umidade 78%. LOCAL: BeiraRio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 4ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Rbs, Globo e Premiere. PÚBLICO: 23.416 presentes, 20.673 pagantes, R$ 948.310, média R$46. ARBITRAGEM: Raphael Claus, Marcelo Van Gassie, Danilo Manis. (SP). VAR: Thiago Peixoto, Edina Batista, Herman Vani (SP). AMARELOS: nenhum, VERMELHO: Edílson, 92. GOLS: Nonato, 31, Dedé, 35, Guerrero, 55, Moledo, 82.INTERNACIONAL: Lomba; Zeca, Moledo, Cuesta, e Iago; Lindoso, Nonato (Parede, 69), Edenílson, D’Alessandro (Sobis, 74), Nico López; Guerrero (Sarrafiore, 63).​ T: Odair Hellmann. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Dodô; Lucas, Romero, jadson (David, 66), Rocha (Rodriguinho, 66), Neves; Fred (Sassá, 78).T: Mano Menezes.

  22. Romarol disse:

    Edilson afunda o Cruzeiro desde sempre. Se fosse o Mayke, já teria indo pro inferno.

  23. Romarol disse:

    Primeiro tempo o Cruzeiro jogou melhor que o Internacional. Mas no segundo tempo, até o momento, podia já ser 4×1 para o adversário.

  24. mrr disse:

    Sugiro o Fábio fazer um exame de miopia o quanto antes. No mais, essa zaga tá uma baba, não protege no rebote.

  25. Romarol disse:

    Queda sem pára-quedas!

  26. Velloso disse:

    Desligou, desconcentrou e a sorte não deu trégua

  27. Tato2019 disse:

    Saudades do Rural….

  28. mrr disse:

    Na boa? Rescindam o contrato com Edilson pelo amor de Deus! Descontrolado!!!!

  29. Romarol disse:

    Edilson precisa de um psiquiatra

  30. mrr disse:

    A pergunta que fica: Ainda dá para passar pano no time? Três derrotas foral do ruralito!!!

    • mrr disse:

      Time não conseguia encaixar três passes certos. Mas falarão que era o time reserva: Fabio, Edilson, Dede, Leo, Romero, Lucas, Fred, e no segundo tempo, o time ficou mais ainda com cara de titular.

    • mrr disse:

      O Mano precisa ensinar a zaga o B-A-BA para defesa após a cobrança de falta.

    • BrunoBarros disse:

      Resultado de um trabalho sofrível de um treinador que jamais conseguiu fazer o time jogar bola de verdade. Nem nas vitórias nos mata-mata. Sem a menor sombra de dúvida um dos piores que já passaram pelo comando do Cruzeiro. Um cara que saiu do Novo Hamburgo mas que jamais entendeu que em time grande não dá pra só atacar no contra ataque, como ideia de ofensividade, ainda se você tem bons jogadores em mãos, em praticamente todas as posições. Vale lembrar que no Estadual, quando muitos se empolgaram com esse futebolzinho mequetrefe, o Cruzeiro conseguiu ficar atrás de um time fraco na parte dos pontos corridos, a primeira fase. Time esse que poupou mais jogador que a gente, em vários jogos. Sobre a qualidade do rendimento da equipe, continua a mesma coisa de sempre sob a tutela do My Name. E jogando pouco assim se não for cirúrgico, dança. Pontos corridos? Esquece. Nos resta esperar atuações épicas, principalmente da turma da defesa, nos dois mata mata Em termos táticos é a mesma equipe de sempre, sem ideias, acovardada em sua metade defensiva, e jogando sempre muito menos do que poderia. Estamos pagando todos os pecados, jogo após jogo, esperando, em vão, algo melhor, de um time muito mal treinado.

      • BrunoBarros disse:

        Vamos agora acompanhar a coletiva desse engodo, que custa caro pra dedéu, e, parafraseando Racionais MCs, “escolher em qual mentira vou acreditar”. Quarta-feira se não for cirúrgico corremos um grande risco de levarmos balaiada no resultado, porque, em termos de jogo jogado, o adversário é muito mais bem preparado, mesmo sendo notadamente mais fraco em todas as posições. O que eu achava impossível aconteceu, o time tá jogando ainda menos. Segue o baile.

  31. SÍNDICO disse:

    Quando precisa do elenco, Mano se ferra. Jadson, Romero, Rocha e Dodô foram ridículos.

    • Matheus Penido disse:

      Pro Rocha eu ainda dou um um desconto por estar vindo de um período de ostracismo na Rússia. Os outros três são jogadores cujas limitações a gente já conhece.

    • BrunoBarros disse:

      Jadson foi um destaque no Fluminense ano passado, um dos melhores jogadores do Brasileirão jogando pelo corredor direito Dodô, um dos melhores laterais do Brasil, jogando pelo Santos. Cabe essa mesma avaliação pro Edilson, que vinha muito bem no Grêmio. O Romero é bom jogador. Enquanto vocês ficarem achando que o problema é de um elenco, sem a menor sombra de dúvida em termos de nomes, dos melhores do país, jamais entenderão qual é o real problema. O time tem um treinador fraco, e isso se reflete, jogo após jogo, no rendimento da equipe. Mesmo nas vitórias. É aquela história, sem elas, do trabalho do Mano, não sobra nada vezes nada. Foi sempre assim, e só surpreende quem não consegue enxergar isso, por mais evidente que seja.

      • Matheus Penido disse:

        Você tem razão: sem as vitórias não sobra nada do trabalho do Mano. Espero que o próximo treinador do Cruzeiro consiga deixar uma marca melhor, mesmo que perca todos os jogos. Já tenho até um bom candidato: Paulo Bento.

      • BrunoBarros disse:

        Paulo Bento ficou poucos meses no Cruzeiro. Foi mal. Mano está há 3 anos direto, e muito mal. Se você acha correto a comparação, ok, deixa quieto. O português pelo menos tentava fazer o time jogar bola. O gaúcho, nem isso. Na verdade quando a defesa do trabalho do atual treinador vai por esse viés fica muito claro que errado tá quem o defende a todo custo.

      • Matheus Penido disse:

        Normal vc me acusar de defender o Mano a todo custo. Quem está obcecado por uma causa sempre imagina que quem faz o contraponto seja um fanático com o sinal trocado.

      • BrunoBarros disse:

        Uai Penido, nesse anos todos não li você fazendo nenhuma ponderação ao trabalho do Mano. Nunca. Isso realmente me chama muito a atenção. Por isso, a todo custo cabe, e bem. Ou a culpa é de algum jogador, o de algum torcedor que o persegue. Mais obsessivo que isso, impossível. Estou falando das suas ideias a cerca disso, não de você. Não se sinta ofendido, apenas discordo dessa defesa, na minha opinião, cega. Pode ser!

      • Matheus Penido disse:

        Errado. Reclamei do Mano aqui centenas de vezes. Só nos temas Abila e uso da base, devo ter escito umas 3 dezenas de comentários. Meu problema é com o exagero, com a visão limitada e binária, com o comentário pronto e fácil. Não interessa o personagem

      • BrunoBarros disse:

        Em relação ao rendimento da equipe jamais li alguma linha que triscasse numa eventual participação do treinador. Quando perdemos. Ou muito me engano? Porque quando o time vence há quase sempre uma cutucada nos que você chama de analistas binários. Isso, de fato, me chama muito a atenção. É quase como se o jogo em si, o que a equipe apresenta em campo, ficasse em segundo plano. Mas tudo bem. É a sua opinião, e eu respeito. Só discordo, de cabo a rabo.

      • Matheus Penido disse:

        Nunca exaltei o Mano. Repito: nunca. Nem em vitória, nem em título, nem em momento algum. Também não o ataquei. Nem a ele nem a qualquer outro técnico.

      • BrunoBarros disse:

        Tudo bem, apenas discordamos, não adianta nenhum dos dois insistirem se isso tá muito claro. Segue o baile.

  32. rosan amaral disse:

    Mas vejamos as melhores chances da partida (perdidas pelo Cruzeiro): TN10 no início da partida, gol estava aberto e sem marcação; Fred que tropeçou e a bola ficou no meio das pernas, no início do 2’ tempo; Sassa cara a cara e por 2 vezes, quem é matador não pode passar em branco assim.

    • Matheus Penido disse:

      A zaga do Inter defendeu seu arco de forma feroz. Em jogos duros, não dá tempo de dominar e ficar ajeitando o corpo como gostam de fazer nossos avantes. A mesma coisa ocorreu contra o Flamengo.

  33. rosan amaral disse:

    Portanto, com tantas chances para matar o jogo, o Cruzeiro se armou bem (mesmo sem Henrique) e teve o resultado nas mãos. Mas desperdiçou.

  34. Matheus Penido disse:

    Atuação que os times de 2011 e 2012 assinariam embaixo. Qualquer semelhança com o jogo do Flamengo é mera coincidência? PS: Edílson precisa ser multado.

  35. rosan amaral disse:

    Jadson está tecnicamente muito mal. Na posição que jogou não pode errar a quantidade de passes que errou (abre o contra-ataque).

  36. zuloobas disse:

    Tive q ouvir de cabra que elegeu Edílson como um dos dos melhores do jg contra o Emelec que havia assistido outro jogo. Então, assisti outro jg de novo.

  37. Fabio Velame disse:

    Enquanto o Mano for o treinador, o Campeonato Brasileiro é apenas um passa tempo para o Cruzeiro. Hoje o time foi mal no segundo tempo, satisfeito com o 1 a 1, jogando com uma preguiça monstra não querendo mais jogo. Tomou o segundo e ai a vaca foi para o brejo. Torço e espero que o Edilson tome uma suspensão longa, jogador que tem a fama de cascudo mas que é descontrolado. Se tiver gente do clube que passar a mão na cabeça dele pela atitude de hoje tem que se lascar viu.

  38. mrr disse:

    O que está claro é que a nosso setor defensivo está pesado. Quando pegamos times mais leves não acompanhamos. Percebi contra o Flamengo, Ceará e agora o Inter.

  39. Fabio Velame disse:

    Hoje a nossa defesa foi uma baba, três gols de sobra, sendo dois muito parecidos. Mais um brasileiro jogado fora, não tenho expectativa nenhuma nessa competição.

    • mrr disse:

      Concordo e observação para o Fábio, não tem conseguido reagir a tempo a chutes de longa distância.

    • BrunoBarros disse:

      Velame, com o Mano não. Esqueça Brasileirão. Com outro treinador, minimanente mais competente, daria. Tem material humano pra tal. Se a diretoria renovar com esse engodo no final do ano vai tá passando o maior recibo de o t a r i o da história do clube. Chega dessa modorra.

  40. SÍNDICO disse:

    VELAME, o Cruzeiro perdeu 58 campeonatos brasileiros e venceu 4. O normal é perdê-los.

    • mrr disse:

      Diretoria vai ter que conversar com o técnico, pois na minha opinião, o sinal de alerta foi dado no tocante ao reflexo dessas atuações na LA e CB. Desconcentração passado 04 jogos não cola mais.

    • BrunoBarros disse:

      Síndico, desculpa, mas nessa de definir qual time prestou apenas pelo resultado você cospe na história do clube. Em 87, quase chegamos, mas era um time meia bomba. Em 95, um excelente futebol, talvez se a diretoria não tivesse demitido o Ênio Andrade poderíamos ter sido e campeões. Baita time, que jogou bola à vera. 98, idem, timaço. 99, um pouco abaixo, mas jogava bola. Em 2000, se tivéssemos passado do Vasco muito provavelmente seríamos campeões, mesmo com um time mais pragmático em relação aos anos anteriores. 2002, foi um segundo turno soberbo, com grandes atuações e grandes vitórias, não ficamos nem entre os 8, mas ali foi a semente do que veio em 2003, o havia horizonte pelo simples fato do rendimento que a equipe mostrou naquela parte final da fase classificatória. Coisa que se confirmou, com bola e resultado, no ano seguinte. Em 2009, na Libertadores, faltou pouco, o resultado, bola não. Em 2010 no Brasileirão, sem a operada do Ricci, a chance de campeonar era imensa Ótima equipe. Jogava bola. O que quero dizer é que definir a história do clube apenas por quem ganhou é diminuir o tamanho do clube pelo qual torce. Redução boba. E acima de tudo, injustiça. Das brabas. Faz isso não.

      • Matheus Penido disse:

        Do jeito que vc escreve, parece que esses times citados eram unanimidades. No entanto, eram tão criticados quanto o do Mano. Levir virou levice. Adilson era o professor pardal. Felipão retranqueiro. Cuca azarado. E por aí vai.

      • BrunoBarros disse:

        Você entendeu tudo errado. O que chamo pra discussão é justamente o contrário. Levir virou levice por conta dos resultados. Cuca azarado, idem. Estou falando do jogo, no caso você continua falando apenas no resultado. É quase como se você tivesse concordado comigo. Decida-se. Críticas, todos terão. Faz parte do jogo. Só não dá pra querer fechar a questão no que aparece escrito na taça. Na minha opinião isso é coisa de dirigente, dos ruins.

  41. JJ disse:

    TIMINHO !

  42. VIANA disse:

    Fábio: contra o Emelec foi acidente? Hoje foi falha. Edilson errou tudo e no fim agrediu o adversário. Leo esteve muito exposto perdeu o duelo para o ataque. Dede fez o gol que deu esperança, mas exposto perdeu o duelo para o ataque, ainda assim, foi bem. Dodô, nulo no ataque, na defesa perdido. Fez um pênalti infantil. Romero, perdido. Lucas, perdido. Jadson foi o pior em campo, nulo, nem sabia onde devia estar, só apareceu num chute de fora da área. Neves, nem de longe lembrou o jogador decisivo de outras oportunidades. Rocha parecia que seria seu dia, mas errou até escanteio. Fez hora-extra em campo. Fred, bem marcado e bem perdido, na grande oportunidade que teve errou de forma bisonha. Rodriguinho, David e Sassá entraram e nada fizeram. Mano continua inventando e afundando o time no Brasileiro. Cada vez mais me parece um cruzamento de Roth com Tite. Armou o time com três volantes distantes dos três do ataques e sem laterais para apoiar e a beira do campo pedindo ligação direta. Cada vez parece mais perdido. Dorme se achando o Rinus Michel e acorda Ivo Wortmam. Melhor em campo: D’Alesssndro.

    • mrr disse:

      TN deveria fazer a ligação, agora assistam o VT e vejam onde atuou a partida inteira, quase um segundo centroavante, se foi isso que o Mano propôs realmente estaremos bem esse ano. Fred caiu de ritmo, já não vola mais para receber, empacou na banheira. Dodo nunca o vi como bom apoiado r, e na defesa que seria seu forte foi lamentável. Dedé e Leo estavam perdidos.

      • Paulo disse:

        Números totais do confronto: Número de jogos 82 Vitórias do Cruzeiro 29 Empates 23 Derrotas 30 Saldo de vitórias -1 Gols do Cruzeiro 105 Gols de Internacional 105 Saldo de gols do Cruzeiro 0 Último jogo considerado Internacional 3×1 Cruzeiro. Todo jogo tem um história que não pode ser ignorada.

      • BrunoBarros disse:

        Mrr, o Thiago Neves joga ali no Cruzeiro do Mano. Sempre. Esse é o posicionamento no qual ele é treinado pra jogar. Só é armador na cabeça de maluco. O vão na meiuca é fato recorrente, e um dos principais problemas, da forma que a equipe é colocada pra jogar não é um acidente. Talvez seja culpa do Jadson, ou do Romero. Se for isso o treinador tá sem comando, ou a turma não tá entendendo o gênio gaúcho. Deve ser. Gostaria de ver essa mesma severidade na análise dos jogadores transportada pro treinador, que tá na área há 3 temporadas. Agora a nova é que o elenco é fraco. Vou escolher em qual mentira vou acreditar. O foco é livrar a barra do treineiro. Passada de pano contumaz, quanto mais.

      • mrr disse:

        Que falta faz Robinho ali. É tão difícil do treinador visualizar isso?? O jogador que atuar ali vai se consagrar, pois tem uma cratera!!!

    • Bruno 7L RJ disse:

      Cara, que exagero isso. Termocefalia pura.

  43. mrr disse:

    Os primeiros dois grandes e levamos fumo. Seguindo a lógica, LA podemos ficar na próxima fase. CB ainda podemos passar pelo florminense. Brasileiro com a regularidade exigida, esqueçam, manobol é antônimo de constância.

  44. zuloobas disse:

    Desceram o malho no Egídio, no último jg, eu fiz questão de o isentar, pq não tem um jg q não sai um gol em cima do Dodô, que é ruim no ataque e ruim na defesa tb. Mil vezes, Egídio. Aliás, esta dupla é ruim p encardir: Dodô e Edilson, esse já vem entregando desde o ano passado, falha crucial de 2018, contra a Boca, na Bombonera, esquentadinho, burocrático e sempre chegando atrasado. A tendência é que, se Mano mantiver o rodízio, e escalar Egídio, com Romero e o Piscininha o time melhore.

  45. zuloobas disse:

    TN tá muito, mas muito fora de ritmo.

    • mrr disse:

      Rapaz …. Nem sei se no caso dele é fora de ritmo rs… Ex-jogadores costumam ser assim.

  46. SÍNDICO disse:

    16 COMENTARISTAS caçando culpados.

    • BrunoBarros disse:

      O elenco é marromeno e não segura a pemba do natural giro que tem que ser feito, por todos os times. Normal, não é? Cristos pra dar e vender. Sugiro uma troca generalizada por todo o elenco do Santos. Ou do Fluminense. Do Athletico Paranaense. Ou até mesmo pelo o do Botafogo. Talvez pelo do Internacional Manda o Pedro Rocha pro Grêmio e traz de volta o Alisson. Rodriguinho pelo Sornoza, manda de contrapeso o Thiago Neves. Romero pelo Ramiro. Jadson pelo Lindoso. Ah, e esse frangueiro do Fábio pelo incrível Lomba. E não se esqueça do Dodô pelo Léo Pelé. Tá tranquilo de resolver.

      • BrunoBarros disse:

        Ah, esqueci. Esse cone do Fred e traz de volta o Kieza. O Toró do São Paulo pelo David. Sassá por Ribamar. Gustagol e Avelar por Raniel e Egídio. Léo e Dedé por Henrique e Manoel. Melhor, troca todo o elenco pelo o do Ceará, que deu um sufoco o jogo inteiro na gente em pleno Mineirão. Matamoros do Emelec por essa enganação do Rodriguinho. Tá fácil de resolver.

      • SÍNDICO disse:

        Ok, vc tá certo, Vai lá e risca o carro do Mano, que não quer aprender a armar um time com vc.

      • SÍNDICO disse:

        Quanto trocar com o elenco do Santos, topo.

      • BrunoBarros disse:

        Não tenho nada pessoal contra o Mano. Contra o trabalho dele, tudo. Time mal armado, que confunde retranca com solidez defensiva. E um monte de pato cai nessa. Quanto ao elenco do Santos você tá com essa impressão porque o time deles tem técnico, o nosso não. Simples assim. Treinador bom faz jogador mediano jogar mais. Treinador ruim sabota jogador bom. Beabá do futebol, desde sempre. Esse maravilhoso jogo coletivo no qual o treinador é partícipe decisivo. Antes, durante e depois dos jogos. Mano lhe desculhonou, sem anestesia. Por isso você fica nessa de passar o pano com esses papinhos de salvezza e que tais pra defender a mediocridade do trabalho desse técnico limitado mostrada jogo após jogo. Treinador de mentirinha.

      • SÍNDICO disse:

        troco elenco, mas não treinador com o santos. não quero perder de cinco pro ituano, dequatro pro botafofo de ribeirão, nem ser desclassificado pelo river plate do uruguai.

  47. Wagner disse:

    Cruzeiro ta levando um baita azar também nos gols tomados.

  48. Bruno 7L RJ disse:

    Eu só acho que o time aparentou um tanto fez tanto faz. O que sobrou contra o Goiás e no 2º tempo contra o Emelec, faltou hoje. Essa equipe do Mano quase sempre foi exaltada por ser fria, mas tem momentos que precisa ser mais passional. O campeonato é longo e se a torcida não se sentir representada, larga o time de mão. Mas isso passa muito pela filosofia do treinador, neste caso pragmático até mandar parar. Eu senti uma grandes esperança no jogo contra o Goiás, com o time se mandando atrás da vitória, contra o Emelec no 2º tempo idem. Quarta estarei no Maracanã e espero ver um time mais vibrante.

    • Bruno 7L RJ disse:

      Apesar de tudo isso, time começou até bem hoje. 2ª etapa foi que complicou. Bola pra frente.

  49. Bruno 7L RJ disse:

    O que acontece com Egídio e Dodô, hein? O 1º foi muito mal no meio de semana e o 2º um dos piores hoje.

  50. Bruno 7L RJ disse:

    Edilson hoje hein? Covarde.

  51. Bruno 7L RJ disse:

    Título do post exagerado tbm. O elenco é muito bom. Mano tem apenas que rever alguns conceitos.

  52. Fernando Henrique disse:

    Não pude ver o jogo para avaliar taticamente. Pelo resumão do Globoesporte: o time errou os gols de sempre, fez mais um penalti estúpido e tomou mais 3 gols sobrenaturais (o outro contra o Emelec).

    Mano precisa procurar uma benzedeira.

    • Fernando Henrique disse:

      Aliás, o primeiro gol não foi sobrenatural, foi mais do que natural com outra saída de bola errada pela direita.

  53. SÍNDICO disse:

    CLASSIFICAÇÃO: 01Palmeiras10 — 02Santos10 —- 03SãoPaulo10 — 04Mineiro09 — 05Botafogo09 — 06Paranaense — 07Flamengo07 — 08Bahia06 — 09Inter06 — 10Goiás06 — 11Cruzeiro06 — 12Corinthians05 — 13Chape04 —- 14Ceará03 — 15Fluminense03 — 16Fortaleza03 — 17Csa03 — 18Avaí02 — 19Grêmio02 — 20Vasco01.

    • SÍNDICO disse:

      [[[3]]] Bueno (Ceará), Everaldo (Chape), BruHenrique (Sep)
      [[[2]]] Dedé (Cruzeiro), Pedro (Flu), González (Flu), Cebolinha (Grêmio), Caike (Bahia), Sasha (Santos), Maxi (Vasco), BruHenrique (Fla), ZéRafael (Sep), Erik (Bota), Barcia (Goiás), Guerrero (Inter)
      [[[1]]] Rodriguinho, Neves, Rocha (Cruzeiro), Rômulo, Kannemann, Pyerre (Grêmio), Guimarães, Rony (Cap), Brizuela (Avaí), Pituca, Soteldo, Rodrygo, Sanchez, Jonatan (Santos), Rogério (Bahia), Gabigol, Arrascaeta, Berrio, Lincoln, Vitinho (Fla), BrunoCésar (Vasco), Marlone, Vaz, Michael (Goiás), Nikão, Pereira, Ruben (Cap), FabSantos, Ricardo, Elias, Chará, Jair, Nathan (Cam), Cícero, Ernando, Artur, Pedrinho, Carlos, Clayson, Vital (Sccp), Edinho, Wp (Fortal), JoãoPaulo, Santana (Bota), Sarrafiori, Nonato (Inter), Sávio (Csa), Veiga, Deyverson, Rocha (Sep), Ferraz, Luciano (Flu), Hernanes, Pato, Tchetchê, Everton, Toró (Spfc), Carvalho, Galhardo (Ceará), Gum (Chape).

  54. UOL disse:

    Paolo Guerrero fez primeiro tempo discreto, com registro apenas da cobrança de falta que terminou em gol de Nonato, mas na etapa final apareceu mais e foi decisivo. Conseguiu se livrar da dupla Léo e Dedé para calibrar o pé e depois ser oportunista no rebote dentro da área. A conclusão fez o camisa 9 chegar a 100 gols por clubes brasileiros. Foram 52 bolas na rede pelo Corinthians, 43 na passagem pelo Flamengo e agora cinco no Internacional.

  55. ARCSBC2012 disse:

    Neste comentário apenas trocaria a palavra zaga por sistema defensivo: “Zaga Cruzeirense faz homenagem para todas as mães, sendo uma mãe para o Internacional.” https://mobile.twitter.com/Oledobrasil

  56. washington ramos disse:

    Se me permite Síndico, vou completar o título: ”Elenco de mentirinha e sem saúde”. Este time morre no segundo tempo, perdendo e defendendo. Se o florminenC, tem pouca técnica, tem demonstrado muito preparo físico, já estou pondo as barbas de molho.

  57. Ernani Bittencourt disse:

    Basta duas derrotas para times grandes no campeonato que alguns desesperados começam a detonar o time; Fabio é frangueiro, Fred é cone, Lucas é ruim. Tem jogador ruim no time sim, mas o que falta é treinador com ousadia, jogador com vontade de jogar e escalar time pra vencer.

  58. Ernani Bittencourt disse:

    Internacional tal qual todos os outros times que nos enfrentaram, jogaram para ganhar, disputaram todas as bolas com vontade e foram mais determinados. Nosso time não ganha divididas, nao pega rebotes, não tem setor criativo, todos se acostumaram a ficar livre da bola tocando para o mais proximo ou mandando para onde o nariz aponta.

  59. Ernani Bittencourt disse:

    Chega de rafinha, thiago neves, edilson, jadson, e liguem uma tomada no rodriguinho de 440 V.

  60. SÍNDICO disse:

    21 COMENTARISTAS caçando culpados.

  61. Bruno 7L RJ disse:

    Romero ontem jogou pedrinha. Precisa ficar esperto.

  62. Ernesto Araújo disse:

    Está sendo dito que o Mano tem que escalar o time para ganhar. Discordo. Ele precisa urgente, principalmente fora de casa, começar a escalar o time para NÃO PERDER, ativar o “manobol” ou “muricybol”. Seis gols em dois jogos fora de casa é um absurdo.