Hoje não tem cinco a zero

Por SÍNDICO | Em 25 de abril de 2010

Hoje seria dia de 5×0 sobre a Cocota. Mas um surto de soberba do Cruzeiro impediu o tricampeonato e o tricincoazero.

E agora? O que você fará, caro amigo cruzeirense? Nosso volante, Fabrício Stallone, já deu a receita:

  • “Lá em casa vai passar jogo da Europa, amigo. Assistir jogo da final, ainda mais Atlético-MG e Ipatinga, com certeza não vou assistir. Lá em casa passa Italiano, Inglês, Alemão.”

Tô com ele e num abro. Marcosleandros, rogeriocorreias, bobfarias e outros vão esganiçar lá pras negas deles.

Eu sou Portela. Aqui em casa, verde e rosa não tem vez. Estação Primeira, na minha televisão, só no carnaval.

117 comentários para “Hoje não tem cinco a zero”

  1. Mauro França disse:

    Engraçado falar em soberba do clube logo depois de afirmar que seria outro 5×0. Tá sobrando soberba mesmo…

    • Ernesto Araujo disse:

      Boa Mauro !

    • Jorge Santana disse:

      Torcedor paga pra ter direito de falar besteira. Cartolas, treinadores e jogadores ganham muita grana pra fazer a coisa certta. Simples assim.

      • Ernesto Araujo disse:

        Nessas de falar besteira, o torcedor acaba pressionando aqueles que ganham milhões a fazerem coisas completamente erradas. Por isso a soberba do torcedor não é desprezível. O curioso é que, nesse caso, a soberba foi da direção (comissão técnica+diretoria) MESMO, pois o torcedor não queria a eliminação do Mineiro e queria o time titular. Aí quando a soberba encontrou a deficiência técnica (já tantas vezes exibidas pelo Mistão e pelo Catadão®) foi o que se viu domingo passado…

      • Mauro França disse:

        Torcedor ou consumidor? Mas, tudo bem, paga-se para falar besteira, pra exigir titulos com goleadas na final como se fosse a coisa mais natural do mundo, pra exigir titulo de Libertadores…

      • Rodrigo Gomes disse:

        E tem profissional que recebe pra fazer besteira… bem pior que torcedor que paga pra falar besteira, enfim.

      • Jorge Santana disse:

        Torcedor paga. Compra o direito de se expressar. Inclusive contra profissionais que, por soberba, colocam o clube em situação ridícula.

  2. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    E a eliminação no mineiro continua a causar estragos: o Cruzeiro está sendo detonado no “Enquanto a Bola não rola”, da Rádio Globo. Até a Imprensa nacional está bombardeando o Adilson.

    • Rodrigo Gomes disse:

      Não sem razão, pq realmente é uma vergonha o Cruzeiro ficar fora da decisão do Campeonato Mineiro. O mínimo do mínimo é pelo menos chegar a final do Mineiro todo ano. Menos que isso é vergonha mesmo.

      • Rodrigo-bsb disse:

        concordo totalmente. Mas o domingo nao vai ser perdido. Tem jogo do Santos, quem sabe nao vem mais um show ai?

      • Jorge Santana disse:

        Se o treinador não atrapalhar com aquela defesa esburacada, os Meninos da Vila resolvem. O problema é a parte que toca ao treinador que jamais é cumprida à risca.

      • Rodrigo Gomes disse:

        hahahahahahaha, esse time do Santos é o sonho de todo técnico. Consagra qualquer um. Não que o DJ seja mau tecnico, longe disso, mas qq um ali faria a fama com esse time.

      • Sobrinho disse:

        O Luxa teve quase o mesmo time na mão e quase brigou contra o rebaixamento.

      • Rodrigo Gomes disse:

        Isso é verdade. O Luxa, sabe-se lá pq, preteriu o Ganso e o Neymar (mas tudo bem que o Robinho – que é um diferencial – chegou só esse ano). Mas or aí se nota a razão dó Luxa ser considerado hoje um tecnico decadente que foi procurar um time com a mesma qualificação.

      • Jorge Santana disse:

        Não tinha Robinho, Arouca, Marquinhos e Neymar ainda era filé de borboleta.

      • Sobrinho disse:

        Neymar tinha. E o Arouca está para esse time do Santos assim como o Recife estava para o Cruzeiro de 2003.

      • Jorge Santana disse:

        Neymar, segundo Luxa, era filé de borboleta. Que nem Robinho em 2002. Sorte do Leão foi ter ficado e o clube, por falta de grana, não ter contratado um substituto pro garoto.

      • Ernesto Araujo disse:

        Mais uma vez, digo que esse time do Santos foi muito mais fruto de falta de opções de contratação do que genialidade do Dorival Júnior. Antes do início da temporada aqui só se falavam em contratações para todas as posições. Ninguém chegou e disse: “A base está pronta pra assumir a titularidade e temos plena confiança”. McNelly Torres era nome certo para o meio-campo… Hoje ninguém seria louco de colocar o colombiano no lugar do Ganso, que o Brasil inteiro quer na seleção. Dorival faz um bom trabalho mas sua parcela nessa história não é tão grande quanto gostariam os críticos do Adílson.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Êita… Velho Damas que vai ter companhia pra torcer pra Cocota na quarta-feira…

      • Ernesto Araujo disse:

        Sereloooo ! Eu torcendo junto com o sr. Damasceno ??? Impossível ! O time dele é um e o meu outro. Jogo pra mim é contra o Nacional-URU. O resto quero que se exploda, com força… Agora não é por isso que eu vou sair falando que o DJ é o maior treinador de futebol dos ultimos 1000 anos… Mas o POVO gosta de “comprar” essas coisas… Assim como LEÂO virou “descobridor de talentos” e “sabe trabalhar com jovens”… Em 2002 a perspectiva do Santos era, dita pelo próprio Leão, de REBAIXAMENTO. O resto da história vcs sabem…

    • simone b de castro disse:

      Estão detonando porque a nossa própria torcida arrogante, que vive dizendo que mineiro não vale, na hora de garantir suas palavras, muda o discurso! A mesma torcida que foi ao mineirão já gritando “é campeão”, não entrou em campo com o time, e tomou um cala boca do Estudiantes. Aí a imprensa daqui desce a lenha sem dó, e a mídia do eixo vai atrás! De repente, o mineiro virou “O” campeonato, e o Cruzeiro não vale nada por não tê-lo ganhado…HAJA!

      • simone b de castro disse:

        Continuo com meu pensamento: melhor não disputar mineiro, pq se no ano que o Cruzeiro não ganhar, for essa choradeira, Deus me livre!

      • Jorge Santana disse:

        Melhor, então, não disputar tb Libertadores nem Brasileiro nos quais o Cruzeiro quase nunca consegue campeonar.

      • simone b de castro disse:

        Mas é muito mais importante e dá muito mais destaque que o mineiro! Além de não ter toda essa pressão na arbitragem, twitada de dirigente imbecil chamando todo mundo de bandido sem provas, frangas do STJD trabalhando arduamente para tirar 6 pontos do Cruzeiro, e nem time se vendendo para outro: vide Democrata e vão ver Ipatinga hj!

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Não só o Cruzeiro mas a garnde maioria dos clubes brasileiros não conseguem campeonar. Meio óbvio, não?

      • Ernesto Araujo disse:

        Depois da derrota no Mineiro tou entendo um pouco mais essa tese do Jorge Santana a favor dos Campeonatos Estaduais. Se houvesse apenas Libertadores, Brasileiro e Copa BR no calendário iríamos ficar um looongo tempo sem gritar “É campeão”.

      • Ernesto Araujo disse:

        Fica evidente que NO FUNDO, NO FUNDO, por mais que desdenhe o Mineiro como forma de provocar o rival, a torcida inconscientemente SABE que sua melhor e talvez UNICA de fazer festa e extravasar é mesmo o Estadual. Ao ver o tamanho da encrenca que é passar por Nacional, São Paulo, Estudiantes e Corinthinas ou Velez, o torcedor acorda e vê a importância do Estadual para suas pretensões de comemoração.

      • Ernesto Araujo disse:

        Com o fim dos Estaduais, a hipótese defendida pelo JS é que os torcedores de clubes do interior transfeririam sua torcida para os times do eixo, abandonando os clubes locais, matando o futebol no estado e engordando os cofres dos clubes do eixo.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Eu não faço questão nenhuma de ser campeão mineiro. Portanto, ele existir ou não, para mim não faz diferença alguma. É óbvio que eu quero que o Cruzeiro seja campeão de tudo o que disputar, mas eu ficaria muito feliz se, todos os anos, ele entrasse no Brasileiro para disputar o título. Ser campeão ou não seria consequencia.

      • Rodrigo-bsb disse:

        dá pra entender a dor de cotovelo do blogueiro. Passou tres anos falando que o Dj era treinador indigena. Ai o cara vai e monta o maior time do Brasil dos ultimos dez anos, tem a coragem de botar tres atacantes,dois meias, tudo que o mesmo Sinidico com seu amor pela volança vive criticando. O Dj montou um time de futebol refinado e altamente competitivo coisa que ninguém aqui no Brasil estava fazendo nem o Luxa que tinha quase o mesmo elenco ante sdele. Enquanto isto o técnico que ele considerou o melhor do Cruzeiro nos anos 00 é responsável por um dos nossos maiores vexames no Mineirão. Resta o que? desdenhar, resmungar e engolir as besteiras que falou.

  3. Rogério disse:

    Confesso que vou ficar com o controle remoto na mão, se o Ipatinga tiver bem vejo o jogo, se o contratrio acontecer mudo o canal.

  4. Celeste disse:

    Meu marido é Santista então vou acompanhar o jogo do peixe com ele. E aconselho o mesmo a quem tiver oportunidade afinal em breve o time será desmanchado. Durante a semana os jogadores do Santos não saíram da mídia. E a maioria expressou o sonho defender um clube europeu.

    • Celeste disse:

      O Robinho deve voltar para a europa mas não para o Manchester e o André já vem tendo atritos com o diretoria.

      • Jorge Santana disse:

        Falta pulso ao trinador pra botar ordem na casa. Por isto, a Cocota tem tudo pra se dar bem nas quartas de final da CB.

      • Sobrinho disse:

        Isso é verdade. Quando as coisa começar a desandar vamos ver se o DJ consegue controlar.

      • simone b de castro disse:

        Não acredito que esses meninos vão querer ser desclassificados por implicância com o técnico ou diretoria!!!!

      • Rogério disse:

        Bobagem, até então o relacionamento do DJ com os meninos está de vento em poupa, Dorival já adiquiriu experiencia, o episódio Guilherme e Roni deve ter lhe ensinado bastante, é um técnino em grane evolução assim como o Adilson é.

      • Celeste disse:

        O André andou em atrito com a diretoria e chegou a pedir aumento de salário via imprensa. O DJ parece que tem o time na mão. Torço pelo Santos enquanto o sucesso deles não atrapalhar o meu time. Esses jogadores não tiveram vez com o VL porque não foram indicados por ele. Vale ressaltar que ninguém foi encostado por esse motivo.

      • walfrido disse:

        Concordo com o Rogério e com a Dra Celeste, nossa enviada especial para falar sobre o Santos, já que obviamente o Dylan não pode ser por paixão desefreada pelo DJ… ehehehehe

  5. Celeste disse:

    A semana agitada pós eliminacão me fez concluir que o campeonato só tem repercussão quando o cruzeiro perde.

    • simone b de castro disse:

      Verdade, Dra. Celeste! Se fosse o lado de lá que tivesse parado no América, a justificativa seria, até hoje, que o profexô ainda está montando o time… tsc, tsc, tsc

  6. verde e rosa não é comigo. NUNCA FOI! Sou azul e branco. POrtela tem sido a melhor opção histórica, entretanto, Vila Isabel, Beija-Flor são ótima opções. Sobre o post, gostaria somente de destacar que a arrogância (ou qualquer outro adjetivo que qualifique o salto-alto e sua queda) são refletidos na torcida de maneira muito forte (daí alguns teleguiados só enxergarem o defeito NOS OUTROS e nunca em si mesmo – falta espelho na cada destes caras).

  7. Sobrinho disse:

    O Fabricio é um cara bom de entrevista.

    • Fabrício tá se especializando em entrevistas. Dá mais entrevistas do que joga. Acredito que ele deveria retomar a carreira com mais constância pois precisamos dele jogando e não dando entrevistas e “jogando” pra torcida com discursos conhecidos e que a imprensa tanto adora.

      • Jorge Santana disse:

        Entrevista bombástica faz parte do show. E ele tem jogado pouco por contusões. Fazer o quê? Ou o sujeito se contunde por má vontade?

      • Rogério disse:

        Que eu saiba quem escolhe jogadores para a entrevista são os jornalistas, o Fabricio foi escolhido e falou o que tinha que falar, mandou super bem e vem se recuperando dentro de campo também, é um jogador imprescindível no momento.

      • walfrido disse:

        Não adianta. Nessas horas de crise qualquer coisa é pólvora. Se o cara fala – fala demais. Se não fala – se esconde. Se fala pouco – só fala o óbvio. Em fase ruim tá “tudo errado”. E essa 5a feira que não chega nunca… Só uma vitória acachapante vai amansar essa malhação ao Judas que se tornou o Cruzeiro nesses dias… Força AB, força elenco, FORÇA CRUZEIRÃO!

      • Ernesto Araujo disse:

        Perfeito, Walfrido !

      • Ainda bem que você não se referiu a mim e nem ao meu comentário que se refere a “qualquer cois é pólvora”.
        Se foi, deve ter se esquecido de quando VOCÊ entregou uma manifestação de uma parte de torcedores ao Fabício algum tempo atrás.
        Se você escreveu pensando no que escrevi, só posso lamentar!

      • Eduardo Arreguy Campos disse:

        Bom de entrevista é o Jonathan. Ganha a torcida na conversa e futebol que é bom, necas.

  8. Raf Lima disse:

    O melhor a se fazer hj é ver um bom film, comendo pipoca e bebendo Coca-Cola (em casa ou no cine). Retorno ao futebol só depois-depois de amanhã..

  9. OT – Quem quiser me acompanhar, estarei em Formosa-GO no sábado, dia 1o de Maio. Paula Fernandes. Trarei uma surpresa para o Jorge Santana. http://www.noitelualfest.com.br/

  10. simone b de castro disse:

    Fabrício pôs o repórter babaca no seu devido lugar. Pergunta imbecil, querendo colocar o Cruzeiro prá baixo, como se nossos jogadores fossem ficar babando em frente à tv, assistindo ao time do vale-do-aço entregar o jogo para os penados ! HAHAHAHAHAHA

  11. simone b de castro disse:

    2 comentários retidos…

  12. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Eu nunca pensei que a perda do campeonato mineiro ( que continuo a afirmar, não vale nada ) fosse causar tanta confusão. Está claro que não foi a perda pura e simples, mas sim a forma como foi perdido: com total desrespeito aos adversários. Aliás, esta tem sido a tônica este ano. Nos jogos em que o Cruzeiro não entrou como favorito absoluto ( Patético, Velez e Colo-Colo), os resultados foram dentro do esperado. Nos outros todos, quando imperou “não precisamos nos esforçar muito, porque a vitória virá naturalmente”, surpresas aconteceram.

  13. walfrido disse:

    Eu vou dizer uma coisa, apoiei todas as decisões da diretoria e da comissão técnica com relação a escalação do fatídico jogo contra o Ipatinga. Obviamente me decepcionei demais com aqueles que foram a campo, tecnica e fisicamente, mas principalmente na atitude deixaram muito a desejar. Taticamente também não gostei da armação, nem das substituições do AB. Apesar de tudo isso, tô muito chateado em não estar nessa final. Era claro que tudo que a imprensa mixuruca e tendenciosa precisava era de um deslize nosso pra cair matando. Tão lavando a égua. Meu estômago tá embrulhado vendo essa malhação do Judas.

  14. walfrido disse:

    Tecnicamente e fisicamente essa parada permite uma revigorada. Desde que bem utilizada. Para isso é preciso uma força mental grande pra superar a malhação da imprensa seguida por grande parcela dos torcedores. Não sei se estamos conseguindo isso. A tal lista de dispensa embora claramente não atrelada tecnicamente ao jogo contra o Ipatinga deixou sim essa impressão. Mal feita, na hora errada e de forma errada. Embora todos listados merecessem estar na lista. Posso dar detalhes internos de cada um dos listados.

  15. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Uma coisa que os “fomentadores de crise” estão alardeando por aí é totalmente injusta. Dizer que o Bernardo não teve chance é um absurdo. Ele começou vários jogos, entrou em tantos outros no decorrer dos mesmos e apenas teve alguns lampejos. Isso é um fato. O que preocupa é que, quem o viu jogar nas categorias de base – seleções, inclusive – esperava muito mais dele. Se alguém tiver a resposta…

    • Ernesto Araujo disse:

      Dizem os agitadores por aí que o Bernardo era segundo volante e o ABAP o colocou fora de posição, como meia-armador. Quem acompanha a base pode confirmar se isso procede ?

      • Rodrigo Gomes disse:

        Parece que a dispensa dele tem mais a ver com indisciplina, segundo os insiders da Toca.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        O Bernardo atuou várias vezes no time de cima como atuava na base. De fato, me lembro dele na sub-17 como segundo volante e o principal jogador. Entretanto, isso não justifica ele não acertar praticamente nenhuma cobrança de falta. Nas divisões de base, falta com ele era meio gol.

  16. walfrido disse:

    Depois do jogo contra o Uberaba, depois do jogo contra o Colo Colo, depois do 1o jogo contra o Ipatinga, já havia manifestado minha desconfiança com esse time. Ainda não deu a liga que tinha em 2009. A hora é agora e essa eliminação abre uma bifurcação: ou eliminamos as impurezas do grupo e nos unimos; ou quebra-se de vez a união do grupo e motivação. Esse jogo contra o Nacional tem esse viés. Se vencermos bem, jogando um futebol solidário e de atitude, podemos voltar aos bons tempos de 2009. Caso contrário, toda temporada 2010 está em risco. AB acabará caindo, alguns jogadores chave da espinha dorsal sairão, e formar uma nova base, com um conceito tático claro leva tempo. Ainda mais sem dinheiro. Força Cruzeiro.

  17. Rogério disse:

    A verdade é que toda vez este elenco foi pressionado ao extreme ele reagiu muito bem, estou esperando uma excelente partida quinta feira e uma arranca sensacional, semelhante a que nos colocou na Libertadores deste ano.

  18. simone b de castro disse:

    Se o Cruzeiro pudesse disputar no lugar do mineiro, a Copa do Brasil, LA e brasileiro, ficaria contente. O fim do mineiro pode forçar os dirigentes a montarem times mais qualificados, a trabalharem mais, e a não ficar só pensando em política e se valendo do campeonato mineiro o ano inteiro! E a torcida ao menos não teria desculpas para falar que o estadual não vale nada e depois que vale tudo, que é obrigação, etc… Afinal, disputaríamos competições mais difíceis!

    • RAUL MIRANDA PENNA disse:

      Concordo plenamente.

    • Jorge Santana disse:

      Então o time é ruim por causa do Mineiro eseria bom sem ele. Nem a Libertadores e o Brasileiro ajudam a montar time bom, né Simone. Clube quebrado , devendo até as calças, com rec eitas penhoradas, patrocínios de merda e rendas ridículas não importa. O probelma é o Campeonato Mineiro. Deus, meu Deus, tenha piedade de min…

      • simone b de castro disse:

        Ah, JS! Se vc sabe de coisas que eu não sei, tudo bem! Mas essa desculpa de que o Cruzeiro não pode montar time melhor, é balela! Se Flamengo, e outros “quebrados” podem, pq não o Cruzeiro?? Para que serve essa m… de patrocinador? Serviu para contratar o caríssimo luxemburro pro lado de lá! Não é possível que alguém tão inteligente como vc não tenha entendido o que eu quis dizer sobre o mineiro! Se for para me contentar só com o rural, então posso parar de torcer! Você está distorcendo minhas palavras! O que eu disse foi que há acomodação da diretoria qdo se ganha o mineiro, e é verdade! Mas vc gosta de mandar no pensamento dos outros, e distorcê-los!

  19. walfrido disse:

    Hoje li pela 3a vez o livro do JS, Paginas Heroicas I. Foi bom pra lembrar os tantos momentos ruins que passamos e como superamos na união dos cruzeirenses de verdade, contra tudo e contra todos, principalmente contra essa imprensa que hj é MIXURUCA e tendenciosa, mas que sempre foi claramente tendenciosa pro lado das frangas.

    • walfrido disse:

      Ler histórias de Felicio Brandi, C. Furletti, Douglas, Salomé, do Francês e tantos outros que levaram o Cruzeiro nas costas em momentos ruins nos impõe unirmos contra tudo e contra todos, contra nosso próprio desanimo e eventual desconfiança no Cruzeiro, independente de jogadores, técnicos e dirigentes. É hora de cada um de nós, por ínfimos que sejamos entre os mais de 8 milhões de cruzeirenses espalhados pelo mundo, de levantarmos o astral, de mandar energia positiva, mostrarmos que agente pode perder mas jamais seremos derrotados, que caímos mas levantamos e partimos pra cima de novo, pra desespero dos rosados.

    • walfrido disse:

      É hora de fazermos como fizemos após o fatídico 15.7, de carregarmos o time nas costas, de apoiar, de mostrar pro amigo cruzeirense corneta que ele pode criticar, mas na hora do “vâmo vê”, somos todos um só. Força galera. JS, põe uns posts pra cima aí, uns posts com energia positiva… Põe mais paginas heróicas imortais aí. João Duarte pode ajudar! Força Cruzeiro!

      • simone b de castro disse:

        Mandou bem, Walfrido! É isso que eu tô tentando dizer aqui já tem tempo, mas o pessoal estava muito ferido para me escutar. Foi a semana toda de coisas para baixo, e de repente tudo é ruim, ninguém vale nada e etc…A atleticanização da torcida do Cruzeiro foi essa semana!

      • Ernesto Araujo disse:

        Num post anterior, comentei que se eu fosse diretor de MKT do Cruzeiro lançaria uma campanha: “Esqueça suas diferenças com o AB e com os jogadores e torça pelo Cruzeiro, pela sua história e tradição”. O Evandro disse que era uma campanha bem burrinha e que demitiria o diretor que lhe apresentasse tal campanha. Juro que não entendi NADA…

      • Se quiser eu desenho e explico, com legendas nas figuras, notas explicativas, notas de rodapé e referencias bibliográficas.

      • Jorge Santana disse:

        Walfrido, cada momento tem de ser vivido intensamente. É preciso aprender a perder tb. Um vexame colossal como a tamancada do Ipatinga nãos e apaga com palavras. Nem com caça às bruxas. Nem com entrevistas presidenciais. O torcedor tem de aterrissar, descobrir que o clube é menor do que ele imagina. E torcer, comprar carnê, apoiar, se quiser que ele cresça. Oba-oba não dá camisa, nem canecos, a ninguém.

      • Ernesto Araujo disse:

        Pois é Jorge, mas chega uma hora que é preciso levantar a cabeça e parar com o chororo… Estamos onde muita gente gostaria de estar (oitavas da Libertas) e não vamos jogar a vaga pras quartas de presente nos braços do Nacional.

      • Jorge Santana disse:

        Não estamos onde gostaríamos de estar: na final do Mineiro. E não é só vc, ZZP e Bap tb apreciariam ser aplaudidos pelos torcedores após o vexame. Mas não serão. Aqui se faz, aqui se paga!

  20. Rodrigo Gomes disse:

    Marcos Guiotti da tão endeusada Radio Globo, no Twitter: “Como gosta dizer meu amigo Mário Henrique Caixa… bica eles Galo… bica eles Gallooooo… Tigre e Peixe que se cuidem. about 18 hours ago via web”

    • simone b de castro disse:

      Depois o pana.ca ainda diz que é botafoguense! Só se for Bos.ta.foguense…

      • Jorge Santana disse:

        Simone, não é possível criticar o profissional sem usar palavras grosseiras? Quem apela, perde.

      • simone b de castro disse:

        JS, o que está acontecendo com vc? Já li aqui muitas palavras piores! Ultimamente vc responde a todo comentário meu, e sempre contra! HAJA!

      • Jorge Santana disse:

        Eu sei que já se escreveu muita besteira de cabeça quente, aqui. Mas estou em campanha pra substituir as palavras grosseiras por raciocínios mais claros. Quero merecer uma vaga no céu dos politicamente corretos. Se preciso, vou curtir até solo berimbau. Quanto à tal implicância com vc, esqueça. Tem nada disto. Não discrimino. Sou implicante com todo mundo.

      • Mauro França disse:

        Isto é verdade…rsrsrsrs.

      • França,
        O que e verdade?
        Que ele implica com todo mundo ou que ele tá querendo posar de politicamente correto?
        Ou a campanha? ou que muita besteira foi escrita de cabeça quente por muita gente?
        ou TUDO?

  21. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Interessante: o Superesportes já começou a destacar a venda de ingressos para os dois próximos jogos da cahorrada no Mineirão. Engraçado, porque nos últimos clássicos, a gente só conseguia apurar tal informação com muito esforço e sempre através da Radio Globo. Não vi nenhuma comentário sobre os públicos do último fim de semana: sábado, no clássico das panteras, sem tV, 15 mil. No domingo, a mal fadado jogo contra o Ipatinga, com TV, 17 mil.

  22. Jorge Santana disse:

    Aos desavidados: o único título que o Cruzeiro conquista regularmente é o Mineiro: 27 em 50 anos. No memso período, foram 2 Libertadores e 3 Brasileiros. Mundial, zero, zero, zero. Ao invés de ficarem planando, aterrissem e comprem o sócio do futebol. Lembrando que o torcida do Avaí compra tanto carnê quanto a do Cruzeiro. Atlético e Coritiba compram muito mais.

    • Sobrinho disse:

      Pois é. Libertadores é obrigação!

    • Rodrigo Gomes disse:

      Bobagem desdenhar o Campeonato Mineiro. O torcedor liga tanto pro Estadual que até hoje está revoltado por estar fora da decisão.

      • simone b de castro disse:

        Eu não estou, e POR ISSO, penso diferente dos demais!

      • Rodrigo,
        Solicito, data venia, a excepcionalização da sua afirmativa, com a colocação da seguinte frase: “exceto o Evandro Oliveira”, pois você NUNCA me viu escrever ou falar que estou “revoltado por estar fora da decisão”. Não ligo para o estadual e a ÚNICA motivação para o Cruzeiro disputar o ruralito seria, na minha opinião, o fato de tentr Não deixar as frangas campeonarem. Este ano não foi possível, o resto não dou a mínima. E isso não tem nada de soberba por achar que ganharíamos com os pés nas costas pois NUNCA escrevi ou achei que rural é obrigação. Fazendo a correção, fico feliz e agradecido.

    • Moema (MFox) disse:

      2 Libertadores, 2 Brasileiros, 4 Copas do Brasil, 2 Supercopas, 1 Recopa, 2(?) Sul-Minas. 2 vices de Libertadores, 3 vices Brasileiro, 1 vice da Copa do Brasil, 1 vice Copa Mercosul, 1 vice Supercopa, 1 vice sei-lá-que-torneio-era-aquele-que-perdemos-pro-Paysandu. Posso estar esquecendo de vários.
      1 time que encantou nos anos 60, outro nos anos 70, outro nos anos 2000. Um ótimo time em 1998 que infelizmente não ganhou e não ficou na história, mas que chegou na decisão de tudo que disputou.
      Quem ganhou esses títulos regularmente nos últimos 50 anos?

    • Sanjorge,
      Não compreendo a sua insistência em fazer se passar por um jornalista usando o que de pior eles tem: as meias verdades e falácias.
      Por que comparar 50 anos para falar de títulos rurais?
      Sinto te informar que NÃO É ASSIM que ajudamos o Cruzeiro a ser grande. Esta sua praxis foi levada a cabo pelo Adelchi Ziller e as frangas são o que são hoje (uma lenda urbana) por conta disso.
      Tome os títulos que o Cruzeiro disputou desde 1965 (Inauguração do Mineirão) e faça um comparativo MUNDIAL, CONTINENTAL, NACIONAL E RURAL.
      É FALÁCIA e fica feio você pegar exemplos só para justificarem precariamente as suas teorias. Vira o lado do disco que este tá bem arranhado.
      E fica comparando meu time e a torcida da qual faço parte com Avaí, Atlético e Coritiba… tenha a santa paciência… não quero nos equiparar a urubus e gambás, mas pelo menos aos suínos, peixe, grêmio, inter… compare a evolução das torcidas e times dentro e fora dos gramados, dentro e fora das arquibancadas, pare de se enganar e achar que tem a soluçao para estes problemas sendo que você não os vivencia. Caia na real…

  23. Jorge Santana disse:

    Saldo da conversa: um post tirando sarro da cara das cocotas, virou chororô e o Síndico é chamado às falas por tocar no assunto dos 5×0 cessantes. Chose de loques.

  24. silverio candido disse:

    Se perdemos ou estamos fora, é CAMPEONATO RURAL. Se goleamos de 5×0 ou ganhamos o campeonato, é tradição. A verdade continua: A VAIDADE nos deixou de fora. Agora, só respiro LIBERTADORES, mas com um olhar secador mirando o vale do aço!

  25. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Jogo é jogado, lambari é pescado. Melhor embaralhar e distribuir as cartas, que quinta-feira tem mais.

  26. rosan amaral disse:

    É show a transmissão HD da Band. Acredito em 2 x 2, com 2 gols do Rodriguinho pelo Santo André.

  27. rosan amaral disse:

    O Santo André tá melhor.

  28. Walterson disse:

    O artilheiro de penaltys fez mais um e empata o jogo em Ipatinga.

  29. Raf Lima disse:

    JS, o playground tá interditado, devido a Ovogênese. Resta apreciar a 7ª Arte!! rs

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.