Henrique e Ribeiro, quase perfeitos

Por SÍNDICO | Em 17 de setembro de 2010

Atuações dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 4×2 Guarani, na Arena do Jacaré, Sete Lagoas, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 15set10:

  • Rafael Monteiro – Ótima atuação. A defesa na falta cobrada por Fabão, logo após o terceiro gol, foi decisiva e dificílima. Foi uma bola forte que caiu de repente e iria pra rede, mas o Rafael foi rápido e preciso, fazendo uma defesa fundamental. Sem contar outras durante o jogo. Muito bem o garoto. (Bruno Barros) / Não dá bicão. Isso tem de ser destacado. Ele sabe sair jogando com os companheiros. Foi um ótimo substituto para o Fábio. (Hugo Serelo)
  • Rômulo – Fiquei muito satisfeito com sua atuação individual, mas nem tanto com sua participação tática após as substituições. Era o momento de ter percebido (ou ter sido orientado) a cobrir mais a defesa após a entrada do Farias. Ficamos com o Wallisson aberto na esquerda, Farias centralizado e com Ribeiro e Rômulo desembestados pela direita. O Fabinho se deslocou pra cobrir a direita e, neste momento, começamos a perder espaço no meio para o bugre, pois tínhamos apenas o Everton e o Montillo (já cansado) pra fazer o combate na meia cancha. De forma tal que, foi um bom exemplo de um mesmo atleta, Rômulo no caso, acertar em muitas jogadas individuais e errar muito na composição tática do time. (Arísio França) Ótima atuação ofensiva. Na defesa, cometeu algumas falhas. (AC Rossi)
  • Leo Simões – Um escorregão no 1º tempo que quase me mata do coração. No 2º, ficou desprotegido com a saída dos volantes. (AC Rossi)
  • Edcarlos – Suas atravessadas de bola quase me mandaram pro hospital. (Elias Guimarães)
  • Pablo – Não foi brilhante, teve muito trabalho com o corre-corre do Apodi, mas pode somar para o elenco. (AC Rossi)
  • Henrique – Tiro o chapéu pro futebol que vem jogando o Henrique. Logo após o terceiro gol, quando já havia sido substituído, ele me sai do banco de reservas, descalço e vai até a beira do campo pra orientar, junto com o Cuca, o posicionamento defensivo do time. Se já não virou, está na beira de se tornar um dos líderes desta equipe. (Arísio França) / O melhor do time. Tem corrido demais e filtra bem as bolas que vão chegar em nossa defesa. (AC Rossi)
  • Fabrício – Bem, armando e chegando com precisão. (AC Rossi)
  • Fabinho – Sem ritmo, complicou. Mas pelo menos conseguiu limpar sua barra fazendo um gol decisivo. (Ernesto Araújo) / Não estava sem gás, estava completamente desligado. Entrou pra jogar qualquer coisa, menos uma partida de futebol. (Matheus Reis)
  • Francisco Everton – Esteve bem no 1º tempo, mas seu futebol caiu quando teve que marcar, no 2º. (AC Rossi)
  • Montillo – É cobra! O que ele fez no segundo gol é brincadeira… (AC Rossi)
  • Wellington Paulista – Não jogou tempo suficiente pra ser avaliado, mas já tinha feito o seu quase-gol de sempre, quando saiu reclamando dores na coxa. (Ernesto Araujo)
  • Wallyson – Quase me fez sentir saudades do Robert. Como perde gol esse garoto! Ele é promissor, mas tem que ter mais foco e concentração pra definir. Ele poderia ter ganhado o jogo com os gols que perdeu. (Binho) / Pensei que havia desencantado, mas não foi, dessa vez ainda, que fez o suficiente. (Ernesto Araújo)
  • Thiago Ribeiro – Voltou a jogar demais, como no primeiro semestre. A jogada do primeiro gol foi fantástica. Fez uma partidaça! (Chaves)
  • Ernesto Farias – Tem faro. Sabe jogar na área. (AC Rossi)
  • Cuca – Acertou ao admitir o erro. Tirou o Henrique, muito também porque ele estava pendurado, e com isso o meio campo ficou perdido. Achou que o jogo estava decidido e não estava. Isto deve ter servido como lição. Técnico também é gente, que evolui e aprende a cada dia. Basta querer e ter humildade pra isso, e pelo que temos visto, isso tudo o Cuca tem. Talvez esse seja o segredo de sua competência. (Bruno Barros) / Inventou. Sem meio de campo, o jogo ficou lá e cá. Deixou de ser um jogo controlado, para ser um jogo de risco total. Pra quê? Pra agradar hienas e microfonistas? Saldo de gol será importante somente na última rodada. O que vale, agora, são os pontos ganhos. No final, o jogo de 2×0 ficou 4×2. Não mudou o saldo, somente correu o risco de perder os pontos. No mais, valeu pela vitória e pela vice-liderança. (Romarol)
  • Torcida – Lotou o estádio num horário proibitivo para o torcedor de Belo Horizonte. Ao menos, para aquele que trabalha. E apoiou como nunca o time. Foi um destaques da animada noite sete-lagoana. (Síndico)
  • Arena do Jacaré –  Fui ao jogo e gostei do estadio e das acomodações. Por sorte sou sócio do futebol e não precisei enfrentar fila. Se a campanha continuar com vitórias, muito nego vai se arrepender de ter largado o programa de fidelidade. Se o time vencer Botafogo e Ceara, ingresso na mão de cambista vai valer ouro. (JR Galvão) / Foi o primeiro jogo que eu assisti na Arena do Jacaré. O estádio até que ficou muito bacana, mas como sempre nossas autoridades são incapazes de resolver problemas simples, como a falta de banheiros decentes, falta de bares (no setor onde eu estava eu não vi nenhum) e poucos portões de acesso ao estádio, quem jogos de maior público dificultam a vida do torcedor. (Flávio Carneiro)
  • Juiz & Bandeiras – O Juiz cometeu um erro grave ao expulsar por motivo fútil o artilheiro Mazola, do Guarani, no final do 1º tempo. No 2º, anulou dois gols celestes que, vistos com uma lupa, realmente foram irregulares.
  • Guarani – Douglas fez grandes defesas, Fabão carregou a cruz de uma bequeira permanentemente sob pressão. Paulo Roberto foi um bom armador. Apodi e Mazola foram pura velocidade. Vagner Mancini destacou-se por saber aproveitar o vacilo de Cuca, que avacalhou a meiúca tirando homens de marcação e mandando um armador pra contenção, mandando seu time para o ataque mesmo com um jogador a menos.

106 comentários para “Henrique e Ribeiro, quase perfeitos”

  1. Chaves disse:

    Realmente o Rafael confirmou tudo aquilo que já dizíamos dele. Um EXCELENTE goleiro e que assumirá a camisa 1 por anos e anos, quando o Fábio sair.

  2. Tudo ZEEEROOOOOO. Coluna minha, ZEEROOOOO comentário, post ZEROOOOO, notícias ZEEEEROOOOOO. Um abraço para os quase infartados. Gostei do comentário da “cobra” e do Fabinho.

  3. Rogério disse:

    Realmente tem que destacar bastante a atuação do Rafael, não joga a muito tempo e quando entrou deu conta do recado, já é uma realidade, vai suprir bem eventuais ausencias do Fábio que deverá desfalcar a equipe algumas vezes para servir a seleção.

  4. Sobrinho disse:

    Entrei na comunidade no Orkut e tinham várias tópicos falando do Henrique. Virou o cara mesmo. Parabens para quem apostou nele desde o início.

    • Elias disse:

      Tempos atrás, num dos anexos, era o HenRUIMque. Atravessou uma fase ruim sim, principalmente quando chegou, devido a uma fratura no pé que prejudicava seus movimentos. E mesmo na ruim, com erros de passes e tudo mais, NINGUÉM pode desmerecê-lo pois nunca afinou, sempre jogou com muita vontade e garra. Muito bom jogador!

      • Danilo_VIX disse:

        Sempre apoiei o Henrique. No início que você citou, ele estava claramente se adaptando (ou sentindo o peso da camisa), mas via-se o seu potencial. Depois da Libertadores 2008 ele melhorava a cada jogo. Agora é um monstro da volância. E como já foi falada, não reclama e nunca afina…

    • Chaves disse:

      Obrigado, Sobrinho!

  5. Renato-SP disse:

    O primeiro gol anulado não foi irregular.

    • Elias disse:

      Foi marcado “perigo de gol”. Neste ponto acertou o apitador….rs

    • Rogério disse:

      O jogador do Guarani empurrou a bola para as redes com a mão, deveria ter sido expulso e marcado penalti a favor do Cruzeiro.

      • Danilo_VIX disse:

        Mas a bola entrou!!!

        Na verdade concordo com o juizão. O lance foi passível de interpretação, e ele achou que o cruzeirense (o Henrique ou Wallyson) empurrou o beque, que originou toda aquela lambança.

      • Rogério disse:

        Não existe vantagem em Penalti, mesmo com a bola entrando, o juiz teria que marcar o penalti.

      • Danilo_VIX disse:

        Eu sei!! Mas se foi o atacante azul que cometeu falta no bveque verde, então foi falta de ataque e o lance não valeu. O juiz deve ter interpretado assim…

      • Rogério disse:

        Mas não houve falta do atacante azul, logo o que deveria ser marcada era o penalti e a expulsão do jogador do Bugre.

      • Danilo_VIX disse:

        Fazer o que!!! O juiz viu falta. Também achei o lance limpo, mas vai saber o ângulo que o apitador estava…. Ele marcou!!

      • Walterson disse:

        É claro que existe vantagem em penalty. Penalty é punição e a maior punição ao adversário é o gol. Já imaginou se o juiz não dá a vantagem do gol, o Neimar bate e erra (coisa quase impossível)?

      • Renato-SP disse:

        Entendo isso, mas deu pra perceber claramente que não houve empurrão.

      • Danilo_VIX disse:

        Eu também acho que o gol foi legal, mas o juiz está lá para interpretar os lances e apitar a decisão final…. Foi isso que ele fez.

  6. Obrigado, Alan (não tinha como responder).

  7. Jairzinho disse:

    Depois do advento da camisa Rosa, Expresso da Paixão,” a bola vai bater na nossa bunda e entrar, passaram a mão na nossa bunda”, manteiga e cacete na madrugada, agora é confinamento de 15 dias . Huuuummmmmm. Troca-troca geral.

  8. Jairzinho disse:

    E não seria o presidente o KALILGULA ?????

  9. Amácio Gattuno disse:

    Henrique e TRibeiro, em 2008, eram justificadamente criticados. Dois anos depois, estão sendo aplaudidos. Fato incomum, pois vários jogadores de potencial são descartados injustamente quando a troca de comando técnico é feita com frequência. A permanência do extreinador durante tanto tempo certamente permitiu o amadurecimento dos atletas. Começamos, após tanto tempo, a identificar as reais vantagens em apostar num trabalho a longo prazo.

    • Ernesto Araujo disse:

      Ainda bem que existem espaços virtuais como o PHD onde se pode reconhecer a importância de jogadores como Henrique, TR, Paraná e outros que os cornetas estão sempre fritando em óleo fervendo jogo após jogo. Ninguém aqui os considera craques do futebol mundial de todos os tempos… Mas, dentro de suas limitações, ajudaram muito o Cruzeiro nos ultimos anos.

      • Matheus Reis disse:

        Com exceção do Paraná que é um dos melhores volantes da história do futebol mundial de todos os mundos possíveis. Taí o Serelo que não me deixa mentir sozinho…

      • Elias disse:

        Marquinhos Paraná é um caso à parte. Muita da implicância com relação ao seu bom futebol está diretamente relacionada ao último treinador. Coisa pessoal. Perseguição gratuita. Inclusive contra sua integridade física. Absurdo dos absurdos desejar mal prá quem vc ao menos conhece, que veste a camisa do time que vc de livre e espontânea vontade escolheu como seu. E que, por pior que esteja, sempre procurou fazer o melhor. E com um bom custo/benefício, uma vez que essa é sua primeira vez no estaleiro. Muito ao contrário de certos protegidos, que jogam uma boa partida, fazem fama e ficam 1 mês arrastando o chinelo na Toca II. E esses sempre conseguem bons “adevogados”, protetores, defensores e afins…

      • M. Paraná para mim é modelo de profissional. Foi calificado de protegido do Adilson… Mentira, um cara regular, aplicado, tático, que sempre socorre as carências (protege laterais, protege zagueiros, protege a todos. Parabéns à Diretoria que não o deixou ir embora. Óleo de peroba nos detratores!!!!

      • Amácio Gattuno disse:

        Cuca precisou rever seus conceitos depois de assistir “inloco” as atuações do Paraná. E, realmente, parabéns ao clube por resistir às investidadas do São Paulo e Fluminense no jogador.

      • Rogério disse:

        A implicancia com o Paraná já começou logo depois da sua apresentação, quando acabou passando mal, depois no primeiro jogo os cornetas ficaram revoltados dele ter entrado de lateral direito e o mestre dos mestres dos laterais, Apodi, ficou de fora, vaiaram o Paraná com 15 minutos e mesmo assim ele deu a volta por cima e hoje é um exemplo de profissional, tomara que fique no Cruzeiro até o final da carreira.

      • Amácio Gattuno disse:

        Fábio e Jonathan também não tiveram vida fácil.

      • Dylan disse:

        igual a Marquinhos Paraná eu só vi um..Beckembauer. E olhe lá. Nem Falcão. As comparações com Zé Carlos também não procedem. Marquinhos Paraná, o mestre, joga muito mais.

      • Sobrinho disse:

        Todo piadista o Dy.

      • Jorge Santana disse:

        se o marquinhos paraná fosse louro de olhos azuis, vc o deixaria em paz. deve ter sido pela cor da pele que vc nunca pensou no andrade pra treinador do cruzeiro. foi logo adotando outro técnico de olhos azuis para comandar o time. é a velha implicância dos ongueiros branquelos com os negros. agora, entendo seu desprezo pelo operário negro morto nos porões da ditadura fascista de cuba.

      • Sobrinho disse:

        hehehe

      • Arísio disse:

        Isso pra mim é um caso típico de rejeição ao ídolo alheio…

      • Matheus Reis disse:

        Você se confundiu, Dylan. O Beckenbauer do elenco é o Fabinho.

        Já o Paraná é uma espécie de Pelé da volância.

  10. OT
    Últimas horas para dar seu palpites e participar do Bolão Cruzeiro.Org

    http://groups.google.com.br/group/bolaocruzeiroorg

  11. Chaves disse:

    Esses dias disseram que, quando um jogador contratado joga bem, queima muitas línguas. Quando joga mal, grande parte da torcida já sabia e já tinha avisado. Enfim, jogador que é contratado não costuma ter moleza. A grande maioria é criticada antes de entrar em campo. Seja Henrique, Ribeiro, Fabrício, Montillo, Rômulo, Roger, PEdro ken, etc… Então é natural que, se jogar bem, estará queimando línguas e mais línguas. Se jogar mal, seremos profetas. E, de fato, nos últimos 3 a 4 anos, mesmo com algumas profecias (Ken, Kieza e cia), o Cruzeiro tem se especializado também em oferecer variedades no cardápio de línguas. Ramires e Roni puxaram a fila.

    • Chaves disse:

      Isso acontece porque os anos de 2006 e 2007 traumatizou o torcedor. Cruzeiro anunciou, em um ano: Gil, Araujo, Elber, Geovanni, Ricardinho, Gabriel e a torcida, na sua maioria, comemorou as contratações. Mas, dentro de campo, a coisa não vingou. De lá pra cá, a coisa mudou. Saimos do 8 para o 80. Se amanhã o Cruzeiro contratar o Kaká, vão dizer que é uma contratação ruim, pois o jogador se recupera de contusão e fez uma temporada ruim no Real.

      • Alan Mendonca disse:

        Chaves, nao fale em contratacao do Kaka nem de brincadeira, senao o Kaiu pensa que e verdade e vai la fazer proposta pro cara!!

      • Sobrinho disse:

        Lembro perfeitamente em 2007 todo mundo elogiando as contratações, terminamos com um 4×0 nas costas.

      • Chaves disse:

        E depois ninguém admitia que gostou da montagem do time. Foi aí que começaram a pesquisar posts antigos…

      • Rogério disse:

        Não deram certo, mas as contratações foram de bons jogadores, assim como foi em 2001 quando vieram Edmundo, Rincon e Alex.

  12. Amácio Gattuno disse:

    Em Portugal, “El Perro” Perdiger passou de promessa esfusiante a preocupante decepção. Também não conseguiu se firmar em seu retorno a Argentina. Vem treinando e, ao que tudo indica, será relacionado para a próxima partida. E realmente acho que merece algumas chances. Afinal, alguns de seus colegas de posição não estão retribuindo em campo a confiança do treinador.

    • Bruno Pontes disse:

      ??? Quem que não está retribuindo a confiança do treinador??

      • Amácio Gattuno disse:

        Fabinho, principalmente, e Everton, um pouco menos.

      • Bruno Pontes disse:

        Acho que têm se saído bons reservas. O Fabinho vacilou no último jogo, é verdade. Mas, de qualquer forma, são reservas né? Achei que você estivesse falando dos titulares, por isso o susto… Mas acho que o argentino vai ter chance sim.

  13. Walterson disse:

    Tem de considerar que o Rafael não deu bicão porque tambem não recuaram a bola para ele. Quer dizer que o Fabio não sabe sair jogando?

    • Rogério disse:

      O Fábio está com aquela mania de driblar antes de sair jogando, isso dá um frio na barriga de todo tamanho.

      • Renato-SP disse:

        Também acho, mas ele tem a manha pacarai. E quando aperta muito ele põe pra lateral e pronto. A gente tem um goleiraço!

      • Rogério disse:

        Claro que temos, e pesa a favor dele que ele nunca tomou um gol por driblar atacantes, mas que eu levou um susto toda vez, isso levo.

      • Renato-SP disse:

        To ligado, esses lances também me assustam.

      • mariana disse:

        Tb fico com frio na barriga quando ele faz isso. Mas é bem bacana quando ele dribla e sai jogando isso é. Fábio é f*da!

      • Walterson disse:

        Isto acontece porque ele recebe a bola quadrada e na fogueira. Ou ele dá um drible seco ou chuta de qualquer jeito. O problema é quando o cara já conhece, como o Kleber, por exemplo, que quase tomou dele.

  14. Binho disse:

    E não é que teve neguim no blog dizendo que Montillo só fez um gol contra o fla e por isso estava sendo contratado.

    • Rogério disse:

      Sempre fui a favor da contratação dele, inclusive preferia ele ao Riquelme e escrevi isto aqui, se o Riquelme tivesse vindo, provavelmente ainda não teria nem jogado.

  15. Amácio Gattuno disse:

    Um empate no sábado já seria um bom resultado.

    • silverio candido disse:

      Pelos jogos que os adversários farão, o melhor mesmo é a vitória.

      • silverio candido disse:

        Para não distanciarmos dos lideres. Uma vitória amanhão e 4a feira estaremos brigando pela liderança.

      • Rogério disse:

        Já estamos brigando pela liderança, se ganharmos e Flu e Corinthians empatarem já seremos lideres, como estarei no Engenhão, as chances de ganharmos aumentam consideravelmente.

      • Matheus Reis disse:

        Lembrarei disso amanhã, hem Rogério. Se o resultado não vier, já tenho a quem culpar… hehehe

      • Rogério disse:

        Pode culpar o Xina, que também estará lá. rs. rs. rs.

      • Elias disse:

        Dois bodões respiratórios…rs

      • Amácio Gattuno disse:

        O time deles vem reforçado e está invicto como mandante. Eles não se abateram com a última derrota e estão encarando a partida como uma verdadeira descisão. Mas concordo que uma vitória seria fodástica.

  16. mariana disse:

    Pra mim Rômulo foi o melhor em campo, mas Henrique tb jogou mto bem!

  17. Mario Lucio Vaz disse:

    O Jorge Schulman, perguntou pelo Prediger olhando a lista dos jogadores do cruzeiro na CBF não encontrei o nome dele, será que não conseguiram registrar ele há tempo? ou confundir com aquela lista de 212 atletas?

  18. Mauro França disse:

    Thiago Ribeiro foi o melhor, seguido por Henrique e Rafael.

  19. Naldo disse:

    O time Celeste jogou muito bem o primeiro tempo. Bem armado e com reservas a altura dos desfalques, o Cruzeiro envolveu o Guarani, mandou no jogo, fez valer a sua maior categoria e mando e campo e fez 2 x 0 ainda no primeiro tempo com caixa pra mais. No segundo tempo o time voltou no mesmo rítimo, perdeu vários gols, teve dois gols mal anulados pelo juizão que parecia estar com a conciência pesada pela expulsão do Mazolla. O Cuca pensando que o jogo já tava decidido, tirou o Henrique e o Fabrício e fez entrar Fabinho e Farias. A marcação afrouxou, o Guarani tomou conta do meio campo e chegou ao empate. Felizmente o Fabinho fez o terceiro rapidamente, o time acordou e começou a espanar a bola para todos lados. O Farias fez o quarto e fechou a fatura.

  20. Naldo disse:

    O Cuca tirou o Henrique e o Fabrício ja visando o jogo contra o Botafogo. Fez certo. O que ocorreu não se justifica. O Guarani tinha um jogador a menos e era doninado. Aquele momento de lapso poderia ter sido evitado se os jogadores tivessem continuado compenetrados no jogo. Não podem desligar. Fabinho toda vez que entra justifica o porquê de ser banco. Apesar de ter um bom futebol, não tem a mesma gana e seriedade de um MP, Fabrício e um Gil por exemplo. Um meio de campo com Fabinho, Everton e Montillo tem boa qualidade ténica mas nem uma pegada. O Elicarlos e o Uchoa marcariam mais e seriam mais apropriados. O MP faz muita falta ao time até no banco.