Estático ou dinâmico?

Por SÍNDICO | Em 15 de agosto de 2010

Comentário do João Chiabi Duarte, que vale a pena ser discutido:

Futebol não é uma coisa estática. Se assim fosse, estariam mortas todas as variações táticas.

Como o barato deste esporte reside nas variações, no seu dinamismo, no movimento constante dos atletas, a modernidade e o preparo físico muitas vezes melhorado fizeram com que o futebol passasse a se aproximar do basquete no que se refere a ocupação de espaços.

  • Qual o motivo de se implicar com volantes?
  • Ramires é volante ou meia?
  • Hernanes é volante ou meia?
  • Charles é volante ou meia?
  • Elias é volante ou meia ?

O que importa é a função que o jogador desempenha em campo e a sua capacidade de fazê-la.

Aí entram os comentaristas do quadradinho que rotulam os jogadores e esquema. Bobagem…

33 comentários para “Estático ou dinâmico?”

  1. Jorge Santana disse:

    Ouvi, numa festa, que as táticas do futebol foram inventadas pelos europeus pra complicar os brasileiros. Segundo o comentarista, nossos jogadores são intuituivos e, quando submetidos a táticas e estratégias, perdem qualidade. Pelo visto, nossos comentaristas tb foram apanhados na armadilha dos europeus. Só rindo.

  2. Matheus Reis disse:

    Há comentaristas e comentaristas. Tem gente que consegue enxergar que 4 “volantes” não significam retranca, assim como 3 atacantes não significam ousadia. O que importa é a qualidade dos jogadores. Se você tem 4 volantes como Hernanes, Ramires, Arouca e Elias; é melhor colocar os quatro do que abrir mão de um deles para colocar um “meia de ofício” como o Camilo, por exemplo. O modo como o torcedor vê o jogo vai da boa vontade de quem lhe conta a partida e da capacidade do próprio torcedor em ver o jogo com seus próprios olhos.

    • Jorge Santana disse:

      Há muita malandragem tb. No caso do Adílson, a burrice foi mesclada com malandragem. Queriam derrubar o treinador e inventaram que jogar com três volantes é jogar retrancado. Mesmo vendo o time atacar com até 8 jogadores… Pura malandragem, pois o mesmo conceito não aplicaram a outros treinadores. E nem precisou de muito mais pra fazer a cabeça do torcedor. Se os seca-pimenteiras e hienas tivessem dito que o Cruzeiro estava jogando com dois goleiros, boa parte dos manés acreditaria.

      • Walterson disse:

        O interessante é que o ultra ofensivo Santos jogou contra o Cruzeiro com 11 no gol e ninguem disse que o DJ é retranqueiro.

      • walfrido disse:

        Exatamente. Chego a afirmar que é mais malandragem/má vontade do que falta de capacidade de compreensão da coisa. Mas ver a imprensinha mixuruca fazer isso não irrita tanto quanto ver os teleguiados seguindo e repetindo qualquer devaneio desses sem nem pensar.

      • Alex Martins AMC disse:

        Vou esta com o coração muito amargurado Walfrido, não fique assim, o Luxa é o melhor do mundo.

      • simone b de castro disse:

        É mesmo, Walfrido. Isso irrita muito mais!

  3. Walterson disse:

    Acho que isto sinaliza que os volantes que atacam estão em alta, ou seja, o volantão clássico, aquele que só destrói, ficará restrito aos times pequenos. Mas não acho que o Ramires e o Hernandes sejam volantes nem o meia que cria as jogadas para os atacantes, antes um híbrido meia defensivo.

  4. Gustavo Rocha disse:

    Acho que, de forma geral, começou dinâmico e tranformou-se em estático. Sem tática, mas com técnica e habilidade, o futebol era vistoso, a qualidade imperava em detrimento a qualquer outro fator. Hoje, a técnica é tática, o preparo físico é indispensável, diferente do talento que só tem preço, é mercadoria. O detalhe do futebol não é mais o futebol e sim seus contextos. É chato, previsível e capitalista. Não fosse o que restou do sentimento pelo clube, não teríamos o que discutir.

  5. Alex Martins AMC disse:

    Maior prova foi aquela goleada em cima do Tupi com direito a gol do PArana

    • simone b de castro disse:

      E o fato de o Cruzeiro estar sempre entre os melhores ataques do país? Prova maior não há! O que há é má vontade, dois pesos e duas medidas, e por parte de certos torcedores, mau-caratismo.

  6. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Cacilda, não dá pra parar de falar em Adílson, não? Haja saco…

  7. Carlos Campos disse:

    Salve Adilson Batista ! Zagueiro e treinador do Cruzeiro Esporte Clube ! Ídolo eterno ! Primeiro profissional pago pelo Clube que enfrentou a famigerada imprensa de Minas Gerais. Recordista absoluto de vitórias de goleadas nos clássicos ! Profissional que enfrentou com força a maior campanha já promovida pela imprensa de BH contra um profissional ! Campanha tão bem arquitetada que conseguiu atingir inclusive pessoas que frequentam as arquibancadas azuis ! SALVE ADILSON BATISTA ETERNAMENTE !

  8. OT – Globo Minas vai transmitir que partida ?

  9. Mauro França disse:

    A atual campeã mundial pratica um futebol dinâmico. Uns acham prevísivel…

  10. matheus t penido disse:

    O que o Chiabi escreveu é a mais pura verdade mas não adianta ficar insistindo nisso quando a maior parte da mídia pensa e/ou divulga o contrário. E vamo combinar tb que é mto mais fácil conhecer o beabá das posições que entender o que acontece de verdade numa partida de futebol.

  11. matheus t penido disse:

    Há algum tempo eu escrevi um post aqui no blog abordando esse tema com base num jogo do Cruzeiro, um comentarista não entendeu ( por que será ? ) me ironizou e ainda me rotulou de arrogante e presunçoso. Felizmente a maioria entendeu e mesmo quem não concordou, viu o que eu quis dizer.

  12. Jorge Santana disse:

    bom era quando os pontas ficavam paradões, de braços cruzados, à espera de um lançamento pra correrem e cruzarem. isto não confundia a cabeça de bagre de ninguém. agora, essa mania de volantes e meias mudarem de posição a toda hora deve obnubilar as mentes boleiras.

  13. Os comentaristas antes da Copa sacaram de seus alfarrapos um tal de “esquema das casinhas” do Dunga.
    Dizia-se que o time do Dunga tinha as “casinhas”. Isto é, ele tirava um jogador e preenchia a mesa casinha com um jogador igual.
    Eu vi na Copa, só para exemplificar, o lateral Daniel Alves pelo meio, Ramirez chegando no ataque, Kaká de terceiro atacante… e a turma insitia nessas tais “casinhas”.
    Comentaristas de totó.

  14. trovão_azul disse:

    João, só posso falar sobre meu dileto irmão. O Elias é PONTA DIREITA…rsrs