Estaremos no Clube dos Seis?

Por SÍNDICO | Em 10 de janeiro de 2011

Jorge,

Encaminho, abaixo, matéria que saiu no Valor Econômico sobre o SC Internacional.   Destaco a profissionalização do clube, o pensamento de longo prazo, o tão famoso programa de sócio-torcedor, e a previsão, de que só haverá só 5 ou 6 clubes grandes no Brasil.

O Cruzeiro será um deles?

Leio sempre seu blog e você insiste que a torcida tem que comprar o Cruzeiro.

Concordo, mas e o Perrella?

O Cruzeiro, sob a atual administração, não dá sinais de querer se modernizar.

Ao invés de trazer profissionais, pratica nepotismo. Ao invés de estabelecer práticas de Governança e incentivar a participação política-financeira dos torcedores na vida do Clube, se fecha e lança falsos programas de Sócio Torcedor.

Não custa destacar, no programa  do Inter, sócio tem direito a voto. Ninguém dá dinheiro de graça se não confiar e poder fiscalizar, participar.

Tentativas de arrecadar fundos sem dar algo em troca mostram-se fracassadas. Lembre-se do fracasso da campanha de doação através da conta de luz para o Atlético-MG.

Estamos perdendo capacidade financeira para montar times competitivos e nossa distância para o rival citadino está diminuindo. Não afirmo isto só por causa das últimas contratações -acho estranho como estão arrumando tanto dinheiro-, mas por causa da infra-estrutura e até do básico que é não atrasar salários.

E agora? Devemos manter o atual modelo ou nos espelharmos no do Inter, duas vezes cãmpeão da Libertadores e uma vez campeao mundial em menos de uma década, mesmo estando0 fora do Eixo Rio-SP e num Estado com economia menor que a de Minas Gerais?

Se não quisermos nos espelhar no Inter, então que arranjemos um patrocinador forte que mande no futebol, como a Unimed no Fluminense. que importa é garantir a sobrevivência no longo prazo mas sempre disputando títulos.

A Unimed um dia vai sair, mas pelo menos nesse momento o Flu está bem e os torcedores felizes. Quando ela sair, o Flu não ficará menor, mas sim voltar a seu tamanho normal.

Até lá. contudo, ganhará títulos,e aumentará sua torcida e valorizará mais a marca Fluminense. Vejo que nem esse caminho é tentando pelo Cruzeiro. Seria receio de dividir o  ou apenas falta de visao?

Um abraço

Diogo Lara

*****

Internacional contrata ex-secretário da Fazenda para equilibrar finanças

Sérgio Bueno | De Porto , em 06jan11 / Jefferson Bernardes/Valor

Aod Cunha de Moraeso Júnior é o novo gestor time gaúcho: dedicação exclusiva

A primeira grande contratação de Giovanni Luigi, novo presidente do Internacional, não foi um craque da bola, mas um economista para arrumar as finanças do clube. Aod Cunha de Moraes Júnior, ex-secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, assumiu ontem como vice-presidente executivo, com dedicação exclusiva, para implantar um sistema de gestão profissional, com planejamento orçamentário e metas.

Bicampeão da Libertadores da América em 2010, o Internacional fechou o exercício com receita total de R$190 milhões, ante R$176,2 milhões em 2009, quando ficou em segundo lugar entre os times de maior faturamento no país, atrás do Corinthians, conforme a auditoria Casual/Parker Randall. O balanço de 2010 ainda não saiu, mas o resultado segue negativo. O déficit em 2009 foi de R$8,9 milhões.

Aod, que comandará as áreas de administração, finanças, marketing e patrimônio, vai buscar o equilíbrio do orçamento em dois anos. Com apoio do Instituto Nacional de Desenvolvimento Gerencial (INDG), quer reverter o caixa “fragilizado”. “Trabalhamos sempre com uma espada sobre a cabeça”, afirma Luigi.

Por trás da reestruturação, que inclui o enxugamento do número de vice-presidências de 12 para seis e a criação de um conselho de gestão, está a visão de que a profissionalização do futebol brasileiro é inevitável, como na Europa.

“O Brasil tem espaço para cinco ou seis grandes clubes em termos de receitas e queremos estar entre eles”,

diz Aod, torcedor do time. Para assumir o cargo, rejeitou propostas de grandes empresas e do empresário Jorge Gerdau Johannpeter para atuar no núcleo de gestão do governo Dilma Rousseff.

125 comentários para “Estaremos no Clube dos Seis?”

  1. Geraldo Sergio disse:

    Agora Dâmocles colocou a espada na sua cabeça, Jorge ….

    Continua defendendo que o torcedor tem que comprar o clube a fundo perdido ????

  2. Eugenio Raggi disse:

    É evidente que da forma como nosso timoneiro vem tocando o barco a gente não vai estar nem num Clube de 12.

    Queimado no mercado de negócios do futebol (é o esperto sendo sugado pela própria esperteza) fica difícil “ajeitar” parcerias nessa gestão. Depois de tantas “espertezas” ninguém parece querer arriscar um “trato” com um dirigente tão, digamos, travesso, quando o assunto é “levar vantagem”.

    No mais, a impostura do “Quarteto de Fantoches” (Dimas, Guilherme, Gustavo e Valdir) é uma piada de péssimo gosto. É o núcleo de futebol mais patético do planeta.

    Nunca – nesses 90 anos de história – o clube esteve entregue a gente tão amadora.

    Resta confiar no limitadíssimo mas bem intencionado Cuca – até quando a ética dele deixá-lo aceitar as pe rreladas.

  3. silverio candido disse:

    Alguém já parou pra pensar o tamanho do patrimônio do Cruzeiro?

    O Cruzeiro não vai acabar nunca!

    Depois que as frangas começaram a atacar no varejo, com seguidas contratações “tuitadas e rosas”, muitos torcedores dispararam torpedos contra a atual diretoria, dizendo inclusive,que o Clube está quebrado, falido, etc.

    O Cruzeiro praticamente MANTEVE TODO O SEU ELENCO, o que vem fazendo há quase 3 anos, e isto é pra poucos clubes.

    Jonathans deu seguidas declarações que queria sair se achando GRANDE e podem anotar, será extremamente VAIADO e desprezado pelos torcedores do Santos.

    Confio na aposta do clube, NALDO, para a zaga e na decisão de não entrar no leilão do zagueiro Leonardo Silva, que não ganhou NADA no Cruzeiro (não contabilizo rurais) e muito menos do lado de lá ganhará.

    • silverio candido disse:

      Além do mais, contratamos um dos melhores jogadores do campeonato brasileiro (MONTILLO) e dispensamos jogadores caros e improdutivos (CAÇAPA, FABINHO, ELI CARLOS, etc).

      Aposto e acredito no estilo DIMAS FONSECA, com a integração de novos jogadores no elenco (UCHOA, THIAGUINHO, DUDU e outros).

      Da mesma forma, acredito que em poucos dias CONTRATAREMOS UM CAMISA 9 de qualidade, mas sem a afobação de dar satisfação para a imprensa (Isso é coisa de time pequeno).

      Aos incrédulos, peço que não façam previsões antecipadas porque o Cruzeiro continua sendo o maior time de MINAS, continua com a maior torcida, o maior patrimônio, o único que conquistou COPAS do BRASIL, dois BRASILEIROS, duas SUPERCOPAS e duas LIBERTADORES. Essa é a diferença e TWITER NENHUM apagará a verdade.

      É hora de APOSTAR!

      • Beth Makennel disse:

        Pôxa Silverio, adorei suas palavras e se me permite faço de suas palavras as minhas. Também não estou mais aguentando a mídia cor de rosa atentando nosso Cruzeiro, Zezé e nossos ingênuos torcedores. Calma, vamos esperar e da mesma forma do ano passado, o Cruzeiro vai calar toda esta palhaçada e os ” faladores “.

  4. claudio(xina)lemos disse:

    Cruzeiro 1×0 no União de Araras. Golaço do Lucas Silva um excelente volante que faz muito bem o terceiro zagueiro. Em cobrança de falta do Gabriel Silva.
    No 2×0 golaço do Alisson. Parabéns Cruzeiro. Vamos ler o post.

  5. claudio(xina)lemos disse:

    Alguns pontos ficaram obscuros para mim diogo, Você não esta querendo comparar as tentativas das frangas com o nosso sócio futebol não né?
    O sócio futebol não e um programa de sócio torcerdor mas um programa para fidelidade dos torcedores e facilidades na compra de ingresso por isto não temos direito a voto, porque o verdadeiro sócio futebol tem direito a voto. Se estiver enganado me desculpem.
    Não acho que temos que nos espelhar em ninguém temos que criar o nosso de acordo com as especificações do Cruzeiro e do Torcedor Mineiro.

    • silverio candido disse:

      Acredito que se não fosse o fechamento do Mineirão, o nosso programa de Sócio estava indo bem…

    • claudio(xina)lemos disse:

      Dois pontos são importantes para uma verdadeira interação da torcida com o Clube a transparência das ações da diretoria e uma participação mais conciente da torcida ciente de que sua colaboração é importante para o time se firmar e não ficar esperando por prêmios em troca de seus pagamentos mensais, o que sempre é pedido por aqui.

      • claudio(xina)lemos disse:

        E, temos que ter em mente que todos estes programas estão sujeitos aos humores dos torcedores segundo li depois do papelão do inter no mundial por volta de 40% torcedores estarão inadimplentes neste mês. (torcedores do inter).

      • marcel disse:

        A visão míope e a capacidade idiota de rotula os outros não cessa de nos surpreender.
        Eu sou um dos que peço “prêmios” para colaborar mensalmente. Agora, um dos prêmios que peço, é desconto significativo nos produtos da loja do Cruzeiro. Ora, se o tivesse, já teria comprado e presenteado os meus sobrinhos, 3 dos quais viraram cruzeirenses roxo por minha causa, com presentes.
        Ou seja, um ciclo virtuoso.
        É essa mesma falta de visão sistêmica de alguns torcedores que se perpetua na diretoria do Cruzeiro…

  6. O Flu ganhou 2 títulos Brasileiros, 28 estaduais e outra penca de títulos sem a Unimed. Com a Unimed patrocinando, 1 Brasileiro, 1 Copa do Brasil, 2 Estaduais e a maior dívida dentre os clubes brasileiros (sem nem de longe ter o maior patrimônio). O Flu não ficou maior com a Unimed.
    Mas pode ficar sim menor sem ela (não por culpa dela que faz sua parte como patrocinadora).

    • Diogo Lara disse:

      concordo. É isso que eu quis dizer, sem Unimed o Fluminense estaria pior do que está hoje. O presidente do Fluminense deu uma entrevista no programa do Juca Kfouri na ESPN em que falou isso bem claramente. A Unimed paga diretamente aos jogadores, pq se o dinheiro passar pela conta do clube, ele é penhorado. Cabe resssaltar também que a Unimed não está há 100 anos no Flu. Logo, a alternativa, buscar um patrocinador/parceiro/gestor do futebol, embora não seja a minha preferida, poderia ser um caminho para o Cruzeiro. Mas clao, se os Perrella toparem dividir o osso.

      • Sobrinho disse:

        Aguarde sentado os Perrelas largarem o ossom por livre espontânea vontade, por que vai demorar viu.

      • Diogo Lara disse:

        O futebol passa por ciclos. Na década de 90, o Cruzeiro era um dos mais avançados em termos de gestão. Era um dos poucos que pagavam em dia, estava sempre a frente em termos de infraestrutura de treinamento. Junto com o Corinthians conseguiu aatrair um parceiro internacional (HMTF). Nesse período, o Inter estava bem atrás, não ganhou nada e quase caiu para Série B. Mas aí entrou o Fernando Carvalho e a turma dele e fizeram essa modernização lá e hoje conseguem ter mais bala na agulha e resultados do que o Cruzeiro. Ou seja, as instiuições não podem se acomodar, tem que correr sempre atrás de melhorar suas capacidades, financeira, estrutura, gestão.

      • Sobrinho disse:

        As instituições, você falou bem. O Cruzeiro não é propriedade dos Perrelas, é de seus associados. Só que em um universo de 8 milhões de torcedores, 7 mil são associados, uns 4 mil são adimplentes e tem direito a voto e desses, nem 2 mil exercem esse direito nas eleições. Enquanto a situação for essa, os Perrelas continuarão mandando e desmandando. E os conselheiros continuarão aprovando por aclamação prejuízo de 20 milhões no exercício.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Diogo o Cruzeiro não tinha nada de avançado na década de 90 em termos administrativos não era um feijão com arroz mesmo com seriedade e venda de jogadores, só que a venda de jogadores esta cada vez mais dificil no entanto o inter conseguiu vender duas revelações já este ano como o Sandro, Walter e Tyson então, aumentou e muito a sua arrecadação, o inter vende muitos jogadores, talvez seja o time que mais vende hoje no futebol brasileiro.
        O Cruzeiro talvez seja um dos poucos times brasileiros que aumentou o seu patrimônio nos anos 2000.

      • claudio(xina)lemos disse:

        O Cruzeiro com os Perrela construiu a toca II e a sede Administrativa do Barro Preto. Temos dois centros de Treinamento muito bons, dois clubes reacreativos e a sede adminstrativa.
        Outra coisa, discordo totalmente desta previsão de apenas 6 clubes no Brasil. O Brasil é um pais continental e com tendência de crescimento da economia principalmente com o petroleo do pré-sal. Porque os times grandes se restringiriam a 6? Não dá para concordar com isto.

      • kmp disse:

        Totalmente de acordo, não pode é parar no tempo e ver quem estava quase falindo, começar a cantar de galo, rsrrs.

  7. Diogo Lara disse:

    Acho que temos que sim criar alternativas próprias mas devemos aproveitar experiências boas (copiar) e ruins (afastar). O fato é que a experiência do Inter é muito melhor que a do Cruzeiro. No auge do programa Sócio Torcedor, o Inter conseguiu cerca de cem mil associados. No auge, o programa do Cruzeiro teve cerca de quinze mil associados. Acho que o torcedor só vai participar se tiver confiança na gestão do clube e tiver benefícios – diferenciação – em relação ao torcedor comum, como voto e descontos nos ingressos. O Cruzeiro não é religião, pelos menos para imensa maioria de eus torcedores. Não esperemos que haja muitos dispostos a fazer doações mensais, regulares e em valores razoáveis. Nenhum clube do mundo funciona assim.

    • Edu Mano disse:

      O Problema é que o “Sócio Torcedor” do Cruzeiro não passa de um carnê para jogos. Nasceu com o único objetivo de garantir lugar no estádio, ou seja… fadado ao fracasso. 1º pq quem mora fora de BH não teria mtos motivos para aderir. 2º pq sabiam que o mineirão ia fechar e nada fizeram.

      A vantagem tem q ser “Sou torcedor do Cruzeiro”. Garanto que muitos torcedores celestes pagariam o Socio do Futebol se soubessem que ganhariam ingressos para ver os jogos do time aqui em SP. Para isso, basta o Cruzeiro COMPRAR os ingressos a que tem direito e distribuir para os torcedores, ou fazer um guichê de troca pelos ingressos. Em troca de 3 jogos, o torcedor pagaria 12 MENSALIDADES para o clube. Vale a pena não?

      Idéias não faltam…

      • Sobrinho disse:

        Faltam pessoas para colocar em prática…

      • claudio(xina)lemos disse:

        Edu mano esta sua proposta é totalmente fora de proposito.

      • claudio(xina)lemos disse:

        O socio futebol é sim um programa de carne de ingressos e, é muito vantajoso para os torcedores o ingresso é muito mais barato e vale a pena. Nenhum programa deste no mundo inteiro compra ingresso quando é visitante para ceder a seus torcedores. Primeiro este número de ingressos é limitado não há como fazer o que vc esta propondo.

      • Edu Mano disse:

        Desculpe Xina, mas fora de propósito é não ver que é possível. E JÁ acontece na prática. Ou você acha que o Inter tem 100 mil lugares para colocar gente no Beira Rio? Se não tem, como conseguiu 100 mil sócios?…

        O que proponho não só é possível como – fe fato – é MUITO melhor que a fórmula atual.

        1º. Se o Cruzeiro tem só 20 mil lugares garantidos, que venda a categoria “OURO” ou qq outro nome do sócio do futebol como a única que garantiria ingresso garantido. Só 20 mil poderiam ser da categoria ouro.

        2º. As categorias PRATA e BRONZE não garantem ingressos, mas dão prioridade (venda antecipada) para quem tiver o cartão. Com isso se extignuiria o NULO Papa-Filas. A isso, somaria-se diversas outras vantagens.
        (cont)

      • Edu Mano disse:

        3º. A proposta de sócio de fora do estado receber a vantagem do ingresso não só é possível como já tem time gde de SP estudando como realizar na prática.

        4º. O Sócio do Futebol é mesmo um carne de ingressos vantajoso. Mas os 8 milhões de torcedores não estão em BH, não é mesmo. Então será que ele é vantajoso para todos??? Se não é, ele É FALHO e isso é fato.

        O que não quer dizer que não seja BOM. Tanto que a categoria mais cara manteria esta vantagem.

        Outro fato é que NADA justifica que um clube com supostos 8 MI de torcadores tenha somente 3 mil associados. NADA.

  8. Sobrinho disse:

    O Inter tinha que reformular é o departamento de futebol deles, um time que arrecada 190 milhões ainda tem prejuízo e perde para Mazembe da vida.

    • Diogo Lara disse:

      è verdade…Mas ganharam a Libertadores, duas em menos de 5 anos, e um Mundial. Isso também entra para história. Desde 2003, não ganhamos nada. Fizemos sim, grandes campanhas. Faltou pouco em alguns casos. Mas no saldo, o fato é que o Inter foi muito melhor, pq ganhou.

      • Sobrinho disse:

        Indiscutível que eles foram melhores. Agora falar que o Inter de 2010 foi MUITO melhor que o Cruzeiro de 2009, porque ganhou eu não concordo não. O fato é que a diretoria de futebol do Cruzeiro, com muito menos dinheiro, tem feito campanhas similares às campanhas do Inter.

      • Dylan disse:

        similarissimas…ganhar duas libertadores e um mundial é igual a ser bicampeão mineiro.

  9. Edu Mano disse:

    1. O ponto sobre a profissionalização do clube é o principal. A frente de cada área deve estar alguém super preparado para o cargo. (Não como foi feito, colocando o Gustavo Perrella como vice de futebol, por motivos aparentemente eleitoreiros).

    2. O Programa de sócio de futebol tem que ter foco em TODOS os torcedores. Pode até ter uma categoria que garanta acesso ao estádio para 20 mil sortudos, mas o programa em sí tem q ter vantagens para os 8 milhões. Se você for com uma rede com capacidade para 10 mil peixes, teria que ter 100% de aproveitamento para ter 20 mil fisgados.

    3. Cadê as confrarias Celestes. Lí relatos de locais que foram inaugurados e esquecidos. O Clube visita, envia brindes, faz sorteios? (Não sei pois aqui em SP o clube não trabalha em nada).

    • Edu Mano disse:

      (*) capacidade para 20 mil peixes…

      4. Cadê os produtos do Cruzeiro nas lojas? NENHUMA loja de Shopping coloca produtos do Cruzeiro nas vitrines ou os possui em estoque. Procurei em 6 lojas em diferentes shoppings uma camisa para dar de presente. Achei do Inter-RS, mas não achei do Cruzeiro. Mesmo nas lojas da Reebok, só tem Inter-RS e não tem Cruzeiro. O Clube deveria EXIGIR (Isso mesmo OBRIGAR) do patrocinador que cada loja tenha pelo menos UMA camisa do Cruzeiro.

      5. O Cruzeiro se orgulha de ter aumentado em 20 ou 30% a sua receita com licenciamento. Isso significa qto em $$$???

      Para resumir, a solução está mesmo na modernização do clube e – Deus nos ajude – uma mudança no comando seria bom para o Clube. Mas quem poderia comandar o barco?

      • Edu Mano disse:

        (A referência as lojas nos Shoppings foi feita a respeito das lojas de SP, onde vivo).

      • Diogo Lara disse:

        Concordo. A colocação do Gustavo Perrella mostra a pouca disposição em tratar o Cruzeiro como uma instituição pública (de oito milhões) e não como uma clube familiar.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Olha o Cruzeiro não é uma instituição Pública de 8 milhões. O Cruzeiro é como todos os clubes são uma intituiçao privada de propriedade de seus sócios. E, são os sócios que elegem os mandatários do Cruzeiro.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Edu engraçado estive no Shopping Ibirapuera e numa loja esta a camisa do Cruzeiro, só não lembro o nome da loja, em natal também.

      • Walterson disse:

        Em Recife não se acha mais nem na Centauro. Tinha uma loja no shopping que a colocou na vitrine por uns 2 meses mas agora não se acha nem ponta de estoque. Espero que tenha vendido bem.

      • Edu Mano disse:

        Putz. Eu fui no Shop Ibirapuera na Centauro e na Bayard. Em nenhuma tinha a camisa (fui na primeira semana de dezembro). Encontrei UMA loja na 25 de março que só tinha a camisa tamanho “G”. 🙁

  10. Eugenio Raggi disse:

    É evidente que da forma como nosso timoneiro vem tocando o barco a gente não vai estar nem num Clube de 12.

    Queimad o no mercado de negócios do futebol (é o es perto sendo sugado pela própria esp erteza) fica difícil “ajeitar” parcerias nessa gestão. Depois de tantas “esp ertezas” ninguém parece querer arriscar um “trato” com um dirigente tão, digamos, tra vesso, quando o assunto é “levar va ntagem”.

    No mais, a impostura do “Quarteto de Fan toches” (Dimas, Guilherme, Gustavo e Valdir) é uma pia da de pés simo gosto. É o núcleo de futebol mais pat ético do planeta.

    Nunca – nesses 90 anos de história – o clube esteve entregue a gente tão ama dora.

    Resta confiar no limitad íssimo mas bem intencionado Cuca – até quando a ética dele deixá-lo aceitar as pe rreladas.

  11. Discordo totalmente do modelo “Unimed” e dependente de uma única fonte de renda, isso é dar um tiro no pé.

    • Edu Mano disse:

      Mas se o Flu for esperto, aproveita a fase da Unimed para se organizar e fidelizar seus torcedores.

      O Flu sem a Unimed não sairia do lugar. Mas a tem. Agora é aproveitar a boa safra de ídolos e títulos para crescer a torcida e se estruturar para continuar forte qdo a Unimed sair. De um jeito ou de outro, oq ue não pode faltar é o danado do profissionalismo.

    • Diogo Lara disse:

      Mauricio, também prefiro o modelo do Inter do que do Fluminense…Só acho que o modelo do Flu não é tão ruim qto parece e seria uma opção sim..Uma opção claro que não nos garantiria vantagem competitiva no longo prazo mas possibilitaria alguns anos de maiores alegrias…

  12. Concordo em Transparência, profissionalismo, gestão, resumindo um setor de Controladoria interna no Cruzeiro para fazer planejamento, orçamentos, etc, etc, etc

    • O Engraçado é que pode ser o Cruzeiro tenha esse setor ou profissional pra planejamento estratégico, orçamentos, etc, mais não sabemos. eu tenho a sensação que o Cruzeiro é Caixa de Pandora talvez seja achismo, não sei por exemplo o que os conselheros tem acesso, etc então fica difícil opinar.

  13. claudio(xina)lemos disse:

    O jogo já esta 5×0 e mesmo com o time cheio de reservas o Cruzeiro esta dando um show de bola, alisson e o canhotinha do Cristhian também jogando muito bem.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Cruzeiro já fez o sexto gol e continua mandando no jogo, acho que chegamos no minímo aos 7 a 0.

      • claudio(xina)lemos disse:

        alisson é de 06/93 e o Cristhian é de 12/93 dois bons meio campistas com apenas 17 anos mais um ano de Copinha e se continuarem assim com um ótimo futuro pela frente, sem contar que ambos tem um bom físico.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Como eu disse 7×0 segundo gol do Pedro Paulo. Garoto de 94.

      • Frede disse:

        Acabou o jogo?? Está passando em qual canal??

  14. Danilo_VIX disse:

    Os assuntos financeiros do clube são complicados de tratar por quem entende do assunto. Para os leigos então….

    E não sei se os companheiros aqui do blog já fizeram uma pesquisa com vizinhos e amigos cruzeirenses, mas garanto que a maioria nem se dá conta de pensar nesse aspecto. O torcedor brasileiro não é educado para pensar em assuntos financeiros, ainda mais em se tratando do seu time do coração. A maioria quer ver jogo, comprar pay-per-view, gritar gol e comemorar título. Se ganhou está feliz, se perdeu fica com raiva e exige contratação e um super time, como se para fazer isso não deveria passar pela situação financeira do clube.

    Em suma, infelizmente não vejo um horizonte amplo para otorcedor comprar o time a menos que se fassa uma campanha educativa para tal.

  15. Celeste disse:

    No grupo dos 4, dentro de campo, já estamos há algum tempo. Então em alguma coisa a Dinastia Perrela deve ser boa. Sou contra essa longa permanência deles no poder. Mas gostaria de saber quem seriam os nomes e as propostas dos candidatos a substitutos. E creio que deve haver gente de caráter no conselho deliberativo do time. Que o clube tem que modernizar é fato. Mas o Inter só é o modelo porque ganhou títulos. Esse ano eles trouxeram o Rafael Sobis e o Renan para o Mundial, pagaram caro, e os dois não corresponderam. Até pouco pouco tempo atrás o modelo de gestão era o do São Paulo. E sou contra o tipo de parceria entre o Flu e a Unimed. Se eles colocam os jogadores lá dentro vão exigir a titularidade. E como fica a molecada de Xerém?

  16. Dylan disse:

    concordo totalmente como o Diogo. O Inter é o exemplo a ser seguido, os titulos conquistados sao argumentos definitivos sobre como foi bem suvedida essa iniciativa de tarzer o torcedor pro clube, de torna-lo co-responsvel pelo seu engrandecimento. Enquanto isso, fico vendo esse ocaso dos anos Perrela ficarem cada vez mais parecidos com os ultimos anos do Felicio Brandi, outro grande dirigente que nao soube a hora certa de sair. O Cruzeiro na inércia, sem titulos e sem idéias novas.

  17. Celeste disse:

    Cocluindo: O clube precisa evoluir em sua gestão, mas não acredito que já exista no Brasil o modelo a ser copiado.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Concordo mais uma vez celeste. e acrescento que o cruzeiro vem notando a modificação do cenário a extinção das vendas e a necessidade de mudar. Talvez a falta de contratação atual seja resultado disto, bem como as contratações feitas no meio do ano, mesmo que tenham sido feitas esta ou aquela concessão a empresários.

    • Dra Celeste,
      Curto e cirúrgico seu comentário.
      Destinado, especialmente, aos “expertos” no assunto relacionamento time e torcida, aqueles que acreditam que tem as fórmulas prontas e que se no Clube X eles ganharam Y, serve como modelo inspirador.
      Precisamos, o Cruzeiro, a diretoria, o Conselho, a torcida, EVOLUIR muito. E não é nenhum modelo pronto e imediatista que serve de referência.
      A pergunta é simples:
      Você, torcedor cruzeirense, aceitaria ficar nos enormes períodos de jejum de conquistas e imbroglios administrativos que passaram Flu e Inter (só para ficar nos dois mais citados em verso e prosa como modelo-padrão) para experimentar o modelo deles?
      Quem cita estes dois times omite, criminosamente, a história de mudanças pelas quais estes times vem passando.

      • Celeste disse:

        Ok Evandro.

      • Diogo Lara disse:

        Evandro,

        Qual o seu modelo então ? Já que não quer se inspirar no Inter ? Em quem vc se inspira ? Ou acha que está tudo excelente no Cruzeiro e deve ficar como está ? Inter e Flu não ficaram em jejuns por causa dos modelos que seguem (sócio-torcedor, modernização x pareceria) e sim só sairam dos jejuns por que passaram a adotar estes modelos. Quem fala o contrário, é porque quer confundir.

  18. Frede disse:

    A perenidade das instituições e o seu sucesso ao longo do tmepo, está relacionado com sua capacidade de se modificar e permanecer moderna. O futebol brasileiro está em um momento de transição, desde amadurecimento de fórmulas de disputa e calendários a formas de explorar seu potencial de arrecadação. O espaço para times grandes é limitado. Hoje eu diria que temos Flamengo, SPFW, Timon, Santos, Cruzeiro, Inter e Gremio como time grandes. Alguns por méritos administrativos, outros por sorte influencia da midia etc. Mas a verdade é que não há fórmula de sucesso, basta observar o que acontece na Europa. Barcelona e Benfica são times com uma penca de sócios, já o Chelsea é um time que tem dono, Manchester tem ação na bolsa (se nao me engano), e por aí vai.

  19. Gattuno disse:

    A administração do clube parou no tempo. Um dia a casa cai.

  20. Naldo disse:

    Eu sou totalmente a favor de que o Cruzeiro mantenha as contas equilibradas, só que precisa ganhar títulos. Na minha opinião, time com contas equilibrada mais sem títulos não ganha torcedor e ainda pode perder. A torcida é para que no longo prazo, com a concorrência quebrada, a gente possa levar vantagem e campeonar.
    Falando como torcedor, eu quero é campeonar, não importa como. Se não rolar, alguem tem que se explicar.

  21. Elias disse:

    Uma coisa eu não entendo: Como clubes que devem, devem, devem e continuam contratando, a ponto de oferecer 400 mil pro Deivid, 100 e tantos pro Felipe e agora uma enorme quantidade de zeros pro ex-gaúcho.
    Vejam a mulambada zebrada.Uma dívida de 300 milhões evapora de um dia pro outro, a ponto do gestor ficar tirando sarro via twitter sobre o fato de não ter mais que antecipar receitas. Contratam uma barca com grife (inclusive treinadores e assistentes) e mandam embora como se isso não fosse onerar o clube com milionárias rescisões.
    Ai tende mesmo a desanimar quem é sério. E encher de força torcedores/cartolas que desnorteados que continuam a dever e fazer novas dívidas, pois sabe que nada lhes acontecerá.
    EITA BRASIL!

  22. Elias disse:

    Vi o jogo dos jrs na Copinha. A despeito da fragilidade até óbvia do adversário, vi alguns jogadores de muito futuro.
    Ai sim está a redenção do Cruzeiro. Até prá justificar o investimento, que não é barato. Mesmo com o mercado no exterior em baixa. Mesmo sabendo da pressão exercida pela torcida sobre os novatos.
    Ai eu espero a virada de posição do Dimas Fonseca. Chega de aceitar pagar uma fortuna prá jogador mediano que beija o escudo e na primeira rescisão debanda pro rival.
    O Cruzeiro tem que passar essa transição sem Mineirão com os pés no chão, da forma que a diretoria, aparentemente, está fazendo. Mesmo que isso nos custe alguns problemas.

  23. Elias disse:

    Ainda aguardo a presença do presidente do Cruzeiro prá esclarecer o momento financeiro do clube. Pessoalmente, sem intermediários.
    Mesmo sem ser sócio ou conselheiro, somente um mero torcedor, entendo que a TORCIDA é a razão da existência e da grandeza do Cruzeiro. E ela merece uma palavra de quem comanda o clube.
    E a pressão prá cima dos “apaixonados” está muito forte, uma vez que a mídia galinácea repercute até valor de indenizações de atletas dispensados, algo que um cluve da RMBH faz toda hora e nada é comentado. E sempre com foco no delixado momento do Cruzeiro. E isso está causando muita preocupação nos desavisados. Pelo mesno é o que ouço com frequência de uns dias prá cá.
    Vamos lá Zezé… tá na hora de aparecer e tentar virar o jogo…

    • Naldo disse:

      Elias, de certa forma estou tranquilo. O Cruzeiro esta se preparando para jogar o CM, o Brasileirão e a CL. É uma posição ao alcance de uma minoria.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Elias hoje pela primeira vez no jogada de classe vi a questão do sumiço das dívidas das frangas ser questionado pelo Hérculos e pelo outro reporter que não sei o nome, apesar do apresentador do programa tentar cercear a opinião deles e de louvar as contratações rosadas, foi a primeira vez que vi a imprensa mineira questionar a verdadeira situação das frangas.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Elias eu não me importo com isto, e, se ele vier a público somente servirá para a imprena rosana debochar do Cruzeiro, prefiro que ele faz mais e fale cada vez menos. Deixa as rosanas se acharem, quanto maior a euforia delas maior é o tombo. E, não se preocupe porque o tombo virá.

  24. Chaves disse:

    Site oficial do Flamengo anunciou a contratação do R10 e não suportou o número de acessos. Saiu do ar logo após.

    • Naldo disse:

      O mais interessante, é que o quebrado Flamengo contrata R10. Como?

      • Chaves disse:

        O Fla tem potencial pra não gastar enm um centavo com o R10 e ainda lucrar muito. Tudo que gira em torno do Flamengo é muito grande e o dia que o clube acordar, viram um fenômeno continental. Midia espontânea + apelo nacional + torcida gigantesca + Rio de Janeiro cidade turistica, etc, etc, etc…

  25. O Flamengo tem apelo popular e conseguiu identificar parceiros que se dispuseram a ajudar a pagar os salários do R10, tendo contrapartida de marketing ou de exposição de suas mercadorias…
    A TRAFFIC acredita que os jogadores que ela tem sob contrato com o Flamengo se valorizarão e serão mais conhecidos porque as imagens do R10 trocando passes com eles irão correr o mundo.
    Nos falta ousadia para engenheirar plano equivalente ?
    BH tem os empresários mais fominhas que se conhece… quando é para investir nas coisas de Minas, apresentam as muquecas de samambaia… Esta é que é a verdade…

    • Walterson disse:

      Pensaram o mesmo com o Fofômeno e não vi esta valorização toda dos atretas do Curintia. E eu torço é pro Flamer.da afundar com o bonde chamado mascaradinho gaúcho.

      • Uai Walterson…
        – Elias, vendido ao Atlético de Madri (veio da Ponte)
        – Christian vendido ao Fener. Veio do Paulista de Jundiaí
        – André Santos, também vendido ao Fenerbahçe (veio de SC)
        – Douglas, vendido ao mundo árabe, era do São Caetano
        – Dentinho, teve o valor dos direitos aumentado em 300%.
        Aposto que sem Ronaldo o Corinthians não teria faturado nem 30% do valor que foi conseguido nestas negociações…

      • Papatuty disse:

        Sem falar que a receita do Curintias aumentou em R$ 40 milhões de 2008 pra 2009.

  26. claudio(xina)lemos disse:

    Leandro Guerreiro pode vir a ser um grande reforço para o Cruzeiro em 2011, reforço muito importante.

  27. claudio(xina)lemos disse:

    O Cruzeiro esta renovando com o Fábio, negociando uma extenção de contrato com o Gilberto e Fabricio e tenta contratar o Leandro Guerreiro, o que é melhor isto ou as contratações de baciada feitas pelo Boquirroto?

    • Alex Martins AMC disse:

      minha maior alegria seria o boquirroto anunciando pelo twiter a seguinte mensagem.
      Pode comemorar massa o WP é nosso.

  28. Meus amigos,
    Laterais em pauta – Angelleri (LD) e Jr. César (LE).
    Volante – Leandro Guerreiro (3° zagueiro ou 1° volante)
    Meia – só se for o Alex10. Outro não precisa.
    Zagueiros – Juan (Roma), Manoel (AtléticoPR), Edú Dracena
    Atacantes – Borges, Ricardo Oliveira, Kléber, Miralles… estes seriam REFORÇOS…
    Um abraço e boa noite – JCDuarte

    • Alex Martins AMC disse:

      JOão eu vi as suas fotos no blog do Chico, muito bacana conceição do mato dentro.

      estes nomes são reais

    • Rogério disse:

      Vi um jogo do Roma neste final da semana e o Juan deu duas pixotadas absurdas e entregou o jogo para a Sampdoria.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Rogério isto não quer dizer que ele seja ruim, apenas que estava em um dia infeliz.

      • Rogério disse:

        Quer dizer que ele está em uma fase ruim, inclusive estava no banco de reservas e entrou para fazer este monte de besteiras.

  29. julimbh disse:

    N Realmente a gestão do Cruzeiro parou no tempo há vários anos as fórmulas de exportação (anos 90) e dinheiro apenas com patrocínio de camisa já quase não funciona mais… Realmente o pessoal trazido ano passado pra “nova gestão” do Cruzeiro, Valdir (que fora promovido), Dimas e outros aspones, estão muito aquem desta nova realidade. Pagar salários em dia e manter o clube com “os pés no chão” faz parte da gestão, mas é uma pequena parte do todo. Aumento de receitas, idéias inovadoras pra fugir do marasmo (de marketing e inovação) que é Minas Gerais são necessárias para a sobrevivência do clube no longo prazo. O que o cara do Inter disse sobre 5 ou 4 clubes é uma verdade, nos anos 90 o Blackburn foi campeão na Inglaterra, o Leeds foi campeão na Inglaterra, o Aston Villa era uma força…

    • julimbh disse:

      … mas com a mudança dos tempos, má gestão, e é claro com diversos fatores históricos, o Leeds por pouco não fechou as portas (foi para a 4 divisão inglesa, e o Blackburn é um bate e volta na segunda divisão), além da polarização exacerbada em cima de MUnited e Chelsea (Liverpool, Arsenal e ManCity vêm atrás). Acho que no Brasil nós teremos 2 escalões, devido a dimensão continental do nosso país, times fortes regionalmente e os nacionais (que serão uns 5)… Disputar em arrecadação via exposição com os times do RJ/SP é praticamente impossível, o sócio torcedor nos moldes do inter (com direito a voto) pode ser interessante, mas pra isso realmente precisamos de gente nova a frente do Cruzeiro, gente com pensamento moderno e que desamarre um pouco…

      • julimbh disse:

        …o jeito arcaico com o que o futebol mineiro é tocado. Com 8 milhões de torcedores (nacional) e quase 6 milhões no estado (o Cruzeiro precisa integrar mais este torcedor com o time, embaixadas do Cruzeiro, confrarias e promoções pra incentivar o consumo da marca no interior podem ser interessantes), o Cruzeiro pode ser uma potência em termos de geração de receitas, o que garantirá o time do futebol entre os 4 ou 5 do país por muito tempo. Grande Abraço!!!

      • Othon disse:

        so queria colocar que enquanto os que estao la hoje continuarem no poder, a coisa so vai piorando e piorando…balanço maquiado, nepotismo, negociaçoes de jogadores sem nenhuma transparencia, falta de respeito com o torcedor, presidente que ao inves de estar no clube no dia do aniversario e anuncio de patrocinio, esta na praia dando vexame de bebedeira, apanhando dos outros na rua, enfim, com a excessão de alguns poucos cruzeirenses que estao la, pode trocar todo mundo senao nada vai mudar…

      • Cuné disse:

        Talvez os fatos que o Othon está relatando acima expliquem o desaparecimento do homem em relação à mídia de uns tempos pra cá.
        Acredito que o clube tem condições plenas de se manter como “grande” no cenário brasileiro por um bom tempo. Mas com as várias situações expostas em espaços confiáveis como este blog que tenho lido, estou começando a ficar com um pé atrás.
        Primeiro porque a impressão que ZZP me passa é de desleixo em relação ao clube e em segundo, porque não vejo ninguém com perfil, ou afim de pegar o abacaxi que ele está segurando.

      • Othon disse:

        Assino embaixo !

      • Diogo Lara disse:

        concordo com o JulimBH….É preciso sair do marasmo.

    • Discordo, no geral, das argumentações do JULIMBH justamente porque são simplistas e projetam modelos a serem seguidos que não seriam aceitos por torcedores como ele.
      1) Quanto tempo o Inter ficou sem ganhar um título sequer (até regionais)???
      2) Quanto tempo o Flu ficou sem ganhar títulos (estaduais, regionais, nacionais, internacionais)???
      3) A torcida do Cruzeiro aceitaria tal comparação? Por que só agora aparecem os comparadores???
      4) E comparar futebol brasileiro atual com inglês da década de 70 e 80, que me desculpe o presidente do Inter e os colorados, é uma BABAQUICE para enganar torcedor otário.

      • Diogo Lara disse:

        Tem gente que não consegue entender ou entende e finge que não entende ou não faz nenhum esforço pra entender porque acha que não precisa entender…O Inter e o Flu ficaram anos em ganhar nada mesmo…Mas só saíram dessa situação, com a adoção de modelos de modernização, incluindo o sócio-torcedor, ou de parceria…

      • E tem torcedor que ACHA que entende e tem explicação óbvia pra tudo.
        “só saíram dessa situação, com adoção de modelos de modernização”… mais patético e teleguiado, IMPOSSÍVEL.
        Pra seu governo, acompanhei eleições em meados da década passada dos dois times.
        Pra seu governo, escrevi AQUI neste espaço, que lamentava a derrota da oposição no Flu que iria profissionalizar com um dirigente que atuou mais de 10 anos no Middlesbrougth (ING) e PERDEU as eleições no Flu para os tradicionais dirigentes com as tradicionais parcerias. O Flu modernizou onde ô torcedor que se acha entendido????
        Ou você tá fingindo?
        ou você acha que o programa de sócio-torcedor que ganha ingresso de vez em quando é a rendenção do Inter e modelo a ser seguido?
        Valha-me DEUS!

      • Diogo Lara disse:

        Onde eu falei quew o Flu se modernizou ? O que eu disse é que eles só saíram de uma situação dificil com modelos diferentes do qual o Cruzeiro segue. Mas, como eu disse, tem gente que não faz questão nenhuma de tentar entender o que os outros estão dizendo. Acham-se acima dos outros. Vc que é o sabichão poderia contribuir então expondo idéias claras e objetivas de qual caminho do Cruzeiro deve seguir ? Mas o Sr. Arrogância não gosta de debater, acha que não precisa.

      • julimbh disse:

        Caro Evandro, o Internacional realmente ficou sem ganhar alguns gauchões, devido à ascensão da dupla Caju no fim dos anos 90 inicio de 2000 (Juventude e Caxias foram campeões), daí o Grêmio também ficou… no RJ a hegemonia do Futebol não é bipolar como em minas, daí o Fluminense ficar sem ganhar títulos também é justificável. E o Leeds e o Blackburn foram campeões ingleses no fim dos anos 90… fiz um paralelo de que o futebol por lá depois dos anos 90 praticamente é polarizado a ManU, Liverpool, Arsenal e Chelsea… Agora, manter a mesma gestão no cruzeiro de 15 anos atrás, também não trás nenhum benefício, títulos podem até acontecer esporadicamente, mas a marca Cruzeiro sofrerá perdas no longo prazo, e a geração de receitas irá ficar cada vez mais complicada… Abraço!

      • A marca chamada Manchester Utd ficou manchada com a gestão por décadas e um técnico mantido por décadas?
        Seus exemplos não servem. O Inter e O Flu NÃO SERVEM de exemplo.

  30. continuarei acreditando num programa socio torecedor , pois eu acho a maneira mais viavel de torcedores como eu (longe de bh)contribuir com clube… aqui em pouso alegre nossa torcida é quarta maior da cidade(explicado por estar a 180 km de sp e a 400 de bh e por outros detalhes um pouco mais complexos…) e conheço muitos torcedores e a grande maioria tem muita vontade de ajudar…

  31. mariana disse:

    Tô no time de quem sabe que precisamos mudar, mas reconhece que o Cruzeiro vem trabalhando e conseguindo, ao seu modo, sempre estar brigando entre os melhores, mérito da diretoria. Que precisamos de um programa de sócio mais abrangente e democrático, é um fato. Mas para que isso aconteça mta coisa tem que mudar dentro do clube, acho que o ZZP sabe disso, e vive um dilema, tem que abrir o clube pra conquistar sócios e perder espaço… Será que esterei viva pra ver isso acontecer?

    • Beth Makennel disse:

      É mesmo Mariana, o Cruzeiro esta sempre caladinho, come quieto, trabalhando em silêncio, um verdadeiro mineiro e fazendo grandes times e disputando libertadores e títulos. Enquanto outros é uma propaganda danada e depois é só vexame. Na verdade tenho muito medo de o Cruzeiro se abrir para sócios dar palpites em tudo. Infelismente, uma torcida despeitada de MG, fica de olho em nossas coisas para tentar entrar no cruzeiro e atrapalhar, por inveja e despeito. É preciso muito cuidado no que fazer.

    • Diogo Lara disse:

      Mariana,

      Reconheço os méritos do ZZP…Acho que ele foi fundamental na história do clube..Só acho que que agora ele precisa liderar o Cruzeiro rumo a uma direção que permita maior capacidade financeira e sustentabilidade ao Clube para continuar Gigante dentro de Campo…E eu acho que isso passa pelo modelo de associação (como o Barcelona e o Inter fazem)…

  32. claudio(xina)lemos disse:

    O Leandro Guerreiro esta cada vez mais perto do Cruzeiro, o Botafogo já esta até negociando com um substituto para ele. Vai ser um baita reforço que poderá facilitar ao Gilberto jogar como jogou contra o Sccp.

  33. Naldo disse:

    8.000.000,00 de torcedores fazem muita coisa. A torcida do Flamengo realmente é muito grande, e todos ao ser perguntados sobre qual time torce, dizem que são flamenguistas. Tirando os cruzeirenses puros como eu aqui no DF, conheço muitos flamenguistas e torcedores de outros times do RJ que se dizem tambem cruzeirenses. Quando o Cruzeiro tá em alta, estes caras ficam ouriçados torcendo para o Cruzeiro. Conheço um, que usa a camisa do Cruzeiro e a do Flamengo. Já vi muitas vezes.

  34. Naldo disse:

    http://migre.me/3zeTm – Quarto maior do mundo.

  35. raher disse:

    Se o Cruzeiro tivesse uma diretoria interessada em dividir o poder e correr o risco de perder o posto hereditario seria otimo. Mas por enquanto só teremos parceiros de lucros e ninguem para ajudar a dividir a conta. O que está salvando o galo hoje são varias empresas pagando salarios dos jogadores alugados e zerando o caixa deles. enquanto nós pagamos a conta sozinhos.
    quanto a reforços, lleandro guerreiro não acrescenta nada aos volantes existentes e gilberto não é reforço sua continuidade. Precisamos é de latteral e centroavante top 5.

    • Raher,
      Uma frase sua é muito enigmática e de duplos sentidos (no plural mesmo).
      “…hoje são varias empresas pagando salarios dos jogadores alugados e zerando o caixa deles…”
      Fico impressionado é como alguém que se diz cruzeirense usa o nome do bicho galináceo para se referir a eles. O cruzeirense mais inteligente que vi fazendo esta referência é o Flávio Carvalho (até hoje ele não entendeu porque cruzeirenses não devem fazer isto…)

      • raher disse:

        Isso é uma bobagem tão grande, tais detalhes. Mas concordo que defini-los como galo é coisa propria deles mesmo, e acho que ser chamado de galo é pejorativo.

      • Mais enigmático…
        Vc falou de bobagem grande e etc sobre O QUE?
        Duplo sentido da frase OU da citação deles como “gayl0”???

  36. Raher,
    Quem são os tais TOP 5… gostaria de ver as suas indicações…

  37. Gustavo Rocha disse:

    Tambem sou dos que acreditam nao haver um modelo de gestao a ser seguido. Inter e SPFW são os que melhor investem o que arrecadam, mas só isso não garante vitórias e títulos, creio que deva acontecer uma união entre a gestão administrativa e a gestão do futebol.
    Se for para seguir algum modelo, prefiro o do Santos, que compartilha a valorização de suas promessas, prorrogando ao máximo a permanência de ídolos no clube, como exemplos recentes temos o Robinho e o Neymar. E o mais importante, ambos deram retorno financeiro e histórico ao time, pois foram vendidos bem e deram títulos.
    O que não dá pra aturar é doar jogadores como Ramires a preços populares, ai não caixa de time que aguente. O problema deve ser o tanto de rabo prezo que existe entre esta diretoria e os tais investidores.

  38. Beth Makennel disse:

    Também acho que o torcedor cruzeirense, precisa ser mais ativo, participar mais da vida do clube que escolheu amar. Para exigir é preciso contribuir, participar de alguma forma, para ajudar o clube a se manter, crescer, suportar tantas dificuldades e desigualdes de tratamentos. Pelo que estou sabendo, é um perigo danado este de fazer parceria com empresas ou financeiras, 2º fiquei sabendo, a maioria das contratações dos rosinhas é 100% BMG. Se valorizar e vender, o dinheiro é do BMG e não dos pateticanos. Como eles não tem nada a perder, tudo bem. O Cruzeiro, teme este negócio arriscado e ficar nas mãos de “inimigos” BMG???? que poderão fazer “maldades”, participando em % maiores nos jogadores e quando valorizados, vender e deixar o clube na mão. Um perigo!

  39. julimbh disse:

    Caros, após várias discussões, algum de vocês (que conhecem um pouco o Conselho) veêm alguém com perfil pra assumir o Cruzeiro no fim do ano????

    Largar o Clube na mão do Gustavo Perrela, em minha opinião, não seria a melhor opção…

    Ouvi algumas vezes que o Piazza gostaria de ser presidente do Cruzeiro, ele não seria uma opção? Ele possuí liderança, alguma experiência em gestão (fora presidente da Ademg) e é um dos imortais celestes…

    Grande Abraço!!!

    • S@muel disse:

      Já perguntei isso aqui e ninguém respondeu. Também tenho essa curiosidade.

    • 1) A questão começa por separar as coisas do futebol (time) das coisas do clube.
      2) Eu conheço não um, mas vários conselheiros APTOS, juridicamente, a assumirem muitas ou todas as funções na direção do clube. Alguns, eu tenho certeza, não aceitam. Outros aceitariam se modificações forem feitas.
      3) Nunca ouvi dizer que o Piazza desejasse ser dirigente do clube. As ações dele são mais despreendidadas e conflitam com as de um dirigente de clube. Eu não votaria nele pois não desejo isto para um dos maiores ídolos que tenho no Cruzeiro.