Espanha 1×0 Paraguai: Até breve, Larissa

Por SÍNDICO | Em 3 de julho de 2010

Às 15h30 (Brasília), no Soccer City, em Joanesburgo, Espanha e Paraguai decicem a última vaga para as semifinais da Copa. Quem vencer terá de enfrentar o pesadelo alemão.

A Espanha de Vicente Del Bosque manterá o 4-4-2 com Xavi, Busquets, Xabi Alonso e Iniesta compondo a linha de volantes mais cultuada do futebol atual.

O Paraguai, do argentino Gerardo Martino, jogará no 4-4-2 com Cardoso e Benítez mais avançados. Os guaranis ainda não encontraram o ataque ideal, por isto dependem muito de sua defesa.

O guatemalteco Carlos Batres será o juiz. E nenhum protagonista da partida se sentirá excluído pelo idioma. Nem a exuberante Larissa Riquelme, torcedora paraguaia que conseguiu ofuscar sua própria seleção nesta Copa.   

*****

Reportagem do Globo.Com:

Sofrido, brigado, dramático: Espanha bate Paraguai e pega a Alemanha

Gol de David Villa no segundo tempo coloca a Fúria nas semifinais. Paraguai está eliminado da Copa do Mundo
    
Só mesmo na África do Sul para uma zebra com listras vermelhas e brancas dar as caras. Só mesmo com muita insistência para ela ser abatida. A Espanha sofreu como nunca para superar o Paraguai por 1 a 0, com um gol chorado do artilheiro David Villa, neste sábado, no estádio Ellis Park, em Joanesburgo, e cravar presença nas semifinais da Copa do Mundo. O gol saiu na parte final de um segundo tempo emocionante, com pênaltis marcados, anulados e ignorados. O Paraguai, guerreiro, está eliminado. A Fúria pega a Alemanha na quarta-feira, às 15h30m (de Brasília) em Durban. Quem vencer estará no Soccer City, no dia 11, para decidir o título mundial contra o ganhador de Holanda e Uruguai.

Com o gol, David Villa assumiu a artilharia da Copa 2010, com cinco tentos. E chegou a 43 com a camisa da Espanha, a apenas um do recordista (Raúl). Mas balançar a rede foi complicado. O Paraguai, forte na defesa, resistiu a ceder a classificação aos espanhois. Agora, a equipe de Vicente del Bosque tem pela frente um repeteco da final da Eurocopa de 2008, quando deu Espanha, com gol de Fernando Torres, apagado no Mundial.

Mais uma vez, Villa (7) foi decisivo e classificou a Espanha para as semifinais (Foto: Reuters)Com o resultado, a Espanha de 2010, no mínimo, igualou o melhor desempenho do país na história das Copas: o quarto lugar obtido no Mundial de 50. O Paraguai deixa o continente africano honrado com a inédita participação nas quartas de final. Mas sem conseguir fazer com que a modelo Larrissa Riquelme cumprisse a promessa de desfilar nua pela capital Assunção caso o time chegasse às semifinais.

Paraguai amarra a Espanha no primeiro tempo

Xavi recebeu pelo meio, perto da área, deu um toquezinho na bola com a perna direita e já girou para mandar de canhota, sem deixá-la cair, em um lance com a plasticidade típica da atual Espanha. A bola saiu por pouco. Mas não esteve na beleza do lance seu real simbolismo. A grande questão é que ele aconteceu aos 28 minutos do período inicial. E foi o primeiro chute da Fúria na direção do gol paraguaio.

Até ali, a Fúria girou de um lado para o outro sem ir a lugar algum. É bem verdade que a campeã da Europa já viveu dias mais criativos do que na Copa 2010, mas o que complicou mesmo foi a organização defensiva do Paraguai. O técnico Gerardo Martino fez seis modificações para o duelo deste sábado. Na defesa, no meio-campo e no ataque. A ideia, nenhuma surpresa, era dar ainda maior compactação a um time que foi a campo tendo sofrido apenas um gol em quatro jogos. Do trio ofensivo, só sobrou Valdés. Roque Santa Cruz e Lucas Barrios foram para o banco.

O curioso é que a força defensiva do Paraguai teve efeito duplo: primeiro, claro, barrou o talento espanhol; segundo, deu tranquilidade para os sul-americanos arriscarem uma ou outra escapulida ao ataque. Na frieza dos números, deu mais Paraguai no ataque durante o primeiro tempo. Os dois times arremataram quatro vez a gol. Mas a única bola que foi na meta, foi do time guarani.

Jonathan Santana, logo com um minuto, recebeu pelo meio e mandou a gol. Casillas pegou. Riveros, aos oito, cabeceou para fora. Alcaraz, aos 20, teria marcado se tivesse dois centímetros a mais de altura. Santana, aos 34, viveu situação igual. Faltou muito pouco para alcançar a bola em cruzamento de Morel Rodriguez. Aos 45. Valdez recebeu de Cardozo e mandou chute cruzado, para fora. Pouco antes, aos 41, a torcida chegou a comemorar. O atacante mandou a bola para rede, mas o lance foi anulado por impedimento de Cardozo, que interferiu na jogada ao tentar cabecear a bola centrada na área (confira no vídeo ao lado).

A Espanha teve o controle da bola, como costuma fazer, mas faltou infiltração. Fernando Torres começou bem e terminou mal três jogadas. Villa e Xavi não tiveram o brilho de outros jogos. E a Fúria ouviu o apito final do primeiro tempo com o sentimento de que havia algo de errado por ali.

O destino em dois (ou três, ou quatro) pênaltis

O conceito de loucura no futebol parece ter sido criado especificamente para o segundo tempo do jogo entre Espanha e Paraguai. Contam-se nos dedos de uma só mão as partidas de Copa do Mundo com acontecimentos tão estranhos quanto os da etapa final da partida deste sábado no Ellis Park. Com destaque para dois pênaltis. Ou três. Ou, melhor ainda, quatro!

O primeiro foi a favor do Paraguai. Piqué agarrou Cardozo na área aos 13 minutos. Depois das reclamações da Fúria, o próprio camisa 7, autor do último gol guarani na disputa por penalidades máximas contra o Japão, nas oitavas de final, partiu para o tiro. E deu Casillas. O goleiro se adiantou, caiu no canto esquerdo e abafou o sonho paraguaio. Dois espanhois invadiram a área antes da cobrança, mas ficou por isso mesmo.

Após a defesa, a Espanha partiu para o ataque e deu o troco na mesma moeda. A diferença é que o pênalti de Alcaraz em Villa foi um tanto forçado pelo atacante. A revolta, desta vez, foi dos paraguaios. Choro em vão. Lá foi Xabi Alonso para a cobrança: bem batida, no canto, sem chances para o goleiro. O problema é que novamente houve invasão espanhola à área. E, dessa vez, o árbitro guatemalteco Carlos Brates viu mandou a cobrança ser repetida.

Lá foi Xabi Alonso de novo para a segunda cobrança, que ali virou a terceira do jogo. E desta vez deu Villar. O goleiro caiu no canto esquerdo, espalmou a bola e, um segundo depois, na disputa pelo rebote, atingiu as pernas de Fábregas. Pênalti claro! Melhor: pênalti em uma cobrança de pênalti! E o juiz mandou seguir…

Aí foi a vez de os espanhois quase arrancarem os cabelos. Quando o lance foi repetido no telão do estádio, os reservas quase invadiram o campo, irados. E o jogo, com quatro pênaltis, dois perdidos, um anulado e um ignorado, seguia no 0 a 0.

Virou jogão. O Paraguai pareceu perceber que era possível vencer um dos favoritos ao título mundial. A Fúria não engoliu o(s) pênalti(s) perdido(s). A partida ficou mais aberta, com arrancadas de lado a lado, com possibilidades que invariavelmente acabavam frustradas no fim. O que era morno no primeiro tempo virou fervura no segundo.

E quente mesmo foi David Villa, artilheiro, oportunista, matador. Aos 38, Iniesta fez fila na entrada da área e passou para Pedro, que arrematou na trave. A bola se ofereceu para Villa. A bola beijou (de novo!) o poste esquerdo, rolou por cima da linha, tocou no direito e entrou.

Fúria enfurecida, fera ferida! A Espanha entrou em êxtase com o gol depois de tanto sofrimento.

Mas os guerreiros guaranis não se entregaram. O treinador Gerardo Martino mandou Lucas Barrios a campo no lugar do volante Cáceres. E o duelo continuou quente. Aos 43, Casillas salvou novamente a Espanha. Após soltar um chute exatamente de Barrios, o goleiro se recuperou e salvou com o pé esquerdo uma conclusão à queima-roupa de Santa Cruz (no vídeo ao lado). Na sequência, os espanhois partiram em contra-ataque, e Villar defendeu conclusão de Villa.

Foi o último capítulo de um dos jogos mais malucos – e emocionantes – que uma Copa do Mundo já viu.

Espanha 1×0 Paraguai, sábado, 03jun10, 15h30 (Brasília), Estádio Ellis Park, Joanesburgo, África do Sul, quartas de final da Copa 2010 – Público: 55.350 – Juiz:  Carlos Batres (Guatemala) – Bandeiras: Leonel Leal (Costa Rica) e Carlos Pastrana (Honduras) – Amarelos: Piqué, Sergio Ramos (Esp), Alcaraz, Victor Cáceres e Morel Rodriguez (Par) – Gol: David Villa, 38 do 2º tempo – Pataguai: Villar; Verón, Da Silva, Alcaráz e Morel Rodriguez; Victor Cáceres (Barrios), Santana, Barreto (Vera) e Riveros; Cardozo e Valdez (Santa Cruz). Tec: Gerardo Martino / Espanha: Casillas; Sergio Ramos, Piqué, Puyol (Marchena) e Capdevilla; Xabi Alonso (Pedro), Busquets, Xavi e Iniesta; Villa e Torres (Fabregas). Tec: Vicente Del Bosque.

137 comentários para “Espanha 1×0 Paraguai: Até breve, Larissa”

  1. Arthur disse:

    JS vc vai torcer pela RI-ME-QUELMA ou pela furiossssa???

  2. Naldo disse:

    Paraguay desde menino.

  3. Dylan disse:

    força Paraguai…

  4. Walterson disse:

    Esta paraguaia é verdadeira?

  5. Arthur disse:

    Se o gol fosse da furiosssa não anulavam… não havia impedimento, o jogador que estaria impedido tenta cabecear, é puxado (é dentro da área) mas não toca na bola e a bola passa por ele e vai atingir o autor do gol, que não usa o braço e faz um gol válido. Pra mim mal anulado… Pros que não conhecem retranca, o jogo do Paraguai é uma retranca…mas, até eles estão saindo pro jogo, e bem.

  6. Leo Vidigal disse:

    Primeiro tempo em que o time do Paraguai surpreendeu o time da Espanha com uma marcação firme e ainda teve um gol anulado de forma discutível. O argumento do Marsiglia de que o Cardozo participou do lance é até aceitável. Mas o Valdez, que fez o gol, estava na mesma linha. Será que aguentam esse ritmo? Pareciam cansados no final, os paraguaios, já os espanhóis estavam aparentemente mais inteiros, mas ameaçaram pouco o gol paraguaio.

    • Mauro França disse:

      É claro que o Cardozo participa do lance, ele salta pra disputar a bola e estava impedido.

      • Arthur disse:

        Mas a bola não foipara ele, passa quase 20 cm acima dele, e mais, já houve impedimentos maiores que esse e viraram gol (na dúvida o bandeira não deve abaixar o braço?) Ou, é o contrário?

      • Mauro França disse:

        Se o cara vai na bola, ele participa do lance, mesmo que não alcance a bola. Não está em posição passiva.

      • Arthur disse:

        Se o impedimento não havia sido marcado, e num caso desse nem o próprio jogador sabe se está ou não, não teria como ele não pular, só que QUEM mandou a bola (viu-se) não mandou para ele. Traduzindo: se a bola encostasse nele, se ele desviasse a trajetória ou qualquer coisa assim, estaria usando do ilegal. Se o ilegal não foi marcado ANTES, e se QUEM recebeu a bola não estava, não há impedimento. No caso, a diferneça de impedimento ou não, é ínfima, estariam quase na mesma linha, então é de um preciosismo, que quando é a favor dos poderosos (favorecidos) ninguém marca… mas dos times menores…

  7. Walterson disse:

    A forma que o Piqué agarrou o Cardoso o Ibrahimovi vai ficar enciumado.

  8. Bruno Pontes disse:

    É a copa do penalti mal batido….

  9. Arthur disse:

    Que fstival de ruindade, putz!!! O Paraguai tem um penal, bate mal juvenal, e a Espnaha acah um e faz!!! è dureza ser guarani, viu… rss

    • Walterson disse:

      E foi penalty em seguida que o juizão não teve coragem de dar.

      • Bruno Pontes disse:

        Acho que foi mais não ter visto o lance do que falta de coragem. Foi uma confusão ali na área.

  10. Leo Vidigal disse:

    Se mandou voltar no penal dos espanhóis, deveria ter mandado voltar também no penal que o paraguaio perdeu, pois houve uma invasão ainda mais clara. Talvez tenham falado isso pra ele no ponto eletronico, por isso ele foi mais rigoroso no penal batido pelos espanhóis.

  11. Sobrinho disse:

    Essa copa tah uma loucura.

  12. Ernesto Araujo disse:

    Incrível como os mesa-redondistas e os torcedores “modinhas” podem se derreter por essa Seleção da Espanha. Paraguai, Gana, Uruguai, Espanha… Essa turma toda tá indo pra frente na Copa 2010 aos TRANCOS E BARRANCOS ! Vão tomar traulitadas históricas de Holanda e Alemanha ! Se o ELANO joga ontem, o Brasil tinha feito uma vantagem maior no primeiro tempo e teria se classificado pra que essa Copa tivesse pelo menos uma final mais forte. Holanda e Alemanha na final. Acabou a Copa 2010.

    • Ernesto Araujo disse:

      Quanto mais eu vejo a grossura dessa galera, mais tenho ódio do cara da Costa do Marfim que quebrou o Elano e da burrice do Ramires que tomou aquele amarelo contra o Chile !

      • Bruno Pontes disse:

        Concordo. Apesar de que não se se a presença de ambos mudaria o resultado ontem (mas acho que sim).

      • Ernesto Araujo disse:

        É, ficar fazendo análise em cima de hipóteses é muito mais difícil. Mas Elano e Ramires fizeram uma enorme falta.

    • Walterson disse:

      Putz, botar esperança em Elano é fim de feira.

      • Ernesto Araujo disse:

        Mas Walterson o Elano, em 2 jogos complicados, fez dois gols e ainda de passe pra outro. E o Daniel Alves ? Fez o que ?

      • Bruno Pontes disse:

        Elano jogou muito bem. Não se assuste se o próximo treinador o mantiver na seleção.

      • Ernesto Araujo disse:

        E não é de hoje Bruno. Elano sempre foi bem na Seleção da era Dunga. Esse sim foi convocado com tal coerencia.

      • Arthur disse:

        E quem sabe, com ELANO KK, Robinho, FABIANo receberiam bolas, que D.ALVES nunca soltou… pra mim um dos MAIORES culpados do fracasso de ontem foi ele… na hroa de deslanchar, na hora de ir pra cima, semrpe ele era mais estrela, e segurava a bola e perdia a mesma. Além de não ligar oa taque dava a bola pro adversário.

      • Ernesto Araujo disse:

        Agora tem jogadores que o torcedor tem bronca e aí não adianta ficar argumentando. Se um gol por jogo, coisa que MESSI não conseguiu fazer, não é o suficiente pra convencer, então é melhor parar de argumentar mesmo.

      • Bruno Pontes disse:

        Elano, pra mim, é jogador tipo o Gilberto Silva ou, comparando com um mais ou menos da mesma posição, o Zé Roberto. Como ele não dá chapéu, caneta e coisas afins, não queridinho da torcida. Vai precisar disputar umas 3 copas do mundo e voltar, mais velho, a jogar num clube brasileiro pra ganhar o respeito que merece.

      • Arthur disse:

        BRUNO- ELANO é tipo PARANÁ, joga pro time. Não gostava dele no inciio pois achava-o fominha. MAs, acompanhando as partidas da clasificação e da COPA, foi possível ver que ele cresceu de futebol, e estava sim, matando a pau.

      • Walterson disse:

        Acho que o Elano foi o grande jogador daquele time do Santos, juntamente com Renato, mas a mídia só via Robinho e Diego. Mas estava em baixa, jogando pedrinhas, e os empurrar bola pra dentro do gol não torna ninguem craque. O segundo gol dele, se errasse era pra ser chicoteado em praça pública.

      • Ernesto Araujo disse:

        Ok, Walterson. Questão de gosto e opinião. Abraço.

  13. Bruno Pontes disse:

    Impressionante como o pessoal tá fazendo esforço pra não fazer gol. Esse gol da Espanha contou com 3 traves pra entrar….

    • Ernesto Araujo disse:

      Pois é Bruno. Mas temos que engolir essas pseudo sensações da Copa enquanto as lesões e cartões tiraram o Brasil da disputa. CHEGA LOGO 2014 !!!

      • Walterson disse:

        Ramires era reserva e Elano é fraco. Fez os gols quando estava pra ser substitído mas não fez nada demais quando jogou.

      • Ernesto Araujo disse:

        Ramires era reserva por opção do Dunga. Deu resultado sempre que entrou, dando outro tipo de ação pelo lado esquerdo. E o Elano além dos gols – que vc está dizendo que não representaram muito – ainda tinha a possibildade da bola parada. Uma pena que não possa ter ajudado o Brasil.

      • Ernesto Araujo disse:

        Mas eu compreendo sua opinião, Walterson. Se aqui em Santos, onde o Elano apareceu para o futebol e foi ídolo, teve gente falando que o cara era péssimo, imágine em outros lugares.

      • Walterson disse:

        Ele estava em baixa ultimamente. E não cobrou nenhuma falta com eficiência. É um jogador que eu não levaria para a Copa.

      • Ernesto Araujo disse:

        Walterson, podem até ter outros jogadores brasileiros na posição melhores do que ele. Mas dos que estavam inscritos na Copa, o Elano era o melhor. E volto a repetir: Fez mais gols que o Messi.

      • Dylan disse:

        realmente, o Elando iria fazer uma diferença enorme pro Brasil. Tai um jogador capaz de mudar a historia de uma partida

      • Ernesto Araujo disse:

        Tou esperando até agora o Messi virar o jogo pra Argentina.

      • Walterson disse:

        HEHEHE

      • Marco Soalheiro disse:

        Quantos gols Messi fez na copa? E no Brasil? Elano obviamente não é craque. Mas se fosse não seria garantia de nada. Coletivamente, como é o futebol, era um jogador muito importante para o Brasil. Mas quando só vale criticar….

  14. Walterson disse:

    E a Larissa não vai tirar a roupa. Que peninha!

  15. Dylan disse:

    quarta é Barcelona x Bayern.. time valente esse do Paraguai.

    • Marco Soalheiro disse:

      Te respondi no outro post. Sem a sua grosseria. Debatemos idéias só para lembrar? Não lancemos ar mentiras sobre meus comentários. Não ponha palavras na minha boca.

  16. Frede disse:

    Parabéns ao Paraguai caiu de pé. Parabéns a Espanha pela classificação. Bom segundo tempo, mas o primeiro foi bastante truncado.

  17. Marcus Oliveira disse:

    O toque de bola da Espanha dá gosto, não poderia ficar fora dessas finais. Alemanha e Espanha será o jogo da Copa (toda rodada tem um novo, rs).

    Quanto será que esse Xavi cobra pra vestir a 8 do Cruzeiro?? Que craque, que organizador.

    • Mauro França disse:

      Concordo. A Espanha é o time mais tecnico da Copa, dá gosto ver jogar, mesmo não estando no seu auge.

      • Marcus Oliveira disse:

        Embora seja natural torcer pelo time mais fraco desta vez preferi a Espanha. Se o Paraguai passa jogaria retrancado contra a Alemanha.

        Eu quero é assistir bons jogos.

  18. Arthur disse:

    O PARAGUAI foi muito valente, fez uma bela COPA, e teve 3 chances claras de continuar. O gol, pra mim, mal anulado. O PENAL me qeu houve invasão, o goleiro andou 1 m antes da BATIDA (a câmara não deixa dúvida embora a ESPANHORTV (ou seria BarcelonaTV??? rss) não tenha dito nada. O penal pró-espanha não houve, mas após a 2.a defesa houve esse sim, penal. E o tal ROQUE STA CRUZ, masi um endeusado que na hora H, não resolve, teve a bola do jogo, chuta debaixo das pernas do goleiro marca, foi querer cortar, a bola bate nas pernas do goleiro e a chance vai embora.
    O gol da Espanha foi chorado e dar apenas 3 minutos foi pouco. Um jogo mucho luitado. Bem que a LARISSA poderia reconsiderar e fazer uma festa lá pros guaranis (e pra nós, claro…) rss

  19. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    A não ser que jogue muito mais do que fez até agora, a Espanha não passa pela Alemanha. O que pode contar a seu favor é a alta qualidade de boa parte de seus jogadores.

  20. Mauro França disse:

    Ernesto, só pra te lembrar, a Espanha é a atual campeã europeia e só perdeu dois jogos nos últimos dois anos. É um time forte, tecnico. Não é porque é elogiada por comentaristas que vira “time sensação de modinhas”. Recomendo prestar mais atenção na movimentação, no toque de bola dos espanhois do que ficar preocupado em responder comentarista de TV.

    • Arthur disse:

      FRANÇA- vc está certo, mas que tem uma babação pelo Barcelon,a e que tais, tem… haja jabulani pra guentar!!!

    • Mauro França disse:

      E eu não sou “torcedor-modinha”, mas admiro ver um meio de campo formado por Xavi, Iniesta, Busquets e Xabi Alonso, um David Villa, decisivo, Casillas, Piqué, Fabregas, etc… Timaço, independente do que acham os tais “modinhas”.

      • Mauro França disse:

        Fazer pouco de um time desses, repito, mesmo que não esteja no seu auge, e ao mesmo tempo, falar que Elano muaria a história da Copa é uma contradição.

      • Arthur disse:

        Mauro, EU pelo menos não estou fazendo pouco… apenas que o futebol da ESPANHA até agora se arrastou, deu sorte de não tomar gol contra o fraco PORTUGAL, e hoje, o PARAGUAI teve um gol anulado e um penal péssimamente batido. Com 0x1 no marcador, la furia iria pro ralo…

    • Ernesto Araujo disse:

      O Brasil antes da Copa também tinha um monte de credenciais, mas por diversos problemas acabou não rendendo tudo que poderia. Já futebol da Espanha é, no máximo, “bonzinho”. Vai tomar um capote da Alemanha. Avisei que a Argentina era um time desequilibrado e ia se lascar na correria germânica. Agora é a vez dos ibéricos com seu futebol “armandinho” levar a sua cacetada.

      • Mauro França disse:

        Eu não afirmaria que a Alemanha já ganhou. Acho que vai ser um belo jogo e está em aberto. E recomendo prestar mais atenção nos jogos (e nas estatisticas) da Espanha. Que realmente, não está jogando tudo o que pode, por diversos fatores. Mas falar que é timinho…

      • Ernesto Araujo disse:

        Olha Mauro, como é fácil ser técnico da Espanha… Outro dia, a Espanha ganhou de 1 x 0 de um time aí na Copa. Um jogo horroso, digno do meu “clássico” da Copa Paraguai x Nova Zelândia. E os comentaristas foram unânimes: A ESPANHA JOGOU MUITA BOLA. Fico pensando… Se fosse a Seleção Brasileira, o Dunga seria demitido durante o torneio. Mas tudo bem… Eu respeito o gosto de cada um. Opiniões são diferentes.

      • Mauro França disse:

        A Espanha tem muita coisa que vc elogiava no Cruzeiro, Ernesto. Por isso mantenho minha recomendação de prestar mais atenção nos jogos dela e não se fiar por opinião de comentarista. Nenhum jogador ou o tecnico espanhol prometeu espetaculo. Isso é papo de comentarista, tô fora. Mas negar qualidade a esse time, isso é o que eu contesto.

      • Ernesto Araujo disse:

        Ok Mauro. O próximo jogo é decisivo para Espanha. Precisam ganhar para irem à final. Então o bom futebol TEM que aparecer. Segurem os alemães !!!

  21. Mauro França disse:

    Jogaço. O Paraguai foi muito bem, valorizou ao extremo esta vitória da Espanha, que jogou muito também.

    • Ernesto Araujo disse:

      Uma questão: O Cruyff cornetou bastante o jogo pragmático da Seleção Brasileira de Dunga. Porém, o time dele, comandado por Bert Van Marwjik, está sendo uma seleção igualmente pragmatica e “realista”, com o próprio treinador dizendo que “jogar bonito é bom mas o que ele quer é vencer. Qual será a opinião do corneteiro Johann Cruyff sobre a seleção laranja se esta vier a ser campeã ??? Será que ele vai cornetar também ??

  22. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    Achei esse, tecnicamente, o mais fraco dos jogos dessas quartas-de-final. No segundo tempo, sem dúvida, após os pênaltis, a emoção cresceu, mas o jogo não foi bom.

  23. Leo Vidigal disse:

    Paraguai e Uruguai foram os melhores sulamericanos na fase do mata-mata.

  24. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    O atual momento da Alemanha é melhor que o da Espanha. Os melhores jogadores da Alemanha estão jogando muito bem, o que não ocorre com os melhores da Espanha. Entretanto, numa jogada…

  25. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    OT.: Parece piada, mas o zagueiro Wellington, recém-voltado do Botafogo, será julgado no próximo dia 8, podendo pegar até 3 dias de gancho.

  26. Marco Soalheiro disse:

    A Espanha tem mesmo um time muito bom. Técnico, equilibrado, com vários jogadores acima da média e experientes. O que pode pesar em favor da Alemanha é o melhor momento do Klose em relação ao Fernando Torres. Mas se este jogar mais próximo daquilo que sabe, a Fúria vira favorita.

    • Mauro França disse:

      Ou se o Del Bosque colocar outro no lugar. Aliás, hoje o tecnico espanhol fez uma substituição a la Adilson, que tanto irrita os adeptos do futebol-bunitim. Tirou um atacante e colocou um volante. E o time melhorou!

    • Leo Vidigal disse:

      O Klose não vai jogar, tomou o segundo amarelo. Então já podemos especular quem o da meleca vai colocar no lugar do artilheiro.

  27. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    OT2: Estou começando a pensar que o Adilson Batista pode ser o novo técnico da seleção. De todos os técnicos bem conceituados no país (menos em BH) ele é o único sem contrato com algum clube. Seria ótimo!

    • Ernesto Araujo disse:

      Jamais ele será. Adílson não é da “patota”. Tem que ser da “patota” da CBF pra entrar nessa. Tou apostando no Vampeta.

    • Bruno Pontes disse:

      Seja quem for, eu tenho dó do sujeito que topar a empreitada. Com a Copa no Brasil, é ser campeão ou queimado em praça pública.

      • Dylan disse:

        a seleçao de 82 nao foi queimada em praça publica, perder jogando bem,é uma coisa, perder com cabeça de bagre substituindo craque é outra

      • Bruno Pontes disse:

        Você tá tão tendencioso que responde até o que eu não falei. Leia direito: “Com a Copa no Brasil.” Estou dizendo que, seja quem for, sofrerá uma pressão enorme pelo fato da Copa ser no Brasil. Já ouvi muita gente falando que “2014 tá garantido, já que a Copa é no Brasil”. Seu ímpeto de querer discutir é tão grande que nem entende o que foi escrito…

      • Ernesto Araujo disse:

        Mas a cornetada era forte naquela época também Dylan. Lembra do “bota ponta Telê” do Jô Soares ?? A coisa não foi tão tranquila assim. O tempo é deu àquela seleção essa aura mística e artística que é venerada até hoje. Mas na época o couro comeu sim pro lado do Telê, antes, durante e depois da Copa.

      • Ernesto Araujo disse:

        Dylan e Bruno, fiquem tranquilos. O escolhido para 2014 será alguem da “patota”. E o Adilson, depois de tudo que aconteceu no Cruzeiro, não vai fazer mais nenhuma loucura na sua vida profissional.

      • Bruno Pontes disse:

        Deve ser o Felipão. Um dos poucos que restam com moral pra enfrentar imprensa e opinião pública.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        O problema é que o Felipão acabou de assinar um contrato com o Palmeiras de 2 anos e meio.

      • Bruno Pontes disse:

        Aí que tá. Ele acertou, mas ainda não assinou o contrato de fato. E seria normal ele acumular seleção e Palmeiras pelo menos até o final desse ano.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Também acho melhor ele ficar uns tempos descansando, revendo alguns conceitos e, no início de 2011, ele volta para o Crzueiro com o ânimo renovado.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Concordo.

      • Ernesto Araujo disse:

        Acho que Adílson não tem ainda condições de dirigir uma seleção brasileira. Precisa ganhar outros títulos, trabalhar no Rio ou em SP e aí se se candidatar. Mas se fosse necessário, ele não estaria tão longe do ideal, visto que comandou com sucesso um grupo por 2 anos e meio com bons resultados e enfrentou uma guerra com a imprensa local. Saber lidar com as facadas da imprensa e da torcida exigente é condição SINE QUAE NON para o cargo de técnico da Seleção Brasileira.

      • Bruno Pontes disse:

        Concordo 100%. É um ótimo treinador, mas seleção é cedo. Ainda mais pra uma copa no Brasil, que vai precisar de um cara de renome e que tenha tato pra lidar com a pressão grande que vai existir.

      • Mauro França disse:

        Acabei de ouvir que o contrato do Felipão prevê liberação se for pra Seleção.

  28. Ernesto Araujo disse:

    Uma questão: O Cruyff cornetou bastante o jogo pragmático da Seleção Brasileira de Dunga. Porém, o time dele, comandado por Bert Van Marwjik, está sendo uma seleção igualmente pragmatica e “realista”, com o próprio treinador dizendo que “jogar bonito é bom mas o que ele quer é vencer. Qual será a opinião do corneteiro Johann Cruyff sobre a seleção laranja se esta vier a ser campeã ??? Será que ele vai cornetar também ??

    • Mauro França disse:

      O Cruyff é um corneta profissional. Já foi o manda-chuva do futebol holandes, não é mais, foi muito criticado na própria Holanda e não tem participado dos assuntos da Seleção. Nesse caso, ele se assemleha mais aos trajanos, calazans e cia, sonhando com um passado ideal que nunca existiu.

    • RAUL MIRANDA PENNA disse:

      Ernesto, li na Folha de SP que ele também está descendo a lenha na seleção holandesa.

      • Ernesto Araujo disse:

        Espero que desça lenha gostoso na sua laranja. E arregaçe o Bert Van Marwjik quando o capitão da Holanda erguer a taça em Joanesburgo. Coerencia, conforme ensinou Dunga, é algo que deve ser mantida, mesmo que vc se lasque todo heheheh

      • Dylan disse:

        o Cruijff realmente sabe pouco de futebol. E o que ele falou sobre o Brasil tava completamente errado. Passado ideal nunca existiu mas um passado pra seleçao brasileira mil vez melhor que este já existiu….e como.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Cruyff é tropeirista, né?

  29. Vinicius Cabral disse:

    Eu não vi o jogo. O viado do Mick Jagger teve ter ido nesse jogo também e torcido pelo Paraguai.

  30. Ernesto Araujo disse:

    Mick Jagger, que já pegou a Larissa Riquelme, torceu pelo Paraguai para poder revê-la. O resultado foi que se viu…

  31. Dylan disse:

    com Alemanha ou Espanha a final está muito bem entregue. Vou torcer pra Furia porque eles nunca ganharam uma copa.

    • Ernesto Araujo disse:

      Vou torcer pra Holanda para ver o Cruyff dar uma entrevista em rede nacional na Holanda metendo o pau no futebol de resultados do Bert van Marwjik. Isso com as imagens de Amsterdam em festa ao fundo.

      • Mauro França disse:

        Eu acho que tem umas diferenças basicas entre o pragmatismo da Holanda e o do Brasil, o que não vem ao caso nesse assunto. Mas deixa o Cruyff falar o que quiser. Se acontecer o que vc falou, vai ser a mesma coisa que aconteceu em 94.

      • Mauro França disse:

        Em 94, aqui no Brasil, com a turma do Trajano.

    • Marco Soalheiro disse:

      Sua Argentina saiu, não é mesmo. Mas torça e comente sem desonestidade intelectual, sem colocar palavras na boca dos outros! Mantendo o nível. Sem distorcer argumentos, dizer que alguém acha F. Melo craque ou Dunga gênio só porque não faz caça às bruxas. Ou então desista do debate.

    • Mauro França disse:

      Vai torcer pro time do tecnico que tira um atacante e coloca um volante quando o time tá perdendo. Incoerencia!

    • Hugo 5erel0 disse:

      Vou torcer pra Holanda.

  32. Douglas_Sorocaba disse:

    Os jogadores da Espanha são uns boiolas, isso sim. Só isso pode explicar a Larissa Riquelme de roupa agora, enquanto poderíamos estar vendo-a peladinha da Silva.

  33. Elias disse:

    Outro jogo com final de arrepiar. Gol mal anulado do Paraguai, penalti perdido do mesmo (se marca bye bye Espanha, pois eles se fechariam lá atrás e é ruim marcar gol na retranca Paraguaia). Outro penalti perdido, um gol chorado e uma chance clara perdida pelo Roque Sta. Cruz. Aliás, méritos do goleiro espanhol que tirou com a perna direita. Mais um bom divertimento!

    • Mauro França disse:

      Discordo quanto a anulação do gol. A Espanha teve um penalti não marcado, no rebote da segunda cobrança. Realmente, se o Paraguai marca primeiro, perigava ficar com a vaga, daí o desconsolo do Cardoso. Mas tem que dar o mérito pro Casillas, que foi decisivo lá atrás.

      • Elias disse:

        Maurão…O gol anulado é fruto de um lance controverso. Na medida que uns comentaristas acharam o lance normal, outros não. E o segundo penalti foi no meio de um “bololô” danado. Dificilmente o árbitro( que, ao contrário das previsões, mandou bem) marcaria outro. Como não mandou voltar o penalti a favor dos paraguaios, uma vez que houve uma invasão nos mesmos moldes que ele utilizou prá mandar volta o da Espanha. Mas de qq forma, mais uma boa partida. O Paraguai caiu de pé, ao contrário da sempre favorita Argentina que tomou o maior sacode entre os favoritos da Copa…

    • Mauro França disse:

      E dias de golaços na Copa. O terceiro gol da Alemanha, com a jogadaça do Bastião, o quarto gol, obra prima de contra ataque, e esse gol da Espanha, jogada muito bem tramada pelo Iniesta.

  34. Ernesto Araujo disse:

    Estava vendo os comerciais da Brhama a visão que eles tentam colocar do torcedor brasileiro como orgulhoso e apaixonado pela seleção. Não é a verdade. O torcedor brasileiro é exigente, chato, corneteiro e medroso. Em alguns momentos, lembra a parte ruim da torcida do Cruzeiro. Imagina-se que a torcida brasileira vai incendiar os estádios em favor do Brasil em 2014. Nada disso. O técnico de 2014 deve se preparar para essa situação.

  35. Arthur disse:

    Bem final de 4.as. Balanço: apostei ARGENTINA x BRASIL na final, coco! As 2 fora. Fiz 50% com URU e ESP. Sim, achava que Argetnina passaria, mas, estava tocendo pela ALEM. Não achei que o BRASIL ia deixar a HOL se dar bem, mas repito, não gostei da atitude do Brasil provocando pancadaria, ROBINHO e outros esbravejando em campo, DUNGA chutando poste. Isso é sinal de falta de nervos, falta de comando, falta de serenidade, de COISA MAL RESOLVIDA fora de campo. Não gostei. E a após os 2 primeiros gols (1 anulado), parecia que o time ia engrenar. A volta do vestiário mostrou outro time, desconjuntado, sem saida, afobado e o gol foi uma batida de cabeça. Time zonzo, saiu 2o, expulsão e fim.

    • Arthur disse:

      Um tipo de apresentação do CEC ano passado (contra o FLU). A Arrentina nem bem entrou em campo, tomu 1 gol. Topmou 15 minutos de passeio, se arrumou e tetnou se equilibrar o 1.o tempo inteiro. Voltou melhor e fez 10 minutos de pressão até o 2,o, daí pra frente a Alemanha administrou e aguardou as oportunidades para finalizar e não deixou barato, o 4.o gol foi de qeum queria realmente trucidar o jogo. E nem aos 44 do 2.o tempo, teve MESSI a chance de descontar, ou fazer gol de honra. Assim, só memso URU com muita raça salvou a sul-américa de vexame maior. Meus palpites ficam,a gora, com ALEMANHA e HOLANDA na final, acho que os primeiros levam o caneco. ESPANHA em 3.o. Imgainar uma final sul-americana pra COPA? Noutro século… ABS/ART

  36. Ernesto Araujo disse:

    Se a CBF fosse uma entidade diferente da que é, uma coisa importante a se fazer seria ouvir o seu cliente maior, o torcedor. Primeiro para saber porque o torcedor brasileiros não gosta da seleção. É por que a torcida não gosta do treinador ? É por que não se convoca os jogadores do seu time ? É por que não joga do jeito que o torcedor gosta ? É por causa da imagem ruim dos jogadores ? É por causa dos rumores a respeito das supostas negociatas ocorridas na entidade ? Tudo isso junto ou nada disso ? Seria importante saber.

    • Arthur disse:

      ERNESTO- ninguém se improta com torcedor, somos detalhe, somos os palhaços para encher o espaço vago da notícia. Há interesses de clube as pencas e jogadores com seus patrocinadores (não só aqui). Há interesses da mídia, dos jornais. Me diga, o GILBERTO convenceu vc dentro de campo na COPA? Vc levaria ele? Vc acha que a entrada dele ajudou ou desconjuntou MAIS AINDA o time? Ele entrou de LESQ? Ele gastou quanto tempo e quantos gols até descobrir o que deveria faer em campo? Alguém falou sequer 1 palavra sobre isso?

      • Arthur disse:

        Respondendo: 1) A TORCIDA é levada -em geral- pela mídia a gostar ou não do técnico, e isso DEPENDE DE RESULTADOS; 2) O torcedor Brasileiro é clubístico, sim, não levaram RE.TAR.DELLI então tristicano torcendo contra, não levaram ADRIANO, flamenguista torcendo cotnra… e por aí vai. 3) Se jogar do jeito que o torcedor “quer” tipo DYLON, e tomar tunda, não presta. Se for campeão mundial, ainda assim o DYLON vai dizer qeu não rpesta, só o “dele” presta… 4) Imagem ruim, ninguém liga pra isso… 5) Mais do que sempre? Quando o futebrasilis não passou por intere$$$es? Acho que a questão central não é essa. Assim como vc não consegue competir com a força da RADIA pró cocota

      • Arthur disse:

        ninguém hoje consegue bater de frente com a GGGG LOBO, tem de morder, e sair correndo… até na FIFA eles foram para ferrar com o DUNGA. E vc pode trocar o nome, poderia ser o JORGINHO, seria o mesmo. O veneno é o mesmo, a manipulação de interesses e patrocinadores. Omitir o nome do jogador qeu não é do clã, quando ele faz uma boa jogada. Compare os elogios do SPTV ao RAMIRES, e as palavras do GAVIÃO BRUAQUENO. O primeiro batendo palmas, o 2.o ignorando ou pegando as falhas…
        Não dá para competir com isso, não tem jeito. ABS/ART

      • Ernesto Araujo disse:

        Realmente, o Gilberto (do Cruzeiro) foi horroso em campo, Arthur.

  37. Ernesto Araujo disse:

    Vi muitos comentaristas do blog e outros pelas mídias afora falando do tal “treinador de verdade” que deveria assumir a seleção e resgatar o nosso artístico e vencedor futebol. Quem seria esse treinador ? Hoje sei que essa lua de mel entre o próximo treinador e a torcida brasileira acaba rapido. Bastam algumas convocações, alguns amistosos e pronto ! O cara já não presta mais. Não sei quem é esse “messias”… Fico imaginando quem seria ele. Talvez Johann Cruyff ??

    • Arthur disse:

      Muito dificil responder essa pergunta. FILIPÃO é um senhor trreinador, mas duvido que ele vá querer queimar o filme dele, tendo ganhado já uma COPA, e com as “pressões globais”. O técnico de clube mais vencedor recente seria o MURICI. Mas,ele é muito ignorante com a imprensa, (seria um DUNGA2), duvido que teria apoio, mesmo e principalmente em SP (onde SCCP+SEP+SFC) fariam força contra um técnico ex-SPFC. MANO- um bom nome, mas experiencia internacional?
      W.LUXA- desgatado, com outras experiencias na seleção e nas quais não foi bem, quer ser mais estrela que o time. ADILSON- um bom nome, não seria aceito NEVER. Se o ZICO topasse, seria na minha opinião um nome que poderia agradar gregos e troianos.

      • Arthur disse:

        Duvido que ele aceite. PARREIRA já ganhou sua COPA, então se vier muuuito $$$, creio que aceitará o desafio…

      • Ernesto Araujo disse:

        Vai ser o Zico. É da patota, é do Fla, tem experiencia como técnico de clube e em Copas, simboliza o futebol arte, é do Rio… Será ele. Zico !

    • Hugo 5erel0 disse:

      Grande Cruyff!

  38. Ricardo Malafaia disse:

    Se o Robinho tivesse marcado a bola naquela falta e o Juan tivesse mandado para lateral em vez de para escanteio, estaria agora torcendo para o Brasil. Como não aconteceu, vou de Mauro e Dylan (rsrsrs): Espanha!
    Desculpa aí, Hugo, tô virando folha.