Emerson, Adílson, Wanderley

Por SÍNDICO | Em 20 de setembro de 2010

Paulo Autuori perdeu de 4×0 e caiu fora antes da segunda final de 2007.

Emerson Ávila embarcou na canoa furada e lavou a honra celeste batendo o Atlético-MG por 2×0.

Eu estava lá e vi a torcida emplumada passar 85 minutos em profundo silêncio antes de poder comemorar aquele título mineiro.

Respeito Emerson Ávila. Em uma semana, ele costruiu um time épico.

Adílson Batista levou pancada desde o anúncio de sua contratação até o momento em que deixou o clube.

As pancadas da mídia não me surpreenderam. Ser chutado por quem se diz cruzeirense, isto sim, foi decepcionante.

Por atitudes como as que vi nos últimos dois anos, perdi o respeito pelo torcedor. Ao menos, pelo torcedor condicional.

Pra mim, Adílson Baptista está no panteão dos heróis celestes.

De gente como João Ranieri, Nelo Nicolai, Fialho Pacheco, Américo Gasparini, Benito Masci, Cunha Lobo, Geraldo Souza, Morais, Cris, Edu Dracena e outros radicais da cruzeiridade que jamais deram a outra face.

Os fracos, os covardes, os traíras, as hienas que sucumbiram à campanha anticruzeirense da Era AB merecem desprezo.

Adílson Baptista poderia ter caído fora bem antes. Suportou a pressão. Recebeu e devolveu cada golpe. E saiu quando havia tempo para um novo treiandor remontar a equipe.

Não fugiu da luta. Não se acovardou. Não traiu o clube.

Isto deve ser valorizado. Como deve a ser valorizada a resistência de Wanderley Luxemburgo.

Pouco importa se ele ganha muito ou pouco, se dirige o time rival, se gosta ou não do Cruzeiro, se está ou não ultrapassado.

As circunstâncias são as piores possíveis, mas ele promete resistir. E só resiste quem tem história de vida pra contar.

Quem foi criado na casa da vovó, rodeado de luxos e mimos, usando roupas bacanas, com punhos rendados e luvas de pelica, não sabe merda nenhuma desta vida.

Teclar desaforos. Expelir ódio pelos poros é fácil. Encarar desafios é que são elas!

Não passo atestado de idoneidade, não afianço nada com relação ao caráter do treinador. Não o conheço pessoalmente pra fazer avaliações que, de resto, não interessam a quem se preocupa com bola rolando, não com a vida pessoal dos boleiros ou os bastidores dos clubes.

O que sei é que perguntado se ia cair fora, Luxa disse não. E contou porque pode dizer não.

Vou torcer para o Cruzeiro ser campeão e para o Atlético-MG ser rebaixado. Se estiver na Arena do Jacaré no próximo RapoCota, provavelmente, cantarei alguma musiquinha sacana contra o Luxa.

Isto é uma parte do futebol. Há outros aspectos, contudo, que vão além da rivalidade. As atitudes corajosas do Emerson, do Adílson e do Luxa são alguns deles.

121 comentários para “Emerson, Adílson, Wanderley”

  1. Elias disse:

    #Fica Luxa!

  2. Palmeira. disse:

    Fica Luxa! Se você for ao Domingão do Faustao vou cair em lagrimas. Vai ser muito comovente.

  3. Walterson disse:

    Agora estou me debulhando em lágrimas e nem fui criado pela vovó. Tadinho! Como tem gente humilde e fidumaputa pelaí. Por exemplo, a Erenice. De filha de pedreiro que construiu Brasilia a praticante de nepotismo e tráfico de influência é só um pulo. Mas, se olhar de perto a infância da cidadã, é um poço de lágrimas. E temos trilhares de exemplos contrários, de gente humilde que conseguiu superar todas as dificuldades e se dar bem na vida. Trabalhando e estudando. Mas estes não rendem nenhuma discussão.

  4. Renato-SP disse:

    Tudo isso baseado em especulação.
    “Wamderley Luxemburgo resiste. Dirão que é por conta da multa contratual. Mas o que sabemos disto? Nós apenas especulamos.”
    Como cravar se é coragem ou mais uma vez o profissional se aproveitando para ficar alguns milhões mais rico?

    • Jorge Santana disse:

      Vc decide qual é a motivação dele. Eu acho que ele não precisa de mais grana. Precisa resistir. Por mim, ele fica. Mas se vc insiste em demiti-lo pra consertar o time, tudo bem. Quem sou eu pra te contrariar?

      • Renato-SP disse:

        Gostaria de saber em que parte está escrito que quero demiti-lo? Esse papinho de time tá deixando o síndico paranóico.

      • Jorge Santana disse:

        Si lá, vc me pareceu preocupado com a fragilidade do time emplumado e quer outro treinador pra dar jeito na coisa. Eu proponho manter o Luxa.

  5. silverio candido disse:

    Jorge, o texto ficou perfeito e coerente com seu ponto de vista. Mas, novamente, ouso em debater e ate em discordar, em certos pontos, com a devida venia. A análise da atitude do “LUXALÁRIO QUEBRATIME” em ficar depende de vários fatores. Primeiro se realmente existe a tal multa ele não SAIRIA NUNCA! Segundo, se não existe, vai , rodada a rodada, acreditar que tira as frangas desta sitiuação e não vai entregar o cargo. Terceiro, também poderia ser uma questão de honra não abandonar o clube (já que foi desprezado PUBLICAMENTE pela direção do Cruzeiro) e tentar ganhar títulos importantes para as cocotas, demonstrando para o ZZ e Cia que ele é WL é o “cara”. Como podemos observar, são ilações que não se pode tirar conclusões lógicas. E por serem ilações, ouso em discordar e acreditar na multa.

    • silverio candido disse:

      Mas continuo respeitando a sua opinião. Principalmente quando fala sobre o poder de se destruir e denegrir pessoas, com um simples toque no teclado destas máquinas que fazem interagir, mas que, sobretudo, abrem canais de discussões que, às vezes, ultrapassam os limites da razão.

      • Jorge Santana disse:

        É fácil bater em quem nem ao menos se conhece. Basta bater no teclado e pronto. O outro vira um nada. Mais fácil, impossível.

      • silverio candido disse:

        Jorge: Uma coisa está clara em nossa imprensa: A COVARDIA que fizeram com o Adilson… E a mesma covardia de alguns que ainda sonham com a tríplice coroa pateticana: Copa Itatiaia, Rural e Bi da B. O Projeto do LUXALÁRIO fracassou nas frangas pq o presidente delegou poderes demais ao treinador, coisa que o ZZ NUNCA aceitou. Time GRANDE não se sujeita ao que fora acordado entre o “Profexô” e o kaiu: No futebol quem manda é o treinador (frase dita pelo proprio presidente em coletiva)

      • é muito mais fácil fingir que não se sabe de nada e não se conhece ninguém, ou esquivar de situações claramente publicizadas.

      • Jorge Santana disse:

        Apliquem por favor, este conceito de “situações claramente publicizadas” na política…

  6. Mauro França disse:

    Quero ver se o Luxa terá coragem para dirigir o patetico em caso de eventual rebaixamento. Não me comovi com as explicações dele, acho que a bela história que contou foi puro diversionismo, para tirar o foco do principal – por que o trabalho dele, tão bem remunerado, não dá resultado? E acho que as situações colocadas são bem distintas. O Adilson foi atacado mesmo apresentado bons resultados. O Luxa não tem bons resultados pra apresentar e é o responsável pela situação. Ele e o boca-grande.

  7. Flavio Carneiro disse:

    Dois fatores contribuem muito para aumentar a “coragem” do Luxa em permanecer no comando do time de vespasiano: 1) $$$ 2) Orgulho. Se ele sair agora, estará perdendo prestígio de qualquer forma, pois se o time cair terá sido por culpa dele, que foi quem montou esse time, mas se não cair os méritos serão todos do treinador que entrar no lugar dele, e não dele. Portanto, não acho que seja uma questão de coragem, mas sim uma questão de inteligência, já que ele não tem nada a ganhar com um pedido de demissão.

    • Flavio Carneiro disse:

      Além disso, o Luxa sabe que ele já fechou muitas portas por aí e que não será nada fácil encontrar outro Kalil para pagar o salário que ele ganha no patético-mg. Atualmente, onde mais ele conseguirá um emprego para ganhar o que ele ganha no ga.y.lo?. Tenho um amigo que trabalhou muito tempo com ele e que afirma que o Luxa não é o tipo de gente capaz de rasgar dinheiro por “amor” e que os contratos dele sempre tem multas rescisórias altíssimas.

  8. Jorge Santana disse:

    Quando o Luxa dirigiu o Cruzeiro ele não tinha todos os defeitos que leio nesta área de comentários. Era um cara bacana que só se perdeu na vida quando assinou contrato com a Cocota. Ou tudo não passa de impressão minha?

  9. Jorge Santana disse:

    Quando o Luxa dirigiu o Cruzeiro ele não tinha todos os defeitos que leio nesta área de comentários. Era um cara bacana que só se perdeu na vida quando assinou contrato com a Cocota. Ou tudo não passa de impressão minha?…

    • Bruno Pontes disse:

      Pra mim, sempre teve esses defeitos de personalidade. Só que em 2003 ele tinha uma outra coisa muito importante: competência. E isso ofusca muito defeito. Como o próprio Alex dizia: quando o time estava ganhando, ninguém nem queria saber se jogador tava bebendo. É mais ou menos a mesma coisa. Cana.lha ele sempre foi, tanto que saiu do Cruzeiro do jeito que saiu (sem querer aliviar a barra de ZZP, cujo ego também certamente fez parte disso). Mas, competente como era na época, nós nem sequer tínhamos que ouvir esse papo egocentrista e derrotista de hoje.

  10. silverio candido disse:

    Agora o que o LUXA quis fazer é montar uma base para colher frutos.. Só que a imprensa pateticana é tão doente que endeusaram o cara à espera de conquistas de IMEDIATO e deu no que deu. O ADILSON trouxe o Paraná, Henrique, subiu o Renan, “consertou” o JONATHAN ( todos eles criticados pela maioria aqui do site). Mas quando cogitaram de derrubar o Adilson no ano passado, o ZZ só disse uma frase: “Quem manda no Cruzeiro sou eu. O Adilson só sai do Cruzeiro se quiser”. É o que falta ao presidente desequilibrado do lado de lá… PULSO e ação como DIRIGENTE e não como torcedor que fica “tuitando” pra fazer média com torcida.

  11. Naldo disse:

    Se o Luxa quer ficar e tem o apoio do presidente, que fique. Competência e história no futebol de sobra ele tem. Um pouco mais de paciência pode fazer bem ao rival e deve ser o que o Kalil tá buscando. Quando engrenar, terá valido a pena.

  12. Renato-SP disse:

    Diferente do que o blogueiro pensa a meu respeito, quero muito que o Luxa fique. Como expressei nos posts anteriores. Viva o pojeto. Ninguém sabe se é coragem ou cascata aquele discurso de ontem. Podemos imaginar apenas a partir do histórico do sujeito.

  13. cucafresca disse:

    Luxa vai seguir junto até o fim. Está certo, afinal ele respeita as tradições da TFM (Tradicional Família Mineira): “F… , tem que casar!”

  14. Mais do mesmo… MUITO mais do mesmo!

  15. Carlos Campos disse:

    Quem é esse Naldo? Ele só fala projetando o bem de vespasianus..não consigo entender isso !

    • Jorge Santana disse:

      Naldo é um cruzeirense que mora em Brasília e discute futebol sem ódio nob coração. Alguns torcedores têm esta capacidade de analisarem sem perder as estribeiras à simples menção do nome do rival.

    • Naldo disse:

      Calma Carlos Campos, sou Cruzeirense de corpo e alma. Só que o Luxa tem Currículum, não é um Zé Mané e conta com bons jogadores. O Kaliu, apesar de doidivanas, é um atleticano de quatro costados e parece ter entendido que só um trabalho a longo prazo vai trazer melhoras ao rival. É o que tenho percebido. Não é o que desejo como torcedor celeste. Abç.

  16. Kimbundo disse:

    Ok, JS! Mas acho que você está exagerando demais. O Luxemburgo não está vivendo nada que seja um absurdo na vida de um desportista. Ele tem responsabilidade nos resultados, não é o culpado sozinho, pode cair pra segunda divisão esse ano, pra terceira no próximo, mudar de time e ser campeão do mundo. Isso é coisa do esporte. No longo prazo, todos os times cairão para a segunda divisão.

    • Jorge Santana disse:

      ZZP já disse isto tb. Todo clube há de cair algum dia. Isto não me surpreende.Agora, o que eu coloquei em discussão foi um aspectosecundário do grande drama do rebaixamento: a recusa do treinador em se render ao primeiro grito dos microfonistas na coletiva. Reparei que se ele fosse um sujeitinho frágil, criado na casa da vó, talvez borrasse nas calças e saísse correndo no ato. A discussão deveria ter sido em torno desse episódio, mas virou um debate sobre as “situações claramente publicizadas”. Ficou bacana tb. E voltarei ao tema.

      • Kimbundo disse:

        Eu acho que ele não sai porque o vínculo entre ele e o Atlético-MG deve ser muito mais forte do que se imagina. O investimento deve ter sido pesadíssimo.

  17. rdish disse:

    Esse JS… Está polemizando pra movimentar o blog, né? SAFADEEENHO! Rs

  18. Jorge Santana disse:

    Sobre o Emerson e o Adílson, até aqui, nenhum comentário. Só o Luxa mexe com o teclado da galera…

    • Naldo disse:

      Jorge, sobre o Adilson já não tenho mais o que comentar já falamos muito dele e no momento ele repesenta perigo para nós. O Seu time é lider do Brasileirão e favorito ao título. Se quisermos faturar o caneco, temos que seguir no encalça deles até atropelha-los.
      O Emerson foi nota 10 naquele jogo em que o Autuori, ao contrário do Luxa, abandou o barco. Este não quero nunca mais no Cruzeiro. Não sei onde ele anda, mas mostrou competência. Espero que seja feliz no seu trabalho.

  19. simone b de castro disse:

    Falando por mim, em 2003, mesmo antes de conhecer o PHD, aliás, antes de ter um computador, eu JÁ NÃO GOSTAVA MUITO DO WL! Não o queria no Cruzeiro pelos escândalos na época da seleção e etc. Sou grata a ele, aos jogadores e à diretoria e aos excelentes funcionários do clube (sim, a todos!) pelas conquistas em 2003, porque acho que ninguém conquista nada sozinho! Mas não acho que o que move o luxilique seja coragem. Sua vida é um livro aberto, todo mundo sabe dos “problemas” pelos quais ele passou. Mas nunca deixou de ser vaidoso, arrogante e orgulhoso e ambicioso!

    • simone b de castro disse:

      Sua “coragem” é movida a orgulho, a não dar o braço a torcer, principalmente para a diretoria do Cruzeiro e para o torcedor cruzeirense. Além da elevadíssima multa, que sempre existiu em seus contratos, e da mamata de prestar serviços ao fundo BMG…

    • Jorge Santana disse:

      Vaidade, orgulho, ambição e certa dose de soberba caem bem no perfil de um treinador vencedor. Humildade, desprendimento, serenidade, frugalidade são atributos de monges trapistas. No Coliseu, um gladiador da Associação de Proteção aos Animais, seria pasto de leão. Eu vejo muita semelhança entre os atuais estádios e o velho coliseu. E vc, Simone?

      • simone b de castro disse:

        A gente pode ser vencedor sem ser tão orgulhoso, vaidoso e soberbo. Existe medida para tudo na vida.Também vejo semelhanças entre os estádios atuais e o coliseu, principalmente quando o gladiador arrogante,vencedor e preferido do imperador, é derrotado pelo lutador recém-chegado…

  20. Palmeira. disse:

    Não bastasse o Dylan defender o DJ, agora o síndico tomou as dores do Profexô. Rapei fora!

  21. simone b de castro disse:

    Aliás, o que aconteceu com a frase dita alguns dias antes: “Se os jogadores ou o técnico não estão correspondendo, nós temos que IR EMBORA, e trazer outras pessoas que possam dar a resposta, e não o atlético fazer o errado”. Me pareceu uma “deixa” para o Kaiu! Ou será que ele acha que está correspondendo?

  22. DALMIR FERNANDES disse:

    Tenho acompanhado a impressa mineira (Galopress), e nos ultimos dois jogos do cacarejante, a midia mudou e muito, antes, eles diziam que acreditavam no projeto do profexo, depois da derrata para o vitória a retórica mudou, estão pedindo a cabeça do luxa, acho que mais duas derrotas, para flu e gremio a casa cai, infelizmente, gostaria de `vê-lo junto com o patético na segunda, se é que ele teria tanta coragem como diz o bloqueiro.

  23. Hermes disse:

    O Luxa entrou e permanece na mente do Síndico. Sai desta mente luxa, ela não te pertence.

  24. Gustavo Rocha disse:

    Passado ou histórico, justamente o que empediu o Emerson de continuar seu trabalho no Cruzeiro. AB eu até gostaria que continuasse, mas num clube de futebol, onde aqui mesmo pregamos que não apenas um comande, no fim achei saudável a sua saída, menos para o Clube, mais para o treinador. Luxa é isso aí que vemos, perdendo ou ganhando, o cara tem brio, pelo menos, mas é inegável que de uns tempos pra cá ele não consegue mais se impor, montar equipes competitivas e principalmente revelar jogadores.

  25. Sobrinho disse:

    Só não dá para o sindico falar que começamos a criticar o Luxa só depois que ele foi para as cocotas. Tem muito tempo que a maioria do blog fala que ele é ex-treinador em atividade. Essa discussão sempre esteve em pauta, principalmente por causa dos defensores fervorosos que ele tem aqui blog.

    • Gustavo Rocha disse:

      Pode ter sido um excesso de preciosidade por parte do Luxa e falta de respeito mesmo de seus comandados, pois ele mesmo (Luxa) se transformou em grife, chique é te-lo no comando, o resto… ah o resto…

      • Dylan disse:

        eu até concordo que ele esteja em declinio e vivendo um péssimo momento. Se utranbalho atual é abaixo da crítica. Mas chama-lo de ex-treinador é uma tremenda bobagem.Sob qual critério?em 2008 ele foi campeao paulista pelo terceiro ano seguido tirando o Palmeiras de quinze anos na fila. O ultmo titulo brasileiro foi há seis anos. Ele tem que ser campeão todo ano pra nao ser ex-treinador? assim fica complicado. Acho que os que antipatizam com o Luxa carecem um pouco de critérios mais objetivos em seus julgamentos,

      • Kimbundo disse:

        Critérios objetivos! Falou tudo, Dylan!

      • Gustavo Rocha disse:

        Realmente, Kimbundo, títulos não devem ser o objetivo de quem o contrata.

      • Sobrinho disse:

        Dy, o critério é o seguinte, 2006, 2007 e 2008 ele teve muito dinheiro disponível para montar os times dele e os resultados foram títulos paulistas e campanhas regulares em Brasileiros e Libertadores. Em 2005 ele teve o Real Madrid para treinar e foi um fracasso retumbante. Em 2009 ele teve um Santos com Neymar e Ganso e não conseguiu fazer o time sair do meio da tabela. Ele não consegue montar um grande time a 6 anos. Isso para mim é ser ex-treinador, assim como Geninho e Leão são atualmente. O fracasso no Atletico foi só a confirmação dessa incapacidade atual dele de formar times para jogar futebol.

      • Dylan disse:

        Sobrinho, esse ano mesmo o Luxa foi campeão do mineiro, esse torneiozinho rastaquera que não deveria nem entrar em curriculo de treinador nenhum.,mas que para muitos aqui foi suficiente pra glorificar o Adilson. Essa conversa de ter muito dinheiro disponível também não é critério. Voce mesmo diz que ninguém é obrigado a ganhar campeonato brasileiro. E o Luxa ganhou 5. Seis anos pra ganhar um título brasileiro não é tanto tempo assim. Ele está fazensdo um péssimo trabalho e provavelmente está em declinio,mas o mesmo escrutínio que é dedicado ao Luxa não vale para outros treinadores e isso vem muito de antipatia pessoal.

      • Sobrinho disse:

        Dy, se trata vei, vai no psicologo. Adilson no papo para poder considerar o campeonato mineiro desse ano como conquista? O campeonato que vc considera que o Abap entregou? E entregou mesmo. 6 anos sem ganhar um brasileiro para um treinador que permanece ganhando mais de 400 mil por mês e que sempre tem um fundo de investimento por trás para montar o time que quiser é muito tempo para um cara com 5 títulos brasileiros no currículo.

      • Jorge Santana disse:

        A confusão chega a tal ponto que proponho chamardo o treinador de Adylan, Adylson ou Dylalson.

    • simone b de castro disse:

      Verdade!

  26. Matheus Reis disse:

    O que o Ávila fez em uma semana foi sensacional. Lembro da bola na trave numa batida de prima do Gabriel. Seria o 3 x 0 e aquela final poderia ser mais histórica do que foi. Não fosse essa trave, não fosse a expulsão do Luizão…

    E fica a triste impressão de que Luizão, Wellington, Maicon, Anderson, Paulinho Dias e até mesmo o Guilherme poderiam fazer muito pelo Cruzeiro.

    Acho que foi estratégia do Lux Luxo e não caí na lábia. Mas muito da resistência que se tem a ele é que seus escândalos diminuem ou aniquilam a chance de sentir qualquer simpatia. Não é o caso do Émerson e do AB que, nem de longe, viveram as polêmicas que ocorreram na vida do profexô.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Paulinho Dias não, talvez só o Maicon. Luizão ficou um tempão ai e não jogou, wellington esta ai e não joga, como não jogava no botafogo, algum motivo deve ter, Guilherme poderia voltar, esta insatisfeito no dinamo.

  27. Fábio Prates disse:

    Jorge, você foi bem no que se refere ao AB, mas, não entendeu os verdadeiros motivos do WL. Segundo ele, não cai bem ao seu curriculum sair (pedir demissão) num momento destes. Veja que ele não sai pelo orgulho próprio. Ele não morre de amores pelo clube que trabalha e não está preocupado com a torcida. No caso do AB, pode-se dizer que ele é um dos nossos sim, que ele defendeu o clube mesmo quando não precisava e tem bom caráter. Um abraço.

  28. Mauro França disse:

    Há uma diferença muito grande entre a situação do Adilson e a do Luxa. O primeiro foi atacado, contestado e criticado desde o dia em que sua contratação foi anunciada. Teve contra si a ira dos microfonistas e teleguiados. Não fugiu da raia, enfrenteou tudo com a cara e a coragem, em alguns momentos mais dificeis até sózinho. E apresentou resultados. Luxemburgo asumiu sob os aplausos gerais da imprensa e da torcida. Foi incensado. Era o melhor tecnico, comandando o melhor time, do melhor CT e do melhor presidente.

    • mariana disse:

      Concordo Mauro. Se com o AB cada substituição era uma alfinetada, Luxa teve a condescendencia da imprensa, sempre!

    • Mauro França disse:

      Trocou um time inteiro e os resultados não apareceram. Mesmo assim, seguiu sendo “um dos 3 melhores tecnicos do mundo”. Tanto que a pressão pela sua saida não nasceu na mídia, que não lhe moveu nenhuma perseguição, pelo contrário. Usou sua história de vida como diversionismo, para desviar o foco de mais uma derrota.

      • Dylan disse:

        quais resultados ele apresentou? nao fazer o time cair é apresentar resultados?

      • Dylan disse:

        radio nao derruba treinador. resultados sim. Eu queria que alguém me apontasse qual o treinador ficou quase tres anos num grande clube brasileiro sem ganhar um só titulo expressivo.

      • Sobrinho disse:

        Para você vê. Quem não é uma hiena percebeu o bom trabalho, tipo os dirigentes do Corinthians.

      • Dylan disse:

        vamos ver se ele vai ficar tres anos lá sem ganhar nada

  29. mariana disse:

    Nunca deixei de valorizar o que o Luxa fez no Cruzeiro, e nem suas conquistas, não ganhou nada atoa. Lembro que, quando foi anunciada sua vinda pra Vespasiano, mta gente teve certo “receio”, pra não dizer medo. Ele teria a oportunidade de treinar um time com um elenco, que ele poderia escolher, afinal tem $ sobrando. Agora quero que ele continue a fazer o que ele fez nos últimos clubes onde passou, deixou de herança, terra arrasada! Fica Luxa!

  30. Zedocanada disse:

    Nao acho que tenha algum jogador fazendo corpo mole, do mesmo modo, por que nao esperar a mesma atitude to treinador? Independente do time estar na zona, ou na segunda, Luxa e como qualquer profissional. Nao vejo nada de mais, ou de menos, em ele ficar ate o fim.

  31. ACRossi disse:

    Fica Luxa… Patetico, Kaliu, Luxa…Tudo a ver… Senador por Palmas, Gestor do Fundo, Gerente do Projeto, Técnico de futebol nas horas vagas…fique e faça o que eu sempre torci…..Acabe com eles……kkkkkkk…Desde a passagem pelo Cruzeiro eu não aprovava os métodos e o trampos do WL….agora muito mais…

    • DALMIR FERNANDES disse:

      Nossa sequência é bem mais tranquila.

      • Palmeira. disse:

        Precisamos somar nove pontos e deixar que o Inter, Bota e Santos tirem pontos do SCCP. Assim, assumiremos a liderança num momento importantíssimo do campeonato.

  32. Elias disse:

    Pelos menos nas próximas 4 rodadas a tabela nos favorece. Até o SFC ( que enfrentará o Curinthia na Vila Famosa) vai pegar o Cruzeiro na Grande São Paulo. O problema é que enfrentaremos o TODO PROTEGIDO TIMÃO em seus domínios, onde caiu na área é penalti.Ai complica…

  33. Elias disse:

    Sensacional este twitter : http://twitpic.com/2qfbar

  34. Depois da ida ao Real Madrid, percebo certa má-vontade com Luxa. A ideia que é passada, é que Luxa é um decrépito imprestável. Como no post anterior foi citado até 2004, continuemos a contagem:
    2005 (Real Madrid) – fez campanha igual a todos os outros no período e posterior. Fracasso para o Lyon é uma constante em Madrid.
    2006 (Santos) – Campeão Paulista e 4º no Brasileiro (vaga na Libertadores)
    2007 (Santos) – Bicampeão Paulista, Semi da Libertadores e Vice-Brasileiro
    2008 (Palmeiras) – Tricampeão Paulista e 4º no Brasileiro (vaga na Libertadores)
    Do meu ponto de vista, Luxa tem somente as duas últimas temporadas infelizes (e ainda arrebatou um título mineiro). Não sei se dá para encher uma mão contando técnico mais vitorioso mesmo depois de 2004.

    • Jorge Santana disse:

      Não por acaso, ele virou o péssimo dos péssimos quando assumiu a Cocota. Nós somos implacáveis!

    • Gustavo Rocha disse:

      Como sou contra os regionais, eu discordo em utilizar estes números para emplacá-lo novamente.

      • Eu, embora torça para que meu time ganhe qualquer coisa que se disponha a participar, concordo que um Estadual isoladamente possa ser algo circunstancial.
        Já não penso o mesmo de um tricampeonato. Pode ser de um clube ou de uma pessoa. Um mínimo de qualidade tem de existir aí.

      • Gustavo Rocha disse:

        Para concordar com voce, eu seria obrigado a desqualificar o tricampeonato brasileiro do SPFW comandado pelo Muricy que por ventura, participou dos mesmos paulistões citados acima. Não dá para comparar técnicos ou times campeões estaduais com brasileiros. Luxa já era.

      • Não necessariamente. Muricy atingiu vôos mais altos que Luxemburgo neste período, mas estar abaixo de Muricy não faz de ninguém decrépito.
        Em tempo: para atingir o cargo no time que vinha de Título Mundial, Muricy apresentara em seu cartel o título de penta-campeão estadual entre 2001 e 2005.

      • Gustavo Rocha disse:

        Assim nao chegamos a lugar nenhum, mas por suas respostas, sei que me entendeu…

  35. Amácio Gattuno - Fica, Montillo! disse:

    Os comentaristas esportivos deviam analisar o Luxemburgo treinador, dentro de campo, montando times. Rui Barbosa certa vez escreveu que “a imprensa é a vista da nação”, mas o desequilibrio de determinados orgãos e profissionais é um desserviço para o esporte. E quem se propor a analisar com atitude policialesca o Luxemburgo cidadão, fora de campo, poderá cometer perigosas injustiças. Ninguém deve satisfação a quem quer que seja sobre sua vida particular. Sem nos esquecermos que as autoridades já o investigaram e ele foi inocentado. Não concordo com a banalização das ofensas, com ataques pessoais e perseguição difamatória.

  36. Binho disse:

    Logicamente o síndico está sendo muito ironico e tem gente que não percebeu isso. Tà na cara que Luxa não vai abrir mão da multa gigante e sair a ver navios do clube. Ele não precisa de dinhjei9ro mais ? Desde quando há dinheiro que seja suficiente pra ricos ? Ele precisa tanto que montou um instituto e deu cano em meio mundo. Luxa vive as voltas com a justiça.

  37. simone b de castro disse:

    Engraçado é que ele não teve a mesma “coragem” quando deixou o Palmeiras na mão, em 2002…E se agora mesmo o SPFW o chamasse, eu DUVIDO que ele não deixaria as frangas correndo!!! Grande coragem!

  38. Naldo disse:

    Não tem nada fácil neste Brasileirão. Aqui, ou se mata ou morre, e o próximo Leão a ser matado é o Ceará. Matemo-lhe, pois.

  39. Amácio Gattuno - Fica, Montillo! disse:

    O treinador disse que não pedirá demissão porque confia no seu trabalho. O rebaixamento será, inegavelmente, o maior fracasso da sua vitoriosa carreira. A derrocada final da sua autoestima e do mito “Luxemburgo”. Mas, ao menos para ele, será muito melhor do que se sentir um covarde por trair suas convicções. Vamos aguardar.

  40. simone b de castro disse:

    E analisar o técnico sem levar em conta o extra-campo, é impossível, já que ele mesmo usa do futebol para se dar bem em outras áreas. Ou seja, futebol dentro da 4 linhas é o que menos importa para ele ultimamente!

  41. matheus t penido disse:

    Concordo em termos com o Síndico. Luxemburgo sempre foi um sujeito extremamente auto-cofiante, prepotente e arrogante, o que com certeza deve ter ajudado na carreira de técnico, embora passe uma imagem ruim dele. Penso então que essa resistencia na Cocota se deve acima de tudo a esse orgulho que evidentemente traz junto uma coragem, citada pelo Síndico.

  42. matheus t penido disse:

    Sobre Adilson e Ávla concordo plenamente. E é bom lembrar que o Autuori que ao contrário do VLux é considerado um cara ético, largou o barco celeste afundado depois do vexame contra a Cocota. Menos mal que apareceu o Ávila naquela ocasião.

  43. simone b de castro disse:

    Emerson Ávila foi corajoso prá caramba, ao assumir o time para o último jogo, depois daquela goleada para as frangas! E é humilde! Contradição?

  44. Beth Makennel disse:

    Ao Emerson Ávila, meus parabéns pela coragem e bravura. Ao Adilson, meu eterno obrigado por tudo me proporcionou como jogador e técnico do meu Cruzeiro. Ao Luxa, sinto muito mas era tanta arrogância e agora esta palhaçada de hipócrisia e humildade? Sinceramente, não me engana, desejo a ele morrer abraçadinho com o Kanil na segundona. Traiu o torcedor Cruzeirense. Conversou fiado e falando a toda hora de que o CT do galo é o melhor do Brasil, só para tentar mexer com o orgulho Cruzeirense e o Zezé. Etc. Etc. Traídor de uma torcida que o admirava e a que era ídolo. Merece pagar seus próprios erros e sua petulância em desrespeitar o maior de Minas com ajuda e apoio desta midiazinha ordinária de BH.

  45. Walterson disse:

    Sempre discordei com esta mania de atribuir coragem à falta de opção. Se o cara tem uma doença grave e faz de tudo pra não morrer, elogiam a “coragem” do cidadão em lutar pela própria vida. Afinal, ele tem alguma opção? É isso ou morrer. Assim é fácil ser herói.

  46. Fabrício disse:

    Não é necessário conhecer ninguém pessoalmente para criticar ou elogiar. Pessoas públicas estão aí e via de regra são recompensadas por esta exposição. Ao criticar ou elogiar é comum tomar como base opiniões e/ou referências de quem convive/conviveu com o cidadão ou tem argumentos bem fundamentados para fazê-lo. Li repetidas vezes o post para tentar encontrar alguma coincidência de pontos de vista, mas não deu. Não acredito. Vários motivos me fazem pensar assim: os últimos trabalhos em vários outros clubes, moral (uma enormidade de processos e “inimigos” no ramo), a postura de cuspir no prato que comeu (Santos? Cruzeiro? etc), a absoluta falta de humildade (são vários casos), é evasivo demais etc. Sem ressentimentos com a figura e na torcida para que ele permaneça na concorrência. Faz bem!