Em defesa de Adílson Baptista

Por SÍNDICO | Em 12 de outubro de 2010

Jorge:

Se em algum momento desta entresafra futebolística você quiser publicar este e-mail como post, sinta-se à vontade.

Este é um desabafo de quem admira um verdadeiro cruzeirense, que está sofrendo uma perseguição infame.


Eu acho que o trabalho do Adilson Baptista no Cruzeiro foi excelente. Ele só não ganhou a Libertadores porque, do outro lado, também havia um adversário com o mesmo objetivo.

Fosse a Cocota o oponente naquela final, meteríamos outro 5×0 e teríamos colocado a faixa no peito.

Quanto às outras eliminações, perdemos para os multicampeões sul-americanos e mundiais, Boca Juniors e São Paulo.

Contra o tricolor, não nos esqueçamos de que tivemos um gol mal anulado e uma expulsão relâmpago e discutível na revanche, no Morumbi.

Como o ódio pelo treinador, para alguns, está assentado nas derrotas na Libertadores, é bom lembrar alguns fatos.

Ele não escalou Sorin na final de 2009 porque, um pouco antes, o lateral havia pedido pra sair de uma partida após ter ficado apenas 15 minutos em campo.

E o que dizer dos cotovelaços do Kleber? Como evitá-los?

E por que se critica o treinador por não ter escalado um time só pra evitar que o Estudiantes tivesse feito dois gols? O negócio não é jogar sempre pra frente?

Outro motivo para a perseguição ao treinador é o fato de ele ter peitado parte da mídia belzontona, que não se cansa de fazer cobertura tendenciosa do Cruzeiro.

Há também desafetos que o chamam de Professor Pardal. Mas eu não me lembro de ele ter escalado centroavante na lateral-esquerda.

Mas a birra maior contra Adílson Baptista talvez tenha sido o fato de ele ter recuperado Thiago Heleno, que parte da torcida decretou ser baladeiro. Jamais perdoaram o treinador por isto.

Dirão que o beque afundou o time em algumas partidas esquecendo-se, por outro lado, de suas grandes atuações ao lado do Sombra.

Existem outros motivos para o ódio ao treinador.

Cito dois: a grande arrancada de 2009, que levou o time do Z4 ao G4 e o duplo 5×0, que provoca arrepios em muita gente que se diz cruzeirense.

A mesma gente que, teleguiada por parte da mídia, não perdoa o treinador pela incrível sequência de vitórias sobre sobre o rival citadino.

Adílson merece respeito pelo que fez como jogador e treinador pelo Cruzeiro. E por ser sócio do futebol do clube. Elementar.

Abs

Walterson Almeida

184 comentários para “Em defesa de Adílson Baptista”

  1. Jorge Santana disse:

    Sem baixarias, por favor.

  2. Matheus Reis disse:

    Com relação ao achincalhe do Adilson, mantenho meu estoicismo. Podem dizer o que for, minha admiração e gratidão ele sempre terá. Por ter quebrado as duas pernas jogando pelo clube ou pelo belo trabalho que fez quando treinou o time. Já disse outras vezes que ele me fez recuperar o respeito pela profissão de treinador. Morar no local de trabalho não é pra qualquer um. Como diria o Muricy: “aqui é trabalho, meu filho”.
    E o mais: admirar seu trabalho não significa diminuir o do Cuca e vice-versa. O bom trabalho do Cuca até aqui não torna o trabalho do Adilson um fracasso monumental. “Muito antes pelo contrário”, é só ver quando o time começou a crescer no BR-10 e dar uma olhada para quem estava em campo. De resto, sugiro terapia para quem quiser e posso até indicar uma amiga do ramo.

  3. Walterson,
    Os anti-Adílson vão dizer que ele fracassou no Corinthians, que ele desmontou o time do mano Menezes que era líder do Brasileiro.
    A verdade é que a campanha dele no Corinthians não foi boa, mas, as dificuldades que ele teve foram grandes também não é mesmo ?
    1) Sistema de jogo
    O time de Mano tinha no meio campo Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César + Jorge henrique e Yarlei na frente.
    Problemas na armação de meio-campo.
    Aí Adilson perdeu Ralf e também Jucilei ou Elias por convocações e suspensões. Bruno César também caiu muito de rendimento em função da Maratona de jogos, a torcida pedia a escalação de Defederico vendido ao Corinthians como se fosse o novo MESSI, o cara também não rendeu e a culpa caiu em cima do Adilson ? Pode isto ?

  4. 2) As opções de meio que o Adilson tinha à disposição eram …
    – Ele tentou Edú, Boquita, Defederico, Paulinho, Moacir no meio, Danilo… tentou a formação com 3 zagueiros, tentou o 3° zagueiro pela esquerda ao perder Roberto Carlos, tudo para suprir a falta de um volante centralizado, afinal só Ralf sabia fazer esta função.
    Aqui creio que Adilson poderia e deveria ter olhado no time B uma opção ou mesmo na base.
    Adilson errou ao ir para os 3 zagueiros, porque, com zagueiros lentos a formação nunca terá bom rendimento :
    – Chicão machucado
    – William é muito bom, mas, é lento
    – Thiago Heleno estava sem ritmo de jogo
    – Paulo André é fraco, apesar de ser um dos líderes do elenco.
    Ou seja todos os beques do Corinthians são medianos.

    • simone b de castro disse:

      Adilson pediu a contratação de um jogador argentino, se não em engano, e os loucos do Corínthians acharam por bem não trazer, com a desculpa de que não valia a pena…hum, hum…

  5. Gattuno *FICA, MONTIL1O* disse:

    Eu já cravei posição sobre o tema: ídolos merecem respeito.

  6. 3) A combinação fatal aconteceu defesa lenta, atuando sem proteção. E os caras queriam matar o Adilson porque ele tentou escalar 3 zagueiros contra o AtléticoGO. E o Adilson já tinha falado antes do jogo que poderia ter dificuldades com Anaílson e Juninho, porque os 2 jogadores são rápidos e jogariam em cima de seus beques lentos. E ele não tinha opções melhores no banco…
    Ele não armou o elenco assim…
    Os entendidos é que liberaram antes do Adilson chegar o Marcelo Mattos para o Botafogo (um jogador caro para ser reserva do Ralf).
    4) E o ataque então ?
    Os entendidos é que apostaram em Souza para substituir Ronaldo, que nunca entra em forma e viram Yarlei se fixar como titular e depois também cair de rendimento por que o time perdeu referência.

  7. Frede disse:

    O Abap fez muito mais pelo Cruzeiro que essas hienas do apocalipse, reis do teclado, jamais sonharam em fazer. Profissional sério, dedicado, que não fica beijando o escudo do clube, demonstra seu carinho e respeito nas atitudes. Pelo tanto que ja fez deveria ser respeitado por esses malas. ABAO é Cruzeirense e pessoa da prateleira de cima.

  8. O ataque do Corinthians enfraquecido com a ausência de Ronaldo, com a má forma de Souza ainda perdeu Jorge Henrique e Dentinho.
    Adilson não conseguiu fazer limonada sem os limões… dentro de campo.
    Nos beques esqueci de falar de Leandro Castán, também um beque lento.
    Vejam a qualidade das opções que teve o Adílson à disposição.
    5) mas, a principal razão para a queda foi não ter aceitado se reunir junto com os “líderes” do elenco junto com a GAVIÕES DA FIEL…
    Ao ver o time perdendo o jogo para o AtléticoGO, o presidente Andrés Sanchez saiu da zona nobre e desceu espumando para os vestiários. No caminho, pediram-lhe a cabeça de Adilson Batista… Como Salomé pedia a cabeça de João Batista… e Sanchez atendeu, demitindo o treinador.

    • simone b de castro disse:

      Como bem disse um conselheiro do Cruzeiro ( não c/essas palavras): time onde quem manda é uma torcida organizada, só dá m…

  9. Hermes disse:

    Já faz quase meio ano que o cara saiu e tema não acaba, daqui a pouco começa a discutir a última saída do Mago Ênio do Cruzeiro. AB fez um trabalho razoável, saiu quando já era hora de sair e o Cruzeiro inegavelmente melhorou com a saída dele. Não é porquê é sócio tem que ter cadeira cativa como treinador. O futebol do Cruzeiro tem que ser gerido, supervisionado, treinado e jogado por profissionais e não por torcedores.

  10. mariana disse:

    Assino em baixo, Waterson. Já dei vários depoimentos sobre o que eu penso do AB. Cara sério, trabalhador e cruzeirense de coração. Sou fã dele!

  11. rdish disse:

    Noves fora a apreciação ou não do trabalho do técnico, é consenso na imprensa paulista que a saída do Adilson do Corinthians se deu mais por ele não aceitar palpites de fora em seu trabalho. Acabou que ele saiu bem do clube, que por sua vez foi o ‘queimado’ pela crítica.

    • Jorge Santana disse:

      SCCP, Fla e Cocota estão nas mãos das organizadas. É fria trabalhar nesses antros. Andrés já foi até presidente da escola de samba da organizada corintiana. É pau mandado de brucutus.

      • Dylan disse:

        tem sempre uma desculpa par ele nunca dar certo…

      • Walterson disse:

        O Andres foi presidente e fundador da TO Pavilhão Nove, uma célebre ala do igualmente célebre Carandiru, cujo símbolo é um Irmão Metralha.

  12. Cuné disse:

    AB como qualquer outro treinador teve erros e acertos.
    Eu o respeito por ser cruzeirense, e todos triunfos que obteve a nosso favor como treineiro e como jogador.
    Só que isso não o isenta de erros comuns a todos seres humanos.
    O TH por exemplo, eu acho ele um zagueiro aceitável, mas está mais que provado que tem que comer mto feijão pra jogar o que o AB acha que ele joga.
    Ele falhou em diversas ocasiões vestindo nossa camisa e continua falhando no SCCP.
    Respeito e admiro o AB, mas não acho que ele esteja acima do bem e do mal como alguns dão a entender que acham.
    Não torço pra que ele fracasse assim como não torço pra que nenhum atleta mal fadado no Cruzeiro fracasse, mas quando os interesses do meu time conflitarem com os do time que ele representa, deixarei o AB de lado. Simples assim!

  13. Dylan disse:

    bem o assunto volta sempre à baila entao presumo que opiniões contrárias devam ser expostas. Nao acho que torcer por este oua quele time deva ser critério para avaliação de um trabalho profissional. O proprio fato de ser cruzeirense nao o impediu de jogar pelo Atlético. Como jogador do Criueiro merece tiodo respeito e reconhecimento. Como treinador considero sua passagem em retrspecto cada vez pior. Mal aproveitamento de material humano, criterios inepxlicáveis para escalação de jogadores causando divisão e desanimo no elenco e outras falhas que foram grotescamente exibidas no Corinthians causando exasperação generalizada.

  14. Dylan disse:

    o que me espanta de verdade é como qualquer gozação em cima do Adilson é tomada como ofensa mesmo com suas presepadas jogando o primeiro lugar no colo do Cruzeiro. Enquanto isso o Luxemburgo,uma figura muito mais importante na historia do Cruzeiro é achincalhado onde estiver. O motivo?o Adilson é cruzeirense. Então tá absolvido por este 1/3 de coracao que o Cruzeiro divide com o Furacão e com o Gremio.

    • marco disse:

      Perfeito comentário.

    • O que me surpreende é o tanto de torcedor que acha que o Adilson ainda é treinador do Cruzeiro.
      O cara se dar bem ou se dar mal no time que for, NÃO é problema nosso (pelo menos dos cruzeirenses de verdade)…
      E ainda assim continuam rosnando… típico da cachorrada!

      • Douglas_Sorocaba disse:

        Pois é, eu decidi não perder mais o meu tempo comentando sobre esse assunto. Meu time está na liderança, e tenho muitas coisas boas e importantes SOBRE O CRUZEIRO para me preocupar daqui até dezembro.
        Passo!

  15. Dylan disse:

    eu so lamentoq ue o Cruzeiro nao tenha tido outro comandante nestes dois anos passados. Com certeza um daquele titulos perdidos estaria agora na sala de troféus da Toca.

    • Dylan,
      Você, como todo jornalistazinho e repórter maledicente e falacioso, fala as merdas que quer e se acha o dono da verdade.
      “…Com certeza um daquele titulos perdidos estaria agora na sala de troféus da Toca…”
      Você não tem nenhuma vergonha em escrever que tem certeza de alguma coisa que NUNCA se apresentou, apresenta ou apresentará como factível????
      Este tipo de democracia, em que escreve-se M3RDAS como a que você escreve e que em sequencia vem escrever que as pessoas não entendem, os defensores do AB isso e aquilo.
      NÃO TEM DEFENSOR de AB P0RRA nenhuma… sou é agressor de gente mentirosa que escreve mansinho passando-se de vítima.

  16. Claudinei Vilela disse:

    Qto ao filme repetido “as varias faces de AB”, penso o seguite:

    AB torcedor do Cruzeiro, tem todo respeito como todo torcedor deve ter, independente se é socio do clube ou não.
    AB treinador do Cruzeiro, bananeira que que deu cacho, desgastou, saiu e para o propio bem e pro bem do clube.
    AB treinador do Corinthians, tem que se ferrar junto com o time.
    AB pessoa. Respeito, como todo ser merece respeito, independente de cor, raça, etnia, situação financeira.

    post em 2035 “Adilson Baptista, um treinador que passou pelo Cruzeiro”

  17. Rogério disse:

    Para ser sincero vibrei com a saída do Adilson do Corinthians, ele iria acabar dando a volta por cima e nos daria muito trabalho na briga pelo titulo.

    • Claudinei Vilela disse:

      Lamentei a saida dele de la agora. Vai que o Corinthians contrata um tecnico estilo Cuca e arranca fazendo umas 7 partidas consecutivas sem perder?

    • Hugo 5erel0 disse:

      Eu lamentei muito a saída dele. Com o péssimo relacionamento que ele criou com jogadores, diretoria e torcida iria continuar afundando o Corínthains.

  18. Claudinei Vilela disse:

    Adilson merece todo respeito da torcida celeste, afinal mostrou sua cruzeiridade ao “enterrar” o corinthians para que o Cruzeiro ultrapassasse o rival na luta pelo titulo,…….rs

    Valeu AB!

  19. Celeste disse:

    Quando vi, pela TV, a presença da Gaviões no CT, previ a saída do ABap. Eu espero que um dia ele volte, mas sem pressa. Ele honrou a camisa azul como técnico e jogador. A falha dele foi ter aceitado dirigir um clube bagunçado. E a falha da diretoria do timão foi não ter montado um elenco e ter apostado somente no apoio da Globo, CBf e nos homens de preto.

  20. raher disse:

    Continuo achando um exagero, tanta paixaõ e devoção por uma pessoa comum, talvez um anti heroi, mas comum e sem meritos maiores que os demais.
    Que ele era trabalhador, ninguem discute.
    Que ele era cruzeirense dedicado, ninguem duvida.
    que ele queria vencer e levar o time ao topo indiscutivel.
    Mas adilson foi ingenuo, foi arrogante, foi prepotente, enfrentou forças que ele precisava conquistar, debochou de parceiros que ele poderia ter do lado, ironizou de torcida ironizou de reporteres e quem planta ventos colhe?
    Acho que no cruzeiro tem muito mais gente que merece ser apoiado e valorizado tambem. Adilson ja se foi ha meses e esse fundamentalismo só desmerece quem está ai e fazendo um bom trabalho tambem.
    Acho que tanta defesa faz mais é parte da natureza de proteger os mais fracos.

  21. Hugo 5erel0 disse:

    Adílson saiu do Cruzeiro e somos todos gratos pelo o que fez como técnico e principalmente como jogador. Dizer que HOJE ele está sofrendo “persguição” é choro de viúva descontrolada. Será que ele sofreu perseguição em SP também? Parem com esse chororô infantil e vão ler os 5 motivos que derrubaram o Adílson no Corínthians. Ele deu motivo mais do que suficiente pra ser demitido e nós temos é de agradecer por ter avacalhado o Corínthians nos deixando ocupar a liderança.

    • raher disse:

      textos com mais caracteres são sempre comidos pelo anti spam? ou pre moderção?

      • raher disse:

        é mesmo hugo, muita gente confunde gratidão e respeito com idolatria e manias de perseguição.

      • Diogo Lara disse:

        Concordo com vc…Acho que devemos sim ter respeito pelo Abap mas sem perdermos o senso crítico…Acho que ele erra muitas vezes e não sabe lidar com pressões..

      • Hugo 5erel0 disse:

        Geralmente, são moderados textos com muitos caracteres, com palavras ofensivas ou com erros crassos de português. Entre outras regras que eu não sei mas que são necessárias. Mas é só ter um pouco de paciência. Abc!

    • Mauro França disse:

      Mas afinal, quem está dizendo isso? Pelo menos neste post não tem nenhum comentario nesse sentido, tem?

      • Hugo 5erel0 disse:

        Você não leu, Mauro? Tá no primeiro parágrafo do post: “Este é um desabafo de quem admira um verdadeiro cruzeirense, que está sofrendo uma PERSEGUIÇÃO infame”

      • Mauro França disse:

        O post não é datado, então não dá para saber se ele foi escrito HOJE pu há mais tempo. Da mesma forma, não há menção ao Corinthians, apenas quanto aos fatos ocorridos no Cruzeiro.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Mas, meu Deus, quem está discutindo sobre AB no Cruzeiro? Só as viúvas com esse chororô chato e interminável. O post tá com a data de 12 de outubro, HOJE, Dia de Nossa Senhora Aparecida.

      • Jorge Santana disse:

        Serelo, se vc não gosta do tema, passe. Simples assim. Por que se aborrecer?

  22. Vendo o Minas esportes ontem tive a impressão ter lido aqui as declarações do LG sobre o Adilson, parecia o Dylan..
    PS: o Dylan é o zé neto?

  23. Moema (MFox) disse:

    Acredito que é muito importante separar aqueles que atacam a pessoa do Adílson Batista daqueles que simplesmente entendem que ele não fez um trabalho louvável no Cruzeiro. Não vejo aqui no blog, com as raras exceções que são devidamente moderadas, ninguém que ataque o Adilson pessoalmente como acontece em outros blogs (motivo pelo qual, inclusive, deixei de comentar no blog do Benny, que é uma pessoa que gosto e cujo trabalho admiro). Adilson merece respeito, sim, como toda pessoa e mais ainda pelo histórico no Cruzeiro. Mas não há motivos para blindá-lo de críticas ou desqualificar a opinião de quem não gosta dele.

    • Moema (MFox) disse:

      Adilson acertou e errou, e é uma questão pessoal o julgamento com relação à capacidade dele como treinador e, mais ainda, a permanência dele como técnico do Cruzeiro. Não me lembro quem disse isso aqui no blog, mas o fato de que todo atleticano não gosta do Adílson não quer dizer que todos que não gostam do Adílson são atleticanos. Questão de lógica.

    • Moema (MFox) disse:

      Na minha opinião, Adílson deixou um saldo positivo em seu trabalho. Mas aprovei a sua saída, não porque o Adílson é ruim, mas porque a relação estava desgastada. O time vinha jogando mal, não se via poder de reação e o clima era de “quando o Adilson vai cair” em todos os jogos. Isso não é um bom ambiente, e uma mudança era mais do que necessária. Foi uma aposta, que acabou dando certo. Não há como saber se o time teria reagido se o Adílson tivesse ficado, mas isso não interessa mais. O fato é que o resultado da mudança foi positivo, independentemente das causas.

      • Diogo Lara disse:

        Concordo em tudo. O Jorge deveria colocar seus comentários como o post definitivo…

      • Hugo 5erel0 disse:

        Assino embaixo. O primeiro período do teu primeiro comentário já diz miuito.

      • raher disse:

        Tambem achei muito lucido e claro o seu primeiro topico, nem todos s”ao iguais aqui, tem gente e tem gente.
        Voce se expressa bem moema e falou tudo.

    • marco disse:

      O que deixa triste é que mesmo com críticas impessoais ao AB o que levamos de volta são verdadeiras ofensas. Mais uma vez falo: AB é um bom treinador. Não foi um espetáculo. E pensar assim não me faz atleticano ou rosado ou galináceo ou emplumado ou qualquer um desses adjetivos tão legais.

      • Douglas_Sorocaba disse:

        Concordo com todos vocês, desde a Moema até o Marco.
        Mas esse será o meu último comentário a respeito desse assunto, que pra mim já esgotou faz tempo.

  24. Moema (MFox) disse:

    A insistência em provar que Adílson era bom é tão chata e irritante quanto a insistência em provar que ele era ruim. Quando houver ataques à pessoa, ofensas e acusações sem fundamento, que se tome as providências cabíveis de moderação e banimento. Mas se for apenas uma questão de se provar quem está certo, essa discussão não vai acabar nunca e não vai levar a lugar nenhum.

    • Diogo Lara disse:

      Concordo tbm…

      • Dylan disse:

        eu acredito q ue as opinioes divididas sobre o Adilson refletem a trajetória dele. Muito gostaram, outros nao.Os que o defendem tem uma necessidade emcocional muito grande de vir explicar porque ele é bom. Ninguém precisa fazer isto pelo Luxemburgo por exemplo porque as conquistas dele no Cruzeiro falam por si. O Adilson nao tem conquistas a exibir. Portanto o debate em torno do trabalho dele deveria ser com tolerancia, com argumentos, mas alguns parecem que querem transforma-lo no proprio simbolo do Cruzeiro,uma figura da estirpe de Niginho, Tostão, o que é claro, uma tremeda besteira.

    • Jorge Santana disse:

      Moema, não há insistência. Isto é interpretação sua. Adílson está na história do Cruzeiro, como jogador e treinador. Os desafetos dele são um zero à esquerda nessa história. Por isto, aqui, escreve-se sobre o AB e não sobre microfonistas e seus fantoches. Enquanto os teleguiados se deixavam conduzir pelos inimigos do Cruzeiro, AB batia de frente contra a mídia. Isto é fazer história. Acovardar-se, não.

      • Dylan disse:

        fica meio tolo esse negocio de querer dar contornos épicos a um embate de um treinador com uma rádio. Por que ninguém persegue o Cuca cujo trabalho é bem melhor que o do Adilson?se todo tecnico que brilha no Cruzeiro incomoda porq ue so o Adilson incomodou tanto?

      • Jorge Santana disse:

        Cuca não é o tema do post. E se vc não gosta do tema AB, por que entrar neste blog pra discuti-lo? Procure um espaço corintiano ou emplumado pra curtir suas mágoas.

      • raher disse:

        Porque adilson era ironico, se achava e queria enfrentar reporteres. Coisa de quem se acha mesmo. Voce disse uma verdade incontestavel, Cuca vem ate aqui fazendo um trabalho excelente e ninguem da imprensa se incomoda com ele. Felip’ao esteve aqui e fez um otimo trabalho e saiu bem com a imprensa e a radio. Luxa quando foi campeao de tudo em 2003 tambem saiu daqui em lua de mel com a radio e com a imprensa. Porque so adilson incomodou ou porque so adilson provocou

      • Dylan disse:

        que mágoa? voce ta simplesmente confirmando tudo que a Moema falou.A incapacidade de discutir objetivamente sem desqualificar o interlocutor sobre um personagem controverso.

      • Moema (MFox) disse:

        Jorge, é óbvio que é minha interpretação, estou apenas compartilhando-a pois se eu tenho esta percepção, outros podem ter também. Eu não gosto do TEMA AB, como você sabe, pois acho que é birrinha pessoal, e por isso aceito e vou acatar a sua sugestão.

        Enquanto se discute interminavelmente a importância na história de um personagem, perdemos a oportunidade de discutir mais profundamente a história que está sendo construída agora. Somos líderes do brasileiro, batalhando pelo título, e ficamos aqui discutindo AB.

      • Jorge Santana disse:

        Não é verdade, Confira os posts sobre os dia a dia e os jogos do Cruzeiro, ou seja, sobre a história corrente. Agora, o que vc chama de birrinha é apenas a velha briga entre cruzeirenses e atleticanos. O que não tem fim. E eu não vou perder nenhum oportunidade de irritar os emplumados do blog. Nem com um carinhoso pedido seu. Gosto de vc, mas sacanear emplumados é de lei. A rivalidade assim o exige.

      • Dylan disse:

        infelizmente so que o passa da sua atitude é uma tentativa desesperada de provar alguma coisa que os fatos nao conseguem contar.

  25. Diogo Lara disse:

    Pessoal,

    Seguindo a idéia da Moema, vamos parar de falar do Adilson…Temos um bom treinador no comando, o Cuca, e estamos firmes na disputa pelo título…Um dia, e torço para que demore, em que o Cruzeiro estiver mal e o treinador tiver fazendo um mal trabalho e a volta do Adilon for cogitada, voltemos ao assunto…

    • Jorge Santana disse:

      Não vamos parar de AB ou de qq outra personagem da história do clube. Cuca não tem nada a ver com isto. Cuca é outro assunto. É um profissional que está fazendo seu trabalho e como tal será julgado. Até aqui, vai bem. AB já deu sua contribuição e está na história. Ao contrário dos teleguiados.

  26. joao novaes disse:

    volto a falar do jogo do CRUZEIRO contra as cocotas!
    jogar em uberlandia vai ser uma fria!
    nao vao vender todos os ingressos e as cocotas estao presentes em algum canto! o certo e prestigiar os CRUZEIRENSES DE BH!
    discutir 60 km contra 500 km e uma ignorancia!
    nao estamos atras de renda! TEMOS E QUE PRESTIGIAR QUEM SEMPRE ACOMPANHOU O TIME!
    VAMOS MANDAR OS GALINACEOS PARA ONDE NUNCA DEVERIAM TER SAIDO!

    • Diogo Lara disse:

      Mas parece que os jogadores preferem Uberlândia…ou não ?

    • Hugo 5erel0 disse:

      Cê quer dizer que só os cruzeirenses de BH sempre acompanham o Cruzeiro? Tem noção do tamanho da bobagem que cê tá falando? “o certo e prestigiar os CRUZEIRENSES DE BH” Putz…

  27. joao novaes disse:

    DIOGO,
    preferencia é uma coisa! o OBVIO A RAZAO é outra!
    penso que na NA ARENA DO JACARE A NOSSA TORCIDA SERA UNICA sem espaço nem para galinaceos e nem pintos! em uberlandia repito: existe possibilidade deles alojarem em algum espaço!

    • Diogo Lara disse:

      João,

      Sim, existe a possibilidade da presença delas…Mas não vejo que isso é um problemão haja vista que 1) parece que os jogadores preferem Uberlândia, 2) a arrecadação lá é maior e as finanças do clube agradecem e 3) tbm temos uma grande torcida na região e com certeza será grande maioria..

    • Hugo 5erel0 disse:

      No último clássico na Arena estavam vários cruzeirenses. Quase saiu briga com filho de dirigente por causa disso. Os jogadores preferem o Parque do Sabiá. Devem ter motivos pra isso. Mas aí vem um torcedor de BH que nunca botou o pé em Uberlândia (e pelo visto em nenhuma cidade fora da RMBH) pra definir o que é “óbvio”.

      • Raf Lima disse:

        Também fiquei sabendo de alguns cruzeirenses infiltrados na Arena no primeiro clássico de-uma-torcida-só. Se haverão sofredores-caninos no estádio Joao Havelange, que estejam cientes do risco que passarão. Em suma, seja aonde for, Cruzeiro tem de fazer valer sua condição de FAVORITO e somar mais 3 pts, rumo ao TRI brasileiro..

      • Eduardo Arreguy Campos disse:

        A briga foi entre filhos do kalil e outros atleticanos, que xingavam o time e o presidente. Este papo de infiltrados é tergiversação,

  28. Walterson disse:

    Bem, é claro que não escrevi exatamente assim e o Jorge tratou de melhorar o texto pra ficar mais legível. Meu objetivo, como disse a Moema, não foi o de provar que o Adilson era bom mas que ele fez um excelente trabalho quando aqui esteve. E em momento algum defendi o Curintia ou sua permanência naquela zona de clube.
    Sobre o fato dele ter saído quando o time estava em má fase ou relação ruim com os jogadores, e ter melhorado em seguida, lembremos que o time estava sofrendo seguidos desfalques, a ponto de não conseguir escalar jogadores para o banco. O Adilson pedia jogadores e o ZZP dizia que não tinha grana pra nada mas foi só ele sair (ou a campanha polítitica se acirrar) que, do nada, se contratou um caminhão de jogadores, inclusive o antes tão cobiçado Montillo.

    • Walterson disse:

      Sobre a tal “relação ruim com os jogadores”, lembremos que se resumia aos descontentes de sempre, incitados pela rádia, a principal interessada em plantar crises no Cruzeiro. No caso, eram o WP, reserva do kleber, o Galera reserva do Gilberto mas que nunca conseguiu se firmar quando este se machucou, e o Fabinho, reserva do trio de ferro da meiuca. Sinceramente, algum destes merecia ser titular naquele time? Todos reclamam de não se utilizar a base mas cadê Eliandro e Sebá, que sempre eram aproveitados?

      • Jorge Santana disse:

        E os outros gênios preteridos? Apodi, Domingues e Jadílson… A rádia e seus teleguiados queriam o melhor para o Cruzeiro? Tenho minhas dúvidas.

  29. Jorge Santana disse:

    Frescura esse negócio de escolher estádio. Qualquer um tem cancha oficial. E a torcida adversária deve ser bem-vinda, desde que pague ingressos. De preferência os mais caros. O Cruzeiro podia colocar ingressos a R$10 para seus torcedores e a R$100 para os emplumados.

  30. Jorge Santana disse:

    Ao invés de patrulhar, o Chiabi discutiu o tema de forma racional. Aliás, foi além do tema. Mas com propriedade de quem pensa e não com a futilidade de quem escreve com o fígado e tem medo do AB.

    • Dylan disse:

      que medo?ele detonou o time que poderia tirar o titulo do Cruzeiro

      • Jorge Santana disse:

        Medo, não. Pânico. Já pensou se vcs levam outros 5×0? Definitivamente, não é medo. É pânico.

      • Dylan,
        Jamais lhe faltei com o respeito. Se V. Sª não concorda com o que eu escrevo dê sustentação ao que arrulha.
        Futebol é opinião e gosto.
        Relatei os fatos não as falácias.
        Se ser campeão mineiro não significa nada, não me venha falar em alma palestrina, pois, na sua ótica o Palestra Itália não ganhou nada.
        O sr. deve ser dos tais que acredita como o sr. Juca Kfuri que o mundo tenha começado em 1971.
        Os feitos de Pelé, Zizinho, Garrincha, Friedenrich, Canhoteiro, Dirceu Lopes e Cia são mera galhofa.
        Criou um critério chulo e quer nos empurrar goela abaixo.
        Por certo, o sr. não conhece muito da história do clube e não sabe o mal que os adversários do clube na imprensa mineira nos fizeram anos a fio. (Continuo)

      • O Cruzeiro sobreviveu a ataques ninja…
        Nosso mais importante goleiro foi chamado de Wanderléa não pelos atleticanos comuns, a coisa começou na imprensa…
        Bateram no Cruzeiro, mas, a força do time armado por Felício & Furletti fez a nossa torcida sair daquela nesguinha que ficava espremido entre o placar eletrônico e a grade da cativa, até se tornar na verdadeira China Azul, que temos hoje.
        Fale o qe quiser desde que o sr. não deprecie o bi-campeonato conquistado em 2008 e 2009, com um duplo 5 x 0, que tanto incomodou aos adversários do Cruzeiro.
        Defenda o repórter marolinha… defenda JB, LG e EC e terá sempre em mim um adversário feroz.
        Atacar o Cruzeiro ou nosso patrimônio é sacrilégio para mim.
        Falácia tomará cacete, tá certo ?

      • JS, por favor livre a réplica dos negritos, desculpe-me.
        Att. Chiabi

      • simone b de castro disse:

        Falou tudo, Chiabi. O que seria da Tríplice Coroa, que todos veneram, sem o título do campeonato mineiro? E não reconhecer a perseguição da imprensa mineira é um desatino!

  31. Geniba disse:

    Ídolo! Eterno!
    Defendeu o Cruzeiro como poucos! Como poucos!!!
    Se ganharmos o título do Brasileiro esse ano, teremos que agradecer a ele também. Os méritos serão do Cuca, que é um excelente técnico, mas o Adílson será lembrado porque plantou isso que estamos vendo hoje. Temos sorte de termos tido técnicos tão bons como estes dois.
    Um começou um belo trabalho e o outro dá continuidade, engrandecendo o Cruzeiro.
    A maior bobagem é querer desmerecer algum profissional porque não ganhou algum título. Típico de brasileiro cabeça pequena.
    Adilson não ganhou Libertadores. Zico não ganhou Copa do Mundo. E daí?

    • Jorge Santana disse:

      Geniba, tem cruzeirense (?) que considera a derrota em Potosi como jogo histórico. Não consegue se lembrar de nenhum outro importante. Vive atrelado a essa derrota. E segue ao pé da letra as diretrizes dos microfonistas. Torceu contra o Cruzeiro pra derrubar treinador. Não dá pra levar a sério essa gente. E agora querem impor a idéia de que elogiar a contribuição do AB é desmerecer o trabalho do Cuca. Seria apenas estúpido não fosse a má fé embutida nesse discurso safado.

    • BrunoBarros disse:

      Como dizem em relação ao Zico, “problema da Copa do Mundo!”. Adilson não ganhou a Libertadores porque do outro lado tinha um time bom. E no Brasileirão fez ótimas campanhas e não foi campeão talvez porque aquele era o limite do elenco de então. Agora nosso elenco está mais forte, Cuca tem um melhor material humano pra trabalhar do que outrora, um elenco mais equilibrado, como gostam de dizer, mais homogêneo. Sai um jogador e o cara que entra não deixa a peteca cair. E isso foi decisivo nessa maratona de jogos, como podemos ver na tabela. Mas é inegável também que com o Cuca o time melhorou demais defensivamente, deu chances ao Caçapa, acertou bem a composição do sistema defensivo de todo o time. Coisa que o Adilson não fez, ou não conseguiu. E isso também podemos ver na tabela.

  32. Diogo Lara disse:

    Na minha humilde opinião:

    1) Adílson é um bom treinador e fez um trabalho no Cruzeiro. È um cara sério e trablhador. Sem dúvida honrou o Clube. Mas na minha opinião, ele não é extraordinário..O Dorival Júnior tbm fez um bom trabalho no Cruzeiro e numa situação mais dificil que a do Abap.

    2) O fato dele ter honrado o Clube não nos obriga a ter idolotria sem qualquer senso crítico. Ele teve seus erros. E o Cruzeiro fez bem em demití-lo.

    3) Quando ele foi pro Curinthians, seus seguidores apaionados chegaram a dizer que tinha subido de vida e que lá poderia conquistar os títulos que não tinha conquistado aki..Por seus erros e situações auém de suas possibilidades (por exempo, os desfalques), os resultados foram ruins e ele mais uma vez não aguentou as pressões.

  33. Diogo Lara disse:

    Na minha humilde opinião:

    1) Adílson é um bom treinador e fez um trabalho no Cruzeiro. È um cara sério e trablhador. Sem dúvida honrou o Clube. Mas na minha opinião, ele não é extraordinário..O Dorival Júnior tbm fez um bom trabalho no Cruzeiro e numa situação mais dificil que a do Abap.

    2) O fato dele ter honrado o Clube não nos obriga a ter idolotria sem qualquer senso crítico. Ele teve seus erros. E o Cruzeiro fez bem em demití-lo.

    3) Quando ele foi pro Corinthians, seus seguidores apaionados chegaram a dizer que tinha subido de vida e que lá poderia conquistar os títulos que não tinha conquistado aki..Por seus erros e situações auém de suas possibilidades (por exempo, os desfalques), os resultados foram ruins e ele mais uma vez não aguentou as pressões.

    Responder

  34. BrunoBarros disse:

    Adilson foi um ótimo zagueiro, mas tinha seus defeitos. É um ótimo treinador e também tem seus defeitos. Nada de novo no front, três mill vezes anteontem. Merece respeito como qualquer ser humano. Errou e acertou no comando do time e sua passagem aqui foi fundamental pro time estar no estágio em que se encontra no momento. Isso é inegável e é óbvio ululante. Merece os louros de um cada vez mais possível título no Brasileirão 2010. Como também merece todas as críticas por ter errado também, insisitido em alguns jogadores que não tem bola, substituições em geral durante as partidas de cunho essencialmente defensivistas, entre outras coisas. Mas no geral sua média aqui como treinador foi muito boa. Deixou um espaço pra que volte futuramente, mais experiente, sem problemas. E fim de papo.

  35. Diogo Lara disse:

    4) A idolatria que alguns tem por Abap se explica por ele ter batido de frente com a Itatiaia…Com razão ou não, o Adilson tomou pra si o papel de vítima, de mártir…E as pessoas em geral gostam disso…E falar mal da Itatiaia é como falar mal da Globo ou “Grande Imprensa Golpista”…

    5) Não desmereço o Abap por não ter ganhado título, mas tbm não acho que ele é excelente, injustiçado e perseguido.

    6) E é claro, se o Cruzeiro for campeão brasileiro, deverá sim agradecer o Adilson..Por que com erros e tbm acertos ele tem grande participação. E destaco por exemplo, as indicações dejogadores e a atitude do time (bem mais aguerrido) que nos anos anteriores ao Abap.

    • Jorge Santana disse:

      Errado. Defender o AB é sacanear atleticanos. Se eles entram num blog de cruzeirenses não podem reclamar.

      • Diogo Lara disse:

        Jorge,

        Desculpe, não entendi sua mensagem..

      • Jorge Santana disse:

        Não tem esta de mártir. Há um duelo antigo entre cruzeirenses e a mídia belzontina. Os atleticanos ficam sempre com a midia, Como faz parte da rivalidade torrar a paciência dos rivais, não há porque pedir trégua para os emplumados. Quanto ao papo de imprensa golpista, concordo com vc, é balela. Coisa de fascistas que querem impor censura à imprensa brasileira. Mas não é disto que tratava o comentário.

      • Diogo Lara disse:

        Então Jorge, se é pra sacanear os emplumados podemos falar de mil outras coisas, até ou pinciplamente até do duplo 5 a 0…Não precisamos idolatrar o Adilson…E não vejo conexão entre idolatrar Adilson e sacanear atleticano…

      • Walterson disse:

        Diogo, não se trata de idolatria, apenas de defesa de um cara que não foi esta porcaria como costumam dizer por aqui. Alem de não ser nenhuma porcaria ele foi muito bom pro clube. Recolocou o Cruzeiro na mídia, disputando títulos e sendo respeitado, coisa que não acontecia desde 2003.

    • Moema (MFox) disse:

      Sem desmerecer a opinião de ninguém, compartilho integralmente da sua opinião, Diogo.

    • Hugo 5erel0 disse:

      Concordo, Lara.

  36. Dylan disse:

    uma coisa é fato..ninguém precisa vir aqui escrever um post intitulado em defesa de Furleti, em defesa de Tostão, em defesa de Alex 10, em defesa de Ze carlos. Adilson nao está no panteão dos idolos do Cruzeiro e nao adianta querer botar ele lá na marra. Foi um bom zagueiro,importante e um treinador menor. Está na história do Cruzeiro sem duvida mas nao mesmo totem que estes que eu citei acima.

    • Jorge Santana disse:

      Todos eles já receberam posts. E receberão outros em defesa se vc os insultar. Isto aqui, é Cruzeiro, meu caro.Seu esforço pra desmerecer o AB jamais ficará sem resposta. Agora, vai passear. Assunto encerrado. Dê espaço para outros debatedores. Seu discurso repetitivo já encheu o saco..

      • Dylan disse:

        o Cruzeiro nao é propriedade sua, nem reconheço em voce autoridade pra falar em nome do clube. Pago meu SF,assino a revista, tenho minha propria historia que nao é intermediada por voce.

      • Mauro França disse:

        Dono do Cruzeiro o Jorge e nunca se colocou dessa forma. Agora, dono do blog ele é e escreve op que bem entender. Merecia respeito pelo trabalho, mas isso vc não entende. Ou não se manca.

      • Dylan disse:

        tanto respeito o trabalho dele que esse é o blog do Cruzeiro que eu escolhi pra comentar. É a maior demonstração de respeito que eu posso dar. Sempre debati no plano das opinioes,agora se pra voce faltar ao respeito é discordar, entao ai realmente nao tem nada que eu posso fazer.

      • Mauro França disse:

        Debater é diferente de emitir a mesma opinião na maioria dos comentários e posts.

      • Jorge Santana disse:

        Pouco me importa o que vc faz ou qual é seu time. Muitos torcedores de outros clubes debatem aqui. O que não dá é pra querer definir a pauta do blog. O que se devia discutir era o texto e não se ele devia ou não ter sido escrito.

  37. simone b de castro disse:

    Eu já disse aqui: respeito que não gostava do trabalho do Adilson, embora sem entender, mas detesto os que tem “necessidade emocional” de atacá-lo, mesmo ele dirigindo outro time! Detesto os que ficam comparando sua carreira, que para os que não sabem, está só começando, com a de luxemburgo, ou mesmo Cuca, que tem anos à frente! Detesto os que fingem ser torcedores do Cruzeiro, e entram no blog com “autoridade”, dando opiniões que sabemos que têm outras intenções! Detesto quem não reconhece os méritos dele, principalmente em cima das frangas. Apostam que estavam comemorando no dia, cheios de alegria. Ou não. Detesto qdo comparam AB com Cuca e DJ, sem levar em conta o elenco de cada um! Detesto qdo criticam o JS por escrever um post assim. É só não comentar, ora, bolas!!!

  38. Fabrício disse:

    Mais um bom post sobre o AB. E com vários comentários devidamente adequados para o tema. Assino embaixo de praticamente tudo o que foi dito por quem reconhece e blinda o AB contra os ataques emplumados! Viva o AB e rumo ao título!

  39. simone b de castro disse:

    E para decepção dos que se incomodam com o Adilson, e se preocupam em vê-lo mal: http://geraisdoesporte.blogspot.com/ – By Mário Marra.
    Isso deve ser pq seu trabalho no Cruzeiro foi péssimo….

  40. oliveirafarma disse:

    A questao e’ que todos treinadores tem erros:

    Dorival junior QUEIMOU o Anderson (LE) e tb tinha seus jogadores de preferencia.

    Luxemburgo tentou inventar o Felipe Melo de titular , e encheu o ZZP pra trazer o Rivaldo, mesmo ja tendo o Alex pra posiçao, O que DESUNIU o grupo – Lembro de uma entrevista do Alex que ele disse que o comentario interno era que o Cruzeiro nao tinha como renovar com Motta, mas tinha grana pro Rivaldo.

    O Adilson errou tambem, como todos, escalou Henrique de LE, quase queimou o cara. Mas os famosos “injustiçados”, nenhum conseguiu ser titular absoluto (exeçao de WP9 que levou vantagem com a saida do Kleber). Os dispensados sao todos reservas em seus atuais clubes.

    • oliveirafarma disse:

      Do mesmo jeito que o DJ deixou uma vaga na libertadores, o ABAP deixou um duplo 5 a 0 e outras duas vagas, e o Vanderlei deixou a triplice coroa. todos tem seus meritos,

      Agora o unico que e’ criticado pela “imprensa mineira” apos a saida e’ o ABAP. Caso parecido eu so’ vejo com o Celso Roth que vira e meche e’ ironizado e humilhado pelos “reporteres”.

      • Jorge Santana disse:

        Pois é, o Roth devolveu as sacanagens, incluindo a demissão por telefone, ganhando os seis pontos sobre o Atlético-MG neste campeonato.

      • oliveirafarma disse:

        Nao sei se vc ouviu a tirada que ele deu no abras.

        Foi mais ou menos assim:

        abras_ e ai Roth, tudo bem?
        Roth_ Tudo e com vc?
        Abras_ Nada bem, o galo nao recupara, a situa;ao ta brava.
        Roth _ Uai, mas ano passado nao foi pessimo? Achei que tava tudo otimo esse ano.
        Abras_ pois e`, pois e`…

        Tudo isso ao vivo na Radia.

      • simone b de castro disse:

        KKKKKKKKKK Nada como um dia atrás do outro, e o futebol permite isso muito rápido.

      • Walterson disse:

        Falou tudo, oliveirafarma. Eu mesmo critiquei bastante o AB por sua insistência com o Henrique, que não conseguia acertar um passe de 2 m quando iniciou no Cruzeiro. Hoje reconheço que o cidadão é imprescindível e agradeço por sua teimosia em acreditar no cara.
        E onde estão os descontentes com o AB mesmo? Somente o WP é titular, até porque alem do Farias não ter emplacado a outra opção é o Robert.

      • oliveirafarma disse:

        Mas o Farias vai emplacar. Se nao fosse os arbitros ja teria 5 gols. Ano que vem, adaptado e vindo da pre-temporada, que ele nao fez pois estava contundido no Porto, voce vai vibrar muito com os gols dele na Libertadores.

      • Walterson disse:

        Espero que sim. aí eu quero ver se o WP no banco ele vai ficar pianinho.

      • simone b de castro disse:

        Só me pergunto por que alguns “torcedores” não têm esse discernimento. É algo inexplicável!

  41. simone b de castro disse:

    Ah, e meu comentário anterior ainda está aguardando, mas só para completar: Detesto quem fica falando que só título vale! Isso desmerece todos os 19 técnicos que não são campeões brasileiros e mais outros tantos que não ganham a LA, incluindo aí o Muricy com o poderoso elenco do SP! Pergunto: e se o Cuca não conseguir nos levar ao título ( toc, toc, toc..)? Como essas pessoas vão apelidá-lo, já que, apesar do bom tempo de carreira nunca ganhou “nada importante”. Esse pessoal dá tiro no pé e não sabe!

  42. Gustavo Rocha disse:

    Como é difícil para alguns aceitarem fatos como história e conseguirem, objetivamente, conversarem sobre um tema proposto.
    Falando do post… Ontem, no Bem Amigos!, nas palavras do WL, certifiquei de algo que a muito me chamava atenção, a influencia econômica na condução técnica de um time de futebol. De forma clara e objetiva, WL pode ter esclarecido o que aconteceu o AB em duas vertentes; a de times que têm comando mas não têm apoio da mídia e a de times que não têm comando e aceitam a interferencia da mídia.

  43. simone b de castro disse:

    Adilson, faz bem em não voltar ao futebol esse ano. Trabalhe num time em que você possa montar o elenco, do seu jeito. Esqueça as trairagens! Vem torcer com a gente, Sócio do Futebol!

    • oliveirafarma disse:

      Com certeza. Tem que iniciar o trabalho, montar o elenco da forma que ele quer que o time joga. Senao ocorre como no Conrintians, jogador fica com raivinha de ser mudado de pisçao e ficar menos em evidencia.

      Alem de escapar da imbecilidade de alguns dirigentes que reclamaram da preparaçao fisica, sendo que o plano fisico foi feito por outro.

  44. Fabrício disse:

    O WL fala, fala, fala e no final das contas não fala nada. Já falou que ano que vem vai ser campeão com o Flamengo. Ele tem é que aprender a trabalhar calado e pronto. Se o AB tivesse a tolerância que a mídia deu para o WL o negócio teria evoluído mais. O problema é que em MG a s.acanagem rola solta. Imparcialidade não é comum. Para piorar tem um monte de gente que acaba entrando nesta, incluindo muitos cruzeirenses. Quanto aos emplumados que acham que o PHD é puleiro, estes sim merecem ser d.etonados! Sem trégua!

    • Walterson disse:

      Ele agora diz que o pojeto no urubu é de 2 meses e que vai estourar de ganhar títulos no ano que vem. fala sério.

  45. Fabrício disse:

    AB agora vai ficar na arquibancada torcendo para o Cruzeiro. É isto que vai acontecer.

  46. Jorge Santana disse:

    Só os cegos e os rivais não perceberam o tratamento diferenciado que deram ao AB e ao WL em Beagá. E quem não defende um cruzeirense que está sendo perseguido certamente não é cruzeirense. Ou muito me engano?

    • simone b de castro disse:

      Você está certíssimo JS! Impossível não se indignar com toda a diferença de tratamento. Quem não age assim não é Cruzeirense. No máximo, simpatizante, daqueles que torcem pelos teclados, e só vão na boa. A fama não é à toa…

  47. Jorge Santana disse:

    Um assinante da Iespien do B deu uma grande idéia: Maradona pra técnico do Corintiãs. Contem comigo até pra ajudar a pagar o salário do argentino. É só mandar o número da conta, que eu deposito “dez real”.

  48. Hugo 5erel0 disse:

    França, ficou esclarecida a dúvida sobre a data do post?

    • Mauro França disse:

      Vc chamou o post do Walterson de “chororo infantil” e criticou menção a uma suposta perseguição qu o AB sofreria em SP, coisa que não aparece no texto em nenhum momento.

  49. Jorge Santana disse:

    A torcida tirou Adilson

    Mário Marra, em seu blog (endereço na coluna ao lado)

    É verdade que os últimos jogos do Corinthians fariam qualquer treinador ficar em situação complicada.
    Entretanto, uma simples análise sobre os desfalques amenizariam a avaliação precipitada.
    Adilson conseguiu resultados expressivos com o Corinthians.
    É inegável que o time acelerava mais o jogo, mas ainda assim ele saiu.
    A entrevista do diretor Mário Gobbi deixou mais perguntas que respostas.
    Gobbi insinuou que Adilson pediu demissão. O diretor mexeu com a pessoa errada.
    A história de Adilson Batista não bate com entrega de cargo.
    Ele se recuperou de duas fraturas seguidas e não acenava com a possibilidade de encerrar a carreira de zagueiro.
    Pelo contrário, Adilson se levantou e foi campeão e capitão do Grêmio na Libertadores.
    Adilson foi simples e, em sua entrevista, disse apenas que não queria atrapalhar nada.
    O que verdadeiramente deixou o treinador irritado foi a pressão e a liberdade que a torcida do Corinthians tem no clube.
    Na quinta-feira, alguns torcedores entraram no local reservado aos jogadores e gritaram com alguns.
    Adilson não gostou e chegou a bater boca com os torcedores. Ralf é testemunha disso.
    Tentaram “argumentar” que no Corinthians a coisa era diferente e ele bradou que ninguém explicaria a ele o que a instituição.
    Adilson foi campeão mundial pelo Corinthians e viu seu pai sofrer muito pelo time.
    Ele sabe o que é Corinthians.
    O que ele não esperava é no dia seguinte outros torcedores também entrassem para cobrar.
    A cena ainda se repetiu ainda no sábado.
    A cobrança dos torcedores era pelo fato de Adilson escalar uns e não escalar outros.
    Com a bola rolando, domingo, a pressão só aumentava e a hora havia chegado.
    Adilson não teve problemas com Willian. Para ele, Willian não pode ficar exposto e, se ficar, o risco é grande. Willian sabe jogar, mas não tem pique. O time de Adilson é mais aberto e os zagueiros são mais exigidos.
    Antes de ser demitido, Adilson chegou a conversar com os jogadores sobre a escalação do time contra o Vasco, na próxima quarta.
    Na visão do treinador, o time deveria jogar com Castán, T. Heleno e Chicão.
    Sem Castán, que foi expulso, Paulo André deveria ser o terceiro zagueiro.
    Assim que a demissão se confirmou, o telefone do treinador Adilson Batista tocou.
    Um grande clube já fez proposta para o fim da temporada.
    Adilson não aceitou, mas tudo indica que em 2011 ele estará comandando uma equipe de muito valor.

    • simone b de castro disse:

      Às vezes acho que Mario Marra é mais cruzeirense que alguns.apesar de ser atleticano.

      • Eduardo Arreguy Campos disse:

        Insistir com Thiago Heleno é teimosia, burrice ou cegueira. E não estou desmerecendo o Adílson, todo treinador uma hora fica cego, burro ou teimoso. O Adílson não foge à regra, Simone, por mais que isto te chateie.

      • Dylan disse:

        sobre o que falou o Arreguy no blog dos Cosme Rimoli:

        Adilson Batitsta está justificando a fama de começar torneios muito bem e tropeçar no final. Quando ele começa a inventar.
        Além de adorar ir contra o senso comum. A escalação de Thiago Heleno é fruto de uma teimosia amadora, tosca.
        O clima ruim do vestiário do clube foi proporcionado por Adilson.
        O Corinthians é muito mais time do que o Atlético Goianiense.
        Desde que atue de maneira responsável, organizado.
        A fase aguda do Brasileiro começou.
        Não há espaço para amadorismo.
        Para técnico teimoso, irônico, que posa como se apenas ele entendesse de futebol.
        Na verdade, qualquer psicólogo percebe fácil a necessidade de autoafirmação.

      • Jorge Santana disse:

        Tolice monumental.

      • simone b de castro disse:

        Por mais que te chateie, não acho que Adilson seja um deus do futebol, como não acho técnico nenhum, nem o venerado luxemburgo, pois acho que NINGUÉM GANHA NADA SOZINHO.Muito menos no futebol. Isso, para mim, é básico, por mais que te chateie…

  50. Fabrício disse:

    Walterson, não divulga o troféu, pois pode chatear os emplumados infiltrados no PHD. Acesso liberado somente para Cruzeirenses.

  51. Fabrício disse:

    Jorge, segura as pontas. Daqui a pouco vem gente dizer que o Marra está equivocado, que ele é Cruzeirense, que você alterou a redação do texto etc.

  52. Carlos Campos disse:

    ADILSON BATISTA no santos?

  53. Carlos Campos disse:

    O Cruzeiro é líder do campeonato brasileiro, as frangas na zona de rebaixamento, ás portas de uma segunda divisão com a maior despesa financeira do Brasil e HOJE O PESSOAL TIROU PRA METER O PAU NO THIAGO HELENO E NO ADILSON NO PROGRAMA BASTIDORES DA RÁDIA…
    tem coisas q só acontecerm em Minas Gerais…

    • simone b de castro disse:

      Realmente, e tem “torcedor cruzeirense” que segue, e ainda ajuda na campanha…RIDÍCULO!

  54. Fabrício disse:

    Dureza…evidentes as críticas direcionadas e muita gente fingindo de égua como se a parcialidade reinasse na mídia.

  55. Carlos Campos disse:

    No programa bastidores, jvx SACANEANDO, dizendo q tem franga pedindo pro Thiago heleno voltar para o Cruzeiro. REALMENTE, ELE ERA O NOSSO ZAGUEIRO NAS DUAS VEZES Q METEMOS 5 A ZERO NAS FRANGAS. E tb ele era titular em 10 vitorias da sequencia de 12 vitórias sobre o timeco das frangas ! A RÁDIA NAO PERDE A NOÇAO DO RIDICULO! COLOCANDO NO AR COMENTARIOS DE PESSOAS Q FALAM MAL DE ADILSON BATISTA. !…é , o dono da rádia se vinga aos poucqinhos…MAS, ADILSON BATISTA VAI PARA O SANTOS…

    • simone b de castro disse:

      Pois é, e o que teve de “cruzeirense”escrevendo para a blogueira do “timão” falando mal do Adilson e do TH, qdo eles foram contratados, não tá no gibi. Depois falam que idolatramos o Adilson. Errado. A gente RESPEITA e reconhece. Não PERSEGUE, como alguns doentes.

    • Walterson disse:

      É bom este comentário pois tem cruzeirense (?) que acha que não existe perseguição da rádia.

  56. Carlos Campos disse:

    JVX …incrível como ninguem mais fala das frangas na zona ! TÁ TUDO TRANQUILO LÁ EM VESPASIANUS…a crise será só no dia 05 de dezembro????? ENQUANTO ISSO…o luxilique garante que vai ser campeáo com o flamengo no ano que vem!…kkkkkkkkkkkceres

  57. Fabrício disse:

    E alguém me falou que o JVX é Cruzeirense. Se for, é mais um com a corda no pescoço seguindo a filosofia medíocre do presidente de parte da nossa torcida.

  58. Jorge Santana disse:

    Pra esquentar um pouco este debate, que está morno demais, fica o convite ao Dylan e a outros inimigos do AB pra escreverem um post contra o treinador.

  59. Fabrício disse:

    Ih…agora choveu álcool no inferno…

  60. Parafraseando De Gaulle:

    “estes torcedores do Cruzeiro merecem os comentaristas, narradores e os representantes da mídia que tem…”

  61. Fabrício disse:

    Se for pelo ponto de vista de que por indignação acabamos dando audiência para este povo, concordo. Caso contrário, não dá para concordar, afinal de contas os emplumados tem doutorado em chatisse. Estes sim merecem uma mídia pé no saco!

  62. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Os treinadores são como frutas, uma hora amadurecem e caem. O diferencial é o Bernardinho. Adílson não é diferenciado.

    • Jorge Santana disse:

      Bernardinho que jamais sofreu campanha sistemática da mídia e de teleguiados.

      • Dylan disse:

        no caso do Adilson as criticas se provaram corretas. Ele repetiu no Corinthians com menos tempo tudo que fez de errado no Cruzeiro. Nao eram criticas ao Cruzeiro,eram criticas ao treinador. Essa confusão de comceitos é totalmente artificial. Adilson Batista não é o Cruzeiro.

  63. Fabrício disse:

    Treinadores frutas são só para emplumados.

  64. Naldo disse:

    Com todo o respeito ao Walterson, seu post, ao JS pelo direito de colocar o assunto que quiser no PHD, mas este assunto, eu passo.

  65. simone b de castro disse:

    Realmente, para certas pessoas, situações diferentes não existem. Aliás, existem, desde que seja para elogiar e mimar seus ídolos. Ou para fazer valer seus argumentos. Para seus desafetos, nada. São argumentos inconsistentes, só para tentar, inutilmente, dizer que alguém não é bom no que faz, e outros são. E acho que também não adianta explicar aqui que gostar do trabalho do Adilson não é desgostar do trabalho do Cuca. Que aliás, é criticado por torcedores dos times pelo qual passou até hoje, dizendo que ele é pé-frio, que no fim, borra, etc…Eu acho isso o fim!

    • Gustavo Rocha disse:

      Isso são os críticos de momento, só sabem o que ouvem e leem no dia, não têm poder de senso, suas memórias têm teor altamente negativos, sendo incapazes de admitir que trabalho se faz com responsabilidade e principalmente tempo.
      E não se surpreenda se ao final (toc toc toc na madeira) não formos campeões, esse histórico que disse aí do Cuca vem a tona.

  66. douglas.sena disse:

    Sou fã do AB, mas recuperar o Thiago Heleno nem ele nem ninguém conseguirá.

  67. Ismail disse:

    Adilson Batista, para mim, já é um grande técnico. Ser bicampeão mineiro com duas goleadas homéricas já não é pouca coisa. Mas o grande trabalho dele foi conseguir romper um paradigma: o Cruzeiro voltou a ser brigador. Está regularmente entre os que competem palmo a palmo nas cabeças. Mudou-se a mentalidade de quem vem para o Cruzeiro. Deixamos de ser um mero trampolim para solistas. Voltamos a ter grupo. Acabou-se o tempo dos golfistas come-dorme-recebe. Ainda precisa se desenvolver em alguns vetores. Padece de hiperatividade. Pensa demais. Elabora demais. Toma decisões demais. Quando reduzir em 30% sua energia, deixando as coisas fluírem mais inercialmente, será um Telê Santana. Ou um Ênio Andrade. Espero que tire o resto do ano de férias, o que deveria ter feito ao sair do Cruzeiro.

  68. Wander Prado disse:

    Muitos cruzeirenses que implicam com a defesa que nos fazemos ao Adilson precisam entender que quando a gente defende o Adilson na verdade a gente esta defendendo o direito de sermos cruzeirense sem interferencia da midia que sempre destorce os fatos e tenta confundir parte da torcida que acredita na critica dela mas nao sabem o que tem por traz do comentario e o AB foi um exemplo claro disso ele a encomodou com dois 5 a 0 todo ano na libertadores alem de declarar ser cruzeirense por exemplo isso e motivo de sobra pra eles denegrir a imagem dele mas nos que amamos o cruzeiro de verdade amamos sim AB por isso sempre havera esta polemica mas faz parte acredito que um dia nos teremos uma radio para tentar igualar a situaçao.