Dois pra lá, dois pra cá

Por SÍNDICO | Em 11 de janeiro de 2017

SUPERESPORTES deu a notícia: 

Cruzeiro e Palmeiras acertaram negociação envolvendo Fabiano, Fabrício, Robinho e Willian. Fabiano vai em definitivo para o alviverde, que comprou 40% de seus direitos econômicos por R$2 Mi. Em compensação, o Cruzeiro recebeu de volta o lateral-esquerdo Fabrício. Com relação à troca de Willian por Robinho, houve ajustes nos moldes contratuais. Robinho continuará emprestado ao Cruzeiro até dezembro. A diferença é que o clube paulista não poderá aceitar propostas de outros clubes, como era permitido no formato anterior do acordo. Ao término do vínculo, o Cruzeiro terá opção de renovar o empréstimo ou comprar parte dos direitos econômicos do meiocampista de 29 anos. O mesmo vale pra ida de Willian ao Verdão.

Vc aprova essa negociação, caro leitor? 

106 comentários para “Dois pra lá, dois pra cá”

  1. Marcbsb disse:

    Já estamos em 1° de abril? Isso é piada, né? A ideia é desbancar o Riascos como a pior negociação da história???

  2. Marcbsb disse:

    Nós tinhamos uma situação em que o Fabiano voltaria do empréstimo e o Robinho ainda ficaria até o final de 2017. E o clube transformou isso na perda do Fabiano E DO WILLIAN (que estava com vários interessados) e a volta da bomba do Fabrício??? Tudo isso em troca de não aceitarem ofertas pelo Robinho? Rapaz… o Alexandre Mattos deve ter ficado até constrangido dessa vez. Cada vez mais claro quem fez diferença em 2013 e 2014.

  3. leobh disse:

    Meu deus! Se o AM pedisse levava até a sede administrativa. Que negociação bizonha!!! Estava bom demais para ser verdade, alguém tinha de cagar no final.

  4. anleite disse:

    Eh ….. não entendi nada …. 4 laterais esquerdos …. Fabrício não deu certo lá …. melhor era nem trazer de volta … seria mais lógico vender o FABIANO e emprestar o Wilian

    • Miguel Tolentino disse:

      Não deu certo lá, não deu certo no Inter, não deu certo aqui, mas voltou. Coisas que só o Gilvan ou o Mano podem explicar.

  5. Velloso disse:

    Também não entendi essa negociação. Era mais fácil ter trocado o Fabiano pelo Robinho, emprestado o Willian ao Palmeiras (ou Flamengo) e esquecido o Fabrício. Estranho demais.

  6. Economista disse:

    Podia ter envolvido o EnganArrascaeta nessa negociação.

  7. SÍNDICO disse:

    FABIANO passou pelo Cruzeiro sem ter sido testado realmente. Amadorismo da diretoria é impressionante.

  8. SÍNDICO disse:

    FRANGA contratou volante que atende pelo pomposo nome de Roger Bernardo. Superesportes diz que ele dispensa apresentações. Ok, continuarei, então, a não saber quem ele é.

  9. matheus t penido disse:

    Aparentemente não tem muita lógica (pro Cruzeiro). Tudo bem que deviam estar querendo negociar o Willian, mas desse jeito era melhor manter o bigode.

    • Bruno Pontes disse:

      A saída do William é o custo Thiago Neves. A diretoria provavelmente tá precisando aliviar a folha salarial e o bigode se tornou o alvo. Mano também deve estar pensando em usar o Sobis como centro-avante (alternando com o Ábila), pra desafogar o excesso de opções ofensivas pelos lados. Se essas são decisões acertadas eu não sei, mas parece ser a lógica.

  10. Bruno Pontes disse:

    Mas era óbvio que o Palmeiras não iria topar uma simples troca entre Robinho e Fabiano. Robinho por William faz mais sentido em termos financeiros. E pelo que vi de ambos, acho que faz mais sentido em termos técnicos também – se for pra escolher só 1 eu ficaria mesmo com o Robinho, que entra mais em campo, joga em mais posições e é mais consistente. Essa parte da negociação eu considero normal.

    • Bruno Pontes disse:

      Agora, a inclusão do Fabiano na negociação é realmente estranha – e em definitivo ainda por cima. Quer dizer então que os nossos laterais direitos pra 2017 são somente Mayke e Ezequiel? Um dos setores mais carentes de 2016 foi *reduzido*?

    • Marcbsb disse:

      O Palmeiras não tinha que topar nada. O Robinho já estava emprestado pra nós até o final de 2017. Nós já estávamos com o Robinho (emprestado) e o Fabiano. Quem tinha que correr atrás era o Palmeiras.

      • Bruno Pontes disse:

        Eles podiam vender o Robinho a qualquer momento e o Cruzeiro queria garantir que isso não acontecesse. Pra isso, só mudando o acordo, coisa que o Palmeiras tinha que topar sim. O Cruzeiro primeiro tentou a troca do Fabiano pelo Robinho mas, como escrevi acima, o Palmeiras não topava. Terminou com uma troca entre Robinho e William – ambos por empréstimo, ambos sem que o clube dono possa vendê-los. A venda do Fabiano e a devolução do Fabrício são negócios separados.

      • Miguel Tolentino disse:

        Vender o Robinho? hahahahahahahahahahaha Quem compraria um jogador que vira e mexe sofre com alguma lesão muscular e já beira os 30 anos?

  11. matheus t penido disse:

    O Palmeiras ganha um atacante que ainda pode render bem e tem mercado, mantém o Fabiano como queria e ainda se livra do limitado e problemático Fabrício.

  12. Aldir Dovalle disse:

    Jesus, mais um lateral esquerdo????

  13. matheus t penido disse:

    Já o Cruzeiro ganha com a manutenção definitiva do bom jogador Robinho até o fim do ano, mas perde dois jogadores que têm mercado e recebe um bonde de volta.

  14. Bruno Pontes disse:

    William, Dudu, Fabiano, Egídio e Felipe Melo, todos provavelmente titulares no Palmeiras. O cruzeirense tem uma sina de ver seus ex-jogadores se darem bem em outras equipes.

  15. S@muel disse:

    O Cruzeiro ainda devia 2 milhões do Fabiano, os suínos assumiram a dívida e ainda vão passar mais 2 milhões pra cá.

  16. Celeste disse:

    Sempre defendi o William aqui nesse espaço, acho porém que chegou a hora dele sair. A relação dele com a torcida estava desgastada e a insistência do MM em mantê-lo como titular estava incomodando. Penso que todo bom jogador não precisa ser titular em todos jogos.

    • Marcbsb disse:

      São Paulo, Flamengo, Palmeiras são só alguns dos interessados no Willian. A questão não foi ceder ou não, mas sim a opção que escolheram.

      • Miguel Tolentino disse:

        O mesmo fizeram com o Neílton, transformaram os únicos ativos que poderiam virar boas moedas de troca em negociações babas. Que falta faz um diretor de futebol competente com liberdade para trabalhar…

  17. matheus t penido disse:

    Todo torcedor do mundo tem essa sina, uai. Ja vi vários jornalistas palmeirenses se queixando na tv de que jogadores que não jogavam nada lá arrebentavam em outros clubes. E em todos os outros clubes também é assim.

    • Bruno Pontes disse:

      Sim, o comentário foi mais em tom de brincadeira. Não acha duro ver 5 ex-cruzeirenses titulares no atual campeão brasileiro? Mas sinceramente acho que, fora a aparente falta de preocupação quanto à lateral direita, o Cruzeiro tem time pra brigar com os favoritos esse ano.

  18. Celeste disse:

    O Cruzeiro, no início de 2013, passava por uma situação de bastidores parecida com a atual. Todos criticando as contratações. Até quebra-quebra ocorreu na sede administrativa. O MM deve estar participando dessa remontagem do elenco e tem falado publicamente que o time está quase pronto. Isso é bom. Detesto quando o técnico reclama reforços via imprensa. Penso que temos condições de fazer uma boa temporada em 2017. Tudo a seu tempo.

  19. Matheus Chaves disse:

    Em primeira análise, foi uma kgada da diretoria. Cedemos dois jogadores com mercado e recebemos de volta um lateral esquerdo mediano (porém melhor que Bryan e Edimar, pelo menos), R$ 2 MI e a garantia de não passarem o Robinho no cobre (o que deve ter deixado o jogador p.uto).

    • Miguel Tolentino disse:

      Fabrício mediano? Putz! O cara não apoia nem defende, saiu pela porta dos fundos de quase todas as suas equipes na carreira. É no máximo no máximo do mesmo nível técnico que o Edmar, mas custa mensalmente muito mais e ainda é indisciplinado.

  20. Celeste disse:

    Negociação ruim é aquela feita pelo GPT. Jogador bom é aquele contratado pelos outros. Sempre assim.

  21. Renato disse:

    Willian foi emprestado. Pode ser um bom teste para saber se consegue recuperar a boa bola de 13/14 ou não. Nada demais para quem tinha 5 opções de ataque. Fabiano agora é o novo Carlos Alberto. Perda irreparável para quem tem MAYKE, Ezequiel e o lateral da base. Robinho foi só o principal jogador criativo do ano passado. Primeira arrancada que o time deu foi com ele e Arrasca voando. Reta final da temporada ele jogou bem demais tb. Era o jogador mais interessante dos 4 envolvidos. No caso do Fabrício, o Palmeiras deve ter dito: não quero nem de graça. Dá pra ajeitar ele em algum clube médio do Brasil, tranquilamente.

    • Marcbsb disse:

      Willian foi emprestado, mas era nossa melhor moeda de troca e o usaram como troco; Fabiano era de interesse do Palmeiras, que pagassem, como pagaram e ponto final; Robinho foi bem? Ótimo, mas ele já era nosso até o fim de 2017; Fabrício: o Palmeiras não quer nem de graça? E o que a gente tem a ver com isso? Ele já não tinha mais vínculo com o Cruzeiro.

  22. Magno Antunes Dos Santos disse:

    O negócio tem vantagens e desvantagens pros dois Clubes, mas só saberemos pra quem foi melhor depois que a bola rolar….

    • Magno Antunes Dos Santos disse:

      Cruzeiro se livra de pagar um salário alto pra um reserva que não joga faz tempo, mas corre o risco de ter vendido o Fabiano barato se ele estourar e for vendido caro(não acredito) e ainda fica com Robinho sem receio dele sair a qualquer momento…

    • Magno Antunes Dos Santos disse:

      Recebe Fabricio ,que dentro da proposta de jogo prometida por Mano,é melhor que Edmar e Brayn….Palmeiras fica com o risco Wilian, que se for bem continuará por lá, mas se for mal voltará pra nos atazanar mais um pouco

  23. Geniba disse:

    A mim me pareceu bem simples.

    A troca do Robinho no Fabiano permitia ao Palmeiras vender o Robinho quando bem entendesse. Logo, o Robinho, a qualquer momento poderia vazar.

    O Cruzeiro vende o Fabiano pro Palmeiras por 2 milhões (e deixa de pagar os outros 2 milhões que teria que acabar de pagar pela compra do lateral).

    Aí pega o Willian, um reserva caro e, hoje, inoperante, e troca no Robinho, tendo 50% do meia, com três anos de contrato, tendo autonomia sobre uma futura venda. Ou seja, o Cruzeiro agora é que decide.

    Nos livramos do Willian, que nos prestou ótimos serviços, mas que vinha muito mal e tinha um salário anual de 4.8 milhões de reais.

    Garantimos um dos melhores jogadores de 2016 (quiçá o melhor), que nos ajudou, e muito, a ficar na primeira divisão e que será muito importante nesse meio de campo de 2017.

    A volta do Fabricio não fede nem cheira. Para quem acha ele pior do que Edimar e Bryan ele não é tão pior assim, para quem acha ele melhor, ele também não é tão melhor assim. Na verdade ele está na mesma mediocridade destes dois. Parece que o Cruzeiro vai emprestar um dos dois. Portanto, para reserva do Diogo, a priori, tanto faz dois dos três atuais.

    Se pensarmos num meio de campo com Hudson (Romero), Henrique, Robinho e Thiago Neves, restarão duas vagas para Arrascaeta (ao meu ver, titular, e renderá mais por ali) Sobis, Abila e Alisson… Além de outras variações com Elber, Rafinha, Marcus Vinicius. Willian não fará falta.

    ABS/GEN

  24. mariana disse:

    Pra que Fabrício aqui de novo??? Agora temos 2 preguiçosos na mesma posição.

    • Geniba disse:

      Na verdade temos três, Mariana. Edimar e Bryan são dois águas de salsicha. Fabricio é outro. Se o Cruzeiro se livrar de um dos três ficam elas por elas. O negócio é torcer para o Diogo jogar o mesmo futebol do Botafogo, assim não teríamos que nos preocupar quem vai ser o reserva dele.

    • Miguel Tolentino disse:

      O negócio é orar para que o Mano não faça com esse brucutu horroroso do Fabrício o mesmo que fez com o Lucas, lhe dar cadeira cativa no time por pirraça com o torcedor.

  25. JOAOCOSTA disse:

    A análise do Dr. Geniba do pacotão Raposa X Porcos me pareceu a mais lúcida.

  26. Só o tempo dirá pra quem realmente foi bom, mas uma análise precoce, foi bom pra todo mundo, inclusive jogadores! A exceção do Fabrício, pq sai de um clube q jogaria a libertadores e ele vinha atuando, inclusive fez o gol do título palmeirense, e vem pra um clube onde sabe q existe uma rejeição e podendo portanto ir parar em outra praça menos vistosa. Tomara q o Dubigode se de bem e se valorize.

  27. Bruno 7L RJ disse:

    Meu pensamento é similar ao do Geniba e do Magno Antunes. Achei normal e até finaceiramente interessante visto o alto salário do Bigode. E o doido do Fabrício não é de todo ruim. Tanto ele quanto o Diogo Barbosa jogam de meia tabm, pode ser uma dobradinha interessante, a lá Leandro Bochecha e Wendel em 2003. Tudo deve ter acontecido com o aval do Mano.

    • Geniba disse:

      Muito bem lembrado o aval do Mano. Diferente de 2016, temos um técnico bom – um dos melhores do Brasil – que sabe o que está fazendo. O Mano é criterioso nesse aspecto. Pelo que ele já fez pelo Cruzeiro, em 2015 e 2016, tem todo o meu apoio e confiança.

  28. Ernesto Araújo disse:

    Congratulações aos comentaristas do blog por “destrinchar” esta negociação. Se vocês acertaram exatamente o que ocorreu eu não sei. Mas com certeza chegaram perto.

  29. S@muel disse:

    3 negócios diferentes. O Fabiano foi VENDIDO. Negociação que movimentou 4 milhões se incluirmos a dívida que o Cruzeiro deixou para os suínos. A troca que existiu foi Willian por Robinho. Redução da nossa folha (assim espero). A rasteira do Mattos foi a devolução do Fabiano.

  30. S@muel disse:

    3 negócios diferentes. O Fabiano foi VENDIDO. Negociação que movimentou 4 milhões se incluirmos a dívida que o Cruzeiro deixou para os suínos. A troca que existiu foi Willian por Robinho. Redução da nossa folha (assim espero). A rasteira do Mattos foi a devolução do Fabrício.

  31. washington ramos disse:

    R$4 Mi por 40% do Fabiano. Ele vale R$10 Mi? Foi bom. Robinho por William, sem possibilidade do Suíno vender o Robinho. Foi bom. Devolução do Fabrício. Fazer o quê? Ele é jogador do Cruzeiro e, na minha visão, melhor que Edimar e Bryan. Resumindo: chororô por nada.

  32. washington ramos disse:

    Recebi agora, o trabalho feito pelo Camaleão, “Cruzeiro 50 Anos” PRIMEIRO DE MINAS, em alusão as sapecadas sobre o Peixe de Pelé, tá nota 10.

  33. Pedro Jorge disse:

    Melhor seria se o Cruzeiro tivesse comprado oo Robinho e mantido Fabiano e bigode ou vendido o segundo pro Palmeiras, que tem $, e usado a grana repor o ataque. A pergunta é: será que vem alguem pro lugar do wiliam? Alguem sugere um nome?

    • Geniba disse:

      Lugar do Willian? O lugar do Willian era o banco e, quando entrava, o lugar dele era chutando bola fraquinha pro goleiro encaixar. Não quero ninguém no lugar do Willian. Quero o Sobis vindo de uma pré-temporada com a equipe e jogando na posição que rende mais. Quero o Ábila podendo receber boas bolas do Thiago Neves, do Diogo, do Arrascaeta e mantando a boa média de gols de 2016. Quero o Alisson sem contusão e jogando tudo que sabe. Quero o Arrascaeta sem a responsabilidade de ser o camisa 10, podendo jogar em velocidade, como sabe, e continuar crescendo, como fez em 2016. Quero o Marcus Vinicius que tava começando bem antes de se contundir gravemente e agora tem tudo pra retomar a carreira. Quero o Rafinha que tava, também, muito bem antes de se machucar no final do ano passado. Enfim, opções não nos faltam. Não precisamos ir ao mercado para repor um reserva que já tinha dado cacho e estava sendo um péssimo custo/benefício.

      • Pedro Jorge disse:

        o

      • Pedro Jorge disse:

        Geniba, o senhor quer muita coisa. Ja pensou se o Sobis se machuca? Quem temos como centroavante com as mesmas características? O elenco ta desequilibrado, sobram meias de lado de campo e laterais esquerdos e faltam zagueiros e laterais direitos.

  34. Cruzeiro vai receber 2mi ainda ou apenas zerou a dívida?

  35. Renato Nascimento disse:

    Gente, foi muito melhor para nós! Garantimos o Robinho que joga muito, faturamos 2 M e nos livramos de dívida de outros 2 M com Fabiano, o Willian continua nosso e, se resolver jogar bola, vai se valorizar, e o Fabrício, não devia nem ser citado nesse negócio, pq já era nosso. Foi manta no porco!

  36. Marcbsb disse:

    Fabiano vendido: ok. Achei preço normal de mercado por uma posição carente de jogadores (se for R$4 mi, pois só li até agora R$2 mi como valor total pro Cruzeiro). Robinho por Willian: o Robinho já estava emprestado para nós; o William não estava emprestado para eles. Claro que quem levou a melhor foi o Palmeiras. Fabrício de volta: nós não tínhamos mais contrato com o Fabrício, não tínhamos que continuar inchando o elenco com jogadores meia-boca. Quem comemora a economia dos salários do Willian vai falar o quê sobre bancar salário pra mais um LE meia-boca?

    • Filipe Braga disse:

      Alguns detalhes vieram a tona e mudam seus questionamentos: Robinho estava emprestado até o fim de 2017, mas o Palmeiras tinha direito de vender ele (consta o boato que ele estava sendo sondado, além de permitir mais 2 anos de empréstimo; o empréstimo do Willian livra o Cruzeiro de um dos maiores salários e põe ele em uma vitrine, com a possível empolgação que faltava ele aqui; o salário do Willian é muito maior que o do Fabricio, lateral que foi contratado encostado no Inter, se bobear é similar ao do Fabiano, senão menor.

  37. matheus t penido disse:

    Parece que o mano abriu mão do bigode. Acabou o amor?

    • Miguel Tolentino disse:

      Duvido que tenha aberto mão, tá na cara que foi pedido do jogador para vazar. Nenhum amor possessivo como este termina assim.

  38. matheus t penido disse:

    Aparentemente o Palmeiras ganhou, mas também não é caso pra choradeira, como bem ponderou o geniba. Tem gente de sobra pra função que o Willian sabe fazer e Fabiano é um lateral bem fraquinho. O jeito então é engolir o Fabrício de volta.

  39. Celeste disse:

    O comentário do Geniba merece um Post.

  40. matheus t penido disse:

    Deixa eu ver se entendi: pelo que li na matéria do superesportes e no comentário do geniba, Robinho segue vinculado ao Palmeiras, mas o Cruzeiro agora terá autonomia para não liberar o jogador caso apareça proposta de outro clube pro Palmeiras. E no fim de 2017, o clube celeste poderá renovar o empréstimo ou adquirir parte dos direitos econômicos do atleta, o mesmo acotecendo com o Palmeiras em relação ao willian.

  41. matheus t penido disse:

    Já o Fabiano vai em definitivo pro Palmeiras com o Cruzeiro recebendo 2 milhões e com o clube paulista assumindo uma dívida também de 2 milhões que o Cruzeiro tinha da compra do jogador.

  42. Miguel Tolentino disse:

    Coisa de doido, de positivo apenas a venda do Fabiano. A situação fática do Robinho não mudou nada, até o fim do ano do mesmo jeito, com uma cláusula de renovação e não venda (não seria vendido de qualquer maneira para outra equipe), Willian Bigode sair foi bom porque tira do Mano essa insistente opção de titularidade abrindo espaço para Ábila e Sobis, agora o retorno do Fabrício foi pavoroso, um dos piores laterais que já passou por aqui, uma nulidade técnica e um baita indisciplinado. No todo a troca foi negativa pela vinda do horroroso Fabrício e porque Bigode poderia ter sido moeda de troca bem mais valiosa.

  43. Filipe Braga disse:

    Penso que foi um bom negócio do ponto de vista de interesse e necessidades das partes, acho que o Cruzeiro sai ganhando (novamente), mas nada disso significa que não poderia ser melhor (e aí está clara (Scura) a falta de um diretor de futebol. O Palmeiras estava interessado em ambos os jogadores, sendo o William a opção mais viável para o ataque e o Fabiano autor do gol do título. Também estava interessado (aparentemente) em se livrar do Fabrício. O Cruzeiro queria garantir a permanência do Robinho e parecia haver uma eminente proposta por ele, mas faltou ser mais firme pra barganhar melhor. Coisas de profissionais, que Gilvans, Perrellas e Vicintins não farão tão bem, muito menos com o Mattos.

    • Filipe Braga disse:

      Até para quem era contra a aquisição em definitivo do Robinho foi ótimo, pois o clube tem de 1 a 3 anos para fazer a opção de compra, tempo esse que vai colocar lenha para que ele jogue bola e o clube possa avaliar as questões físicas e técnicas de maneira mais abrangente. O Cruzeiro liberou a folha, espaço no plantel e ainda lucrou 4 milhões em um lateral supostamente reserva e que era contestado por boa parte da torcida. Ter o Fabrício devolvido (ainda pode ser reimprestado), não é um grande porém nesse contexto, até mesmo porque para a reserva ele não é inferior aos contestados Edmar e Bryan (eu prefiro o último), é?!

  44. Bruno 7L RJ disse:

    Ansioso pela opinião do Síndico, Evandro e Meryl Streep sobre essa transação Raporco.

  45. matheus t penido disse:

    Pelas informações do geniba (altíssimo salário do willian, dívida na compra do fabiano abatida e possibilidade de vetar uma venda do robinho) o negócio não é tão ruim pro Cruzeiro.

  46. matheus t penido disse:

    Registre-se que a matéria da Espn (em que se basearam as informações do superesportes) está um lixo. Não informa quase nada do acordo e ainda parece ter sido escrita só pra torcida do Palmeiras ler.

  47. Azul Celeste disse:

    A negociação foi muito melhor pro Cruzeiro e o Alexandre Mattos sabendo disso mandou o Fabrício de volta para a torcida azul ficar P da Vida!!!

  48. matheus t penido disse:

    Depois de alguns anos resolvi entrar no blog do jornalista cosme rimoli pra ver o que ele tinha a dizer sobre essa troca. E descobri por lá que foi o mano menezes que motivou a saída do willian, já que os dois não tinham boa relação e o treinador quase sempre mantinha o atacante no banco. E o pessoal do blog pensando que o MM gostava do bigode… Ainda bem que existe a record pra nos infrmar melhor.

  49. Miguel Tolentino disse:

    Número de gols marcados em 2016 por alguns centroavantes citados pela torcida do Cruzeiro nesta janela de transferências: 1) Marcelo Moreno (Changchun Yatai) – 13 gols —– 2) Nilmar (Al Nasr) – 16 gols ——- 3) Hernan Barcos (Vélez Sarsfield) – 2 gols —– 4) Lucas Barrios (Palmeiras) – 4 gols —– 5) Ramon Ábila (Cruzeiro) – 28 gols —– 6) Paolo Guerrero (Flamengo) – 18 gols —– Estranho é o que o detentor dos melhor número, já está aqui, enquanto o torcedor faz fila pedindo a maioria dos outros.

  50. Tomas Pedersoli disse:

    O NEGÓCIO foi bom pros dois lados, ainda mais se levarem em conta que Robinho foi o único envolvido que foi bem em 2016. Consequentemente, é o mais valorizado. Fabiano, por ser novo, talvez tivesse algum futuro (nunca o achei um péssimo jogador), mas R$4 Mi por ele é aceitável. A troca Bigode x Robinho, pra gente, foi ótima. Asseguramos um bom jogador e nos livramos de um que vinha mal e ganhava muita grana. Economizaremos uns milhoes com o salário dele neste ano. E quem sabe no Palmeiras ele faz um bom ano e ainda nos renda um lucro no futuro. Isso sem falar q ele saindo resolve o problema do Mano botá-lo em todos os jogos o que já tava enchendo a paciencia.

    • PEDERSOLI disse:

      A VOLTA DO FABRÍCIO não é a pior coisa do mundo. Se não for aproveitado, ele ainda tem um certo valor de mercado, não é um pessimo jogador, não deve ser difícil emprestá-lo pra outro time. Num time mais acertado, ele pode vir a ser útil. Se conseguir manter a cabeça no lugar, acho que é tecnicamente superior aos outros dois (pouca coisa). Palmeiras, no fim das contas. saiu com um lateral jovem que pode melhorar e um atacante que. se tiver com ambição, pode render bem (primeiro semestre dele no Cruzeiro é um exemplo). Em suma, bom negocio pros dois lados

      • jfabio disse:

        O Fabrício é um bom jogador, não perde para nenhum dos que aqui estão. Aliás, sentimos a sua falta por todo o ano de 2016. O grande erro do Cruzeiro foi outro, foi a contratação do Diogo Barbosa. Para mim o Cruzeiro estaria muito bem servido com o Fabrício e o Edimar. Este último, com uma pré-temporada, tem tudo para mostrar o seu melhor futebol. O Bryan é jogador para o futuro e certamente será emprestado para adquirir experiência.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Ninguém está bem servido com Edmar.

      • jfabio disse:

        Bruno, eu não penso assim. Acredito que ele precise de um período de readaptação e que a torcida tem uma certa má vontade com ele pelo fato de ter sido revelado pelo Cruzeiro.

      • Bruno 7L RJ disse:

        Tomara. Minha má vontade é com o que ele mostrou. Começou até mais ou menos, sem complicar. Mas quando os adversários começaram a forçar em cima dele, foi aquele bumba meu boi. Ele ou Bryan irão vazar, eu acho.

  51. Jdias disse:

    O único problema nessa negociação é a volta do Fabrício. Temos 4 Lê e 1,5 LD, pois o Myke, que é tecnicamente o melhor lateral, ou fica machucado ou na preguiça. Trocar Bigode no Robinho foi show. Não gastamos para ter o Robinho e não corremos o risco do Mano ficar tentando ele como falso 9 mais um ano. De quebra nos livramos de pagar esse salário.