Cuca: “O diferencial foi a luta”

Por SÍNDICO | Em 4 de agosto de 2010

Pitacos de protagonistas e dirigentes acerca do Atlético-MG 0x1 Cruzeiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010, na Arena do Jacaré, Sete Lagoas, em 01ago10:

  1. Cuca, treinador do Cruzeiro: Jogar com uma adversidade dessa é muito difícil. O ambiente estava todo formado para uma vitória do Atlético-MG e nós tivemos que vencer com empenho, dedicação, garra e qualidade técnica. O time suportou bem, defendeu bem, o pessoal entendeu bem e a gente sai daqui feliz. O diferencial foi a luta, entrega, garra, passar um momento ruim, como no 1º tempo e ter a grandeza de jogar como no segundo tempo. No primeiro tempo, o Atlético foi bem melhor. Só tivemos a chance de gol do Wellington. No 2º tempo, a gente foi melhor, tivemos umas quatro chances e merecemos a vitória, com um jogador a menos, em uma expulsão incorreta, eu estava próximo. Tecnicamente o jogo foi bom, com jogadas bonitas. Teve todos os nuances de um clássico. Discussão no final, bola na trave do Cruzeiro, bola na trave do Atlético-MG. Quero ressaltar que vencemos um grande adversário, comandado por um grande treinador também. Temos que trabalhar bem a semana para o jogo contra o Grêmio Prudente. Se não trabalhar, não ganha. Trabalhar firme para no domingo, se Deus quiser, a gente chegar aos 22 pontos. O Fabio é o melhor goleiro do país, não um dos melhores. É o melhor goleiro do Brasil e, no devido tempo, vai ter a oportunidade dele na seleção. E o principal é que ele é feliz no Cruzeiro e a seleção vai ser uma conseqüência do trabalho dele aqui. 
  2. Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: O que mais valeu foi o empenho, dedicação e raça. Nosso time foi guerreiro, vibrador. Sabíamos que ia ser difícil, ainda mais sem a nossa torcida. Mas esse gol foi para os mais de oito milhões de torcedores cruzeirenses. Venho treinando esse chute há muito tempo. Fiz assim no jogo-treino contra o Tupi e fiz novamente hoje. Foi o famoso pombo sem asa. Foi um golaço e graças a Deus conseguimos essa vitória. Conseguimos mais três pontinhos, que nos coloca mais próxima da Libertadores e do título. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro
  3. Fabinho, volante do Cruzeiro: A confiança que o treinador passa para o grupo, em acreditar em um resultado positivo, diz muito durante a semana. Nós tivemos uma comissão confiante, trabalhando em cima daquilo que nós tínhamos que fazer, e hoje deu resultado. Conseguimos três pontos importantes. Nós tivemos 90 minutos de jogo pegado, trombada, discussão. Cruzeiro e Atlético não tem jogo leve. Ainda mais em se tratando da situação do nosso adversário, que está na zona do rebaixamento. Mas eu acho que ter jogada ríspida, ter dividida, ter xingamento faz parte. O que não pode é ter agressão, tapa na cara, cusparada. Isso não pode existir no futebol, mas faz parte. A gente entende a situação do nosso adversário. Nós temos que manter a nossa postura. Conseguimos mais três pontos e agora é descansar.
  4. Fábio, goleiro do Cruzeiro: Aplicação. Conseguimos dentro de campo uma vitória super importante para a gente não distanciar lá de cima. A gente conseguiu fazer o gol e suportar bem quando fomos sufocados. Vou tentar sempre fazer o melhor dentro de campo e buscar meus objetivos.
  5. Jonathan, lateral-direito do Cruzeiro:  Aceito o pedido de desculpas dele [Diego  Tardelli]. Não sei por que ele fez aquilo. Aceito o pedido de desculpas, mas eu acho que o Tribunal deveria puni-lo pelo que ele fez. O Tribunal tem que analisar as imagens e ver que medidas eles devem tomar. Mas, na minha concepção, foi uma covardia. Eu estava no chão, ele passou por cima e pisou. Só que eu acho que o tribunal deveria olhar e punir. Com certeza, se eu tivesse reclamado ou feito alguma coisa, ele [juiz] teria expulsado. Na sequência, o Gil tomou as dores, ficou chateado e fez aquilo [atingiu Tardelli com o cotovelo]. Na minha concepção, houve falta e o juiz ia marcar. Foi muito rápido. Eu fiquei no chão esperando a falta e ele passou e pisou. Eu pensei: ‘tenho que correr atrás e nem pensei em reclamar’. Mas se eu tivesse feito uma cena, o juiz ia dar alguma coisa.
  6. Diego Tardelli, atacante do Atlético-MG: Foi uma discussão normal. Um bate-boca com o Jairo, e o Werley veio retrucar. Teve um lance que achei que o Jairo poderia tocar por baixo e ele mandou por cima. Não foi atitude correta. O Vanderlei pede, por ser capitão, para não fazer isso. Não poderia ter tomado a atitude diante da nossa torcida. Mas já está tudo bem com o Werley. A gente tem tudo o que o clube pode oferecer, e o clube tem jogadores com a capacidade de dar a volta por cima. É um momento ruim que ninguém quer passar. E, quando os resultados não chegam, fica complicado. A gente sabe que o Atlético-MG já esteve na segunda divisão e passa isso na cabeça. Mas quem colocou o Atlético-MG nessa situação fomos nós jogadores e temos que tirá-lo. Ainda dá tempo. O primeiro turno não acabou, e a diferença de pontuação entre os clubes não é grande. Mas tem que ser rápido. Falta de vontade não tem. Isso não vai ter aqui. Parece que a equipe se esqueceu de como se joga futebol. Falo de mim, e da equipe também. Não estou tirando o meu da reta. Não adianta iludir o torcedor e ficar falando aqui e, quando chega ao campo, não mostrar nada. Temos que falar menos e fazer mais. O Cruzeiro sempre vem montando uma boa equipe. Tem um elenco entrosado, que já vem jogando junto há um bom tempo. Sempre vai existir essa rivalidade. Futebol é assim, a gente lamenta essas derrotas, mas uma hora isso vai mudar.
  7. Jairo Campos, beque do Atlético-MG: As brigas no futebol acontecem. O mais importante é deixar ali. Isso ficou e agora temos que ficar juntos. Depois conversamos e ficou lá a briga. Peco desculpas à torcida, porque temos que resolver desentendimentos no vestiário. Mas, infelizmente aconteceu. Mas isso vai nos ajudar a dar a volta por cima e ter um futuro melhor.
  8. Fernandinho, lateral-esquerdo do Atlético-MG: Nós atletas profissionais não temos que pedir desculpas. A gente tem que fazer é dentro de campo para que o torcedor possa vir. A gente sabe da situação. Não adianta ficar lamentando, se desculpando. Mas eu acho que é isso. Só nós, atletas, podemos sair dessa situação. A gente sabe que tem um campeonato longo ainda pela frente, são muitos jogos, mas sabemos que com o elenco que a gente tem vamos conseguir sair dessa situação. Depois que a bola começar a entrar, a gente sabe que vai fazer o melhor para que o Galo esteja sempre em primeiro lugar. Nossa equipe fez um bom jogo. Tentou da melhor maneira possível fazer o gol. E, infelizmente, às vezes, a fase não está muito boa, a bola acaba não entrando. A equipe adversária foi uma vez só e acabou fazendo (o gol). É coisa de futebol, às vezes nem sempre quem faz o melhor jogo ganha a partida. Agora, vamos ter que trabalhar. Temos a Sul-Americana na quarta-feira e é bola para frente. Agora é tentar sair dessa situação em que o Atlético se encontra e tentar vencer na Sul-americana, pois é o caminho mais curto para a Libertadores.
  9. Wanderlei Luxemburgo, treinador do Atlético-MG: Já passei por situações semelhantes, mas sempre tive a tranquilidade de saber como ajeitar as coisas. O momento é triste, porque estamos tentando e não estamos conseguindo. Mas daqui a pouco tudo vai dar certo. Isso é o futebol. Jogamos melhor do que eles nos dois jogos (o outro foi pelo Campeonato Mineiro) e não ganhamos. Não tem do que reclamar. Daqui a pouco, a coisa vira. Eu entendo a torcida estar chateada. Tem mais que me hostilizar, que pedir para eu ir embora mesmo, só que com respeito, claro. Eu sei que o torcedor está indo embora com a cabeça quente. Mas temos que ter calma, tranquilidade e trabalhar muito. Quarta-feira, já tem Copa Sul-Americana, e os jogadores estão com a cabeça centrada, estão tranquilos. Eu respeito as críticas da imprensa e da torcida, mas eu sei o que estou fazendo. Importante é o que eu converso com a diretoria. O Atlético-MG tem que continuar trabalhando para equilibrar a equipe. Com jogos quarta e domingo, você tem pouco tempo para trabalhar. Mesmo na zona de rebaixamento, eu consigo ver muita coisa boa para o Galo.
  10. Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG: Eu quero dizer que vai encaixar, vai dar certo. O time é bom, tem uma comissão técnica boa e vai encaixar. Nós temos o Obina e o Diego Souza sem as melhores condições físicas, o Edison Mendez no departamento médico. Pelo menos cinco jogadores que contratamos ainda não estão no melhor da forma. Esse sentimento a torcida do Atlético está tendo pela primeira vez, que tem organização. Eu aceito (a culpa), não tem problema. Nós não contratamos jogadores velhos. Nós temos jogador em seleção do Paraguai (Cáceres), do Equador (Mendez), o que está acontecendo, e é duro para falar isso (para o torcedor), mas nós temos que esperar.

137 comentários para “Cuca: “O diferencial foi a luta””

  1. Carlos Campos disse:

    Contra o Internacional o luxilique falou que foi importante para encaixar o serginho atras. Quem ele encaixou atras dessa vez?

  2. Carlos Campos disse:

    Ouvir o tatatatatanazona dizendo que TEM MEDO DO REBAIXAMENTO é demais ! Nao tem preço! E a raiva do luxilique? Tá descontrolada desde o primeiro clássico. Como será ter o titulo mineiro sem vencer um clássico? Essa elas nao engolem ! E esse paspalho do boquirroto? Ele fica com esse papo q é só ter tecnico bom , jogador bom , que vai dar certo. Mas, quem sao os jogadores bons q ele tem? Obina? Fernandinho? tá de sacanagém né?

  3. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Uma vitória importante. Como o próprio Cuca diz: tem jogos que a se joga bem e perde e tem jogos que se joga mal e ganha. Estamos muito bem classificados, numa zona ideal para dar o sprint final. Não adianta estar na dianteira e faltar gás no final.
    Agora que tem uma ‘cabeça de burro’ muito bem enterrada no terreiro deles, isso tem. Eles não têm mais onde recorrer. O discurso não convence – os resultados estão aí.

    • walfrido disse:

      O campeonato é muuuuito longo e ainda há sim tempo para as Frangas sairem do buraco, e sem querer ser pessimista e já sendo, da mesma forama há tempo para perdermos o rumo. Portanto é bom nós, e principalmente os jogadores e comissão, nos mantermos focados e humildes para não termos futuros desgostos. Por outro lado, o otimista, o Montillo parece uma boa contratação, o Ernesto Farias menos mas se for matador mesmo pode nos ajudar, além dos retornos em breve de L. Silva, TH, Gilberto, Roger e Caçapa. Temos tudo para melhorar nossa performance, mas ainda falta muito campeonato e estamos todos longe do “sprint final”..

      • Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

        Brasileirão é regularidade. Torçamos para que as duas contratações se encaixem bem no esquema de jogo do Cuca. Como vc bem disse há muita água pra rolar, mas pelo que foi visto até agora, acertando as peças vamos chegar bem no final do campeonato.

    • Gustavo Rocha disse:

      Não acho que o Cruzeiro jogou pior e nem o Atlético-MG jogou melhor. Pelo contrário, o Cruzeiro foi o melhor em campo, em todos os sentidos; na defesa (não tomou gol e não cometeu falhas gritantes), no meio (não teve maior posse de bola, mas quando a teve, fez com qualidade e objetividade) e no ataque (apesar de não ter criado uma quantidade de chances significativas, dignas de comentários, foi suficiente, fez o importante, ou melhor, o mais importante: GOL.).

      • Danilo_VIX disse:

        Concordo, Gustavo. Na minha opinião o Cruzeiro jogou o jogo que tinha que jogar. Foi eficiente, teve tranquilidade, paciência, raça…. Por tudo isso foi melhor na partida. Agora, se as pessoas querem ver baile como os das vitórias por 5 x 0 (as duas) ou como foi a partida contra o Vélez no Mineirão… Aí não tem base!

  4. walfrido disse:

    Por enquanto o Cuca tá se saindo melhor que o esperado, né mesmo? Força Cuca!

    • Dylan disse:

      o Cuca nao me surpreende nem um pouco. Não preciosa nem voltar muito atras, basta ver o que ele fez no Fluminense ano passado pra nao restar dúvidas de que se tratava de um bom técnico. E a tendencia é melhorar ainda mais, o Cruzeiro engrenou muito rápido com ele.

    • Palmeira. disse:

      O histórico do Cuca como técnico vencedor é sofrível. O quê ele ganhou até aqui, nos diversos grandes clubes por onde passou? No ano passado o fluminense quase voltou para a segundona, em que pese, ter um dos melhores times. Melhor até que o flamengo que foi campeão. Mas, nem por isso perco a esperança de que vá fazer um grande trabalho no Cruzeiro. Torço sempre para que o time vença, conquiste títulos, independentemente se tem ou não um grande treinador. O Scolari, se não me engano, venceu apenas um Sul-Minas. Por outro lado o Marco Aurélio, conquistou títulos importantes no Cruzeiro. Futebol é assim mesmo.

      • walfrido disse:

        Pois, CV não é tudo. Pra mim pouco importa o que ele fez no passado desde que faça um trabalho bom, respeitando nosso clube. Torço demais pelo Cuca, acho um cara do bem. Tomara que dê ligue e crie uma boa identidade com o clube e torcida. Está indo muito bem e me surpreendendo sim.

      • Dylan disse:

        Palmeira, ele na, verdade,salvou o Fluminense da segundona com uma série impressionante de vitórias, vamos contar a história direito. Mas concordo, nao importa o que treinadores e jogadores fizeram antes de vir pro Cruzeiro,importa o que eles fazem no clube. Só que nao me surpreende o bom trabalho do Cuca. Ele formou bons times em quase todos os clubes que passou e tá seco pra ganhar títulos.

    • Hermes disse:

      O que me chama atenção nos times treinados pelo Cuca é a união entre os jogadores, observei isso no Fluminense ano passado e estou tb observando isso no Cruzeiro. A comemoração dos jogadores ao final do jogo a muito tempo não via ser tão intensa. Quem sabe chegou a hora de acabar com a imagem de treinador pé frio?

      • simone b de castro disse:

        O que me incomoda é malhar técnicos que ganham o campeonato estadual, que são vice numa LA, e exaltar técnico que tira time do rebaixamento… Meio estranho, não?

  5. walfrido disse:

    OT. A atuação do Montillo ontem chamou a atenção da midia brasileira. Tomara que seja isso tudo e não precise do irritante prazo de adaptação em BHte. http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/libertadores/ultimas-noticias/2010/08/04/chivas-surpreende-universidade-do-chile-e-coloca-brasileiro-no-mundial.jhtm

    • Claudinei Vilela disse:

      Assiti ao jogo, confesso que fiquei entusiasmado com o Montillo. Jogador de personalidade, vai pra cima, dribla bem…..tem muita habilidade na perna direita. No jogo de ontem ele sempre caia pela direita e criava as melhores chances para U.Chile. Os escanteios e faltas cobradas tambem eram venenosas. Jogador rápido, inteligente…acho que vai somar muito ao grupo.

    • Palmeira. disse:

      Walfrido, esse Montillo, se jogar o que vem jogando, vai deixar as frangas bebinhas. Vão sair de campo achando que beberam onze litros de “Montilla”.

      • walfrido disse:

        Ahahuhuahuahuhaa. Tomara. Tomara. Ontem, no MSN, enquanto o Chaves descia a lenha na cidade de 7 lagoas e em seu agradável estádio, eu dizia pra ele da falta que faz um cara que chame o jogo pra si, que chame a responsabilidade nos momentos difíceis. Montillo pode ser esse cara. Tomara. Seja bem vindo, Montillo!

      • Danilo_VIX disse:

        E a torcida? Vai buscá-lo no aeroporto?

      • Rogério disse:

        Já buscou na sua apresentação.

  6. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Já temos um brasileiro no torneio final do Mundial Interclubes, com a vitória do Chivas sobre o Univ Chile. Mas teria graça ser campeão Mundial sem ter sido campeão da Libertadores? Toda a torcida para o colorado.

    • Danilo_VIX disse:

      Basta fazer essa pergunta pensando no “Título Mundial” que o Corinthians tem. Acho que nem eles se consideram “campeões mundiais”, talvez campeões de um tornei organizado pela FIFA….

      • walfrido disse:

        Será? Enquete: quem queria ter participado do mundial em Abu Dhabio mesmo tendo sido vice na Libertadores 2009?

      • Danilo_VIX disse:

        O que quero dizer que uma coisa é chegar na final da LA e poder competir o mundial de clubes, ou tra é nem disputar a Libeertadores e ser campeão Mundial. Mesmo assim, para o vice da Libertadores, ser campeão Mundial não teria o mesmo gosto, seria bom, mas com um sabor diferente.

      • Rogério disse:

        Acho meio sem graça, mas já que é assim eu teria ficado muito contente se o time do Estudiantes fosse Mexicano.

  7. Naldo disse:

    Eu concordo com o Kalil; depois que encaixar, engata.

  8. Elias disse:

    Prá refletir: Com relação à Universidade do Chile, seria o Montillo o Ramires da vez?
    E o Hernanes, será o próximo?

    • Palmeira. disse:

      Elias, eu achei que o Montllo foi bem nos dois jogos. O Ramires foi uma caricatura de jogador. No mineirão, então, o cara desapareceu depois do chega-pra-lá que o Veron deu nele.

  9. Elias disse:

    E hj já é quarta-feira. Meu secador já está à postos.
    E continuo perguntando: Alguém ouviu algo com relação à pauta do STJD, relativo á agressão do Flanell no Jonathan?

  10. Danilo_VIX disse:

    O fato é que o Wellington Paulista viveu sua melhor fase como jogador quando atuava no Botafoo de Cuca. Assim está repetindo aqui no Cruzeiro, tomara que continue marcando muitos gols e jogando com mais tranquilidade e inteligência. Está longe de ser craque, mas notem a diferença que faz para um cara desse um ambiente novo…. Motivação nova….

  11. mariana disse:

    Tô adorando ver os emplumados iludidos. O discurso de TODOS é o msm, “uma hora o time engrena”; “estamos no caminho certo”; “jogamos melhor mas perdemos”; “futebol é assim, nem sempre vence o melhor”…KKKKK Esse Luxa é msm um mágico, um ilusionista, o melhor do mundo. Quem tem tranquilidade pra jogar nessa porcaria? Não é permitido erro, que goleiro joga bem sabendo que se errar tá fora? Essa paciência toda com o Luxa, é só pq ele ganhou tudo no CEC? Deve ser. Um emplumado amigo meu me fala isso sempre, “se ele ganhou no Cruzeiro pq num vai ganhar no galo?”
    Iludidos!!!kkkkkkkk

    • Hermes disse:

      O time delas é uma BMW sem freios, que o câmbio automático desengatou em uma ladeira e o motorista acalma os passageiros; “calma, o carro é novo vai engrenar”, mas o buraco não está longe.

      • Danilo_VIX disse:

        Sinceramente acho que o time do Patético-MG não vai ficar assim tão mal… De fato, no papel, eles têm um bom time e uma boa estrutura. Não acredito em feitos maiores como ficar entre os 4 primeiros, mas também acho que não serão rebaixados. Não é possível, seria muita incompetência!

      • walfrido disse:

        Também acho. Tem muito time mais lama que essse atual elencio das frangas. Eu acho que eleas saem do buraco. Mas vamos continuar secando, né mesmo? ehehehehe

      • Danilo_VIX disse:

        Secando SEMPRE!!!!

      • mariana disse:

        Que eles tem um bom time (no papel), que pode se recuperar, não tenho dúvidas. Mas o que eu reparei foi que o discurso da má sorte, conformismo, anda sendo mto comum por aqueles lados. Um time que tem 10 pontos em 12 rodadas, não é só o acaso, o azar. E lá não tem crise, não tem cobrança. Quando este time vai engrenar? Quero mais que eles se explodam, a segundona é logo ali. E Luxa não vai ter o direito de falar que ganhou o mineiro pelas galinhas, pois o Mineiro não é nada!

      • simone b de castro disse:

        Falou tudo, Mariana! Penso assim também! hehehehe

  12. Elias disse:

    Muito legal:
    “Sobre o filme ‘300’, Jonathan disse que a referência deu certo, uma vez que funcionários do clube colocaram um banner do longa-metragem no vestiário do Cruzeiro na Arena do Jacaré.

    – Falar sobre o filme ‘300’ foi legal. Acho que minha ideia valeu. Agradeço ao Guilherme (Mendes, diretor de comunicação) por ter levado o banner lá para gente. Isso deu ânimo a todos nós.”

  13. Mauro França disse:

    Um mérito do Cuca foi não ter dado ouvidos aos microfonistas e hienas, que pediam o tal “futebol ofensivo”. Esa turma não consegue explicar quatro volantes em campo.

    • Elias disse:

      Mauro…fiquei muito animado com o Montillo. Baixinho que não afina, não tira o pé de divididas, parte prá cima e é mortal em escanteios e faltas na lateral do campo. Já imagino o Leonardo Silva marcando muitos gols. E esse cara ainda vai carimbar o passaporte do WP prá Europa. Tomara que não sinta a tal “adaptação”…

      • walfrido disse:

        Amém! Que assim seja, mestre Tate!

      • Mauro França disse:

        Confio no olho clinico do amigo.

      • Dylan disse:

        inacreditável. Até agora tem gente que nao sabe que o cuca escalou 4 volantes por necessidade. Que o Gilberto foi esperado até o ultimo momento. Meias e atacantes nao se fabricam espontaneamente. Podem apostar que ele vai escalar Montillo e Gilberto como titulares porque de bobo nao tem nada.. Enfim, cada um ve aquilo que quer. O Cuca é um treinador que arma o time em torno daquilo que tem de melhor em cada momento. Por isto é tão bom.

      • Hugo 5erel0 disse:

        Meu medo é o Cuca querer escalar o Gilberto na lateral se não houver espaço pra ele no meio campo. Diego Renan é quem tem de continuar quieto por lá.

      • walfrido disse:

        Pois eu não tenho esse medo. Eu gostaria de ver um time assim: Fabio, Jonathan ou Romulo, Leo Silva, Ed Carlos ou TH, Gilberto, Henrique, MP, Fabricio e Montillo, Farias ou WP e TR. Tecnico: AB, ops, tecnico Cuca. Essa piadinha foi só pra zuar com o Dylan. ehehehe

      • Hugo 5erel0 disse:

        Walfrido, o pior é que eu concordo com esse teu meio campo. E periga não sobrar vaga pro Gilberto. Mas pra lateral eu ainda prefiro o Diego Renan.

      • Dylan disse:

        Wal, nao acho essa formação tão ruim não. Só acredito que o Gilberto nao vai dar conta de jogar na lateral e nao tem sentido barrar o Diego Renan.

      • Elias disse:

        Eu prefiro sobrar que faltar. Do treinador olhar pro banco e ter opções, mesmo com alguns jogadores suspensos/ e ou lesionados. Tem espaço ( e jogos) prá todo mundo atuar. Esse pendenga de 3 volantes, 2 armadores, 3 atacantes, 3 zagueiros prá mim é irrelevante. Depende de adversário, local do jogo, necessidade de pontuação ou manutenção de ponta. Espero que dê liga. Não adianta, por exemplo, ter uma “constelação” (igual muitos cruzeirenses disseram sobre o time do Kalil) e uma baita nuvem negra prá cima delas. Não brilha. Não dá liga. O Mestre Cuca vai ter que apurar a receita. E dosar o fogo. E aumentar a fervura. Tudo a seu tempo. Mas que (prá variar) estou animado, não tenham dúvidas. Clássico levanta ou derruba. Sempre foi e sempre assim será…

      • walfrido disse:

        Temo pelo condicionamento do Gilberto numa lateral esquerda, mas tampouco acho que o D Renan venha merecendo condição de titular absoluto. Ele tem penado ali na marcação. Talvez o Gilberto use bem de sua experiencia ali. Mas será sempre o risco se colocarem um lateral corredor ou um atacante rápido por ali. Enfim, ninguém melhor que o treinador pra decidir o que é o melhor. Força Cuca!

      • Dylan disse:

        pra mim pragmatismo em futebol nao é fechar o time, embora isso as vezes seja necessário. Pragmatismo é escalar sua força máxima. Por isto o santos hoje em pleno barradão vai de Robinho, Andre, Ganso e Neymar, ou se sair um deles entra Marquinhos que é um baita meia. Nao passa pela cabeça do técnico meter tres volantes lá e descaracterizar o time. Isso nao seria ser pragmático, seria ser trouxa.

      • Danilo_VIX disse:

        O bom disso tudo (piadinhas ou não) é que o Cruzeiro começa a ter algumas opções para o time. Se precisa ser mais defensivo tem volantes de qualidade (e opções para o banco). Se precisa ser mais ofensivo pode mudar o esquema, jogar alguns volantes para o banco, tem mais opções de meias e algumas para o ataque. A zaga ainda está crítica, mas são as laterais que ainda não firmaram.

      • Elias disse:

        Se bem que, atualmente, não tem sido assim do lado fedorento da lagoa. Perdem sempre, argumentam que foram melhores, que ainda vão conseguir reverter, que nosso goleiro salvou, que a bola cismou em não entrar.
        Ou seja, ficam igual chi.fru.do conformado, que sai de casa pro Ri.cardão entrar…rs

      • ACRossi disse:

        Bom dia…Tbm gostei demais do Montillo…Esse cara vai dar tango….O melhor será ter opções. Na zaga, Gil, Caçapa, Edcarlos e depois ainda volta o Leonardo, além do Tiago Heleno. Na meiuca, atrás, Fabricio, MP, Henrique, Everton, além do Ely Carlos e Fabinho. Mais a frente, Gilberto, Roger e Montillo. Na grande área, WP e Farias, encostando o Tiago Ribeiro e este menino que veio do Atletico do PR. Além do Romulo, Rafael, Seba, Tiaguinho. Vamos olhar pró banco e não ver opções…parece que tá encaminhando…..saudações celestes

      • Vinicius Cabral disse:

        Elias, pelo que observei ontem, o futebol do Montillo lembra um pouco o do Conca. Pela movimentação, doação, criação de jogadas e habilidade.

      • Elias disse:

        Notei isso tb. Os escanteios e as faltas nas laterais viram jogadas mortais, pois ele coloca a bola de curva, no costado da contenção, pegando os atacantes de frente pro crime. É a jogada mais dificil de ser marcada, pois se tentam linha de impedimento a curva na trajetória da bola valida o lance. Quem assistiu o jogo viu que La U teve infelicidade de dois petardos baterem no travessão na hora “h” do jogo. E o goleiro, que até então operava milagres chutou o balde.
        Coisas do futebol. E tem uma foto do Montillo deixando o campo ás lágrimas que retrata bem o envolvimento dele com o jogo. Tomara que não seja mais um “foguete molhado”. Mas estou esperançoso…

      • Elias disse:

        Cabral… a jogada de escanteio e na lateral é mortal. A bola dele faz uma espécie de parábola e pega sempre os atacantes de frente pro crime. Impressionante como ele bateu todos os escanteios e faltas, todas com perigo. E esta jogada fica muito dificil de marcar, mesmo com a tal “linha de impedimento”. E me impressionou ( e aos comentaristas do jogo) da velocidade e habilidade dele ao conduzir a bola.
        E ele estava muito comprometido ontem. Tem uma foto dele deixando a cancha aos prantos depois da partida.
        Tomara que não seja mais um “foguete molhado”. E não deverá ser!

      • walfrido disse:

        Nossa, será que os Deuses ouviram minhas preces e teremos, finalmente desde 2004, alguém pra bater faltas e escanteios com perigo? O ultimo que me lembro foi o Alex10!

      • ACRossi disse:

        É o digno e tipico meia argentino. Gosto demais. Toca fácil, vai prá cima, hábil, e bate bem na bola. Este eu acho que vem prá dar alegria….abraços

      • walfrido disse:

        Que medo de dar errado! É phoda quando a gente cria muita espectativa, né mesmo? Mas vai dar certo. Fuerza Montillo!

      • mariana disse:

        kkkkk Vc é peça rara demais Walfrido. Tb tenho medo da euforia e tb do descrédito total em relação a um jogador. Prefiro esperar pra ver. Mas depois do eu vi ontem, tô otimista como vcs! Daqui a pouco JS vem aqui e acaba com a festa!rs

      • walfrido disse:

        Pior que é. Já já o azedo do Sindico chega catracando….

      • Frede disse:

        Vou acreditar nos senhores. Não tive paciência para ver o jogo ontem não. Ai de vcs se ele não jogar metade disso que vcs estão dizendo…

      • Rogério disse:

        Ouvi dizer que o Trio elétrico do Walfrido vai sair da garagem só para receber o Montillo, o sindico vai ter um troço com isso.

      • Rogério disse:

        Perdeu então Frede, foi um jogaço, o primeiro tempo então foi sensacional e o Montilo joga muito mesmo.

      • Frede disse:

        Nem fale em trio elétrico que me lembro daquela fatídica quarta…

      • Vinicius Cabral disse:

        Acho difícil dar errado, Walfrido. Quem faz um gol como aquele contra o Flamengo ou uma jogada como a do primeiro tempo, conhece do riscado. Quem se doa em campo como ele, se movimenta, cria, tem poucas chances de dar errado em um clube no porte do Cruzeiro. Se estivéssemos falando de Europa, o receio de não dar certo seria maior. Mas para o futebol brasileiro, acho que ele atende bem.

      • walfrido disse:

        Tomara mesmo. Trio Elétrico tá cheio de teia de aranha.

      • Elias disse:

        Pois é…peldeu mesmmm. O primeiro tempo foi o melhor da atual Libertadores. Várias e várias chances de gol, variações de posse de bola e domínio do jogo, dois times guerreiros em campo. E a torcida local é um caso á parte. Um espetáculo. Mesmo quando tomava os gols, eles aceitavam o golpe e continuavam cantando. Fiquei impressionado!

  14. Alan Mendonca disse:

    Realmente o Montillo jogou bem ontem, se continuar assim aqui no Cruzeiro, ZZP vai comprovar que e melhor do Profexo e Maluf juntos pra contratar.

  15. walfrido disse:

    Torcida do Cruzeiro fez bonito ao receber o Montillo no aeroporto quando de sua apresentação. Agora seria muito legal se a torcida fosse de novo recebê-lo após a dor da desclassificação. Ele se sentiria apoiado e bem recebido.

  16. claudio(xina)lemos disse:

    Não sei se vocês perceberam, mais no primeiro tempo o Montilho jogou de segundo atacante, apenas no segundo tempo com a entrada do Rivarolla ele passou a jogar de meia.
    Acho que o Cuca poderia escalar o time da seguinte maneira.
    Fabio
    Romulo, Léo e Gil (ed carlos) Drenan
    Henrique ou paraná e fabricio
    Montilho, Roger(Everton ou Paraná) Gilberto
    Farias (WP)
    Não escalei Jonatham e Thiago Ribeiro porque acredito que os dois serão
    vendidos.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Assim o time ficaria num 4-2-3-1, forte na defesa e também no ataque. Não acredito num time com Henrique(paraná)fabricio, gilberto, montilho no meio. Não acredito e não gosto, acho que o time fica exposto, para mim este time só interessa a hienas.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Pardal nada, puro realismo. E, não tenho ilusões sobre a permanência do TR no cruzeiro.

      • Rogério disse:

        Xina está parecendo uma mistura de Mario Sérgio com Adilson Batista… rs. rs. rs.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Que isto um time com Montilho, Roger e Giberto não pode ser um time retrancado, não acredito que vc esta achando isto. O time joga com até cinco atacantes pois todos os meias se transformam em atacantes.

      • claudio(xina)lemos disse:

        O Cuca no Bota gostava de jogar num 3-4-3 também muito ofensivo. E, quem fazia o terceiro zagueiro era um volante papel que pode ser feito tanto pelo paraná quanto pelo fabinho.

      • walfrido disse:

        Eu pelo menos só tava te zuando. E acho que o Rogério te chamou de Mario Sergio AB por causa da suposta pardalice. Zueira. Tem que ver as peças que teremos. Mas não tem nada de errado, só tô te enchendo a paciência mesmo….

      • Rogério disse:

        Fiz uma alusão a fama de inventores que o Mario Sérgio e o Adilson e não ao jogo defensivo.

      • Rogério disse:

        Acompanho as explicações do Walfrido.

      • Sobrinho disse:

        Eu pensei no 4-2-3-1 quando vi o Montillo jogando também, não tem nada de pardal, esse é o esquema da moda e mais utilizado na copa do mundo.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Thanks.

      • Mauro França disse:

        Só espero que o Roger faça jus à fama e comece a jogar bola.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Mauro eu e toda a torcida também, espero que com sua volta com a namorada ele possa se concentrar mais no futebol e menos nas baladas. Em todo caso temos o Francisco Everton ou o Paraná para entrar no time. Wall junior e rogério, prestem atenção, claro que sei que vcs estão me zoando.

      • walfrido disse:

        Não tenho nada contra o 4-2-3-1, mas, em tese, não gosto de Roger, Gilberto e Montillo. Eu ainda gosto mais do tradicional 4-3-1-2 com o Gilberto na lateral esquerda, e liberdade pros laterais. Fabio, Jonathan, LS, Ed Carlos, Gilberto, Fabricio, Henrique, MP, Montillo, WP ou Farias e TR.

      • walfrido disse:

        … não gosto de Roger, Gilberto e Montillo juntos no mesmo meio de campo, por supuesto!

      • claudio(xina)lemos disse:

        Viúva do Abap…

      • Mauro França disse:

        Concordo. Só manteria o DR na esquerda e deixaria o Gilberto como opção.

      • Mauro França disse:

        Concordo com o Wal. Não tem nada de viuvez do AB, Xina. Questão de preferencia. Eu não tiraria o MP ou o Henrique ou o Fabricio do time para por o Roger. Não com a bola que ele jogou até agora.

      • walfrido disse:

        Ahahahahahaha. Pode ser. Mas gosto mesmo dessa formação, acho que as peças que temos hj encaixam bem nessa formação. Mas se eu fosse formar um time meu, uma seleção brasileira, por exemplo, eu formaria no 4-2-3-1, com Luis fabiano na frente e um meio habilidoso e rápido, e uma defesa bem postada.

      • Sobrinho disse:

        A propósito, eu manteria PAraná, Henrique e Fabricio. Pensei no 4-2-3-1 em uma eventual saída do TRibeiro e, pelas escalações do Cuca, não acredito que ele jogará com três armadores defendivos, vulgo volantes.

      • walfrido disse:

        Escala o time aí então, Sobrinho!

      • Sobrinho disse:

        Escalar o time em qual circunstancias? Com todos à disposição? Quer me transformar em um corneteiro igual a você?

      • Mauro França disse:

        Como sempre fiz, seja qual for o tecnico, eu apoio o time que o Cuca mandar a campo.

      • Dylan disse:

        armador defensivo é a melhor de todas

  17. walfrido disse:

    Esse negocio de numeros (3-5-2, 433, etc) é uma babaquice. O que interessa é a movimentação em campo, vejam só, reposicionei os jogadores que o Xina listou e o time ficaria muito parecido com o que o Cuca escala hj, um suposto 4222.
    Fabio
    Romulo, Léo e Gil, DRenan
    Henrique, Fabricio
    Roger e Gilberto
    Montillo e Farias
    Mas tudo depende da “dinamica” do time em se posicionar de uma ou de outra forma. Vale o mesmo pro mantra do Dylan sobre os 3 volantes, mas que na verdade se comportam como meias e as vezes atacantes. Ramires nunca foi volante, era mais ofensivo que o Everton e este ultimo é aclamado por aí, como ofensivo.

  18. walfrido disse:

    O que importa, aí sim concordo com o Dylan, é pegar as melhores peças e posicioná-los bem no campo, treinar bem a dinâmica ofensiva e defensiva, onde todos tem funções táticas no ataque e na defesa.

    • Mauro França disse:

      Quem define quais são as “melhores peças”? O torcedor no seu teclado ou o técnico? E se eu não concordar com a escalação do treinador, devo fazer campanha contra ele?

      • Sobrinho disse:

        Para definir as melhores peças basta olhar o currículo de cada um. Simples! Não sei como você não entedeu isso até hoje, França.

      • Elias disse:

        Maurão…o que mais tem tido ultimamente é “torcedor” com essa atitude. E o que pior…indo na onda da galopress. Tem um tal de “escalar certo”, muito utilizado pela dupla dinâmica Jr/Lélio, pelo Flávio Carvalho, pelo Arthur Morais, que me mata de raiva. Não existe isso no futebol…

      • Dylan disse:

        quem define é o treinador, vc concorda ou nao e torce sempre. Quando der certo voce aplaude., quando nao der voce critica. Tão elementar

  19. walfrido disse:

    Olha só esse time:
    Fabio
    Romulo, Léo e Gil, DRenan
    Henrique, Fabricio e Gilberto
    Roger
    Montillo e Farias

    É mto diferente de:
    Fabio
    Jonathan, Léo e TH, DRenan
    MP, Fabricio e Ramires
    Wagner
    TR e Kleber????

    Acho que não, Ramires é tão ofensivo como Gilberto, ou mais. Com diferentes estilos. Basta tentar entender como cada peça atua no ataque e na defesa. os times do AB eram tão ofensivos, ou defensivos, como esses do Cuca hj, ou mesmo que a teoria 4-2-3-1 do Xina. Vai depender de como os jogadores vão atuar em campo. Se vc colocar um time, na teoria no 4-2-3-1 e ele recuar, sob pressão, e ficar só na dfesa, não adiantou nada. No fim, vc “escalou” um 1-10.

    • walfrido disse:

      E claro depende muuuuuito do que a rádia falar que aconteceu. Pois tem gente que segue a mixuruca e tendenciosa de olhos fechados. Aí, num dá nem pra começar a conversa….

  20. walfrido disse:

    Bom galera, tô saindo fora pois vou ver agora esse jogo, ao vivo. Torcer contra o Borussia. Vou com meu manto azul e branco do Cruzeirão.

    http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2010/08/no-duelo-de-amigos-brasileiros-dortmund-e-city-jogam-na-alemanha.html

    • Chaves disse:

      Ta vendo, por isso que o cara fica perseguindo Sete Lagoas, falando mal do estádio, dos hotéis, da estrada, da cadeira. O cara viaja pela europa, conhece estádios e cidades do primeiro mundo e depois fica no MSN destratando as cidades de MG.

  21. Damas disse:

    Sem mais delongas, estou num momento de muita leitura e pouca escrita.

  22. Alan Mendonca disse:

    Estao falando que o Geovanni pode assinar com o Cruzeiro. Acho que seria uma boa opcao para o ataque, mas como meia ele nao me agrada. Mas e um otimo jogador, e cruzeirense.

  23. Beth Makennel disse:

    Estes emplumados arrumam desculpas prá tudo. Nunca abaixam a crista. Impressionate!!! O Cruzeiro venceu por que é mais time. Mesmo sem 4 grandes titulares, jogou pró gasto e deixou o time rosinha desequilibrado a correr, raça, correr, raça, e perder, novamente.
    E o Montillo e Fárias estão chegando ai. O mestre Zezé, voltou com toda força e vai dar a volta por cima dos inimigos despeitados e mostrar o quanto entende de fato de futebol. As contratações serão um sucesso. Jogadores que esta midiazinha de BH fez pouco caso, desprezou, falou besteira quando foi divulgado as contratações, agora, vão mais uma vez calar os inimigos que vão ver os contratados se transformando em craques e ídolos no Cruzeiro. Tenho certeza disso!

  24. Com Dedé de Dora e Bendelack ou com Tostão e Alex , Cruzeiro Sempre.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.