Cuca: “Gilberto é titular ao lado de Montillo”

Por SÍNDICO | Em 1 de novembro de 2010

Pitacos de protagonistas e blogueiros acerca do Grêmio Prudente 0x2 Cruzeiro, no Farazão, Presidente Prudentes, pela 32 rodada do Campeonato Brasileiro de 2010, em 30out10:

Pesquisa: Romarol

  1. Naldo, no PHD: O Cruzeiro foi a Presidente Prudente buscar os 3 pontos e trouxe. Contra um time reserva!!! No Grêmio Prudente só não jogou quem não podia jogar. Gostei da entrada do Gilberto que dá mais qualidade ao meio de campo e do Leo que da mais segurança a defesa. O MP deslocado para a lateral esquerda fechou bem o setor e deu mais liberdade ao Gilberto para ajudar na criação. Fabrício e Henrique marcaram bem no meio campo, o Montillo deu trabalho ao Prudente com sua busca insessante para levar o time ao ataque e buscar o gol e o Robert teve uma boa atuação: Marcou o segundo gol e ajudou muito na marcação, principalmente na defesa onde tirou muitas bolas tanto de cabeça como pelo chão. E o Fábio quando solicitado compareceu bem com boas defesas. O Rômulo não melhorou o setor direito, mas tambem não piorou, já que o Jonathan, apesar de ser mais jogador que ele, não vivie uma grande fase. Fez o trivial. O Edcarlos teve uma grande chance de deixar a sua marca, mas concluiu muito mal uma bola que sobrou pra ele na frente do gol, mas lá atraz fez teve atuação normal.
  2. Aloisio Mendess, no PHD: Não gostei do time. Não fez um jogo bonito e não foi agressivo. Mas fez o necessário para ganhar, foi pragmático. Montillo sumiu no jogo e ainda bem que Gilberto fez o necessário para assegurar a vitória. Acredito que falta um melhor entrosamento dos dois. Espero ver este entrosamento no jogo contra o SP, pois temos que vencer, senão o título ficará distante. Caso o Inter ganhe ou empate com o Flu, poderemos colocar frente, caso vença. MP não poderá jogar e vejo isto como uma oportunidade de montar o time com o Diego Renan que é o titular da posição. Não gostei da atuação do Rômulo e penso que Jonathan deverá ter nova oportunidade, pois é melhor. Torço ainda pelo retorno do WP, pois é melhor que os demais. Abraços
  3. Juca Kfouri, em seu blog: Cruzeiro foi jogar em Presidente Prudente como deve jogar um aspirante ao título contra o lanterninha do campeonato. E tratou de se impor para não deixar o menor crescer. Em lindo chute, de fora da área, o zagueiro Léo fez 1 a 0, aos 18. E num cruzamento maravilhoso  de Gilberto na cabeça de Robert, este fez 2 a 0. O segundo tempo foi mais de administração, embora o Cruzeiro devesse tentar mais gols para, ao menos, diminuir a diferença de oito gols que tem no saldo em relação ao Fluminense. Cuca até que mexeu, porque botou Pablo, aos 25, Everton, aos 31, e Roger, aos 35, nos lugar de Marquinhos Paraná, Gilberto e Thiago Ribeiro. Mesmo assim, se alguém teve chance de gol foi o Grêmio Prudente, mas nada que preocupasse o cruzeirense.
  4. Marcelo Bechler, no blog do Lédio Carmona: O jogo em Presidente Prudente podia pintar como fácil para o Cruzeiro. O time da casa, lanterna e com 10 desfalques, carecia de qualquer qualidade, mas as sete derrotas em 15 jogos no Prudentão foram por um gol de diferença. E mais: Corinthians (2×2) e Fluminense (1×1) perderam pontos no interior paulista. Em campo, o time de Cuca foi soberano. Não que tenha sido brilhante, mas não deu chance ao adversário. Com Gilberto entre os titulares, Thiago Ribeiro jogou mais centralizado, ao lado de Robert, e sumiu do jogo. Montillo foi discreto pela direita e coube a Gilberto, do outro lado, organizar o time mineiro. Depois do belo gol de Léo, batendo de longe, o Prudente tentou sair liberando João Victor pela direita e com Adriano Pimenta se aproximando dos atacantes. Sobrava espaço para o contra-ataque que nascia sempre com Gilberto. Assim foi o segundo gol. Passe espetacular do camisa 7 para Robert escorar. No segundo tempo, o Cruzeiro aproveitou a vantagem, não assustou e segurou o lanterna. O time parecia se poupar para o jogo de quarta-feira contra o São Paulo. Para vencer o Tricolor, vai precisar jogar mais. Repetir as partidas que fez em Uberlândia quando venceu Corinthians, Flamengo, Internacional e Fluminense antes de perder para o Atlético. Se a próxima rodada é complicada para os mineiros, para os cariocas é ainda mais: o Fluminense vai ao Beira-Rio enfrentar o Internacional. Hora boa para o bote.
  5. Vitor Birner, em seu blog: O Cruzeiro não precisou jogar tão bem para derrotar o lanterna e rebaixado Grêmio Prudente. A boa marcação do time de Cuca impediu a transição da defesa ao ataque dos anfitriões com a bola no chão. Previsível, o anfitrião vivia dos inúteis lançamentos de Adriano Pimenta para o veloz Rainer nas costas de Marquinhos Paraná, o lateral-esquerdo, ou de Rômulo, na outra lateral. O meio-campo cruzeirense formado pelos volantes Fabrício e Henrique, além dos meias Montillo, na direita, e Gilberto, na esquerda, trabalhou bem na marcação, simplificou a vida da linha de zaga e do goleiro Fábio. Apesar de contar com 2 meias, a Raposa não foi tão bem na criação. Mesmo assim balançou duas vezes as redes antes do intervalo. Belos gols!: Léo, de fora da área, acertou lindo chute de fora da área aos 18 minutos, sem chance de defesa para Sidney! O gol obrigava o Grêmio PP a sair para o jogo. Na prática, só João Vitor trocou a preocupação defensiva pelo ambição de virar o placar. Aos 40, o Cruzeiro ampliou. Robert foi o autor do 2×0. Contudo o passe de Gilberto para ele foi mais difícil que a finalização. Talvez a vantagem não tenha sido maior porque Montillo pouco apareceu. Prudente pressiona: O resultado adverso obrigou o técnico Fabio Giuntini a tentar dar vida ao sistema ofensivo prudentino. Estava insatisfeito com o desempenho dos homens de frente. Trocou o meia Adriano Pimenta e o centroavante Willian por Carlos Eduardo e William Henrique. As modificações melhoraram o time. O Cruzeiro recuou, deu a posse de bola ao rival e apostou nos contragolpes. Deu certo por cerca de 15 minutos. Montillo construiu duas boas jogadas de gol e Robert não conseguiu aumentar a diferença. Talvez se Thiago Ribeiro jogasse melhor, deixou a desejar, a vitória teria sido mais tranquila. Depois o Prudente começou a chegar e Fabio teve trabalho.William Henrique levou perigo 3 vezes. O goleiro também viu a gorduchinha tocar na trave uma vez. Cuca, irritado, tentou retomar o controle do jogo. Pablo, aos 25, Everton, aos 31 e Roger aos 35 entraram nos lugares de Marquinhos Paraná, Gilberto (melhor em campo, saiu cansado) e Thaigo Ribeiro. A apresentação cruzeirense não foi das melhores, ao contrário do resultado. Continua forte na briga pelo título. O Prudente havia sido derrotado 7 vezes em seus domínios. Todas por 1 gol de diferença. Só o vice-líder do Brasileirão ganhou por 2.
  6. Leo Simões, beque do Cruzeiro: Contei com o apoio dos companheiros e fiz meu primeiro gol desse jeito, com o pé, o que para zagueiro é difícil. Foi um bonito gol. Na verdade eu vi jogadores pedindo a bola e ali abriu no meio, eu fui e arrisquei, só chutando que entra mesmo. Graças a Deus a bola entrou. Eu dedico à minha esposa e aos meus familiares, para toda a torcida do Cruzeiro também. Fico feliz pelo primeiro gol. É difícil o zagueiro fazer gol, quando faz é uma emoção muito grande. É uma alegria muito grande.
  7. Robert, atacante do Cruzeiro: É uma vitória importante, em primeiro lugar. Tive a oportunidade de ajudar meus companheiros e fazer o gol. Dedico a toda minha família, que sempre torceu para mim nos momentos difíceis. Todos correram, se ajudaram, sabíamos que ia ser um jogo difícil, apesar de eles estarem no descenso. O grupo é muito experiente. Essas duas derrotas não abalaram em nada a equipe, principalmente no último jogo, que era um clássico. Nosso time está na mesma pegada e essa vitória foi muito importante para encostar no Fluminense. Na reta final, deixar escapar esse tipo de ponto é um desastre pra quem quer o título.
  8. Rômulo, lateral-direito do Cruzeiro: Nós estávamos precisando nos reabilitar na competição e conseguimos na hora certa. Agora faltam seis jogos decisivos e a gente tem que fazer o máximo para ganhar e aproveitar a fase.
  9. Fábio, goleiro do Cruzeiro: A equipe jogou mal 30 minutos contra o Atlético-MG. Contra o Grêmio a gente teve totais condições de sair com a vitória. O importante é que a gente estava tranquilo para jogar. A sequência nossa é muito boa, mesmo depois de duas derrotas. Corinthians e Fluminense estão aí lutando porque fizeram um turno muito bom e queimaram gordura, senão estavam muito atrás.
  10. Gilberto, meia do Cruzeiro: O pessoal está bem focado no que quer e a gente conseguiu fazer um bom primeiro tempo. No segundo, administramos mais o resultado. O caminho é esse. Sabemos que é um campeonato muito difícil, que vamos encontrar adversários mais difíceis, mas adversários que saem mais para o jogo e dão oportunidades de criar um lance melhor, mais agudo. É manter a tranquilidade e trabalhar forte, porque vamos em busca do nosso objetivo, que está próximo, mas é um caminho árduo, difícil, mas podemos chegar.
  11. Cuca, treinador do Cruzeiro: Um jogo após o revés no clássico é decisivo. Se você não ganha, é muito difícil ter uma virada. A vitória sobre o Santos criou um ânimo extra para o Prudente, sabendo que era praticamente a última cartada hoje (sábado). Estavam muito motivados, correndo, influenciados pelo último resultado, o que tornou o jogo perigoso. No primeiro tempo a gente fez o escore e no segundo controlamos bem a partida, ainda que um pouco cedo, mas bem. O mais importante de tudo foi a vitória. Eu sempre escalei dois meias, inclusive em jogos fora, contra Fluminense e Atlético-PR. Sempre disse que o Gilberto é um titular meu e hoje é titular ao lado do Montillo. Combina ele com o Montillo, diferente de outras opções que você tem. Meu time joga com dois meias e vai jogar assim até o final do campeonato, valorizando bastante a parte ofensiva, sempre com equilíbrio. A gente busca isso sempre.

40 comentários para “Cuca: “Gilberto é titular ao lado de Montillo””

  1. Renato-SP disse:

    Foi uma ótima vitória. Pro jogo contra o São Paulo, temos que ter muito cuidado defensivo. O São Paulo deve jogar com muita velocidade pelas pontas. Nesse momento será que vale sacrificar o meio-campo? Com o coringa Paraná de fora, vamos com dois “camisas 10” e dois volantes ou vamos lançar a trinca de volantes com outra composição? Na minha humilde opinião, deveríamos ir de Everton no lugar do Paraná. Como Fabrício e Henrique tem mais consciência defensiva, o Everton poderia ser um bom escape para desafogar o Montillo. Caso o Gilberto seja mesmo efetivado, ele poderia revesar com o Everton na lateral.

  2. Sobrinho disse:

    Cuca lida direitinho com a mídia e a torcida. Uma declaração dessa sobre os dois “meias” dá crédito muito grande para ele com os cornetas e microfonistas. Quando se tem um meia como Montillo e um meia ex-lateral tipo o Gilberto, fica fácil falar que “meu time joga com dois meias”.

    • Sobrinho disse:

      Gilberto seria meu titular também.

      • Renato-SP disse:

        Mas dessa forma não estamos dando muito espaço no meio-campo para o adversário. Também acho muito tentadora a chance de jogar com um meia destro e outro canhoto. O lance é que os volantes e os laterais terão que ficar muito mais.

      • Sobrinho disse:

        O Ramires com Adilson na hora de atacar se posicionava como meia. Na defesa fechava na linha de volantes. É isso que o Gilberto fez no último jogo, lógico que sem o folêgo do Ramires. Perde-se na recomposição e uma opção ofensiva com o lateral esquerdo, mas acho que vale a pena, porque o Gilberto joga muito!

      • Muito a contragosto dos anti-Adilson aí está armado o autêntico 4-3-1-2 :
        Goleiro
        4 zagueiros
        1 volante centralizado
        2 armadores pelos corredores, um de cada lado
        1 meia de ligação, o antigo ponta-de-lança ou n° 1
        2 atacantes, um de lado ou de referência
        Neste esquema, um dos armadores tem mais liberdade.
        Chegada à frente com pelo menos 6 jogadores.
        Montillo e Gilberto fazem a armação.
        Laterais sobem alternadamente.
        E defensivamente ?
        Os armadores se encaixam defensivamente entre os beques e os laterais de seu lado.
        O volante faz o 3° zagueiro pelo centro.
        O ponta de lança faz sombra em um dos volantes adversários.
        O atacante de lado faz a volta até o meio e se posiciona para puxar o contra-ataque.

  3. jedourado@yahoo.com.br disse:

    Contra os bambis, um time muito qualificado e com bom banco de reservas, além da volta do DRenan, acho que o Cuca deveria colocar o Pablo na direita. Ele marca melhor que o Rômulo, é mais veloz e é destro, foi até bem ali pelo lado direito no jogo contra as frangas. Nesse jogo, acho que o melhor era colocar o Gil no lugar do Edcarlos, pois Dagoberto e Ricardo Oliveira são rápidos e inteligentes, aproveitam qualquer bobeira e é notória a jogada preferencial do SP: bolas altas na área adversária.
    Meu time: Fábio, Pablo, Gil, Leo e Drenan, Fabrício, Henrique, Gilberto e Montillo, TRibeiro e WPaulista(Farias).
    É preciso também um papo bem específico com o Tribeiro, pois ele está muito fominha, e vai apanhar muito, pois o beque mais batedor do futebol brasileiro é aquele Miranda!

  4. Renato-SP disse:

    A primeira frase termina com uma interrogação.

  5. Hugo 5erel0 disse:

    No Minas Esporte a Dimara Oliveira deu uma carcada no tal de Jaeci. Parabéns, Dimara!

  6. Hugo 5erel0 disse:

    O cruzeirense Léo merecia demais esse golaço!

  7. Cuca não pode cair na pilha da maioria dos jornalistas galanicios de Minas Gerais, deve ser inteligente e não se deixe levar por comentários tendenciosos que visam desatebilizar o Cruzeiro e seus jogadores. Vamos em busca do TRI.

  8. OT – O Cruzeiro promove primeira FANZONE em Uberlândia nos dia 03 a 07 de Novembro.
    Parabéns ao CEC.
    http://bit.ly/dsHal8

  9. Naldo disse:

    Muito bom saber que o time não se abalou com as duas derrotas seguidas e que continua focado em busca do título. Isto sim me deixa mais confiante.

  10. Edu Mano disse:

    Prefiro jogar “feio” e ganhar do que dar espetáculo e perder. Então, apesar de não ter gostado do jogo em Prudente, VAMBORA Cruzeiro!

    Sobre o time, só dois aspéctos tem me preocupado:
    1. Estamos perdendo muitos gols cara a cara. A “falta de pontaria” é algo que preocupa um pouco.
    2. Nosso jogo aéreo. Sem o Leo Silva, quase não temos jogo aéreo. Cada bola alçada na nossa área me mata do coração. E quando é no campo de ataque, não cria aquele “frisson” de “vai ser gol”.

    Agora é ir para cima do São Paulo e arrancar 3 pontos na unha contra eles. Pra mim, este jogo tem cara de final, vale MUITO!

  11. Ernesto Araujo disse:

    OFF TOPIC: Bela homenagem do site oficial do Cruzeiro com a “capa” de hoje dedicada ao Campeão Mineiro de Voleibol. Infelizmente não posso acompanhar daqui de São Paulo os jogos. O Mineiro de volei é importante pois possui 3 equipes de expressão nacional: Cruzeiro, Minas e MOC. Parabéns Cruzeiro !!

  12. Mauro França disse:

    Cuca joga para a plateia com esse papo de dois meias e time ofensivo. O Cruzeiro até aqui se destacou mais pela regularidade defensiva do que pelo ímpeto ofensivo. Além disso, se ele gosta de dois meias, então siginifica que Roger é carta fora do baralho, porque não foi escalado quando o Gilberto estava fora.

    • Rogério disse:

      Ele até tentou, mas chegou a conclusão que todo mundo qui já sabia, Roger não aguenta jogar em alto nível uma partida inteira, escalar ele desde o inicio é uma substituição certa para o inicio do segundo tempo.

    • Othon disse:

      Mauro, o Roger nao aguenta jogar em alto nivel os 2 tempos….ele mesmo ja se concientizou disso…acho que o Cuca faz o certo, ecalar o Gilberto e o Montillo, sao jogadores com caracteristicas ofensivas, e precisamos ganhar mais pra nao depender dos outros…

  13. Walterson disse:

    O que me preocupa é a falta de Paraná no próximo jogo, logo contra nossa asa negra. Pelo jeito vamos de DR na esquerda, Romulo na direita e Edcarlos no meio da zaga. É ou não temerário? Pra piorar, o Cuca vai efetivar o Robert, agora que o mancebo até fez gol (em exibição de gala, segundo alguns).

  14. Moema (MFox) disse:

    Ainda com relação à questão Cuca x Jaeci: acho que o Cuca ganhou muitos pontos neste episódio, até mesmo com a própria imprensa. Primeiro, porque foi extremamente polido ao responder o cidadão, dando o famoso tapa de luva. Segundo, fez muito bem em citar o nome do Jaeci, deixando bem claro qual foi o problema e quem o causou, de forma a não generalizar e criar mais problemas.

  15. LUIZ ANTONIO disse:

    Com Paraná e Sem Paraná, O cruzeiro não vence o São Paulo a 12 jogos válidos pelo Brasileirão.
    Já que o Paraná não vai jogar, então que entre jogadores que ajudem o cruzeiro a acabar com essa escrita.
    2010 São Paulo 2 x 2 Cruzeiro
    2009 São Paulo 3 x 0 Cruzeiro
    Cruzeiro 1 x 2 São Paulo
    2008 Cruzeiro 1 x 1 São Paulo
    São Paulo 2 x 0 Cruzeiro
    2007 Cruzeiro 1 x 2 São Paulo
    São Paulo 1 x 0 Cruzeiro
    2006 Cruzeiro 2 x 2 São Paulo
    São Paulo 2 x 0 Cruzeiro
    2005 São Paulo 1 x 1 Cruzeiro
    Cruzeiro 2 x 3 São Paulo
    2004 São Paulo 0 x 0 Cruzeiro

  16. Dylan disse:

    o Cuca nao havia jogado com dois meias ainda porque o Roger nao correspondeu 90 minutos. Com o Gilberto em plena forma nao faria o menor sentido deixa-lo no banco. O jogo contra o Prudente foi a prova cabal disto. E é de fato a melhor formaçào…

    • raher disse:

      Não usou porque realmente o roger não correspondeu; Para mim faltou empenho do roger.
      E outra: o Cuca só entra com gilberto se for usar os 4 zagueiros, ou seja os laterais presos atrás e sem ir no ataque os 90 minutos. O cuca é ainda um treinador preso ao estigma de se perder perde o emprego e tem muito medo de ousar.
      Para ter gilberto ele vai prender os dois laterais e os dois volantes. Quem assistiu sabado viu o tanto que ele pedia ao romulo para voltar e olha que ele foi pouco ao ataque.

  17. César disse:

    Cruzeiro não ganha do São Paulo em Brasileiros nem sob decreto, deve ser macumba…

  18. Aloisio Mendess disse:

    No jogo contra o Grêmio Prudente, o Cruzeiro não fez uma grande partida, mas fez o necessário para ganhar os 3 pontos. Se é para trazer os 3 pontos, eu prefiro que jogue assim contra o SP e deixe o futebol de exibição de lado. Mas penso que jogando bem, o resultado positivo é consequência. Receio pela ausência de MP e torço para o retorno de Jonathan e D Renan. Assim teremos um time mais competitivo e mais opções de saída de jogo. Quanto ao ataque, eu torço para que Robert queime minha língua e faça gols como fez a favor do Palmeiras, contra este mesmo SP. Na zaga, o Cuca vai com Léo e Edcarlos. Pode ter certeza que Edcarlos fará bom jogo contra eles. Saudações Celestes.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.