Cruzeiro 2×1 Palmeiras: No peito e na raça

Por Jorge Angrisano Santana | Em 5 de dezembro de 2010

Em 3º lugar com 66 pontos, o Cruzeiro precisa vencer o Palmeiras e torcer para Corintias e Fluminense empatarem seus jogos para campeonar. O time não contará com Jonathan, suspenso, e Fabrício, lesionado.

Em 10º lugar com 50 pontos, se vencer, o Palmeiras pode terminar o torneio em 9º lugar. Felipão deu férias para os titulares e mandará a campo o time reserva.

Lances do 1º tempo

  • 16h30 – Goleiros do Cruzeiro entram em campo para aquecimento.
  • 16h35 – Time celeste entra em campo para aquecimento e é recebido como “Vamos, vamos, Cruzeirooo!”
  • 16h36 – Raposão e Raposinho entram em campo e agitam a galera.
  • 16h50 – Trio de arbitragem entra em campo.
  • 16h52 – Palmeiras entra em campo com camisas branca, calções e meias verdes.
  • 16h57 – Cruzeiro entra em campo, com uniforme tradicional, carregando as bandeiras do Brasil e da Itália.
  • 16h59 – Paulo Jorge, representante da CBF, informa que o jogo só será iniciado quando começarem as partidas do Serra Dourada (Goiás x Corintiãs) e do Engenhão (Fluminense x Guarani).
  • 17h04 – Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.
  • 02 – Roger Galera, na meia direita, cobra falta fechada sobre a área. Leandro Amaro corta.
  • 03 – Wellington Paulista tenta a tabela com Roger na meia esquerda. Leandro Amaro intercepta o lance.
  • 05 – Leo Simões corta bola cruzada sobe a área celeste.
  • 06 – Vitor chuta de fora da área, bola explode nas costas de Diego Renan e sai pela lateral. Após a cobrança, Henrique retoma a bola.
  • 08 – Roger Galera desce pela meia esquerda, mas é desarmado por Vitor.
  • 09 – Marquinhos Paraná lança Rômulo, que cruza de primeira pra Thiago Ribeiro. Bola sobe e sai pela linha de fundo.11 – Roger Galera cobra falta na ponta direita. Leandro Amaro corta.
  • 13 – Henrique, na área, domina e chuta de virada no canto direito. Bruno espalma salvando gol certo.
  • 15 – Montillo cobra falta sobre a área. Bruno defende.
  • 16 – Cruzeiro começou o jogo pressionando o Palmeiras, que no 3-5-2 tranca a defesa.
  • 19 – Montillo, na direita, cobra escanteio na primeira trave e Gualberto afasta o perigo.
  • 21 – Marquinhos Paraná, cercado por dois marcadores, chuta de fora da área. Bola sai pela linha de fundo.
  • 22 – Montillo cobra escanteio no primeiro poste. Henrique sobe mais que a zaga porcina e cabeceia por cima do travessão.
  • 24 – Rivaldo cobra escanteio na área. Dinei comete falta em Fábio.
  • 26 – Vitor dribla Roger galera na intermediária e chuta. Bola sai pela linha de fundo.
  • 28 – Cruzeiro joga mais pelas laterais, Palmeiras pelo centro.
  • 29 – Rivaldo cobra escanteio, bola passa por todo mundo e sai pela linha de fundo, do lado oposto.
  • 30 – Cruzeiro perde meio de campo. Marquinhos Paraná e Henrique, sozinhos na contenção, ainda apóiam o ataque. Defesa fica muitas vezes no mano a mano com os rápidos atacantes porcinos.
  • 32 – Thiago Ribeiro entra na área, escorrega, Gualberto fica com a bola.
  • 33 – Marquinhos Paraná lança Diego Rena  em profundidade. O lateral cruza da esquerda pra Wellington Paulista, que chega atrasado e permite o corte da defesa porcina.
  • 34 – Dinei chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão.
  • 37 – Thiago Ribeiro cruza rasteiro, Rômulo arremata de primeira, pra fora.
  • 39 – Montillo cruza da direita, Fabrício corta.
  • 41 – Montillo tabela com Thiago Ribeiro, na área, e cai pedindo pênalti. Juiz manda seguir o jogo.
  • 43 – Fabrício cobra falta, bola acerta a barreira, Patrik fica com o rebote e chuta por cima do travessão.
  • 45 – Rômulo cruza da direita, Henrique cabeceia no ângulo esquerdo. Bruno voa e espalma salvando gol certo.
  • 46 – Patrik comete falta e recebe cartão amarelo.
  • 47 – Termina o 1º tempo. Cruzeiro começou bem, perdeu o controle de meio de campo, e só voltou a pressionar nos dez minutos finais.

Lances do 2º tempo

  • 18h07 – Começa o 2º tempo. Palmeiras dá a saída.
  • 00 – Gilberto substitui Eômulo, vai jogar na lateral esquerda enquanto Diego Renan vai para a direita.
  • 03 – Leandro Amaro comete falta em Montillo e recebe cartão amarelo.
  • 04 – Montillo cobra falta no ângulo direito. Bruno espalma salvando gol certo.
  • 05 – Irritada com as defesas de do goleiro porcino, torcida celeste canta: “Doutor, eu não me engano, esse Bruno é corintiano.”
  • 06 – Fernando chuta da intermediaria, bola explode nas costas de Leo Simões.
  • 08 – Vítor desce driblando pela direita passa por Marquinhos Paraná e Gil, entra na área, encobre Fábio e encontra Rivaldo no segundo pau, que mesmo acossado por Diego Renan, cabeceia pra rede. Palmeiras 1×0.
  • 11 – Rivaldo cobra escanteio, pela esquerda, Patrick cabeceia, Fábio defende.
  • 12 – Montillo, na meia direita, lança Thiago Ribeiro, que chuta em cima de Gualberto.
  • 14 – Ernesto Farias substitui Roger Galera.
  • 16 – Cruzeiro pressiona saída de bola do Palmeiras.
  • 17 – Diego Renan faz jogada individual pela direita e rola pra Henrique que domina e chuta cruzado, sem chance de defesa pra Bruno. Cruzeiro 1×1.
  • 18 – Torcida celeste canta: “Eu acredito!”
  • 19 – Vitor tenta jogada individual pela direita, mas é desarmado por Gilberto. Na sequencia, o lateral do Palmeiras comete falta em Gil.
  • 22 – Jean substitui Fernando.
  • 23 – Wallyson substitui Wellington Paulista.
  • 24 – Gilberto cobra falta na entrada da área, bola explode na barreira.
  • 27 – Montillo lança Wallyson, que tenta passar por dois marcadores e sofre a falta. Na cobrança, defesa porcina espana.
  • 29 – Rivaldo cobra escanteio, Fábio defende.
  • 31 – Fabrício recebe cartão amarelo por reclamação.
  • 32 – Luís Felipe substitui Bruno Turco.
  • 33 – Thiago Ribeiro recebe lançamento na área, Bruno se antecipa e fica com a bola.
  • 34 – Montillo desce pela esquerda e cruza pra Farias. Gualberto tira de cabeça.
  • 35 – Wallyson passa a Gilberto, na área. Vitor corta.
  • 37 – Lenny substitui Vinicius.
  • 38 – Luis Felipe comete falta em Diego Renan e recebe cartão amarelo.
  • 40 – Montillo cobra escanteio, Thiago Ribeiro cabeceia à esquerda de Bruno.
  • 42 – Cruzeiro vai todo para o ataque. Fábio joga fora da área.
  • 44 – Thiago Ribeiro, no bico da área, corta para o meio e chuta cruzado. Bola pasa por cima do travessão.
  • 45 – Juiz anuncia 4 minutos de acréscimos.
  • 46 – Wallyson recebe lançamento de Fábio, avança pela esquerda, dribla Vítor, entra na área, e solta uma bomba, de pé direito, no canto direito. Bruno espalma a bola, que bate no poste e volta nas costas do goleiro antes de ir pra rede. Cruzeiro 2×1.
  • 47 – Wallyson recebe cartão amarelo por ter tirado a camisa na comemoração do gol.
  • 48 – Termina o jogo no Serra Dourada: Goiás 1×1 Corintiãs. Cruzeiro toca a bola e deixa o tempo correr.
  • 49 – Fim de jogo na Arena do Jacaré. Jogadores celestes permanecem dentro de campo à espera do final da partida no Engenhão.
  • 19h – Fim de jogo no Engenhão: Fluminense 1×0 Guarani. Flu é tricampeão brasileiro. Cruzeiro é vice e vai disputar a fase de grupos enquanto o Corintiãs, 3º colocado, vai disputar a Pré Libertadores. Na Arena do Jacaré, torcida celeste canta: “Vamos Cruzeiro querido, Libertadores ser campeão!”

Cruzeiro 2×1 Palmeiras, domingo, 05dez10, 17h, Arena do Jacaré, Sete Lagoas, 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010 – Transmissão: Globo e PFC (pague-pra-ver) – Público: 16.191 pagantes, 17.776 presentes – Renda: R$441.445,00 – Juiz: Wilton Pereira Sampaio (DF) – Bandeiras: João Antônio Neto (DF) e Cléber Lúcio Gil (SC) – Amarelos: Fabrício, Leandro Amaro e Patrik (Pal); Diego Renan e Wallyson (Cru) – Gols: Rivaldo, 8, Henrique, 18, Wallyson, 47 do 2º tempo – Cruzeiro: Fábio; Rômulo (Gilberto), Gil, Leo Simões e Diego Renan; HENRIQUE e Marquinhos Paraná; Roger Galera (Ernesto Farias) e MONTILLO; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista (Wallyson). Tec: Cuca / Palmeiras: Bruno, Fabrício, Gualberto e Leandro Amaro; Vítor, Bruno Turco (Luís Felipe), Fernando (Jean), Patrik e Rivaldo; Vinícius (Lenny) e Dinei. Tec: Luiz Felipe ScolariHistórico – Foi 0 75º Cruzeiro x Palmeiras. O Cruzeiro venceu 28, empatou 19, perdeu 28, marcou 108 gols e sofreu 115. Pelo Brasileiro (desde que que a competição passou a ser assim denominada, em 1971), foram 42 partidas. O Cruzeiro venceu 17, empatou 11, perdeu 14, marcou 57 gols, levou 55. Os dois clubes já decidiram três competições nacionais e uma internacional. Em 1969, pela Taça de Prata, o Brasileiro da época, empataram por 1×1 no Mineirão, na penúltima rodada do quadrangular final. A SEP terminou campeã por ter feito 1 gol a mais de saldo. Em 1996, o Cruzeiro deu volta olímpica no Parque Antártica ao conquistar a Copa do Brasil com uma virada de 2×1. Em 1998, a SEP venceu, jogando em casa, as finais da Copa do Brasil, por 2×0, e da Copa Mercosul, por 1×0.

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.