Cruzeiro na Libertadores: 1967, o aprendizado (I)

Por SÍNDICO | Em 24 de janeiro de 2010

Mauro França e Jorge Santana

Em 2010 o Cruzeiro completa sua 12ª participação na Libertadores. Entre os clubes brasileiros, alcançará o Grêmio, ficando atrás apenas de Palmeiras, que tem 14, e São Paulo, que chegará a sua 15ª.

No ranking histórico (1960-2009) da Conmebol para a Libertadores, o Cruzeiro ocupa a 17ª posição. É o 3º brasileiro melhor colocado, atrás apenas de São Paulo (13º) e Palmeiras (12º). E tem o melhor aproveitamento não só entre os brasileiros como entre todos os demais participantes (excetuando-se os clubes que tem apenas uma participação).

Nas suas 11 participações até aqui (67, 75, 76, 77, 94, 97, 98, 01, 04, 08, 09), o Cruzeiro fez 108 jogos, somando 65 vitórias, 18 empates e 25 derrotas, com 203 gols marcados e 144 sofridos, e um aproveitamento de 65,74%. Chegou à final quatro vezes e conquistou dois títulos.

São marcas e números expressivos, que foram construídos jogo a jogo, em cada campanha, por jogadores, técnicos, dirigentes e torcedores. Formam a história do Cruzeiro na Libertadores, repleta de alegrias e conquistas, reveses e decepções, e, sobretudo, rica em emoções. Uma história que enche de orgulho a nação celeste e que será relembrada nesta série que hoje se inicia.

LIBERTADORES 1967

Como campeão brasileiro de 1966, o Cruzeiro se credenciou para disputar a Taça Libertadores no ano seguinte. De cara, um problema: A CBD havia editado uma norma proibindo os clubes de participarem de competições simultâneas e as datas do torneio sul-americano coincidiam com as do recém-criado torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Robertão, que seria disputado pela primeira vez em 1967.

Depois de remanejamentos de datas, a entidade acabou autorizando a participação do Cruzeiro na competição. O Santos, que como vice-campeão também teria vaga, desistiu de participar, preferindo disputar amistosos, na época bem mais rentáveis do que os então deficitários jogos da Libertadores.

O Cruzeiro ficou no Grupo 1, com os peruanos Universitário e Sport Boys e os venezuelanos Deportivo Galícia e Deportivo Itália. O time era o mesmo que havia batido, inapelavelmente, o Santos de Pelé na final da Taça Brasil, a formação clássica da Academia Celeste, com Piazza, Dirceu Lopes e Tostão formando um meio de campo fantástico. Airton Moreira continuava no comando da equipe.

A estréia, em Caracas, foi também a primeira partida que o Cruzeiro fez no exterior. O jogo foi em 19fev67, no Estádio Olímpico Universitário, contra o Deportivo Galícia, vice-campeão venezuelano. As condições do campo eram precárias. Boa parte dele era de terra, não havia alambrado e a iluminação era deficiente. A vitória foi apertada, 1×0, gol de Evaldo aos 47 do 2º tempo.

Deportivo Galícia 0x1 Cruzeiro, domingo, 19fev67, Estádio Olímpico Universitário, Caracas, Venezuela, 1ª rodada do Grupo 1 da Copa Libertadores 1967 – Público: 10.000 – Renda: 32.500 bolívares – Juiz: Adolfo Reginatto (Chile) – Gol: Evaldo, 47 do 2º tempo – Deportivo Galicia: Perez, Chacho, Amarilla, Freddy e Urrutia; Díaz, Diaz, Silvio e Torres; Zé Maria, Paulo Fernandes e Celso. Tec: Pepito / Cruzeiro: Raul Plassmann, Pedro Paulo, William, Procópio e Neco; Wilson Piazza, Dirceu Lopes e Tostão; Natal, Evaldo e Hilton Oliveira. Tec: Airton Moreira. – Notas: 1. Foi o primeiro jogo do Cruzeiro fora do Brasil. 2. Em 2005, o Deportivo Galícia passou a se chamar Galícia de Aragua.

Três dias depois, já acostumada às condições do campo, a Academia não teve trabalho para derrotar o Deportivo Itália por 3×0, com dois de gols de Tostão e um de Evaldo.

Deportivo Itália 0x3 Cruzeiro, quarta-feira, 22fev67, Estádio Olímpico Universitário, Caracas, Venezuela, 2ª rodada do Grupo 1 da Copa Libertadores de 1967 – Público: 11.000 – Renda: U$20,000.00 – Juiz: Jaime Amor (Chile) – Gol: Evaldo, 47 do 1º tempo; Tostão, 36 e 39 do 2º – Deportivo Itália: Fazzano, Massinha, Nésio, Vicente e Tenório; Mendoza e Elmo; Nitti, Alves, Dirceu Pantera e Caixa. Tec: Orlando Fantoni / Cruzeiro: Raul Plassmann, Pedro Paulo, William, Procópio e Neco; Wilson Piazza, Dirceu Lopes e Tostão; Natal (Wilson Almeida), Evaldo e Hilton Oliveira. Tec: Airton Moreira. – Notas1. No intervalo, estudantes invadiram o gramado para protestar contra a falta de autonomia universitária e foram reprimidos pela polícia. Houve agressões também ao trio de arbitragem, contra quem a torcida arremessou cadeiras. 2. Em 1967, o Itália adotou nome de Ital-Chacao, que abandonou no ano seguinte. 3. Depois da Libertadores, o goleiro Fazzano, nascido na Itália, foi contratado pelo Cruzeiro. 4. Massinha, Elmo e Dirceu Pantera eram ex-jogadores do Cruzeiro levados para a Venezuela por Orlando Fantoni, também ex-jogador celeste.

Aproveitando a viagem, o clube agendou um amistoso em Lima, no Peru, no dia 28fev67, contra o Universitário. A derrota por 1×0 não incomodou. Importante foi ter recebido uma cota recebida que cobriu as despesas dos jogos na Venezuela e ainda reforçou as finanças do clube.

De volta ao país, o Cruzeiro estreou no Robertão, em 05mar67, com uma goleada de 4×0 sobre o rival doméstico.

O Conselho Nacional de Desportos –CND-, órgão normativo do futebol brasileiro, vinculado ao Ministério da Educação, concedeu autorização para o clube jogar sem respeitar o intervalo mínimo de 72 horas, condição para a Academia cumprir compromissos nos dois torneios. (Continua)

122 comentários para “Cruzeiro na Libertadores: 1967, o aprendizado (I)”

  1. Celso Libertadores disse:

    Show de informação!

  2. Hugo 5erel0 disse:

    De fato, era um time muito jovem. Com mais experiência, teria feito história na América. Mas é bom ver que muitos desse grupo também estavam na conquista de 76.

  3. walfrido disse:

    Eu fico de cara com a quantidade de informações que agente consegue aqui. JS, Mauro, JD, Evandro e tantos outros são mananciais infindáveis de dados. Parabéns. Tiro meu chapéu e bato palmas de pé.

  4. Ernesto Araujo disse:

    Excelente post ! Acompanharei a série !!

  5. Celeste disse:

    Jorge, tenho um carinho especial por esse time de 66. É por causa dele que meu irmão mais velho se tornou cruzeirense e acabou arrastando mais 4 junto. Estou aprendendo sobre aquela máquina de jogar futebol lendo esse espaço.

  6. walfrido disse:

    JS, mandei email com um tema adicional/complementar ao jogo Borussia x Hamburgo. Dá uma olhada. E pode apagar este comentário. Abraços

    • Frede disse:

      Walfrido e suas adventures! Show de bola! Vi as fotos do estádio e ele mais parece um shopping de tão bonito…

      • walfrido disse:

        Mandei mais um email, vc viu? E ontem mandei as fotos por isso mesmo. Aliás é até sacanagem chamar de estádio, shopping é bem mais apropriado mesmo. Precisa ver os bares dentro. Mc Donalds é lixo perto. Fora aquele chopp maravilhoso de meio litro. Pena que ontem não rolou, pois eu estava congelando. Mas a alemãozada tava caindo matando, de luva, cachecol e chopp na mão… ehehehehehe

      • Frede disse:

        Acabei de ler o outro e-mail! Vc mandou pro JS? Um posto e tanto! Fiquei morrendo de inveja com a organização e educação do povo ai… Se não fosse tão frio… hehehe

      • Frede disse:

        *post

      • walfrido disse:

        Mandei pro JS sim, ele queria postar o outro mas parecia redação escolar do pré-primário. Esse 2o parece pelo menos do ginásio… ehehehehhe. E pode abrir um bom duelo sócio-economico que alguns tanto gostam aqui…

      • Romarol disse:

        Parece um La Bombonera, 10 vezes pior.

      • walfrido disse:

        Entendi pior como mais panela de pressão no adversário, certo? Mas já fui nos dois, ambos lotados e jogos decisivos, e não conheço nada mais aterrorizante no sentido de pressão da torcida adversário do que La Bombonera.

      • Romarol disse:

        O Cruzeiro quando construir seu estádio tem que ser moldes do time do Boca.

  7. walfrido disse:

    Roger tá contratado. Não gostei.

  8. Romarol disse:

    Já estou ansioso pelos próximos capítulos. Sensacional.

  9. Frede disse:

    Excelente o post!

  10. walfrido disse:

    Alguém aqui foi em jogos dessa Libertadores de 67?

  11. Frede disse:

    off: Daqui a pouco começa Inter e Milan e temos tbm as finais de conferencia da NFL. Tarde de domingo agitada.

  12. Elias disse:

    Chegando de mais uma maratona etílica (formatura em engenharia de um cunhado) em Cons Lafaiete. Festão, duas bandas, muito Red Label. E um sinistro pique de energia que calou a banda no meio de um hit balançante. Pintou o impasse até que um desavisado bradou o tradicional (e acho que a única coisa que passa na cabeça dessa galera) grito galináceo. Prá que… Como um tsunami, puxaram o hino do Cruzeiro e depois um “Vamos vamos Cruzerô” que ouriçou mais da metade do salão. Incrível. Já vi várias manifestações da nossa torcida, mas essa foi empolgante. Geralmente eu puxo os refrões mas dessa vez nem precisou (aliás, conhecida pouca gente no evento). Parei, sentei, ouvi, curti o momento, me emocionei e vi que realmente nossa torcida É SHOW!!!!

  13. Raf Lima disse:

    O Cruzeiro construiu uma história gloriosa e vencedora, por isso é respeitado e temido por toda Sudamerica. O time que mais enfrentou por esse valoroso certame foi o Club Atlético Boca Juniors (ARG); sendo 07 jogos, 3 vitórias, 3 derrotas e um empate, marcou 7 gols nos xeneizes e sofreu outros 7.

  14. Post Excelente… sensacioal,…. vão descrever todos os jogos da LA67 ?… seria otimo…, Abraços

  15. OT – Quando vai ser o jogo do Cruzeiro e Galinho !!!…?… estou assistindo o jogo do Galo e Melequinha, se o Luxa não arrumar esse time… vai ser TRI FIVE !!.. heheh

  16. Raf Lima disse:

    Atlético de Luxemburgo 0 x 1 Mequinha Mineiro. Patético!

    • walfrido disse:

      Se virar (toc toc toc, pé de pato bangalô 3 vezes), já viu o escarcéu que a midiazinha mixuruca e tendenciosa vai aprontar, né? “Mago Luxemburgo e raça alvinegra promovem virada histórica no Mineirão”… vai ser daí pra frente!

  17. Esse Luxa vai ser rabudo, o genro fez o gol

  18. Carlos Campos disse:

    Esse timeco do Luxa tem caixa pra 5…alguém duvida disso?

  19. Carlos Campos disse:

    O time do marco aurélio comandou o primeiro tempo. O time do luxa é velho, manjado e sem vontade de vencer..ou alguém acha q coelho, leandro chinelinho, correia, ricardinho, jonilson, marques, tardelli, junior, muriqui, obina e etc VAO DAR SANGUE POR ALGUMA COISA? é muito claro que nome náo joga ! e que perfil é esse? Jogadores rodados que nào aspiram mais nada. JÁ TIVERAM SEU MOMENTO NO FUTEBOL E hj enfrentam uma descendente ! Está muito claro isso , como todos os outros plantéis montados pelo BOQUIRROTO. enfim..o América perdeu um gol incrivel no primeiro tempo quando a bola bater no travessão e caiu no pé da trave direita e nao entrando. No segundo tempo, teve mais várias chances, com uma clarissima quando apos lançamento do velho irenio, o lateral direito driblou aranha e errou o gol..

  20. simone b de castro disse:

    Que time mais horroroso esse das frangas! Se o América não tivesse um expulso logo no comecinho do segundo tempo,para compensar, e o impedimento do Luciano, que até eu vi que não foi, acho que ganharia o jogo. Eles recuaram, e tomaram sufoco. E nem assim o timinho incompetente conseguiu fazer mais um…Quero ver as desculpas esfarrapadas que o “profexor” vai dar…

    • Raf Lima disse:

      Deve usar o discurso padrão: inicio de temporada, falta de ritmo, desentrosamento etc etc. O Atlético de Luxemburgo não tem marcação no meio, vai deixar os zagueiros no mano-a-mano em muitos jogos. De perigoso, só as bolas paradas (tem 3 bons cobradores) e o Muriqui se mostrou veloz, uma espécie de Danilinho .. No mais, é o de sempre ..

  21. Carlos Campos disse:

    E, sem duvida, a arbitragem ESTÁ ENCOMENDADA ! Muitos erros seguidos…e o mais engraçado e ouvir o comentarista de arbitragem da rede bobo…todos os lances ( 3 impedimentos q prejudicaram o américa) sáo sempre considerados lances dificilimos para os bandeiras…A rede bobo é ridicula realmente. O time do américa jogou muito bem, mas realmente o timeco do luxa é um filé para ser enfrentado. Luxa não é bobo e já viu o time q tem..o q será q ele vai fazer? Apostar na arbitragem e nas alternativas q surgem em um clássico na final, mas ADILSON BATISTA e sua equipe tem TRADIÇAO EM CLASSICOS, E ISSO É MUITO BOM. Como um time profissional pode se submeter q expor um jogador com marques ao ridiculo? E a torcidinha q vive do ópio da imprensa ainda acredita nisso. E AINDA TERMOS OBINA !KKKKKKK

  22. Cleber Mendes disse:

    A gloriosa história do Cruzeirão MultiSuperCampeão enche a todos nós, cruzeirenses, de orgulho, enquanto as galinhas nunca poderão se orgulharem de tal feito pois o timeco delas conhece apenas a Libertadores do sertão.

  23. RAUL MIRANDA PENNA disse:

    OT.: O trabalho do Wagner Tardelli já está surtindo efeito: ensinou o Jonilson a ser expulso aos 20 minutos do primeiro tempo.

    • simone b de castro disse:

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, Boa, Raul! Tinha até me esquecido desse pequeno grande detalhe!

  24. Cleber Mendes disse:

    Walfrido: lembra quando o Cruzeirão perdeu aqueles dois jogos contra o Boca em 2008? Sei que muitas galinhas vibraram com aquelas derrotas, mas o que a maioria delas não se lembra, ou não sabe, é que trinta anos antes o timeco delas perdeu duas vezes para o Boca na semifinal da Libertadores daquele ano (2 a 1 no Mineirão e 3 a 1 em La Bombonera), fora uma derrota de 1 a 0 para o River no Monumental de Nuñez. Algum cruzeirenses aí se lembra disso?

  25. Cleber Mendes disse:

    Corrigindo: cruzeirense..

  26. Raf Lima disse:

    Esse fim de janeiro terão eventos interessantes de se acompanhar! Na quarta, Cruzeiro inicia a caminhada ao Tri nos ‘alpes bolivianos’ e, domingão, o puro heavy-metal do Metallica será tocado no Morumbi-SP .. Vai ser f0d@ !!

  27. Rodrigo Gomes disse:

    Ih, até o Luxa tá reclamando da torcida da Cocota… a “massa” não ajudou o que deveria haha.

    • simone b de castro disse:

      KKKKKKKKKKK! O que ele esperava? Será que é mais um iludido a respeito da “massa”? Hilário!

  28. Elias disse:

    Assisti o jogo. O Luxa vai ter um trabalhão danado. CUeio ( tomou um drible desmoralizando do LE do Mequinha-que-queria-ser-grande) não é Maurinho, tampouco Maicon. Esse Leandro hoje é igual a torcida patética: definhante. E no meio o Ricardinho jamais será o que Alex10 foi em 2003. Sem contar o fato do Amarelão continuar o mesmo. Não tomou uma tunda ainda no primeiro tempo devido o fato do Mequinha… ser o Mequinha. Abre as pernas prás galinhas e engrossam com o Cruzeiro. Isso é histórico. Tiveram no primeiro tempo três chances claras e evidentes de gol. E no final, contaram com a preciosa ajuda do Tardelli( não o jogador, mas o “consultor”) uma vez que na dúvida será deles mesmo e ninguém tasca. De lascar a narração do torcedor Rogério Correa…

    • simone b de castro disse:

      Assino embaixo!

    • Leo Vidigal disse:

      Pois é, primo, esse ano espero que a escrita com o América seja diferente. Eles já entraram com mais gana de ganhar das penosas do que de costume… Espero que quando nos depararmos com eles seja como em um clássico que nunca me saiu da memória, porque era a primeira vez que fui ao Mineirão depois de voltar de São Paulo, onde morei quatro anos. Foi aquele 2 x 0 do Mineiro de 90, gols de Robson e Edson, este último um tirambaço na gaveta… Vibrei demais nesse jogo…

  29. Leo Vidigal disse:

    Muito legal o post, Mauro. Sempre me perguntei porque esse timaço não foi mais longe naquela Libertas. Agora sei que terei muitas informações para finalmente entender essa história.

  30. Elias disse:

    Covardia da torcida patética com o Aranha. Salvou o timeco deles em, no mínimo, 5 oportunidades. E eles querem o KKKrine. E o KKKceres não vem mais….

  31. Leo Vidigal disse:

    OT: E o Superbarrigas de hoje: “relembre os 5 x 1 em Potosí”… Relembre quem, cara-listrada? Essa me lembrou o Walfrido, foi cancerosa mesmo!

    • simone b de castro disse:

      Nem brinca! Que cambada de idiotas! Sitezinho de m…

    • walfrido disse:

      Não espero nada diferente desses mixurucas penosos.

      • simone b de castro disse:

        Sem dúvidas, mas essa aí foi de doer! Com tantas glórias para relembrar, vão querer que a torcida do Cruzeiro relembre Potosí? Eles fazem “jornalismo” para a torcida penada. É muita cara-de-pau!

  32. simone b de castro disse:

    Walfrido, essa do Roger é verdade?

    • RAUL MIRANDA PENNA disse:

      Pelo amor de Deus, Walfrido, diga que não!

    • walfrido disse:

      É o que A Fonte me disse. E ainda fez troça do Chaves que especula, especula, especula, mas só A Fonte garante: Roger assinou!

    • Vinicius Cabral disse:

      Vamos aguardarrrrr… O medo que tenho de uma contratação dessas é a questão da titularidade, como o próprio Walfrido disse. Futebol ele tem.

      • RAUL MIRANDA PENNA disse:

        Ocorre que a vontade dele jogar futebol é inversamente proporcional à vontade que ele tem de levar o futebol a sério.

      • Mauro França disse:

        O Roger foi muito bem no Gremio e ao que parece cumpriu seu contrato nas Arabias sem problemas. Vamos ver primeiro o cara em campo. Lembram-se do Paraná? E do Roni?

      • walfrido disse:

        Futebol ele tem. Vou aguardar. Mas acho que tão botando pimenta num molho que já tava bom, não precisva de pimenta, mas só de encorpar. Vamos torcer pra ele entrar em forma logo e jogar o futebol que sabe. Eu investiria em outro.

      • Mauro França disse:

        Qual outro?

      • walfrido disse:

        Eu tava sonhando com o Valdivia. Tem mais pegada, sangue nos olhos. Seria uma dupla explosivacom K30. Valdivia já tá com salario acertado, tudo engatilhado, mas os arabes querem ele de volta antes do fim da libertadores e não abrem mão disso.

      • Dylan disse:

        pela bola que o Roger já mostrou jogar, vale a pena conferir..pode ter sido uma boa.

  33. Marc3lo disse:

    Walfrido,recebi os emails, sensacional as fotos e as aventuras!!!

  34. Marc3lo disse:

    Que inveja da organização alemã viu, p.q.p!!!

  35. Romeu CMD disse:

    Em 1967 eu morava em Brasília. Imaginem minha dificuldade para escutar os jogos do Cruzeiro pelas curtas da rádio Inconfidência! Era o início de tudo. Ótimo post.