Cruzeiro avança na Copa dos sonhos

Por SÍNDICO | Em 27 de dezembro de 2006

O Cruzeiro seguiu adiante na Copa dos Sonhos promovida pelo Blog do Juca Kfouri. Bateu o Flu no voto dos blogueiros por 91 x 57. E repetiu a dose no voto dos jornalistas por 7 x 1.

  • Cruzeiro: Raul, Nelinho, Procópio, Perfumo e Sorín; Piazza, Zé Carlos e Dirceu Lopes; Palhinha, Tostão e Joãozinho. Tec: Luxemburgo.
  • Fluminense: Castilho, Ricardo Gomes, Edinho e Branco; Carlos Alberto Torres, Didi, Gérson, Paulo César Caju, Rivellino e Telê; Assis. Tec: Parreira

“Ganha o Cruzeiro, uma homenagem a Tostão, meu querido amigo. Joãozinho (que ponteiro!), Nelinho, Perfumo, Piazza, o time todo. E o Luxa, ainda mais ambicioso porque mais jovem. Ganha, apertado, mas ganha.” (Ruy Ostermann)

“Ganha o Cruzeiro, que tinha que ter o Evaldo, e não Palhinha ou Joãozinho. Façam-me o favor! Ganha em homenagem a Zé Carlos, Tostão e sobretudo a Dirceu Lopes, supercraque injustiçado.” (Fernando Calazans)

“Mais equilibrado, o Cruzeiro vence.” (Alberto Helena)

“Nesse dia a leiteria do Castilho não vai funcionar. O Cruzeiro vai fazer como fez contra o Santos em 66. Começa todo no ataque e faz 5 gols no primeiro tempo. Como no Flu tem muitos craques, eles marcam 4 no segundo: 5 a 4.” (Tostão)

“O Flu tem um punhado de craques, mas não tem ninguém que marque no meio-campo.Pobres Didi e Gerson! Sucumbiram diante de um Cruzeiro com Piazza, Zé Carlos, Dirceu Lopes e Tostão (meio-campo armadinho dos bons tempos do Trem Azul e aperfeiçoado pelo Vanderlei).” (Renato Maurício Prado)

“O Cruzeiro ganha e bem. Desculpem os tricolores mas ninguém podia com Zé Carlos, Piazza, Dirceu e Tostão. E não era sonho. Os quatro jogavam juntos ao mesmo tempo.” (Ugo Giorgetti)

“É o jogo que aconteceu de verdade no dia da libertação do embaixador norte-americano, em 1969. Daquela vez, Cruzeiro 3 x 0, com 2 gols de Tostão e 1 de Dirceu. No jogo de verdade, o Cruzeiro tinha 5 dos sonhados: Tostão, Dirceu, Palhinha, Zé Carlos e Piazza. Por isso e porque o Cruzeiro dos sonhos é muito real e ganhou demais. Ganharia essa também, embora apertado: 3 x 2” (Paulo Vinícius Coelho – PVC)

“Vence o Flu basicamente por ter jogadores de mais personalidade e mais individualidades. Didi, Gerson, Torres e Rivelino juntos é demais.” (Márcio Guedes)

43 comentários para “Cruzeiro avança na Copa dos sonhos”

  1. Evandro disse:

    Esse Márcio GUedes é uma PIADA.

    Piada velha… do milênio passado.

    Não sabe nem diferenciar carreiras dos jogadores. É como se alguém resolvesse colocar o Túlio (do Botafogo dele) no Cruzeiro dos Sonhos. Simplesmente patético. Aliás, não chega a ser patético.

  2. Jorge Santana disse:

    Pô, Evandro! Sete comentaristas dão vitória ao Cruzeiro e vc só registra o palpite infeliz?!

  3. Benny the Dog disse:

    O PVC é uma verdadeira enciclopédia do futebol, se ele disse então tá bom! Quanto ao Guedes, Calazans (que até me surprendeu com o voto extra-carioca) e o ranzinza-mor, Trajano, no comments.
    Só aguardo o jogo América-RJ X Cruzeiro …
    Saluti celesti

  4. Ernesto Araujo disse:

    Tou com o Evandro, Jorge…

    Marcio Guedes pisou na bola. Podia ter dado seu voto pro Flu, sem problemas e até mesmo dizer que o Flu tinha mais “individualidades”…

    Mas falar que nossos jogadores tinham menos personalidade não merece perdão !

  5. Pedrosa disse:

    Jorge, o Márcio Guedes como sempre tem de falar uma bobagem, não sei como um cara igual a ele, que não sabe absolutamente nada sobre futebol, ganha dinheiro comentando esporte, o que tem a ver individualidades? O Joãozinho não era um jogador com personalidade forte não? E o Raúl? Nelinho, PERFUMO, Procópio, ahhh, esse cara é uma besta que ganha dinnheiro fácil.

  6. Pedrosa disse:

    Mas, para não injustiçar os outros, gostei muito do comentário do PVC, que fez uma análise histórica e disse que nosso Cruzeiro dos sonhos quase existiu. E eu fico de certa forma contrariado, de ver que não dão valor a nossos times como o de 66, e mal mal lembram que o de 76 existiu, embora acho que depois de Santos foi o melhor time brasileiro a ganhar uma Libertadores.

  7. Maicon disse:

    Deu a lógica…

    O Cruzeiro é muito mais time. Além do mais, como disse de forma brilhante o PVC, esse time quase inteiro se conhece e jogou junto, o que, somado aos talentos individuais, dá um conjuto quase imbatível!

  8. Ernesto Araujo disse:

    Esse pode ser o primeiro título do Cruzeiro em 2007. Afinal, o time dos sonhos mais forte que pode aparecer nessa listagem é o do Santos…

    Mas do Santos a gente ganhou. E COMO !

  9. Jose Geraldo disse:

    Não tem muita importancia se o Cruzeiro ganha ou não na opinião de comentaristas ou blogueiros. O que importa é a importancia que o time conquistou diante de seus torcedores e torcedores de outros clube. Moro no interior de SP e, embora o Cruzeiro não faça campanha convicente após 2003, o torcedor paulista (ate mesmo o do Tricolor) tem um respeito especial pela Raposa(todo inicio de campeonato o Cruzeiro é apontado com um dos favoritos).
    E na Ocasião dos jogos contra o Cruzeiro, os torcedores sempre esperam um jogo dificil.
    . Coisa que não acontece com o Atletico, na ocasião de jogos contra ele , em Minas ou em SP, os 3 pts são contados como certos…..

  10. Mauro França disse:

    Deu a lógica!

  11. Mauro França disse:

    Ufa! Consegui enviar um comentário. Por algum problema não estava conseguindo.
    Não me surpreendi com o voto do MG. Surpresa foi o voto do FC, de quem esperava uma “cariocada”.
    Felizmente o voto do JT não foi computado. E Tostão deu colher de chá ao Flu no seu segundo tempo.

  12. Paulo Henrique Rocha disse:

    Márcio Guedes é lamentável, pra não dizer outra coisa.
    O comentário mais legal foi o do Ugo Giorgetti.

  13. João Vitor disse:

    Com certeza absoluta, o time que poderia desbancar o do Cruzeiro é o Santos ou talvez o Botafogo, mas se prevalecer a lógica e a boa vontade desses jornalistas, o Cruzeiro vence, já que desbancou com goleada o Santos de Pelé.

  14. Evandro disse:

    Estou verificando os problemas de quem não consegue postar aqui. Não consegui identificar de imediato.

    Postem seus comentários que estaremos monitorando.

    (se possível com AS MESMAS palavras da postagem anterior).

  15. Evandro disse:

    SanJorge e Camaradas,

    é por estas e por outras que o futebol carioca chegou aonde chegou. O pessoal da ESPN fica falando de América-RJ para agradar o chefe como se o América-RJ tivesse sido alguma coisa no futebol brasileiro. Afora o belo hino o Ameriquinha nunca foi NADA. O América-MG tem inifinitas conquistas e sequer é citado como um time de qualidade e história.

    O Fluminense de todos os tempos é um arremedo de jogadores de épocas totalmente diferentes e que não obrigatoriamente foram os maiores jogadores da posição ATUANDO pelo Fluminense. Seria algo como colocar o Garrincha na seleçao do Cruzeiro somente porque ele atuou UM jogo amistoso pelo Cruzeiro, ou colocar Reinaldo, Cerezo, Éder, Luisinho (quatro que estão na “seleção” do lado de lá!) como jogadores do times de todos os tempos do Cruzeiro… O fato do time deles terem estes jogadores que foram excluídos da seleção do Cruzeiro só demonstra a SUPERIORIDADE da nossa seleção….

    Fiz muitas análises e conjecturas sobre estes times. Estou pensando SERIAMENTE, num GAME em que eu possa potencializar cada um destes jogadores (isso já existe) mas com as características do PERÍODO em que ele jogou no time em questão… (não existe e exige aplicação daquilo que chamamos de inteligência virtual)…

    Só para citar um exemplo muito interessante que tirei nas minhas análises…

    RENATO GAÚCHO.
    Atuou por mais de meia dúzia de equipes das 12. Em qual delas chegou a ser citado? Em qual “seleção”entrou? Tomemos o exemplo de Cruzeiro e Atlético-MG. Ele jogou nos dois… teve raras citações no Cruzeiro e no galinheiro… nem pensar! Certamente, para os tricolores do Fluminense ele teria lugar garantido.
    Um ataque de Assis e Telê não mete medo em ninguém.
    Os caras colocaram o Assis por causa de UM GOL feito UMA VEZ. É disso que vivem os futebolistas cariocas.
    Lampejos de futebol. ainda bem que os “especialistas” do Juca Kfouri lembram qual foi a performance do Gersón no Flu, do Didi no Flu e Outros… Gérson foi jogador notável FORA do Flu, Didi idem… o resto é falta de conhecimento.

    Márcio Guedes é uma múmia paralítica que se sustenta pelas panelinhas das quais sempre participou. Deveria ter escolhido a editoria de cultura e/ou cinema ao invés de futebol. Disso ele não sabe NADA. Ele e o Calazans com a panelinha da ESPN estão ficando insuportáveis.

  16. O Grêmio enfrenta o Flamengo. A ironia é que o Grêmio joga num faceiríssimo 4-3-3 e o Flamengo num retrancado 5-3-2.

    O Grêmio vai de: Lara; Arce, Aírton, Calvet e Everaldo; Dinho, Gessy e Ronaldinho; Renato, Alcindo e Éder.

    O Mengo vai de: Raul; Leandro, Mozer, Aldair, Domingos da Guia e Júnior; Andrade, Adílio e Zizinho; Zico e Nunes.

    Ataque do Grêmio x Defesa do Flamengo
    Arce x Júnior; Renato x Aldair; Alcindo x Domingos; Éder x Mozer; Ronaldinho x Leandro; Gessy x Andrade.

    Ataque do Flamengo x Defesa do Grêmio
    Nunes x Aírton; Zico x Calvet; Zizinho x Everaldo; Dinho x Adílio.

    Nós vamos perder de lavada porque a torcida do Flamengo inundará de votos o blogue e são 5 “cariocas” a votar de 10(!!): RMP, Calazans, Trajano, Armando e Márcio Guedes.

  17. Nos treinadores, Grêmio vence: Felipão x Coutinho.

  18. Evandro disse:

    Sancho,

    Tem uns confrontos que são “barbada” como se diria na gíria, pois os “especialistas” dificilmente terão a tendência de votar contra o “patrimônio” deles. Entretanto, creio que o Grêmio “pecou” pela sua seleção ser das que teve jogadores com “menor visibilidade” nacional, até mesmo pela projeção tardia do Grêmio em termos NACIONAIS.

    Estava observando uma discussão sobre as rivalidades regionais e a burrice (o termo usado foi esse) dos rivais locais não se apropriarem das primeiras conquistas nacionais ou internacionais de cada um dos rivais… os exemplo citados foram o fortíssimo time colorado da década de 70, o Coritiba campeão brasileiro na década de 80, o Cruzeiro campeão da Taça Brasil de 66, o Bahia campeão da Taça Brasil de 59 e por ai vai…
    A questão é: os rivais destes times NÃO se aproveitaram da conquista do rival para “colocar o seu bloco na rua” e ficaram preocupados em se equiparar a eles de maneira regional. Hojeé COMUM um torcedor do Atl-MG se gabar que não quer saber de títulos e que o importante é vencer o rival no torneio rural. Esta mentalidade PODE (eu acredito que sim) ter prejudicado times como Atl-PR, Vitória, Atl-MG, Grêmio e outros no cenário nacional e internacional… destes todos aí O único que se salvou, tempos ddepois, com muitas honras e méritos, chegando a superar o rival local, foi o Grêmio… o resto…

    Tô aqui imaginando o confronto entre Vasco x Atl-MG…. Só se o JKfouri colocar um patético para votar neles mesmo. Aliás tô desconfiado que a maioria dos confrontos vai ter balaiada. Atéa final./

  19. Evandro disse:

    Sancho,

    A sua desvantagem (considerados os confrontos pessoais que você colocou) é maior do que vc imagina… Éder teria como marcador o Leandro (Mozer é sobra para você ter uma idéia!), do outro lado o marcador do Alcindo seria Domingos da Guia…

    né por nada não, mas vocês não teriam outros jogadores para a “seleção dos sonhos”???

  20. Evandro, este é o time que vencerá o Flamengo!

    Goleiro
    1 – Lara: o craque imortal, inexpugnável! “Tem um goleiro, em Uruguaiana, que quando joga o time dele não perde”, assim nasceu a lenda de Lara. O Grêmio mobilizou o exército para contar com ele. Sem brincadeira…

    Zagueiros
    2 – Arce: o paraguaio tem mira laser no pé direito. Ele e Renato, fazendo 2-1 sobre Júnior, nem com o Aldair na sobra para dar conta.
    3 – Aírton “Pavilhão”: seria imposíção física total sobre Nunes.
    4 – Calvet: deveria estar na seleção do Santos! É um beque clássico, perfeito para freiar Zico.
    6 – Everaldo: quando o Leandro ousar deixar Éder e Ronaldinho às suas costas, não passará por nossa estrela! Como isso dificilmente ocorrerá, ajudará Dinho a conter Adílio e Zizinho.

    Meio-Campistas
    5 – Dinho: será a alegria de Aírton e Calvet e o desespero de Adílio e Zizinho!
    8 – Gessy: uma vez o Grêmio foi à Bombonera e venceu o Boca por 4 a 0 com 4 gols dele! É o maestro desta equipe. O homem era um monstro, cra-ca-ço! Era também de Uruguaiana.
    10 – Ronaldinho: duas vezes escolhido o melhor jogador do mundo pela FIFA e parceria do Éder sobre Leandro! Não vai amarelar porque não precisa.

    Atacantes
    7 – Renato: para cima do Júnior e gol de barriga!
    9 – Alcindo: o “Bugre” a levantar polvadeira a caminho da área (ainda bem que o Flamengo joga com 3 centrais, dois não dão conta)!
    11 – Éder: louco, maluco, insano, irresponsável e MUITO craque. O Mozer e o Aldair vão ter que ajudar o Leandro, se não…

    É por isso que eu creio numa contundente vitória tricolor!

  21. Fosse eu, deixaria o Ronaldinho de fora e colocaria mais um marcador no meio. Ou, pelo menos, alguém taticamente mais completo que o dentuço, como Milton Kuele…

  22. Cabeça, a minha: Tinga! O meio seria Dinho, Tinga e Gessy!

  23. Evandro disse:

    SAncho,

    Até vou te apoiar no seu sonho… ou seria loucura….

    Mas tem coisas que você delira…
    Dinho fazer o desespero de Adílio e Zizinho… nem em sonho!

  24. Tenho que justificar a presença do Cangaceiro de algum jeito, nem que seja na intimidação… Tu querias o quê?! Ele é o único marcador no meio!

  25. Evandro disse:

    Vejam a tabela…

    Fluminense x Cruzeiro – 26/12 – Passou Cruzeiro.

    Santos x São Paulo – 28/12
    Atlético Mineiro x Vasco – 30/12
    Botafogo x Internacional – 2/1
    Grêmio x Flamengo – 4/1
    Corinthians x Palmeiras – 6/1

    Estou temendo que somente o Inter-RS (com muito custo) sobreviva à primeira rodada…

    Aí o Cruzeiro vira presa fácil para os cariolistas ou pauliocas… como queiram… ou melhor, para o eixo do Mal.

  26. klauss mourão pontes disse:

    Gostei do comentário do Ruy Carlos Ostermann, enaltecendo o Joaõzinho, por acha-lo injustiçado por muitos, e acho que pela sua genialidade, deveria ser mais reverenciado. Agora ,o Marcio Guedes me decepcionou, não que eu queira que todos votem no Cruzeiro, mas o time do Flu , é infinitamente inferior ao nosso. Soou como bairrismo a interpretação dele.
    Abs.

  27. Rodrigo disse:

    Numa boa, como vocês levam a sério uma brincadeira, hein? O Cruzeiro enfia 7 a 1 e vocês tão reclamando, já sofrendo por antecedência por causa de paulistadas, cariocadas ou acreadas. Caramba, imagino então como não deve estar a torcida do Fluminense hein? O certo é que, tirando o time campeão dessa Copa aí, as outras 11 torcidas vão ficar esperneando, se sentindo injustiçadas. Relaxem.

  28. Klaus Mourão,

    Certamente Ruy Carlos Ostermann estava no Mineirão no dia dos 5x 4 sobre o Inter, quando o Joãozinho “estraçaiou” literalmente o sistema defensivo de Rubens Minelli. O Cláudio Duarte que era gago não conseguia nem se comunicar de tanta finta que levou. Deslocaram Caçapava e até botaram Beretta (arma italiana) porque naqueles tempos para parar o Joãozinho só mesmo na bala…
    Podem enfileirar laterais…o time do Cruzeiro tem no Joãozinho um fator de desequilíbrio fortíssimo. Vou mandar as minhas análises sobre o nosso time para o Juca Kfouri…
    E ao Evandro gostaria de concordar com ele que o Márcio Guedes pisou mesmo na bola. Mas, não consigo me esquecer de que ele enquanto comentarista cometeu a 2ª maior gafe da história da TV Brasileira nos últimos tempos (a maior foi a do João Zanforlin, comentando na BAND um Corinthians e Juventus).
    Márcio Guedes sempre foi aquele jornalista que um time estava batendo o outro por 3 x 0 aos 40′ do 2° tempo, sempre adotava uma postura de falar assim :bem amigos, em futebol tudo pode acontecer e este placar não significa a vitória do time tal, pois, o jogo ainda pode virar…Isto durou até um jogo entre Flamengo e Botafogo no qual o Flamengo ganhava fácil de 3 x 1, quando o técnico alvinegro tirou um ponta esquerda e fez entrar o meio-campo Vitor (aquele mesmo que era reserva do Andrade no FLA e convocado pelo Telê), ao mesmo instante que saia Zico sendo poupado pelo seu treinador.
    Márcio Guedes, botafoguense de carteirinha, vociferou raivoso. O jogo está decidido…O Flamengo já ganhou e se me restava alguma esperança o técnico do Botafogo deveria ser mandado embora agora, pois, matou a dita cuja ao fazer entrar um meio-campo em lugar de um atacante com o nosso time perdendo.
    Só que o Botafogo empatou o jogo em 2′ com 2 jogadas com participação direta do Víctor…E ele ficou alegre, mas, com cara de tacho…É fraquinho demais…Calazans não tem isenção se o FLA tá no meio como JUCA é do Coringon…
    Chiabi

  29. klauss mourão pontes disse:

    Com certeza ele estava lá ,Chiabi, e atestou com os pròprios olhos, a partida exuberante que o Joãozinho fez. Mas gostaria que ele fosse mais lembrado por tudo o que jogou e pelo que representa para nós. Questão de justiça com um dos maiores ponteiros do futebol brasileiro de todos os tempos.
    Abs.

  30. Ernesto Araujo disse:

    Sancho, lendo o que voce escreve sobre alguns jogadores do Gremio fico pensando quanto jogador bom já teve no Brasil e que não tiveram o merecido reconhecimento.

    Bons tempos…

    Hoje pra achar um que consiga chutar sem cair é o maior custo.

  31. rdish disse:

    Só um comentário … Para um blog de um jornalista não tão bem quisto por aqui, até que o torneio imaginário tá fazendo sucesso …

  32. Ernesto Araujo disse:

    Mas a idéia é boa, RDish… Embora muitos não gostem das OUTRAS idéias do J_KF heheheh

  33. Sanchotene,o barulho aí em Porto Alegre já acabou?

  34. Não. Apenas deu um intervalo…

  35. Jorge Santana disse:

    Rdish, o Juca cometeu dois pecados capitais:

    1. passou uma motoniveladora sobre a história do futebol brasileiro destruindo os campeonatos estaduais e implantando este morrinhão quase exclusivo que dá público médio de 11 mil…

    2. nunca aceitou o título brasieliro de 1966.

    Mas esta Copa Dos Sonhos foi uma boa tacada. E como ninguém aqui é fanático, elogios e críticas são distribuídos com a mesma generosidade.

    Abs,
    JS

  36. Claudio disse:

    Meus caros,
    Não entro na discussão poreque ME RECUSO acessar o blog do pilantra. Babar ovo em cima de eixistas é o fim da picada. Agora, respondendo alguém que diz que o CRUZEIRÃO de 76 é esquecido. É MESMO!!!!!! e É EXATAMENTE DEVIDO A ESTES EIXISTAS ESCROTOS. Mas, o CRUZEIRÃO de 76 não é o segundo melhor time a ganhar uma libertadores (atrás do Santos de Pelé), É O PRIMEIRO!!!!! 13 PARTIDAS, 11 VITÓRIAS, UM EMPATE E UMA DERROTA!!!! Se o Santos de Pelé aparecesse, NÓS TAMBÉM ATROPELARÍAMOS PELA SEGUNDA VEZ!!!!! Vamos cantar nossas glórias e não nos rebaixarmos. Se um clube do eixo tivésse METADE de nosas conquistas, ele seria cantado em louvor!!!
    Saudações Azul-celestes.
    PS: Me desculpem este desabafo, mas é o mesmo quando se louva 2003. 2003 É SÓ MAIS UM SUPERTIME QUE MONTAMOS!!!! Equivale aos grandes esquadrões que MONTAMOS EM 96, 98, 2000, POR EXEMPLO. VAMOS CANTAR AS NOSSAS GLÓRIAS!!!!! Não reconhecer isto é não dar crédito ao grande time para o qual torcemos!!!!

  37. Evandro disse:

    Benny,

    Acredito que o JKfouri não seja tão “brilhante” nas suas idéias… diria, no mínimo, que é um oportunista com o que tem de melhor na mídia nas mãos. E usa deste oportunismo para fazer as coisas PARECEREM de maneira diferente do que são na realidade. Cria factóides e é diversionista…

  38. Evandro disse:

    Cláudio,

    Concordo INTEGRALMENTE com você e tenho um diagnóstico.

    O maior responsável por isso é a MÍDIA RURAL, defensora dos cacarecos que empanou a conquista de 1976, assi como contribuiu sobremaneira para maquear (1974) e diminuir (1975) as campanhas do Cruzeiro.

    Por que isso? A inveja é a arma dos incompetentes.

    O feito de 1976 é histórico do ponto de vista do futebol NACIONAL. Naquele ano completavam-se TREZE anos que NENHUM time brasileiro chegava ao titulo sulamericano… desde O Santos em 1963. Aquele titulo deveria ser objeto de comemoração em todo o país, mas se a imprensa rural não deu a devida importância porque a mídia nacional daria?
    Talvez, naquele momento, com a expansão das redes de TVs, nacionalmente, fosse o momento do futebol brasileiro se livrar dos grilhões da mídia do eixo RJ-SP e quebrar todos os mitos que vinham montando os Jucas Kfouris da vida.
    Aquele momento histórico foi perdido de maneira até infantil. O Inter havia sido bicampeão em 1975/76, o Cruzeiro foi a duas finais consecutivas, o Cruzeiro campeão da Libertadores, o Brasil vinha de um vexame na copa de 74, tinha que se preparar para a Copa 78 e o que aconteceu?
    Ao invés da mídia fora do eixo se aproveitar, foi a mídia do eixo (especialmente a do RJ), apoiada no vexame galináceo de 1977 que fez com que todos pensassem que estava no eixo o melhor do futebol (e não estava).

    Mas isso não é resgatado com facilidade (quase impossível) se você não tiver a mídia atuando de forma isenta (Impossível). Querer isso de JKfouris, Trajanos e dos teleguiados da poderosa Globo é tarefa ingrata.

    Para diminuir esta tarefa ingrata e pelo menos para não ficarmos aqui com “síndrome de vira-lata”, aguarde que nosso craque do design (pergunta se no eixo do mal tem alguém como ele!) está preparando um especial comemorativo da Libertadores de 76 para o seu hotsite. Mais uma página heróica imortal que gostaríamos de representar no site Cruzeiro.Org mas estará brilhantemente apresentada no Hot Site do cruzeirense Benny.

    Concordo com você Cláudio, entretanto, temos que começar por nós mesmos pois são muitos os cruzeirenses a, por exemplo, crucificarem e menosprezarem jogadores valorosos como nosso Vanderlei “fantasminha” e sequer imaginam o que foi aquela batalha de La Bombonera em 77. Se isso parte dos próprios cruzeirenses não podemos exigir muito dos adversários, né?

  39. Walterson disse:

    Por que a surpresa? O que o Fluminense já ganhou na vida? Acho que o único título válido é um Brasileiro, igual as frangas de Minas. Aliás, o que o Patético e Fluminense estão fazendo no meio daqueles times? Se levasse em conta títulos conquistados, os dois poderiam disputar uma segunda divisão, lugar onde eles se dão muito bem.
    Aliás, tem uma comunidade no Orkut que fez uma pesquisa de qual o time mais medíocre dentre os integrantes do Clube dos Treze. A briga foi boa entre o Patético e o Fluminense, mas o Patético venceu por pequena diferença.

  40. Benny the Dog disse:

    É isso ai Evandro, vou tirar “Brilhante” da análise sobre o Kfouri. Também pq agora tive uma idéia que vai fazer da do Juca, muito menor 🙂
    Aguarde!

  41. Evandro disse:

    Walterson,

    O Fluminense, assim como Botafogo e os patéticos são daqueles times “sustentados” pela mídia devido ao fato da torcida que possuem/possuíam.

    É inegável que os três citados (O Santos escapou pois teve uma brilhante década de 60 e reviveu após 2002), são times de tradição regional muito forte e no caso do Botafogo, muita expressão nacional na década de 60 não traduzida em títulos, assim como o Flu num determinado período e os emplumados no final da década de 70. Estão no Clube dos Treze por estes fatores e como o Clube dos Treze não tem descenso ali permanecem.

    O tal do Flu está na primeira divisão de forma desonesta, pela porta dos fundos, mas isso a mídia esquece… situação semelhante esatria o Bahia, mas como ele vacilou a mídia virou-lhe as costa e embora tenha mais títulos que um Flu e emplumados é desprezado. E nisso ajudam a mídia rural e a mídia carioca. Escondem aquilo que é ruim e valorizam excessivamente aquilo que é positivo. Não fosse assim deveriam ser rebaixados do Clube dos 13 (como se isso fosse possível!)

  42. Eduardo disse:

    Ô povo carente, sô! Uma goleada de 7 x 1 e estão reclamando do golzinho que tomamos! Respeitem a opinião do cara, que não deve ter visto os jogadores de Minas atuarem, mais que umas dez vezes (aliás, como a maioria do outros. Se não fosse o Tostão…). A televisão naquela época mostrava pouco o futebol.

    E a idéia do Juca, se não é brilhante, é divertidíssima (com poucos senões, tipo a proliferação de cronistas cariocas/paulistas, mas fazer o quê?

    Que os embates prossigam e que venha o proximo adversário.