Corintiãs 1×0 Cruzeiro: Juiz tendencioso decidiu

Por SÍNDICO | Em 14 de novembro de 2010

Mauro França

Perdi o 1º tempo por conta de um compromisso familiar. Cheguei em casa a tempo de conferir os melhores momentos e ler o minuto a minuto e os comentários do blog.

JS considerou que o 1º tempo foi equilibrado. Para o Walfrido, o Cruzeiro dominou, falhando apenas no último passe. Arreguy elogiou a defesa e reclamou do ataque. Dom Elias gostou do time e previu o que viria pela frente ao reclamar dos critérios diferenciados da arbitragem.

Pelo minuto a minuto, me pareceu que o Cruzeiro teve mais volume no ataque, sem conseguir aproveitar as muitas bolas cruzadas na área, sejam de escanteios ou jogadas pelo fundo (o que já vem acontecendo há algum tempo). Montillo sofreu marcação individual de Ralf e não apareceu muito. Os goleiros tiveram pouco trabalho.

Pelo compacto do intervalo, o Corinthians teve duas boas chances. A primeira em jogada individual de Ronaldo, que ganhou de Leo na corrida e, da entrada da área, bateu forte por cima do travessão, aos 40. E a jogada de Elias, que aos 44 invadiu a área, perdeu o ângulo com a saída de Fábio, driblou Gil e cruzou para o meio da pequena área, para o corte providencial de Jonathan.

Do Cruzeiro, o lance em que Thiago Ribeiro, aos 14, avançou livre em direção ao gol, tirou do goleiro e tentou cavar um pênalti. Acabou amarelado por simulação.

E a arbitragem? Um dos bandeiras marcou dois ou três impedimentos absurdos do ataque celeste, em jogadas que poderiam levar perigo ao gol corintiano. O juiz acertou ao não marcar o pênalti em Thiago Ribeiro, foi rigoroso ao amarelar Gil e deixou de marcar algumas faltas para o Cruzeiro.

O Corinthians começou o 2º tempo com mais presença no ataque, sem chegar a pressionar. A defensiva celeste, firme, anulou bem as tentativas corintianas, tanto por baixo quanto nas bolas áreas. Gil não dava chance para Ronaldo. Com a posse de bola, o Cruzeiro tentava sair em velocidade, com Montillo mais ativo, se movimentando por todos os lados.

O Corinthians ameaçou aos 8 quando Bruno César escapou pela direita, foi ao fundo e rolou para Ronaldo bater de primeira, à esquerda de Fábio. O Cruzeiro respondeu no minuto seguinte. Montillo avançou pela esquerda e lançou para Thiago Ribeiro, que veio na corrida e bateu cruzado, porém torto, tirando a bola do gol.

Aos 13, Montillo desceu pela direita e fez bom cruzamento para a área, bem interceptado por Júlio César. Pouco depois, Wellington Paulista sairia na cara do gol se não fosse derrubado ao passar por dois zagueiros. O juiz, solenemente, ignorou a falta e mandou o jogo seguir.

Aos 18, Tite tentou dar velocidade ao seu ataque trocando Bruno César por Jorge Henrique, que, voltando de contusão, pouco acrescentou. Aos 25, Montillo sofreu uma entorse no tornozelo e foi substituído por Roger. Perda terrível. Roger mais uma vez entrou como se estivesse numa passarela e não em um jogo de futebol disputadíssimo.

O ritmo do jogo já era mais cadenciado quando o Cruzeiro teve a melhor chance de toda a partida. Aos 32, Thiago Ribeiro aparou um lançamento na entrada da área e deixou Wellington Paulista de frente para o gol. O chute saiu forte, mas em cima de Júlio César, que fez ótima defesa.

Os técnicos queimaram seus últimos cartuchos. Tite trocou Dentinho por Danilo aos 34. Cuca, Wellington Paulista por Farias, aos 37. Aos 39, em uma jogada confusa na entrada da área corintiana, Thiago Ribeiro foi calçado por William. O juiz ignorou.

O jogo dava toda a pinta de que terminaria empatado. Até que, aos 42, numa disputa pelo alto com Gil, Ronaldo foi ao chão. O juiz marcou pênalti. Foi imediatamente cercado pelos cruzeirenses. No bolo, deu o segundo amarelo e o vermelho para Gil e amarelou Fabrício, que protestou com veemência. Aos 43, Ronaldo cobrou e marcou.

Parei de ver, até porque o jogo acabou aí, decidido pelo homem de preto. Não vi quando Fabrício pediu substituição, nem a expulsão de Cuca, nem os acréscimos. Revoltado, deixei a sala antes que atirasse alguma coisa na televisão. Voltei apenas para ver os nossos jogadores aplaudindo de forma irônica o juiz cercado pela polícia.

Perder faz parte do jogo. Erros de juiz também. Arbitragem tendenciosa, não deveria. Isso foi o que causou mais revolta. Não foi apenas o lance do pênalti inexistente. Foi o conjunto da obra. Impedimentos mal marcados, faltas ignoradas, critérios diferenciados. Se fosse uma disputa na área do Corinthians, o juiz teria peito para marcar pênalti? Duvido. O Cruzeiro poderia ter vencido? Sim, teve chance para isto. Mas isto não absolve o juiz. Sairíamos com um empate, não com uma derrota amarga.

Depois de tanto tempo acompanhando futebol, nem deveria mais me indignar com uma palhaçada dessas. Mas não dá para se conformar. Ser alijado da disputa pelo título por conta de uma arbitragem tendenciosa é revoltante.

Resta o consolo da ótima atuação do Cruzeiro, que não se intimidou com o Pacaembu lotado e jogou de igual para igual com o Corinthians. Cuca e os jogadores mereciam melhor sorte.

Mauro França, 47, cruzeirense, economiário, historiador, nasceu em Sete Lagos, mora em Belo Horizonte.

147 comentários para “Corintiãs 1×0 Cruzeiro: Juiz tendencioso decidiu”

  1. Jorge Santana disse:

    Foi pênalti. Gamarra não teria feito. Mas o Gil, desembestado, fez. Com tanto choro, o Cruzeiro vi acabar parecido com a Cocota e o Bota. Coisa chata. Temos que vencer o Vasco e ver o que acontece na sequência. Mas. pra vencer, tem de marcar gol. Simples assim.

    • LUIZ ANTONIO disse:

      E o Ed Carlos faria o quê?

    • Foi penalti porque o árbitro marcou. Foi gol porque o penalti assinalado foi convertido. Isto são FATOS.
      É da interpretação dele (árbitro) que nunca será igual em momento igual a favor dos gambás.
      Não tem nada de chororo… Foi penalti.
      Lances iguais ou semelhantes não foram considerados penaltis. Ponto final.
      E o restante da arbitragem? Foi normal? foi decisiva para o resultado? Influenciaram no resultado?
      Ora… ora… ora… diria Carlos Valadares…
      Se fosse o Gamarra não seria penalti pois ele jogou pelos gambás… mais fácil ainda não marcar penalti com a qualidade do guapo paraguaio.

    • Flavio Carneiro disse:

      Jorge, foi penalti porque o lance aconteceu na área do Cruzeiro, porque se fosse na área do Corinthians não seria, simples assim. Quanto ao Gil, concordo plenamente com vc, ele é um zagueiro “pouco inteligênte” (para não dizer outra coisa) e não deveria nunca estar em campo, pois é assim que ele joga.

    • douglas.sena disse:

      Foi penalti como também foi no TR em dois lances.

  2. andre mangia disse:

    Não foi pênalti! Quando é marcado pênalti não se discute, não há dúvidas! É muito simples. Quando há pênalti ele é incontestável não ficam discutindo se foi ou não.

  3. crossineto disse:

    Se foi penalty, deveria também ser o do Willian no WP no primeiro tempo, mesma jogada, “visão diferente do lance”. Dos 3 impedimentos, não era mesma linha era metros atrás, dois, o de Henrique e de Gilberto seriam chances claras de gol. A “falta” de Willian “já amarelado por trás em TR, foi em cima da linha, portanto…..Mas ele não viu coitado…As faltas próximas ao gol em WP e Montillo, todas duas por trás, tbm não teve uma boa visão…No Penalty em Ronaldo além da visão periferica ele tbm estava com muito boa vontade, e de olho na vaga de Simom na FIFA….SIMPLESMENTE VERGONHOSO….Certo tá o Fabricio saio desta para não ser expulso…..

  4. kmp disse:

    Não foi pênalti, assim com também não foi o no T. Ribeiro no primeiro tempo.O juíz foi muito rigoroso ao dar a penalidade, foi uma disputa de bola normal ao meu ver.De consolo serve a bela apresentação do time, foi pra cima, não se intimidou e se tivese que ter um vencedor, seria o cruzeiro, mas o homem do apito minou o time, assim como os bandeiras. Não é chororô, é constatação, deram o serviço de uma forma sutil, um impedimento inexistente aqui, outro ali, e assim vai.Perder dessa maneira é doloroso, agora eu quero é que esse Corinthians se exploda, só campeonam dessa maneira, com ajuda extra e dentro de campo.
    Abs.

  5. Celeste disse:

    Perfeito Mauro. O juiz errou contra o Corinthians no jogo contra o Guarani porque era jogo de 3 pontos. Ontem, em jogo de 6 pontos, o homen do apito não teve dúvidas. E se o Fluminenese ganhar hoje, o próximo jogo dos gambás será novamente no PFC. Assim a roubalheira repercutirá menos.

    • Jorge Santana disse:

      Então, jogo na TV aberta é limpo e no PFC será roubado. Há jogos que passam na TV aberta pra umas praças e na paga pra outras. Como interpretar nesses casos?

      • Celeste disse:

        Os Gambás sempre fazem o jogo da TV aberta. Se o jogo de ontem fosse mostrado na aberta, mais pessoas teriam assistido e a repercussão sobre a atuação do árbitro seria maior. Asssim acredito que enquanto eles tiverem precisando ajuda, o jogo vai ser mostrado para poucos.

  6. Chaves disse:

    Revendo os lances, realmente fiquei na dúvida: http://www.youtube.com/watch?v=XuMYzmcRd4k&feature=youtu.be

    • Vinicius Cabral disse:

      Eu também. São lances dificílimos. O bandeira é um ser humano e impedimentos em que o atacante está atrás da linha da zaga uns 3 metros é complicado de ser visto a olho nú. E nos lances de falta não houve absolutamente nada. O juiz estava em cima do lance…

    • Chaves disse:

      Como diz o síndico, o juiz não tem a TV para ver o replay 20 vezes. Eu já vi esse video 40 vezes e ainda não sei se estavam impedidos ou não. Na falta do WP eu também estou em dúvida se ele pulou.

  7. Vinicius Cabral disse:

    Acrescente aí um penalti no Thiago Ribeiro no segundo tempo que não foi marcado. Nesse o Julio César foi em cima do TR. Acrescente a falta de critério quando o árbitro deu amarelo por simulação do TR e não deu amarelo pelo mesmo motivo para o Dentinho, que cavou a expulsão do Ribeiro. Acrescente as faltas marcadas sobre o Ronaldo e que não existiram.

    • Jorge Santana disse:

      Revendo os números: teria sido 6×0 pra nós, se o Juiz fosse correto.Até o final da discussão, o placar chegará a uma dúzia, fácil, fácil.

      • Vinicius Cabral disse:

        Me deixa ser termocéfalo. Sua linha de raciocínio no post anterior bate com a que a Band acabou de mostrar na TV. Os lances polêmicos mostrados foram apenas o penalti não marcado no primeiro tempo e o penalti marcado no segundo. O jogo se resumiu a esses dois lances…

      • Edu Mano disse:

        Tão impressionante quanto a soma, é perceber que não importa o quanto o número de gols do Cruzeiro cresça, o Corinthians não faria UM sequer. Uau!

  8. Chaves disse:

    “Tem coisas que a gente vê, tem coisas que a gente não vê”. ê Brasil!

  9. As falhas do juiz não podem encobrir as nossas :
    1 – Thiago Ribeiro entrou cara a cara com Júlio César no 1° tempo e ao invés de chutar a gol, tentou “cavar” o pênalti.
    2 – Thiago Ribeiro entrou uma 2ª vez frente a frente com o goleiro e como tinha menos ângulo tentou corretamente dar o corte no goleiro, que saiu com tudo e FEZ O PÊNALTI, não marcado.
    3 – Thiago Ribeiro ajeitou um bolão para Wéllington Paulista que chutou em cima do goleiro corintiano
    4 – Ainda teve um lance no qual Gilberto deixou Thiago Ribeiro que se demorou um pouco para ajeitar o corpo e quando foi fazer o chute foi CALÇADO por William, lance que o juiz também não marcou a infração.
    5 – O lance no qual WP pôs na frente e foi seguro faltosamente pelo beque. Ou seja, o Cruzeiro teve chances reais no jogo

  10. Vejam que Thiago Ribeiro tinha toda razão em reclamar, pois, se fez presente, embora não tenha conseguido decidir…

  11. Grossi disse:

    Nunca fiquei tão decepcionado assistindo a um jogo quanto ontem…e não apenas por ver quase ínfima a possibilidade de vencer o campeonato, mas por passar a gostar menos do esporte que por tanto tempo acompanhei e dispendi tempo!Meu amor pelo Cruzeiro continua o mesmo, o orgulho por aquele grupo de jogadores e comissão técnica só fez aumentar, mas não é possível enxergar o futebol como outrora!Tamanha ingenuidade…aquele diretor dos gambás deve estar certo, futebol é business!!

  12. Edu Mano disse:

    Do campo foi inconteste. O volume do Cruzeiro foi muito superior.

  13. Jorge Santana,
    Sua ironia é apenas uma bela figura de linguagem…
    Entendo a sua posição e a mesmo pode até ser necessária.
    Se o Cruzeiro quiser campeonar terá que montar times mais forte e não errar tanto ao longo da competição como erramos em 2010, o que também é verdade.
    Concordo que GIL tenha sido IMPRUDENTE no lance com o Ronaldo, mas, não posso concordar com você que o juiz não tenha feito uma arbitragem sem critério.
    Para mim o árbitro errou e errou de forma DECISIVA. Ele e seu trio cometeram erros crassos de arbitragem, que nos impuseram prejuízo.
    Sim, isto é coisa de futebol, já aconteceu e vai acontecer outras vezes.
    Mas, não nos ironize e nos tire o direito de reclamar. Isto não é choro, é uma verdade. Não dá para apoiar o juiz no lance do Ronaldo apenas.

    • Jorge Santana disse:

      Quem está tirando o direito de vcs chorarem? Estou apenas defendendo meu ponto de vista. Gil cometeu pênalti que desatou toda essa bronca. Se tivesse terminado 0x0 estaríamos discutindo o jogo e a boa atuação do Cruzeiro. Meu medo é ficarmos que nem as cocotas chorando a vida inteira ao invés de tratar de montar times campeões.

  14. César disse:

    Cada país tem o campeonato que merece.

    • Ernesto Araujo disse:

      Bela atitude da torcida que, essa semana, só deu show !

    • Ernesto Araujo disse:

      Muito interessante esse link ! Reportagem do Marco Antonio Astoni, cruzeirense e autor do célebre “Ode ao Mota”. Legal também a presença do Cláudio Venturini. Ainda ontem, após a partida, estava ouvindo “Canções de Guerra”, do 14Bis.

      • Elias disse:

        Dizer o que? A torcida entende o momento, abraça o time que dá a resposta em campo. Pena que o futebol não se resuma a isso…

  15. Edu Mano disse:

    SANDRO FACTS:
    Jogo entre Flamengo e Ibis. Disputa no meio campo e o que o Sandro marca? Pênalti pro Corinthians!

    Nasceu o filho do Sandro e o enfermeiro pergunta. O Sr. não gostaria de saber o que é, se é menino ou menina? Ele diz: “Não, eu já sei. Foi pênalti pro Corinthians!”

    Pizzaria Bafo de Alho, o que o Sr. Dejesa? “Pênalti pro Corinthians”, responde o Sandro.

    De onde viemos, para onde vamos? Fod@-se, o Sandro sabe que foi pênalti pro Corinthians e isso basta.

    • Jorge Santana disse:

      Valdir Barbosa não vai gostar. Ele apoiou a escalação do Ricci. E o Cuca tb não, pois votou no juiz mineiro de BSB como o melhor do campeonato.

      • Edu Mano disse:

        Ainda bem que EU não votei também. Se não estaria com a consciência pesada. 🙂

      • Chaves disse:

        O Cuca não teve vergonha de voltar atrás e dar o braço a torcer. Deveria servir de exemplo.

      • Ernesto Araujo disse:

        Não acho que treinador nenhum deveria votar em eleições desse tipo. É perigoso e o Cuca se deu muito mal nessa.

      • Chaves disse:

        Cuca foi honesto.

      • Ernesto Araujo disse:

        Pode ser. Mas é arriscado participar de eleições desse tipo. Só falta ter tido uma eleição pra jogador mais disciplinado do campeonato e o cara ser expulso por dar um soco na cara do juiz nas proximas rodadas.

      • Chaves disse:

        Todos os tecnicos votam.

      • Ernesto,
        Todos votam em todos… arbitros, técnicos, jogadores… faz parte do show business.
        Extremamente feliz e acertado a posição do Cuca.
        Declarou seu voto e pediu que a Globo o cancelasse.
        Teve um anos destes aí que muitos técnicos NÃO VOTARAM na arbitragem, pelas péssimas atuações… fossem TODOS corretos, retirariam seus votos em TODOS os árbitros para a Globo não premiar ninguém…
        Mas tô sonhando com uma coisa que não vai acontecer NUNCA!

  16. andre mangia disse:

    Tem gente por aqui que defendem tanto o juiz e bandeirinhas que devem ser cocotas enrustidas. Quando é pênalti a favor do Cruzeiro como contra as cocotas são os primeiros a dizerem que não foi. Vamos ver: jogo contra o Botafogo, não houve pênalti a favor do Cruzeiro, Grêmio pênalti contra o Cruzeiro, São Paulo outro pênalti contra, ontem mais e no outro jogo contra esse mesmo timeco de ontem teve um marcado não convertido. Deveriam pleitear uma vaga ao lado do Bobo Farias

  17. Jorge Santana disse:

    Sobre o jogo, nenhum comentário. Tática, técnica, nada. Só se fala do juiz.

    • Vinicius Cabral disse:

      Sobre o jogo: achei que o Cruzeiro desde o início soube neutralizar as principais jogadas do Corinthians, muito em função de ter escalado a trinca de volantes. Esta mesma trinca foi responsável pela qualidade na saída de bola. Gilberto, em alguns momentos atuou no meio, o que deu mais consistência ainda no setor. O Cruzeiro atacou muito pela direita, principalmente com o Thiago Ribeiro, e soube aproveitar bem os contra ataques que pararam no bandeira. OPS! Acabei falando de arbitragem. Mas convenhamos, eu não posso dizer que o Cruzeiro falhou nos contra ataques se a conclusão das jogadas esbarrou nos bandeiras. Continua…

    • regibsb disse:

      Sem atacantes de boa qualidade o título fica mais difícil …

    • Vinicius Cabral disse:

      No segundo tempo, o Cruzeiro continuou com domínio do jogo e teve, como o próprio Mauro salientou, uma grande chance com o WP, que chutou em cima do goleiro. Teve ainda alguns lances, como o que o WP sairia na cara do gol mas sofreu uma falta clara que o juiz não marcou. OPS! Acabei falando de arbitragem. Mas convenhamos, eu não posso chamar o WP de tosco e cai-cai, se ele realmente sofreu falta no lance.

    • Vinicius Cabral disse:

      O Thiago Ribeiro foi o motor do time. Incansável, como sempre. Prejudicado no primeiro tempo com impedimentos mal marcados, no segundo continuou se movimentando bem, desta vez, menos fixo na direita, e sofreu um penalti mal marcado e foi calçado na entrada da área quando se preparava para chutar, em um lance que o árbitro mandou seguir. OPS! Acabei falando de arbitragem de novo! Que termocéfalo eu sou, deve estar pensando o síndico. Mas convenhamos, como eu vou questionar a eficiência de um jogador que teve a maioria dos lances em que participou paralizados pela arbitragem?

    • Vinicius Cabral disse:

      Mas enfim, o Cruzeiro praticamente não deixou o Corinthians jogar. Dominou o meio de campo, soube puxar os contra ataques que não foram concluídos em sua maioria porque… ahhhhh… deixa pra lá…

    • regibsb disse:

      Gil não poderia ter ficado tanto tempo fora do time.

    • Ernesto Araujo disse:

      Cruzeiro jogou muito. Muito mesmo. Mais ainda porque jogou contra fatores extra campo. Faltou o gol, coisa com a qual nossos jogadores andaram perdendo a intimidade.

    • douglas.sena disse:

      Falar de tática e técnica depois de uma cirurgia não autorizada destas? Passo.

  18. marcel disse:

    Excelente post, França. Você foi no ponto. A questão tem sido, sempre, o conjunto da obra na arbitragem do campeonato brasileiro.
    Não existe ninguém bobo. Hoje em dia evitam-se aquelas pataguadas muito na cara.
    Mas é muito, muito fácil, favorecer um time: é só ter critérios diferentes para dar cartões, marcar pênaltis; usar o tal do “na dúvida prevalece o ataque” na hora de marcar impedimentos de maneira tendenciosa.
    A regra do futebol é feita para europeus, pois dá muita margem para interpretações, subjetividade.
    O Grossi escreveu que deixou de gostar um pouquinho do esporte. Eu já desgostei do esporte há um bom tempo.
    Hoje, torço pelo Cruzeiro e, engraçado, nem sei se sou fã do futebol.
    Da seleção, há tempos já não sou fã, pois ela é o retrato final desse situação.

  19. Paulo disse:

    Para aqueles que insistem em dizer que no pênalti o juiz não se deixou influenciar pelo mando de campo do Corinthians eu deixo as seguintes perguntas:
    -Se no lugar do Thiago Ribeiro estivesse o Dentinho ou Jorge Henrique, nos lances com o goleiro do Corinthians, o juiz teria deixado de marcar pelo menos um pênalti?
    -Se no lugar do Thiago Ribeiro estivesse o Ronaldo com os seus 100 quilos se esborrachando dentro da área, o juiz deixaria de marcar pênalti, mesmo com a possibilidade da falta ter sido fora da área?
    Eu tenho certeza que pelo menos em um dos lances ele teria marcado pênalti. Já vimos este filme antes, na duvida pro eixo, principalmente se a partida for decisiva. É bobagem esta estória de que em outros jogos o Corinthians foi prejudicado e o Cruzeiro ajudado. Era decisão.

  20. “…A mesma praça, o mesmo banco…” e eu acho que mereço um Nosocômio de presente… (pelo menos para satisfazer os passivos fatalistas.
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=41199

  21. Eduardo Arreguy Campos disse:

    O Cruzeiro fez um bom jogo e no segundo tempo estava melhor que o adversário, principalmente no final, quando o corinthíans abriu um buraco de meio de campo, permitindo ao Cruzeiro atacar com perigo. Neste momento o jogo estava mais para nós. Num lance infeliz, mas que acontece com constância, o árbitro marcou penalti inexistente numa disputa de bola limpa. Perdemos um jogo por culpa de nosso inoperante ataque, porque juiz erra a todo momento. E se o Fabrício jogasse na minha pelada, ia tomar coque do time inteiro pelo estrelismo.

  22. Eduardo Arreguy Campos disse:

    E agora é partir para cima do vasco, que não tem nada perdido.

  23. Hermes disse:

    Ontem me omiti do jogo, tinha receio de ocorrer essa palhaçada que de fato ocorreu. Desanima, fico pensando o que passou na cabeça dos jogadores após os jogo. Não questiono o lance do pênalti, apesar de achar que não houve. Ví os lance que o sujeito não marcou a favor do Cruzeiro e os que marcaram erradamente, é um absurdo. O trio de arbitragem estava corintiamente intensionado, vê quem não quer. Erros no futebol existem, mas quando a juizada está mal intensionada, não tem jeito. Pergunto: até quando esse esquema vai continuar? será que não vai aparecer nenhum filho de deus para denunciar esses “erros” escandalosos? Sou da paz, mas queria que aparecesse um para dar um soco no meio da boca desse juiz, juiz safado tem que apanhar.

  24. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Hermes, ainda bem que você é “da paz”.

  25. Eduardo Arreguy Campos disse:

    E o novo Maicon não jogou nada, Jonathan foi nosso pior jogador.

    • Tô achando que você deve ter influenciado o cara que deu as notas para os jogadores do Cruzeiro no Estado de Minas (jornal impresso).
      Curioso é que a matéria d jogo de Sete Lagoas, teve assinatura e tudo… a matéria do Cruzeiro, que é muito na linha de tendenciosa e opinativa, não teve ninguém para assinar… CURIOSO!

  26. Vinicius Cabral disse:

    Verdade seja dita, se Cruzeiro e Cocotas não se aliarem fora das quatro linhas para tornar Minas mais forte politicamente, não será a última vez que vemos essa palhaçada. Presidentes do clubes reclamam volta e meia e o presidente da federação mineira, que deveria intermediar o interesse dos clubes mineiros na CBF, não faz, nunca vez e nunca vai fazer nada! Minas é fraca politicamente no futebol.

    • Danilo_VIX disse:

      Mais fácil chover no Saara. Não podemos depender de galinha nenhuma, temos é que ganhar os jogos.

      • Vinicius Cabral disse:

        Aiai…

      • Vinicius Cabral disse:

        Em São Paulo não deve existir rivalidade, não é? Pois os quatro grandes se organizam muito bem para defender os seus interesses. Aqui em Minas, ficamos com essa picuinha incentivada por alterosas espostes da vida, de achar que não temos que nos fortalecer quanto federação de futebol.

      • Danilo_VIX disse:

        Não culpe o mensageiro, só estou emitindo a minha opinião. Não acredito que o Atlético nos ajudaria em NADA, por isso escrevi que não podemos depender deles. Mas concordo com o que DEVERIA ser.

      • Vinicius Cabral disse:

        Do jeito que as coisas são hoje, um não ajuda o outro em nada.

      • Danilo_VIX disse:

        Concordo novamente. Mas eu estou olhando o lado rosa da logoa que só olha para o próprio umbigo. Acham graça nessas coisas que acontecem com o Cruzeiro e não conseguem perceber que isso também, cedo ou tarde, também os atinge.

    • O presidente das frangas fez o que ele entende como “alinhar fora das quatro linhas”… Foi até o presidente da comissão de arbitragem VÁRIAS vÊzes, lambeu as botas do Sr. Sérgio e não tá nem aí…
      Isto é se alinhar? Tem uma diferença muito grande entre se alinhar para defender que todos sejam corretos e se alinhar para se aproveitar de situações obscuras… é o mesmo que dar um impedimento aos 15min do primeiro tempo de maneira absurda e dar um penalti DISCUTÍVEL aos 44 do segndo tempo.
      Ë como diz o blogueiro… vamos ficar discutindo o penalti (FOI porque o arbitro marcou!) se é (iN)discutivel ou não, e esquecer de todo o resto.
      Agora todo mundo esquece até o quanto urubus e gambás são beneficiados por arbitragens tendenciosas.

      • Vinicius Cabral disse:

        É o que estou falando. Minas é muito fraca politicamente. E concordo que o interesse maior é tornar as coisas corretas.

  27. Notas dadas pelo jornalista de plantão nos DA/Estado deMinas/Superesportes, para os jogadores do Cruzeiro:
    Fábio(6), jonathan(6), Gil(3), Leo(6), Gilberto(5), Fabricio(5), Wallyson (sem nota), Henrique(5), Paraná(4), Montillo(5), Roger(5), TRibeiro(5), WPaulista(4).
    O cara teve vergonha de colocar o nome.
    Impressionante, dar nota 5 para o Roger e colocar Paraná, Jonathan, Gil e WPaulista com notas piores…
    Hilariante ler as “justificativas” do dito cujo.
    Mas como também temos que falar do jogo… coloquei estas notas para servirem ao menos de argumento para alguns…

  28. Naldo disse:

    No Pacaembu em jogo contra o Corinthians, qualquer juiz treme e tende a faciliatar a vida do time da casa. O bandeirinha marcou impedimentos bisonhos que devem estar fazendo ele corar de vergonha ou de alívio ao rever as imagens. Tentaria juizes extrangeiros para estes jogos até que se mude a cultura no Brasil. Não há no momento nenhum juiz brasileiro com competência para apitar estes tipos de jogos com isenção. O cara já entra pressionado, e não precisa de ninguem comprá-lo, o sistema e todo o interesse por traz já faz isto. Eles já sabem onde o calo aperta menos. Garantia de que iria funcionar não tenho, mas que tem que haver uma chacoalhada nisto tudo não tenho dúvidas.

  29. Minhas notas do jogo de ontem:
    Fábio(7), JOnathan(6), Gil(8), Leo(7), Gilberto(6), Fabricio(7), Wallyson (sem nota), Henrique(7), Paraná(8), Montillo(7), Roger(3), TRibeiro(4), WPaulista(5), Farias (sem nota).

  30. Naldo disse:

    O Cruzeiro entrou com uma formação adequada para o jogo. Gilberto mais aberto pela esquerda, Montillo pelo meio na criação, Marquinhos Paraná cobrindo o lado esquerdo, Henrique e Fabrício completando o meio de campo, WP e TR no ataque. O Thiago Ribeiro jogando mais pelos lados e WP mais centralizado. Leó e Gil formavam a dupla de zaga. O time do SCCP não veio pra cima do Cruzeiro, optou pelo jogo mais cadenciado, tentando em uma ou outra jogada com o Ronaldo chegar ao gol. O time do Cruzeiro marcava bem e saia nos contra-ataques qando podia. Com o jogo mais pegado no meio e os dois times não aproveitando as oportundiades que surgiam, o primeiro tempo terminou 0 x 0.

    • Naldo disse:

      No segundo tempo, o Cruzeiro perdeu o Montillo por contusão de tanto levar pancada no jogo, com a complacência do juizão. Entrou o Roger em seu lugar e o time perdeu em qualidade. Esse cara, pra mim, já deu. O cuca poderia ter feito entrar alguem na esquerda e empurrado o Gilberto para a armação no lugar do Montillo. O juizão errava, o bandeiinha errava, em sua maioria contra nós. Mesmo assim o jogo caminhava para terminar sem gol, princpalmente porque o ataque celeste insistia em não concluir as oportundiades que criava. Até que aos 42 o juizão não titubeou e marcou uma penalidade do Gil no Ronaldo e decidiu o rumo da partida, pois o Ronaldo não desperdiçou o presente que recebeu.

  31. Ainda sobre o chororô…
    Uma visão jurídica dos eventos na partida entre Cruzeiro e Corínthians – Leiam e comentem em http://www.cruzeiro.org/coluna.php?id=1419

  32. Esta derrota, pela atuaçào dos jogadores contra tudo e contra todos, é uma página heróica digna de entrar no rol dos JOGOS IMORTAIS.
    Não terei vergonha nunca desta derrota, muito pelo contrário!

  33. A assessoria de imprensa do Cruzeiro dá conta de que além do problema no tornozelo, contusão sofrida pela insistente caça ao jogador com a proteção da arbitragem, numa das quedas o jogador teve osso da mão trincado. A contusão preocupa o DMédico do Cruzeiro.

    É isso… o jogador apanha, a arbitragem é complacente, e torcedor e jornalistazinho mequetrefe ainda vem falar mal do jogador.
    Aff!
    Agora vocês nào poderão falar mal pois ele pode desfalcar o time nas partidas restantes.
    Satisfeitos?

    • Vinicius Cabral disse:

      Êba! O Roger será titular então?

    • Pedro disse:

      Juiz foi horroroso. Mas calma lá. Montillo machucou sozinho, chutando terra. Ai não. Culpar o juiz por ele errar um chute ai já é demais.

      • Quantas faltas o Montillo recebeu?
        Quantas faltas o Montillo recebeu e não foram marcadas?
        Como foram admoestados os jogadores que cometeram faltas?
        Você, claro e transparente detrator dos Jogadores argentinos, especialmente Farias e Montillo, está pensando com isenção?
        QUem tá culpando o árbitro pela contusão do Montillo? De onde vc tirou esta conclusão?
        A RESPONSABILIDADE objetiva da sequencia de faltas e da possível má atuação que alguns (inclusive e principalmente cruzeirenses) estão aplicando ao Montillo, é do árbitro SIM.

      • Pedro disse:

        Pois é. Mas ele chutou o chão e machucou sozinho, ou eu tava meio cego e não vi o lance que aconteceu na frente do meu nariz.

      • Maykon Schots disse:

        Pelo que vi do lance , tentou chutar com a direita , meio desequilibrado , torceu o tornozelo esquerdo. Tb não acho que sua contusão tenha qualquer relação com as outras faltas ao longo do jogo…

      • Vc repetiu seu comentário. Não tem ninguém questionando o que você viu de UM LANCE… as perguntas se referem a TODOS os outros lances envolvendo o Montillo e que você TAMBÉM deve ter visto, por supuesto, e interessa-nos a sua opinião sobre o resto e ão somente o relato sobre um fato que NÃO ESTÁ em questão (definivamente, para sua tranquilidade, o árbitro NÃO FOI responsável pela contusão do Montillo!)

      • Pedro disse:

        pelo menos agora vc admite isto. antes vc disse que a culpa era do lebrão.

      • Pedro,
        vai me desculpar… você tá com algumas dificuldades… mas tudo bem… eu compreendo.
        Se eu falei ou escrevi que a contusão do Montillo era culpa do árbitro, apague.
        Se eu falei que o árbitro foi condescendente, o jogo inteiro, com as faltas feitas sobre o Montillo e isto prejudicou a atuação do nosso armador e do time, é este o sentido… e a contusão dele foi em lances que ele tentava superar adversários que já entravam visando a falta, pode confirmar que é o que penso…

      • Pedro disse:

        Não sou detrator de argentino. Mas acho que precisaria desenhar pra vc entender isto. Acho o Farias péssimo sim. Ainda mais sabendo que veio de Portugal e, por isso, deve faturar uns trocados bem alto pro nível dele. E não tenho nada contra o Montillo, mas prefiro a 10 com o Gilberto. Talvez vc posso me explicar este novo fenomeno em que os craques estão sendo transferidos da argentina e brasil pros novos e poderosos mercados mexicanos e chilenos. E acho que ele fez uma partida acima da média ontem. Bem melhor que os últimos 10 jogos dele. Mas continuo preferindo o Gilberto. Ah sim… pode trazer o Messi que eu não vou pegar no pé dele não.

      • Pedro disse:

        Bem, se vier o Tevez tb não pegarei no pé. Mas acho que vc preferirá o Farias, certo? Deixa ei te explicar de uma vez por todas: se é pra trazer um cara vindo da europa, que seja um acima do nível que temos no elenco, senão é jogar dinheiro na latrina, como neste caso do Farias.

      • Isto nós já compreendemos… Se eu compreendi, o resto também deve ter compreendido… só continuo curioso com o resto sobre o Montillo e o jogo de ontem…
        APenas curiosidade…

      • Pedro disse:

        que tem o montillo e o jogo de ontem????? jogou bem, machucou sozinho!! só isso.

      • Pedro disse:

        ah sim… reinaldo alagoano daria o mesmo retorno técnico que o farias. mas é uma pena que ele é alagoano e não argentino.

      • Ô Pedro,
        Agora sim… vc respondeu todas as minhas curiosidades e falou tudo… fácil né?

  34. Danilo_VIX disse:

    Algumas conclusões/lições claras desse jogo:
    1- Alguém ainda duvida que o melhor time do Cruzeiro seja a formação com 3 volantes?
    2- Hoje, a melhor zaga é Gil + Léo
    3- O Cruzeiro tem que matar o jogo nas oportunidades que aparecer, o ataque é nosso setor mais carente.

    • Ernesto Araujo disse:

      Danilo, ontem o Cruzeiro jogou com o que tem de melhor no momento. Todos os jogadores que a torcida queria em campo jogaram. Gostei muito da equipe. Fosse um jogo normal, o placar correto seria 3 x 1 pra nós. Parabéns Cruzeiro !!!

  35. raher disse:

    Detesto ser passional e transferir para outros as culpas de nossas derrotas. Mas ontem o time jogou o suficiente para vencer e convencer, se não fosse pela ineficiencia do ataque, nem o juiz nos ganharia.
    Mas o juiz foi SIM, fator decisivo na vitoria do Corintians. Sem ele o Time do ronaldo só chegou uma vez com risco de gol. O cruzeiro foi mais eficiente no meio e nas tomadas de bola faltou concluir com perfeiçao e faltou boa vontade do juiz e do bandeira do primeiro tempo. Dois impedimentos feios e clarissimos e uma falta quase penalti em w paulista e outra em thiago, os dois foram sim calçados por trás na entrada da area. Esse juiz alterou sim por vontade propria , dolo e má fé o resultado da partida.

  36. claudio(xina)lemos disse:

    Gil e Léo jogaram muito ontem. Fabricio, Henrique e paraná também. Thiago Ribeiro da mesma forma. O cruzeiro jogou a sua melhor partida sob o comando do Cuca. Porque o Gil estava fora do time? Eu fiquei revoltado ontem, mas de cabeça fria concordo com o síndico sobre o chorôrô não podemos repetir as frangas e boxta. Alguém viu o troca de passes ontem? O que falaram.

    • Vinicius Cabral disse:

      Completamente diferente a reclamação em relação ao jogo de ontem do choro das cocotas. Completamente diferente.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Eu não acho diferente não. Prefiro chorar ter perdido para as frangas. Se tivessemos ganho o jogo ainda estariamos na briga.

      • Vinicius Cabral disse:

        Com certeza! Temos um super time! O Cruzeiro sempre perdeu para ele mesmo! Não é campeão de tudo por incompetência unica e exclusivamente dele! O Corinthians ter perdido para Avaí e Atlético-GO, dentre outros times menores, é completamente normal. Me desculpe, mas o argumento dos pontos bobos é ainda pior do que o argumento de que a arbitragem erra para todos. O Cruzeiro foi garfado ontem e as reclamações são mais do que justas. Qualquer comparação com as cocotas é ridículo, Xina, me desculpe.

  37. Elias disse:

    “Faça como o Corinthians…
    Seja sócio do PFC e…
    Compre o brasileirão!”

  38. Thiago Ribeiro ANTES do jogo de ontem…
    É impressionante!
    http://twaud.io/qrsN

  39. Flavio Carneiro disse:

    Antes do jogo de ontem eu disse para um amigo meu que tinha 2 coisas que me preocupavam muito: o árbitro e o Gil. Infelizmente eu estava certo!

  40. Celeste disse:

    Moçada o negócio e ganhar do Vasco e começar a montar o time de 2011. Eu sou pela manutenção do trio argentino (acho que o Prediguer merece ter uma chance de mostrar a que veio). Gringos em LA são sempre necessários. Também quero a permanência do trio de meio de campo. E mais o Fábio, os dois Léos e o Gil.

    • Pois eu, depois da palhaçada e armação perpetrada ontem, não deixarei nunca de acreditar. Só pensarei em 2011 depois de 5/12.
      Tão combatido JAMAIS VENCIDO… é a frase que a torcida do Cruzeiro deveria estampar em todas as suas ações até o último minuto da rodada final.

      • Celeste disse:

        Evandro, enquanto a matemática permitir, torcerei até o último minuto. Mas não acredito mais.

      • Flavio Carneiro disse:

        Temos que ressaltar a grande presença de torcedores hoje no aeroporto para apoiar o time. A demonstração de carinho e apoio ao time que a China Azul vem dando é de tirar o chapeu!!!

      • Ernesto Araujo disse:

        Eu quero que o Corinthians e o “sistema” do qual ele faz parte se f*da !!! Viva o Cruzeiro e sua apaixonada torcida ! ZEEEEEROOOO !!!

  41. Flavio Carneiro disse:

    O pior de tudo é abrir o jornal EM, que meu pai insiste em assinar, e ler que o penalti aconteceu, sem que houvesse qualquer contestação. Em seguida eu fui ler a Folha de SP e lá eles colocam como polêmico e duvidoso o mesmo penalti que beneficiou o clube paulista. Além de lutar contra o poder econômico e as arbitragens capiciosas, temos ainda que aturar uma imprensa anti Cruzeirense. É soda!!!

  42. Celeste disse:

    Sou fã do Jonathan, mas acho que se aparecer uma boa oportunidade ele deve sair. Os outros podem sair todos. O TR perde muitos gols, o WP e Gilberto ficam muito tempo no DP. A diretoria deveria contratar um centroavante que saiba fazer o óbvio, marcar gols. Gostaria de ver o Guilherme de volta (seria título mineiro na certa). E que se desse oportunidade aos imaturos. Se não houver ao menos um jogador da base que possa ir para o profissional, é melhor fechar a base.

  43. Walterson disse:

    Ontem fiquei tão emputecido que me abstive de comentar. Pra esfriar a cabeça, fui dar um mergulho em Porto de Galinhas. Concordo com o Jorge, somos uns chorões. Mas pelo menos estamos em boa companhia. Mal comparando, o Zé Roberto acha que a Rússia é o Curintia e o Brasil é o Cruzeiro. http://migre.me/2de44

    • Ernesto Araujo disse:

      Caramba, Walterson… Quem dera todo mundo aqui pudesse esfirar a cabeça desse jeito heheh.

      • Walterson disse:

        Ernesto, creio que as águas da Lagoa da Pampulha estejam bem frias. Não é a mesma coisa mas ajuda, :-))

  44. claudio(xina)lemos disse:

    He Man Goias 1×0,

  45. Walterson disse:

    Sobre o jogo, excelente partida prejudicada pela arbitragem. Ao contrário de muita gente, não acho que o Johnatan esteve mal. Ao contrário, descendo em alta velocidade e fazendo boas tabelas com Montillo e TR mas o problema é que não temos um finalizador.
    Outra coisa, pelo menos este jogo serviu pra mostrar ao Cuca que o time é com o trio da volância mais o Leo e Gil de zagueiros e que o Edcarlos não tem lugar neste time.

    • Ernesto Araujo disse:

      Caramba, Walterson… Quem dera todo mundo aqui pudesse esfirar a cabeça desse jeito heheh.

  46. Gustavo Rocha disse:

    Estou pensando uma coisa aqui, um lance polêmico tem mais repercussão quando assinalado. Fossem os árbitros mais cautelosos, em caso de dúvida, não marcariam nada. Marcar, somente com ampla certeza.

  47. Ernesto Araujo disse:

    Muito bom o link postado pelo Evandro com o áudio da entrevista do Thiago Ribeiro. Por isso não entendi a atitude do Gil. Tenho certeza que ele, que fazia ótima partida, sabia dos problemas que um contato DENTRO DA ÁREA poderia trazer. Mas, indo na mesma linha do Evandro e do Elias: Quanto mais falarmos SÓ do penalty, melhor pro Corinthians. Assim, os VERDADEIROS e INDISCUTÍVEIS erros do resto da partida ficarão esquecidos…

    • Isto é porque ainda não deixaram eu complementar a minha teoria conspiratória… ela está em curso e vai se complementar daqui a duas rodadas.
      Tudo dentro do script da CBF, Clube dos 13, Rede Globo… ainda mais agora que o SBT vai fazer água e a Band só serve para limpar as botas do Globo…
      Deixa cair um tópico sobre o assunto!
      😉

    • Vinicius Cabral disse:

      Concordo. O penalti foi o golpe final. Os impedimentos e as faltas em cima do Ronaldo foram irritantes. E eu acho que um juiz que manda seguir lances como o do WP e do Thiago Ribeiro, em que foi calçado, um juiz que manda seguir o lance do penalti no segundo tempo, não marca um penalti daqueles sobre o Ronaldo, pelo fato das faltas acima terem sido mais evidentes e em lances mais concretos. O Ronaldo estava de costas para o gol, a bola veio alta, enfim.

  48. SObre Brasileiro… situação curiosa a do Goiás e de seus jogadores…
    Precisará, de maneira desesperadora, de mais 9 pontos em seus 3 jogos restantes para SONHAR com a permanência na Série A.
    Dizem as más línguas, que seus jogadores receberam R$500mil para o time vencer o Flu… dos gambás é óbvio… se vencerem, restará vencerem o Santos (em casa), o Atlético-MG (fora), e os gambás (em casa).
    Na última rodada o Goiás pode decidir seu futuro e o título brasileiro.
    Se os jogadores ganharem R$500mil dos gambás, será um incentivo positivo… e como ficarão no jogo final?
    Emoções que não acabam mais… e tudo estava previsto desde o início, afinal…. That´s morrinhão!!!!

  49. Naldo disse:

    Interessante é que o o juizão mora aqui no DF. Onde será que ele se esconde?

  50. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    O árbitro assinalou o pênalti a meu ver inexistente, e deixou de dar um penal a nosso favor – diga-se de passagem ele(árbitro) nunca daria penal contra o Coringa na casa destes. De qualquer forma fica aquela idéia de SE tivessemos ganhos alguns jogos teoricamente fáceis(Vitória e Prudente) e tivessemos ganho do São Paulo recentemente – quando perdemos naturalmente -, hoje esta derrota não faria muita diferença – cadê a gordura? Agora ficou mais difícil, MAS