Copa dos Sonhos: Pelé liquida São Paulo

Por SÍNDICO | Em 29 de dezembro de 2006

Segundo jogo da Copa dos Sonhos, promovidapelo Blog do Juca, foi Santos x São Paulo.  Placar dos blogueiros: Santos 189 x 161. Placar dos comentaristas: Santos 8 x 0.

  • Santos: Gilmar, CA Torres, Mauro, Alex e Leo; Zito e Clodoaldo; Robinho, Coutinho, Pelé e Pepe. Tec: Lula
  • São paulo: Ceni, Cafu, Oscar, Dario Pereyra e Leonardo; Mineiro, Pedro Rocha e Raí; Muller, Careca e Canhoteiro. Tec: Telê.

Por onde anda Pelé é muito difícil imaginar que caiba mais alguma coisa. Ganha o Santos por Ele e Coutinho. (Ruy Ostermann)

Robinho teria de se desdobrar para jogar como meio-campista, posição que até arriscou na campanha do título brasileiro de 2002. O São Paulo parece mais real, mas cadencia demais o jogo no meio-de-campo. Num lançamento de Pedro Rocha, gol de Muller. Mas Pelé e Coutinho viram para 3 x 1 – dois do Rei. (PVC)

Santos 5 x 2. Pobre Ceni. Nunca pensou que teria pela frente Pelé e Robinho juntos! E ao lado de Coutinho, Pepe, Zito e Clodoaldo. Nem o talento de Telê (superior a Lula) foi capaz de impedir o passeio santista, apesar da categoria dos são-paulinos. (R M Prado)

Santos 3 x 1. Há grande desequilíbrio individual com o Pelé de um lado, sem falar no Coutinho e Robinho. (Tostão)

O Santos é melhor só por contar com a liderança de Zito e com a dupla Coutinho-Pelé. (Márcio Guedes)

Jogo que tem tudo para dar empate. Confesso que Muller, Careca e Canhoteiro não é brincadeira. Mas o outro time tem Pelé. E de quebra no 2º tempo Lula colocou Edu e Toninho Guerreiro. Deu Santos. (Ugo Giorgetti)

Ganha o Santos, e não me perguntem por quê. Só o Chico Buarque pode condenar esse  time  pela ausência do Pagão. O São Paulo não botou o Zizinho? Meus pêsames aos eleitores da Placar e também a esse tipo de lista que ajuda a sepultar craques do passado e, em conseqüência, a própria história do futebol brasileiro. Com perdão da franqueza. (Fernando Calazans)

O Santos, que parece muito ofensivo, não o é, com Clodoaldo e Zito. E tem Pelé. (Alberto Helena Jr.)

9 comentários para “Copa dos Sonhos: Pelé liquida São Paulo”

  1. Jorge Santana disse:

    O Calazans tá certo.

  2. Evandro disse:

    Quando se começa a concordar muito com o Calazans é caso de começar a nos preocuparmos.

  3. Mauro França disse:

    Mas ele não deixa de ter certa razão no argumento. Além de Zizinho, faltou Leônidas da Silva no SPFC.

  4. Rodrigo disse:

    Uma curiosidade sobre esse time do São Paulo. É certo que os maiores títulos da história do SPFC foi do inicio dos anos 90 pra cá, muito parecido com o Cruzeiro, inclusive. Mas ao contrário do Cruzeiro, onde eu só vi um jogador (no caso o Sorín), no SPFC eu vi quase todo mundo, é um time bem recente. Engraçado isso, porque são dois clubes com uma trajetória parecida.

  5. Mais uma vez Trajano e Armando Nogueira não votaram…

    EStariam os dois boicotando a Copa dos Sonhos?

    Claro que não! isto é mais uma teoria conspiratória…

    Mas uma coisa deve-se dizer: os dois Armando Nogueira e Trajano, odeiam tecnologia, Internet e afins.

  6. Jorge Santana disse:

    Vai ver mandaram os votos por carta e, por pão-durismo, sequer gastaram com sedex.

  7. Benny the Dog disse:

    Acredito que ficaram sentidos por não incluirem o maravilhoso time do América RJ nos confrontos da Copa dos Sonhos.
    Tomara que no provável confronto entre Cruzeiro e Santos, coloquem o Armando Marques para apitar. Pode dar sorte.

    Saluti Celesti

  8. Eduardo disse:

    Tirando João Saldanha (as vezes) o resto é parcial. Assim como nós.

  9. Ismail Salles disse:

    O que mais me impressionou foi o comentário do Tostão: com o Pelé de um lado, não há equilíbrio individual. Esse cara é fera: na bola e nas paroles…