Arquivo da Categoria ‘Seleção’

Brasil 3×0 Argentina: Cachetazo!

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Foi assim, segundo Globo Esporte:

O 1º tempo começou com dois chapéus de Messi e terminou com um gol de Neymar. Houve uma eficiência cruel do Brasil contra uma Argentina esforçada, determinada, mas carente de velocidade e definição. Enquanto Di Maria nem foi notado, Coutinho saiu da direita pra esquerda, deixou pra trás um Mascherano que parece ter deixado o ímpeto em Barcelona, e fez um golaço, parecido com os que faz no Liverpool. No fim, Neymar recebeu de Jesus e, livre, com espaço, deslocou Romero.

No 2º tempo, Bauza voltou com Aguero no lugar de Pérez, e quem o viu no São Paulo pensou: quando ele está perdendo, coloca um atacante e tira um meia, a tendência é tomar mais. Quando Paulinho driblou Romero e bateu pro gol vazio, a Argentina escapou graças à leitura de jogo de Zabaleta, que salvou quase na linha. Mas Paulinho insistiu e fez o gol merecido. Ele, que ajudou Fernandinho no combate a Messi, apareceu de novo na área e completou pro gol. Daí pra frente, virou baile de carnaval. Em campo, com Neymar e nas arquibancadas eufóricas. O Brasil afundou seu rival e elevou às alturas seu ego.

BRASIL 3×0 ARGENTINA, 10nov16qui21h45. TEMPO nublado, temperatura 25º, sem vento, umidade 62%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 10ª rodada, Eliminatórias Copa 2018. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 53.490 presentes, R$12.726.250. ARBITRAGEM: Julio Bascuñan, Christian Schliemann, Marcelo Barraza (Chile). AMARELOS: Fernandinho, Marcelo, Mori, Otamendi, Biglia. GOLS: Coutinho, 22, Neymar, 45, Paulinho, 58. BRASIL: Alison, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda (Thiago Silva), Marcelo; Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Neymar,  Philippe Coutinho (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Firmino). T: Tite. ARGENTINA: Sergio Romero, Pablo Zabaleta, Nicolás Otamendi, Funes Mori e Emmanuel Más; Javier Mascherano, Enzo Peréz (Kun Aguero), Lucas Biglia e Angel Dí Maria (Ángel Correa); Lionel Messi e Gonzalo Higuaín. T: Edgardo Bauza.

Venezuela 0x2 Brasil: Líder!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

O jogo visto pelo Globo Esporte: 

Compactação, pressão na saída de bola, triangulação e velocidade. O Brasil começou o jogo em cima da Venezuela, mas abusou do direito de perder gols no 1º tempo. Em certos momentos, a Seleção só tinha Alisson em seu campo de defesa. Dentro de suas limitações, os donos da casa até conseguiram levar perigo em alguns contrataques. Mas foi só. O primeiro gol saiu aos 7, num erro de passe do goleiro Hernández, seguido de um toque por cobertura de Gabriel Jesus. Poderiam ter saído outros antes do intervalo: Paulinho e Philippe Coutinho perderam boas chances.

A etapa final parecia um filme repetido. Assim como na inicial, o Brasil marcou logo no comçeo. Aos 52, após jogada trabalhada na esquerda, Renato Augusto cruzou e Willian fez 2×0. Perdendo em casa e precisando do resultado, a Venezuela se lançou ao ataque e assustou o Brasil algumas vezes, como no lance em que Alisson fez uma defesaça em cabeçada de Rondón. Mas deu ainda mais espaços pra equipe de Tite contratacar. E não fossem pelos gols perdidos por Paulinho, teria havido outra goleada.

VENEZUELA 0x2 BRASIL, 11out16ter21h30. TEMPO nublado, temperatura 16º, sem vento, umidade 89%. LOCAL: Metropolitano, Mérida, Venezuela. MOTIVO: 10ª rodada, Eliminatórias Sul-americanas, Copa, 2018. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Víctor Carrillo, Jonny Bossio, Raúl Cruz (Peru). AMARELOS: Ángel, Velázques, Herrera. GOLS: Jesus, 7, Willian, 52. VENEZUELA: Daniel Hernández –Roberto Rosales, Wilker Ángel, José Manuel Velázquez, Feltscher — Tomás Rincón, Arles Flores (Yangel Herrera) — Adalberto Peñaranda (Otero), Juan Pablo Añor (Alejandro Guerra) — Josef Martínez, Salomón Rondón. T: Rafael Dudamel. BRASIL: Alisson — Daniel Alves, Marquinhos, Miranda,  Filipe Luis — Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto — Willian (Taison), Philippe Coutinho (Giuliano) — Gabriel Jesus. T: Tite.

Brasil 5×0 Bolívia: Neymar estraçaiou!

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

BRASIL 5×0 BOLÍVIA, 06out16qui21h45. TEMPO parcialmente nublado, temperatura 25º, vento 14 Km/h, umidade 83%. LOCAL: Arena das Dunas (42 mil), Natal. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 30.013 pagantes, R$4.307.145, média R$144. ARBITRAGEM: Wilson Lamouroux, Alexander Guzman, Eduardo Díaz (Colômbia), AMARELOS: Neymar, Meleán, Azogue. GOLS: Neymar, 10, Coutinho, 25, Filipe, 38, Jesus, 43, Firmino, 75. BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda, Filipe Luís; Fernandinho, Giuliano (Lucas Lima), Renato Augusto; Philippe Coutinho, Neymar (Willian); Gabriel Jesus (Firmino). T: Tite. BOLÍVIA: Carlos Lampe, Erwin Saavedra, Ronald Raldes, Edward Zenteno, Marvin Bejarano; Jorge Enrique Flores, Joselito Vaca, Jhasmani Campos (Joselito Vaca), Juan Carlos Arce (Rodrigo Ramallo); Yasmani Duck, Marcelo Moreno. T: Ángel Guillermo Hoyos.

Brasil 2×1 Colômbia: Em 2º lugar

terça-feira, 6 de setembro de 2016

BRASIL 2×1 COLÔMBIA, 06set16ter21h45. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 3 Km/h, umidade 89%. LOCAL: Arena Amazônia (42 mil), Manaus. MOTIVO: 8ª rodada Eliminatórias Copa 2018. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 36.601 pagantes, R$5.840.501, média R$160. ARBITRAGEM: Patricio Loustau, Ivan Nuñez, Gustavo Rossi (Argentina). AMARELOS: Medina, Paulinho, Marcelo, Neymar, Giuliano. GOLS: Miranda, 1, Marquinhos, 35 (c), Neymar, 74. BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda, Marcelo; Casemiro, Paulinho (Giuliano), Renato Augusto; Willian (Philippe Coutinho), Gabriel Jesus (Taison), Neymar. T: Tite. COLÔMBIA: David Ospina; Santiago Arias, Jeison Murillo, Oscar Murillo, Farid Díaz; Sebastián Pérez, Carlos Sánchez, Macnelly Torres (Cuadrado), James Rodríguez; Luis Muriel (Marlos Moreno), Carlos Bacca (Roger Martínez). T: José Pekerman.

Equador 0x3 Brasil: Toda glória a Jesus!

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

EQUADOR 0x3 BRASIL, 01set16qui18h. TEMPO chuvoso, temperatura 16º, vento 11 Km/h, umidade 86%. LOCAL: Olímpico Atahualpa, Quito. MOTIVO: 7ª rodada eliminatórias Copa 2018. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 35.980. ARBITRAGEM: Enrique Cáceres Villafañe, Eduardo Cardoso Escobar, Milciades Saldivar Franco (Paraguai). AMARELOS: Bolaños, Montero, Paredes, Domínguez (E), Paulinho (B). VERMELHO: Paredes (E). GOLS: Neymar, 72 ℗, Jesus, 85 e 91. EQUADOR: Alexander Domínguez; Juan Carlos Paredes, Gabriel Achilier, Arturo Mina; Walter Ayoví,  Gruezo (Gabor), Cristian Noboa, Valencia, Jefferson Montero (Arroyo); Miller Bolaños, Felipe Caicedo (Ibarra). T: Gustavo Quinteros. BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos, Marcelo; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho; Willian (Philippe Coutinho), Gabriel Jesus, Neymar. T: Tite.

Brasil 1/5x 1/4 Alemanha: Aqui, é campeão de tudo!

sábado, 20 de agosto de 2016

BRASIL 1/5×1/4 ALEMANHA, 20ago16sab17h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 16 Km/h, umidade 73%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: Final do torneio olímpico 206. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Iespien, Fox. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Alireza Faghani, Reza Sikhandan, Mohammadreza Mansouri (Irã). AMARELOS: Zeca, Gabigol (B); Selke, Prömel, Sven Bender, Süle (A). GOLS: Neymar, 26 (f), Meyer, 58. PÊNALTIS: Renato Augusto, Marquinhos, Rafinha, Luan e Neymar converteram (B); Ginter, Gnabry, Brandt e Süle converteram. Petersen desperdiçou (A). BRASIL: Weverton; Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Rafinha), Gabigol (Felipe Anderson), T: Rogério Micale. ALEMANHA: Horn; Klostermann (Christiansen), Süle, Ginter, Toljan; Sven Bender, Lars Bender (Prömel), Meyer, Brandt; Selke (Petersen), Gnabry. T: Horst Hrubesch.

Brasil 1×2 Canadá: Nem bronze, Galvão!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

BRASIL 1×2 CANADÁ, 19ago16sex13h. TEMPO ensolarado, temperatura 25º, vento 8 Km/h, umidade 57%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Disputa do 3º lugar do torneio olímpico de futebol feminino. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Fox, Band, Iespien. PÚBLICO: 39.718.  ARBITRAGEM: Teodora Albon (Romênia), Petruta Iugulescu (Romênia), Maria Sukenikova (Eslováquia). AMARELOS: Marta, Andressa, Rafaelle. GOLS: Rose, 25, Sinclair, 52. BRASIL: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica, Tamires (Erika); Thaisa, Formiga; Marta, Andressa (Poliane); Cristiane (Debinha), Beatriz. T: Vadão. CANADÁ: Stephanie Labbé; Josee Belanger, Buchanan, Shelina Zadorsky, Ashley Lawrence; Matheson (Sophie Schmidt), Desiree Scott, Jessie Fleming, Rose (Chapman); Melissa Tancredi (Janine Beckie), Christine Sinclair. T: John Herdman.

Brasil 6×0 Honduras: Galvão vai narrar final?

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

BRASIL 6×0 HONDURAS, 17ago16qua13h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 29º, vento 12 Km/h,  umidade 55%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. ARBITRAGEM: Ovidiu Hategan, Octavian Sovre, Sebastian Gheirghe (Romênia). AMARELOS: Rodrigo Caio, Acosta, Vargas, Palacios, Paz, Espinal. GOLS: Neymar, 18 seg, Jesus, 20 e 34, Marquinhos, 50, Luan, 78, Neymar, 91. BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio (Luan Vasco, 57),  Douglas Santos; Wallace, Renato Augusto (Rafinha, 75); Gabigol, Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Felipe Anderson, 68). HONDURAS: Luis López, Paz, Marcelo Pereira, Allans Vargas (Salas, 46), Brayan García; Jhonny Palacios, Bryan Acosta (Allan Banegas, 72), Alberth Elis; Romell Quioto, Antony Lozano (Benevidez, 46). T: Jorge Luis Pinto.

Brasil 2×0 Colômbia: Deu ruim pros secadores

sábado, 13 de agosto de 2016

BRASIL 2×0 COLÔMBIA, 13ago16sab22h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 14º, sem vento, umidade 80%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Quartas de final da Olimpíada 2016. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Fox, Iespien. PÚBLICO: 41.560 pagantes. ARBITRAGEM: Cuúneyt Cakir, Bahõttin Duran, Tarik Ongun (Turquia). AMARELOS: Neymar, Palacios, Barrios, Lerma, Preciado, Miguel Borja, Gutierrez. GOLS: Neymar, 11, (f), Luan, 82. BRASIL: Weverton, Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan Neymar, Gabigol (Thiago Maia), Gabriel Jesus (Rafinha). T: Rogério Micale. COLÔMBIA: Cristian Bonilla, Helibelton Palacios, William Tesillo, Deivy Balanta, Cristian Borja; Wilmar Barrios (Sebastián Pérez), Jefferson Lerma, Andres Roa (Rodriguez), Harold Preciado (Miguel Borja); Dorian Pabón, Teófilo Gutiérrez. T: Carlos Alberto Restrepo.

Brasil 0/7×0/6 Austrália: Vitória Bárbara!

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

MENINAS do Brasil apertam as australianas, no Mineirão, mas o gol não sai.

Jogo foi pra prorrogação e o zero permaneceu. Nos pênaltis, Brasil 7×6.

Mas semifinais, Brasil x Suécia e Alemanha x Canadá.

BRASIL 0x0 AUSTRÁLIA (Pênaltis: Brasil 7×6), 12ago16sex22h. TEMPO: céu limpo, temperatura 17º, vento 14 Km/h, umidade 75%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIO: quartas de final, O,impada 2016. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Iespien, Fox, Band. PÚBLICO: 52.000. ARBITRAGEM: Carol Anne Chfnard, Marie-Josee Charbonneau, Suzanne Morisset (Canadá). AMARELOS: Marta, Tamires, Alessandra Alves (B), Alleway, Foord, Kennedy (A). GOLS: Andressa, Andressinha, Bia, Rafaelle, Debinha, Mônica e Tamires converteram pro Brasil e Marta perdeu; Knight, Alleway, Van Ermod, Polkinghone, Heyman e Logarzo marcaram para a Austrália, Gorry e Kennedy perderam. BRASIL: Bárbara; Fabiana (Poliana), Rafaelle, Mônica, Tamires; Thaisa (Andressinha), Formiga, Marta; Andressa Alves, Debinha, Bia. T: Vadão. AUSTRÁLIA: Lydia Williams; Catley (Logarzo), Alleway, Kennedy, Foord; Kellond-Knight, Gorry, Van Egmond, Kerr (Drummer), De Vanna (Polkinghorne); Simon (Heyman). T: Stajcic.