Arquivo da Categoria ‘Personas’

Surge um novo fenômeno

domingo, 24 de maio de 2015

Foto de Clemenceau Chiabi.
Marcos Antônio da Silva Gonçalves, 25 anos, Prado/BA, 19out89, meiatacante, 1m71, destro, revelado pelo Vitória (2002/08) profissional no Vitória, Palmeiras (2009/10), Flamengo (2010/11), Vitória (2012/14), Cruzeiro (2014/15), 2 vezes campeão baiano, 1 vez carioca e 1 vez brasileiro, convocado para a Sub20 em 2008 e 2009, 249 jogos até 2014, com 63 gol e 58 assistências.

Conte um conto

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Escreva sobre o que te der na telha. Mas nada que a assuste.

A resposta

sábado, 16 de maio de 2015

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro, na coletiva após a vitória sobre o Sumpaulo:

“Não se pode duvidar nunca da honestidade de quem trabalha no Cruzeiro. Mas também não dá pra ser técnico no Brasil e ficar preocupado com críticas. Funciona dessa forma, não é um privilégio meu, nem do Felipão, nem do Muricy, que foi tricampeão brasileiro, nem de ninguém. Funciona assim. Quando as coisas estão bem reguladas, o time está ganhando e os resultados são bons temos apoio, quando as coisa não vão bem, surgem as críticas, muitas construtivas, poucas de perseguição mesmo. Estas a gente ignora, porque conhece as pessoas que as fazem. Então, tenho que concentrar no trabalho, procurar acertar o time”.

O pessoal que acusa o técnico de perder por ser atleticano se dá por satisfeito com a resposta?

Se não se dá, o que o cara tem de fazer pra não ser esculhambado como foi ao ser contratado e, novamente, neste ano?

Não tem mágica

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Diálogo esclarecedor de dois cruzeirenses:

  • SCHRIER: “Nesse jogo contra o São Paulo, entendi porque o Gabriel Xavier não é titular. Ele é nulo sem a bola, marca muito mal”.
  • FERREIRA E SILVA: “Ele tem potencial e, assim como o Arrascaeta melhorou na marcação, ele também vai melhorar”.

Lucas Silva também marcava mal, frouxamente. Deu trabalho ao Roth e ao Oliveira. Mas o defeito foi reparado e o clube teve lucro.

Ao contrário do que imaginam os termocéfalos, um time não se faz com varinha mágica ou misturando ingredientes num caldeirão.

Os dois garotos vão aprender. Se os hidrófobos não fizerem com ele o que fizeram com Jefferson, o goleiro da Seleção Brasileira.

Alvo: Mayke

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Mayke está com a cabeça na Europa, anda desmotivado, é mascarado, foguete molhado, enganador e cousa e lousa.

Esta é a avaliação que parte significativa da torcida celeste faz do lateral direito revelado ano passado.

O que nenhum dos pirados se perguntou é se a atual forma de jogar do garoto tem a ver com recomendações táticas ou entrosamento de estilos com os parceiros.

Importante é descer o sarrafo na prata da casa.

Ano passado, o parceiro de Mayke nas jogadas de ponta era Everton Ribeiro… Precisa explicar mais ou ligando o desconfiômetro dá pra sacar a diferença com o que ocorre agora?

Ano passado, o Cruzeiro se expunha mais nos jogos, porque tinha um time entrosado. Com o desmanche, mal tem um time, quanto mais entrosado.

E, não sei se a distinta plateia se dá conta, mas o football é association. Ao menso pra quem não é Garrincha, Joãozinho e uns poucos extraterrestres mais.

Se fosse o lateral direito do Cruzeiro, nesta quadra, Joãozinho talvez saísse driblando da defesa e iria até a área adversária resolver jogos, pouco se importando com tabelas, ultrapassagens e outras mumunhas recomendadas a jogadores normais.

Mayke, porém, não é Joãozinho. Por isto, terá de se adaptar ao jogo de Marquinhos, Arrascaeta e Damião pra render o máximo. E isto pode demorar, pra alegria dos chatos qaue infestam a torcida celeste.

Alvo: Marquinhos

sexta-feira, 8 de maio de 2015

LUAN JOANINHA chegou a Vespasiano, como complemento de elenco. Mas correu muito, esforçou-se e recebeu reconhecimento da torcida emplumada. Ao ponto de muita gente acreditar que ele sabe mesmo jogar bola. Daí ao bom desempenho em campo, que a autoconfiança permie, foi um passo.

MARQUINHOS chegou a Belo Horizonte, como complemento de elenco. Mas correu muito, esforçou-se bastante e recebeu, como retribuição, chacota da torcida celeste. Ao ponto de muita gente acreditar que ele não sabe jogar bola. Daí a ele mesmo acreditar nessa bobagem e se desmotivar, é um passo.

Esta é uma comparação, entre inúmeras possíveis, da torcida celeste com outras galeras brasileiras.

Depois, quando o barco afunda, os chatos, que se autodefinem como exigentes, pedem a cabeça de todo mundo, do presida ao professor, como se isto fosse de uma inteligência invulgar.

Jogar com o time, nos espaços virtuais ou não, que é bom, nem pensar.

Esclarecendo pela enésima vez

sábado, 2 de maio de 2015

Burrice é um trem que incomoda. Mas como tenho paciência de Jó, vou explicar (pela milésima vez!):

  • José Francisco Lemos Filho não é diretor de futebol do Cruzeiro, é tão somente um dos vices presidentes do clube.
  • Benecy Queiróz não é diretor de futebol do Cruzeiro, é apenas funcionário administrativo, Há pelo menos 40 anos.
  • Valdir Barbosa não é diretor de futebol do Cruzeiro. É apenas o gerente de futebol. Manda poha nenhuma.
  • Guilherme Mendes não é diretor de futebol do Cruzeiro, É apenas assessor de imprensa. Não produz notícia, só as torna públicas. Quando fica sabendo a tempo.

O diretor de futebol do Cruzeiro é o Dr. Gilvan de Pinho Tavares. Ele é o único que discute contratações e vendas com o presidente Dr. Gilvan de Pinho Tavares.

Se está certo ou errado o futebol do clube ser adminsitrado apenas pelo GPT presidente e pelo GPT direitor de futebol, não sei, mas é assim que funciona, cambada de antas!

Antas, bem entendido, no bom sentido.

Perfeita tradução

segunda-feira, 27 de abril de 2015

LIONEL MESSI traduziu, numa frase, o que eu reclamo do time do Cruzeiro nos últimos RapoCota:

  • “Algo no fundo do meu caráter me permite levar os golpes e seguir em frente com a tentativa de vencer”.

É isso.

Alex Ferguson: “Cristiano >>> Messi”

domingo, 26 de abril de 2015

A BBC perguntou a ALEX FERGUSON quem é o melhor: Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo?

O ex-treinador do ManU, de 73 anos, não titubeou:

  • Pra muita gente, Messi é melhor e temos que respeitar essa opinião, mas Cristiano poderia marcar um hat trick jogando pelo Millwall, Queens Park Rangers e até pelo Doncaster. Por outro lado, não tenho certeza de que Messi pudesse fazer a mesma coisa. Ronaldo joga com os dois pés, é rápido e muito bom no jogo aéreo. Já o Messi, na minha opinião, é um jogador só pro Barcelona.

Concordo com o escocês. E vc, técnico e tático leitor?

Comentaristas do PHD vetam nome de Valdivia

sábado, 11 de abril de 2015

Eis a notícia:

Em busca de um meio-campista, o Cruzeiro tenta contratar Valdivia. Mas existem dificuldades. Apesar de não querer mais o chileno, que só jogou uma partida em 2015, o Palmeiras deseja um beque ou um  na negociação, pois tem vínculo com o atleta até 31ago15. Em conversa informal na Toca II, nesta quinta, o gerente de futebol, Valdir Barbosa, falou das dificuldades do caso, entre elas a compensação pedida pelos paulistas. Ele garantiu que o Cruzeiro contratará um meio-campista pras oitavas da Libertadores. Pelas condições e prazo, o chileno é a primeira opção, embora haja resistência a ele, devido a seu grave histórico de lesões.  (condensado de reportagem do Super FC)

E o recado: GPT, os comentaristas do PHD mandam avisar que não querem Valdívia no Cruzeiro.