Arquivo da Categoria ‘Olimpíadas’

Quadro de medalhas

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Discutir quadro de medalhas de Olimpíada é coisa de gente tacanha, assim tipo jornalista e palpiteiro de rede social.

Basquete, vôlei e futebol, somados, dão um terço das medalhas do ping-pong. Dá pra levar a sério? Não dá, mas dá pra brincar…

Inventando uns clássicos, com placares lastreados em medalhas de ouro.

  • Brasil 7×3 Argentina
  • Japão 12×9 Coréia do Sul
  • Estados Unidos 46×26 China
  • Grã Bretanha 27×17 Alemanha
  • Colômbia 3×0 Venezuela
  • Uzbequistão 4×3 Cazaquistão
  • Jamaica 6×5 Cuba
  • Croácia 5×2 Sérvia
  • Quênia 6×1 Etiopia
  • Canadá 4×0 México
  • Itália 8×7 Espanha
  • Hungria 8×8 Holanda
  • Rússia 19×10 França
  • Austrália 8×4 Nova Zelândia
  • Eslováquia 2×1 República Tcheca
  • Bolívia 0x0 Equador
  • Peru 0x0 Butão

Últimos pitacos olímpicos

domingo, 21 de agosto de 2016

OURO no Vôlei. Brasil 3×0 Itália. Wallace, que a CBV roubou do Sada Cruzeiro, é o melhor do mundo.

“NEYMAR é mega, mas é muito do bem”, disse Luiz Roberto, narrador da Globo. É isso aí, seja lá o que for isso aí.

PEREZ, maratonista cubano, cruzou a linha, em 40º lugar, com uma faixa “I love Jesus”. Comunistas brasileiros vão cortar os pulsos.

A FAMÍLIA do Alemão Stefan Henze autorizou a doação dos órgãos do técnico de canoagem, morto em acidente de carro no Rio. O coração do treinador já está batendo no corpo de uma brasileira, após um transplante bem sucedido nas últimas horas.

Outros pitacos olímpicos

sábado, 20 de agosto de 2016

Vi, ouvi e li:

  • MORENOS PRA SEMPRE! Por onde andam aqueles brasileiros que ficaram 2 anos babando os 7×1, na vã esperança de ficarem louros? Deu ruim, hem?
  • ALYSON FELIX, minha velocista favorita, conquista seu segundo ouro no revezamento. Vai correr bonito assim lá em casa!
  • POLIANA OKIMOTO, nadadora brasileira de águas abertas, tinha medo de nadar no mar e ser comida por tubarão. Perdeu o medo, mas sofreu hipotermia e teve de abandonar a prova, na Olimpíada de Londres. Agora, no Rio, conquistou medalha. Insistir é preciso.
  • WILLIAN, levantador do Cruzeiro, fez defesa monumental no lance do ponto da vitória do Brasil sobre a Argentina. 3×1! Estaremos na final!
  • FABIENNE SAINT LOUIS, 28 anos, triatleta das Ilhas Maurício, foi diagnosticada com um câncer na glândula salivar, em dezembro. Às vésperas da Olimpíada, passou por duas cirurgias pra retirada do tumor e de células cancerígenas. Complicações no segundo procedimento atrapalharam ainda mais a sua corrida contra o tempo. Ela sofreu paralisia facial nos meses seguintes e ficou sem movimentos no lado direito do rosto. Perguntada por que participou da Olimpíada durante sua recuperação, Fabienne disse: “Estou aqui porque amo meu esporte, me qualifiquei pra estar aqui e sacrifiquei 4 anos da minha vida. Esta é a mensagem que eu quero passar. Nós temos que lutar até o fim.” (Veja, 19abr16)

E vc, olímpico leitor, o que tem pra contar?

Brasil 1/5x 1/4 Alemanha: Aqui, é campeão de tudo!

sábado, 20 de agosto de 2016

BRASIL 1/5×1/4 ALEMANHA, 20ago16sab17h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 16 Km/h, umidade 73%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: Final do torneio olímpico 206. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Iespien, Fox. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Alireza Faghani, Reza Sikhandan, Mohammadreza Mansouri (Irã). AMARELOS: Zeca, Gabigol (B); Selke, Prömel, Sven Bender, Süle (A). GOLS: Neymar, 26 (f), Meyer, 58. PÊNALTIS: Renato Augusto, Marquinhos, Rafinha, Luan e Neymar converteram (B); Ginter, Gnabry, Brandt e Süle converteram. Petersen desperdiçou (A). BRASIL: Weverton; Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Rafinha), Gabigol (Felipe Anderson), T: Rogério Micale. ALEMANHA: Horn; Klostermann (Christiansen), Süle, Ginter, Toljan; Sven Bender, Lars Bender (Prömel), Meyer, Brandt; Selke (Petersen), Gnabry. T: Horst Hrubesch.

Brasil 1×2 Canadá: Nem bronze, Galvão!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

BRASIL 1×2 CANADÁ, 19ago16sex13h. TEMPO ensolarado, temperatura 25º, vento 8 Km/h, umidade 57%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Disputa do 3º lugar do torneio olímpico de futebol feminino. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Fox, Band, Iespien. PÚBLICO: 39.718.  ARBITRAGEM: Teodora Albon (Romênia), Petruta Iugulescu (Romênia), Maria Sukenikova (Eslováquia). AMARELOS: Marta, Andressa, Rafaelle. GOLS: Rose, 25, Sinclair, 52. BRASIL: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica, Tamires (Erika); Thaisa, Formiga; Marta, Andressa (Poliane); Cristiane (Debinha), Beatriz. T: Vadão. CANADÁ: Stephanie Labbé; Josee Belanger, Buchanan, Shelina Zadorsky, Ashley Lawrence; Matheson (Sophie Schmidt), Desiree Scott, Jessie Fleming, Rose (Chapman); Melissa Tancredi (Janine Beckie), Christine Sinclair. T: John Herdman.

Brasil 6×0 Honduras: Galvão vai narrar final?

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

BRASIL 6×0 HONDURAS, 17ago16qua13h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 29º, vento 12 Km/h,  umidade 55%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. ARBITRAGEM: Ovidiu Hategan, Octavian Sovre, Sebastian Gheirghe (Romênia). AMARELOS: Rodrigo Caio, Acosta, Vargas, Palacios, Paz, Espinal. GOLS: Neymar, 18 seg, Jesus, 20 e 34, Marquinhos, 50, Luan, 78, Neymar, 91. BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio (Luan Vasco, 57),  Douglas Santos; Wallace, Renato Augusto (Rafinha, 75); Gabigol, Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Felipe Anderson, 68). HONDURAS: Luis López, Paz, Marcelo Pereira, Allans Vargas (Salas, 46), Brayan García; Jhonny Palacios, Bryan Acosta (Allan Banegas, 72), Alberth Elis; Romell Quioto, Antony Lozano (Benevidez, 46). T: Jorge Luis Pinto.

Brasil 2×0 Colômbia: Deu ruim pros secadores

sábado, 13 de agosto de 2016

BRASIL 2×0 COLÔMBIA, 13ago16sab22h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 14º, sem vento, umidade 80%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Quartas de final da Olimpíada 2016. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Fox, Iespien. PÚBLICO: 41.560 pagantes. ARBITRAGEM: Cuúneyt Cakir, Bahõttin Duran, Tarik Ongun (Turquia). AMARELOS: Neymar, Palacios, Barrios, Lerma, Preciado, Miguel Borja, Gutierrez. GOLS: Neymar, 11, (f), Luan, 82. BRASIL: Weverton, Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan Neymar, Gabigol (Thiago Maia), Gabriel Jesus (Rafinha). T: Rogério Micale. COLÔMBIA: Cristian Bonilla, Helibelton Palacios, William Tesillo, Deivy Balanta, Cristian Borja; Wilmar Barrios (Sebastián Pérez), Jefferson Lerma, Andres Roa (Rodriguez), Harold Preciado (Miguel Borja); Dorian Pabón, Teófilo Gutiérrez. T: Carlos Alberto Restrepo.

Brasil 0/7×0/6 Austrália: Vitória Bárbara!

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

MENINAS do Brasil apertam as australianas, no Mineirão, mas o gol não sai.

Jogo foi pra prorrogação e o zero permaneceu. Nos pênaltis, Brasil 7×6.

Mas semifinais, Brasil x Suécia e Alemanha x Canadá.

BRASIL 0x0 AUSTRÁLIA (Pênaltis: Brasil 7×6), 12ago16sex22h. TEMPO: céu limpo, temperatura 17º, vento 14 Km/h, umidade 75%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIO: quartas de final, O,impada 2016. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Iespien, Fox, Band. PÚBLICO: 52.000. ARBITRAGEM: Carol Anne Chfnard, Marie-Josee Charbonneau, Suzanne Morisset (Canadá). AMARELOS: Marta, Tamires, Alessandra Alves (B), Alleway, Foord, Kennedy (A). GOLS: Andressa, Andressinha, Bia, Rafaelle, Debinha, Mônica e Tamires converteram pro Brasil e Marta perdeu; Knight, Alleway, Van Ermod, Polkinghone, Heyman e Logarzo marcaram para a Austrália, Gorry e Kennedy perderam. BRASIL: Bárbara; Fabiana (Poliana), Rafaelle, Mônica, Tamires; Thaisa (Andressinha), Formiga, Marta; Andressa Alves, Debinha, Bia. T: Vadão. AUSTRÁLIA: Lydia Williams; Catley (Logarzo), Alleway, Kennedy, Foord; Kellond-Knight, Gorry, Van Egmond, Kerr (Drummer), De Vanna (Polkinghorne); Simon (Heyman). T: Stajcic.

Pitacos sobre a Rio 2016

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Pertinentes conservações:

  • COMEÇOU A VINGANÇA! Brasil 33×30 Alemanha, na Arena do Futuro. Primeira vitória do handebol brasileiro sobre seleção europeia em Olimpíada.
  • BOXEADORES com excesso de testosterona estão bolinando camareiras na Vila Olímpica. O jeito será mandar as arrumadeiras pro prédio dos ginastas e contratar os beques do Vasco e do Madureira pra arrumar o quarto dos lutadores.
  • HALTEROFILISMO feminino é o que mais aprecio na Olimpíada. Me emociono, só de saber que todas aquelas mulheres podem me carregar no colo.
  • LULOPETISTAS estão em campanha nas redes sociais pra entregar a Lulla e Dillma o ouro conquistado por Rafaela Silva. Até parece que os chefões do PT ralaram por ele. Conversa fiada. Responsáveis foram os pais da judoca, que a encaminharam para o esporte. O técnico Geraldo Bernardes, que não só a treinou, como pagou as despesas dela no começo da carreira. O Instituto Reação, criado por Flávio Canto e mantido pela IBM, que deu condições pra ela treinar. A Marinha do Brasil, que a incorporou a seus quadros, dando-lhe segurança financeira. A noiva, Thamara, que cuida da casa e dos cachorros enquanto a judoca cumpre sua agenda. E nós, contribuintes, que pagamos impostos, fonte dos subsídios estatais aos atletas de alta performance brasileiros.

Brasil 4×0 Dinamarca: Pra irritar meio mundo

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

BRASIL 4×0 DINAMARCA, 10ago16qua22h. TEMPO: céu limpo, temperatura 25º, vento 15 Km/h, umidade 74%. LOCAL: Fonte Nova (50 mil), Salvador. MOTIVO: 3º rodada, fase de grupos, Olimpíada 2016.  TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Fox, Iespien, Band. PÚBLICO: 40.000. ARBITRAGEM: Alireza Faghani, Reza Sikhandan, Mohammadreza Mansouri (Irã). AMARELOS: Jesus, Maxso. GOLS: Gabigol, 26, Jesus, 40, Luan, 49, Gabigol, 80. BRASIL: Weverton; Zeca (William), Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Neymar, Luan Gabriel Jesus, Gabigol. T: Rogério Micale. Dinamarca: Højbjerg; Desler (Kasper Larsen), Edi Gomes, Pascal Gregor, Blåbjerg; Andreas Maxsø, Jens Jønsson; Frederik Børsting (Nielsen), Lasse Vibe, Jacob Larsen, Nicolai Brock-Madsen. T: Niels Frederiksen.