Arquivo da Categoria ‘Olimpíadas’

É Bronze, Brasil!

sábado, 17 de agosto de 2019

MEDALHISTAS de Bronze ahydaram o Brasil a recuparar a segunda posição no Pan e merecem ser lemvrados.

  1. Gustavo Casado, patinação artística
  2. Paulo Ricardo, taekwondo, 58kg
  3. Equipe de Ginástica Artística feminina
  4. Jacqueline Mourão, mountain bike
  5. Julio Almeida, tiro esportivo, pistola de ar 10m
  6. Vagner Souto, canoagem velocidade, K1 1000
  7. Ana Paula Vergutz, canoagem velocidade, K1 500
  8. Flavia Saraiva, ginástica artística, individual geral
  9. Equipe de Adestramento, hipismo
  10. Maicon Andrade, taekwondo, +80kg
  11. Raiany Fidelis, taekwondo, +67kg
  12. Priscila Oliveira e Isabela Abreu, pentatlo moderno, revezamento feminino
  13. Mariana Nep, esqui aquático, wakeboard
  14. Carol Horta e Ângela, vôlei de praia, feminino
  15. Roberto Schmits, tiro esportivo, fossa olímpica
  16. Abner Teixeira, boxe, 91kg
  17. Flavia Figueiredo, boxe, 75kg
  18. Flavia Saraiva, ginástica artística, solo
  19. Equipe Velocidade em Pista Masculina, ciclismo
  20. Fabricio Farias e Francielton Farias, duplas badminton
  21. Samia Lima e Jacqueline Lima, badminton, duplas
  22. Tamires Santos e Fabiana Silva, badminton, duplas
  23.  Fabricio Farias e Jacqueline Lima, badminton, duplas mistas
  24. Equipe de Saltos Ornamentais Sincronizados, plataforma 10m
  25. Natalia Gaudio, ginástica rítmicam individual geral
  26. Equipe Ginástica Rítmica, feral
  27. Duplas femininas – Tênis, Carol Meligeni/Luisa Stefani
  28. Erica Sena – Atletismo, marcha atlética 20km feminino
  29. Nicole Pacelli – Surfe, SUP wave feminino
  30. Viviane Jungblut – Maratonas Aquáticas, 10km feminino
  31. Felipe Borges – Canoagem Slalom, C1 masculino
  32. Carlos Parro – Hipismo CCE, individual
  33. Conjunto (5 bolas) – Ginástica Rítmica
  34. Vôlei masculino
  35. Bia Bulcão, esgrima, florete
  36. Seleção Masculina de Handebol
  37. Jessica Yamada e Bruna Takahashi, tênis de mesa, duplas
  38. Fernanda Martins – Atletismo, Disco Feminino
  39. Luiz Altamir Melo – Natação 400m livre
  40. Vitoria Rosa – Atletismo, 100m rasos feminino
  41. Bruna Takahashi – Tênis de mesa, individual feminino
  42. Nathalie Moellhausen – Esgrima, espada individual F
  43. Larissa Oliveira – Natação, 200m livre F
  44. Vinicius Lanza – Natação, 100m borboleta M
  45. Leonardo de Deus – Natação, 200m costas M
  46. Giaretton, Campos, Moreira e Fontouram remo, 4 sem
  47. Uncas Tales e Lucas Verthein, remo, duplo skiff 
  48. Etiene Medeiros, natação, 100m costas
  49. Larissa Oliveira – Natação, 100m livre F
  50. Viviane Jungblut – Natação, 800m feminino
  51. Giullia Penalber – Wrestling, 57kg livre F
  52. Filipe Otheguy – Pelota Basca, individual M
  53. Equipe Karatê Kata Feminina
  54. Equipe Karatê Kata Masculina
  55. Gabriela Nicolino e Samuel Albrecht, iatismo, Nacra 17
  56. Lais Nunes, luta greco-romana, 62kg
  57. Jeferson Santos, judô, 73kg
  58. Brandonn Almeida , natação, 400m medley
  59. Equipe Revezamento Feminino 4x200m livre, natação
  60. Equipe Polo Aquático Feminina
  61. Eduardo Rodrigues, atletismo, 110m com barreiras
  62. Equipe Masculina de Tênis de Mesa.
  63. Juliana Duque e Rafael Martins, iatismo, Snipe
  64. Jessica de Paula, karatê, 50kg
  65. Aléxia Castilhos, judô, 63kg
  66. Equipe Polo Aquático Masculina
  67. Leonardo Santos – Natação, 200m medley M
  68. Equipe Revezamento 4x100m Medley Feminino, natação
  69. Beatriz Souza, judô, +78kg
  70. David Moura, judô, +100kg
  71. Vinicius Figueira, karatê, kumite, 67kg

A Prata do Brasil

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

O BRASIL voltou a ser a segunda força dos jogos pan-americanos, depois de 56 anos. Os medalhistas de prata deram grande contribuição [ara esta retomada de posição. Ei-los:

  1. Vittoria Lopes, triatlo, individual feminino
  2. Manoel Messias, triatlo, individual masculino
  3. Talisca Reis, taekwondo, 49kg
  4. Henrique Avancini, ciclismo, mountain bike
  5. Ícaro Miguel , taekwondo, 80kg
  6. Arthur Nory, ginástica artística, individual geral
  7. Arthur Zanetti, ginástica artística, argolas
  8. Marcelo Suartz, boliche, individual masculino
  9. Caio Souza, ginástica artística, paralelas
  10. Arthur Nory, ginástica artística, barra fixa
  11. Keno Marley, boxe, 81kg
  12. Jucielen Romeu, boxe, 57kg
  13. Vinnicius Martins, surfe, sup race masculino
  14. Hebert da Conceição, boxe, 75kg
  15. Caio Bonfim , atletismo, marcha atlética 20km
  16. Equipe de Hipismo, cce
  17. Barbara Domingos, ginástica rítmica, fita
  18. Gustavo Tsuboi e Bruna Takahashi, tênis de mesa, duplas mistas
  19. Andressa Morais, atletismo, disco
  20. Altobeli Santos, atletismo, 5.000m
  21. Fernando Scheffer, natação 400m livre
  22. Equipe de Feminina, natação, revezamento 4x100m livre
  23. Paulo Andre Oliveira, atletismo, 100m rasos
  24. Magno Nazaret, ciclismo pista, contra relógio
  25. Breno Correia, natação, 200m livre
  26. Equipe Mista, natação, 4x100m livre
  27. Guilherme Guido, natação, 100m costas
  28. Miguel Valente, natação, 800m livre
  29. Dois Sem Masculino, remo
  30. Paola Reis, ciclismo, BMX Racing
  31. Anderson Ezequiel, ciclismo, BMX Racing
  32. Vitoria Rosa, atletismo, 200m rasos
  33. Equipe Masculina de Esgrima, florete
  34. Daniel Cargnin, judô, 66kg
  35. Bruno Fontes, iatismo, Laser
  36. Aline Silva , luta greco-romana, livre 76kg
  37. Leonardo Santos, natação, 400m medley
  38. Augusto Dutra, atletismo, salto com vara
  39. Biekarck, G Ficker, L Ficker , iatismo, Ligthning
  40. Equipe Feminina de Tênis de Mesa
  41. Caio Pumputis, natação, 200m medley
  42. Equipe Masculina de Revezamento 4x100m medley, natação
  43. Hernani Veríssimo, karatê, kumite, 75kg
  44. Douglas Brose, karatê, kumite,  60kg
  45. Marcus D’Almeida, tiro com arco, individual

Ouro do Brasil

terça-feira, 13 de agosto de 2019

COM 55 OUROS NO PAN, o Brasil voltou a ser a 2ª força das Américas, após 56 anos.

Forças Armadas são as principais patrocinadoras dos atletas brasileiros.

Eis os campeões:

  1. Patrícia Freitas, iatismo, RS:X feminina
  2. Marco Grael e Gabriel Borges, iatismo, 49er
  3. Martine Grael e Kahena Kunze, iatismo, 49erFX
  4. Bruno Lobo, iatismo, Fórmula Kite
  5. Matheus Dellagnelo, iatismo, Sunfish
  6. Equipe feminina, handebol
  7. Equipe feminina, basquete
  8. João Menezes, tênis
  9. Hugo Calderano, tênis de mesa
  10. Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi, tênis de mesa, duplas masculinas
  11. Lena Guimarães, surfe, Stand Up Paddle
  12. Chloé Calmon, surfe, longboard
  13. Darlan Romani, arremesso de peso
  14. Alisson Santos, atletismo, 400m com barreiras
  15. Equipe feminina revezamento 4×100, atletismo
  16. Equipe masculina revezamento 4×100, atletismo
  17. Altobelli Silva, atletismo, 3.000m com obstáculos
  18. Ederson Pereira, atletismo, 10.000 m
  19. Ygor Coelho, badminton
  20. Beatriz Pereira, boxe, categoria até 60 Kg
  21. Isaquias Queiroz, canoagem C1
  22. Ana Sátila, canoagem slalom, canoa C1
  23. Ana Sátila canoagem slalom, extremo K1
  24. Pepê Gonçalves, canoagem slalom, caiaque C1
  25. Pepê Gonçalves, canoagem slalom, extremo K1
  26. Valéria Kumizaki, caratê, 55 Kg
  27. Marlon Zanotelli, hipismo, saltos.
  28. Equipe, hipismo, saltos
  29. Equipe masculina, ginástica artística
  30. Caio Souza, ginástica artística, individual geral
  31. Francisco Barreto, ginástica artística, barra fixa
  32. Francisco Barreto, ginástica artística, cavalo com alça
  33. Equipe aros e maças, ginástica rítmica
  34. Renan Torres, judô, até 60 Kg
  35. Larissa Pimentel, judô, até 52 Kg
  36. Mayra Aguiar, judô, 1yé 78 Kg
  37. Rafaela Silva, judô, até 57 Kg
  38. Eduardo Yudy, judô, até 81 Kg
  39. Fernando Reis, levantamento de peso, 109 Kg
  40. Ana Marcela Cunha, maratona aquática
  41. Bruno Fratus, natação, 50m livres
  42. João Gomes Jr, natação, 100m peito
  43. Etiene Mederios,natação, 50m livres
  44. Leonardo de Deus, natação, 200m borboleta
  45. Marcelo Chiareghini, natação, 100m livres
  46. Equipe mista 4×100 medley, natação
  47. Equipe masculina 4×200 livres, natação
  48. Guilherme Costa, natação, 1,500m
  49. Equipe masculina revezamento 4×100, natação (Breno Correia, Marcelo Chierighini, Bruno Fratus, Pedro Spajari)
  50. Fernando Scheffer nos 200 metros livre.
  51. Bruna Wurts, patinação artística
  52. Milena Titoneli, taekwondo, 67 Kg
  53. Edival Pontes, taekwondo, 68 Kg
  54. Equipe de revezamento mista, triatlo
  55. Luisa Baptista, triatlo

Quadro de medalhas

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Discutir quadro de medalhas de Olimpíada é coisa de gente tacanha, assim tipo jornalista e palpiteiro de rede social.

Basquete, vôlei e futebol, somados, dão um terço das medalhas do ping-pong. Dá pra levar a sério? Não dá, mas dá pra brincar…

Inventando uns clássicos, com placares lastreados em medalhas de ouro.

  • Brasil 7×3 Argentina
  • Japão 12×9 Coréia do Sul
  • Estados Unidos 46×26 China
  • Grã Bretanha 27×17 Alemanha
  • Colômbia 3×0 Venezuela
  • Uzbequistão 4×3 Cazaquistão
  • Jamaica 6×5 Cuba
  • Croácia 5×2 Sérvia
  • Quênia 6×1 Etiopia
  • Canadá 4×0 México
  • Itália 8×7 Espanha
  • Hungria 8×8 Holanda
  • Rússia 19×10 França
  • Austrália 8×4 Nova Zelândia
  • Eslováquia 2×1 República Tcheca
  • Bolívia 0x0 Equador
  • Peru 0x0 Butão

Últimos pitacos olímpicos

domingo, 21 de agosto de 2016

OURO no Vôlei. Brasil 3×0 Itália. Wallace, que a CBV roubou do Sada Cruzeiro, é o melhor do mundo.

“NEYMAR é mega, mas é muito do bem”, disse Luiz Roberto, narrador da Globo. É isso aí, seja lá o que for isso aí.

PEREZ, maratonista cubano, cruzou a linha, em 40º lugar, com uma faixa “I love Jesus”. Comunistas brasileiros vão cortar os pulsos.

A FAMÍLIA do Alemão Stefan Henze autorizou a doação dos órgãos do técnico de canoagem, morto em acidente de carro no Rio. O coração do treinador já está batendo no corpo de uma brasileira, após um transplante bem sucedido nas últimas horas.

Outros pitacos olímpicos

sábado, 20 de agosto de 2016

Vi, ouvi e li:

  • MORENOS PRA SEMPRE! Por onde andam aqueles brasileiros que ficaram 2 anos babando os 7×1, na vã esperança de ficarem louros? Deu ruim, hem?
  • ALYSON FELIX, minha velocista favorita, conquista seu segundo ouro no revezamento. Vai correr bonito assim lá em casa!
  • POLIANA OKIMOTO, nadadora brasileira de águas abertas, tinha medo de nadar no mar e ser comida por tubarão. Perdeu o medo, mas sofreu hipotermia e teve de abandonar a prova, na Olimpíada de Londres. Agora, no Rio, conquistou medalha. Insistir é preciso.
  • WILLIAN, levantador do Cruzeiro, fez defesa monumental no lance do ponto da vitória do Brasil sobre a Argentina. 3×1! Estaremos na final!
  • FABIENNE SAINT LOUIS, 28 anos, triatleta das Ilhas Maurício, foi diagnosticada com um câncer na glândula salivar, em dezembro. Às vésperas da Olimpíada, passou por duas cirurgias pra retirada do tumor e de células cancerígenas. Complicações no segundo procedimento atrapalharam ainda mais a sua corrida contra o tempo. Ela sofreu paralisia facial nos meses seguintes e ficou sem movimentos no lado direito do rosto. Perguntada por que participou da Olimpíada durante sua recuperação, Fabienne disse: “Estou aqui porque amo meu esporte, me qualifiquei pra estar aqui e sacrifiquei 4 anos da minha vida. Esta é a mensagem que eu quero passar. Nós temos que lutar até o fim.” (Veja, 19abr16)

E vc, olímpico leitor, o que tem pra contar?

Brasil 1/5x 1/4 Alemanha: Aqui, é campeão de tudo!

sábado, 20 de agosto de 2016

BRASIL 1/5×1/4 ALEMANHA, 20ago16sab17h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 16 Km/h, umidade 73%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: Final do torneio olímpico 206. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Iespien, Fox. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Alireza Faghani, Reza Sikhandan, Mohammadreza Mansouri (Irã). AMARELOS: Zeca, Gabigol (B); Selke, Prömel, Sven Bender, Süle (A). GOLS: Neymar, 26 (f), Meyer, 58. PÊNALTIS: Renato Augusto, Marquinhos, Rafinha, Luan e Neymar converteram (B); Ginter, Gnabry, Brandt e Süle converteram. Petersen desperdiçou (A). BRASIL: Weverton; Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Rafinha), Gabigol (Felipe Anderson), T: Rogério Micale. ALEMANHA: Horn; Klostermann (Christiansen), Süle, Ginter, Toljan; Sven Bender, Lars Bender (Prömel), Meyer, Brandt; Selke (Petersen), Gnabry. T: Horst Hrubesch.

Brasil 1×2 Canadá: Nem bronze, Galvão!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

BRASIL 1×2 CANADÁ, 19ago16sex13h. TEMPO ensolarado, temperatura 25º, vento 8 Km/h, umidade 57%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Disputa do 3º lugar do torneio olímpico de futebol feminino. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Fox, Band, Iespien. PÚBLICO: 39.718.  ARBITRAGEM: Teodora Albon (Romênia), Petruta Iugulescu (Romênia), Maria Sukenikova (Eslováquia). AMARELOS: Marta, Andressa, Rafaelle. GOLS: Rose, 25, Sinclair, 52. BRASIL: Bárbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica, Tamires (Erika); Thaisa, Formiga; Marta, Andressa (Poliane); Cristiane (Debinha), Beatriz. T: Vadão. CANADÁ: Stephanie Labbé; Josee Belanger, Buchanan, Shelina Zadorsky, Ashley Lawrence; Matheson (Sophie Schmidt), Desiree Scott, Jessie Fleming, Rose (Chapman); Melissa Tancredi (Janine Beckie), Christine Sinclair. T: John Herdman.

Brasil 6×0 Honduras: Galvão vai narrar final?

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

BRASIL 6×0 HONDURAS, 17ago16qua13h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 29º, vento 12 Km/h,  umidade 55%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. ARBITRAGEM: Ovidiu Hategan, Octavian Sovre, Sebastian Gheirghe (Romênia). AMARELOS: Rodrigo Caio, Acosta, Vargas, Palacios, Paz, Espinal. GOLS: Neymar, 18 seg, Jesus, 20 e 34, Marquinhos, 50, Luan, 78, Neymar, 91. BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio (Luan Vasco, 57),  Douglas Santos; Wallace, Renato Augusto (Rafinha, 75); Gabigol, Luan, Neymar, Gabriel Jesus (Felipe Anderson, 68). HONDURAS: Luis López, Paz, Marcelo Pereira, Allans Vargas (Salas, 46), Brayan García; Jhonny Palacios, Bryan Acosta (Allan Banegas, 72), Alberth Elis; Romell Quioto, Antony Lozano (Benevidez, 46). T: Jorge Luis Pinto.

Brasil 2×0 Colômbia: Deu ruim pros secadores

sábado, 13 de agosto de 2016

BRASIL 2×0 COLÔMBIA, 13ago16sab22h. TEMPO: Céu limpo, temperatura 14º, sem vento, umidade 80%. LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: Quartas de final da Olimpíada 2016. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, Band, Fox, Iespien. PÚBLICO: 41.560 pagantes. ARBITRAGEM: Cuúneyt Cakir, Bahõttin Duran, Tarik Ongun (Turquia). AMARELOS: Neymar, Palacios, Barrios, Lerma, Preciado, Miguel Borja, Gutierrez. GOLS: Neymar, 11, (f), Luan, 82. BRASIL: Weverton, Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos, Douglas Santos; Walace, Renato Augusto; Luan Neymar, Gabigol (Thiago Maia), Gabriel Jesus (Rafinha). T: Rogério Micale. COLÔMBIA: Cristian Bonilla, Helibelton Palacios, William Tesillo, Deivy Balanta, Cristian Borja; Wilmar Barrios (Sebastián Pérez), Jefferson Lerma, Andres Roa (Rodriguez), Harold Preciado (Miguel Borja); Dorian Pabón, Teófilo Gutiérrez. T: Carlos Alberto Restrepo.