Arquivo da Categoria ‘Números’

O fracasso da torcida celeste

quinta-feira, 9 de maio de 2019

THIAGO CINCO ESTRELAS

URGE repensar essa questão de ingressos. Infelizmente, o Cruzeiro está cada vez mais distante dos times do Eixo, e comparado aos gaúchos, perde de lavada também. Eis os 10 dez clubes com maiores arrecadações na bilheteria em 2019 (média de público, arrecadação em milhões, ticket médio)

  1. Corinthians 33.351 — R$22.3 — R$49
  2. Flamengo 44.048 — R$20.2 — R$35
  3. Palmeiras 28.496 — R$19.4 — R$56
  4. São Paulo 25.775 — R$17.2 — R$55
  5. Inter 24.956 — R$13.3 — R$44
  6. Grêmio 22.139 — R$11.9 — R$44
  7. Vasco 14.862 — R$8.9 –  R$40
  8. Mineiro 21.252 — R$8.6 — R$27
  9. Cruzeiro 21.120 — R$6.3 — R$27
  10. Bahia 20.912 — R$6.2 — R$19

Inter e Grêmio, que a esra altura da temporada, têm o mesmo calendário que o Cruzeiro, arrecadaram o dobro em bilheteria. No Brasileiro, enquanto o ticket médio de Inter e Grêmio é de R$48 e R$42, o do Cruzeiro é de R$14. E, mesmo assim, os gaúchos têm o dobro de média de público na competição.

A casa está desabando

terça-feira, 16 de abril de 2019

CRUZEIRO já tem o balanço de 2018 pronto. E ele mostra que o clube corre em direção à bancarrota.

Zezé deixou dívida de R$96 milhões. Gilvan, de R$384 milhões. Pires de Sá, em seu primeiro ano de mandato, colocou-a em R$520 milhões.

O cube teve prejuízo de R$28 milhões em 2018, mesmo conquistando dois títulos. E, pra amenizar o problema, a venda do Arrascaeta entrou no balanço, como tendo sido feita em 2018.

Além de alta, a dívida tem péssimo perfil. Cresce absurdamente devido aos juros dos bancos e dos credores. 

Solução? Nenhuma. Ou que nenhuma. O torc dor não se associa e não vai a campo. O modelo de jogo do time exige jogadores caros e experientes, sobrando pouco espaço pra revelações, com valor no mercado internacional. 

E Conselho Deliberativo, que deveria fiscalizar a administração, já foi cooptado, e não age nem reage a mais nada. Em breve, restarão duas possibilidades apenas: o rebaixamento ou a venda do patrimônio. 

Cruzeiro, Digi+ e os números pra lá de otimistas

quarta-feira, 6 de março de 2019

CRUZEIRO deu,  nesta quarta, o pontapé inicial da parceria com a Digi+, conta virtual do Banco Renner.

O contrato de 5 anos renderá ao clube R$11 milhões e mais 50% dos lucros que o banco obtiver com as adesões à conta. 

O Cruzeiro informou ao banco possuir 10  milhões de torcedores e o banco estima conseguir 1 milhão de novas contas.

O número de torcedores é uma piada na qual todo cube finge acreditar. Dez milhões de verdade, se tanto, devem ter Flamengo e Corinthians. O Cruzeiro não tem a metade.

Quanto ao número de contas a serem abertas, faz parte do marketing o exagero. 

Empréstimo de R$300 mi aprovado pelo Conselho

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

CONSELHO DELIBERATIVO aprovou, na noite desta segunda, 11Fev, empréstimo de R$300 milhões para quitação das dívidas urgentes do Cruzeiro.

  • A taxa é 0,65 que passa a 0,85%, com os seguros. É metade das taxas atuais, que são de 1,7%.\
  • Empréstimo terá de ser quitado em 5 anos, com 18 meses de carência.
  • Pires de Sá assinou documento garantindo que o dinheiro só será usado para quitação de dívidas pretéritas.
  • O patrimônio do clube não será envolvido na negociação.
  • O diretor financeiro fez uma explanação perfeita da conjuntura financeira do clube.
  • Presidente da Cbf já havia convocado Pires de Sá pra informar sobre a iminência de punições da Fifa ao clube.
  • A punição mais branda seria a proibição de registro de contratos. Nem contratos dos jogadores da base poderiam ser registrados.
  • A punição mais drástica seria o rebaixamento do clube.
  • Os conselheiros compareceram maciçamente e apenas um deles votou contra o empréstimo.
  • Uma comissão será formada pra acompanhar o uso do dinheiro emprestado.

Foi a melhor solução para este momento terrível. Mas o gerenciamento do uso dos recursos é que vai garantir o futuro do clube.

O empréstimo

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

PIRES DE SÁ falou à Itatiaia sobre o empréstimo para o qual pede aprovação do Conselho Deliberativo do Cruzeiro:

  • O empréstimo é de R$300 milhões;
  • O credor será estrangeiro;
  • Os juros serão de 0,9% contra os 1,7% pagos atualmente;
  • O Cruzeiro trocará todas as dívidas atuais por uma só;
  • A garantia serão os recebíveis, não o patrimônio;
  • Liquidando dívidas na Fifa, o Cruzeiro fica livre de sanções esportivas, como rebaixamento. 

São aspectos positivos, sem dúvida.

Mas comp gestores do futebol brasileiro carecem de credibilidade, ficam algumas dúvidas:

  • Em que moeda será feito o empréstimo: dólar, euro ou real?
  • Qual é a garantia de que os recursos não serão desviados para contratações e salários mastodônticos?
  • Quem faz a intermediação do empréstimo e quanto recebe pelo serviço? 
  • Haverá planejamento no clube para se garantir que o empréstimo seja gradualmente quitado, sem virar uma bola de neve?
  • Quem fiscalizará o contrato? Ou tudo ficará por conta da tesouraria descontrolada do futebol? 

O ganhame dos caboclos

sábado, 2 de fevereiro de 2019

SALÁRIOS, conforme minha imaginação: 

Mano, 800, Dedé, 800, Fred, 800, Neves, 800, Rodriguinho, 600, Dodô, 600, Fábio, 450, Henrique, 450, Robinho, 400, Edílson, 400, Lucas, 400, M Gabriel, 350, Egídio, 300, Cabral, 300, Leo, 300, Romero, 300, Cabral, 300, Rafinha, 250, David, 250, Jadson, 200, Rafael, 200, Orejuela, 200, Itair, 200, Sassá, 150, Raniel, 150, Lobo, 150, Serginho, 100, Kayzer, 50, Ederson, 50, Murilo, 50, Fabruno, 50, R Santos, 50, Cacá, 30, Eudes, 30 etc. 

Repito: é só imaginação. Cabe ao contabilista leitor me contestar.

Enlouqueci? 

Esfregue as mãos, Acreano!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

ARRASCAETA custou R$76,25 milhões ao Flamengo, que ficará com 70% dos direitos econômicos do atleta. O Cruzeiro receberá R$55,2 milhões, pois detém 50% em parceria com o comerciante Pedro Lourenço do Supermercados BH. Os restantes 20% (R$21,25 milhões) continuarão com o Defensor. O uruguaio assinou contrato de cinco anos.

O Cruzeiro receberá a primeira parcela (R$29,75 milhões) do pagamento em janeiro. A segunda, de R$12,75 milhões, vencerá em junho e a terceira, também de R$12,75 milhões, em dezembro.

A dívida de R$3 milhões do Cruzeiro com o Flamengo pela compra de 60% dos direitos econômicos de Mancuello foi mantida. O Flamengo também não assumiu a dívida de R$5 milhões do Cruzeiro com o Defensor, nem a de R$14 milhões do Cruzeiro com o Atenas.

Afora estas dívidas, o Maior de Minas pagará ao parceiro Pedrinho R$22 milhões. No fim das contas, sobrarão R$11,2 milhões limpos para o Cruzeiro. Será que, com esse tutu, o arrojado Itair paga ao menos o pobre Acreano?

Arrascaeta já tem preço

sábado, 5 de janeiro de 2019

ARRASCAETA já tem preço. Segundo Itair Machado custará ao Flamengo R$42,3 milhões mais a dívida de R$17 milhões com Defensor e Atenas. Ao todo, R$60 milhões pelos 50% dos direitos econômicos do uruguaio pertencentes do Cruzeiro.

A outra metade continuaria sendo do Defensor. O Cruzeiro pagará R$20 milhões ao empresário Pedro Lourenço, que em janeiro de 2015 bancou metade dos R$12 milhões que custou o jogador.

Supondo-se que o Flamengo aceite a proposta, resta saber que substituiria o uruguaio: David, Rafinha ou Kayzer.  Ou o Cruzeiro deveria buscar outro atleta no mercado? Quem?

Duelos

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

PONTOS que o Cruzeiro conquistou no Brasileiro:

  • [[[6]]] América, Santos
  • [[[4]]] Paraná, Botafogo, Vitória, Sport
  • [[[3]]] Paranaense, Chapecoense, Corinthians, Palmeiras, Fluminense, Vasco, Ceará.
  • [[[2]]] Internacional.
  • [[[1]]] Grêmio, Mineiro,
  • [[[0]]] São Paulo, Flamengo.

Alguma surpresa? Podia ter sido melhor?Quais foram os pontos mais beatamente desperdiçados?

Ranking PHD dos campeões

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

O Palmeiras venceu o principal torneio de 2018. Mas o Cruzeiro conquistou duas taças.

Sampaio foi rebaixado da B pra C, mas faturou a Lampions. Flamengo, Saumpaulo, Franga, Vasco, Flu, Santos e Inter ficaram no “Ora, vejam!”.

E, então, quem  foi o maior campeão? PHD propõe um ranking:

  • Estadual, 1 ponto;
  • Copa estadual, 1 ponto;
  • Estadual com time da Série C;
  • Estadual com times da Série B, 3 pontos;
  • Estadual com times da Série A, 5 pontos;
  • Estadual, com times da A e da B, 8 pontos;
  • Regional, 2 pontos;
  • Regional com times da Série B, 4 pontos;
  • Regional com times da Série B, 6 pontos;
  • Regionals com times da A e da B, 9 pontos;
  • Recopa Sul-americana, 5 pontos;
  • Sul-americana, 10 pontos;
  • Libertadores, 20 pontos;
  • Mundial, 25 pontos;
  • Copa do Brasil, 12 pontos;
  • Brasileiro D, 5 pontos;
  • Brasileiro C 7 pontos;
  • Brasileiro B, 10 pontos;
  • Brasileiro A, 17 pontos.

Às contas, moçada!