Arquivo da Categoria ‘Mineiro 2015’

Cruzeiro 1×2 AtléticoMG: Faltou caráter

domingo, 19 de abril de 2015

CRUZEIRO contra AtléticoMG, jogo de volta das semifinais do Mineiro 2015, no Mineirão, às 16h de 19abr15.

CLASSIFICAÇÃO: O Cruzeiro terminou a fase classificatória em 2º lugar, com 24 pontos. O Atlético-MG, em 3º, com 22. Como empatou o primeiro jogo das semifinais no campo do América, o Cruzeiro precisa de outro empate, hoje, pra chegar às finais.

RESERVAS do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Mayke, Mena (L), Manoel (B), Charles, Eurico (V), Gabriel Xavier (M), Henrique Dourado, Joel, Judivan (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Willian Farias, Ceará, Dedé, Júlio Baptista e Marcos Vinícius, lesionados.

PENDURADOS no Cruzeiro: Henrique, Leandro Damião, Leo Simões e Willian.

RESERVAS do AtléticoMG: Giovanni (G), Patric (L), Tiago (B), Pedro Botelho (L), Eduardo, Josué (V), Cárdenas, Guilherme, Dodô, Maicosuel (M), Jô (A), Thiago Ribeiro (A).

AUSENTES no Atlético-MG: Leonardo Silva, suspenso, Marcos Rocha e Lucas Cândido, lesionados.

PENDURADOS no AtléticoMG: Josué, Luan, Marcos Rocha e Rafael Carioca.

O JOGO

15h55 Times em campo, com uniformes tradicionais.

16h COMEÇA o jogo. Cruzeiro à direita das tribunas, AtléticoMG dá a saída.

01 Alisson avança pela esquerda, Edcarlos cede corner.

02 Franga responde com Luan, pela direita. Fabrício protege a saída da bola pela linha de fundo.

03 FUMAÇA azul atrapalha visão do campo.

03’30” Cruzeiro ataca pela esquerda, Alisson está impedido.

04 Carlos tenta tenta desviar centro da esquerda, com o calcanhar. E erra.

05 Luan lança Pratto, que mata no peito e chuta. Fábio encaixa.

06 Arrascaeta entra na área, Jamerson chuta a bola, uruguaio cai na área, juiz manda seguir.

07 TRICAMPEÃO. Cruzeiro campeão da Superliga de Vôlei deu volta olímpica no Mineirão, antes do clássico.

08 Cruzeiro vai cobrar corner na direita.

09 Damião finaliza de puxeta, dentro da área emplumada. Bola não vai ao gol.

10 Carlos César vai ao fundo, centra, Lucas Pratto finaliza, com algum perigo.

11 GOL Willian, de carrinho, apanha uma bola na lateral do campo, pela direita, e cruza. Alisson cabeceia, goleiro franga dá rebote, Arrascaeta manda bola pra rede, CRUZEIRO 1×0.

12 Em 13 jogos com a azul estrelada, Arrascaeta marcou cinco gols e deu três assistências.

13 DESANIMADAS. Frangas sentadas e caladas na arquibancada

14 PRESSÃO Leo Simões cabeceia bola de escanteio e quase amplia o placar.

15 Franga sofre com a bola aérea. Quase toma outro gol de bola cruzada.

16 MINEIRÃO foi palco 231 rapocotas. O Cruzeiro venceu 84, empatou 73, perdeu 74, marcou 272 gols, sofreu 251.

17 Cruzeiro toca bola, Franga tenta jogar em velocidade.

18 Franga rouba a bola na meiuca, Luan Joaninha tenta cruzar, Paulo André bloqueia. Bola vai pra esquerda, Carlos centra, Fábio tira de soco. Na sequência, defesa celeste atrapalha chute de Luan Joaninha.

19 NOVO MINEIRÃO foi palco de 67 partidas do Cruzeiro, que venceu 51, empatou 10, perdeu 6, marcou 153 gols, sofreu 48 e teve aproveitamento de 81%.

20 Luan cruza, Paulo André corta de cabeça.

21 Carlos César cruza, Fábio corta.

22 Cruzeiro adianta marcação. Jogo equilibrado.

23 AMARELO. Victor, por cera e reclamação.

24 Luan Joaninha e Leandro Damião dividem bola e se estranham. Bola sai pela lateral.

25 Pratto é derrubado por Willians. Franga ganha falta.

16 HEBER ROUBERTO manda repetir a falta, mal cobrada por Luan Joaninha.

27 AMARELO. Arrascaeta, por sair da barreira antes da cobrança de Joaninha.

28 Pratto cobra, bola bate na barreira e nada acontece.

29 Alisson tenta jogada pela esquerda, Edcarlos toma-lhe a bola.

30 Escanteio a favor da Franga, na esquerda.

31 Carlos cabeceia bola de escanteio, com perigo.

32 Douglas Santos e Carlos tabelam, Henrique cede corner.

33 Damião é derrubado na meiuca.

34 Willians dá duro em Dátolo, que pede falta. Heber Rouberto manda seguir o lance.

35 Chuva miúda no Mineirão.

36

37

38 Pratto tenta alcançar a bola, com carrinho, mas perde dividida. Pra Leo Simões.

S9 Franga tenta pela direita com Luan Joaninha, Fabrício acaba com a jogada.

40 Fábio defende bola aérea e a repõe logo.

41 Henrique fura na tentativa de chutar a gol.

43 Willian arranca, Jemerson carrinha e rouba a bola. Torcida pede pênalti, Heber Rouberto manda seguir o jogo.

42 Willian cortou supercílio na jogada com o beque da Franga.

43 Damião chuta a gol, bola desaparece no espaço.

44 Willian divide com Dátolo, corta o supercílio e sai no carromaca.

45 Willian volta a campo com hematoma no rosto e será avaliado no intervalo.

45’30” Willians vai pra rachar Leandro Donizete. Todo mundo quer briga.

46 AMARELO pra Willians.

47 Falta cobrada, Edcarlos sobe muito, cabeceia, mas erra o alvo.

48 FIM do 1º tempo.

LEANDRO DONIZETE: “Na hora de subir, meu braço pegou nele e o dele em mim. Eu xinguei ele e ele me xingou.”

INTERVALO

17h Times voltam a campo

17h02 TROCAS. Alisson x Marquinhos, Leandro Donizete x Guilherme.

17h03 GUILHERME: “Vou tentar encontrar um companheiro em condição de gol”.

17h04 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

46 Damião comete falta em Carioca, na meiuca.

47 Dátolo tenta lançamento, bola bate nas costas de Luan Joaninha.

48

49 Lançamento pra Fabiano na direita, bola sai pela lateral.

50  Pratto cruza buscando Luan Joaninha, bola sai pela linha de fundo.

51 Marquinhos centra rasteiro, da direita, Jamerson manda pra lateral.

52 Guilherme vai de sola em dividida e acerta  costelas de Henrique.

53 BLITZ. Arrascaeta centra, bola é resvalada de cabeça a vai pra Marquinhos, que chuta de Bola acerta bequeira da Franga e não vai ao alvo.

54 GOL Guilherme cruza da meiesquerda, bola desvia na bequeira celeste e fica limpa pra Lucas Pratto, que arremata de prima, sem chance pra Fábio. ATLÉTICO-MG 1×1.

55 TORCIDA celeste canta alto em apoio a seu time.

56 Arrascaeta finaliza de voleio, bola sai pela linha de fundo.

57 DEFESAÇA. Guilherme lança, Pratto arremata, Fabio faz grande defesa.

58

59 Jogo emocionante.

60 CHANCE Fábio lança, bola chega a Willian, que chuta com violência. Victor desvia pra

61 Foi o 10º chute a gol do ataque celeste.

62 Willian solta uma bomba, bola resvala numa franga e sai a escanteio.

63

64

65 Willian ajeita com o peito, Damião arremata de virada. chute sai travado, Victor defende.

66 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 12×7.

67 TORCIDA CELESTE canta alto.

68

69 VERMELHO. Fabiano, por cotovelada em Carlos, na meiuca.

70 Marcelo Oliveira dá instruções ao lateral direito Mayke.

71 TROCA. Arrascaeta x Mayke

72 Pratto chuta, bola passa por coma do travessão.

73 Damião recebe falta de Jemerson, Heber Rouberto manda seguir o jogo.

74 AMARELO. Douglas Santos

75 QUASE. Marquinhos cruza da direita, Leo Simões cabeceia, bola sai ela linha de fundo.

76

77 QUASE. Luan Joaninha corre muito, alcançar lançamento e dá toquezinho na bola. Fábio espalma pra corner.

78

79 CORRERIA, principalmente, das frangas.

80 TROCA. Dátolo x Eduardo, Carlos x Thiago Ribeiro

81 TROCA. Willian x Mena

82 Cruzeiro reforça marcação com Mena na lateral e Fabrício na volância.

83 FRANGA aposta na velocidade de Thiago Ribeiro e na altura do volante Eduardo.

84 Luan Joaninha cruza, Fábio corta.

85 CHUTE NA CARA. Edcarlos chuta o rosto de Leandro Damião, na entrada da área das frangas. Heber Rouberto é avisado da agressão pelo bandeira e pelo quarto árbitro, mas faz vistas grossas.

86 NOVE em campo. Carromaca leva Damião pra fora da cancha. Cruzeiro com apenas 9 jogadores.

87 LADRÃO! Torcida celeste diz o que pensa do juiz Heber Rouberto.

87’30”PÚBLICO. 40.362 pagantes, R$1.840.130.

88 GOL. Guilherme cruza, da meiesquerda, Pratto cabeceia forte, sem chance pra Fábio, ATLÉTICO-MG 2×1.

89 SEIS minutos de acréscimo.

90 Marquinhos vai ao fundo e centra, bola sai pela lateral.

91 AMARELO. Jemerson

92 Jemerson derruba Fabrício. Falta perigosa.

93 Fabricio cobra falta, bola na barreira.

94 FRANGA contrataca, Luan Joaninha ganha escanteio.

95 BALIZA. Thiago Ribeiro chuta rasteiro, cruzado, bola acerta o pé do poste direito.

96 FIM de jogo. Cruzeiro jogou um pouco melhor do que a franga, mas desperdiçou oportunidades e sua defesa falhou nos gols que tomou.

LUCAS PRATTO: “No 2º tempo, fomos atrás da vitória e marquei dois gols impressionantes”.

MARQUINHOS: “Foi um absurdo o que aconteceu, nem preciso falar. Por isso os jogadores estão reclamando. Teve falta no Damião, ele não marcou e saiu o gol do outro time.”

CRUZEIRO 1×2 ATLÉTICO-MG, domingo, 19abr15, 16h. TEMPO bom, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 60%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: Jogo de volta das semifinais do Mineiro 2015. TRANSMISSÃO: Globo Minas, pra todo o estado, em HD, e Premiere FC (paguepraver). PÚBLICO: 40.364 pagantes, R$1.840.130, média R$46. ARBITRAGEM: Héber Roberto Lopes (Fifa/SC), Kleber Lúcio Gil (Fifa/SC), Bruno Boschilla (Fifa/PR), Luiz Flávio Oliveira (Fifa/SP), 4ºA. AMARELOS:. VERMELHO: Fabiano (C), 62. GOLS: Arrascaeta, 11, Pratto, 61 e 88. ATLÉTICO-MG: Victor, Carlos Cesar, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca e Leandro Donizete (Guilherme, intervalo), Luan, Dátolo (Eduardo, 83) e Carlos (Thiago Ribeiro, 83), Lucas Pratto. T: Levir Culpi. CRUZEIRO: Fábio, Fabiano, Leo Simões, Paulo André e Fabrício; Willians e Henrique; Willian (Mena, 82), Arrascaeta (Mayke, 71) e Alisson (Marquinhos (intervalo); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira.

HISTÓRICO: Foi o 454º RapoCota, segundo duvidosas estatísticas oficiais. O Cruzeiro venceu 153, empatou 122 e perdeu 179, com 584 gols a favor e 643 contra. Pelo Brasileiro. foram 60 jogos. O Cruzeiro venceu 20, empatou 18, perdeu 22, marcou 81 gols, sofreu 78. Os dois clubes já se enfrentaram em 21 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 12 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14), perdeu 8 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13) e empatou uma (56). Nas duas edições da Copa dos Campeões do Mineiro, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas-de-final do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da Copa SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006 e da Copa Montevidéu 2009 e foi eliminado nas semifinais do Mineiro 2015. Na Copa do Brasil o Cruzeiro perdeu uma final. Foram 231 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 84, empatou 73, perdeu 75, marcou 273 gols, sofreu 253. Pelo Mineiro, foram 264 jogos, com 89 vitórias do Cruzeiro, 68 empates, 107 derrotas, 287 gols a favor, 336 contra.

Milho num reduto de frangas, em Campo Belo

domingo, 19 de abril de 2015
Foto de JP Anchieta.
Foto de JP Anchieta.
Foto de JP Anchieta.

Foto de JP Anchieta.

GPT recusa pedido de desculpas da Globo

sábado, 18 de abril de 2015

GPT  falou:

“Recebi informação do nosso jurídico de que o nosso presidente do TJD negou o pedido de garantia pra jogar no sábado, com o argumento de que a FMF fez chegar a ele um ofício assinado por alguém da Globo Minas dizendo que, como o AtléticoMG não aceitou jogar no sábado, não havia o acordo necessário pra mudança do dia do jogo. É um absurdo o comportamento da Federação.

Recebi um pedido de desculpas da direção maior da Rede Globo, que não vale nada. Era preciso que a emissora se posicionasse contra esse funcionário que mandou o ofício para o TJD.

Também estou indignado com a postura da FMF, com a falta de pulso de seu presidente e com o fato de ele estar favorecendo o AtléticoMG. Na semana passada, favoreceu pra dar mais descanso a seu clube. Eu concordei com ele. O critério era justo. Mas ele não podia nos prejudicar agora. Só teremos 49 horas de descanso entre os jogos de domingo e terça. Em Buenos Aires, jogamos sem descansar antes e o time não teve pernas pra  aguentar a partida. A agora Federação não respeitou seu filiado e, pela segunda semana seguida, prejudica o Cruzeiro. Vamos entrar em campo com contusões.

O presidente da FMF dá cambalhota em vitórias do AtléticoMG, posta foto com camisa do time e acha isso bonito. Não trabalho assim. Sou presidente do Cruzeiro e ninguém me vê com camisa de jogo em viagens oficiais. É preciso ter a postura que o cargo exige pra não provocar os demais filiados.

Continuaremos filiados, por enquanto, mas já estamos pensando na liga, pra sair disso. Agora estou  favorável à criação de uma liga. Já fui consultado, é assunto em pauta e vamos acelerar as conversas, porque não dá para disputar o Mineiro com um presidente desses”.

Ele fez bem em não aceitar o pedido de desculpas, mas deve aceitá-lo se for identificado e demitido o funcionário da Globo Minas qu induziu o TJD a prejudicar o Cruzeiro”.

Quanto à formação de uma liga, não vejo isto como solução.

Ou seus dirigentes dela teriam caráter mais decente do que a Franga da FMF? Quem garante?

Alguém ainda se lembra do C13? Pois é…

A volta do juiz de embaixada

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Heber Roberto Lopes (SC) foi sorteado (concorria com ele o paulista Luiz Flávio Oliveira) pra apitar o RapoCota do próximo domingo. Os bandeiras serão Kleber Lucio Gil (SC) e Bruno Boschillia (PR).

Heber é o juiz menos correto do Brasil. Quase sempre altera os resultados das partidas que apita, por incompetência ou coisa pior, sabe-se lá. Como ocorreu nos 2×1 das frangas contra o Cruzeiro no returno do Brasileiro 2014.

A ter esse senhor tão desmoralizado no comando do clássico, melhor teria sido convocar um juiz mineiro, mesmo com o risco de que ele fosse pressionado pela franga da FMF.

Fato é que o Cruzeiro exigiu juiz de outro estado e levou uma volta. Cheira tão mal a escolha dos nomes que foram pra cumbuca, que não seria improvável encontrar as digitais sujas da FMF no dedo que apontou as escolhas prévias..

E, dada a sucessão de eventos protagonizados pela FMF, TJD e Globo contra o Cruzeiro nos últimos dias, não me espanto se tiverem ressuscitado a figura do juiz de embaixada…

Ideias de gerico

sexta-feira, 17 de abril de 2015

O Brasil é fiel depositário de ideias de gerico. Segundo Roberto Campos “Neztepais, a burrice tem passado glorioso e futuro promissor”. Perfeito.

Nossa presidente, por exemplo, patrocinou dezenas de maluquices em seu primeiro mandato e agora está se desafazendo de cada uma delas pra sobreviver, mal e porcamente, no poder.

Se é assim em atividade tão importante como a de governar, imagine o que se produz no pouco relevante futebol, ambiente que espelha a estupidez galopante do mundo político e administrativo.

Nos últimos dias, li e ouvi propostas, de por em dúvida a sanidade mental de muita gente, acerca do que o Cruzeiro deve fazer pra dar o troco no tridente FMF-Globo-TJD, que está trabalhando pra alijá-lo da Libertadores:

  • Conquistar o título mineiro e jogar o troféu na lixeira, em frente às câmeras de televisão;
  • Mandar a campo o time juvenil pra disputar io RapoCota;
  • Simular contusões pra melar o clássico, num cai-cai escancarado;
  • Não entrar em campo pra enfrentar as frangas;
  • Romper relações comerciais com a Rede Globo;
  • Desfiliar-se da FMF;
  • Fundar uma liga independente;
  • Recorrer à Justiça comum etc.

O Cruzeiro só teria prejuizos com esses estrupícios mentais. Precisa explicar? Acredito que não…

Pros canalhas da FMF, Globo Minas e TJD, a entrega seria melhor do que a encomenda. Aplaudiriam de pé o enforcamento do clube com a corda que lhe deram.

Primeirão a cornetar!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Chega de FMF, TJD, GloboMinas e todos esses filhos da buta que estão sacaneando o Cruzeiro.

Foco no RapoCota! E primeirão a cornetar!

  • TIME sugerido pro RapoCota: Fábio, Fabiano, Leo, Paulandré e Fabrício; Willians e Henrique; Xavier, Arrascaeta e Alisson; Damião.
  • TIME sugerido pro UniSucre: Fábio, Mayke, Leo, Brunodrigo e Mena; Willians (Eurico) e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta e Willian (Alisson); Damião.

E vc, canoro leitor, o que tem a propor ao técnico Marcelo Oliveira?

A cachorrada do tridente FMF-Globo-TJD

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Jorge, o que você está achando dessa tremenda cachorrada, canalhice, safadeza feita por FMF / Globo Minas / TJD-MG? Já existiu algum presidente da FMF que não fosse atleticano? O Elmer Guilherme dizia que era americano, o que é duvidoso, já que seu pai e antecessor na FMF era um baita de um atleticano safado que se utilizou da FMF em benefício próprio e do atlético, inclusive emprestando dinheiro da FMF para o Atlético comprar jogador, como foi denunciado por Placar entre final da década de 70 / início da década de 80. Att, Pinheiro

Pinheiro, não me lembro de um presidente que não fosse franga. O Cruzeiro sempre foi desleixado na política, como se viu nas últimas eleições da entidade. Att, JS

Mauro França: “O Cruzeiro foi guerreiro”

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do ATLÉTICO-MG 1×1 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, jogo de ida das semifinais do Mineiro 2015, neste domingo, 12abr15, às 16h.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: É muito difícil jogar aqui, todo mundo sabe. O time deles é ajustado e, empurrado pela torcida, briga muito pela bola, faz pressão. Mas controlamos o jogo. No 1º tempo, foram poucas situações claras, mas num ataque em que perdemos a bola, eles imprimiram velocidade, Guilherme fez bom lançamento e saiu gol deles. No 2º tempo, ajustamos a marcação no meio e conseguimos o gol de empate. Depois da expulsão do Leonardo Silva, tínhamos que nos impor devido ao melhor preparo físico, mas isso não aconteceu nos 20 minutos finais. Perdemos a chance de ganhar na imposição física, mas o AtléticoMG também teve mérito de saber se defender. Quanto ao Arrascaeta, digo que houve um momento em que pensei em colocá-lo na reserva, pois ele não estava bem. Só que tenho a convicção de que pra formar um time tem que repetir a escalação. E o jogador é jovem, pode melhorar. De qualquer forma, ele tem feito jogadas brilhantes. Num clássico, com marcação forte, fez esse gol maravilhoso. Isso mostra que é um jogador diferente, que pode definir. Na maioria das vezes que jogamos aqui no Independência, fomos envolvidos. Quando jogamos bem e tivemos chance de ganhar, o Heber Roberto não deixou, sem falar num impedimento de três metros e meio que a Fernanda Colombo deu. Naquele dia, fomos operados sem anestesia. Hoje, os times tiveram chances, fomos competitivos e tínhamos a vantagem. Permanecemos com ela e isso é importante pro outro jogo. Hoje, a arbitragem não teve nada de especial e não mudou o resultado do jogo.

ARRASCAETA, meia do Cruzeiro: Estou cada vez mais entrosado com o time e consegui marcar o gol de empate, bastante importante pra mim e pra equipe. Foi um jogo muito complicado, mas conseguimos impor e buscar o empate.

WILLIANS, volante do Cruzeiro: A gente sabia que se não conseguisse a vitória, teríamos que segurar o empate, pois decidimos em casa. Então, suportamos a pressão, marcamos firme e fizemos um grande 2º tempo pra sair daqui com o empate.

ANA ROCHA, no PHD: O Cruzeiro jogou hoje como vem jogando na temporada: alternando bons e maus momentos. Fábio não fez grandes defesas, mas a zaga continua dando espaços. Mena hoje foi mal até na marcação. Williams foi muito bem no segundo tempo, com boa marcação e saída de bola. William, mais uma vez, marcou e recompôs pra ele, pro Arrascaeta e pro Alisson. Arrascaeta fez mais um golaço. Damião foi o brigador de sempre, mas não jogou bem como nas outras partidas.

CARVALHO COELHO, no Facebook: Ninguém se destacou. Arrascaeta só fez o gol e mais nada. O pior novamente foi o Marcelo Oliveira, que insiste em escalar o chutador de pelota Mena e manter o Dubigode em campo, absolutamente nulo em criaçao, marcação e luta.

MAURO FRANÇA, no PHD: O Cruzeiro foi guerreiro, lutou muito, correu atrás quando em desvantagem, criou algumas chances e, se não sufocou, em nenhum momento foi sufocado, o que havia acontecido em confrontos anteriores no Independência. Não é um time espetacular, mas nem um pouco sofrível. Tem, é claro, suas deficiências, como também mostra algumas virtudes. Com mais confiança, o time poderá crescer muito ainda. O jogo em si foi equilibrado, muito disputado e truncado em boa parte do tempo.

BIC de franga

domingo, 12 de abril de 2015

Foto de um usuário.

Josué, com o presente que recebeu do Arrascaeta no RapoCota

AtléticoMG 1×1 Atlético: Pra sempre, o “Jogo do ArrasCaneta!”

domingo, 12 de abril de 2015

CRUZEIRO contra AléticoMG, no Independência, Belo Horizonte, às 16h, jogo de ida das semifinais do Mineiro 2015.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro terminou a fase classificatória em 2º lugar, com 24 pontos. O Atlético-MG foi o 3º, com 22.

AUSENTES no Cruzeiro: Alan (G), Dedé (B), Júlio Baptista (M), Marquinhos (A), Ceará (L), Marcos Vinícius, lesionados, Mayke, poupado.

PENDURADOS no Cruzeiro: Henrique (V).

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Mayke (L), Manoel (B), Fabrício (L), Syemour, Willian Farias (V), Gabriel Xavier (M), Henrique Dourado, Joel, Riascos (A).

WILLIANS, volante do Cruzeiro: “Vou fazer de tudo pra jogar bem. Em clássicos, os times entram mais fortes e intensos e quem erra menos pode vencer. Eu não tiro o pé em nenhum momento, clássico é competição e eu não gosto de perder”.

AUSENTES no AtléticoMG: Pedro Botelho, lesionado, Leandro Donizete, suspenso..

PENDURADOS no AtléticoMG: Luan (A).

BANCO do AtléticoMG: Giovanni, Uilson (G), Carlos Cesar (L), Tiago (B), Edcarlos (B), Lucas Cândido, Eduardo, Danilo Pires (V), Cárdenas, Guilherme, Maicosuel (M), André (A), Thiago Ribeiro (A).

JOSUÉ, volante do AtléticoMG: “Há muitos jogos, o AtléticoMG vem levando a melhor, é bom trabalhar em cima de resultados positivos, mas será jogo complicado, difícil, até porque a vantagem de jogar por dois resultados iguais é do Cruzeiro. Temos que ter inteligência. Jogando no Independência somos muito fortes, temos que ter atitude, procurar a vantagem, procurar o gol”.

RAPHAEL CLAUS, 25, juiz paulista, nascido em Santa Bárbara D’Oeste, em 06set79, está na FPF desde 2002, na CBF desde 2010 e é aspirante ao quadro da Fifa, desde 2014.

LEVIR CULPI, nascido em Curitiba, Paraná, completa 500 jogos como técnico do Cruzeiro e do AtléticoMG.

ATLÉTICO-MG 1×1 CRUZEIRO, domingo, 12abr15, 16h. TEMPO bom, temperatura 23º, vento 7 Km/h, umidade 63%. LOCAL: Independência (23 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: Jogo de ida das semifinais do Mineiro 2015. TRANSMISSÃO: Globo Minas, pra todo o estado, em HD, e Premiere FC (paguepraver). PÚBLICO: 16.153 pagantes, R$742.045, média R$46. ARBITRAGEM: Raphael Claus (Fifa/SP), juiz, Alessandro Álvaro Rocha Matos (Fifa/BA), Rodrigo Correa (Fifa/RJ), bandeiras, Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ), 4ºA. AMARELOS: Jemerson, Carioca, Josué, Dátolo, Rocha (A), Leo, Paulo André, Mena, Damião, Willian. VERMELHO: Leonardo Silva (A), 62. GOLS: Carlos, 39, Arrascaeta, 54. ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha (Patric, 76), Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca e Josué (Edcarlos, 65), Dátolo e Guilherme; Luan e Carlos (Cárdenas, 73). T: Levir Culpi. CRUZEIRO: Fábio, Fabiano, Leo Simões (Manoel, 25), Paulo André e Mena (Fabrício, intervalo); Willians e Henrique; Willian (Gabriel Xavier, 76), Arrascaeta e Alisson; Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira.

HISTÓRICO: Foi o 453º RapoCota, segundo duvidosas estatísticas oficiais. O Cruzeiro venceu 153, empatou 122 e perdeu 178, com 583 gols a favor e 641 contra. Pelo Brasileiro. foram 60 jogos. O Cruzeiro venceu 20, empatou 18, perdeu 22, marcou 81 gols, sofreu 78. Os dois clubes já se enfrentaram em 21 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 12 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14), perdeu 8 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13) e empatou uma (56), quando, por falta de atletas em condições de jogo pra decisão, após longa batalha judicial, os dois foram declarados campeões. Nas duas edições da Copa dos Campeões do Mineiro, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas-de-final do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da Copa SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006 e da Copa Montevidéu 2009. Na Copa do Brasil o Cruzeiro perdeu uma final. Foram 231 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 84, empatou 73, perdeu 74, marcou 272 gols, sofreu 251. Pelo Mineiro, foram 263 jogos, com 89 vitórias do Cruzeiro, 68 empates, 106 derrotas, 286 gols a favor, 334 contra.