Arquivo da Categoria ‘JOGOS’

Cruzeiro 0x0 Avaí: fora da zona

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

CRUZEIRO contra Avaí, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, 18nov19seg20h, 33ª rodada, Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 15º, com 35 pontos; Avaí, o 20º, com 17.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Avaí, o 21º, com 6.394.

TEMPO nublado, temperatura 16º, vento de 15 Km/h, umidade 76%.

TRANSMISSÃO: Sporrv (menos MG) e Premiere (para todo o Brasil), com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria e Fábio Júnior.

ARBITRAGEM: Diego Pombo Lope (BA), Eduardo Goncalves da Cruz (MS), Elicarlos Franco de Oliveira (BA)m Antônio Marcio Teixeira da Silva (4ºA, MG). VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO), Jefferson Ferreira de Moraes (GO), Leone Carvalho Rocha (GO), Gilberto Corrale (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Cacá, Fabruno, Dodô — Henrique, Ederson — M Gabriel, Neves, David — Sassá. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Edílson, Leo, Egídio, Jadson, Cabral, Maurício, Robinho, Joel, Ezequiel, Fred, Rocha.

AUSENTES: Rodriguinho, Dedé (lesionados).

PENDURADOS: Henrique, Dodô, Jadson, Edilson, Rocha, David, Fábio, Orejuela, M Gabriel, Dedé, Cabral, Rodriguinho.

AVAÍ: Vladimir — Lourenço, Marquinhos. Kunde, Igor Fernandes — Luanderson, Pedro Castro, Richard Franco, Luan Pereira — Caio Paulista, Vinicius Araújo. T: Evando Camillato.

BANCO: Lucas Frigeri G, Ramon Pereira L, Zé Marcos B, Wesley V, Matheus Barbosa M, Igor Goularte A, Gabriel Lima A. Matheus Lucas A.

AUSENTES: Alex Silva, Betão, Daniel Amorim, Iury (lesionados), João Paulo (suspenso).

PENDURADOS: Luanderson, Gegê, Leo, Mosquera, Lourenço, Marquinhos, Ferrareis, Kunde.

CRUZEIRO 0x0 AVAÍ, 18nov19seg20h. TEMPO chuvoso, temperatura 20º, vento 10 Km/h, umidade 90%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 33ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 15.012 pagantes, 21.217 presentes, R$285.905, média R$19. ARBITRAGEM: Diego Pombo (BA), Eduardo Cruz (MS), Elicarlos Oliveira (BA),  Antônio Marcio Teixeira (4ºA, MG). VAR: Elmo Resende Cunha (GO), Jefferson Moraes (GO), Leone Rocha (GO), Gilberto Corrale (SP).. AMARELOS: Neves, Rocha, Igor, Vinicius. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabruno, Dodô; Henrique, Ederson (Robinho, 75); M Gabriel (Rocha, 46), Neves, David (Fred, 60); Sassá. T: Abel Braga. AVAÍ: Vladimir, Lourenço, Marquinhos. Kunde, Igor Fernandes; Luanderson (Wesley, 84), Pedro Castro, Richard Franco, Luan Pereira (Matheus Barbosa, 61); Caio Paulista (Matheus Lucas, 91), Vinicius Araújo. T: Evando Camillato.

HISTÓRICO: 12 jogos, 3 vitórias do Cruzeiro, 8 empates, 1 vitória do Avaí, 18 gols do Cruzeiro, 12 do Avaí.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.474 jogos, 636 vitórias, 402 empates, 437 derrotas, 2.129 gols marcados, 1.666 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 659 jogos, 293 vitórias, 151 empates, 215 derrotas, 976 gols marcados, 804 sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 0x0 Atlético-MG: defesas dominantes

domingo, 10 de novembro de 2019

CRUZEIRO contra Atlético-MG, 10nov19dom16h, Mineirão, Belo Horizonte, 32ª rodada do Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 16º, com 34 pontos, Atlético-MG, o 11º, com 39.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Atlético-MG, o 7º, com 13.352.

TEMPO ensolarado, temperatura 29º, vento 11 Km/h, umidade 47%.

ARBITRAGEM: Jean Pierre Gonçalves Lima, Rafael Silva Alves, Leirson Peng Martins (RS). VAR: Daniel Nobre Bins (RS).

TRANSMISSÃO: Globo pra Minas Gerais, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria, Fábio Júnior e Márcio Rezende Freitas. Premiere, para todo o Brasil, com narração de Jaime Júnior e comentários de Henrique Fernandes, reportagens Maurício Paolucci e Elton Novaes.

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Cacá, Fabruno, Dodô — Henrique, Ederson —  Robinho, Neves, M Gabriel — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Edílson, Edu, Leo, Rafael Santos, Jadson, Cabral,, Ezequiel, Joel, David.

AUSENTES: Dedé, Egídio, Rodriguinho (lesionados), Sassá (suspenso).

PENDURADOS: Dodô, Jadson, Edilson, Rocha, David, Fábio, Orejuela, M Gabriel, Dedé, Cabral, Rodriguinho.

MINEIRO: Cleiton — Patric, Réver, Rabello, F Santos — Welison, Martinez — Cazares, Luan, Otero — Di Santo. T: Vagner Mancini.

BANCO: Uílson G, Guga L, Silva B, Maidana B, Hulk L, Terans M, Vinícius M, Marquinhos M, Bolt A, Bruninho A, Ricardo O A, Geuvânio A.

AUSENTES: Victor, Nathan, Blanco, Chará, Elias (lesionado).

PENDURADOS: Cleiton, Di Santo, Rabello, Jair, Welison, Leonardo Silva, Luan, Hernández, Réver, Vinícius.

CRUZEIRO 0x0 ATLÉTICO-MG, 10nov19dom16h. TEMPO nublado, temperatura 32º, vento 11 Km/h, umidade 47%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 32ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 37.844 pagantes, 43.205 presentes, R$1.165.329, média R$31. ARBITRAGEM: Jean Pierre Goncalves, Rafael Alves, Leirson Peng (RS). VAR: Daniel Bins (RS). AMARELOS: Santos, Henrique. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabruno, Dodô; Henrique, Ederson; M Gabriel (David, 46) ,Robinho (Rocha, 68), Neves (Ezequiel, 83); Fred. T: Abel Braga. MINEIRO: Cleiton; Patric, Réver, Rabello, F Santos; Welison, Martínez (Marquinhos, 79), Luan, Cazares (Bruninho, 69), Otero; Di Santo (Ricardo O, 90). T: Vagner Mancini.

HISTÓRICO: 474 jogos. Cruzeiro venceu 161, empatou 129, perdeu 184, com 606 gols a favor e 661 contra. Pelo Brasileiro, foram 68 jogos. O Cruzeiro venceu 22, empatou 22, perdeu 24, marcou 89 gols, sofreu 86. Os dois clubes já se enfrentaram em 23 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 13 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14, 18, 19), perdeu 9 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13, 17) e empatou uma (56). Na Copa dos Campeões Mineiros 1999, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006, da Copa Montevidéu 2009, da Copa do Brasil 2019 e foi eliminado nas semifinais do Mineiro 2015. Na Copa do Brasil, o Cruzeiro perdeu a final de 2014. Foram 242 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 88, empatou 78, perdeu 75, marcou 284 gols, sofreu 257. Pelo Mineiro, foram 273 jogos, com 93 vitórias do Cruzeiro, 71 empates, 109 derrotas, 297 gols a favor, 344 contra. Pela Primeira Liga, 1 jogo, 1 vitória do Cruzeiro que fez 1 gol e não sofreu nenhum. Pela Copa do Brasil, 4 jogos, com 1 vitória do Cruzeiroe r3 do Atlético. Cruzeiro marcou 3 gols e sofreu 5.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.473 jogos, 636 vitórias, 401 empates, 437 derrotas, 2.129 gols marcados, 1.666 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 658 jogos, 293 vitórias, 150 empates, 215 derrotas, 976 gols marcados, 804 sofridos, aproveitamento de 53%.

AthleticoPR 0x0 Cruzeiro: empate heroico

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

CRUZEIRO contra Athletico-PR, neste 06nov10qua21h30, Baixada (42 mil), Curitiba, 31ª rodada, Brasileiro 2019.\

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro está em 16º lugar, com 33 pontos, Paranaense é o 6º, com 46.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Athletico-PR é o 8º, com 11.380.

TEMPO nublado, temperatura 17º, vento 11 Km/h, umidade 87%.

TRANSMISSÃO: Globo, exceto Uberlândia, Uberaba, Ituiutaba e Juiz de Fora, com narração de Rogério Correa e comentários de Bob Faria e Fabio Junior.

ARBITRAGEM: Luiz Flávio de Oliveira, Anderson José de Moraes Coelho, Bruno Salgado Rizo (SP), Leonardo Ferreira Lima (PR, 4ºA). VAR: José Claudio Rocha Filho (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Cacá, Fabruno, Egídio — Henrique, Ederson — M Gabriel, Robinho, David — Sassá. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael G, Vítor Eudes G, Leo B, Dodô L, Adriano V, Jadson V, Cabral V, Maurício M, Joel A, Ezequiel A.
AUSENTES: Rodriguinho, Dedé, Rocha (lesionados), Neves (poupado), Fred, Orejuela (suspensos).

PENDURADOS: Cabral, Dedé, Dodô, Edilson, Fábio, Jadson, M Gabriel, Rocha e Rodriguinho.

PARANAENSE: Santos – Madson, Thiago Heleno, Leo Pereira, Márcio Azevedo – Bruno Guimarães, Wellington – Leo Cittadini, Nikão, Rony – Marco Ruben. T: Eduardo Barros.

BANCO: Leo G, Khellven L, Pedro Henrique B, Robson Bambu B, Abner L, Erick V, Lucho González V, Bruno Nazário M, Thonny Anderson A, Braian Romero A.

.AUSENTES: Adriano, Jonathan, Lucas Halter (lesionados).
PENDURADOS: Everton Felipe, Leo Cittadini, Leo Pereira, Madson, Márcio Azevedo, Marco Ruben, Matheus Rossetto, Nikão, Rony, Thiago Heleno.

ATHLETICO-PR 0x0 CRUZEIRO, 06nov19qua21h30. TEMPO nublado, temperatura 17º, vento 11 Km/h, umidade 87%. LOCAL: Baixada (42 mil), Curitiba. MOTIVO: 31ª rodada, Brasileiro 2019. PÚBLICO: 12.885 pagantes, R$216.370, média R$18. ARBITRAGEM: Luiz Flávio Oliveira, Anderson Moraes Coelho, Bruno Rizo (SP), Leonardo Ferreira Lima (PR, 4ºA). VAR: José Cláudio Rocha (SP). AMARELOS: Sassá, Wellington, Ruben, Pereira, VERMELHO: Sassá, ATHLETICO: Santos; Madson, Thiago Heleno, Leo Pereira, Márcio Azevedo; Wellington (Cirino, 68), Bruno Guimarães (Camacho, 50), Cittadini (Bruno Nazário, 73); Nikão, Rony, Marco Ruben. T: Eduardo Barros. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Cacá, Fabruno,Egídio (Dodô, 30); Henrique, Ederson; M Gabriel, Robinho (Cabral, 76), David (Ezequiel, 65); Sassá. T: Abel Braga.

HISTÓRICO: 62 jogos, 24 vitórias do Cruzeiro, 20 empates, 18 do Paranaense. Cruzeiro marcou 89 gols, levou 78. Eles já decidiram duas competições nacionais entre si. Em 1999, o Paranaense conquistou a Seletiva da Libertadores vencendo por 3×0 na Baixada e perdendo por 2×1 no Mineirão. Na SulMinas 2002, o Cruzeiro venceu por 2×1, na Baixada, e 1×0, no Mineirão, na despedida de Sorín, com 70 mil espectadores.\

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.472 jogos, 636 vitórias, 400 empates, 437 derrotas, 2.129 gols marcados, 1.666 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 657 jogos, 293 vitórias, 149 empates, 215 derrotas, 976 gols marcados, 804 sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 1×1 Bahia: árbitros roubaram dois pts

domingo, 3 de novembro de 2019

CRUZEIRO contra Bahia neste 03nov19dom19h, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, pela 30ª rodada do Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 16º, com 32 pontos; Bania, o 9º, com 41.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos, Bahia, o 15º, com 8.862.

TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 65%.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Henrique Fernandes.

ARBITRAGEM: Wagner Reway (PB), Bruno Raphael Pires (GO), Oberto Silva Santos (PB), VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Cacá, Leo, Dodô — Henrique, Ederson — M Gabriel, Neves, David — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Eudes, Edílson, Edu, Egídio, Jadson, Cabral, Robinho, Sassá, Joel, Ezequiel.

AUSENTES: Fabruno (suspenso), Rocha, Dedé, Rodriguinho (lesionados).

PENDURADOS: Dodô, Jadson, Fred, Edilson, Rocha, David, Fábio, Orejuela, Marquinhos Gabriel, Dedé, Cabral e Rodriguinho.

BAHIA: Douglas — Nino Paraíba, Fonseca, Juninho, Moisés — Flávio, João Pedro, Marco Antônio — Elber, Fernandão, Artur. T: Roger Machado.

BANCO: Anderson G, Ezequiel L, Wanderson B, Ernando B, Giovanni L, Edson V, Guerra M, Shaylon M, Gilberto A, Lucca A, Arthur Caíke A, Rogério A.

AUSENTES: Gregore, Ronaldo (suspensos), Elton (lesionado).

PENDURADOS: Flávio, Guerra, Fonseca, Ronaldo.

CRUZEIRO 1×1 BAHIA, 03nov19dom19h, TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 65%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 21.933 pagantes, 25.913 presentes, R$395.657, média R$18. ARBITRAGEM: Wagner Reway (PB), Bruno Pires (GO), Oberto Santos (PB). VAR: Paulo Roberto Alves (PR). AMARELOS: Orejuela, Fred, Henrique, GOLS:  Fernandão, 66 (p), Sassá, 75. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Leo, Dodô; Henrique, Ederson; M Gabriel (Ezequiel, 72), Neves, David (Sassá, 68), Fred (Edilson, 77). T: Abel Braga. BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Juninho, Fonseca, Moisés; Flávio, Marco Antônio (Lucca, 72), João Pedro, Elber (Rogério, 74), Artur, Fernandão (Arthur Caike, 76) . T: Roger Machado

HISTÓRICO: 64 jogos. Cruzeiro venceu 33, empatou 16, perdeu 15, marcou 98 gols e sofreu 56. Pelo Brasileiro, foram 48 jogos. Cruzeiro venceu 27, empatou 11, perdeu 10, marcou 80, sofreu 39.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.471 jogos, 636 vitórias, 399 empates, 437 derrotas, 2.129 gols marcados, 1.666 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 656 jogos, 293 vitórias, 148 empates, 215 derrotas, 976 gols marcados, 804 sofridos, aproveitamento de 53%.

Botafogo 0x2 Cruzeiro: saiu da zona!

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra Botafogo, neste 30out19qui21h30, no Engenhão (42 mil), Rio de Janeiro, pela 29ª rodada do Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Botafogo, o 11º, com 10.619.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 17º colocado, com 29 ponto; Botafogo, o 13º, com 33.

TEMPO ensolarado, temperatura 26º, vento 8 Km/h, umidade 80%.

TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere, com narração de Daniel, comentários de Dejan Petkovic e Henrique Fernandes, reportagens de  André Pessoa e Rodrigo Franco. 

ARBITRAGEM: Caio Max Augusto Vieira (RN), Jean Márcio dos Santos (RN), Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE). VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Cacá, Fabruno, Egídio — Henrique, Ederson —M Gabriel, Neves, David — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Edílson, Edu, Leo, Dodô, Jadson, Cabral, Robinho, Sassá, Joel, Ezequiel.

AUSENTES: Dedé, Rodriguinho, Rocha (lesionados).

PENDURADOS: Cabral, Dedé, Edilson, Fábio, Fabruno, Fred, Jadson, Marquinhos Gabriel, Orejuela, Rocha e Rodriguinho.

BOTAFOGO: Gatito Fernandez — Marcinho, Carli, Gabriel, Yuri — Bochecha, João Paulo — Luiz Fernando, Diego Souza, Valencia – Victor Rangel. T: Alberto Valentim.

BANCO: Cavalieri G,  Fernando L, Kanu B, Lucas Barros L, Rickson V, Cícero V, Jean V, Wenderson V, Alex Santana M, Igor Cássio A, Vinícius Tanque A, Rhuan A.

AUSENTES: Marcelo Benevenuto, Gilson, Rodrigo Pimpão, Marcos Vinícius (lesionados).

PENDURADOS: Cícero, Yuri, Fernando, Victor Rangel, Alex Santana, Marcinho, Gustavo, Leo Valencia.

BOTAFOGO 0x2 CRUZEIRO, 30out19qui21h30. TEMPO ensolarado, temperatura 26º, vento 8 Km/h, umidade 80%. LOCAL: Engenhão (42 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: 29ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere. PÚBICO: 20.690 pagantes, 22.412 presentes, R$305.525, média R$15. ARBITRAGEM: Caio Max Vieira (RN), Jean Márcio Santos (RN), Nailton Junior Sousa Oliveira (CE). VAR: Adriano Milczvski (PR), Adriano de Assis Miranda (SP), Flavio Gomes Barroca (RN). AMARELOS: Diego, Neves, Fabruno, Dodô. GOLS: Cacá, 25, Ederson, 96. BOTAFOGO: Gatito; Marcinho, Carli, Gabriel, Yuri; Bochecha (Vinicius Tanque, 78), João Paulo, Diego Souza; Luiz Fernando, Victor Rangel (Igor Cássio, 46), Valencia (Alex Santana, 65). T: Alberto Valentim. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabruno, Egídio; Henrique, Ederson; M Gabriel (Dodô, 68), Neves, David (Sassá, 74); Fred (Cabral, 72). T: Abel Braga.

HISTÓRICO: 92 partidas, Cruzeiro venceu 39, empatou 29, perdeu 24, marcou 132 gols, sofreu 106. Os dois clubes jamais decidiram um título entre si.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.470 jogos, 636 vitórias, 398 empates, 437 derrotas, 2.128 gols marcados, 1.665 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 655 jogos, 293 vitórias, 147 empates, 215 derrotas, 975 gols marcados, 803 sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 1×1 Fortaleza: ficou no quase

sábado, 26 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra Fortaleza, 26out19sab21h, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, pela 18ª rodada do Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 17º, com 28 pontos; Fortaleza, o 14º, com 31.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Fortaleza, o 33º, com 4.222.

TEMPO chuvoso, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 70%.

TRANSMISSÃO: Premiere, com Rogério Correia e Bob Faria.

ARBITRAGEM: Raphael Claus, Emerson Augusto de Carvalho, Neuza Inês Back. VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Cacá, Fabruno, Egídio – Henrique, Jadson — Robinho, Neves, David — Fred. T: Abe Braga.

BANCO: Rafael G, Eudes G, Weverton L, Dodô L, Edu B, Cabral V, Adriano V, M Gabriel M, Joel A, Sassá A, Ezequiel A.

AUSENTES: Ederson (suspenso), Rodriguinho, Dedé (lesionados), Rocha (preparação física), Maurício.

PENDURADOS: Rodriguinho, Cabral, Dedé, Edilson, Fábio, Fabruno, Fred, M Gabriel, Orejuela, Rocha.

FORTALEZA: Felipe Alves — Gabriel Dias, Quintero, Paulão, Carlinhos — Felipe, Juninho — Romarinho, Osvaldo – André Luíz, Wellington Paulista. T: Rogério Ceni.

BANCO: Marcelo Boeck G,  Tinga L, Bruno Melo L, Jackson B, Marlon V, Derley V, Nenê Bonilha V, Araruna V, Edinho M, Mariano Vázquez M, Kieza A, Felipe Pires A.

AUSENTES: Matheus Alessandro.

PENDURADOS: Carlinhos, Felipe, Gabriel Dias, Marlon e Osvaldo.

CRUZEIRO 1×1 FORTALEZA, 26out19sab21h. TEMPO chuvoso, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Mineirão (62 mil)M Belo Horizonte. MOTIVO: 28ª rodada, Brasileiro 2019, TRANSMISSÃO Premiere. PÚBLICO: 25.644 pagantes, 32.268 presentes, R$540.229, média R$21. ARBITRAGEM: Raphael Claus, Emerson Augusto Carvalhom Neuza Inês Back (SP). VAR: José Cláudio Rocha (SP). AMARELOS: Felipe, Jadson, Cacá, Robinho. GOLS: Oreju4la, 79, Wellington, 82. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabruno, Egídio; Henrique, Jadson (M Gabriel, 46); Robinho (Sassá, Neves; David (Ezequiel, 90); Fred. T: Abel Braga. FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão, Carlinhos; Felipe, Juninho; André Luís (Kieza, 72), Romarinho (Felipe Pires, 61), Osvaldo (Marlon, 46); Wellington Paulista. T: Rogério Ceni.

HISTÓRICO: 13 jogos, 7 vitórias do Cruzeiro, 2 do Fortaleza, 4 empates, 16 gols marcados pelo Cruzeiro, 7 pelo Fortaleza.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.469 jogos, 635 vitórias, 398 empates, 437 derrotas, 2.126 gols marcados, 1.665 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 654 jogos, 292 vitórias, 147 empates, 215 derrotas, 973 gols marcados, 803 sofridos, aproveitamento de 53%.

Corinthians 1×2 Cruzeiro: um pé fora da zona

sábado, 19 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra Corinthians, neste 19out19sab19hh, em Itaquera, São Paulo, 27ª rodada, Brasileiro 2019

RANKING de clubes da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822; Corinthians é o 5º, com 14.508.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro está e, 18º lugar, com 25 pontos, Corinthians é o 4º, com 44.

TEMPO nublado, temperatura 24º, vento 18 Km/h, umidade 67%.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Milton Leite Corrêa, comentários de Bob Faria e Ricardinho.

ARBITRAGEM: Bruno Arleu de Araújo, Luiz Cláudio Regazone, Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ). VAR: Marcelo de Lima Henrique (RJ).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Dedé, Fabruno, Egídio — Henrique, Ederson — Robinho, Neves,  M Gabriel — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Eudes, Edilson, Edu, Dodô, Jadson, Cabral, Maurício, Ezequiel, Sassá, Joel.

AUSENTES: Leo, Rodriguinho (lesionados), David (suspenso).

PENDURADOS: Rodriguinho, Cabral, Dedé, Ederson, Edilson, Fábio, Fabruno, Fred, Marquinhos Gabriel, Orejuela, Rocha.

CORINTHIANS: Walter – Fagner, Mendez, Marllon, Avelar – Ralf, Sornoza, Pedrinho, Vital — Gustagol, Janderson. T: Fábio Carille.

BANCO: Caíque França G, Manoel Calos B, Carlos Augusto L, João Vitor V, Matheus Jesus V, Gabriel V, Ramiro M, Jadson M, Régis M, Boselli A.

AUSENTES: Cássio e Gil (suspensos), Manoel (vetado por contrato), Everaldo, Léo Santos, Júnior Urso (lesionado).

PENDURADOS: Bruno Méndez, Fagner e Boselli.

ADVERSÁRIO: Fundado em 02set12, o alvinegro Sport Club Corinthians Paulista, dono da 2ª maior torcida do País, tem 2 mundiais, 1 Libertadores, 6 brasileiros, 3 copas do Brasil, 5 Rio-São Paulo, 29 paulistas e 1 Brasileiro Série B.

CORINTHIANS 1×2 CRUZEIRO, 19out19sab19h. TEMPO chuvosom tenperatura 22ª, vento 12 Km.h, umidade 80%: LOCAL: Itaquera (46 mil), São Paulo. MOTIVO: 27ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 31.631 pagantes, 31.882 presentes, R$1.529.296, média R$48.31.882. ARBITRAGEM: Bruno Arleu Araujo, Luiz Claudio Regazone, Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ). VAR: Marcelo de Lima Henrique (RJ). AMARELOS: Ederson, Méndez, Fagner, Love. VERMELHO: Carille, 72. GOLS: Fagner, 33, Fred 35 (p), Éderson, 70. CORINTHIANS: Walter; Fagner, Méndez, Marllon, Avelar; Ralf; Pedrinho (Clayson, 80), Sornoza (Jadsonm 56), Vital (Love, 73), Janderson; Gustagol. T: Fábio Carille. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá, 18), Fabruno, Egídio; Henrique, Ederson; Robinho(Cabral, 74), Neves, M Gabriel; Fred (Joel, 76). T: Abel Braga.

HISTÓRICO: 90 jogos. Cruzeiro venceu 31, empatou 22, perdeu 37, marcou 102 gols, sofreu 117. Pelo Brasileiro, desde 1967, foram 68 jogos. O Cruzeiro venceu 23, empatou 18, perdeu 27, marcou 65 gols, levou 76. Os dois já decidiram dois títulos brasileiros. Em 1969, no Mineirão, Cruzeiro 2×1, mas o título ficou com o Palmeiras que fez um gol a mais, na mesma tarde, sobre o Botafogo. Em 1998, o Corinthians campeonou, com 2×2 no Mineirão, 1×1 e 2×0 no Morumbi. Em 2018, o cruzeiro venceu a Copa do Brasil com 1×0 no Mineirão e 2×1 em Itaquera. Foram disputados 5 pleiofes na história da Copa do Brasil. Corinthians levou a melhor nas oitavas de 1991 (3×1 e 1×0) e nas oitavas de 2002 (2×2 e 3×2). Cruzeiro, nas quartas de 1996 (4×0 e 2×3), nas oitavas de 1998 (3×1 e 1×1), nas quartas de 2016 (1×2 e 4×2) e na final de 2018 (1×0 e 2×1).

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.468 jogos, 635 vitórias, 397 empates, 437 derrotas, 2.125 gols marcados, 1.664 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 653 jogos, 292 vitórias, 146 empates, 215 derrotas, 972 gols marcados, 802 sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 1×0 São Paulo: mais vivo do que nunca!

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra São Paulo, 16out19qua21h, Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, 26ª rodada, Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 18ª, com 22 pontos, São Paulo, o 5º, com 43.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, 15.822 pontos, São Paulo, o 12º, com 10.508.

TRANSMISSÃO: Premiere , com narração de Milton Leite e comentários de Bob Faria e Ricardinho.

TEMPO limpo, temperatura 25º, vento 14 Km/h, umidade 44%.

ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio, Fabricio Vilarinho, Bruno Raphael Pire (GO). VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Fabruno, Egídio — Henrique, Ederson — Robinho, Neves, David — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael G, Weverton L, Edu B, Cacá B, Dodô L, Jadson V, Cabral V, Maurício M, Marquinhos Gabriel M, Joel A, Ezequiel A, Sassá A.

AUSENTES: Orejuela (seleção colombiana), Leo, Rodriguinho (lesionados).

PENDURADOS: Rodriguinho, Cabral, David, Dedé, Ederson, Edilson, Fábio, Fabruno, M Gabriel, Orejuela, Rocha.

SÃO PAULO — Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo — Luan — Tchê Tchê, Daniel Alves, Hernanes, Antony — Pato. T Fernando Diniz.

BANCO: Jean G, Igor Vinícius L, Walce B, Léo L, Hudson V, Gabriel Sara M, Igor Gomes M, Liziero M, Victor Bueno M,  Helinho A, Marcos Calazans A, Raniel A.

AUSENTES: Pablo, Everton, Toró, Anderson Martins e Rojas (lesionados).

PENDURADOS: Reinaldo, Anderson Martins, Pablo, Luan, Igor Gomes, Liziero, Tchê Tchê e Raniel.

 CRUZEIRO 1×0 SÃO PAULO, 16out19qua21h.TEMPO limpo, temperatura 25º, vento 14 Km/h, umidade 44%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 26ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 26.313 pagantes, 30.969 presentes, R$350.646, média R$13. ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio, Fabricio Vilarinho, Bruno Pires (GO). VAR: Elmo Resende Cunha (GO). AMARELOS: Fred, David, Reinaldo, Daniel, GOL: Neves, 57. CRUZEIRO: Fábio, Edilson, Dedé, Fabruno, Egídio; Henrique, Ederson (Jadson; 73), Robinho (M Gabriel, 46), Neves, David (Cabral, 76); Fred. T: Abel Braga. SÃO PAULO: Volpi; Juanfran, (Vitor Bueno; 46), Bruno Alves, Arboleda, Reinaldo; Luan (Liziero, 76), Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes, 63), Daniel Alves, Antony, Pato. T: Fernando Diniz.

HISTÓRICO: 86 jogos. Cruzeiro venceu 22, empatou 22, perdeu 42; marcou 83 gols, levou 114. Pelo Brasileiro, 64 jogos, 13 vitórias do Cruzeiro, 16 empates, 35 vitórias do São Paulo. Pela Libertadores, 6 partidas, 3 vitórias do Cruzeiro e 3 do SPFC. O Cruzeiro marcou 5 gols e levou 6. Nas 3 vezes em que decidiram títulos, o Cruzeiro venceu 2 (Copa Ouro 1995 e Copa do Brasil 2000) e perdeu 1 (Recopa Sulamericana 1993).

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.467 jogos, 634 vitórias, 397 empates, 437 derrotas, 2.123 gols marcados, 1.663 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 652 jogos, 291 vitórias, 146 empates, 215 derrotas, 970 gols marcados, 801 sofridos, aproveitamento de 53%.

Chapecoense 1×1 Cruzeiro: castigo sem fim

domingo, 13 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra Chapecoense, neste 13out19dom19h, Condá (22 mil),Chapecó, 25ª rodada do Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos, Chapecoense a 10ª, com 10.706.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 18º, com 21 pontos; Chapecoense, a 20ª, com 15.

TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 20 Km/h, umidade 80%.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Daniel Pereira e comentários de Henrique Fernandes, reportagens de Eduardo Florão.

ARBITRAGEM: Caio Max Augusto Vieira (RN), Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA), Jean Márcio dos Santos (RN), VAR: Adriano Milczvski (PR).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Fabruno, Egídio — Henrique, Ederson — M Gabriel, Neves, David — Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Weverton, Cacá, Dodô, Jadson, Cabral, Maurício, Rocha, Sassá, Ezequiel, Joel.

AUSENTE: Orejuela (seleção colombiana), Leo, Rodriguinho (lesionados), Robinho (suspenso).

PENDURADOS: Cabral, David, Dedé, Ederson, Fábio, Fabruno, M Gabriel, Orejuela, Rodriguinho…

CHAPECOENSE: João Ricardo — Bryan, Douglas, Rafael Pereira, Roberto — Elicarlos, Bruno Pacheco, Camilo, Locatelli – Régis, Henrique Almeida. T: Marquinhos Santos.

BANCO: Tiepo G, Elias G, Hiago L, Gum B, Maurício Ramos B, Amaral V, Augusto V, Campanharo M, Tharlis M, Diego Torres M, Arthur Gomes A, Renato A.

AUSENTES: Yann Rolim, Vagner, Dalberto, Thiago Santos (lesionados), Márcio Araujo, Everaldo (suspensos), Kayzer (pertence ao Cruzeiro).

PENDURADO: Arthur Gomes, Bryan, Camilo, Douglas, Rafael Pereira.

CHAPECOENSE 1×1 CRUZEIRO, 13out19dim19h. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 20 Km/h, umidade 80%. LOCAL: Condá (22 mil), Chapecó. MOTIVO: 25ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 4.399 presentes, R$82.600, média de R$19. ARBITRAGEM: Caio Max Augusto Vieira (RN), Jean Marcio Santos (RN), Alessandro Rocha Matos (BA). VAR: Adriano Milczvski (RN). AMARELOS: Pereira, Rocha. M Santos. GOLS: Dedé, 3. Camilo, 95. CHAPECOENSE: João Ricardo; Bryan (Renato, 80), Douglas, Rafael Pereira, Pacheco; Elicarlos, Roberto, Camilo, Locatelli (Arthur Gomes, 53); Régis (Torres, 59), Henrique Almeida. T: Marquinhos Santos. CRUZEIRO: Fábio; Edilson (Weverton, 64), Dedé, Fabruno, Egídio; Henrique, Ederson; M Gabriel (Rocha, 67) Neves, David (Cabral, 82); Fred. T: Abel Braga.

HISTÓRICO: 17 jogos, 7 vitórias do Cruzeiro, 5 empates, 5 derrotas, 24 gols a favor, 17 contra.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.466 jogos, 633 vitórias, 397 empates, 437 derrotas, 2.122 gols marcados, 1.663 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 651 jogos, 290 vitórias, 146 empates, 215 derrotas, 969 gols marcados, 801 sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 0x0 Fluminense: juiz impediu a vitória

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

CRUZEIRO contra Fluminense, neste 09out19qua21h30, no Mineirão, Belo Horizonte, 24º rodada do Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Fluminense é o 13º, com 10.034.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro está em 18º lugar, com 20 pontos; Fluminense é o 15º, com 25.

TEMPO nublado, temperatura 24º, vento 18 Km/h, umidade 70%.

TRANSMISSÃO: Globo para RJ, MG, ES, PI, PB e RN, com narração de Luiz Carlos Júnior, comentários de Roger Flores, Bob Faria e Sálvio Spinola. Premiere, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Henrique Fernandes.

ARBITRAGEM: Jean Pierre Gonçalves Lima, Leirson Peng Martins, Michael Stanislau (RS). VAR: Jonathan Benkenstein Pinheiro (RS).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Fabruno, Egídio — Henrique, Jadson — Robinho, David — Sassá, Fred. T: Abel Braga.

BANCO: Rafael, Eudes, Weverton, Edu, Rafael Santos, Adriano, Cabral, Maurício, Popó, Ezequiel, Joel.

AUSENTES: Neves, Cacá (suspensos), Orejuela (seleção colombiana), Dodô (mistério), Rocha, Ederson, Leo, Rodriguinho (lesionados).

PENDURADOS: Cabral, David, Dedé, Ederson, Fábio, Fabruno, M Gabriel, Orejuela, Robinho e Rodriguinho..

FLUMINENSE: Muriel — Gilberto, Nino, Frazan, Orinho — Yuri Lima, Daniel, Ganso, Nenê — Yoni Gonzáles, João Pedro. T: Marcão.

BANCO: Agenor G, Igor Julião L, Luccas Claro B, Airton V, Dodi V, Miguel M, Guilherme M, Lucão A, Ewandro A, Evanílson A, Lucas Barcelos A.

AUSENTES: Digão (emprestado pelo Cruzeiro), Mascarenhas (cirurgia joelho esquerdo), Matheus Ferraz (cirurgia joelho direito), Pablo Dyego (lesão coxa esquerda), Wellington Nem (pancada joelho esquerdo); Allan e Caio Henrique (Brasil Sub23); Marcos Paulo (Portugal Sub9).

PENDURADOS: Allan, Daniel, Ganso, Guilherme, Yuri.

CRUZEIRO 0x0 FLUMINENSE, 09ouy19qua21h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 24ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 31.995 pagantes, 38.133 presentes, R$374.558, média R$12. ARBITRAGEM: Jean Pierre Goncalves, Leirson Peng, Michael Stanislau (RS). VAR: Jonathan Benkenstein (RS). AMARELOS: Fred, Robinho, Egídio, Edilson, J Pedro, Yuri, Ganso. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Fabruno, Egídio; Henrique, Jadson; Robinho (Mauricio, 76), David (M Gabriel, 46); Sassá (Popó, 66), Fred. T: Abel Braga. FLUMINENSE: Muriel; Gilberto, Nino, Frazan, Orinho (Julião, 73); Yuri, Daniel (Dodi, 60), Ganso (Ewandro, 86); Nenê, Yony, João Pedro. T: Marcão.

HISTÓRICO: 83 jogos. Cruzeiro venceu 26, empatou 22, perdeu 35, marcou 114 gols, levou 128. Pelos campeonatos brasileiros, desde 1959, foram 66 partidas. Cruzeiro venceu 24, empatou 18 e perdeu 24, marcou 90, sofreu 90. Os dois clubes jamais decidiram uma competição entre si, mas chegaram próximos no Brasileiro 2010, quando o Flu campeonou com 2 pontos a mais.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.465 jogos, 633 vitórias, 396 empates, 437 derrotas, 2.121 gols marcados, 1.662 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 650 jogos, 290 vitórias, 145 empates, 215 derrotas, 968 gols marcados, 800 sofridos, aproveitamento de 53%.