Arquivo da Categoria ‘JOGOS’

Guarani MG 1×3 Cruzeiro: 50 min de bom futebol

sábado, 19 de janeiro de 2019

CRUZEIRO contra Guarani, neste 19jan19sab16h30, no Waldemar Teixeira de Faria (4 mil), Divinópolis, 1ª rodada do Mineiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Guarani não está ranqueado.

TRANSMISSÃO: SporTV (menos para MG) e Premiere, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria, reportagens de Guto Rabelo e Marcelo Lages.

TEMPO ensolarado, temperatura 32º, vento 11 Km/h, umidade 38%.

ARBITRAGEM: Felipe Fernandes Lima, Pedro Araújo Dias Cotta, Helen Aparecida Gonçalves (MG).

GUARANI: Leandro – Denis — João Marcos, Paulão, Magalhães — Renato Xavier, Alemão — Paulo Morais, Leomir, Charles – Pedrinho. T: Gian Rodrigues.

BANCO: Neto Bonini G, Erick G, Diego Silva L, Guilherme B, Elder B, Vitão L, Katatau V, João Pedro M, Jonas M, Yuri M, Ewerton Maradona M, Douglas A.

AUSENTES: Ninguém.

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Lucas — Rafinha, Robinho, David — Raniel. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael G, Orejuela L, Fabrício Bruno B Murilo B, Romero V, Jadson V, Kayzer A, Sassá A.

AUSENTES: Neves, Cabral (lesionados), Fred (d0ente), Barcos (poupado).

GUARANI-MG 1×3 CRUZEIRO, 19jan19sab16h50. TEMPO ensolarado, temperatura 32º, vento 11 Km/h, umidade 38%. LOCAL: Waldemar Faria (5 mil), Divinópolis. MOTIVO: 1ª rodada, Mineiro 2019. TRANSMISSÃO: Sportv e Premiere. PÚBICO: 4.181, R$230.000, média R$55. ARBITRAGEM: Felipe Lima, Pedro Cotta, Helen Aparecida (MG). AMARELO: Henrique, GOLS: Raniel, 14, Robinho, 18, Alemão, 42, Raniel, 47. GUARANI: Leandro, Denis (Yuri, 66), Paulão, João Marcos, Magalhães; Renato Xavier, Alemão; Paulo Morais, Leomir (Ewerton Maradona, 60), Charles (Douglas, 53), Pedrinho. T: Gian Rodrigues. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Lucas (Romero, 61): David (Kayzer, 67), Robinho, Rafinha; Raniel (Sassá, 75). T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 66 jogos, 52 vitórias do Cruzeiro, 4 do Guarani, 10 empates, 140 gols do Cruzeiro, 34 do Guarani. Os dois times jamais decidiram um título entre si.

Bahia 0x0 Cruzeiro: Reservas jogaram bem

domingo, 2 de dezembro de 2018

CRUZEIRO contra Bahia, em Pituaçu (38 mil), Salvador, 02dez18dom17h, 38ª rodada, Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; Bahia, o 21º, com. 6.647.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 8º colocado com 52 pontos; Bahia, o 11º, com 47.

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Manoel, Cacá, Brey — Ederson, Romero, Lucas — Sassá, Raniel, David. T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.

BANCO: Vitor Eudes G, Gustavo Rissi B, Rafael Santos L, Pedro Bicalho V, David Andrade M, Laércio A, Alejandro A.

AUSENTES: Fábio, Edílson, Egídio, Henrique, Hermes, Bruno, Mancuello, Rafinha, Robinho, Neves, Barcos, Sobis, Arrascaeta (poupados). Murilo, Leo (lesionados); Cabral, Fred, Dedé, Robinho (suspensos).

ARBITRAGEM: Bruno Arleu de Araújo, Luiz Claudio Regazone, Thiago Henrique Neto Correa Farinha., Philip Georg Bennett, Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

BAHIA: Anderson — Flávio, Grolli, Lucas Fonseca, Leo Pelé – Nilton, Elton — Ramires, Gilberto, Zé Rafael — Edigar Junio. T: Enderson Moreira.

BANCO: Fernando Castro G, Ignácio B, Jackson B, Paulinho L, Lepu V, Luiz Henrique V, Vinícius M, Júnior Brumado A, Clayton A.

AUSENTES: Gregore, Douglas G, Tiago B (suspensos), Bruno, Marco Antônio, Nino Paraíba, Elber (lesionados), Edson (dispensado).

ADVERSÁRIO: Fundado em 01jan31, o Esporte Clube Bahia, apodado  Esquadrão de Aço, já conquistou 2 brasileiros (59, 88), 2 copas do Nordeste (01, 02), 4 torneios Norte-Nordeste (48, 59, 61, 63), 1 torneio Campeões do Nordeste (48) e 45 estaduais.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Tiago Mastroiani, comentários de Jorge Allan, reportagens de Camila Oliveira e Danilo Ribeiro.

TEMPO chuvoso, temperatura 25º, vento 11 Km/h, umidade 90%.

BAHIA 0x0 CRUZEIRO, 02dezdom17h. TEMPO chuvoso, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 90%. LOCAL: Pituaçu (38 mil), Salvador. MOTIVO: 38ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 27.776 pagantes, R$338.691. média R$12. ARBITRAGEM: Bruno Arleu Araújo, Luiz Cláudio Regazone, Carlos Henrique Souza (RJ). AMARELOS: Elton, Flávio, Grolli, Luiz, Manoel. BAHIA: Anderson; Flávio, Grolli, Fonseca, Leo; Nilton, Elton; Ramires (Luiz Henrique, 71), Zé Rafael (Vinicius, 63); Edigard Junio (Clayton, 64), Gilberto. T: Enderson Moreira. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Cacá, Patrick; Romero, Lucas, Éderson; Raniel, David (Alejandro, 88), Sassá (Laércio, 85). T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.

HISTÓRICO: 62 jogos. Cruzeiro venceu 33, empatou 14, perdeu 15, marcou 97 gols e sofreu 55. Pelo Brasileiro, foram 46 jogos. Cruzeiro venceu 27, empatou 9, perdeu 10, marcou 79, sofreu 38.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.404 jogos, 608 vitórias, 376 empates, 420 derrotas, 2.040 gols marcados, 1.583 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

Cruzeiro 0x2 Flamengo: Everton Ribeiro desequilibrou

domingo, 25 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra Flamengo, Mineirão, Belo Horizonte, 24nov18dom17h, 37ª rodada, Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288; Flamengo, o 7º, com 12.796.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 8º, com 52 pontos, Flamengo, 2º, com 69.

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Egídio — Romero, Cabral — Robinho, Neves, Arrascaeta — Fred. T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Manoel, Cacá, Brey, Bruno, Lucas, Rafinha, Mancuello, David, Sobis, Raniel, Barcos.

AUSENTES: Murilo, Henrique (lesionados), Ezequiel (suspenso).

PENDURADOS: Cabral, Bruno, Dedé, Fred, Leo, Manoel, Robinho.

ARBITRAGEM: Jean Pierre Gonçalves Lima, Leirson Peng Martins, Lúcio Beiersdorf Flor, Vinícius Gomes Amaral, Eleno González, Todeschini (RS).

FLAMENGO: César — Pará, Rhodolfo, Duarte, Renê — Cuéllar, Arão — Everton Ribeiro, Diego, Vitinho — Uribe. T: Dorival Jr.

BANCO: Thiago G, Rodinei L, Thuler B, Trauco L, Rômulo V, Piris V, Paquetá M, Geuvânio A, Berrío A, Marlos Moreno A, Dourado A, Lincoln A.

AUSENTES: Diego Alves G, Juan B, Réver B (lesionados)

PENDURADOS: Diego Alves, Cuéllar, Piris da Motta, Everton Ribeiro, Vitinho, Geuvânio.

FLAMENGO, fundado em 17nov1895, foi um clube de regatas, com as cores azul e ouro. Somente em 1902, quando abrigou futebolistas dissidentes do Fluminense, passou ser também um clube de futebol. Seu maior ídolo é Zico, meiatacante dos Anos 80. Dida (A), Carlinhos (V), Zizinho (A), Júnior (L), Andrade (V), Adílio (M) e Leandro (L) são outros referentes históricos. O clube, que migrou do Flamengo pra Gávea, tem 5 títulos do Brasileiro (80, 82, 83, 92, 09), 1 Copa União (87), 3 da Copa do Brasil (90, 06, 13), 1 Copa Mercosul (99), 1 Libertadores (81) e 1 Mundial de Clubes (81), além de 34 cariocas.

TEMPO nublado, temperatura 22º, vento  12 km/h, umidade 85%.

TRANSMISSÃO: Globo para RJ, SC, MG, ES, AL, PE, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior, Bob Faria e Paulo Cesar Oliveira) e Premiere (com narração de Rogério Corrêa, comentários de Edinho, reportagens de Elton Novais, Eudes Jr).

CRUZEIRO 0x2 FLAMENGO, 25nov18dom17h. TEMPO chuvoso, temperatura 20º, vento  10 Km/h, umidade 90%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 37ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 20.527 pagantes, R$343.624, média R$16. ARBITRAGEM: Jean Pierre Gonçalves Lima, Leirson Peng Martins, Lúcio Beiersdorf Flor, Vinícius Gomes do Amaral, Eleno González, Todeschini (RS). AMARELOS: Cabral, Romero, Robinho, Fred, Dedé, Edilson, Uribe, Renê, Cuéllar. GOLS: Ribeiro, 7 e 51 CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo (Manoel, 46), Egídio — Romero, Cabral (Sassá, 72) — Robinho, Neves (David, 62). Arrascaeta — Fred. T: Sidnei Lobo / Mano Menezes. FLAMENGO: CésarPará, Rhodolfo, Duarte, RenêCuéllar, ArãoEverton Ribeiro (Rômulo, 82), Diego, Vitinho (Berrío, 74) — Uribe (Paquetá, 67). T: Dorival Jr.

HISTÓRICO: 96 jogos. Cruzeiro venceu 36, empatou 26, perdeu 34, marcou 119 gols, sofreu 124. Pelo Brasileiro, desde 1959, foram 60 jogos. O Cruzeiro venceu 24, empatou 14, perdeu 22, marcou 67 gols, sofreu 72. Os clubes decidiram 2 títulos entre si, as copas do Brasil de 2003 e 2017. O Cruzeiro venceu ambas.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.403 jogos, 608 vitórias, 375 empates, 420 derrotas, 2.040 gols marcados, 1.583 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

Cruzeiro 3×0 Vitória: reservas engrenam de vez!

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra Vitória, neste 21nov18qua21h45, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 36ª rodada do Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; Vitória é o 18º, com 7.590.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 8º, com 49 pontos; Vitória, o 19º, com 36.

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Manoel, Leo, Brey — Romero, Lucas — Rafinha, Robinho, David — Fred. T: Sidnei Lobo .  Mano Menezes.

BANCO:  Eudes, Cacá, Rissi,  Ederson, Bruno, Mancuello, Sobis, Barcos, Laércio.

AUSENTES: Fábio, Edílson, Egídio, Neves, Barcos, Henrique (poupados), Dedé (seleção brasileira), Arrasaeta (seleção uruguaia), Murilo (lesionado).

PENDURADOS. Cabral, Bruno, Dedé, Ezequiel, Fred, Leo, Manoel, Robinho.

ARBITRAGEM: Leandro Bizzio Marinho, Daniel Luís Marques, Daniel Paulo Ziolli (SP).

VITÓRIA: João Gabriel – Rodrigo Andrade, Lucas Ribeiro, Aderllan, Benítez — Filipe Soutto, Willian Farias, Rhaynner — Erick, Leo Ceará, Yago. T: João Burse.

BANCO: Elias G, Lucas L, Fabiano L, Ramon B, Bruno, B, Nickson M, André Lima A, Eron A, Neílton A.

AUSENTES: Jeferson, Lucas Fernandes (suspensos), Luan, Guilherme Costa, Juninho, Walisson Maia lesionados). Arou, Leo Gomes (virose).

PENDURADOS: Bruno Bispo, Fabiano, Léo Gomes, Walter Bou, Wallyson.

TEMPO chuvoso temperatura 17º, vento 15 Km/h, umidade 90%.

TRANSMISSÃO: Globo pra BA (com Thiago Mastroianni e Gustavo Castellucci), Premiere, com narração de Rogério Corrêa, comentários de Henrique Fenandes, reportagens de Elton Novaes Correia.

CRUZEIRO 3×0 VITÓRIA, 11nov18qua21h45. TEMPO chuvoso temperatura 17º, vento 15 Km/h, umidade 90%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 36ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO:  2.421 pagantes, 4.036 presentes, R$21.781, média R$9. ARBITRAGEM: Leandro Marinho, Daniel Marques, Daniel Ziolli (SP). AMARELOS: Ezequiel, Ederson, Aderllan. GOLS: Aderllan, 42 (c), Fred, 54 (p) e 72. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Leo, Brey; Romero, Lucas, Robinho (Ederson, 75), Rafinha; David (Raniel, 70), Fred (Laércio, 85). T: Sidnei Lobo /  Mano Menezes. VITÓRIA: João Gabriel; Rodrigo Andrade (Lucas, 13), Lucas Ribeiro, Aderllan, Benítez; Willian Farias, Fillipe Souto (Neilton, 46), Rhayner, Yago, Erik (André Lima, 65), Leo Ceará. T: João Burse.

HISTÓRICO: 52 jogos. Cruzeiro venceu 31, empatou 10, perdeu 11, marcou 101 gols e sofreu 56. Pelo Brasileiro, 38 partidas. Cruzeiro venceu 22, empatou 9 e perdeu 7, marcou 76 gols, sofreu 40. Pela Copa do Brasil, 6 jogos, com 4 vitórias do Cruzeiro e 2 do Vitória. Os dois jamais decidiram um título entre si.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.402 jogos, 608 vitórias, 375 empates, 419 derrotas, 2.040 gols marcados, 1.581 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

São Paulo 1×0 Cruzeiro: Nenhuma novidade

domingo, 18 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra São Paulo, neste 18nov18dom19h, no Morumbi (63 mil), São Paulo, pela 35ª rodada do Brasileiro 2018.

RANKING CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; São Paulo, o 11º, com 11.098.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 7º, com 49 pontos; São Paulo, o 5º, com 59 pontos.

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Manoel, Leo, Egídio – Henrique, Cabral — Robinho, Neves, David — Barcos. T: Sidnei Lobo.

BANCO: Rafael, Ezequiel, Cacá, Rissi, Brey, Romero, Bruno, Rafinha, Mancello, Raniel, Sobis.

AUSENTES: Fred (poupado), Arrascaeta (seleção uruguaia), Dedé (seleção brasileira), Murilo (cirurgia no ombro esquerdo).

PENDURADOS: Cabral, Bruno, Dedé, Ezequiel, Fred, Leo, Manoel.

ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes, Henrique Neu Ribeiro, Eder Alexandre (SC).

SÃO PAULO: Jean — Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo — Jucilei, Hudson — Shaylon, Nenê, Everton — Diego Souza. T: André Jardine.

BANCO: Sidão G, Araruna L, Tuta B, Rodrigo Caio B, Edimar L, Liziero V, Everton Felipe M, Lucas Fernandes M, Antony A, Brenner A, Trellez A.

AUSENTES: Rojas, Gonzalo Carneiro, Luan (lesionados), Igor Gomes (transição).

PENDURADOS: Anderson Martins, Bruno Alves, Carneiro, Edimar, Rojas, Jucilei, Liziero, Nenê,e Tréllez.

TEMPO: nublado, temperatura 28º, vento 21 Km/h, umidade 55%.

TRANSMISSÃO: Premiere e Premiere Internacional, com narração de Milton Leite, comentários de Wagner Vilaron e reportagens de…

SÃO PAULO 1×0 CRUZEIRO, 18novdom19h. TEMPO: chuvoso, temperatura 23º, vento 5 Km/h, umidade 86%. LOCAL: Morumbi (63 mil), São Paulo. MOTIVO: 35ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere e Premiere Internacional. PÚBLICO:   14.058 presentes, R$380.708, média R$27. ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes, Henrique Neu, Eder Alexandre (SC). AMARELOS: Robinho, Edílson, Alves, Reinaldo. GOL: Diego, 30. CRUZEIRO: FábioEdilson, Manoel, Leo, Egídio – Henrique, Cabral (Raniel, 84) — Robinho, Neves (Sobis, 73), David; Barcos (Sassá, 65). T: Sidnei Lobo. SÃO PAULO: Jean — Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo (Edimar, 66) — Jucilei, Hudson (Araruna, 79) — Shaylon (Brenner, 64), Nenê, EvertonDiego Souza. T: André Jardine.

HISTÓRICO: Foram disputados 84 jogos. Cruzeiro venceu 21, empatou 21, perdeu 42; marcou 81 gols, levou 113. Pelo Brasileiro, 62 jogos, 12 vitórias do Cruzeiro, 15 empates, 35 vitórias do São Paulo. Pela Libertadores, 6 partidas, 3 vitórias do Cruzeiro e 3 do SPFC. O Cruzeiro marcou 5 gols e levou 6. Nas 3 vezes em que decidiram títulos, o Cruzeiro venceu 2 (Copa Ouro 1995 e Copa do Brasil 2000) e perdeu 1 (Recopa Sulamericana 1993).

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.401 jogos, 607 vitórias, 375 empates, 419 derrotas, 2.037 gols marcados, 1.581 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

Cruzeiro 1×0 Corinthians: Noite dos goleiros

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra Corinthians, neste 14nov18qua21h45h, no Mineirão, Belo Horizonte, 34ª rodada, Brasileiro 2018.

RANKING de clubes da CBF 2016: Cruzeiro é o 1º, com 15.288; Corinthians é o 6º, com 14.076.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro está e, 9º lugar, com 46 pontos, Corinthians é o 13º, com 40.

CRUZEIRO: Fábio — Ezequiel, Manoel, Leo, Egídio — Romero, Lucas — Robinho, Mancuello, David — Fred. T: Sidnei Lobo.

BANCO: Rafael, Eudes, Cacá, Rissi, Brey, Bruno, Henrique, Cabral, Raniel, Barcos.

AUSENTES: Murilo (lesionado), Sassá, Sobis, Edílson (suspensos), Dedé, Arrascaeta (seleções).

PENDURADOS: Cabral, Bruno, Dedé, Edílson, Ezequiel, Leo, Manoel.

ARBITRAGEM: Jean Pierre Goncalves Lima, Leirson Peng Martins, Lucio Beiersdorf Flor (RS).

CORINTHIANS: Cássio — Fagner, Leo Santos, Henrique Buss, Avelar — Douglas, Ralf — Pedrinho (Clayson) Jadson (Vital), Romero; Danilo (Thiaguinho, 46). T: Jair Ventura.

BANCO: Caíque França G, Marllon B, Pedro Henrique B, Gabriel V, Paulo Roberto V, Thiaguinho M, Fessin M, Vital M, Rafael Bilu A, Roger A, Clayson A.

AUSENTES: Araos (suspenso), Carlos Augusto (seleção Sub20), Walter (problemas pessoais), Renê Jr, Sheik, Díaz (lesionados).

PENDURADOS: Sheik, Douglas, Pedro Henrique e Paulo Roberto.

ADVERSÁRIO: Fundado em 02set12, o alvinegro Sport Club Corinthians Paulista, dono da 2ª maior torcida do País, tem 2 mundiais, 1 Libertadores, 6 brasileiros, 3 copas do Brasil, 5 RioSP, 28 paulistas e 1 Brasileiro Série B.

TRANSMISSÃO: Globo pra MG, SP, AL e DF (narração de Cleber Machado, comentários de Roger Flores, Casagrande e Renato Marsiglia, reportagens de Murilo Salviano e Caio Rocha). Premiere (com narração de Rogério Corrêa, comentários de Henrique Fernandes).

TEMPO nublado, temperatura 27º, vento 10 Km/h, umidade 54%, às 19h.

CRUZEIRO 1×0 CORINTHIANS, 14nov18qua21h45. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 60%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 34ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Globo, Premiere. PÚBLICO: 8.314 pagantes, 15.520 presentes, R$128.669, média R$15. ARBITRAGEM: Jean Pierre Lima, Leirson Peng, Lucio Beiersdorf (RS). AMARELOS: Robinho, Fred, Douglas, AngelRomero. VERMELHO: Douglas, 45. GOL: David, 13. CORINTHIANS: Cássio — Fagner, Leo Santos, Henrique Buss, Avelar — Douglas, RalfPedrinho (Clayson, 75), Jadson (Vital, 82), Romero; Danilo (Thiaguinho, 46). T: Jair Ventura. CRUZEIRO: Fábio — Ezequiel, ManoelLeo, Egídio — Romero, Lucas — Robinho (Cabral, 82), Mancuello (Brey, 16), David (Raniel, 72) — Fred. T: Sidnei Lobo.

HISTÓRICO: 88 jogos. Cruzeiro venceu 30, empatou 21, perdeu 37, marcou 100 gols, sofreu 116. Pelo Brasileiro, desde 1967, foram 66 jogos. O Cruzeiro venceu 22, empatou 17, perdeu 27, marcou 63 gols, levou 75. Os dois já decidiram dois títulos brasileiros. Em 1969, no Mineirão, Cruzeiro 2×1, mas o título ficou com o Palmeiras que fez um gol a mais, na mesma tarde, sobre o Botafogo. Em 1998, o Corinthians campeonou, com 2×2 no Mineirão, 1×1 e 2×0 no Morumbi. Em 2018, o cruzeiro venceu a Copa do Brasil com 1×0 no Mineirão e 2×1 em Itaquera. Foram disputados 5 pleiofes na história da Copa do Brasil. Corinthians levou a melhor nas oitavas de 1991 (3×1 e 1×0) e nas oitavas de 2002 (2×2 e 3×2). Cruzeiro, nas quartas de 1996 (4×0 e 2×3), nas oitavas de 1998 (3×1 e 1×1), nas quartas de 2016 (1×2 e 4×2) e na final de 2018 (1×0 e 2×1).

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.400 jogos, 607 vitórias, 375 empates, 418 derrotas, 2.037 gols marcados, 1.580 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

AtléticoPR 2×0 Cruzeiro: Caiu numa armadilha

sábado, 10 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra AtléticoPR, neste 10nov18sab19h, Baixada (42 mil), Curitiba, 33ª rodada, Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.282 pontos; AtléticoPR é o 9º, com 11.718.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro está em 8º lugar, com 46 pontos, Paranaense é o 9º, com 43.

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Manoel, Leo, Egídio — Henrique, Cabral – Robinho, Neves, Arrascaeta — Raniel. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Ezequiel, Cacá, Brey, Ederson, Romero, Bruno, Lucas, Barcos, David, Sobis.

AUSENTES: Dedé, Fred (poupados), Sassá, Mancuello (suspensos), Murilo, Rafinha (lesionados).

PENDURADOS: Bruno, Dedé, Edílson, Ezequiel, Leo, Murilo, Sobis.

ARBITRAGEM: Anderson Daronco, Rafael da Silva Alves, Michael Stanislau (RS).

PARANAENSE: Santos — Jonathan, Thiago Heleno, Leo Pereira, Lodi — Bruno Guimarães, Wellington — Cirino, Rafael Veiga, Nikão — Pablo. T: Tiago Nunes.

BANCO: Felipe Alves G, Diego Ferreira L, Wanderson B, Zé Ivaldo B, Márcio Azevedo L, Carleto L, Camacho V, Baralhas V, Rosseto M, Rony A, Marcinho A, Bergson A.

.AUSENTES: Lucho González (poupado), Bruno Nazário, Paulo André, Guilherme (lesionados).

PENDURADOS: Bergson, Márcio Azevedo, Nikão, Paulo André, Thiago Heleno, Wanderson, Zé Ivaldo.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Linhares Jr, comentários de Ricardinho, reportagens de Nádia Mauad e Pedro Correia. .

TEMPO nublado,  temperatura 19º, vento 14 Km/h, umidade 83%.

ATLÉTICO-PR 2×0 CRUZEIRO, 10nov18sab19h. TEMPO nublado,  temperatura 19º, vento 14 Km/h, umidade 83%. LOCAL: Baixada (42 mil), Curitiba. MOTIVO: 33ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 8.641 presentes, R$ 174.170, média R$20. ARBITRAGEM: Anderson Daronco, Rafael da Silva Alves, Michael Stanislau (RS). AMARELOS: Manoel, Henrique, Edílson, Cabral, Arrascaeta, Romero, Sobis, Jonathan, Guimarães, Wellington, Pereira. GOLS: Cirino, 9, Veiga, 21. CRUZEIRO: Fábio, Edilson (Romero), Manoel, Leo, Egídio, Henrique, Cabral; Robinho (Sobis), Neves, Arrascaeta; Raniel (Barcos). T: Mano Menezes. PARANAENSE: Santos; Jonathan (Diego Ferreira, 46), Thiago Heleno, Leo Pereira, Lodi; Guimarães (Camacho), Wellington; Cirino (Rony), Veiga, Nikão; Pablo. T: Tiago Nunes.

HISTÓRICO: 60 jogos, 24 vitórias do Cruzeiro, 19 empates, 17 do Paranaense. Cruzeiro marcou 89 gols, levou 76. Eles já decidiram duas competições nacionais entre si. Em 1999, o Paranaense conquistou a Seletiva da Libertadores vencendo por 3×0 na Baixada e perdendo por 2×1 no Mineirão. Na SulMinas 2002, o Cruzeiro venceu por 2×1, na Baixada, e 1×0, no Mineirão, na despedida de Sorín, com 70 mil espectadores.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.399 jogos, 606 vitórias, 375 empates, 418 derrotas, 2.036 gols marcados, 1.580 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

América 1×2 Cruzeiro: Cota 45 ultrapassada

domingo, 4 de novembro de 2018

CRUZEIRO contra AméricaMG, neste 04nov18qui15h, no Independência (23 mil), Belo Horizonte, pela 32ª rodada do Brasileiro 2018.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 9º, com 43 pontos; América o 16º, também com 34 pontos.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; América, o 24º, com 6.255.

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Cabral — Robinho, Neves, Arrascaeta — Barcos. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Ezequiel, Cacá, Manoel, Brey, Romero, Lucas, Mancuello, Raniel, Sobis, David.

AUSENTES: Bruno, Murilo (lesionados), Sassá (suspenso), Hermes, Fred, Rafinha (poupados).

PENDURADOS: Bruno, Dedé, Edílson, Ezequiel, Leo, Murilo, Sobis.

ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes (SC), Bruno Boschilia (PR) e Henrique Neu Ribeiro (SC).

AMÉRICA: João Ricardo — Norberto, Messias, Matheus Ferraz, Carlinhos — Juninho, Zé Ricardo; Luan, Robinho, Giovanni, Ruy. T: Adílson Batista.

BANCO: Fernando Leal (G), (L), Ricardo Silva (B), Wesley (V), Leandro Donizete (V), Lincoln (M), Marquinhos (A), Ademir (A), Matheusinho (A), Robinho (A), Moura A.

AUSENTES: Aylon, Gerson Magrão, Paulão (suspensos), David (fratura no joelho esquerdo), Jori (tendinite), Lima (transição).

PENDURADOS: Aylon, Juninho, Leandro Donizete, Luan, Matheus Ferraz e Rafael Moura.

TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 14 Km/h, umidade 64%.

TRANSMISSÃO: Globo pra MG, com narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria e Marcio Rezende Freitas. Premiere, com narração de Jaime Junior e comentários de Henrique Fernandes.

AMÉRICA 1×2 CRUZEIRO, 04nov18qui17h. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 06 Km/h, umidade 80%. LOCAL: Independência (23 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 32ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Globo, Premiere. PÚBLICO: 9.423 pagantes, R$98.805, média R$10. ARBITRAGEM: Héber Roberto Lopes (SC), Bruno Boschilia (PR), Henrique Nou Ribeiro (SC). AMARELOS: Zé Ricardo, Juninho, Luan, Egídio. GOLS: Arrascaeta, 17, Neves, 50 (p), Moura, 71 (p). CRUZEIRO: Fábio; Edilson; Dedé, Leo; Egídio; Henrique, Cabral; Robinho (Lucas, 73), Neves (Macuello, 84), Arrascaeta; Barcos (Raniel, 75). T: Mano Menezes. AMÉRICA: João Ricardo; Norberto (Moura, 66), Messias, Matheus Ferraz, Carlinhos (Robinho, 46); Juninho, Zé Ricardo, Aderlan (Matheusinho, 46), Giovanni, Luan, Ruy. T: Adílson Batista.

HISTÓRICO: 366 jogos, 154 vitórias do Cruzeiro, 102 vitórias do América, 110 empates. Cruzeiro marcou 651 gols e sofreu 523.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.398 jogos, 606 vitórias, 375 empates, 417 derrotas, 2.036 gols marcados, 1.578 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

Cruzeiro 3×1 Paraná: Sem fazer força

sábado, 27 de outubro de 2018

CRUZEIRO contra Paraná Clube, neste 27out18qua21h, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, pela 31ª rodada do Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; Paraná, o 28º, com 5.244.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 10º, com 40 pontos, Paraná, o 120º, com 17.

CRUZEIRO: Fábio — Ezequiel, Dedé, Leo, Egídio — Romero, Lucas –Sobis, Mancuello, Arrascaeta — Fred. T: Mano Menezes.\

BANCO: Rafael, Cacá, Manoel, Hermes, Ederson, Bruno, Cabral, Brey, Raniel, David.

AUSENTES: Neves, Sassá (suspensos); Rafinha, Robinho (lesionados), Henrique, Edílson, Barcos, Rafinha (poupados).

PENDURADOS: Bruno, Dedé, Edílson, Ezequiel, Leo, Murilo, Sobis.

ARBITRAGEM: Marcelo Lima Henrique, Michael Correia, Silbert Faria Sisquim (RJ).

PARANÁ: Richard — Wesley, Jesiel, Rayan, Igor — Leandro Vilela, Jhonny Lucas, Alex Santana — Andrey, Grampola, Juninho. T: Dado Cavalcante

BANCO: Thiago Rodrigues G, Mansur L, Vitinho L, Jhony V, Jean Lucas M, Alesson M, Rodrigo Carioca A, Silvinho A, Iacovelli A.

AUSENTES: René Santos, Nadson, Torito, Maicosuel, Guilherme Biteco, Felipe Augusto (lesionados), Ortigoza, Cleber Reis, Deivid, Caio Henrique, Baez (afastados).

PENDURADOS: Jesiel, Silvinho, Caio Henrique, Alex Santana, Torito González.

TEMPO chuvoso, temperatura 20º, vento 10 Km/h, umidade 80%.

TRANSMISSÃO: Premiere e Premiere Internacional, cpm narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria, reportagens de Gabriela Ribeiro e Maurício Paulucci.

CRUZEIRO 3×1 PARANÁ, 27out18sab21h. TEMPO chuvoso, temperatura 20º, vento 10 Km/h, umidade 80%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 31ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: PÚBLICO: 6.405 pagantes, 18.783 presentes, R$105.203, média R$16. ARBITRAGEM: Marcelo Lima Henrique, Michael Correia, Silbert Sisquim (RJ). AMARELOS: Igor. GOLS: Arrascaeta, 9, Fred, 14, Egídio, 19 (c), Sobis, 48 (p). CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Dedé, Leo, Egídio; Romero, Lucas; Sobis, Mancuello (Bruno), Arrascaeta (Deivid); Fred (Raniel). T: Mano Menezes. PARANÁ: Richard; Wesley (Mansur), Jesiel, Rayan, Igor; Vilela, Jhonny Lucas (Alesson), Alex Santana; Andrey, Grampola, Juninho (Silvinho). T: Dado Cavalcante.

HISTÓRICO: 28 jogos, 12 vitórias do Cruzeiro, 8 empates, 8 vitórias do Paraná, com 47 gols do Cruzeiro e 35 do Paraná.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.397 jogos, 605 vitórias, 375 empates, 417 derrotas, 2.034 gols marcados, 1.577 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.

Cruzeiro 0x2 Ceará: Sem qualidade pra jogar aberto

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

CRUZEIRO contra Ceará, neste 24out18qua19h30., no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, pela 28ª rodada, Brasileiro 2018.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos, Ceará, o 27º, com 5.553.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 10º, com 40 pontos; Ceará, o 17º, com 31 pontos.

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Manoel, Leo, Egídio — Henrique, Cabral — Robinho, Neves, Rafinha — Barcos. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Murilo, Brey, Ederson, Romero, Lucas, Bruno, Raniel, Sobis, David.

AUSENTES: Sassá (suspenso), Mancuello, Ezequiel, Hermes (lesionados), Dedé, Arrascaeta, Fred (poupados).

PENDURADOS: Bruno, Dedé, Edílson, Ezequiel, Leo, Murilo, Sobis, Neves.

ARBITRAGEM: Flávio Rodrigues de Souza, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, Tatiane Sacilotti dos Santos. (SP).

CEARÁ: Everson — Fabinho, Luiz Otávio, Tiago Alves, João Lucas — Richardson, Juninho, Calyson, Ricardinho  — Arthur, Leandro Carvalho. T: Marcelo Rospide / Lisca.

BANCO: Fernando Henrique G. Valdo B, Felipe Jonatan L, Matheus Lira V, Edinho V, Felipe Azevedo M, Elton A, Juninho Piauiense A, Luidy A, Eder Luís A, Hyuri A, Ricardo Bueno A.

AUSENTES: Samuel Xavier (suspenso), Romário, Alex Amado, Wescley (lesionados); Reina (transição).

PENDURADOS: Calyson, Richardson, Reina, Ricardinho, Arnaldo.

TEMPO nublado, temperatura 21º, vento 5 Km/h, umidade 49%.

TRANSMISSÃO: Premiere e Premiere Internacional, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria, reportagens de Vinícius Eulálio e Pedro Correia.

CRUZEIRO 0x2 CEARÁ, 24out18qua19h30. TEMPO chuvoso, temperatura 20º, vento 5 Km/h, umidade 91%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 28ª rodada, Brasileiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 12.05 pagantes, 30.814 presentes, R$204.315, média R$17. ARBITRAGEM: Flávio Rodrigues, Miguel Cataneo, Tatiane Sacilotti (SP). AMARELOS: Neves, Ricardinho. GOLS: Artgur, 62 e 80. CEARÁ: Everson; Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio, João Lucas; Richardson, Ricardinho (Pedro Ken, 87), Quixadá, Calyson (Felipe Azevedo, 78), Leandro Carvalho (Valdo, 73); Arthur. T: Rospide / Lisca. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Manoel, Leo, Egidio; Cabral (Raniel, 70), Henrique, Robinho, Neves (David, 60). Rafinha (Lucas, 84), Barcos T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 13 jogos, 6 vitórias do Cruzeiro, 3 do Ceará, 4 empates, 21 gols do Cruzeiro, 12 do Ceará.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 62 campeonatos, 1.396 jogos, 604 vitórias, 375 empates, 417 derrotas, 2.031 gols marcados, 1.576 sofridos. Aproveitamento de 52,3%.