Arquivo da Categoria ‘JOGOS’

Fluminense 4×1 Cruzeiro: show de Xerém

sábado, 18 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Fluminense, Maracanã, Rio de Janeiro, 18mai19qua18h, 5ª rodada, Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Fluminense é o 13º, com 10.034.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 11º, com 6 pontos, Fluminense, o 15º, com 3.

TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 14 Km/h, umidade 93%.

TRANSMISSÃO: Premiere, Premiere Play e Premiere Internacional, com Gustavo Villani, Lédio Carmona e Roger Flores.

ARBITRAGEM: Flavio Rodrigues de Sousa, Marcelo Carvalho Van Gasse, Alex Ang Ribeiro (SP). VAR: Heber Roberto Lopes (SC).

CRUZEIRO: Rafael — Orejuela, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Lucas — Robinho, Rodriguinho, Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Vitor Eudes, Fabruno, Murilo, Dodô, Rafael Santos, Cabral, Romero, Jadson, Sassá, M Gabriel, David.

AUSENTES: Raniel (transição), Neves (doente), Fábio (poupado)..

PENDURADOS: Romero.

FLUMINENSE: Agenor — Gilberto, Nino, Matheus Ferraz, Caio Henrique — Allan, Dodi, Ganso — Daniel, Luciano, Yoni González. T: Fernando Diniz.

BANCO: Rodolfo G, Igor Julião L, Frazan B, Caio V, Guilherme M, Kelvin A, João Pedro A, Marcos Paulo A, Yuri A, Ewandro A, Pablo Dyego A.

AUSENTES: Leo Santos, Mascarenhas, Pedro, Airton, Bruno Silva, Digão (lesionados), Guilherme (jogou pelo Bahia), Yuri (jogou pelo Santos).

PENDURADOS: Allan e Luciano.

FLUMINENSE 4×1 CRUZEIRO, 18mai19qua18h. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 14 Km/h, umidade 93%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: 5ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 11.437 pagantes, R$253.360, média R$22. AMARELOS: Rodriguinho, Rocha, Allan, Luciano. GOLS: Nino, 43, Luciano, 46, Robinho, 48, JoãoPedro, 80 e 94. FLUMINENSE: Agenor; Gilberto, Ferraz, Nino, Caio Henrique; Allan, Daniel (Igor Julião, 83), Ganso, Leo Artur (João Pedro, 71); González, Luciano (Marcos Paulo, 77). T: Fernando Diniz. CRUZEIRO: Rafael; Orejuela (M Gabriel, 57), Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Romero; Robinho, Rodriguinho (Deivid, 75), Rocha; Fred (Sassá, 78). T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 81 jogos. Cruzeiro venceu 26, empatou 20, perdeu 35, marcou 112 gols, levou 126. Pelos campeonatos brasileiros, desde 1959, foram 65 partidas. Cruzeiro venceu 24, empatou 17 e perdeu 24, marcou 90, sofreu 90. Os dois clubes jamais decidiram uma competição entre si, mas chegaram próximos no Brasileiro 2010, quando o Flu campeonou com 2 pontos a mais.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.448 jogos, 631 vitórias, 388 empates, 429 derrotas, 2.110 gols marcados, 1.642 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 633 jogos, 288 vitórias, 136 empates, 209 derrotas, 957 gols marcados, 782 sofridos, aproveitamento de 53%.

Fluminense 1×1 Cruzeiro: castigo no fim

quarta-feira, 15 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Fluminense, neste 15mai19qua21h15, no Maracanã, Rio de Janeiro, jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Fluminense é o 13º, com 10.034.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro estreia na competição; Fluminense passou por River Teresina (0x5), Ypiranga Erechim (3×0), Luverdense (0x0 e 2×0) e Santa Cruz (2×0 e 0x2).

TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 5 Km/h, umidade 93%.

TRANSMISSÃO de Cruzeiro x Fluminense, nesta quarta, 21h: Globo pra BH (com Jaime Júnior, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas) e Sportv e Premiere Internacional (com Luiz Carlos Júnior, Alex Escobar e Roger Flores).

ARBITRAGEM: Luiz Flavio de Oliveira, Emerson Augusto de Carvalho, Neuza Inês Back (SP), VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Lucas — Robinho, Rodriguinho, Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Edílson, Fabruno, Murilo, Dodô, Cabral, Romero, Jadson, Sassá, David.

AUSENTES: M Gabriel (lesionado), Raniel (transição), Neves (doente).

PENDURADOS: ninguém.

FLUMINENSE: Rodolfo — Gilberto, Nino, Matheus Ferraz, Caio Henrique — Allan, Dodi, Ganso — Daniel, Luciano, Yoni González. T: Fernando Diniz.

BANCO: Agenor, Igor Julião L, Frazan B, Caio V, Leo Arthur V, Miguel M, Kelvin Am João Pedro, Marcos Paulo, Ewandro A, Pablo Dyego A.

AUSENTES: Leo Santos, Mascarenhas, Pedro, Airton, Bruno Silva, Digão (lesionados), Guilherme (jogou pelo Bahia), Yuri (jogou pelo Santos)

PENDURADOS: ninguém.

FLUMINENSE 1×1 CRUZEIRO, 15mai19qua21h30. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 5 Km/h, umidade 93%. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro. MOTIVO: ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2019. TRANSMISSÃO: Globo Minas, Sportv, Premiere. PÚBLICO: 16.80 presentes, 15.912 pagantes, R$398.635, média R$25. ARBITRAGEM: Luiz Flavio Oliveira, Emerson Carvalho, Neuza Back (SP), VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP). AMARELOS: Ganso, Nino, Rodriguinho, Romero. GOLS: Rocha, 57, JoãoPedro, 93. FLUMINENSE: Rodolfo; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz, Caio Henrique; Allan, Daniel (Ewandro, 68), Leo Artur (Marcos Paulo, 76), Ganso; González, Luciano (João Pedro, 83). T: Fernando Diniz. CRUZEIRO: Fábio, Orejuela, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Romero, Robinho, Rodriguinho (Jadson, 67), Rocha (David, 77); Fred (Sassá, 81). T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 80 jogos. Cruzeiro venceu 26, empatou 20, perdeu 34, marcou 111 gols, levou 122. Pelos campeonatos brasileiros, desde 1959, foram 64 partidas. Cruzeiro venceu 24, empatou 17 e perdeu 23, marcou 89, sofreu 86 gols. Os dois clubes jamais decidiram uma competição entre si, mas chegaram próximos no Brasileiro 2010, quando o Flu campeonou com 2 pontos a mais.

Internacional 3×1 Cruzeiro: elenco de mentirinha

domingo, 12 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Internacional, neste 12mai19dom16h, no Beira Rio  (50 mil),Porto Alegre, pela 4ª rodada do Brasileiro 2109.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 7º, com 6 pontos; Internacional, o 15º, com 3.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos, Internacional, o 9º, com 10.902.

TRANSMISSÃO: RBS pro Rio Grande do Sul, Globo pra Minas Gerais, Premiere pra todo o Brasil, com Luiz Carlos Jr, Aba Thais Matos, Júlio César Santos, Vinícius Eulálio.

TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 8 Km/h, umidade 78%.

ARBITRAGEM: Raphael Claus, Marcelo Carvalho Van Gassie, Danilo Ricardo Simon Manis. (SP). VAR: Thiago Duarte Peixoto, Edina Alves Batista, Herman Brumel Vani (SP).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Dodô — Romero, Lucas — Jadson, Neves, Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Edílson, Fabruno, Murilo, Rafinha, Robinho, , Cabral, Rodriguinho, David, Sassá.

AUSENTES: M Gabriel, (lesionado), Raniel (transição).

PENDURADO: Romero.

INTERNACIONAL: Lomba — Zeca, Moledo, Cuesta, Iago — Lindoso, Edenilson, Nonato – D’Alessandro — Nico López, Guerrero. T: Odair Hellmann.

BANCO: Danilo Fernandes G, Bruno L, Dudu L, Klaus B, Roberto B, Uendel L, Rithely V, Sarrafiore M, M, Neilton M, Pottker A Sobis A, Guilherme Parede A.

AUSENTES: Patrick (lesão muscular), Emerson Santos (entorse no tornozelo), Matheus Galdezani (cirurgia no joelho) PENDURADOS: ninguém.

INTERNACIONAL 3×1 CRUZEIRO, 12mai19dom16h,. TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 8 Km/h, umidade 78%. LOCAL: BeiraRio (50 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 4ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Rbs, Globo e Premiere. PÚBLICO: 23.416 presentes, 20.673 pagantes, R$948.310, média R$46. ARBITRAGEM: Raphael Claus, Marcelo Van Gassie, Danilo Manis. (SP). VAR: Thiago Peixoto, Edina Batista, Herman Vani (SP). AMARELOS: nenhum, VERMELHO: Edílson, 92. GOLS: Nonato, 31, Dedé, 35, Guerrero, 55, Moledo, 82. INTER: Lomba; Zeca, Moledo, Cuesta, e Iago; Lindoso, Nonato (Parede, 69), Edenílson, D’Alessandro (Sobis, 74), Nico López; Guerrero (Sarrafiore, 63).​ T: Odair Hellmann. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Dodô; Lucas, Romero, jadson (David, 66), Rocha (Rodriguinho, 66), Neves; Fred (Sassá, 78).T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 82 jogos, com 29 vitórias do Cruzeiro, 30 do Inter e 23 empates. O Cruzeiro marcou 105 gols e sofreu 105. Pelo Brasileiro, desde 1962, foram 71 partidas. O Cruzeiro venceu 25, empatou 20, perdeu 25, marcou 88 gols e sofreu 86. Os dois clubes decidiram o Brasileiro de 1975, com vitória do Inter na final por 1×0, no BeiraRio.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.447 jogos, 631 vitórias, 388 empates, 428 derrotas, 2.109 gols marcados, 1.639 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 632 jogos, 288 vitórias, 136 empates, 208 derrotas, 956 gols marcados, 779 gols sofridos, aproveitamento de 53%.

Cruzeiro 1×2 Emelec: limitações expostas

quarta-feira, 8 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Emelec, neste 09mai19qua19h15, no Mineirão, Belo Horizonte, 6ª rodada, Grupo B, Libertadores 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro, 15 pontos, Emelec, 5, Lara, 4, Huracán, 1.

TRANSMISSÃO: Fox, com narração de João Guilherme e comentários de Zinho.

TEMPO chuvoso, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 80%.

ARBITRAGEM: Andrés Rojas, Wilmar Navarro, John Alexander Leon (Colômbia).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Fabruno, Leo, Egídio — Henrique, Cabral — Jadson, Rodriguinho, Rafinha — Sassá. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael G, Murilo B, Dodô L, Rafael Santos L, Romero V, Lucas V, Robinho M, Neves M, David A.

AUSENTES: M Gabriel, Raniel (lesionados), Dedé, Fred (poupados), Pedro Rocha (sem inscrição).

PENDURADOS: Dedé.

EMELEC: Dreer — Paredes, Mejía, Vega, Estácio — Godoy, Queiroz, Matamoros — Rojas, Brayan Angulo, Guerrero T: Ismael Recalvo.

BANCO: Bone G, Johnson L, Jaime B, Bagui L, Pedro Quiñonez V, Arroyo M, López, M, Cortez M, Caicedo M, Cabezas A, Mondaini A,  Daniel Angulo A.

AUSENTES: Billy Arce (punido por indisciplina).

PENDURADOS: Joel López Pissano e Jordan Jaime.

CRUZEIRO 1×2 EMELEC, 08mai19qua19h15. TEMPO chuvoso, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 85%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 6ª rodada, Grupo B, Libertadores 2019. TRANSMISSÃO: Fox. PÚBLICO: 18.083 pagantes, 24.417 presentes, R$393.347, média R$22. ARBITRAGEM: Andre Rojas, Wilmar Navarro, John Alexander Leon (Colômbia). AMARELOS: Rodriguinho, Vega, Guerrero, Dreer. GOLS: Rojas, 40, Sassá, 66, Angulo, 89 (p). CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Fabruno, Leo, Egídio; Henrique, Cabral (Robinho, 46); Jadson (Neves, 64), Rodriguinho, Rafinha (David, 46), Sassá. T: Mano Menezes. EMELEC: Dreer; Paredes, Mejía, Vega, Estácio (Johnson, 70), Godoy, Queiroz (Arroyo, 77), Matamoros (Caicedo, 57), Rojas, Brayan Angulo, Guerrero. T: Ismael Rescalvo.

HISTÓRICO: 4 jogos, 2 vitórias do Cruzeiro, 1 empate, 1 vitória do Emelec, 4 gols do Cruzeiro, 2 do Emelec.

Cruzeiro 2×1 Goiás: teve que martelar!

domingo, 5 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Goiás, 05mai19dom16h, Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, 3ª rodada do Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 14º, com 3 pontos, Goiás, o 11º, com 3.

RANKING da CBF. Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos 24º, Goiás, o 24º, com 6.168.

TRANSMISSÃO: Globo pra MG e GO (com Rogério Corrêa, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas) e Premiere (com Jaime Júnior e Henrique Fernandes).

TEMPO nublado, temperatura 21º, vento 14 Km/h, umidade 85%.

ARBITRAGEM: Rodrigo Carvalhaes Miranda, Luiz Cláudio Regazone, Silbert Faria Sisquim (RJ). Var: Paulo Roberto Alves Jr (PR).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Lucas — Robinho, Rodriguinho, Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Fabruno, Murilo, Dodô, Rafael Santos, Romero, Cabral, Jadson, Rafinha, Neves, Sassá, David.

AUSENTES: Raniel, M Gabriel (lesionados).

PENDURADOS: Romero.

GOIÁS: Tadeu — Daniel Guedes, Yago, David Duarte, Jefferson — Geovane, Leo Sena, Giovanni Augusto — Michael, Kayke, Barcia. T: Claudinei Oliveira.

BANCO: Marcos G, Rafael Vaz B, Kevin L, Loyola L, Yago Felipe V, Marlone M, Renatinho M, Júnior Brandão A, Marcinho A.

AUSENTES: Marcelo Hermes (emprestado pelo Cruzeiro).

PENDURADOS: ninguém.

GOIÁS Esporte Clube, fundado por um grupo de amigos reunidos debaixo de um poste, em 06abr43, foi uma agremiação pequena até meados dos anos 60, quando começou sua coleção de 28 títulos estaduais, 2 brasileiros da Série B, 3 copas Centro Oeste, que fazem dele o mais vitorioso e popular clube do Centro Oeste do Brasil. No Ranking de 2019 da CBF, o Goiás ocupa a 24ª posição, com 6.168 pontos.

CRUZEIRO 2×1 GOIAS, 05mai19dom16h. TEMPO nublado, temperatura 21º, vento 14 Km/h, umidade 85%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 3ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 15.259 pagantes, 19.735 presentes, R$214.019, Média R$14. ARBITRAGEM: Rodrigo Carvalhaes, Luiz Cláudio Regazone, Silbert Sisquim (RJ). VAR: Paulo Roberto Alves (PR). AMARELOS: Augusto, Rodriguinho. VERMELHO: Augusto (no banco). GOLS: Dedé, 48, Michael, 56, Rodriguinho, 81. CRUZEIRO: Fábio — Orejuela (Jadson, 75), Dedé, Leo, EgídioHenrique, Lucas — Robinho (Neves, 67), Rodriguinho, Rocha (David, 67) — Fred. T: Mano Menezes. GOIÁS: Tadeu — Daniel Guedes, David Duarte, Yago,  Jefferson — Geovane, Leo Sena, Giovanni Augusto (Renatinho, 73) , Kayke (Júnior Brandão, 83); Michael, Barcia (Marlone, a73). T: Claudinei Oliveira.

HISTÓRICO: 54 jogos, 31 vitórias do Cruzeiro, 10 empates, 13 vitórias do Goiás. O Cruzeiro marcou 73 gols e sofreu 51. Brasileiro: 36 jogos, Cruzeiro venceu 20, empatou 7, perdeu 9, marcou 53, levou 36 gols. Os dois times nunca decidiram um título jogando entre si

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.446 jogos, 631 vitórias, 388 empates, 427 derrotas, 2.108 gols marcados, 1.636 sofridos. Aproveitamento de 52,6%. Nos pontos corridos: 631 jogos, 288 vitórias, 136 empates, 207 derrotas, 955 gols marcados, 776 gols sofridos, aproveitamento de 52,8%.

Cruzeiro 1×0 Ceará: Fábio garantiu os três pontos

quarta-feira, 1 de maio de 2019

CRUZEIRO contra Ceará, neste 01mai19qua19h15, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, pela 2ª rodada, Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos, Ceará, o 23º, com 6.274.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 15º, com 0 ponto; Ceará, o 1º, com 3 pontos.

TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 70%.

TRANSMISSÃO: Premiere, Premiere Play e Premiere Internacional, com Rogério Corrêa, Henrique Fernandes e reportagens de Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM Wagner Reway (MT), Bruno Boschilia (PR), Neuza Inês Back (SC), VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

CRUZEIRO: CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Dedé, Leo, Dodô — Romero , Cabral — Robinho, Neves, M Gabriel; Fred. T: Mano Menezes.. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Orejuela, Fabruno, Egídio, Rafael Santos, Lucas, Jadson, Rafinha, Sassá, David.

AUSENTES: Murilo (suspenso), Raniel (lesionado)., Henrique, Pedro Rocha (poupados).

PENDURADOS: ninguém.

CEARÁ: Diogo Silva — Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Carleto — Fabinho, Auremir, Ricardinho — Chico, Ricardo Bueno, Leandro Carvalho T: Enderson Moreira.

BANCO: Richard G, Valdo B, Eduardo Brock B, João Lucas L, Edinho V, Roger A, Fernando Sobral M, Matheus Gonçalves A, Bergson A.

AUSENTES: William Oliveira, Felipe Silva, Wescley, Juninho Quixadá (lesionados).

PENDURADOS: ninguém.

CRUZEIRO 1×0 CEARÁ, 01mai19qua19h15. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 2ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 17.778 pagantes, 22.677 presentes, R$265.041, média R$15. ARBITRAGEM: Wagner Reway (MT), Bruno Boschilia (PR), Neuza Inês Back (SC), VAR: Heber Roberto Lopes (SC). AMARELOS: Romero. GOL: Neves, 49. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Dodô; Romero, Cabral (Lucas, 75); Robinho, Neves (Jadson, 78), M Gabriel (David, 22); Fred. T: Mano Menezes. CEARÁ: Diogo Silva, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, Carleto; Fabinho, Auremir, Ricardinho (Fernando Sobral, 71); Chico (Bergson, 77), Ricardo Bueno (Roger, 80), Leandro Carvalho. T: Enderson Moreira.

HISTÓRICO: 14 jogos, 7 vitórias do Cruzeiro, 3 do Ceará, 4 empates, 22 gols do Cruzeiro, 12 do Ceará.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.445 jogos, 630 vitórias, 388 empates, 427 derrotas, 2.106 gols marcados, 1.635 sofridos. Aproveitamento de 52,6%. Nos pontos corridos: 630 jogos, 287 vitórias, 136 empates,  207 derrotas, 953 gols marcados, 775 gols sofridos, aproveitamento de 52,8%.

Flamengo 3×1 Cruzeiro: pra cair na real

sábado, 27 de abril de 2019

CRUZEIRO contra Flamengo, Maracanã, Rio de Janeiro, 27abr19sab21h, 1ª rodada, Brasileiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822; Flamengo, o 6º, com 13.850.

CLASSIFICAÇÃO: primeira rodada do campeonato.

TEMPO: nublado, temperatura 27º, vento 10 Km/h, umidade 80%.

HISTÓRICO: 97 jogos. Cruzeiro venceu 36, empatou 26, perdeu 35, marcou 120 gols, sofreu 127. Pelo Brasileiro, desde 1959, foram 61 jogos. O Cruzeiro venceu 24, empatou 14, perdeu 23, marcou 68 gols, sofreu 75. Os clubes decidiram 2 títulos entre si, as copas do Brasil de 2003 e 2017. O Cruzeiro venceu ambas.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.444 jogos, 629 vitórias, 388 empates, 427 derrotas, 2.105 gols marcados, 1.635 sofridos. Aproveitamento de 52,6%. Nos pontos corridos: 629 jogos, 286 vitórias, 136 empates,  207 derrotas, 952 gols marcados, 775 gols sofridos, aproveitamento de 52,8%.

TRANSMISSÃO: Premiere, Premiere Play e Premiere Internacional, com narração de com Luiz Carlos Júnior e comentários de Roger Flores.

ARBITRAGEM: Anderson Daronco (RS), Rafael Alves (RS), Miguel Ribeiro da Costa (SP). VAR: Leandro Vuaden (RS).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Murilo, Dodô — Romero, Henrique — M Gabriel, Eodriguinho,  Rocha — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Orejuela, Fabruno, Egídio, Jadson, Lucas, Cabral, Rafinha, Sassá, Neves, David.

AUSENTES: Robinho, Raniel (lesionados), Leo (doente).

PENDURADOS: ninguém.

ARBITRAGEM: Anderson Daronco (RS), Rafael Alves (RS), Miguel Ribeiro da Costa (SP). VAR: Leandro Vuaden (RS).

FLAMENGO: César — Pará, Duarte, Rodrigo Caio, Renê — Cuéllar, Arão — Gabigol, Everton Ribeiro, Arrascaeta — Bruno Henrique. T: Abel Braga.

BANCO: Thiago G, Gabriel Batista G, Rodinei L, Rhodolfo B, Juan B, Trauco L, Ronaldo V, Hugo Moura V, Diego M, Vitor Gabriel A, Bill A, Lincoln A.

AUSENTES: Diego Alves G, Piris V, Uribe A (lesionados), Berrio (preparação física).

PENDURADOS: ninguém.

FLAMENGO, fundado em 17nov1895, foi um clube de regatas, com as cores azul e ouro. Somente em 1902, quando abrigou futebolistas dissidentes do Fluminense, passou ser também um clube de futebol. Seu maior ídolo é Zico, meiatacante dos Anos 80. Dida (A), Carlinhos (V), Zizinho (A), Júnior (L), Andrade (V), Adílio (M) e Leandro (L) são outros referentes históricos. O clube, que migrou do Flamengo pra Gávea, tem 5 títulos do Brasileiro (80, 82, 83, 92, 09), 1 Copa União (87), 3 da Copas do Brasil (90, 06, 13), 1 Copa Mercosul (99), 1 Libertadores (81), 1 Mundial de Clubes (81) e 35 cariocas.

FLAMENGO 3×1 CRUZEIRO, 27abr19sab21h. TEMPO: nublado, temperatura 27º, vento 10 Km/h, umidade 80%.. LOCAL: Maracanã (78 mil), Rio. MOTIVO: 1ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO:  Premiere. PÚBLICO: 29.459 pagantes, 35.016 presentes R$1.311.592, média R$45. ARBITRAGEM: Anderson Daronco (RS), Rafael Alves (RS), Miguel Ribeiro Costa (SP). VAR: Leandro Vuaden (RS). AMARELOS: Pará, Duarte, Gabigol, Murilo, Romero, Edílson, Fred, Mano. VERMELHO:  Murilo, 84. GOLS: Rocha, 39, B Henrique, 40 e 66, Gabigol, 89. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Murilo, Dodô; Henrique, Romero (Lucas, 68), M Gabriel, Rodriguinho (Neves, 62); Rocha (Rafinha, 69); Fred.. T: Mano Menezes. FLAMENGO: César; Pará, Duarte, Rodrigo Caio, Renê; Cuéllar, Arão, Gabigol, Everton Ribeiro (Juan, 90), Arrascaeta (Diego, 74); Bruno Henrique. T: Abel Braga.

AtléticoMG 1×1 Cruzeiro: 40x campeão mineiro!

sábado, 20 de abril de 2019

CRUZEIRO contra AtléticoMG neste 20abr19sab16h30, no Independência , Belo Horizonte, volta das finais do Mineiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Mineiro, o 7º, com 13.352.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro terminou a 1ª fase em 2º lugar e depois passou por Patrocinense e América. Mineiro terminou a 1ª fase em 1º lugar e depois passou por Tupynambás e Boa.

TEMPO ensolarado, temperatura 27º, vento 15 Km/h, umidade 46%.

TRANSMISSÃO: Globo, com narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria e Márcio Rezende de Freitas. Premiere, com narração de Jayme Jr, comentários de Henrique Fernandes, reportagens de Pedro Augusto Correia e Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM: (RJ), Leandro Bizzio Marinho (SP), Rafael Alves (RS), Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS), VAR: Leandro Pedro Vuaden (RS).

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Dodô — Henrique, Romero — Robinho, Rodriguinho, M Gabriel — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael G, Orejuela L, Fabruno B, Murilo B, Egídio L, Lucas V, Jadson V, Cabral V, Neves A, Sassá A, P Rocha A, David, A.

AUSENTES: Raniel (lesionado), Rafinha (suspenso).

MINEIRO: Victor — Guga, Leonardo, Rabello, Santos — Welison, Elias — Geuvânio, Luan, Chará — Ricardo. T: Rodrigo Santana.

BANCO: Michael G, Cleiton G, Patric L, Hulk L, Maidana B, Lucas Cândido V, Jair V, Nathan M, Terans M. Vinícius M, Bolt A, Alerrandro A.

AUSENTES: Cazares, Réver, Uilson, Carlos César, Gustavo Blanco (lesionados).

PENDURADOS: Igor Rabello, Matheus Mancini, Renan Guedes, Réver, Vinícius Góes.

ATLÉTICO-MG 1×1 CRUZEIRO, 20abr19sab16h30. TEMPO ensolarado, temperatura 27º, vento 15 Km/h, umidade 46%. LOCAL: Independência (23 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: volta das finais do Mineiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 21.860 presentes, R$1.208.669, média R$55. ARBITRAGEM: Leandro Bizzio Marinho (SP), Rafael Alves (RS), Elio Nepomuceno Andrade Jr (RS), VAR: Leandro Pedro Vuaden (RS). AMARELOS: Geuvânio, Luan, Ricardo, Victor, Edílson, Neves, Fred. GOLS: Elias, 29, Fred, 79 (p). CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé,  Leo, Dodô; Romero (Neves, 71), Henrique; Robinho, Rodriguinho (Lucas 81),M Gabriel (Rocha, 65), Fred. T: Mano Menezes. ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Leonardo, Rabello, Santos; Welison (Alerrandro, 85), Elias; Luan (Vinicius, 67), Geuvânio (Bolt,  71), Chará, Ricardo. T: Rodrigo Santana.

HISTÓRICO: 470 jogos. Cruzeiro venceu 160, empatou 128, perdeu 182, com 603 gols a favor e 657 contra. Pelo Brasileiro, foram 66 jogos. O Cruzeiro venceu 22, empatou 21, perdeu 23, marcou 89 gols, sofreu 84. Os dois clubes já se enfrentaram em 23 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 13 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14, 18, 19), perdeu 9 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13, 17) e empatou uma (56). Na Copa dos Campeões Mineiros 1999, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006, da Copa Montevidéu 2009 e foi eliminado nas semifinais do Mineiro 2015. Na Copa do Brasil, o Cruzeiro perdeu a final de 2014. Foram 241 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 87, empatou 78, perdeu 75, marcou 281 gols, sofreu 257. Pelo Mineiro, foram 273 jogos, com 93 vitórias do Cruzeiro, 71 empates, 109 derrotas, 297 gols a favor, 344 contra. Pela Primeira Liga, 1 jogo, 1 vitória do Cruzeiro que fez 1 gol e não sofreu nenhum.

Cruzeiro 2×1 AtléticoMG: vantagem revertida

domingo, 14 de abril de 2019

CRUZEIRO contra AtléticoMG neste 14abr19dom16h, no Mineirão, Belo Horizonte, ida das finais do Mineiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Mineiro, o 7º, com 13.352.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro terminou a 1ª fase em 2º lugar e depois passou por Patrocinense e América. Mineiro terminou a 1ª fase em 1º lugar e depois passou por Tupynambás e Boa.

TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 10 Km/h, umidade 56%.

TRANSMISSÃO: Globo (menos pra região de Juiz de Fora), com narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria e Márcio Rezende de Freitas. Premiere, com narração de Jayme Jr, comentários de Henrique Fernandes e reportagens de Pedro Augusto Correia e Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ), Michael Corrêa (RJ). VAR: Bruno Arleu de Araújo (RJ),

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Romero — Robinho, Rodriguinho, M Gabriel — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Orejuela, Fabruno, Murilo, Dodô, Lucas, Jadson, Cabral, Rafinha, Sassá, P Rocha, David.

AUSENTES: Thiago Neves, Raniel (poupados).

PENDURADOS: Orejuela, Robinho.

MINEIRO: Victor — Guga, Leonardo, Rabello, Santos — Adílson, Elias — Luan, Cazares, Chará — Ricardo. T: Rodrigo Santana.

BANCO: Michael G, Cleiton G, Patric L, Hulk L, Maidana B, Zé Welison V, Jair V, Nathan V, Vinícius M, Bolt A, Alerrandro A, Geuvânio A.

AUSENTES: Réver, Uilson, Carlos César, Gustavo Blanco (lesionados)..

PENDURADOS: Igor Rabello, Matheus Mancini, Renan Guedes, Réver, Vinícius Góes.

CRUZEIRO 2×1 ATLÉTICO-MG, 14abr19dom16h. TEMPO nublado, temperatura 27º, 10 Km/h, umidade 56%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: ida das finais do Mineiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 51.032 pagantes, 44.650 presentes, R$1.952.976, média R$. ARBITRAGEM: Wagner Nascimento Magalhães, Rodrigo Figueiredo Corrêa,  Michael Corrêa. VAR: Bruno Arleu Araújo (RJ), AMARELOS: Luan, Ricardo, Bolt, Adílson, Santos, Victor, Fred, Henrique, Romero, Rafinha. VERMELHOS: Rafinha, Adílson. GOLS: M Gabriel, 45, Ricardo, 55, Leo, 60. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Romero (Cabral, 72), Robinho (Rafinha, 76), Rodriguinho (P Rocha, 67), M Gabriel; Fred. T: Mano Menezes. ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Leonardo, Rabello, Santos; Adílson, Elias; Luan (Bolt, 46), Cazares (Vinicius, 63) . Chará, Ricardo (Geuvânio, 86) T: Rodrigo Santana.

HISTÓRICO: 469 jogos. O Cruzeiro venceu 160, empatou 127 e perdeu 182, com 602 gols a favor e 656 contra. Pelo Brasileiro, foram 66 jogos. O Cruzeiro venceu 22, empatou 21, perdeu 23, marcou 89 gols, sofreu 84. Os dois clubes já se enfrentaram em 23 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 12 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14, 18), perdeu 9 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13, 17) e empatou uma (56). Na Copa dos Campeões Mineiros 1999, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006, da Copa Montevidéu 2009 e foi eliminado nas semifinais do Mineiro 2015. Na Copa do Brasil, o Cruzeiro perdeu a final de 2014. Foram 241 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 87, empatou 78, perdeu 75, marcou 281 gols, sofreu 257. Pelo Mineiro, foram 272 jogos, com 93 vitórias do Cruzeiro, 70 empates, 109 derrotas, 296 gols a favor, 343 contra. Pela Primeira Liga, 1 jogo, 1 vitória do Cruzeiro que fez 1 gol e não sofreu nenhum.

Cruzeiro 4×0 Huracán: nas oitavas, com show

quarta-feira, 10 de abril de 2019

CRUZEIRO contra Huracán, pela 4ª rodada do Grupo B da Libertadores 2019, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, neste 10abr19qua19h15.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro, 9, Lara, 4, Emelec, 2, Huracán, 1.

TEMPO nublado, temperatura 21º, vento 10 Km/h, umidade 80%.

TRANSMISSÃO: Sportv, com reportagens de Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM: Júlio Bascuñán, Alejandro Molina, Claudio Urrutia (Chile).

CRUZEIRO: Fábio — Edilson, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Romero — Robinho, Rodriguinho, M Gabriel — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael G, Edílson L, Egídio L, Fabruno B, Murilo B, Lucas V, Jadson V, Cabral V, Rafinha M, David A, Sassá A, Raniel A.

AUSENTES: Pedro Rocha (sem inscrição).

PENDURADOS: Romero.

HURACÁN: Silva — Chimino, Salcedo, Alderete, Araújo — Rossi, Damonte, Pérez, Auzqui — Gamba, Barrios.. T: Antonio Mohamed

BANCO: Pellegrino G, Mendive G, Mancinelli B, Merolla B, Álvarez L, Sills V, Toranzo M, Roa M, Briasco A, Chávez A.

AUSENTES: Mendoza (suspenso).

PENDURADOS: Auzqui.

CRUZEIRO 4×0 HURACÁN, 10abr19qua19h15. TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 18 Km/h, umidade 88%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 4º rodada, Grupo B, Libertadores 2019. TRANSMISSÃO: Sportv. PÚBLICO: 26.077 pagantes, 31.693 presentes, R$ 873.106, média R$33. ARBITRAGEM: Júlio Bascuñán, Alejandro Molina, Claudio Urrutia (Chile). AMARELOS: Pérez, Alderete, Auzqui, Dedé, Romero. GOLS: Fred, 18, 22 e 33, Dodô, 82. CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Dedé, Leo, Dodô; Henrique, Romero (Cabral, 74), Robinho (Rafinha, 61), Rodriguinho, M Gabriel; Fred (Raniel, 68). T: Mano Menezes. HURACÁN: Silva, Chimino, Salcedo, Alderete, Araújo, Rossi, Damonte, Pérez (Roa, 46), Auzqui (Toranzo, 75), Gamba (Chavéz, 64), Barrios.. T: Antonio Mohamed.

HISTÓRICO: 4 jogos, Cruzeiro venceu 2, empatou 1, perdeu 1, marcou 6 gols, sofreu 3. Os dois clubes jamais decidiram um título jogando entre si.