Arquivo da Categoria ‘Humor’

O outro Morrinhão

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Começou ontem a 23ª rodada da Operação Lavajato. E já tem gente achando que esse campeonato pode chegar a 38 rodadas, tornado-se o outro Morrinhão deztepaiz.

Depois do Brahma, também chamado de Barba, do Zedi e do Vaca, a estrela da vez é o Feira. Não o Flu de Feira ou o Bahia de Feira, mas o Feira de perto de Feira.

E o Juiz? Esse não vai pra geladeira por conta de chororô de cartola. Ninguém toma o apito dele. Derrubou na área, ele põe na marca da cal. Sem perdão.

Com ele não tem cera. Caiu, sai no carromaca acompanhado do Japa. E não tem juiz do STJD que o faça abdicar de apitar o que vê. O cara é fera. Fera, não Feira, Ok?

E vc, justíssimo leitor, o que tem achado desse outro Morrinhão? Tá puto ou tá rindo? Seu partido tá correndo risco de rebaixamento ou tá batendo panela?

Qual?

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Dúvidas:

  1. Se KOBE BRYANT resolvesse esticar a carreira por mais um ano, em qual time da NBA ele seria mais útil?
  2. Se FRED largasse o Flu, em qual ataque da Séria A do Brasileiro ele se encaixaria melhor?
  3. Se TOM BRADY fosse demitido do Patriots, qual time da NFL ele levaria à conquista do Superbowl?
  4. Se DILLMA ROUSSEFF renunciar à presidência do Brasil, em qual país ela daria um jeito?
  5. Se ADRIANO IMPERADOR resolver jogar futebol de novo, qual time o receberia de braços abertos?

Meus palpites: Knicks, Botafogo, Cowboys, Tonga e Villa Nova.

Lembrando ao comedido leitor, que sí vale uma resposta pra cada questão.

Não ponhou reparo?

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Se vc tem memória curta ou não tá prestando atenção em poha nenhuma, o PHD te ajuda se lembrar:

  1. Hoje é o Raja Day.
  2. Carlos Miguel Aidar foi um dos idealizadores do Clube dos 13.
  3. Carlos Miguel Aidar foi o cara mais importante da Copa União.
  4. Keith Richards completa 72 anos, hoje.
  5. Levy pulou da barca furada, ontem.

E segue o jogo!

Rock ‘n’ Sissy

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

De Little Richard a Elton John, o rock nunca enganou a ninguém. Mas a coisa tá só piorando.

Vejam a lista de frescuras que os malucos contestadores de araque pediram nos camarins:

  • FAITH NO MORE: grande quantidade de canetas esferográficas, além de blocos de papel sem linhas, marcadores preto, dourado e prata pro grupo se divertir e estimular a criatividade antes do show. No cardápio, pratos vegetarianos, bebidas de gengibre e águas vitaminadas especiais.
  • SYSTEM OF A DOWN: bebida achocolatada, sanduíches zipados, guardados em saco de gelo, e café turco.
  • QUEEN: comida vegetariana, chás ingleses, geleias europeias, mel manuka, ágave (adoçante natural), frutas e legumes orgânicos e vinhos brasileiros.
  • HOLLYWOOD VAMPIRES: comida orgânica fresca, suplemento vitamínico, água superpura, extraída de cratera vulcânica, ovos cozidos e cerveja sem álcool.
  • ONE REPUBLIC: comida tailandesa e indiana, água de coco, chá, limonada industrializada, achocolatado, iogurte grego de morango e blueberry, frutas orgânicas, sucos naturais, cerveja escura e vinhos brancos e tintos.
  • ELTON JOHN: arranjos de flores idênticos aos produzidos por seu florista, em Londres. As flores devem ser organizadas em cortes milimetricamente iguais aos de fotos enviadas por sua produção.

E vc aí, dormindo na fila e fazendo chifrinho com os dedos pra esses doces diabinhos, hem?

FONTE: Site Veja

É desse jeito que tá!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Pausa no futebol. Tá faltando gargalhada neztebrogue.

  • “Lá em Brasília, o Arnaldo viu os índios tudo de camisetinha, tudo arrumadinho, com flechinha, tudo um bando de viadinho. Tinha uns três que eram viado, que eu tenho certeza, viado. Eu não sabia que tinha índio viado, fui saber naquele dia em Brasília. Então, é desse jeito que tá! Como é que índio consegue ser viado, ser baitola e não consegue produzir. Negativo…” (Fernando Furtado, deputado, PCdoB, Maranhão)

Carpedim Guarani Kaiowá vai ter um troço.

Alguém mais tá de saia justa com essa pérola?

Vade retro, simpatizante!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O Departamento de Matemática da UFMG informa:

  • Frangas têm 16% de chances de campeonarem.
  • Cruzeiro tem 24% de chances de ser rebaixado.

Instituto DataSan contesta: não acontecerá nem uma, nem outra coisa.

Mas tem um porém: se os simpatizantes do Cruzeiro continuarem enchendo o saco do filho mais querido de Deus atuando no futebol brasileiro, o bicho vai pegar:

  • Cocota campeona, Cruzeiro cai.

Fica o aviso aos torcedores puro sangue do Cruzeiro: protejam-se com réstia de alho e crucifixo contra esses vampiros simpatizantes.

Se possível, joguem água benta nessas bestas do apocalipse.

Pacas ou picas?

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Entendem pacas ou picas do riscado?

  1. Gilvan, gestão
  2. Dillma, economia
  3. Evandro, pagamento de promessas
  4. Luxemburgo, futebol
  5. Síndico, mulheres
  6. Carpedim, construção social da opção sexual
  7. Lulla, ética
  8. Mariana, estilo
  9. Mattos, dinheiro
  10. Damião, gol
  11. Kaiu, faniquito
  12. Damas, Lagoinha
  13. Levir, chororô
  14. Bigode, qualidade de música pedida ao Fantástico
  15. Gostosinha do 603, Síndico

Minha avaliação:

  • Pacas: Luxa, Síndico, Mariana, Kaiu, Damas, Levir, Gostosinha do 603.
  • O resto entende picas do assunto de que sempre tratam.

Teleguiamento extrafísico

sábado, 5 de setembro de 2015

Juca não gosta do Luxa. O repórter é macaca de auditório do Juca. Decorre disto, que o repórter também não gosta do Luxa.

Como seu guru, o repórter é comunista. E comunista da mídia não relata, antes, faz proselitismo.

O problema do repórter é não ser colunista, ou seja, não tem espaço pra opinar. Por isto, ele usa a notícia com a finalidade de induzir o leitor.

E todo dia sai lá no site que o time “treinou leve”, “o time não treinou”, “o treino foi conduzido pelo auxiliar” e besteiras que tais.

Sem capacidade crítica, o torcedor compra o lerolero, esquecido de que os 20 times fazem a mesma coisa nesta altura do campeonato.

E fazem a mesma coisa, aqui e em qualquer lugar do mundo onde se joga duas vezes por semana.  Mas o repórter consegue incutir na cabeça do leitor que o técnico é um vagabundo.

É isto que o filósofo Mr. Evans Drawn deveria qualificar como “teleguiar o leitor”, mas cuma, se ele mesmo compra a versão do repórter?

Eu leio tudo, assunto tudo, mas não faço negócio. Sou mão de vaca e surdo. Não compro, nem escuto palpites da imprensa esportiva brasileira.

Mente diabólica

sábado, 29 de agosto de 2015

Há vários dias, o comentarista Jotta R tenta emplacar isto no PHD:

Gilvan Tavares é a semente que Zezé Perrella fez questão de plantar em seu lugar. Raposa velha que só ele, Zezé jamais deixaria como seu sucessor alguém competente. Pelo menos não no quesito futebolístico.

Vitorioso demais e vaidoso em mesma valia, Zezé poderia até sair, mas com uma carta brilhante na manga. Ele estava puto da vida com a torcida em seu final de mandato (2011), porque ele vivia o mandando às favas (diga-se de passagem, com razão). Para seu único bem, ele bolou um plano astuto: “Deixarei em meu lugar um apaixonado pelo clube, mas que não entende patavina do riscado. Enfraqueço a diretoria (vide demissão no mínimo estranha do diretor de futebol Eduardo Maluf, até hoje, um dos profissionais mais respeitados e valorizados no mercado). Coloco em seu lugar um “excepcional empresário” de banda de pagode (Dimas Fonseca) e tá tudo certo!

Em 2012 o Cruzeiro cai pra série B e a torcida rural vai me pedir que volte, me carregando nos ombros e perdoando todos os meus desmandos e enriquecimento às custas do tráfico de influências que me beneficiaram durante a “Dinastia Perrella”. aParecia perfeito! Perfeito até demais! O azar de Zezé foi que DIimas, ameaçado pela torcida celeste, roeu a corda e sumiu do mapa para não virar estatística policial. Azar de uns, sorte de outros!!!

E, por sorte, aconselhado pela turma da peteca do Barro Preto, Gilvan, “a semente de Zezé”, foi instruído a buscar um aspirante a diretor junto ao primo mais pobre das Gerais. Um rapaz que trabalhara no América Mineiro e já se destacava como grande promessa no ramo, cruzeirense, que por tantas vezes foi visto nas arquibancadas do Mineirão cantando hinos de consagração celestes. Seu nome? Alexandre Mattos. E ele foi o grande responsável por, mesmo que indiretamente, avacalhar os planos de Zezé ao reconduzir o Cruzeiro à trilha de conquistas. Esse profissional conseguiu, além de tantos outros feitos (bicampeonato brasileiro), alavancar o nome do despreparado que Perrella elegeu!!!

Putz! Deve ter exclamado Perrella. E agora? Como hei de retornar? Calma, Zezé! Afinal, a semente que você plantou, pode não ter germinado da forma como planejou, mas nada como o tempo para realinhar as coisas. Então, mesmo com um atraso considerável de 3 anos, a concretização do maior “pulo do gato”, perdão, “da raposa” orquestrado por Zezé, está prestes a acontecer: o Cruzeiro na série B e seu retorno triunfal!!!

Gilvan, mesmo que inconscientemente, deu cabo de Mattos para desespero do futebol vitorioso e moderno do Cruzeiro, em contraponto ao sorriso hilariante de Zezé!!! Os apupos por sua volta, a volta de Zezé já se fazem ouvir em larga escala. Infelizmente, este é um verdadeiro caso de mais do mesmo da constituição humana. Egos superando a grandiosidade das instituições e literalmente dando uma banana à paixão de milhões de outros seres humanos! “Que se danem!”, esbravejam os egoístas. Afinal, tudo em prol do “EU” mais “EU” e mais “EU COMIGO MESMO”!!!

Acorda, China Azul!!! E com um pouquinho só de esforço intelectual, alocando-se as analogias corretas, Acorda, Povo Brasileiro!!!

Minha opinião? ZZP deveria reforçar sua segurança pessoal.

O tamanho real das torcidas brasileiras

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Dois institutos de pesquisa de nomeada -DataSan e DataFolha- trabalharam juntos pra calcular o tamanho real das torcidas brasileiras.

O critério foi o de separar torcedores e simpatizantes. Torcedores são os que apoiam seus times nas boas e nas más, indo ao estádio.

Simpatizantes são os que só torcem se o presidente contratar etiquetas, se o time estiver no topo, se o ingresso der direito a um pão com mortadela acompanhado de suco Tang à vontade.

Eis o resultado, com margem de erro de 0,1%:

  1. Corintiãs, 15 mil torcedores (não são milhões, são milhares mesmo)
  2. Flamengo, 14 mil
  3. Palmeiras, 12 mil
  4. Cruzeiro, 11 mil
  5. Santa Cruz, Remo, 10 mil
  6. Fluminense, 9 mil
  7. São Paulo, Paysandu, 8 mil
  8. Grêmio, Sampaio Corrêa, 7 mil
  9. AtléticoMG, Botafogo, Sport, Bahia, Coritiba, Fortaleza, Brasil de Pelotas, 6 mil
  10. AtléticoPR, Vitória, Internacional, Vasco, Santos, Ceará, 5 mil
  11. Avaí, Chape, Joinville, Criciúma, Náutico, Pelotas, Vila Nova, Moto Club, 3 mil
  12. Figueira, Ponte, Guarani, ABC, CSA, AméricaRN, ASA, Campinense, Londrina, 2 mil
  13. AméricaMG, AtléticoGO, DemocrataGV, CRB, Treze, BotafogoPB, Juventude, Caxias, Pelotas, 1 mil
  14. Uberaba, Boa, São Caetano, NacionalAM, Maringá, Caldense, Villa Nova, BotafogoRP, Uberlândia, 500.
  15. Goiás, 200.

Esclarecimento: A torcida do Goiás foi contada exclusivamente pelo DataFolha.