Arquivo da Categoria ‘Cruzeiro’

16bra19: Cruzeiro busca um respiro em Maceió

sábado, 24 de agosto de 2019

16ª RODADA, Brasileiro 2019:

  • Mineiro 0-1 Bahia 24ago19sab11h Independência
  • Grêmio 2-1 Paranaense 24ago19sab17h Humaitá
  • Santos – Fortaleza 25ago19dom16h Vila Belmiro
  • Vasco – São Paulo 25ago19dom16h São Januário
  • Goiás – Internacional 25ago19dom16h Serra Dourada
  • Ceará – Flamengo 25ago19dom19h Castelão
  • Avaí – Corinthians 25ago19dom19h Ressacada
  • Alagoano – Cruzeiro 25ago19dom19h Rei Pelé
  • Botafogo – Chapecoense 26ago19seg20h Engenhão
  • Palmeiras – Fluminense 27ago19ter21h Allianz

FRANGA abriu os trabalhamos apanhando em casa do Bahia.

O torcedor meia-boca

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

HOJE EM DIA informa: Cruzeiro tomou prejuízo em 5 dos 7 jogos, que disputou no Mineirão pelo Brasileiro.

Franga teve lucro no Independência, mas foi uma merreca comparado com os ganhos dos demais ponteiros do campeonato.

O torcedor de Beagá é um torcedor meia-boca. Pra ir ao estádio, tem uma lista de imposíções:

  1. Ingresso a dez merréis;
  2. Time na bica de campeonar;
  3. Adversário argentino;
  4. Tempo seco;
  5. Nem frio, nem quente;
  6. Escalação sem o jogador que odeia;
  7. Escalação com o jogador que ama;
  8. Sistema de jogo faceirinho;
  9. Convocação da “rádia”;
  10. Horário não coincidir com Faustão, nem com a novela.

Se tudo isto acontecer ao mesmo tempo, ele vai. Mas não vai mais do que uma vez por mês.

Os Intocáveis II

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Estes presidentes fizeram mais do que torcer e dirigir o clube. Eles construíram o Cruzeiro:

Aurélio Noce, Alberto Noce, Américo Gasparini, Antonio Falci, Mario Grosso, Manuel de Carvalho, Antonino Pontes, Felicio Brandi, Carmine Furletti, Benito Masci, Cesar Masci, Zezé Perrella, Alvimar Oliveira Costa. 

Falar mal deles, aqui no PHD, é comprar briga com o blogueiro que os tem em alta conta.

Os Intocáveis I

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Estes caras encheram as parteiras do Cruzeiro de canecos. São intocáveis:

Matturi Fabbi, Bengala, Niginho, Ayrton Moreira, Orlando Fantoni, Zezé Moreira, João Francisco, Ênio Andrade, Paulo Autuori, Vanderlei Luxemburgo, Adílson Batista, Marcelo Oliveira, Mano Menezes.

Se V. Sa. pretende falar mal deles, aqui no PHD, trate de arranjar argumentos irrefutáveis –se é que isto é possível– ou vai pagar caro pela insolência.

Semana 33: Ceni é ovacionado na estreia

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 33 d 2019, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 12ago19. FOLGA do elenco. /// COMISSÃO TÉCNICA de Rogério Ceni: Nelson Simões Junior e Charles Hembert (auxiliares), Danilo Augusto (preparador físico). /// MULTA RESCISÓRIA de R$1 milhão de Ceni com o Fortaleza será paga pelo Cruzeiro. /// RESCISÃO de Mano Menezes será paga em duas parcelas. Valor não foi divulgado. /// CABULOSAS disputarão finais do Brasileiro Feminino A2 em 18Ago (Pacaembú) e 25Ago (Mineirão).

TERÇA, 13ago19. ROGÉRIO CENI apresentado: “Pra mim é uma honra, um grande orgulho. Agradeço de coração a oportunidade e espero corresponder às expectativas.  Temos que tentar mudar aos poucos. A ideia é fazer um time cada vez mais rápido. É o modo como vejo o futebol. Trago transpiração, motivação. Começando a carreira de treinador, trabalhar num clube deste tamanho é sinônimo de energia, de fazer as coisas acontecerem, de os jogadores a desempenharem seu melhor futebol. Os protagonistas são eles”. /// TREINO treino físico-técnico, após a coletiva de Ceni. /// DEDÉ ficou na academia. /// MENA, ex-lateral esquerdo do Cruzeiro, cobra R$10 milhões, referente à compra de 60% de seus direitos em 2015. /// HERMÍNIO LEMOS, vice-presidente, solicita a Zezé Perrella que aguarde definição da Justiça antes de marcar nova eleição do Conselho Deliberativo.  /// PIRES DE SÁ informa aos conselheiros que entrou com recurso contra a decisão que anulou a eleição do Conselho.

QUARTA, 14ago19. TREINO fechado. /// NONOCA, volante de 21 anos, que estava no Boa, retorna ao Cruzeiro para tratar lesão no púbis. /// SALÁRIOS de julho dos jogadores e funcionários ainda não foram pagos, informa o Globo Esporte. /// FMF exige que taxas de arbitragem e custeio do quadro móvel do Mineiro Feminino sejam pagas pelos clubes. Todos desistiram da competição. /// ZEZÉ PERRELLA notificou Pires de Sá solicitando convocação da eleição do Conselho. /// 10ª VARA CÍVEL extingue processo que solicitava suspensão da eleição para o Conselho Deliberativo, realizada em 2017. /// CRUZEIRO 3×1 CHAPECOENSE. Brasileiro Sub20, 10ª rodada, Alterosas, Belo Horizonte. Gols: Zé Eduardo, Jadsom, Rafinha. CRUZEIRO: Vinícius; Luiz Gustavo, César, Carlos, Ryan; Jonathan (Alexandre Souza), Jadsom (João Luiz), Zé Eduardo (Rafinha), Marco Antônio (Pereira), Caio (Stênio); Thiago (Alexandre Jesus). TL Ricardo Resende.

QUINTA, 15ago19. TREINO fechado. /// MULTA rescisória de Ceni para ao Fortaleza. Valor: R$1 milhão.

SEXTA, 16agor19. TREINO fechado. /// CONTRATO de Ceni registrado no Bid. /// INDEPENDENTE deposita R$8,8 milhões referentes à compra de Romero. /// INDEPENDENTE retira ação na Fifa em que cobrava R$2,4 milhões pela venda de Pisano. /// MINEIRÃO definido como local do segundo jogo da final do Feminino A2. /// CRUZEIRO 3×0 MINAS BOCA. Mineiro Sub14, 1ª rodada, Toca I. Gols: Rodrigues, Roberto, Robert. Cruzeiro: Otávio; Isaías (Thiago), Antonny, Werneck, Allan; Amílton (Conrado), Luiz Otávio (Guilherme), João Rodrigues (João Mendes), João Roberto, Robert; Balotelli (Davi). T: Leandro Guerreiro.

SÁBADO, 17ago19. TREINO fechado. /// GUILHERME, atacante de 24 anos, foi indicado por Rogério Ceni à diretoria. Jogador pertence ao Grêmio e está emprestado ao Sport. /// CRUZEIRO 4×0 MINAS BOCA. Mineiro Sub20, 15ª rodada, Toca I. Gols: Zé Eduardo, Alexandre Jesus, David (2). Cruzeiro: Gustavo; Bicalho, César (Ryan), Alemão, Pereira (Carlos); Rômulo (Souza), Rafinha, David, Michel (Caio), Alexandre Jesus (Ávalos); Zé Eduardo (Thiago). T: Ricardo Resende. /// CAMPANHA na fase de classificação: 5º lugar, 9v, 4e, 2d, 28gf, 12gd. /// AMÉRICA será o adversário nas quartas de final.

DOMINGO, 18ago19. CRUZEIRO 2×0 SANTOS. Brasileiro, 15ª rodada, Mineirão, Belo Horizonte, 36.975 pag, 43.604 pres, R$629.491. Arbitragem: Anderson Daronco, Rafael Alves, Elio Nepomuceno (RS). VAR: Caio Max Vieira (RN). Amarelos: Fred, Neves, Sampaoli. Vermelho: Gustavo. Gols: Fred, 43, Neves, 46. Cruzeiro: ​Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá), Fabruno, Egídio (Fred); Henrique, Dodô, M Gabriel, Neves, David (Robinho), Rocha. T: Rogério Ceni. Santos: Everson; Evandro (Pará) (Luiz Felipe), Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge; Felipe Jonatan, Pituca, Sánchez (Alison); Soteldo, Sasha, Derlis González. T: Jorge Sampaoli. /// CENI: “Os grandes protagonistas foram os jogadores. A gente tenta mostrar um caminho ou mudar alguma alternativa de jogo, mas a entrega deles foi fundamental. Eles não fizeram o possível, eles foram os melhores que podiam ser hoje. A qualidade existe e a gente só precisa que eles coloquem sempre em prática. Tenho o maior respeito por estes caras que construíram a história recente do Cruzeiro. Se eles quiserem e desejarem isso de fato, tenho certeza de que eles vão conseguir fazer outros bons jogos como foi feito hoje. A filosofia de jogo, nos meus três anos de trabalho, é tentar ser o mais agressivo possível. Com 0 x 0, com 1 x 0, tentar fazer o segundo, com 2 x 0, tentar o terceiro, para que a gente mate o jogo”. /// SÃO PAULO 4×0 CRUZEIRO. Brasileiro Feminino A2, ida das finais, Pacaembu, São Paulo. Cruzeiro: Renata; Janaína, Pires, Lia, Eskerdinha (Isabelle); Isabela, Duda, Thayane (Paloma); Vanessa, Miriã, Micaelly (Natália). T: Hoffman Túlio. /// AMÉRICA 2×1 CRUZEIRO. Mineiro Sub15, 12ª rodada, Alterosas. Gol: Nakamura. Cruzeiro: João Pedro; Ítalo, Vitão, Nicolas, Nakamura (Jhosefer); Urso, Lucas (Victor Alex), Wellington (Matheus), Kauã, Vitor Roque; Ícaro (Rodrigues). T: Fábio Brostel. /// AMÉRICA 1×1 CRUZEIRO. Mineiro Sub17, mesmo local e rodada. Gol: Wesley. Cruzeiro: Ezequiel; Danilo, Alysson, Nardoci, Kaiki; Riquelmy, Weverton, Riquelmo (Riquelme), Alejandro (Kelvyn), Stênio; Wesley (Rikelme). T: Alexandre Grasseli.

Chaves: “Dodô no meio-campo foi boa sacada”

terça-feira, 20 de agosto de 2019

PITACOS acerca do CRUZEIRO 2-0 SANTOS, Mineirão, Belo Horizonte, 18ago19dom16h, pela 15ª rodada do Brasileiro 2019:

ROGÉRIO CENI: Neves fez uma partida brilhante como segundo volante. Quando entrou o Fred, Marquinhos foi muito bem. David ajudou muito, Pedro ajudou muito, linha de zaga firme. Dedé sentiu, Cacá entrou com personalidade. Preferimos poupar o Leo, Fabrício entrou super bem. Eu tinha dúvida entre Egídio e Dodô, arrumei um espaço pra Dodô, é um jogador que gosto muito. Por ser ambidestro, trata bem a bola. Orejuela discreto, mas eficiente na marcação, não deu espaço pro Soteldo. Com o torcedor junto, 45 mil vozes apoiando, o time trazendo a torcida pro lado. Se eles quiserem, tenho certeza que vão conseguir fazer outros bons jogos como o de hoje.

THIAGO NEVES: Tivemos mais intensidade, com marcação mais em cima, com mais posse de bola, que é o jeito que o Rogério quis jogar. Foi a primeira semana, mas conseguimos tocar, porque sabemos.

FERNANDÃO ÁVILA: Estreia animadora, estou satisfeito, depois de uma vitória sobre o líder mas, convenhamos, fazer análise tática de um time que jogou o tempo todo contra dez do outro lado… O Cruzeiro venceu no entusiasmo, do estádio cheio, da energia da turma querendo mostrar serviço, mas principalmente pela vantagem numérica.

EDUARDO ARREGUY: O fato de o Santos ter jogado com um a menos não diminui a vitória do Cruzeiro. Ganhamos do líder, o time sensação do campeonato e estávamos numa seca nunca vista. Se para o Santos jogar com um a menos é anormal, a nossa situação também não tinha nada de normal.

DOUGLA VELLOSO: A situação do jogo foi ideal para uma virada na temporada. O clima positivo no estádio, a expulsão que  acilitou o domínio ofensivo tão cobrado, jogadores bem individualmente, menos erros de passem ruso contribuiu para as mudanças surtirem efeito, A dedesa esteve bem na saída de bola e no combate ao ataque santistas, quanto na saída de bola. Com um homem a mais, houve a necessidade de ter alguém que incomodasse a defesa santista, que não jogava com a linha completa no primeiro tempo. A entrada de Fred, antes dos 30, se mostrou acertada pela dinâmica que o jogo tomou. Sampaoli tentou corrigir no intervalo, mas o gol cedo na segunda etapa fez a partida ficar sob controle do Cruzeiro.

MATHEUS CHAVES: A expulsão do jogador santista logo no início dificulta a avaliação da proposta tática do novo técnico celeste, pois o adversário teve que abrir mão de suas principais características e se retrair muito, oferecendo campo e posse da bola ao Cruzeiro., justamente anulando sua principal característica. Dodô no meio-campo foi boa sacada. Como também o foi a busca pela vitória logo no primeiro tempo, coma troca do Egídio pelo Fred a fim de se aproveitar a superioridade numérica. Já deu pra ver também uma ideia de saída de bola diferente, com a pelota mais no chão de pé em pé do Fábio até o ataque. Boa estreia!

MARC BSB: Grande vitória! Muito necessária nesse momento e empolga por ter sido contra o líder. Estou impressionado com a ousadia do Ceni que não esperar o intervalo pra colocar o Fred e aproveitar o quanto antes o jogador a mais. Estreia magistral do treinador.

JOTA DIAS: Grande resultado. Não deu pra saber o quanto o Ceni mudou o time por causa da expulsão. Mas parece que mudou o astral do time. 

LUIZ ANTÔNIO TOLEDO: Rogerio Ceni foi o destaque. Ele fez bela leitura do jogo quando trocou Egídio por Fred. Depois dele, os melhores foram Depois Dede e Henrique.

LUIZITO SOÁREZ: DNA do Cruzeiro? Cansei… 

Neves e Ceni levantaram a torcida

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 2-0 SANTOS, Mineirão, Belo Horizonte, 18ago19dom16h, pela 15ª rodada do Brasileiro 2019:

TORCIDA CELESTE compareceu em bom número, mas pagando ingresso médio de R$17, algo inaceitável no profissionalismo. Durante o jogo, apoiou o time e, no fim, gritou o nome do novo técnico.

FÁBIO fez uma defesaça aérea ou outra complicada terrestre. As demais catadas foram tranquilas.

OREJUELA defendeu bem e atacou bastante, mas sem caprichar nos cruzamentos.

DEDÉ fez seu jogo habitual, cortando as bolas que assaram em seu raio de ação e indo atrás de outras, mas distantes. Numa delas, sentiu uma dor muscular e saiu, no início da etapa final.

CACÁ entrou no começo da etapa final e saiu-se muito bem. Em sua melhor intervenção cortou, pelo alto, uma bola que Sasha, certamente, mandar ia para a rede.

FABRUNO, sóbrio, defendeu bem e saiu jogando, sem se complicar.

EGÍDIO jogava bem, com ênfase no apoio ao ataque, mas saiu aos 30, para dar lugar a Fred.

DODÔ jogava muito bem como volante, mas, aos 30, foi deslocado para lateral esquerda, onde rendeu menos, especialmente, no apoio ao ataque.

HENRIQUE fez uma partida impecável cuidando da marcação aos meio-campistas do Santos. estiveram aos seus cuidados Sánchez, Jonatan e Soteldo, este na parte final do jogo. Tendo Dodô, Neves e Robinho como colegas de violência, teve que jogar sempre por dois na contenção. E ainda arranjou tempo para atacar e chutar, com perigo, ao arco do Peixe.

ROBINHO entrou no fim do jogo e não fez nada de especial, mas também não comprometeu o bom futebol que o time jogada àquela altura.

NEVES fez sua melhor partida na temporada, marcando um gole servindo para outra. Além disto, correu como poucas vezes se viu, marcando, apoiando e arrematando a gol.

M GABRIEL jogou bem o tempo todo, sem altos e baixos. Em sua melhor jogada, ofereceu um gol que Fred e Rocha não conseguiram concretizar.

FRED fez um gol, serviu para outro, fez o pivô, tabelou e limpou sua barra coma torcida.

ROCHA correu e foi participativo, mas não emplacou uma jogada decisiva.

DAVID acertou algumas jogadas, errou outras, mas não se omitiu. Cansou na metade da etapa final.

CENI estreou com uma grande vitória entusiasmou torcida com a opção por um time bastante ofensivo. Escalou Dodô como volante, o que estava dando certo, mas ele não quis manter até o fim. Fez uma troca por necessidade, a do Cacá, outra tática, ao do Fred, e uma terceira para prestigiar Robinho. No fim deu uma conferência na coletiva, expondo tudo o que pensa sobre a armação do time, anunciando, inclusive, as barrações de Cabral e Egídio.

CRUZEIRO foi um time ofensivo, com cinco atacantes em boa parte do jogo, um deles fazendo até função de volante, que pressionou, fez os gols e, na metade da etapa final passou a cuidar mais da defesa, administrando a vantagem.

SANTOS foi vítima da imprudência de seu treinador, que jogou com três defensores, mesmo com um jogador a menos e facilitou a vida do Cruzeiro, que pôde atacar sem medo de ser surpreendido em contra-ataque. Na parte final do jogo, seus atletas estavam extenuados e pouco puderam fazer para mudar o panorama da partida. Jorge, recém-convocado para a seleção Brasileira, foi o destaque. Everson, Sánchez, Pituca e Soteldo se desdobraram para evitar uma goleada.

ÁRBITROS trabalharam bem. Os times não tiveram do que reclamar, embora os técnicos tenham reclamado, só para não perder o costume.

MelhorDoJogo => NEVES [[[36]]] Sá, Super, Itatiaia, Pena, Rizzi, Rezende, Telespectadores, Ramos, Marc, Wagner, Ianni, Rocha, Gil, Walterson, Bob, Rosan, Ricardinho, Hiram, Klauss, Jotapê, Romarol, Ulhôa, Velloso, Fivestars, Clodoália, Espigão, Fernandão, Clemenceau, Nanayoski, Chaves, Penido, França, Vítor, Bastos, Patrícia, Dudu —– CENI [[[17]]] Uol, Celeste, Zuloobas, Marcus, João, Toledo, Burian, Bitencourt, Castelões, Campos, Schrier, Morato, Nem, Anchieta, Tadeu, Marilu, Lulu —– HENRIQUE [[[5]]] Galvão, Luizanton, Artur, Walery, Síndico —– FRED [[[3]]] Ge, Domênico, Olivieri —– ROCHA [[[1]]] Gonçalves —– DAVID [[[1]]] Lauanda —– DEDÉ [[[1]]] Orozimbo —– FABRUNO [[[1]]] Chiabi —– CACÁ [[[1]]] Barnabé —– OREJUELA [[[1]]] Maury —– M GABRIEL [[[1]]] Angrisano —– FÁBIO [[[1]]] Vanda —– JORGE [[[1]]] Rômulo —– CaioMax [[[2]]] Souza, Sanchotene…

Cruzeiro 2×0 Santos: do jeito que o povo gosta

domingo, 18 de agosto de 2019

CRUZEIRO contra Santos, no Mineirão, Belo Horizonte, 18ago19dom16h, pela 15ª rodada do Brasileiro 2019.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 17º, com 11 pontos; Santos, o 1º, com 32.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Santos, o 4º, com 14.682.

TEMPO ensolarado, temperatura 26º, vento 11 Km/h, umidade 35%.

TRANSMISSÃO: Globo para Minas, Rio Grande do Sul e Santos, com narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria, Ricardinho e Adriano Siebra;  Premiere, com narração de Daniel Pereira ecomentários de Mauricio Noriega.

ARBITRAGEM: Anderson Daronco, Rafael da Silva Alves, Elio Nepomuceno Andrade Junior (RS). VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN).

CRUZEIRO: Fábio — Orejuela, Dedé, Fabruno, Dodô — Henrique, Egídio — M Gabriel, Neves, David — Rocha. T: Rogério Ceni.

BANCO: Rafael, Cacá, Rafael Santos, Adriano, Jadson, Ederson, Cabral, Robinho, Maurício, Fred, Sassá.

AUSENTES: Leo, Weverton, Rodriguinho (lesionado), Edílson (suspenso).

PENDURADOS: Cabral, Dedé, Rodriguinho.

SANTOS: Everson — Evandro, Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge — Sanchez, Pituca, Felipe Jonatan — Derlis González, Sasha, Soteldo. T; Jorge Sampaoli.

BANCO: Vanderlei G, João Paulo G, Victor Ferraz L, Pará L. Luan Peres B, Luiz Felipe B, Alison V, Evandro M, Felipe Anderson M, Jean Mota M, Marinho A, Uribe A, Lucas Venuto A.

AUSENTES: Aguilar e  Felipe (suspensos)

PENDURADOS: Soteldo, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar, Victor Ferraz, Uribe e Jorge.

CRUZEIRO 2×0 SANTOS, 18ago19dom16h. TEMPO limpo, temperatura 26º, vento 6 Km/h, umidade 30%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 15ª rodada, Brasileiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 36.975 pagantes, 43.604 presentes, R$629.491, média R$17. ARBITRAGEM: Anderson Daronco, Rafael Alves, Elio Nepomuceno (RS). VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN), Daniel Bins, Jose Eduardo Calza (RS). AMARELOS: Fred, Neves, Sampaoli. VERMELHO: Gustavo, 3. GOLS: Fred, 43, Neves, 46. CRUZEIRO: ​Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá; 52), Fabruno, Egídio (Fred, 70); Henrique, Dodô, M Gabriel, Neves, David (Robinho, 67), Rocha. T: Rogério Ceni. SANTOS: Everson; Evandro (Pará, 8, Luiz Felipe, 46), Veríssimo, Gustavo Henrique, Jorge; Felipe Jonatan, Pituca, Sánchez (Alison; 61); Soteldo, Sasha, Derlis González. T: Jorge Sampaoli.

HISTÓRICO: 81 jogos. Cruzeiro venceu 30, empatou 22, perdeu 29; marcou 118 gols e levou 128. Pelo Brasileiro, foram 62 partidas. Cruzeiro venceu 23, empatou 18, perdeu 21; marcou 84 gols e sofreu 87. Nas duas vezes em que decidiram um título brasileiro, o Cruzeiro levou a melhor. Em 1966, venceu por 6×2 no Mineirão e 3×2 no Pacaembu. Em 2003, colocou 13 pontos de frente sobre seu rival após vencer pro 3×0, no Mineirão, em uma espécie de final antecipada do primeiro Brasileiro de pontos corridos.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 58 participações em 63 campeonatos, 1.458 jogos, 632 vitórias, 393 empates, 433 derrotas, 2.117 gols marcados, 1.653 sofridos. Aproveitamento de 53%. Nos pontos corridos: 642 jogos, 289 vitórias, 141 empates, 212 derrotas, 964 gols marcados, 791 sofridos, aproveitamento de 53%.

15bra19: o Brasil de olho no Mineirão

sábado, 17 de agosto de 2019

15ª RODADA do Brasileiro 2019

  • Fortaleza 0-1 Internacional 17ago19sab17h Castelão
  • Corinthians 2-0 Botafogo 17ago19sab17h Itaquera
  • Paranaense 1-0 Mineiro 17ago19sab17h Baixada
  • Vasco 1-4 Flamengo 17ago19sab17h Nacional
  • Grêmio 1-1 Palmeiras 17ago19sab21h Humaitá
  • Bahia 1-1 Goiás 18ago19dom16h Fontenova
  • São Paulo 1-0 Ceará 18ago19dom16h Morumbi
  • Fluminense 0-1 Alagoano 18ago19dom16h Maracanã
  • Cruzeiro 2-0 Santos 18ago19dom16h Mineirão
  • Chapecoense 1-0 Avaí 18ago19dom19h Condá

Um novo estilo de jogo

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

ROGÉRIO CENI já começou a implantar um novo estilo de jogo. Com ele, o time celeste vai sair jogando mais rapidamente e com menos ligações diretas. Vai pressionar a saída de bola e tentar chegar mais rapidamente à área adversária. 

Ficam algumas questões: 1. Quanto tempo o time precisará para se adaptar à nova forma de jogar? 2. Haverá necessidade de se trocar peças? 3. Quais? 4. A defesa celeste vai suportar a onda de contra-ataques quando a marcação alta falhar? 

E o mais importante: o torcedor será parceiro ou vai jogar contra, se o time demorar a engrenar?