Arquivo da Categoria ‘Cruzeiro’

Cruzeiro 1×2 Sport: Vuaden, Magrão e má pontaria…

domingo, 24 de julho de 2016

CRUZEIRO contra Sport, neste domingo, 16h, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 16ª rodada do Brasileiro 2016.

CRUZEIRO é o 18º colocado, com 15 pontos. Sport, o 17º, com 15 pontos.

RANKING: Cruzeiro é o 2º, cm 14.064 pontos, Sport é o 19º, com 7.928.

CRUZEIRO: Fábio — Lucas, Leo, Bruno Rodrigo, Edimar — Henrique, Cabral — Willian, Arrascaeta, Sobis — Ábila. T: Paulo Bento.

BANCO do Cruzeiro: Lucas França (G), Elisson (G), Ezequiel (L), Manoel (B), Fabrício Bruno (B), Bryan (L), Gino (V), Bruno Nazário (M), Pisano (M), Douglas Coutinho (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Dedé, Marcos Vinícius, Judivan, lesionados, Bruno Viana, suspenso, Romero, na Olímpica Argentina.

PENDURADOS no Cruzeiro: Fábio, Henrique…

SPORT: Magrão — Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval, Rodney Wallace — Rithely, Serginho — Everton Felipe, Diego Souza — Rogério; Edmílson. T: Oswaldo de Oliveira

BANCO do Sport: Agenor (G), Apodi (L), Oswaldo (B), Mansur (L), Ronaldo (V), Rodrigo Mancha (V), Clayton (M), Mark Gonzales (M), Lenis (A), Renê (L), Túlio de Melo (A)

AUSENTES no Sport: Luiz Carlos, Henríquez, Gabriel Xavier, Durval, lesionados, Paulo Roberto , Luís Carlos Ruiz (, que não foram regularizados.

PENDURADOS no Sport:

TRANSMISSÃO: Globo, para Pernambuco, Premiere, para todo o país, com Rogério Correia e Bob Faria.

O JOGO

15h53 TIMES em campo. Cruzeiro de amarelo, em homenagem ao goleiro Fábio, pelos 700 jogos pelo Cruzeiro, Sport com camisas rubro-negras, calções e meias vermelhas.

15h 55 HINO Nacional.

15h59 Jogadores do Cruzeiro tiram a camisa amarela e vão pro jogo com uniforme tradicional.

16h COMEÇA. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.

01 TORCIDA CELESTE canta alto.

02 Henrique e Arrascaeta trabalham a bola na direita. Uruguaio cruza da direita, Serginho corta pra corner.

03 Henrique apanha rebote defensivo e chuta de fora da área, pra fora.

03 Ábila invade a área do Sport e rola pra Sobis. Defesa corta.

04 Diego Souza passa por Edimar e cruza direita. Bruno Rodrigo corta, bola acerta Edmilson e sai a tiro de meta.

05 JUIZ CEGO! Sobis tenta passe na área, bola acerta o braço de Rithely. Foi pênalti, que Vuaden não marcou.

06 Edimar joga bola na área rubri=onegra, Ferraz cabeceia pra corner. Cobrança dá em nada.

07 Sport troca passe na meiuca. Lançamento pra Diego termina nas mãos de Fábio.

08 Atasca cruza direita, Willian finaliza da entrada da área, bola passa por cima do travessão.

09 Arrascaeta tenta jogada pela direita, Rodney manda bola pra lateral.

10 Leo recua, Fábio faz ligação direta, defesa do Sport corta.

11 FÁBIO joga com a camisa amarela número 700.

12 Arrascaeta cobra falta na ponta direita, bola fechada sai por cima do travessão.

13 CEM torcedores do Sport estão à esquerda da tribuna de imprensa.

14 Ábila pressiona Magrão, que se atrapalha, Willian fica coma bola passa a Ábila, que serve Arrascaeta. O chute não é legal e passa por cima do travessão.

15 Arrascaeta desarma Rithely na entrada da área celeste.

16 Ferraz engrossa, Arrascaeta pega a bola, mas o bandeira Alex Ang Ribeiro marca impedimento do uruguaio.

17 CABRAL, de primeiro volante é que se responsabiliza pela saída de bola do Cruzeiro.

18 Everton Felipe derruba Ábila. Falta frontal.

19 Arrascaeta cobra falta, bola passa por cima do travessão.

20 FALTAS; 3×3.

20 Samuel Xavier tenta joga na direita, mas é desarmado por Bruno Rodrigo.

21 Leo lança Lucas, que cruza pra trás, da linha de fundo, Arrascaeta finaliza por cima do travessão.

22 Arrascaeta já fez 9 gols e deu 8 assit6encias em w20156, mas hoje está arrematando mal pra cachorro!

23 Everton Felipe dá uma voadora em Edimar, Vuaden releva. Lateral, Sport.

24 Henrique lança Arrascaeta que cruza direita. Ronaldo Alves cabeceia pra corner.

25 Sobis cobra corner na direita, Rithely cabeceia pra corner. Cobrança deem nada.

26 Rogério finaliza na entrada da pequena área. bola acerta Leo e não vai a gol.

27 Bruno Rodrigo pisa na mão de Rogério, que sai de campo pra receber um jato de água benta.

28 Cabral perde bola para Serginho, que arma contraataque. Leo é quem conserta o lance já no campo de defesa celeste.

29 DEFESAÇA. Willian finaliza cara a cara com Magrão, que defende milagrosamente.

30 FINALIZAÇÕES. Cruzeiro 6×0. Com três gols perdidos.

31 Sport pressiona saída de bola do Cruzeiro, que perde velocidade. Bola chega fácil pra Magrão.

32 BLITZ celeste, Edimar cruza direita, Rodney desvia, Ábila não consegue finalizar.

33 AMARELO. Rodney, por falta em Willian em jogada anterior à blitz.

34 Ronaldo Alves se machuca em dividida na meiuca e sai de campo pra atendimento médico.

35 Willian finaliza, Magrão encaixa.

36 Henrique é pressionado e perde a bola pra Diego Souza, que já parte pra cima da zaga do Cruzeiro. Só que o juiz já havia marcado falta sobre o volante celeste.

37 GOL. Diego Souza, da meiuca, lança nas costas da bequeira celeste, Rogério finaliza, bola passa entra as pernas de Fábio. SPORT 1×0.

38 Ábila finaliza, pra fora.

39 FINALIZAÇÒES: cruzeiro 8×1.

40 Henrique recupera bola na entrada da área rubro-negra, bola chega a Sobis, que arremata fraco. Magrão cata.

41 Rodney vai à linha de fundo e cruza. Edimar fica coma bola e sai jogando.

42 Willian recebe ligação direta quilométrica, bola sai pela linha de fundo.

43 Lucas joga Bola na área, Magrão cata.

44 Sobis senta a bola na entrada da área, Magrão defende.

45 Edimar empurra Everton Felipe, impedindo contrataque.

45+1 Cabral levanta o pé em disputa com Rithely, Vuaden marca falta.

45+2 Fim de 1º tempo. Parte da torcida celeste vaia.

INTERVALO

17h03 começa o 2º tempo. Vitória dá a saída.

46 Edimar comete falta em Everton Felipe. A vítima cobra, bola sai pela linha de fundo.

47 Edimar comete falta em Samuel Xavier. Na lateral esquerda. Everton cobra, Ábila manda bola pra corner.

48 Corner cobrado, Rogério finaliza, bola desvia na bequeira e sai a corner, que cobrado dá em nada.

49 Edimar cruza da esquerda, Willian finaliza no bico da pequena área, pra fora.

50 GOL. Everton Felipe enfileira passando por Henrique, Cabral, Leo e Lucas e rola pra Rogério, livre, finalizar sem chance pra Fábio. SPORT 2×0.

51 Edimar cruza, Ábila finaliza de cabeça, pra fora.

52 TROCA. Cabral x Robinho.

53 Bola pinga na ;área rubro-negra, Arrascaeta finaliza, pra fora.

54 Torcida celeste pede raça ao time.

55 Sport tomou conta do jogo. Cruzeiro está desorganizado.

55 Willian ajeita, Sobis finaliza, Magrão cata.

56 Bola na área do Sport, Alves cede corner. Cobrança ridícula.

57 Torcida tenta voltar pro jogo, time não responde.

58 Sobis recebe falta, Arrascaeta cobra rapidamente, Ábila finaliza, bola sai pela linha de fundo.

59 Sobis cobra falta na esquerda, bola desvia na defesa e sai a corner. Cobrança termina nas mãos de Magrão.

60 Contrataque fulminante do Sport termina com finalização de Samuel Xavier e defesa de Fábio.

61 BLITZ cruzeirense. Bruno Rodrigo cabeceia, Rodnei corta em cima da risca.

62 Robinho cruza direita, defesa do Sport afasta.

63 Henrique finaliza com chute rasteiro, Magrão encaixa.

64 Robinho cobra falta na esquerda, Bruno Rodrigo finaliza pra fora.

65 Edimar recua, Fábio manda bola pra longe.

66 Willian lança Ábila que finaliza, Magrão desvia, Rodney corta em cima da risca.

67 Sobis solta um petardo, de fora da área, bola tira tinta no poste esquerdo.

68 TROCA. Ábila x Rafinha.

69 BURRO! Torcida xinga Paulo Bento.

70 Rafinha joga na ponta direita.

71 Torcida pede Mano Menezes.

72 Leo chuta de fora da área, bola sai à direita de Magrão.

73 TROCA Edmilson x Rodrigo Mancha.

74 Lucas chuta da entrada da área, bola sai à direita de Magrão.

75 FINALIZAÇÕES. Cruzeiro 23×4.

75 AMARELO. Magrão, por cera.

75 DEFESAÇA. Sobis finaliza de dentro da área, Magrão salva o Sport com defesa no canto esquerdo.

76 AMARELO. Serginho, por falta em Edimar.

77 TROCA. Lucas x Douglas Coutinho.

78 Edimar crua da esquerda. Arrascaeta cabeceia, Magrão defende.

79 Rogério crua da esquerda. Mancha cabeceia, Fábio defende.

80 Fábio defende aos pés de Mancha.

81 AMARELO. Arrascaeta e Rogério, por discussão.

82 TROCA. Rogério x Mark Gonzalez.

83 Rafinha recebe de Willian e cruza rasteiro, defesa rubro-negra fica com a bola.

84 BALIZA. Bruno Rodrigo cabeceia bola de falta e acerta o travessão.

85 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 26×5.

85 Rodney cruza da esquerda, Bruno Rodrigo corta.

86 Diego Souza prende a bola na pontesquerda, Henrique chuta pra frente.

87 Diego Souza fica na cara do gol, mas recua pra Fábio.

88 Rafinha cruza da esquerda, buscando Coutinho, bola alta demais, Tiro de meta, port.

89 TROCA. Diego Souza x Túlio de Melo.

90 Torcida celeste não para de xingar time, técnico e cartolas.

91 Rodney cruza da esquerda, Edimar espana.

92 JUIZ CEGO! Bola na mão de Samuel Xavier, outro pênalti não marcado.

92 Sobis chuta da entrada da área, Magrão defende.

92 GOL. Arrascaeta cruza direita, Coutinho desvia a bola na tentativa de finalizar, Willian, de peixinho, cabeceia pra rede. CRUZEIRO 1×2.

93 QUASE! Mark Gonzalez entra livre na área e chuta, Fábio defende.

93 FIM de jogo. Vuaden, Magrão e má pontaria derrotaram o Cruzeiro.

CRUZEIRO 1×2 SPORT, 24jul16dom16h. TEMPO ensolarado, temperatura 25º, vento 5 Km/h, umidade 38%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte, MOTIVO: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 18.861 pagantes, R$497.403, média R$26. ARBITRAGEM: Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS), Danilo Ricardo Simon (AspFifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (AspFifa/SP). AMARELO: Arrascaeta (C), Rodney Wallace, Magrão, Serginho e Rogério (S). GOLS: Rogério, 37 e 50, Willian, 91. CRUZEIRO: Fábio; Lucas (Douglas Coutinho), Leo, Bruno Rodrigo, Edimar; Henrique, Cabral (Robinho); Arrascaeta, Willian, Sobis; Ábila (Rafinha). T: Paulo Bento. SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves, Rodney Wallace; Rithely, Serginho; Everton Felipe, Diego Souza (Túlio de Melo); Rogério (Mark Gonzáles), Edmílson (Rodrigo Mancha). T: Oswaldo de Oliveira.

HISTÓRICO: Foi o 37º Cruzeiro x Sport. O Cruzeiro venceu 19, empatou 9, perdeu 9, marcou 51 gols, levou 24. Em 30 jogos pelo Brasileiro, o Cruzeiro venceu 16, empatou 6, perdeu 9, fez 43 gols, levou 24. Sport, campeão brasileiro de 1987 e Cruzeiro, tetracampeão 66/03/13/14, jamais se enfrentaram decidindo um torneio.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Campeonato Brasileiro: 56 participações em 60 campeonatos, 1.326 jogos, 578 vitórias, 355 empates, 394 derrotas, 1.961 gols marcados, 1.519 sofridos.

16ª BR: 42% do torneio… Tem que apertar o passo!

sábado, 23 de julho de 2016

Sábado, 23 de Julho de 2016

CORINTHIANS 1×1 FIGUEIRENSE, 23jul16sab16h, Itaquera (46 mil), Sampa, 38.507 pag, R$2.513.052. Gols: Dodô, 59, Danilo, 84.

SANTA CRUZ 0x1 CORITIBA, 23jul16sab18h30, Arruda (60 mil), Recife, 10.021 pag, R$133.770.  Gol: Kleber, 32.

Domingo, 24 de Julho de 2016

11:00 PONTE PRETA x INTERNACIONAL, Lucarelli, Campinas, Premiere

11:00 PALMEIRAS x ATLÉTICO-MG, Allianz, Sampa, Premiere

16:00 CRUZEIRO x SPORT Mineirão – Beagá, Globo, Premiere

16:00 CHAPECOENSE x BOTAFOGO, Condá, Chapecó, Premiere

16:00 ATLÉTICO-PR x FLUMINENSE, Baixada, Curitiba, Globo, Premiere

16:00 GRÊMIO x SÃO PAULO, Humaitá, PoA, Globo, Premiere

18:30 VITÓRIA x SANTOS, Barradas, Salvador, Premiere, SporTV

Segunda, 25 de Julho de 2016

20:00 FLAMENGO x AMÉRICA, Kleber, Cariacica, Premiere, SporTV

Hierarquia

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Gilvan apresentou Sobis, Vicintin apresentou Denilson, Scuro apresentou Ezequiel. 

Isto hierarquiza as etiquetas, mas não garante desempenho. 

Em campo, é que cada um desses caboclos vai dizer a que veio, confirmando ou desmentindo a classificação indicada pelo clube.

Parece que, com essa turma, o ciclo de contratações se encerra. Mas caso ainda fosse possível buscar um reforço, quem vc escolheria, caro leitor?  

E, o mais importante, pelo nível do seu indicado, qual dos três cartolas deveria apresentá-lo à imprensa e à torcida?

Wagner Cpm: “O povo grita ‘Burro!’, Bento entende ‘Bruno!'”

quinta-feira, 21 de julho de 2016

PITACOS  de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 2×1 VITÓRIA, neste 20jul16qua21h45, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil 2016.

PAULO BENTO, técnico do Cruzeiro: Foi um bom jogo. Fomos superiores ao adversário hoje e também na primeira partida. Poderíamos estar com uma vantagem ainda maior, antes mesmo de começar essa partida, pelo resultado que tivemos condições de alcançar na Bahia, onde o placar poderia ter sido mais dilatado. Hoje controlamos bem o jogo durante 45 minutos. Depois fizemos 2×0. Foi uma vitória justa. Na parte final, mandamos duas bolas na trave e criamos mais algumas situações. A equipe fez um bom jogo, foi uma boa reação ao momento difícil. Estou extremamente satisfeito com a atitude dos jogadores. 

MARINHO, atacante do Vitória: No vestiário é que falaram pra mim que eu tinha feito o gol e que tinha tomado uma pancada forte na cabeça. Não lembrava que tinha acontecido um pênalti, nem que eu fiz o gol.

NALDO MORATO, no PHD: Tirando uns dez minutos no meio do 2º tempo em que o Vitória deu uma crescida, perdeu o pênalti, fez um gol e perdeu outro, o Cruzeiro foi superior e poderia ter feito mais gols.

MARINA RESENDE, no PHD: E o meu sexto sentido em relação ao Ábila, hein??? As perspectivas são boas…

WAGNER CPM, no PHD: Paulo Bento tá perdidim: O povo grita “Burro!”, ele entende “Bruno!”.

Arrascaeta fez a diferença

quinta-feira, 21 de julho de 2016

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 2×1 VITÓRIA, neste 20jul16qua21h45, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil 2016.

TORCIDA CELESTE compareceu em número reduzido, ensaiou uma ou outra vaia na escalação, mas se conteve quando a bola começou a rolar. (Matheus Chaves)

FÁBIO pegou um pênalti e fez todas as defesas e intervenções esperadas de um grande goleiro. (Matheus Chaves)

LUCAS fez sua melhor partida pelo Cruzeiro. Como a cobertura daquele lado esteve bem postada, não teve dificuldades defensivas. Além de ter apoiado bem (deu um chute fantástico que mereceu entrar na casinha), E os dois gols azuis foram com passe dele. (Rosan Amaral)

LEO foi providencial em ao menos duas oportunidades tirando a bola na pequena área, quando a chance de gol adversário era alta. Além disso orientou a defesa, discutiu com o juiz e rebateu todas as bolas que passaram por perto. Pelo conjunto da obra e por seu setor ser o mais cobrado do time merece o voto de melhor do jogo. (Filipe Braga)

VIANA esteve tranquei e não cometeu erros relevantes. (Síndico)

BRODRIGO entrou no fim pra congestionar a entrada da área celeste e cumpriu sua missão sem dificuldade. (Síndico)

EDIMAR não chega a ser nenhuma maravilha, mas se mostrou mais seguro e desenvolto do que as opções anteriores. (Cláudio Arreguy)

CABRAL, afora alguns passes errados, esteve quase perfeito. Antecipou-se em várias jogadas, dominou o setor com desenvoltura e elegância e municiou os armadores com passes rápidos e eficientes. (Raher)

GINO entrou pra marcar e foi o que fez. (Síndico)

BRAMIRES fez um gol e preencheu espaços barrando alguns ataques do Vitória. Correu muito, mas sentiu dificuldade com a bola no pé. (Matheus Chaves)

HENRIQUE a chegada forme em Marinho, que já começava a mostrar as asinhas, mostra a disposição com que jogou. Ademais, desdobrou-se na proteção à bequeira e na cobertura dos laterais. Tudo isso importante por conta da ausência de Romero, que é um grande marcador. (Naldo Morato)

RAFINHA melhorou a transição ofensiva, mas ainda precisa de ritmo. (Cláudio Arreguy)

ARRASCAETA foi decisivo na construção do resultado e atuou de ‘área-a-área’ no melhor estilo Everton Ribeiro e Ricardo Goulart. (Matheus Chaves)

SOBIS deu maior qualidade á transição ofensiva, embora careça de ritmo. (Cláudio Arreguy) —– Jogou bem enquanto o físico aguentou. Já se entrosou com os meiocampistas, apareceu pro jogo e desafogou um pouco o Arrascaeta. (Rosan Amaral)

ÁBILA mostrou ser homem de área. Protege bem a bola, sabe usar o corpo para se impor, não dá sossego aos zagueiros e é eficiente na finalização. Mas também precisa de ritmo. (Cláudio Arreguy) —– Fez gol, mas a torcida deve esperar um pouco antes de elevá-lo à categoria de xodó. Foi presa fácil pra “linha burra” do adversário no 1º tempo. Depois, melhorou um pouco, mas conforme o Síndico já havia advertido, ele tem pouca habilidade. É veloz, chuta forte e usa o corpo bem, mas lhe falta categoria. (Ernesto Araujo)

BENTO manteve sua cotaobrigatória de brunos e foi premiado pela atuação ‘menos ruim’ dos seus pupilos. A deficiência na marcação pelos flancos continua rendendo gols aos adversários e deveria estar na lista de preocupações do português. Ele acertou na escalação do Leo na bequeira e de Cabral na primeira volância, ainda que sacrificando Henrique. (Matheus Chaves)

CRUZEIRO apresentou problemas de marcação pelos lados do campo e em lances de bola parada, como sempre. No ataque, foi mais mais objetivo, rasgando o manual do lesco-lesco implementado no começo do ano. Sóbis e Ábila são responsáveis diretos por essa mudança. (Matheus Chaves)

VITÓRIA trocou o 3-5-2 pelo 4-3-3 a fim de buscar os gols de que tanto necessitava, mas não conseguiu se impor diante de um Cruzeiro com mais qualidade técnica. Na etapa final, se mandou pro ataque, este pique de empatar, mas também de tomar mais gols. Marinho, com uma disposição incomum, foi o destaque. Diego Renan, Vander e Willian farias também se destacaram. (Síndico)

ÁRBITROS tiveram um dos piores desempenhos do ano no Mineirão. O juiz não teve critério na aplicação dos cartões e errou muito na marcação de faltas. Não influenciou no resultado e o penalti marcado aconteceu, mas no geral teve um desempenho pífi0! (Flávio Carneiro) —– Vamos livrar a cara dos bandeira, que não cometeram erros e do quarto árbitro que teve saco de filó pra suportar as reclamações do técnico português. (Síndico)

MelhorDoJogo => ARRASCAETA [[[29]]] Evans, Seixas, Cabral, Bastos, Carneiro, Ramos, Wagner, Barros, Ernesto, Nascimento, Ileo, Danilo, Barreto, Cláudio, Morato, Lara, Campos, Ccc, Bitencourt, Cadu, Velame, Mano, Oliveira, França, Monica, Gil, Ivana, Penido, Ana Jordão —– LEO [[[7]]] Albertim, Filipe, Walterson, Andrade, Burian, Celeste, Síndico —– CABRAL [[[4]]] Chaves, Bruno, Anchieta I, Soalheiro —– ÁBILA [[[4]]] Fernando, Rosan, Schrier, Mari —– FÁBIO [[[3]]] Klauss, Lúcia, Dudu —– HENRIQUE [[[1]]] Fonseca —– BRAMIRES [[[1]]] Beth —– VIANA [[[1]]] Freitas.

Cruzeiro 2×1 Vitória: Pra animar a galera

quarta-feira, 20 de julho de 2016

CRUZEIRO contra o Vitória no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil 2016.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro passou pro Campinense (0x0 e 3×2) e Londrina (2×0) nas fases anteriores. Vitória passou pelo Náutico de Roraima (3×2 e 3×1) e Portuguesa (0x0 e 3×1).

ARBITRAGEM: Thiago Duarte Peixoto, Fábio Rogério Baesteiro, Herman Brumel Viani (SP).

CRUZEIRO: Fábio – L ucas, Leo, Bruno Viana, Edimar — Bruno Ramires, Henrique, Cabral — Arrascaeta — Ábila, Sobis. T: Paulo Bento.

BANCO do Cruzeiro: França, Jonathan, Bruno Rodrigo, Manoel, Fabrício Bruno, Vitinho, Nazário, Cabral, Gino, Pisano, Coutinho.

AUSENTES no Cruzeiro: Rafael, Dedé, Marcos Vinícius, Marciel, Mayke, Elber, Alisson, Robinho, Judivan, lesionados, Bryan e Riascos, que já participaram da Copa por América e Vasco, respectivamente, Romero, na Olímpica Argentina, Willian, poupado.

PENDURADOS no Cruzeiro: Ninguém.

VITÓRIA: Caíque — Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, Euller — Marcelo, Willian Farias — Vander — Marinho, Kieza, Dagoberto. T: Vagner Mancini.

BANCO do Vitória: Wallace (G), Josué (B), Ramon (B), José Welison (V), Amaral (V), Flávio (M), Tiago Real (M), Yan (M), David (A), Alípio (A), Vander (A).

AUSENTES no Vitória: Domingues (M), Norberto (L), Vinícius (B), Fernando Miguel (G), Guilherme Mattis (B), Maicon Silva (L).

PENDURADO no Vitória: Victor Ramos (B).

TEMPO: Céu limpo, temperatura 20º, vento 10 Km/h, umidade 72%.

TRANSMISSÃO: ESPN, com narração de Paulo Andrade, comentários de Mauro Cézar e JP Sorin, reportagens de José Renato. —– GLOBO Minas, com marração de Rogério Correia, comentários de Bob Faria e Márcio Rezende Freitas.

O JOGO

21h38 TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional; Vitória, com camisas e meias alaranjadas, meias pretas.

21h40 HINO Nacional.

21h45 COMEÇA. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.

01 Bruno Ramires finaliza do bico da área, direita do ataque celeste, bola sai rente ao poste direito do arco baiano.

02 Edimar lança Ábila, que está impedido.

03 Diego Renan lança Kieza, bola fica com Fábio.

04 Cabral joga de primeiro volante, Henrique está na esquerda, Bruno Ramires, na direita.

05 Marcação implacável do Vitória dificulta saída da defesa celeste.

06 Ábila finaliza, bola acerta Victor ramos.

07 Vitória tem quatro atacantes.

08 Edimar recupera bola na defesa, arranca pelo campo do Vitória, e chuta da entrada da área. Bola para por cima do travessão.

09 Cruzeiro taca pela direita, Arrascaeta é desarmado por Kanu.

10 Sobis ajuda Edimar na marcação de Marinho.

11 Ábila passa a Arrascaeta, que tenta caneta em Euller na área do Vitória e é desarmado.

12 Sóbis avança pela esquerda e finaliza com chute cruzado, que sai à esquerda de Caíque.

13 Henrique corta lateral ofensivo de Diego Renan. Marcelo recupera bola e o Vitória tenta atacar, mas sem sucesso.

14 Victor Ramos derruba Ábila.

15 Edimar cobra falta, boal atravessa área rubro-negra e sai pela linha de fundo

16 Marinho tenta passar por Edimar, não consegue, insiste e é desarmado por Henrique.

17 Dagoberto tenta passar por Bruno Ramires e sofre falta na pontesquerda.

18 AMARELO. Sobis, por sa9r da barreira antes da cobrança de falta.

19 Marinho cobra falta na direita, bola quica, Fábio encaixa.

20 Farias derruba Henrique na meiuca. Viana cobra, recuando pra Fábio.

21 DEFESAÇA. Lucas chuta forte da direita, Caíque espalma pra corner.

22 GOL. Lucas cruza direita, Bruno Ramires aprece entre os beques e finaliza de canela. CRUZEIRO 1×0.

23 Paulo Bento comemora alucinadamente.

24 1º GOL de Bruno Ramires no time profissional do cruzeiro.

25 Edimar derriba Vander na meiuca.

26 Sobis lança Ábila, que está impedido, pela terceira vez.

27 Cabral derruba Marinho na entrada da área celeste.

28 Marinho cobra falta, bola fica na barreira celeste.

29 Cruzeiro ataca pela direita, Kanu corta, Bruno Ramires passa em branco.

30 Leo desmancha ataque baiano dentro da área celeste.

31 Arrascaeta puxa contrataque e tenta acionar Sobis na área alaranjada, mas Kanu intercepta a bola.

32 VOLANTES celestes são os destaques até aqui, desarmando e armando bem.

33 CADÊ O CARTÃO? Marinho agarra e derruba Lucas.

34 Cabral derruba Diego Renan na intermediária celeste.

35 FALTAS: Cruzeiro 9×7.

36 Diego Renan cobra falta, Dagoberto cabeceia, Bruno Ramires tira bola da área celeste.

37 QUASE! Kanu arremata de prima rebote da defesa celeste. Bola tira tinta do poste esquerdo.

38 Vander foi pra direita, marinho pro meio do ataque do time baiano.

39 Euller desmancha boa troca de passes do ataque celeste.

40 OFFSIDE. Ábila, impedido, manda bola pra rede. Não vale.

41 AMARELO. Ábila, por finalizar depois da marcação de impedimento.

42 DEFESAÇA. Marinho escapa livre e enche o pé de dentro da área celeste, Fabio defende parcialmente. Marinho devolve a bola pro miolo da área, Leo manda bola pra longe.

43 MAURO CÉZAR desanca o juiz pelo cartão amarelo dado a Ramon Ábila.

44 Vitória tenta atacar e nada consegue.

45 FIM de 1º tempo.

INTERVALO

22h48 TROCA. Marcelo x Tiago Real.

22h49 COMEÇA o 2º tempo, Vitória dá a saída.

46 Ábila recebe passe de Arrascaeta, corta Victor ramos, pra dentro, e solta um petardo, de canhota. Caíque ainda toca na bola, mas não consegue evitar o gol. CRUZEIRO 2×0.

47 10 GOL de Ábila com a camisa celeste.

48 Caíque tira de soco bola jogada em sua área.

49 Marinho persegue e derruba Edimar. Falta na esquerda.

50 Henrique finaliza, Caíque defende.

51 Bola esticada pra Kieza, Fábio fica com ela.

52 Edimar finaliza da esquerda, Caíque encaixa.

53 Henrique desarma Diego Renan, frustrando ataque do Vitória pela direita.

54 Marinho finaliza da entrada da área, bola acerta Leo e não vai ao arco celeste.

55 Arrascaeta vira bola da direita pra esquerda, Edimar comete falta em Marinho.

56 Paulo Bento fica uma arara com a marcação da falta e buzina na orelha do 4º Árbitro.

57 Sobis recebe de Ábila e finaliza com chute cruzado. Bola sai à esquerda de caíque.

58 TROCA. Dagoberto x Ramallo.

59 Marinho se desvencilha da marcação de Cabral e solta uma bomba. Bola sai à direita de Fábio, com perigo.

60 Tiago Real derriba Ábila na meiuca.

61 Diego Renan chuta, Fábio encaixa.

62 POSSE DE BOLA; Cruzeiro, 55%.

63 Vitória gira bola da direita pra esquerda e da esquerda pra direita, sem encontrar espaço pra entrar na área celeste. Vander finaliza de longe, bola sai pela linha de fundo.

64 Henrique cede corner, impedindo cruzamento.

65 PÊNALTI. Henrique dá um tranco em Marinho, que desaba. Juiz vê falta. Sei não…

66 GROGUE. Marinho desaba, carromaca em campo.

67 DEFENDEU! Diego rena cobra rasteiro, no canto direito, Fábio defende, Ramallo chega livre no rebote, mas chuta por cima do travessão.

68 Marinho volta a campo.

69 TROCA. Sobis x Rafinha.

70 GOL. Vander faz lançamento do meio pra direita, nas costas da defesa. Marinho chuta cruzado, rasteiro. VITÓRIA 1×2.

71 QUASE! Tiago real recebe bola na entrada da pequena área e finaliza. Bola bate em Kanu e facilita a defesa de Fábio.

72 Arrascaeta demora a passar e não consegue encontrar Ábila.

73 Vitória tom conta do jogo.

74 Torcida celeste empurra seu time no momento mais difícil da partida.

75 TROCA. Cabral x Gino.

76 EXPULSO. Paulo Bento, por reclamação.

77 Rafinha e Lucas tabela na pontadestra. Defesa do Vitória retoma a bola.

78 Kieza tenta cruzar da pontesquerda, Lucas não permite e ainda ganha tiro de meta.

79 Kieza cai. Entrada de Lucas foi violenta. Juiz não viu nada de errado…

80 TROCA. Willian Farias x José Welison.

81 DEFESAÇA. Diego Renan chuta forte, na cara do gol. Fábio espalma pra corner.

82 José Welison chuta de longe, pra fora.

83 Vander cobra falta na pontesquerda, Kanu cabeceia pra fora.

84 Ábila rola pra Arrascaeta, defesa do Vitória impede sequ6encia da jogada.

85 Bruno Ramires recebe de Ábila, atravessa a intermediária do Vitória e cai na área. Torcida pede pênalti, Juiz manda seguir.

86 AMARELO. Kanu, por falta em Ábila, na origem do ataque.

TROCA. Bruno Ramires x Bruno Rodrigo.

Bola sobre a área celeste, Victor Ramos, impedido, cabeceia, Fábio defende, mas leva trombada de Kieza e dica caído.

89 Gino lança Arrascaeta na pontesquerda, Kanu fica com a bola.

90 Marinho cruza direita, Leo corte, na área celeste.

91 BALIZA. Ábila dispara rumo ao arco do Vitória e chuta rasteiro. Bola acerta o pé do poste direito. No rebote, Rafinha tenta por cobertura, bola acerta o travessão.

92 Bruno Viana lança Ábila, Caíque sai do arco e despacha a bola.

92 PÚBLICO: 10.775 pagantes, R$244.034, média R$23.

93 Ábila é impedido de entrar na área, com um tranco de Kanu. Juiz manda seguir.

94 Diego Renan cruza, Fábio defende.

95 Fim de jogo. Cruzeiro jogou bem, Vitória jamais se entregou, foi uma excelente partida.

CRUZEIRO 2×1 VITÓRIA, 20jul16qua21h45. TEMPO: Céu limpo, temperatura 19º, vento 12 Km/h, umidade 75%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil 2016. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 10.775 pagantes, R$244.034, média R$23. ARBITRAGEM: Thiago Duarte Peixoto (AspFifa/SP), Fábio Rogério Baesteiro (SP), Herman Brumel Viani (SP). AMARELOS: Sobis, Ábila, Bramires (C); Kanu (V). GOLS: Bruno Ramires, 22, Ábila, 46, Marinho, 71. CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Leo, Bruno Viana, Edimar; Henrique, Cabral (Gino), Bruno Ramires (Bruno Rodrigo); Arrascaeta; Sobis (Rafinha), Ábila. T: Paulo Bento. VITÓRIA: Caíque; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos, Euller; Marcelo (Tiago Real), Willian Farias (José Welison); Vander; Marinho, Kieza, Dagoberto (Ramallo). T: Vagner Mancini.

HISTÓRICO: Foi o 47º Cruzeiro x Vitória. O Cruzeiro venceu 29, empatou 7, perdeu 11, marcou 95 e levou 54 gols. Pelo Brasileiro, foram 33 partidas. O Cruzeiro venceu 20, empatou 6 e perdeu 7, marcou 70 gols, sofreu 38. Pela Copa do Brasil, 6 jogos, com 4 vitórias do Cruzeiro e 2 do Vitória. Os dois jamais decidiram um título entre si.

Semana 28: Sete dias fiasquentos

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 28 de 2016, por MAURO FRANÇA.

SEGUNDA, 11jul16 – CRUZEIRO 0x3 ATLÉTICO-PR. Brasileiro-16, 14ª rodada, Mineirão, BH, 32.042 pagantes, 34.000 presentes, R$876.757. Arbitragem: Anderson Daronco, José Eduardo Calza, Elio Andrade (RS). Amarelos: Arrascaeta (C); Weverton, Wanderson, Vinícius, Marcão (A). Gols: Pablo, 65, André Lima, 67 e 80. CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana, Edimar; Henrique, Cabral (Allano), Arrascaeta, Robinho (Riascos); Rafael Sobis (Gino), Willian. T: Paulo Bento. CAP: Weverton; Leo, Paulo André, Wanderson, Sidcley; Otávio, Hernani, Vinícius (Marcos Guilherme), Nikão (Marcão); Pablo, Walter (André Lima). T: Paulo Autuori. /// PAULO BENTO comentou: “Creio que há, neste mesmo jogo, dois jogos diferentes. Um até a altura do primeiro gol e outro depois. Nessa primeira parte, criamos oportunidades suficientes para resolver o jogo e não termos que passar por uma situação como essa. Depois, com a desvantagem no placar, perdemos o controle do jogo. O 2 a 0 foi um golpe muito duro na parte mental para a nossa equipe. Creio que é uma derrota tremendamente injusta, perante aquilo que fizemos em grande parte do jogo.” /// Criciúma aceitou proposta do Cruzeiro para liberação de EZEQUIEL. Acordo prevê empréstimo de jogadores ao clube catarinense. /// Lançada a campanha “Em Minas, o primeiro!”, em comemoração dos 50 anos da conquista da Taça Brasil. /// CRUZEIRO 5×0 BAHIA. Taça BH de Futebol Sub17, 1ª rodada Grupo D, Toca I. Gols: Carlos, Paulinho, Vinicius Henrique, Vitinho e Nathan Bernardes. CRUZEIRO: Jonathan; Gabriel Ribeiro, Arthur (Lucas Edu), Carlos e Raphael Lourenço; José Gabriel (Cesinha), Natan (Nathan Bernardes) e Paulinho (Vinicius Henrique); Diogo, Guilherme (Marco Antônio) e João Luiz (Vitinho). T: Alexandre Lemos.

TERÇA, 12jul16 – Folga do elenco. /// Contrato de RAFINHA foi publicado no BID. /// Jaime Dal Farra, sobre negociação por EZEQUIEL: ““Vendemos 35% do passe, o contrato é de 4 anos. Há compromisso de vir até 2 jogadores, de relação de 7ou 8. Entendo que foi um bom negócio.”

QUARTA, 13jul16 – Reapresentação, com treino fechado. Bruno Ramires foi liberado pelo DM. Robinho teve constatada entorse de grau 2 no tornozelo esquerdo. /// DM apresentou à imprensa a situação dos jogadores em tratamento. Dedé e Marciel tem previsão de iniciar a preparação física em 18jul; Mayke e Elber, em 31jul. /// RAFINHA foi apresentado oficialmente por Thiago Scuro. /// THIAGO SCURO, sobre o momento: “Paulo Bento é o treinador e continuará sendo. Esperamos que torcedores e imprensa compreendam o espírito do trabalho para que o Cruzeiro colha os frutos lá na frente. A responsabilidade é compartilhada, direção, comissão técnica e atletas. Paulo Bento desenvolve trabalho de qualidade, coerência e transparência com direção e atletas. Cada vez mais o futebol é jogo coletivo e menos individual. Cada um tem seu papel e sua função dentro de campo. Existe obviamente uma insatisfação aqui na Toca. Ninguém quer estar como está. Queremos produzir melhores resultados.” /// EZEQUIEL assinou contrato de 3 anos. /// JUDIVAN passou pela terceira cirurgia no joelho esquerdo, realizada pelo Dr. Moisés Cohen, em São Paulo. /// CBF alterou datas das partidas contra Inter e Corinthians, para 04ago e 08ago, respectivamente. /// CRUZEIRO 6×1 DEMOCRATA-SL. 32ª Taça BH Sub17, 2ª rodada Grupo D, Toca I. Gols: Natan (2), João Luiz e Guilherme (3). CRUZEIRO: Jonathan; Gabriel Ribeiro (Alex Jhone); Arthur, Carlos (Lucas Edu) e Raphael Lourenço (Matheus); Natan, Roberto e Paulinho (Guilherme Nunes); João Diogo (Erick), Guilherme e João Luiz (Sávio). T: Alexandre Lemos.

QUINTA, 14jul16- Treino fechado, pela manhã. /// EZEQUIEL foi apresentado oficialmente. /// Superesportes especulou interesse do Cruzeiro em RÔMULO, volante do Verona. Assessoria de comunicação negou qualquer contato com o clube italiano.

SEXTA, 15jul16 – Treino fechado. Arrascaeta ficou de fora com entorse leve no tornozelo esquerdo. Paulo Bento, em coletiva: “A única forma de se alcançar bons resultados é manter a crença no processo, transmitir confiança para os jogadores, não cair na tentação de alterar tudo por causa de um resultado adverso e tentar que os jogadores progridam e retomem seu caminho natural de evolução.” /// Contratos de ÁBILA e EZEQUIEL foram publicados no BID. /// Clube apresentou funcionamento do DM à imprensa, com exposições de Sérgio Freire Júnior, Wallace Espada, Eduardo Pimenta, Charles Costa e Thiago Scuro. /// JAIRZINHO recebeu homenagem na Toca II, sendo agraciado com placa e camisa, como parte das comemorações dos 40 anos da conquista da Libertadores-76. /// CRUZEIRO 1×1 CORITIBA. 32ª TAÇA BH Sub17, 3ª rodada Grupo D, Toca I. Gol: Vinicius Henrique. CRUZEIRO: Matheus Perreti; Vitinho, Lucas Edu (Arthur), Carlos e Matheus Pereira (Paulinho); Roberto, Erick (Raphael) e Marco Antônio (Guilherme Nunes); Nathan Bernardes (Alex Jhone), João Diogo (João Luiz) e Vinicius Henrique. T: Alexandre Lemos.

SÁBADO, 16jul16 – Paulo Bento relacionou 23 jogadores para o jogo contra o Fluminense: Fábio, Rafael, Lucas França, Bruno Rodrigo, Bruno Viana, Fabrício, Léo, Manoel, Lucas, Ezequiel, Bryan, Edimar, Allano, Cabral, Bruno Ramires, Gino, Henrique, Pisano, Rafinha, Sóbis, Ábila, Riascos e Willian. /// Wellington Bezerra venceu a Corrida Eu Atleta, em São Paulo (30:25).

DOMINGO, 17jul16 – FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO. Brasileiro-16, 15ª rodada, Giulite Coutinho, Mesquita, 8.381 pagantes, 9.681 presentes, R$263.285. Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO), Fabrício Vilarinho (GO), Bruno Boschilia (PR). Amarelos: Sobis, Bramires, Rafinha, Edimar, Riascos, Viana (C). Gols: Cícero, 7, Marcos Jr, 25 (p). FLUMINENSE: Cavalieri; Jonathan (Igor Julião), Gum, Henrique, William Matheus; Douglas, Cícero, Marcos Jr (Dudu), Maranhão (Edson); Samuel, Richarlison. T: Levir Culpi. CRUZEIRO: Fábio; Lucas (Ezequiel), Bruno Rodrigo, Bruno Viana, Edimar; Henrique, Bruno Ramires, Allano (Rafinha); Sobis, Ábila (Riascos), Willian. T: Paulo Bento. /// PAULO BENTO comentou: “A situação não é boa e não é agradável. Dentro das dificuldades que esperávamos ter, não esperávamos tantas. A verdade é que estamos onde estamos pelos erros que temos cometido. Jogamos com muito pouca intensidade e agressividade, essencialmente em termos defensivos. O Clube tem uma política e uma filosofia de apostar nos jogadores da base. A maior parte dos jogadores é jovem, temos uma média de idade baixa. Se pensarmos na questão da juventude, estamos enganados. O problema é mais abrangente. É muito mais coletivo do que apenas a idade dos jogadores.” /// FÁBIO completou 700 jogos pelo clube: “Fico feliz por esta marca, mas trocaria 100 jogos por dez pontos, fácil. O que quero é o bem do Cruzeiro, este é e sempre foi meu maior objetivo.” /// RIASCOS, após o jogo, à rádio Itatiaia: “Não está normal. Não estou feliz com isso que está acontecendo. Tem que encontrar uma solução, porque não pode tirar minha felicidade para jogar essa merda aqui.” /// Minutos depois, THIAGO SCURO se pronunciou: “Foi uma declaração infeliz e extremamente inaceitável, ofendendo a instituição e a sua história. Não é esse tipo de conduta que esperamos de profissionais de futebol que tem as condições de trabalho que o Cruzeiro oferece. A partir de agora ele está fora da delegação e passa a ser um problema administrativo e jurídico.” /// Mais tarde, Riascos publicou mensagem em rede social: “Em nenhum momento tive a intenção de atingir a instituição ou meus companheiros. Fiz referência à minha situação dentro da equipe, não consigo dar minha contribuição. É claro que não me sinto feliz com isso, mas admito que não deveria ter me expressado dessa maneira, ainda no calor da partida. Peço desculpas à imensa torcida cruzeirense e aos meus companheiros que possam ter se sentido ofendidos com minhas declarações.” /// CRUZEIRO 1×2 PALMEIRAS. 32ª Taça BH Sub17, Oitavas de final, jogo único, estádio Joaquim Portugal, São João del Rey. Gol: Natan. CRUZEIRO: Jonathan; Gabriel Ribeiro, Arthur, Carlos, Raphael Lourenço; Natan, Roberto e Paulinho; João Diogo, Guilherme e João Luiz. T: Alexandre Lemos. /// ATLETISMO: Valdir de Oliveira venceu a 7ª Edição da Corrida do Corpo de Bombeiros de BH (25:17). Helena Pereira venceu a 3ª Meia Maratona de Ouro Branco (1:24:18). Reginaldo da Silva foi 2º (1:07:23).

Denílson, a novidade

terça-feira, 19 de julho de 2016

Cruzeiro contratou, por empréstimo, até dezembro:

  • DENÍLSON Pereira Neves, 28 anos, volante, de São Paulo (16fev88), 1m79, 68kg, destro, ex São Paulo (05/06); Arsenal (06/11); São Paulo (11/15); Al-Wahda (15/16), campeão Mundial de Clubes (a05); Copa Sumericana (12); Arabian Gulf Cup (16), 389 jogos como profissional e 14 gols.

Vc, caro leitor, irá busca-lo no aeroporto? Se for, não me chame.

Fábio: “Não conseguimos jogar”

terça-feira, 19 de julho de 2016

PITACOS de blogueiros e acerca protagonistas do FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO, no Giulite Coutinho, Mesquita, pela 15ª rodada do Brasileiro 2016.

PAULO BENTO, técnico do Cruzeiro: Não fizemos aquilo que tínhamos planejado e sofremos dois gols de bola parada no 1º tempo. Jogamos com muito pouca intensidade e agressividade, essencialmente em termos defensivos. No 2º tempo, entramos um pouco diferentes. Tivemos algumas situações para reduzir a desvantagem e não conseguimos. Depois, o jogo entrou em uma dinâmica em que não foi bem jogado. Acabamos por perder mais uma vez por aquilo que não fizemos, essencialmente nos primeiros 45 minutos.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: Não conseguimos jogar, colocar a bola no chão e fazer a transição com velocidade. As coisas fluíram para o Fluminense, que soube aproveitar.

RAPOSA MATUTA, no PHD: A ansiedade pra sair desta situação tem afundado o Cruzeiro cada vez mais. Parece que o Bento quer impor jogo ofensivo, controle de bola e jogadas rápidas; mas não percebe que 90% das equipes brasileiras jogam pelo empate e ganham no erro adversário. Aqui, todos são Leicester. Neste momento, a meta deve ser pontuar em todos os jogos. A cada vitória que cedemos, ficamos 3 pontos mais distantes.

WAGNER CPM, no PHD: Bento ainda não tem um time. E não dá sinais de que conseguirá montar um. A cada dia, ele parece mais perdido e o sistema defensivo, cada vez pior. Vinte e cinco gols sofridos em 15 jogos. Não fazer gols e ainda levá-los em excesso são problemas terríveis.

MANO MENEZES, técnico de futebol desempregado: Pela minha passagem, que foi boa no cruzeiro, é normal que, sempre que as coisas não estão bem, o torcedor enxerga como solução uma. Mas, nós treinadores, pensamos que não é isso. O torcedor pode achar. Problema é os dirigentes também acharem isso. Não se pode analisar o trabalho do treinador, com apenas dois meses, como o do Paulo Bento. Com alterações e reformulações de grupo, aposta em jovens, é preciso ter uma boa dose de compreensão.

Fábio e Fiascos, destaques por motivos opostos

segunda-feira, 18 de julho de 2016

ATUAÇÕES dos protagonistas do FLUMINENSE 2×0 CRUZEIRO, no Giulite Coutinho, Mesquita, pela 15ª rodada do Brasileiro 2016.

TORCIDA CELESTE compareceu ao Giulite Coutinho e apoiou, mesmo não tendo mais do que 5 minutos de expectativa positiva. (Síndico)

FÁBIO não teve culpa nos gols. Fez boas defesas e evitou desastre ainda pior. (Globo Esporte)

LUCAS não apelou na marcação, o que já foi um avanço. Mas também não ajudou muito o ataque. (Síndico)

EZEQUIEL entrou no fim e ainda tentou uma jogada com Rafinha, que não se concretizou pelo desentrosamento entre ambos. (Síndico)

RODRIGO não cometeu erros individuais, como em outras ocasiões e ainda tentou colocar sua cabeça de míssil a serviço do time nos escanteios ofensivos. Não deu certo, mas a verdade é que foi à luta, sem se deixar abater pela má atuação do time. (Síndico)

VIANA cometeu um pênalti desnecessário, pois o adversário estava de costas pro arco celeste e seu colega de bequeira, Rodrigo, estava na sobra. Faltou experiência, mas faltou também tempo de bola. Ele chegou sempre atrasado nas disputas. (Naldo)

EDIMAR foi o bate-man do time, cobrando tudo o que era redondo e aparecia em sua frente. Marcou razoavelmente e apoio insuficientemente. (Síndico)

HENRIQUE que tinha que marcar o meio do Fluminense todo com o resto do time perdido. (Fernando) —– Único com alguma lucidez, além do Fábio. Teve que jogar pra cobrir seus dois companheiros de setor. Tentou chamar o jogo e dar alguma liga ao time. (Danilo Vix)

BRAMIRES correu desordenadamente, afobou-se e não mostrou intimidade com a bola. Sem a bola, ajudou o time fechando espaços. Tem pulmão e sangue nas veias, mas isto é pouco pra um jogador de futebol. (Fernando)

ALLANO este apagado, mostrando insegurança. Saiu mais, cedo, com uma lesão muscular. (Naldo)

RAFINHA entrou e deu equilíbrio ao time, evitando que ele tomasse goleada. (Ernani Bitencourt)

SOBIS correu e lutou muito. Também tentou chutes de média e longa distância. Ainda precisa apurar a forma física. (Globo Esporte)

ÁBILA teve estreia apenas regular. Mostrou espírito de luta e disposição, mas ainda tem que evoluir muito fisicamente. (Globo Esporte)

WILLIAN não fez o mais importante, que seria criar jogadas nas pontas e servir o centroavante Ábila. (Naldo)

RIASCOS teve comportamento vergonhoso em campo, fazendo de tudo pra atrapalhar, e coroou com uma declaração estúpida e desnecessária. (Mauro França)

PAULO BENTO. Inventou um meio de campo com Bruno Ramires e Allano que comprometeu todo setor defensivo. Foi teimoso pra contrariar a torcida que o chamou de burro e se deu mal nas suas convicções. (Wagner Cpm)

CRUZEIRO não deu nem pra saída. Pressionado, confessou rapidim. Doeis, não teve imaginação pra abrir a defesa tricolor. Faltou armação apoio dos laterais. E a marcação também não encaixou. Fábio e Henrique, como sempre, foram os melhores. (Síndico)

FLUMINENSE não deixou o time celeste pensar. Nem respirar. Foi praziam, fez o placar e, depois, defendeu-se contratado com muita eficiência. E o melhor: ninguém jogou mal. Teve uma tarde de luxo. (Síndico)

ÁRBITROS justificaram o cachê, com atuação correta. (Síndico)