Arquivo da Categoria ‘Cruzeiro’

Mano descobre outro falso nove

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MANO MENEZES descobriu outro falso nove. Eis os times do treino desta quarta, na Toca II: 

  • TITULARES: Rafael — Ezequiel, Leo, Manoel, Edimar — Henrique, Cabral — Arrascaeta, Robinho, Alisson — Sobis.
  • RESERVAS: Lucas França — Mayke, Fabruno, Brodrigo, Bryan — Gino, Romero — Alex, Rafinha, Elber — Willian.
  • ENCOSTADOS (treinaram à parte, em campo auxiliar): Elisson, Lucão, Lucas, Lucas Ventura, Bramires, Nazário, Marcovinícius e Ábila.

Satisfeito, caro leitor?

Um cara de sorte

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Logo após a saída do diretor de futebol Dimas Fonseca, o Cruzeiro contratou um beque, com salário de R$250 mil, por 5 anos. Ao fim do vínculo, o clube terá torrado R$16,250 Mi com o sortudo. Sem contar os direitos trabalhistas. Esse craque disputou 11 partidas e marcou 2 gols com a azul-estrelada, antes de iniciar seu périplo por clubes da série B.

Raul, campeão brasileiro de 1966

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

RAUL GUILHERME PLASSMANN nasceu em Antonia, no Paraná. Começou nos juvenis do atlético Paranaense. Pensando em arranhar dinheiro pra comprar um carro, mudou-se pro São Paulo. Em 1966 chegou ao cruzeiro. Os goleiros da época tinham 1m70. não havia camisa pra seu 1m87. Ele pegou uma emprestada do lateral Neco. Amarela. Chocou. Mas saiu-se tão bem, que virou titular. e fez história. 

  • O 1º tempo terminou 5×0 pra nós. Fiquei meio atordoado. Estava jogando contra meus ídolos. Eu nunca tinha visto o Pelé, só tinha ouvido falar. Eu não estava nervoso, estava ansioso pro jogo começar pra ver os caras de perto. De repente, 5×0. Desci pro túnel e perguntei ao Dirceu Lopes quanto estava o jogo. Depois ainda voltei pra conferir no placar. Pensei que os caras do Santos deveriam estar muito brabos com a gente. Era muita ingenuidade.
  • Na partida de volta, emoção semelhante. O Cruzeiro venceu por 3×2, em São Paulo. Mais uma vez, surpreendeu aos que esperavam vitória do Santos e um terceiro jogo, em campo neutro.
  • No segundo jogo, tinha uma coisa no ar, um negócio estranho. Ninguém me falou nada, mas eu senti que todos pensavam que a goleada tinha sido uma aberração, que se a gente jogasse mais 10 vezes, o Santos ia ganhar as 10. Nosso time era desconhecido. No jogo de São Paulo, quando perdíamos por 2×0 mas completamos o massacre começado no Mineirão e viramos pra 3×2. E olha que o Tostão ainda perdeu um pênalti. Foi uma demonstração de força. Virar sobre o melhor time do mundo, dentro da casa deles. O Cruzeiro tinha chegado. Uma semana depois vi a manchete de uma revista: “Os mineiros no poder”. Pra mim, aquilo era melhor que apenas “O Cruzeiro no poder. Porque o Cruzeiro não fez aquilo só por ele. Fez por Minas. Por isso é que foi grandioso.
  • No intervalo do segundo jogo, vi uns dirigentes querendo marcar o terceiro. Estava 2×0 pra eles e os dirigentes paulistas queriam marcar o terceiro jogo. Pedro Paulo, nosso lateral, colocou todo mundo pra correr do vestiário. Aí voltamos pro segundo tempo, viramos pra 3×2.
  • Zito deu umas pancadas no Natal, que revidou no final do jogo. Zito correu pra cima do Natal, que se escondeu atrás do Pedro Paulo, o jogador mais forte do nosso time. Então, o Natal chamou o Zito, e o Zito correu, é claro.
  • Todo mundo queria saber quem era Tostão, quem era Dirceu Lopes. Passou a ter mais gente nos treinos, vinha gente do Rio, de São Paulo ver os jogos. A frequência de jornalistas começou a aumentar. Piazza e Tostão começaram a ser convocados pra Seleção. Era Minas botando a cara pra fora. A importância foi monumental. Nós éramos, e ainda somos, um grupo muito simples. Em momento nenhum isso mudou. Nós somos o Raul, o Procópio, o William, o Piazza. Somos apenas nós e isso nunca vai mudar.
  • Mais de 100 mil pessoas pagavam pra ver a gente. Era fantástico. De vez em quando, me incomodavam, mas o meu time incomodava muito mais. Ganhei poucos troféus como melhor goleiro do ano. A bola estava do outro lado sempre, e eu aparecia pouco. Via de perto Natal, Evaldo, Tostão, Dirceu Lopes, e alguns adversários ilustres, como na conquista da Taça Brasil de 1966, Pelé, Zito, Edu, Pepe e Gilmar. Me sinto privilegiado porque vi tudo mais perto que qualquer outro ser humano.
  • Muita gente me pergunta se foi o maior time do Cruzeiro de todos os tempos. Claro que foi! E isso não é menosprezo nenhum aos outros times. O Cruzeiro já teve outros grandes times, que ganharam vários títulos importantes. Um monte. O Cruzeiro é uma grandeza, mas aquele é o maior time da história, e isso não é demérito para os outros. Alguém tinha que fazer o trabalho, e nós fizemos. (Depoimento ao Superesportes)

A um ponto do continente

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Deu no SUPERESPORTES:

A conta para o Cruzeiro se qualificar à Sul-Americana é simples: basta um empate com o Corinthians no próximo domingo. Com isso, o time chegaria a 49 pontos e não poderia ser ultrapassado pelo 15º Vitória, que só pode somar 48, e pelo 14º Coritiba, que poderia atingir 49 pontos, mas levaria desvantagem no número de vitórias. O clube celeste só fica fora do torneio se perder pro Corinthians e Coritiba a Vitória vencerem Ponte Preta e Palmeiras, respectivamente.

Fica esperto, Mano!

Moreno pode estar na baciada

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

MARCELO MORENO recebeu proposta do Cruzeiro. Baciada em curso? E fica a dúvida: Mano desistiu do falso nove ou o boliviano desistiu de ser centroavante?

Isso dá pra fazer?

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

JR GALVÃO não quer saber de chororô por conta do calendário:

  • Este ano, o Nacional de Medellin disputou tudo nas cabeças, conquistando Libertadores e Copa da Colombia E ainda chegou à final da Sulamerican, está na semifinal do Colombiano e vai disputar o Mundial. Tudo isto sem o técnico Reinaldo Rueda se queixar do calendário. Ele entrou em todas as competições pra ganhar. Deveria servir de exemplo, já que por aqui é uma choradeira só. Se o time disputa dois títulos, parece ser impossível tentar ganhar ambos. Mais um belo exemplo dos colombianos, em quem os brasileiros deveriam mirar neste momento.

Sua opinião, por favor, caro leitor!

Onde vc estava?

domingo, 4 de dezembro de 2016

Quem pode esquecer?

  • CRUZEIRO 6×1 ATLÉTICO-MG, 04dez11dom17h, tempo bom, Arena do Jacaré (20 mil), Sete Lagoas, 38ª rodada, Brasileiro 2011. Transmissão: Globo e PFC. Público: 18.500 pag, 18.850 pres. R$258.564,50. Arbitragem: Marcelo Lima Henriques (Fifa/RJ), Carlos Berkenbrock (Fifa/SC), Júlio César Rodrigues Santos (Cbf/RS). Amarelos: Roger, Guerreiro, Wellington, Pierre, Richarlyson. Vermelhos: Wellington, Werley, 78. Gols: Roger, 9, Guerreiro, 28, Anselmo, 33, Fabrício, 45, Wellington, 56, Rever, 60, Everton, 90. CRUZEIRO: Rafael Monteiro, Leo Simões, Naldo, Victorino, Diego Renan; Fabrício, Leandro Guerreiro, Charles (Farias); Roger Galera (Ortigoza); Anselmo Ramon (Francisco Everton), Wellington Paulista. T: Vagner Mancini. FRANGA: Renan Ribeiro; Serginho (Magno Alves), Leonardo Silva (Werley), Réver, Richarlyson; Pierre, Fillipe Soutto, Carlos César; Daniel Carvalho; Bernard, André Bebezão. T: Cuca.

GPT contratou um e meio jogador por mês

domingo, 4 de dezembro de 2016

PEDRO HENRIQUE, do blog Nós Somos Cruzeiro, relacionou todas as contratações da Era Gpt: 

  • DIMAS => Mateus (B) Thiago Carvalho (B) Jackson (L) Gílson (L) Amaral (V) Arias (V) Marcelo Oliveira (V) Rudnei (V) Fábio Lopes (A) Walter (A).
  • MATTOS (03mar12) => Alex Silva (B) Bruno Rodrigo (B) Dedé (B, R$14 Mi) Manoel (B) Nirley (B) Paulão (B) Rafael Donato (B) Vilson (B) Ceará (L) Fabiano (L) Breno Lopes (L) Edígio (L) Leandrinho (L) Samudio (L) Charles (V) Seymour (V) Henrique (V) Nílton (V) Rodrigo Souza (V) Sandro Silva (V) Souza (V) Tinga (V) Uelliton (V) Willian Farias (V) Willian Magrão (V) Ananias (A) Diego Souza (M) Everton Ribeiro (M) Júlio Baptista (M) Lucca (A) Marlone (M) Martinuccio (A) Ricardo Goulart (A) Souza (M) Borges (A) Dagoberto (A, R$7 Mi) Fabinho (A) Joel (A) Damião (A) Luan (A) Moreno (A) Marquinhos (A) Neílton (A) Willian (A, R$10,5 Mi).
  • GILVAN (Jan/Jul15) => Grolli (B) Paulo André (B) Fabrício (L) Mena (L) Pará (L) Willians (V) Arrascaeta (M) Caíque Valdívia (M) Gabriel Xavier (M) Henrique Dourado (A) Marinho (A) Riascos (A) Rony (A) Vinícius Araújo (A).
  • TINOCO => (22JUL15) Cabral (V) Uillian Correia (V).
  • SCURO (25set15) => Ezequiel (L) Lucas (L) Bryan (L) Edimar (L) Nazário (M) Pisano (M) Rafinha (M) Robinho (M) Miño (M) Denílson (V) Gino (V) Romero (V) Marciel (V) Douglas Coutinho (A) Rafael Silva (A) Ábila (A) Sobis (A)

Pergunto: Quem mais acertou? Quem mais rasgou dinheiro?

Caicedo (toc, toc, toc…) está chegando à Toca II

sábado, 3 de dezembro de 2016

Luis CAICEDO, 24 anos, 1,85m, beque do Independiente del Valle, do Equador, confirmou acerto contratual com o Cruzeiro.

Ele estará em Belo Horizonte em 13Dez pra fazer exames e assinar contrato, com duração de 5 anos.

Pergunto ao caro leitor: O Cruzeiro precisa de mais um beque? Caicedo tem condição de ser titular? Quem seria seu colega de bequeira?

Semana 47: Sada Cruzeiro lidera Superliga

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 47 de 2016, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 21NOV16. Reapresentação: Regenerativo para os titulares contra o Santos, treino técnico para os demais. Liberado pelo DM, Elber fez atividade física. /// DENILSON. foi dispensado, Cruzeiro não quis adquirir seus direitos econômicos. Contratado em julho, ele disputou apenas 5 partidas. /// CRUZEIRO 2×1 ATLÉTICO-MG. Copa União Sub16, última rodada returno, Toca I. Gols: Vinicius, David. CRUZEIRO: Robson; Sávio, Edu, César, Pedro Venaque; Matheus Felipe, Ruandre (Thalys), David (Erick), Marco Antônio (Caio), Nathan (Victor); Vinícius (Vinícius Santana). T: Alexandre Lemos. Cruzeiro conquistou o returno e vaga na final.

TERÇA, 22NOV16. Folga do elenco. /// Levantamento da CBF mostrou que o Cruzeiro é o segundo clube que mais cedeu jogadores para as seleções de base em 2016, com 18 convocações.

QUARTA, 23NOV16. Treino técnico em campo reduzido. Liberado pelo DM, Rafinha iniciou preparação física. /// LEBES GEDORE CANOAS 0x3 SADA CRUZEIRO (22/25, 23/25, 23/25). Superliga, 5ª rodada, Ginásio La Salle, Canoas. Melhor em quadra: Filipe. CRUZEIRO: William, Alan, Leal, Filipe, Simon, Éder Levi, Serginho. Entraram: Cachopa, Evandro, Isac e Leozinho. T: Marcelo Mendez. 

QUINTA, 24NOV16. Treino fechado. /// Cruzeiro conseguiu derrubar mandado de segurança que permitia a RIASCOS jogar por outro clube. Mérito da ação será julgado em Mai17. /// FPF divulgou grupos da Copa São Paulo. No Grupo 22, sediado em Mogi das Cruzes, Cruzeiro vai enfrentar União Mogi, RiverPI e Bragantino.

SEXTA, 25NOV16. Treino técnico comandado por Sidney Lobo. Elber e Rafinha participaram. Goleiros fizeram treino específico. /// Jornal português O Jogo noticiou interesse do Cruzeiro nos volantes ELIAS e BRUNO PAULISTA, do Sporting. Elias deve ser negociado com clubes chineses, segundo diretor do Sporting, que teria sugerido Bruno Paulista, 21 anos, revelado pelo Bahia. Cruzeiro confirmou que Vicintin esteve em Portugal no início de novembro, mas em viagem particular.

SÁBADO, 26NOV16 . Treino fechado encerrou preparação para jogo contra o Inter. À tarde, delegação seguiu pra Porto Alegre, com Elisson, França, Rafael, Bryan, Edimar, Ezequiel, Lucas, Bruno Rodrigo, Fabrício, Leo, Manoel, Alex, Cabral, Nazário, Gino, Bramires, Romero, Marcos Vinícius, Robinho, Alisson, Ábila, Sobis, Willian. /// SADA CRUZEIRO 3×1 MINAS TÊNIS CLUBE (25/19, 25/14, 19/25, 25/23). Superliga, 6ª rodada, Ginásio do Riacho, Contagem. Melhor: Leal. CRUZEIRO: William, Evandro, Leal, Rodriguinho, Isac, Simon, Serginho. Entraram: Cachopa, Alan. T: Marcelo Mendez

DOMINGO, 27NOV16. INTERNACIONAL 1×0 CRUZEIRO, 37ª BR 16, Beira Rio, Porto Alegre, 25.352 pag, R$384.800. Arbitragem: Marcelo Aparecido, Marcelo Van Gasse, Alex Ribeiro (SP). Amarelos: Bryan, Manoel, Ábila, Rafael, Seijas, Danilo. GOL: Valdivia, 75. INTER: Danilo Fernandes, William, Paulão, Ernando, Geferson (Vitinho), Anselmo, Dourado (Valdívia), Anderson, Alex, Nico Lopéz, Seijas (Ariel). T: Lisca. CRUZEIRO: Rafael, Ezequiel, Leo, Manoel, Bryan (Edimar); Cabral (Ábila), Romero; Robinho, Sobis, Alisson; Willian (Marcos Vinícius). T: Mano Menezes. /// MANO MENEZES: “Não aproveitamos as oportunidades. Tivemos muito volume, muito espaço, mas conclusões foram poucas. Antes do intervalo, a melhor chance tinha sido do Inter, na falta que o Rafael defendeu. O 2º tempo ficou mais aberto. Ao Inter só interessava a vitória e nós também fomos pra cima. Sofremos um gol de contrataque, em que avaliamos mal o rebote, corremos atrás 60 metros sem fazer a falta e ainda tomamos o gol. Criamos duas oportunidades, com Robinho e Ábila, mas não fizemos. Perdemos um jogo que poderíamos ter vencido”. /// ATLETISMO: Ivamar Oliveira venceu a Corrida Cristã de Contagem. João da Bota e Claudete Souza venceram da 1ª Corrida e Caminhada Azul de Montes Claros. Camila Campos e Andreia Lima fizeram dobradinha na 1ª Corrida da Sicoob de Cláudio. Marcos Vinícius Coelho foi 2º, Ivanildo Pereira e Reginaldo Silva foram 4º e 5º. Kleidiane Barbosa venceu a 3ª Meia Maratona Internacional de Goiás, em Caldas Novas. Rose Mayara foi 2ª na 2ª Corrida Administração É Vida de Garanhauns.