Arquivo da Categoria ‘Comentários’

Cruzeiro contra Furacão

sexta-feira, 20 de abril de 2018

CRUZEIRO jogará contra o Paranaense nas oitavas de final da Copa do Brasil. Fosse hoje, o campeão mineiro estaria desclassificado. Perderia na intensidade.

Como será mais à frente o jogo, Mano poderá tirar algum coelho da cartola. Quem sabe arranjando um nove e ensinando o time a criar jogadas pra ele finalizar?

Os demais jogos serão Chape x Franga, Vasco x Bahia, Grêmio x Goiás, Corinthians x Vitória, Palmeiras x América, Flamengo x Ponte, Santos x Luverdense.

Da turma que está na Libertadores, o Cruzeiro foi o mais castigado pelo sorteio. Único que não é favorito na fase.

Mano misterioso

quarta-feira, 18 de abril de 2018

MANO MENEZES vai mudar seu time, pra que ele se encaixe no jogo da Universidad de Chile:

  • Vamos jogar com uma equipe que tem uma característica bem definida. Joga com linha de três defensiva e avança os alas. Nós teremos que fazer pequenas alterações pra encaixar bem, não dar espaço pra esses jogadores  e também tirar o melhor da característica dos nossos jogadores. Foi isto que fizemos nos dois últimos treinos. O importante é que nossa equipe esteja confiante pra jogar da forma que  pensamos ser a mais correta.

Tá fácil assim de entender, porque eu traduzi do Manês pro Português. 

Fato é que alterações serão feitas. De tática, com certeza. De nomes, provavelmente. 

resta saber que time será escalado. O arguto leitor quer tentar a sorte e decifrar o enigma que Mano promete desvendar a apenas uma hora do início do jogo?

Termocéfalos já começaram a estragar o jogo

quarta-feira, 18 de abril de 2018

LaU foi derrotada no clássico com o Colo Colo por 3×1, E perdeu a liderança do Chinelão, ops! Chilenão.

Deu boloblô: seus jogadores brigaram o Valdivia, o que é compreensível, e entre si, o que é incompreensível.

A torcida escolheu o lateral, ex-pontesquerda, Bausejour pra judas e  queimou a camisa dele.

Por aqui, teve torcedor pedindo que os jogadores celestes honrem a alma de Roberto Batata no jogo de amanhã.

Tinha tudo pra ser apenas um jogo de futebol, mas os termocéfalos entrarem em cena com seu habitual dramalhão…

Vigília pra libertar o time da lanterna

terça-feira, 17 de abril de 2018

CRUZEIRO é o lanterna do Grupo 5 da Libertadores, com o que não se conforma muitos de seus torcedores. Alguns culpam o Juiz, outros vão à luta pra libertar o time dessa prisão. 

Em Santiago, haverá vigília. Militantes azuis já embrenharam na selva da bebedeira e prometem se sacrificar perdendo noites de sono pra mostrar o quando amam o clube.

No momento, estão num bar do bairro Bella Vista, tomando cerveja, à espera da partida contra a Universidad de Chile, nesta quinta as 21h45, no Estádio Nacional.

Há vigílias e vigílias. Esta é de gente que tem propósitos virtuosos. Que apoia quem trabalha honestamente pra encher a sede do Barro Preto de troféus.

Um tecladista, por favor!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

ADÍLSON não servia pra treinar o Cruzeiro, porque era pardal e, principalmente, porque não escalou o ídolo Sorin na final da Libertadores.

CUCA não prestava porque era depressivo. JOEL, por ser boleiro. MANCINI, porque não tinha nível de Cruzeiro.

ROTH era retranqueiro, MARCELO sempre perdia pras frangas, porque torcia pra elas. LUXEMBURGO está ultrapassado.

BENTO desconhecia o futebol brasileiro. DEIVID não passava de um estagiário. MANO é técnico só de mata-mata, não treina o time, não sabe substituir e cousa e lousa.

O Cruzeiro recisa é de um tecladista das redes sociais treinando seu time. Um time montado pra ser campeão mundial merece uma dessas sumidades do mundo virtual.

Três estados campeões

sexta-feira, 13 de abril de 2018

VINÍCIUS CABRAL disse:

  • Vai começar a 16ª edição do Morrinhão por pontos corridos. Nas 15 anteriores, paulistas venceram 9, cariocas, 3, e cruzeirenses outras 3. Parabéns, pois, aos estados de São Paulo, Rio e Cruzeiro!

O caro leitor espera que outro estado entre nesta lista? Qual? 

Celeuma besta

quinta-feira, 12 de abril de 2018

CELELUMA sem fim essa da decisão do Paulista. Palmeirenses não encaixaram bem a derrota. Mas o fato é que perderam em campo, com arbitragens corretas etal.

Ah, mas o diretor de arbitragem estava onde não devia na hora do pênalti marcado e desmarcado! Estava, mas ninguém o viu orientando o Juiz. E, ademais, juízes ouvem um monte durante a partida. Torcedores, jogadores bandeiras, auxiliares, a patroa e os amigos, pelo celular, no intervalo, e cousa e lousa. O ser humano é muito comunicativo, entenderam?

E toda essa chatice é alimentada justamente por mesarredondistas, que vivem pedindo árbitro de vídeo, ou seja, interferência externa. Melhor virar a página e discutir a bola que rolou numa decisão sensacional. É o que interessa.

Futebol pra todos

quinta-feira, 12 de abril de 2018

MORRINHÃO pode esperar, afinal, serão seis meses de chatices nas mídas e nos estádios.. Por ora, eu quero é esticar as comemorações dos estaduais. Que renderam boas histórias.

  • CRUZEIRO remontou um placar negativo de 0-3 pra campeonar pela 39ª vez.
  • NÁUTICO, após ser rebaixado pra Série C, depois de  anos de fila, campeou, com recorde de público de jogos entre clubes na Arena Pernambuco. Com ajuda do Central, que arrastou 5 mil d=torcedores de Caruaru a São Lourenço da Mata.
  • BOTAFOGO, com um elenco de forma, campeou milagrosamente no Rio. Marcou gol aos 95, saiu atrás nos pênaltis e foi buscar seu 22º caneco, na marra.
  • GRÊMIO foi buscar seu 38º caneco, depois de passar várias rodadas na zona de rebaixamento.
  • BAHIA correu atrás do Vitória desde a primeira rodada e só ultrapassou o rival no pleiofe final. E levantou a taça fora de casa, pra maior deleite de sua torcida.
  • CSA perdeu na ida por 1×0 e remontou com um 2×0 heroico na volta.
  • CORINTHIANS perdeu os três jogos de ida dos pleiofes e venceu os três de volta. E ainda pode curtir a ira espumante do rival, que não aceitou a derrota final.
  • REMO venceu duas vezes o Papão. Com Givanildo Oliveira retomando a pole position dos técnicos campeões de estaduais.

Figueira, Paranaense, Serra, BotaBelo, Abc, Ceará, Moto, Cuiabá, Sobradinho, Rio Branco, Operário também têm suas boas histórias pra contar.

Finalmente, um registro necessário: estádios lotados em todos os quadrantes do País. Com festa, muita festa!

Falta só o caro leitor contar como foi a sua própria festa e a festa em sua cidade. Vamulá!

Diga não à liberação do Digão!

quarta-feira, 11 de abril de 2018

DEDÉ renovou com o Cruzeiro até Dez19. Lucas Silva ainda não tem situação definida. Victor Luiz deve ir pro Braga ou pro Marítimo, ambos de Portugal. Patrick Brey e Renato Kayser foram contratados. E Digão pode sair. Tem propostas do Sport e do Vitória. 

Saída de Victor pode ser boa pra ele e pro clube, dependendo de quanto o Cruzeiro terá a receber em futuras negociações. Lucas e Digão são bons profissionais e jogadores úteis. Deviam continuar no clube. Kayser e Brey vão jogar? É pouco provável. 

O leitor analista tem algo a dizer sobre as negociações? Está satisfeito ou tem algum nome a propor pra reforçar o time celeste?

Síndico: “Profeta Rafael Padovani avisou…”

terça-feira, 10 de abril de 2018

PITACOS cerca do CRUZEIRO 2×0 ATLÉTICO-MG, neste 08abr18dom16h, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de volta das finais do Mineiro 2018:

MANO MENEZES: O mais importante foi a qualidade. Jogamos bem. Tivemos a calma necessária, a partir do primeiro gol, pra jogar mais 70 minutos em busca do segundo. Confiança no trabalho e leitura correta do que aconteceu no primeiro jogo também foram importantes. Às vezes, a gente tem de simplificar as coisas. Muita gente estava preocupada com nossos volantes, dizendo que eu teria que mudar o meio campo. Seria fácil embarcar nessa e mudar o time, mas eu sabia que a questão era tática, de posicionamento. Dedé? Esse é zagueiro de Seleção. Antes das lesões, fazia parte da seleção, isso mostra a qualidade dele. Por isso, tivemos que cuidar  mais dele, deixar um jogo de fora. Mas é inegável a tanquilidade que ele passa na bola área, e a imposição que ele tem sobre os atacantes.

DEDÉ: É comemorar. eu vi faixa de campeão, escutei “é campeão!”. Vi o Otero xingar o Rafinha por sua soberba. Vi o Otero lá cheirando bunda do Robinho achando que ia influenciar. Mas futebol é em campo. É o que eu peço ao torcedor: não desacredite nesse time.

ROBINHO: Fizemos um 1º tempo horrível, acreditamos, mas confiamos, pois temos um treinador espetacular, que nos colocou pra cima. É isso aí, festa!

DOUGLAS VELLOSO: A chave foi a determinação, que se exige num clássico decisivo. Também era preciso ser objetivo e time celeste foi.  Sabia-se que o simples resolveria, pois o adversário nada tem de especial, e o time não complicou. Edilson e Sobis mudaram o espírito da equipe, que fez cedo o gol e deixou o rival se perder em na própria falta de qualidade. O Cruzeiro dominou o meio-campo com força e troca de passes, principalmente logo depois dos gols. A bola rodou e o adversário não teve como construir jogadas eficazes. A expulsão foi crucial pelo desequilíbrio que causou ao deixar o Cruzeiro sempre com um na sobra pra matar as tentativas individuais do adversário. Ninguém esteve mal. Leo, Dedé e Neves foram as principais peças. Cabral e Henrique, firmes. Mancuello entrou bem e Rafinha foi protagonista na etapa final.

PAULO SOUZA: Partida irreparável do time celeste, que foi competitivo ao extremo. Os melhores, pela ordem, foram os jogadores, o técnico e a torcida, deu deu show.

DOUGLAS AGUIAR: O time celeste errou muitas saídas de bola, contra um adversário limitado e com um jogador a menos. Isso é preocupante e precisa ser corrigido. O ano está só começando, mas o Maior de Minas já mostrou força, espírito de competição, qualidade e eficiência. Avante, Cabuloso!!!

FÁBIO VELAME: Henrique começou como volante, foi deslocado pra lateral direita e depois voltou pra posição original. Comandou o time e foi o melhor do jogo, sem dúvidas nenhuma!

ERNANE SIQUEIRA: Time de 2018 inspirou-se no de 1977 pra essa virada. E de virada, como se sabe, é mais gostoso

NALDO MORATO: Edílson, macaco velho, tirou Otero de campo. Mano, macaco velho, tirou o Edílson de campo. 

SÍNDICO: Profeta Rafael Padovani avisou no domingo que ia ter volta. E teve!