Arquivo da Categoria ‘Campeonatos’

Zebras brincam nas copas

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Zebras dão um tempo nos estaduais e passeiam nas copas:

  • DESCLASSIFICADOS na Libertadores: São Paulo, Universidad Chile, Strongest, Barcelona, Delfin, Danubio. Independiente Medellin, Nacional Paraguai, Bolivar, Garcilaso, Guaira…
  • DESCLASSIFICADOS na Copa do Brasil: Sport, Ponte, Guarani, Coritiba…
  • SURPRESAS nas Copas: Tombense, Urt, Aparecidense, Melgar, Avenida…
  • JOGOS 2ª FSE LIBERTADORES: Defensor x A Mineiro, Libertad, Nacional Medellín, Talleres x Palestino, Melgar x Caracas.
  • FINAL TAÇA GUANABARA: Fluminense x Vasco.

Assustado, caro leitor? Melhor não ficar de gracinhas com huracán, Emelec e Lara…

Estaduais Sem 01-19: futebol sem smoking

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

CENAS da primeira semana do futebol em 2019:

  1. Egídio regendo a galera do Farião que cantou o hut “Piscininha, amor”.
  2. Gramados perfeitos em Divinópolis, Madureira e Bragança Paulista.
  3. Gandula roubando celular do técnico do Sport na derrota do Leão pro Flamengo pernambucano.
  4. Técnico do Vasco bateado boca com torcedor do Madureira, durante coletiva, em Conselheiro Galvão.
  5. Scolari reclamando da Federação, após empate do milionário Palmeiras contra o remediado Red Bull.
  6. Jogadores do Volta’co marcando saída de bola do Flu, dentro da área tricolor, com time e torcida desesperados.
  7. Leão de Nova Lima fazendo tremenda festa antes do jogo e saindo com um 5×1 nas costas, aplicado pelo Leão de Juiz de Fora.
  8. Frangaço do goleiro do São Luís, salvando a estreia do Internacional no Gaúcho.
  9. Juiz tungando o Bangu,  com pênalti inexistente a favor do Flamengo. E, pior, expulsando o beque do time da Zona oeste.
  10. Volante do Borafogo levando tombo ao correr olhando pra bola que estava em outro ponto do gramado.

O futebol está de volta, sem as viadagens tão ao gosto dos mesa-redondistas da Iespien.

Mineiro 2019: os heróis do Interior

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

CAMPEONATO MINEIRO será disputado pela 108ª vez. Nada pode ser mais tradicional!

E o Interior vem aí, como sempre, sem dinheiro, mas com força de vontade e muita raça.

  1. TUPI (107 anos), campeão do interior em 2018, comandado por Ailton Ferraz, tem como destaques o meia Leandro Brasília, o beque Aislan, ex-São Paulo e Vasco, e o centroavante Hugo Ragelli, ex-Cruzeiro. Mascote: galo carijó. Cores: preto e branco. Estádio: Mário Helênio (15 mil).
  2. GUARANI (89 anos), de Divinópolis, campeão da segunda divisão, comandado por Gian Rodrigues, tem como destaques, os meias Leomir e Ewerthon Maradona. Mascote: tamanduá. Cores: vermelho e branco. Estádio: Waldemar Faria (5 mil).
  3. TUPYNAMBÁS (108 anos), de Juiz de Fora, vice-campeão da segunda divisão, comandado por Felipe Surian, tem como destaques o volante Leandro Salino, tricampeão grego pelo Olympiakos, o goleiro Glaysson, de 39 anos, e o atacante Ademilson, de 44 anos. Mascote: leão. Cores: vermelho e branco. Est;adio: Mário Helênio (15 mil).
  4. PATROCINENSE (65 anos), de Patrocínio, comandado por Wellington Fajardo, tem como destaques o lateral-direito Angelo, o beque Diego Borges e o volante Bruno Moreno. Mascote: águia. Cores: grená e branco. Estádio: Pedro Alves Nascimento (10 mil).
  5. TOMBENSE (105 anos), de Tombos, comandado por Ricardo Drubscky, tem como destaques o goleiro Felipe, revelado pelo Santos, o meia e lateral-esquerdo Juan, ex-Flamengo. Mascote: carcará. Cores: vermelho e branco. Estádio: Antônio Almeida (3 mil).
  6. VILLA NOVA (111 anos), de Nova Lima, pentacampeão mineiro (32, 33, 34, 35, 51), comandado por Fred Pacheco, tem como destaques o volante Roger Bernardo, o lateral-esquerdo Eron, ex-Mineiro, o atacante Elias, ex-Botafogo, o goleiro Georgemy, ex-Cruzeiro, o beque Arthur, do Cruzeiro, o volante Eurico, ex-Cruzeiro, e o meia Luiz Fernando, ex-Cruzeiro. Mascote: leão. Cores: vermelho e branco. Estádio: Castor Cifuentes (5 mil).
  7. BOA (72 anos), de Varginha, comandado por Tuca Guimarães, tem como destaques o goleiro Renan Rocha, ex-Paranaense, e o volante Edenilson, que volta ao Brasil após oito anos na Europa. Mascote: coruja. Cores: vermelho e verde. Estádio: Dilzon Melo (20 mil).
  8. URT (80 anos), de Patos de Minas, comandado por Sidney Moraes, tem como destaques o meia Cascata, o lateral-direito Alan Silva, ex-Democrata, e o beque Gladstone, ex-Cruzeiro. Mascote: pato. Cores: azul e branco. Estádio: Zama Maciel (5 mil).
  9. CALDENSE (94 anos), campeão mineiro de 2002, de Poços de Caldas, comandada por Ito Roque, tem como estaques o beque Robinho e o goleiro Omar. Mascote: periquito. Cores: verde branco. Estádio: Ronaldo Junqueira (8 mil).

E aí, atento leitor, qual deles vai se dar bem e surpreender no Mineiro?

Expectativas

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

SEU TIME vai te fazer sofrer, vai te dar alegrias ou não vai cheirar nem feder em 2019? Justifique sua resposta, por favor.

  • BOTAFOGO vai me fazer sofrer. Pode, como no ano passado, beliscar um Carioca. Nada mais. Brasileiro vai estar sempre na segunda página da tábua de classificação, flertando com a zona perigosa. Se vai cair ou não, não dá pra prever. Será coadjuvante na Copa do Brasil e na Sul-americana. (Leo Botafogo)
  • SANTA CRUZ está com o orçamento pra 2019 diz a diretoria. Vamos ver no que dá! (Joaquim Castro)
  • SOBRADINHO terá uma temporada curtíssima, sem protagonismo no Candangão, entrando de férias já em março. Faltam dinheiro e estrutura básica. (Anderson Olivieri)
  • FLAMENGO vai fazer o torcedor retomar a hashtag “segue o líder”… hahaha… Mas vai acabar dando em nada. (Rafael Bender)
  • CORINTHIANS terá um daqueles pouquíssimos anos sem títulos neste século. Este ano nem Carile resolve. (Marcos Gellis).
  • VALERIODOCE está endividado, com o clube social às moscas, sem apoio. Está mais é pra fechar definitivamente, resultado de um acúmulo de gestões desastrosas. Assim que acabou o  campeonato da terceira divisão, Roberto Gaúcho e Marcelo Ramos bateram em retirada, dando declarações reveladoras da dificuldade enfrentadas pelo time. Houve dificuldade com campo de treino, ônibus, bola etc. Apesar de tudo, o time fez ótima campanha e só não subiu porque perdeu o último jogo em casa (teoricamente em casa, já que, sem campo, mandou os jogos numa vizinha cidade). Foi a único derrota. (Marcos Mendonça)
  • VILLA NOVA, pelo planejamento noticiado, o Leão segue no caminho certo, voltando a buscar na suas base os jogadores pra montar o elenco que disputará o Mineiro. (Juscelino Honorato)
  • SÃO PAULO vai reformar o Morumbi. Tomara que desenterrem o sapo que o Tigre escondeu por lá em 2012. Aí, sim, voltarei a ser feliz no futebol. Estou cansada de me iludir, Quem cria  expectativa, se decepciona… Mas, bem, as escavações no gramado estão a todo vapor… Rsrsrs. (Taísa Dezan)
  • SÃO BENTO vai subir para a A do Brasileiro, pois fará temporada melhor que a do ano anterior, quando debutou na B. Em 2018, começoi bem, porém perdeu muitos jogadores no decorrer da temporada. O jogador se destaca e aparecem propostas melhores. (Celeste Campos)
  • CRUZEIRO, mantendo os principais jogadores, continua competitivo. Preocupa a idade avançada de boa parte do elenco. (Matheus Penido)
  • SANTOS vai jogar o suficiente pra se manter no meio da tabela. (Rômulo Pimentel)
  • VASCO, pelas primeiras contratações, promete sofrimento ao seu torcedor. (Edgard Mariano)
  • FLUMINENSE, para o bem ou para o mal, se encontra em condições de renovar o time, montar time novo. Daí entra a capacidade em fazê-lo. Seria possível ter time ajustado às pretensões, mas podem montar o time que for , se ficarem meses sem pagar, os atletas entregam o mínimo e tudo que você torceu no limite é jogado fora. (Victor Pimentel)
  • GRÊMIO está deixando a torcida em dúvida, pois até agora só há notícia de saída de jogadores, sem a chegada de outros pra reforçarem o elenco. (Leonel Knijnik)

Fiz esta pergunta no Facebook. Repito-a aqui pra saber o que pensam leitores e comentaristas do PHD.

Todos os campeões de 2018

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

CAMPEÕES ESTADUAIS (todas as divisões)

  • Acre: Rio Branco, Independência
  • Alagoas: Csa, Jacyobá
  • Amazonas: Manaus, Iranduba
  • Amapá: Ypiranga
  • Bahia: Bahia, Atlético Alagoinhas
  • Ceará: Ceará, Barbalha, Campo Grande
  • Brasília: Sobradinho, Capital
  • Espírito Santo: Serra, Rio Branco
  • Goiás: Goiás, Crac, Morrinhos
  • Maranhão: Moto Club, Pinheiro
  • Minas Gerais: Cruzeiro, Guarani, Coimbra
  • Mato Grosso: Cuiabá, Operário
  • Mato Grosso do Sul: Operário, Aquidauanense
  • Pará: Remo, Tapajós
  • Paraíba: Botafogo, Esporte Patos
  • Pernambuco: Náutico, Petrolina
  • Piauí: Altos
  • Paraná: Paranaense, Operário, Nacional
  • Rio de Janeiro: Botafogo, América, Nova Cidade, Mageense
  • Rio Grande do Norte: ABC, Palmeira
  • Rondônia: Real Ariquemes
  • Roraima: São Raimundo
  • Rio Grande do Sul: Grêmio, Pelotas, São Borja
  • São Paulo: Corinthians, Guarani, Atibaia, Primavera
  • Santa Catarina: Figueirense, Metropolitano, Próspera
  • Sergipe: Sergipe, Guarany
  • Tocantins: Palmas, Cerrado

CAMPEÕES DAS COPAS

  • Brasil: Cruzeiro
  • Nordeste: Sampaio Correia
  • Verde: Paysandu
  • Ceará: Ferroviário
  • Espirito Santo: Vitória
  • Maranhão: Maranhão
  • Mato Grosso: Mixto
  • Rio de Janeiro: Americano
  • Rio Grande do Sul: Avenida
  • Santa Catarina: Brusque
  • São Paulo: Votuporanguense
  • Taça Guanabara: Flamengo
  • Recopa Gaúcha: São José
  • Recorra do Ceará: Floresta
  • Recopa Sul-americana: Grêmio

CAMPEONATOS BRASILEIROS

  • A: Palmeiras
  • B: Fortaleza
  • C: Operário Paraná
  • D: Ferroviário do Ceará

Não gritaram: Inter, Chape, Paraná, Santos, Saumpaulo, Fluminense, Vasco, Mineiro, Vitória, Sport.

Torcedores do Cruzeiro, Paranaense, Grêmio, Ferroviário e Operário Paraná gritaram em dobro.

O Raja Day do River

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Na semifinal do Mundial de Clubes, Al Ain 2×2 River Plate. Nos pênaltis, Al Ain 5×4.

Árabes fizeram 1×0, tomaram a virada na etapa inicial, mas empataram com gol do brasileiro Caio., no começo da etapa final.

Perto do fim, Pity Martinez desperdiçou pênalti, chutano a bola no travessão.  Na prorrogação, nenhum gol. Nos pênaltis, a surpresa se consumou.

Troféu Galhofa

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

TROFÉU GUARÁ, promovido pela Itatiaia, e escolhido por representantes dos órgãos da mídia mineira escolheu os melhores de Minas em 2018.

  • Fábio (Cruzeiro); Emerson (Mineiro), Dedé (Cruzeiro), Leo (Cruzeiro), Egídio (Cruzeiro); Adilson (Mineiro), Henrique (Cruzeiro); Neves (Cruzeiro), Cazares (Mineiro), Arrascaeta (Cruzeiro); Ricardo (Mineiro). T: Mano Menezes. Revelação: Emerson.  Craque: Arrascaeta.

Adílson e Ricardo foram escolhidos e Robinho ficou de fora, porque os jornalistas mineiros são chegados a uma galhofa.

A melhor seleção da temporada

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Desconheço as seleções da temporada ou de cada torneio formadas pela Iespien, Ishportiv, Fóquish e Cbf. Certamente, são tendenciosas. 

A minha seleção de 2018, levando em consideração os torneios estaduais, brasileiros e sul-americanos é a melhor, a mais justa, a mais inteligente. Confiram:

  • Fábio — Fagner, Dedé, Leo, Lodi — Patrick, Henrique, Bruno Henrique, Paquetá — Pedro, Arrascaeta. 
  • Técnico: Lisca.
  • Craque: Bruno Henrique.
  • Revelação: Lodi.
  • Juiz: Ricardo Marques Ribeiro.
  • Time: Palmeiras.
  • Torcida: Fortaleza.
  • Jogo: Vasco 1×1 Botafogo, decisão do Carioca. 
  • Cartola: Rafael Tenório.
  • Comentarista: Henrique Fernandes.
  • Narrador: Milton Leite.
  • Repórter: Pedro Correia.
  • Cássio — Mayke, Messias, Thiago Heleno, Egídio — Cuéllar, Richardson — Dudu, Luan, Cebolinha — Gabigol. 

Não acredito que alguém tenha coragem de fazer reparos. Mas se tiver, que o faça, sem medo ser criticado. No máximo, vou deplorar a ignorância do desembasado palpiteiro. 

Copas em marcha

terça-feira, 1 de maio de 2018

Bola rolou, com elegância, na Champions. No Bernabéu, Madrid 2×2 Bayern. Espanhóis vão a Kiev disputar sua terceira final consecutiva.

Libertadores também botou a bola pra rolar. No Humaitá, com show do Cebolinha Everton, Grêmio 5×0 Cerro Porteño. No banco, Thonny Anderson Alisson, doados por Itair Machado ao clube gaúcho.

No Gran Parque Central, Nacional 1×0 Santos. Estádio abarrotado. Santos classificado, apesar da derrota, após o 0x0 entre Garcilaso e Estudiantes.

Celeuma besta

quinta-feira, 12 de abril de 2018

CELELUMA sem fim essa da decisão do Paulista. Palmeirenses não encaixaram bem a derrota. Mas o fato é que perderam em campo, com arbitragens corretas etal.

Ah, mas o diretor de arbitragem estava onde não devia na hora do pênalti marcado e desmarcado! Estava, mas ninguém o viu orientando o Juiz. E, ademais, juízes ouvem um monte durante a partida. Torcedores, jogadores bandeiras, auxiliares, a patroa e os amigos, pelo celular, no intervalo, e cousa e lousa. O ser humano é muito comunicativo, entenderam?

E toda essa chatice é alimentada justamente por mesarredondistas, que vivem pedindo árbitro de vídeo, ou seja, interferência externa. Melhor virar a página e discutir a bola que rolou numa decisão sensacional. É o que interessa.