Arquivo da Categoria ‘Brasileiro 2015’

Quem foi o melhor no Ludovico?

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Quem foi o melhor de GOIANIENSE 1×2 CRUZEIRO, neste 24set17dom16h, no Olímpico Pedro Ludovico, pela 25ª rodada do Brasileiro 2017?

NONOCA [[[1]]] Schrier

RAFINHA [[[1]]] Walterson, 

ARRASCAETA [[[1]]] Velame, 

Goianiense 1×2 Cruzeiro: Um tempo pra arrasar, outro de amargar

domingo, 24 de setembro de 2017

CRUZEIRO contra Atlético Goianiense, neste 124set17dom16h, no Olímpico Pedro Ludovico, pela 25ª rodada do Brasileiro 2017.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 6º, com 14.202 pontos; Goianiense, o 27º, com 5.443.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro iniciou a rodada em 6º lugar, com 37 pontos; Goianiense, em 20º, com 22.

ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes, Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes (SC).

CRUZEIRO: Rafael — Lennon, Arthur, Digão, Bryan — Nonoca, Romero — Rafinha, Arrascaeta, Marques — Sobis. T: Mano Menezes.

BANCO: França G, Ezequiel L, Murilo B, Barbosa L, Hudson V, Messidoro M, Eduardo M, Alex M, Raniel A.

AUSENTES: Leo, Lucas, Robinho, Neves (suspensos); Manoel, Dedé, Cabral (lesionados); Elber, Alisson, Judivan (preparação física); Fábio, Henrique (poupados).

PENDURADOS: Romero, Murilo, Raniel e Sassá.

GOIANIENSE: Marcos — Jonathan, Gilvan, Alves, Pacheco — Ronaldo, Igor, Paulinho — Andrigo, Luiz Fernando, Alison. T: João Paulo Sanches.

BANCO: Klever G, Bauermann B, Breno Lopes L, Silva V, Castro V, Everton Heleno V, Jorginho M, Diego Rosa M, Niltinho A.

AUSENTES: Walter (suspenso), Carvalho (lesionado).

PENDURADOS: Marcão Silva, Gilvan e Igor.

TRANSMISSÃO: Globo pra MG (com Rogério Correa, Bob Faria e Marcio Rezende Freitas) e Premiere (com Victor Roriz e Erlisvá Carlos).

GOIANIENSE 1×2 CRUZEIRO, 24set17dom16h. TEMPO limpo, temperatura 30º, vento 12 Km/h, umidade 23%. LOCAL: Olímpico Pedro Ludovico (13 mil), Goiânia. MOTIVO: 25ª BR 2017. TRANSMISSÃO: Globo Minas, Premiere. PÚBLICO: 5.237 pagantes, R$109.630, média R$21. ARBITRAGEM: Héber Roberto Lopes, Helton Nunes, Thiaggo Americano Labes (SC). AMARELOS: Jonathan, Pacheco, Gilvan, Luiz, Lennon, Nonoca. GOLS: Arrascaeta, 4, Sobis, 21, Luiz, 47. GOIANIENSE: Marcos; Jonathan (André, 87), Alves, Gilvan, Pacheco; Ronaldo, Paulinho, Igor (Jorginho, 39), Andrigo (Niltinho, 65), Luiz Fernando; Alison. T: João Paulo Sanches. CRUZEIRO: Rafael; Lennon (Ezequiel, 79), Digão, Arthur, Bryan; Nonoca, Romero (Hudson, 68), Arrascaeta, Marques (Raniel, 62), Rafinha; Sobis. T: Mano Menezes.

HISTÓRICO: 13 jogos. Cruzeiro venceu 10, perdeu 2, empatou 1, marcou 29 gols, sofreu 9. Os dois clubes jamais decidiram um torneio entre si.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 61 campeonatos, 1.370 jogos, 598 vitórias, 367 empates, 406 derrotas, 2.015 gols marcados, 1.556 sofridos. Aproveitamento de 53%.

25ª BR: Cruzeiro B contra time a caminho da B

sábado, 23 de setembro de 2017

FLAMENGO 1×1 AVAÍ, 23set19sab19h, 25ª BR 2017, Lusobrasileiro (20  mil), Rio

SANTOS 1×0 PARANAENSE, 23set19sab21h, 25ª BR 2017, Vila Belmiro (16  mil), Santos

SÃO PAULO  x CORINTHIANS, 24set17dom11h, 25ª BR 2017, Morumbi (63 mil), Sampa

GOIANIENSE x CRUZEIRO, 24set17dom16h, 25 BR 2017, Ludovico (13 mil), Goiânia

Jô é de outro jaez

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Jô nao é juiz de futebol. Nem mesarredondista. Tampouco apóstolo, procurador da Lavajato ou profeta da nova era.

Jô tem contrato com seu clube pra botar a bola na rede. Só isto. Boiolar o politicamente correto não está entre suas atribuições.

Jô só deveria confessar que meteu o braço na bola, se esta fosse a regra. Se todos os 22 jogadores tivessem obrigação semelhante.

Um autojuiz rodeado por 21 jogadores livres pra buscar a vitória a qualquer custo seria uma palhaçada.

Palhaçada digna de mesarredondistas do Ishportivi, da Iespien e de outras facções jornalísticas desse jaez.

Ernesto: “Juiz devia ter tomado cartão amarelo”

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

PITACOS acerca do CRUZEIRO 1-0 BAHIA, neste 17set17dom19h, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 24ª rodada do Brasileiro 2017:

MANO MENEZES: O jogo se desenhou difícil. Nosso início foi bom, mas não aproveitamos as oportunidades. Depois saímos um pouco, mas a bola não passou pelo meiocampo. A equipe do Bahia é boa, toca bem a bola e é veloz no contrataque, que ela teve quando começamos a errar. Foi disso que tratamos no intervalo. Voltamos mais organizados no segundo tempo, pressionamos mais alto e começamos a criar oportunidades. Mas hoje foi um daqueles dias difíceis, a gente tem que saber jogar assim, pra ganhar de um ou dois a zero. É assim que a equipe adquire maturidade.

ERNESTO ARAUJO: A nota cômica ficou por conta de Sua Senhoria. Raniel roubou a bola da defesa adversária e avançou em direção ao gol. Pressionado, fez um belo passe de calcanhar pra Sobis, que foi atropelado pelo apitador. E  assim se desfez um promissor ataque celeste. Como bem disseram na transmissão, o juiz deveria ter tomado cartão amarelo. Dele mesmo.

DOUGLAS VELLOSO: O Cruzeiro começou travado, sem inspiração, com pouca participação de Neves e Robinho. Concentração deve ter sido o objeto da c conversa de vestiário, pois voltou mais ligado na etapa final.  Arrascaeta entrou bem, Neves apareceu mais, o meio de campo tratou melhor a bola. O gol saiu quando o jogo já ia ficando mais pesado. Depois o time celeste ainda desperdiçou chances de matar a partida. Depois da expulsão de Lucas Silva, segurar o resultado foi a prioridade. Leo, Ezequiel e Raniel foram os destaques.

GLOBO ESPORTE: Leo deixou pra trás os beques Bruno Rodrigo e Darci Menezes, que também tinham 17 gols com a camisa do Cruzeiro. Agora, tenta alcançar Cris, que entre 1999 e 2004, fez 25 gols, em 260 jogos. Quem lidera o ranking de beque artilheiros do Cruzeiro é Geraldão, que marcou 30 gols em 170 jogos, em 80/81 e 84/87.

EDUARDO ARREGUY: O time parece estar travado, com a cabeça no jogo contra o Flamengo.

Leo decidiu o jogo

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

ATUAÇÕES dos protagonistas de CRUZEIRO 1-0 BAHIA, neste 17set17dom19h, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 24ª rodada do Brasileiro 2017.

TORCIDA CELESTE abandonou o Brasileiro faz tempo. Empolgação, só com a Copa do Brasil. Quem compareceu, apoiou o time. (Síndico)

FÁBIO ez o de semre: boas defesas. (Síndico)

EZEQUIEL nao empolgou, mas esteve seguro na defesa e tentou algumas subidas ao ataque. (Ernesto Araújo)

LEO esteve bem na saída de bola, nos botes e ainda fez gol e boas jogadas de ataque. (Gilberto Gil)

MURILO deu gosto ver suas antecipações e sua vontade de empurrar o time pro ataque quando tinha a bola nos pés. Cometeu alguns equívocos de posicionamento mas o futuro na Europa é certo. (Magno Antunes)

BARBOSA fez uma partida dentro do seu normal, com os devidos cuidados defensivos e buscando apoiar quando possível. Infelizmente, sem a presença do Alisson perdeu um parceiro para suas jogadas ofensivas e não conseguiu contribuir de forma mais relevante para o ataque. (Ernesto Araújo)

HENRIQUE comandou o meiocampo, com a classe de sempre. (Síndico)

HUDSON cumpriu bem seu oaoael e arcar e dar a saída de jogo. (Síndico)

LUCAS não pode ser condenado ela expulsão. Parce que aprendeu com algumas bobeiras que andou dando e não quis pagar pra ver no que ia dar a arrancada do jogador baiano. (Ernesto Araújo)

ROBINHO, discreto. Alguma transpiração, nenhum inspiração. (Ernesto Araújo)

NEVES jogou abaixo da crítica no 1º tempo. Tentou algumas jogadas, com resultados pífios. No pênalti, foi enrolado pela estratégia do goleiro Jean na hora da cobrança. Mas cobrou bem o corner que resultou no gol. (Ernesto Araújo)

RAFINHA fez partida tão insignificante, que nem dá nem pra comentar. (Magno Antunes) —– RAFINHA atuou dentro do seu normal: muita correria e disposição, mas pouco criativo time pouco produziu, sua vontade acabou não sendo aproveitada. (Ernesto Araújo)

RANIEL roubou algumas boas bolas da defesa baiana e não se mostrou fominha. Procurou sempre o drible, protegeu a bola e fez o passe ara quem estiver melhor colocado. Não teve chance de gol porque Neves e Robinho nada produziram (à exceção do ótimo escanteio cobrado pelo Neves que resultou no gol do Leo). (Ernesto Araújo) —– RANIEL correu errado e ficou nervoso no 1º tempo. No 2º, se preocupou mais em fazer a sua parte no ataque e não a de quem não conseguia jogar. Ainda é um lutador e não um goleador. O que já está de bom tamanho. (Magno Antunes)

ARRASCAETA conseguiu fazer o ataque do Cruzeiro jogar um pouco. Não fez nenhuma jogada excepcional, mas movimentou-se, driblou, arriscou passes importantes. (Ernesto Araújo)(Ernesto Araújo)

SOBIS parece finalmente ter perdido um pouco do “cartaz” com Mano. só entrou no final, não teve tempo pra mostrar muita coisa e ainda foi atrapalhado pelo árbitro ao receber um belo passe de calcanhar de Raniel. (Ernesto Araújo)

MANO escalou, corrigiu e substituiu bem. (Síndico)

CRUZEIRO fez um primeiro tempo chocho e um segundo vibrante até a expulsão de Lucas e de comprometimento com a causa, depois. Leo fez outra partida irrepreensível e Fabio somou defesas a seu vasto rol de milagres. (Síndico)

BAHIA foi um time arrumado, com um claro projeto de jogo, do qua o contra-ataque era o principal pilar. Mas tudo se perdeu pela má qualidade dos passes finais e dis arremates, sempre imprecisos. (Síndico)

ÁRBITROS complicaram. O Juiz deixou de marcar um pênalti a favor do Bahia. (Síndico)

LEO [[[33]]] Chiabi, Viana, Brasil, Magno, Reis, Wagner, Azevedo, Ernesto, Alex, Ccc, Gil, Arreguy, Olivieri, Walfrido, Velloso, Romarol, Marc, Venâncio, Penido, Valdir, Morato, Diogo, Klauss, Julim, Wallace, Rossi, França, Schrier, Walterson, Gonçalves, Gilberto, Patrícia, Dudu —– FÁBIO [[[6]]] Celeste, Bitencourt, Joao, Toledo, Dourado, Vanda —– LUCAS [[[1]]] Estevão —– BARBOSA [[[1]]] Rocha —– EZEQUIEL [[[1]]] Thiago —– ARRASCAETA [[[1]]] Marcoalex —–ROBINHO [[[1]]] Pedro.

Cruzeiro 1×0 Bahia: Agarrado no G6

domingo, 17 de setembro de 2017

CRUZEIRO contra Bahia, no Mineirão (62 mil), Belo Horizonte, neste 17set17dom19h, 24ª rodada, Brasileiro 2017.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 6º, com 14.202 pontos; Bahia, o 21º, com 6.698.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 6º colocado com 34 pontos e 49% de aproveitamento. Bahia, o 15º, com 27 pontos e 39% de aproveitamento.

ARBITRAGEM: Wagner Reway (Fifa, MT), Eduardo Gonçalves da Cruz (Cbf, MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (Cbf, MT).

CRUZEIRO: Fábio — Ezequiel, Leo, Murilo, Barbosa — Henrique, Hudson — Robinho, Neves, Rafinha, Raniel. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Rafael, Bryan, Lennon, Digão, Nonoca, Lucas, Messidoro, Alex, Arrascaeta, Careca.

AUSENTES: Manoel, Cabral, Alisson, Dedé, Elber, Romero e Sassá (lesionados); Judivan, Galhardo (educação física).

PENDURADOS: Leo, Romero, Murilo, Robinho, Sassá e Neves.

BAHIA: Jean — Eduardo, Tiago, Fonseca, Capixaba — Edson, Juninho — Vinícius, Zé Rafael, Mendoza — Rodrigão. T: Preto Casagrande.

BANCO: Anderson, Santos (G), Matheus Reis (L), Eder, Rodrigo Becão (B), Feijão (V), Matheus Sales, Régis (M), Hernane, Allione, Edigar Júnio (A).

AUSENTES: Renê Jr, Wellington Silva, Armero, Jackson (lesionados).

PENDURADOS: Anderson, Eduardo, Feijão, Jean e Tiago.

TRANSMISSÃO de Cruzeiro x Bahia, neste domingo, às 19h: SporTV, menos MG, e Premiere, com narração de Rogério Correa, comentários de Bob Faria e reportagens de Pedro Augusto Correia.

CRUZEIRO 1×0 BAHIA, 17set17dom19h. TEMPO: céu limpo, temperatura 19º, vento 10 Km/h, umidade 60%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 24ª rodada, Brasileiro 2017. TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere. PÚBLICO: 11.849 pagantes, 14.384 presentes, R$217.609, média R$18. ARBITRAGEM: Wagner Reway (MT), Eduardo Cruz (MS), Fábio Rubinho (MT). AMARELOS: Henrique, Raniel, Robinho, Neves, Vinícius. VERMELHO: Lucas, 80. Gol: Leo, 62. CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Leo, Murilo, Barbosa; Henrique, Hudson (Lucas); Robinho (Sobis), Neves, Rafinha (Arrascaeta); Raniel. T: Mano Menezes. BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago (Martins), Fonseca, Capixaba; Edson, Juninho; Zé Rafael, Vinícius (Edgar Júnio), Mendoza; Rodrigão (Hernane). T: Preto Casagrande.

HISTÓRICO: 60 jogos. Cruzeiro venceu 33, empatou 12, perdeu 15, marcou 96 gols e sofreu 54. Pelo Brasileiro, foram 44 jogos. Cruzeiro venceu 27, empatou 7, perdeu 10, marcou 78, sofreu 37.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Brasileiro: 57 participações em 61 campeonatos, 1.369 jogos, 597 vitórias, 367 empates, 406 derrotas, 2.013 gols marcados, 1.555 sofridos. Aproveitamento de 53%.

24ª BR: Cruzeiro, com força máxima

sábado, 16 de setembro de 2017

PONTE PRETA 1×3 GOIANIENSE, 16set17sab16h, 23ª BR 2017, Lucarelli (19 mil), Campinas

BOTAFOGO 2×0 SANTOS, 16set17sab19h, 23ª BR 2017, Engenhão (40 mil), Rio

AVAÍ 1×1 MINEIRO, 17set17sdom11h, 23ª BR 2017, Ressacada (17mil), Floripa

GRÊMIO 0x1 CHAPECOENSE, 17set17dom16h, 24ª BR 2017, Humaitá, Porto Alegre

FLAMENGO 2×0 SPORT, 17set17dom16h, 24ª BR 2017, Luso Brasileiro, Rio

CORINTHIANS 1×0 VASCO, 17set17dom16h, 24ª BR 2017, Itaquera, Sao Paulo

VITÓRIA 1×2 SÃO PAULO, 17set17dom16h, 24ª BR 2017, Barradas, Salvador

PARANAENSE 3×1 FLUMINENSE, 17set17dom16h, 24ª BR 2017, Baixada, Curitiba

CRUZEIRO 1×0 BAHIA, 17set17ssom19, 24ª BR 2017, Mineirão (62 mil), Belo Horizonte

PALMEIRAS  1×0 CORITIBA, 18set17seg20h, 24ª BR 2017, Allianz (43 mil), Sampa

Com 12 no treino, mas apenas 11 no jogo

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

MANO escalou seus times A e B, no treino desta sexta, assim:

  1. Fábio — Ezequiel, Leo, Murilo, Barbosa — Henrique, Hudson — Robinho, Neves, Rafinha — Arrascaeta, Raniel.
  2. Rafael — Lennon, Digão, Arthur, Bryan — Nonoca, Lucas — Alex, Messidoro, Marques — Sobis e Careca.

Pro jogo deste domingo, ele terá que sacar um, pois a Fifa ainda não permite time com 12 jogadores.

Eu escalaria o Time Nº 1, sem Arrascaeta. Que ficaria pra etapa final, no lugar de quem primeiro abrir o bico.

E vc, experimentado leitor, tentaria jogar com 12?

Alisson no estaleiro

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

ALISSON sofreu entorse que afetou ligamentos do joelho. Vai parar uma semana pra tratamento. Depois, sai o prognóstico.

Sem drama, por favor! Lesões acontecem no futebol. Não culpem o atleta, os médicos, o técnico, nem mesmo o adversário.

Apoiem o substituto e bola pra frente!