Arquivo da Categoria ‘Brasileirão’

Mano: “Tocar bola sem objetividade dá moral pro adversário”

terça-feira, 23 de agosto de 2016

MANO MENEZES, técnico do Cruzeiro: Vencemos num lugar onde os adversários não tinham vencido até então, isto qualifica a nossa vitória. Foi bom o desempenho da equipe, que só sofreu no final, quando parou de jogar um pouco. Isto não pode. Tocar a bola sem objetividade dá moral para o adversário, que reanima. Imagina se deixa escapar um resultado desses e termina em 2×2? Íamos ficar com aquela cara que não tem conserto. Os jogadores estão de parabéns, entenderam tudo o que precisávamos fazer, da maneira que tínhamos que ser mais simples aqui, hoje, e por isso construímos a vitória. Estamos muito contentes, e eu, principalmente.

LUCAS, lateral-direito do Cruzeiro: Estamos sem perder há quatro jogos. Encontramos um equilíbrio. Temos que continuar com os pés no chão, a situação ainda é difícil, e temos que crescer cada vez mais. Temos um jogo em casa, precisamos somar 3 pontos pra sair de vez dessa situação.

HENRIQUE, bolaste do Cruzeiro: O risco foi todo meu. Tive a culpa no gol, mas a equipe está de parabéns. A gente tem que corrigir isso pra não se assustar tanto, porque, com um homem a mais, o time tinha de cadenciar mais o jogo.

VELLOSO, no PHD: O Cruzeiro esteva mais equilibrado, saindo muito bem pro jogo até marcar o segundo gol. Depois, cozinhou o jogo, até tomar um gol no final. Tirando essa desatenção, o jogo foi bem inteligente e o Cruzeiro mereceu vencer. França e Robinho, muito bem, foram os destaques.

EDUARDO ARREGUY, no PHD: O Cruzeiro cansou. Parecia que o adversário é que estava com um a mais. Enfim, valeu a vitória pelo fator psicológico, o time vai se encorpando mentalmente.

FILIPE BRAGA, no PHD: Henrique falhou, mas nada que o tornasse o vilão do jogo ou coisa do gênero. Alguns torcedores têm uma lupa em cima de seus perseguidos enquanto fazem vista grossa pro outros atletas. Houve erro do Bruno Rodrigo ao tocar na fogueira (podia ter despachado no chutão) e quando recebeu o passe o volante já era acossado por ambos os lados.

WASHINGTON BUSH, no NYT: Luke France faltered once, thinking the ball was out, but she hit the crossbar and Brodrigo providentially appeared to correct the error. Luke will never be the most valuable player of a football game, but was steady yesterday. Man Well played well. Brodrigo also played well, despite mistakes when returning a ball to the goalkeeper, play that resulted in yellow card to Luke. Ed Sea played well, but need to improve their crosses. Henry could be the most valuable player of the match, but lost that dangerous ball in the end … Romero presented Brother Menezes, with excellent performance. Robin played well, but needs to cooperate more on defense. Arrascaeta need to finalize more. Abila is the guy objective that the team needed to solve matches. Sobis is playing very well, surprised me, he was the most valuable player of the match.

21ª BR: Cruzeiro cabuloso fora da zona

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

AMÉRICA 1×2 CHAPECOENSE, Independência, Beagá

BOTAFOGO 3×0 SPORT, Municipal, Juiz de Fora

FLAMENGO 2×1 GRÊMIO, Nacional, Brasilia

ATLÉTICO-MG 1×0 ATLÉTICO-PR, Independência, Beagá

PALMEIRAS 2×2 PONTE PRETA, Allianz, Sampa

INTERNACIONAL 1×1 SÃO PAULO, Beirarrio, PoA

SANTA CRUZ 0x1 FLUMINENSE, Arruda, Recife

CORITIBA 2×1 SANTOS, Couto, Curitiba

FIGUEIRENSE 1×2 CRUZEIRO, Scarpelli

CORINTHIANS 2×1 VITÓRIA, Itaquera, Sampa

Romero, o melhor; França, aprovado

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Quem foi o melhor de FIGUEIRENSE 1×2 CRUZEIRO, no Orlando Scarpelli, Florianópolis, neste 21ago16dom18h30, pela 21ª rodada do Brasileiro 2016.

TORCIDA CELESTE

FRANÇA

LUCAS

MANOEL

BRODRIGO

EDIMAR

ROMERO

HENRIQUE

ROBINHO

ARRASCAETA

RAFINHA

NARCOS VINÍCIUS

SOBIS

ÁBILA

WILLIAN

MANO

CRUZEIRO

FIGUEIRENSE

ÁRBITROS

MelhorDoJogo => ROMERO [[[16]]] Barros, Luizito, Barreto, Rossi, Diogo, Palmeira, Milani, Mano, Claudio, Carvalho, França, Beth, Celeste, Mariana, Patrícia, Síndico.  —– FRANÇA [[[10]]] GE, Nascimento, Vilela, Wagner, Jdias, Cabral, Olivieri, Frede, Soalheiro, Chaves —– ROBINHO [[[7]]] Seixas, Bastos, Anchieta I, Ccc, Cadu, Velloso, Dudu —– ÁBILA [[[4]]] GaleraGE, Renato, Morato, Clemenceau —– HENRIQUE [[[2]]] Othon, Rosan —– SOBIS [[[2]]] Ramos, Souza —– BRODRIGO [[[1]]] Blank —– MANO [[[1]]] Anchieta II

Figueirense 1×2 Cruzeiro: Quase fora da Z4

domingo, 21 de agosto de 2016

CRUZEIRO contra Figueirense, no Orlando Scarpelli, Florianopólis, neste domingo, 06ago15, às 18h20, pela 21ª rodada do Brasileiro 2016.

RANKING Nacional de Clubes: Cruzeiro é o 3º, com 14.064 pontos; Figueirense é o 16º, com 9.012.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 18º, com 20 pontos. Figueirense, o 17º, com 21 pontos.

CRUZEIRO: Lucas França — Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo, Edimar — Romero, Henrique — Robinho, Arrascaeta, Sobis — Ábila. T: Mano Menezes.

BANCO do Cruzeiro: Elisson, Viana, Fabruno, Leo, Ezequiel, Bryan, Bramires, Gino, Marciel, Marcos Vinícius, Rafinha, Willian.

AUSENTES no Cruzeiro: Fábio, Rafael, Dedé, Mayke, Cabral, Alex, Judivan, Alisson e Elber, lesionados.

PENDURADO no Cruzeiro: Henrique.

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Ayrton, Bruno Alves, Marquinhos, Pará; Ferrugem, Jackson Caucaia, Iago; Dodô, Carlos Alberto; Rafael Moura. T: Argel Fucks.:

BANCO do Figueirense: Fernández (G), Alisson (G), Werley (B), Guilherme Morassi (L), Elicarlos (V), Jefferson (V), Elvis (M), Ermel (A), Maurides (A), Lins (A).

AUSENTES no Figueirense: Rafael Silva, Leandro Silva, Dener e Gabriel Esteves, lesionados.

ARBITRAGEM: João Batista de Arruda, Michael Correia, João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ)

FIGUEIRENSE FC, Furacão ou Figueira, alvinegro fundado em 12jun21, é resultante da vontade dos amigos Albino Ramos, Balbino Felisbino da Silva, Domingos Joaquim Veloso e João Savas Siridakis, na Figueira, região central de Florianópolis. Só mais tarde o clube mudou-se para o Estreito, bairro da parte continental da cidade, onde construiu o Orlando Scarpelli pra 19 mil espectadores. O clube possui 16 títulos catarinenses, 2 copas SC, 1 Supercampeonato de SC e 1 Torneio Mercosul.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de André Lino e comentários de Paulinho Criciúma.

O JOGO

18h25 TIMES em campo, Cruzeiro com camisas e meias azuis e camisas brancas, Figueirense, todo de preto.

18h26 HINOS do Brasil e de Santa Catarina.

18h29 CAPITÃES: Henrique e Marquinhos.

18h30 PÚBLICO pequeno.

18h31 UM MINUTO de silêncio, pela memória de João Havelange.

18h33 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.

01 Arrasaeta e Edimar trocam passes na pontesquerda, defesa do Figueira cede lateral.

02 Bola esticada pela defesa do Figueira fica com Lucas França.

03 GOL. Robinho cobra falta na intermediária, Manoel raspa de cabeça, defesa do Figueira se enrola, Henrique dá um biquinho pra rede. CRUZEIRO 1×0.

04 Bola na área celeste, Marquinhos tenta uma bicicleta e acerta Bruno Rodrigo. Falta.

05 Jogo parado pra atendimento a Bruno Rodrigo.

06 Figueira avança pela direita, Manoel cede lateral.

07 Pará é parado com falta por Lucas. Bola jogada na área celeste, Romero corta.

08 MÁFIA AZUL presente no Orlando Scarpelli.

09 Edimar comete fata em Carlos Alberto, na meiuca.

10 Ferrugem cruza da direita, buscando Moura, bola sai do lado oposto.

11 Romero derruba Pará na pontesquerda.

12 BALIZA. Dodô cobra falta, Moura cabeceia, bola acerta o post direito, Carlos Alberto cabeceia, Bruno Rodrigo salva em cima da risca.

13 Mano Menezes pede cartão amarelo pra Yago e leva bronca do juiz.

14 Henrique é parado por Moura, com falta.

15 Arrascaeta lança Ábila, que cruza rasteiro da esquerda pra finalização de Sobis. Goleiro cata, sem dificuldade.

16 RAPADURA! Manoel dá um bico, em seu campo de defesa, bola som de vista.

17 DO MEIO DA RUA, Edimar chuta forte. Bola passa por cima do travessão.

18 Bruno Alves ganha dividida e aciona Pará, que cruza da esquerda. Manoel corta, de cabeça, na área celeste.

19 AMARELO. Edimar, por falta em Airton.

20 Dodô cobra falta na pontadestra, Henrique corta de cabeça, na área celeste.

21 Figueira se enrola na saída de bola pela direita, Cruzeiro fica com ela.

  1. Ábila cruza da esquerda, Henrique enche o pé, bola sai rente ao poste esquerdo.

23 Sobis atrapalha saída de bola do Figueira, Robinho aparece pra chutar e é derrubado. Falta frontal.

24 Arrascaeta cobra falta, bola fica na barreira.

25 AMARELO. Carlos Alberto, por entrada forte em Rafael Sobis.

26 Henrique é derrubado por Moura, que atrapalha ataque do Figueira.

27 AMARELO. Henrique, por puxar a camisa de Dodô, na meiuca.

28 PAULINHO CRICIÚMA, comentarista do SporTV: “Figueirense joga com Caucaia, Ferrugem e Yago de volantes e só Carlos Alberto na armação. Se ele for bem marcado, seu time fica sem armação”

29 AMARELO. YAGO, por falta em Henrique.

30 Henrique desarma Yago e lança Ábila, defesa figueirense intercepta a bola.

31 Airton passa a Ferrugem, que cercado por Edimar, deixa bola sair pela lateral.

32 Lucas cruza direita, Marquinhos corta de cabeça.

33 Lucas chuta forte, cruzado, goleiro solta, Ábila não alcança e a bola, defesa catarina se livra de tomar o segundo gol.

34 BRONCA. Cazalbé manda Ferrugem fica na volância e não atrapalhar na armação.

35 Sobis comete falta em Dodô, que avançava rumo à área celeste.

36 Dodô cobra falta, com muita curva, Henrique corta de cabeça, na área celeste.

37 BALIZA. Robinho cobra falta, Arrascaeta encontre goleiro, bola bate no travessão, Manoel pega o rebote e cabeceia, defesa catarina desvia pra corner.

38 Arrascaeta cobra escanteio na esquerda, Bruno Rodrigo sobre pra cabecear e comete falta no goleiro Tiago Rodrigues.

39 AMARELO. Marquinhos, por chutar Ábila por trás.

40 Romero dá uma canelada e a bola sai pela lateral.

41 Carlos Alberto tenta ataque frontal, mas é desarmado por Henrique.

42 Bruno Alves arremata forte da esquerda, Lucas França faz defesa complicada.

43 TROCA. Airton x Lins.

44 Yago será lateral direito, Lins vai bater de frente com Edimar. Argel quer outro amarelo pro lateral celeste.

45 Carlos Alberto passa por Edmar, mas é desarmado por Bruno Rodrigo.

46 AMARELO. Arrascaeta, por falta em Carlos Alberto.

47 Dodô cobra falta, jogando a bola na área celeste. Lucas corta.

48 FIM de 1º tempo. Torcida local vaia.

HENRIQUE: “O gol dá uma tranquilidade, mas não podemos nos acomodar. Temos que saber jogar, porque é difícil o tempo todo. Manter a toada, o ritmo, pra saímos com a vitória”.

INTERVALO

19h25 COMEÇA o 2º tempo. Figueirense dá a saída.

46 Cruzeiro no ataque, defesa catarina recupera a bola, Henrique comete falta no ataque parando a jogada.

47 Carlos Alberto chuta de fora da área, Lucas França dá rebote, Lucas fica coma bola.

48 GOL. Tremendo baterrebate na área catarina, Robinho arremata, Bruno Alves salva na risca, Robinho chuta, bola acerta o poste direito e bola nos pés de Ábila, que empurra a gorducha pra rede. CRUZEIRO 2×0.

49 Dodô cobra falta na pontesquerda, Lucas manda bola pra lateral.

50 Lins enfileira na área celeste até ser desarmado por Romero.

51 André Lino, narrador do SporTV: “Romero faz uma partida excelente, neutralizando Carlos Alberto e sem cometer faltas fortes”.

52 PERIGO. Lins faz boa jogada e rola pra Moura, que gira na meia-lua e chuta rasteiro. Lucas França espalma a bola por lado.

53 Ábila sofre falta de Bruno Alves e fica caído na meiuca.

54 Robinho chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão.

55 Figueira parte pra cima, Cruzeiro armado pra contratara.

56 Ábila enfia bola nas costas da defesa, Robinho não chega a tempo de finalizar.

57 ELVIS NÃO MORREU e vai entrar no Figueirense.

58 Bola alta na área do Figueira, Marquinhos falha, Manoel quase marca. Figueira sai no contrataque.

58 TROCA. Dodô x Elvis.

59 AMARELO. Lucas, por falta em Carlos Alberto, parando contrataque.

59 Moira cobra falta, bola passa por cima do travessão.

60 Ábila vai à linha de fundo e cruza rasteiro, Tiago Rodrigues defende, impedindo que a bola alcance Arrascaeta.

61 Manoel cede corner. Elvis cobra na esquerda, defesa celeste espana.

62 VERMELHO. Carlos Alberto, por falta em Sobis, parando contrataque. Segundo amarelo e vermelho.

63 Cruzeiro que se acautele, pois o Juiz vai compensar.

64 Torcida do Figueira tá cuspindo marimbondo.

65 Robinho dispara da mica até a meia-lua do Figueira, onde é desarmado.

66 Yago dispara pela direita, Edimar cede corner.

67 TROCA. Yago x Jefferson.

68 DEFESAÇA. Corner cobrado, Moura cabeceia, França espalma pra outro corner.

69 Pará cruza da esquerda, Lucas França desvia pra corner, com um tapa.

70 Cruzeiro troca passes na defesa.

71 Cruzeiro trabalha a bola sem pressa, mas Sobis erra passes estaria ataque promissor.

71 TROCA. Arrascaeta x Rafinha.

72 Encerrado em Curitiba. Coritiba 2×1 Santos, de virada. Ruim pro Cruzeiro, bom pra Franga.

74 Rafinha faz jogada individual ela direita, entra na área, mas se atrapalha e deixa Ábila, livre, sem receber o passe.

74 Frangael Moura chuta de dentro da área, Lucas França defende parcialmente, defesa celeste liga a área.

75 Edimar cruza da esquerda, Jefferson desvia pra lateral.

76 Sobis cobra falta, Manoel disputa pelo alto com Tiago Rodrigues, juiz marca falta de ataque.

77 Cruzeiro trabalha bola sem pressa. Chama o Figueira, que permanece na defesa.

78 TROCA. Robinho x Marcos Vinícius.

79 VAI CHUTAR BUNDA DE VACA, Marcos Vinícius! Esse de Ábila na medida e o meia manda bola na arquibancada.

80 Romero corta de cabeça, bola de corner na direita.

81 MURMÚRIO é tudo o que a torcida do Figueira produz.

82 Lucas varre a área celeste, com um bico.

83 TROCA. Ávila x Willian.

84 Lins, cercado por três cruzeirenses, consegue uma jogada na pontesquerda, mas a defesa celeste dá a última palavra e fica coma bola.

85 Boa trana do ataque celeste, com bola de pé em pé até cruzamento de Lucas, na direita. Marquinhos corta, de cabeça.

86 Rafinha recebe passe de Lucas, mas está impedido.

87 MANO MENEZES passou o jogo inteiro atormentado.

88 GOL. Moura desarma Henrique, com falta, bola fica com Ferrugem, que fuzila na saída de Lucas França. FIGUEIRENSE 1×2.

89 Lucas França recebe atendimento no gramado.

90 CINCO MINUTOS de acréscimo. Lá vem tormento!

91 Moura chuta de fora da área, Lucas França encaixa.

92 Marquinhos, beque de 1,94 virou atacante.

93 Rafinha corre atrás de ferrugem e o desarma dentro da área celeste.

94 TENSÃO nos dois bancos. Todo mundo em pé e berrando.

94 Jefferson dá um bico, bola fica com Lucas França.

95 FIM de jogo. Jogadores celestes comemoram efusivamente.

LUCAS: “Estamos sem perder há quatro jogos. Encontramos um equilíbrio. Temos que continuar com os pés no chão, a situação ainda é difícil, e temos que crescer cada vez mais. Temos um jogo em casa, precisamos somar 3 pontos pra sair de vez dessa situação”.

THIAGO RODRIGUES: “Não tem muito o que falar, é inexplicável. Não era um jogo de 6 pontos, mas de 1.000 pontos. Temos um time de guerreiros, vamos lutar até o final. Temos que produzir mais. Vamos trabalhar agora”.

HENRIQUE: “O risco foi todo meu. Tive a culpa no gol, mas a equipe está de parabéns. A gente tem que corrigir isso pra não se assustar tanto, porque, com um homem a mais, o time tinha de cadenciar mais o jogo”.

FIGUEIRENSE 1×2 CRUZEIRO, 21ago16dom18h30. TEMPO nublado, temperatura 14º, vento 12 Km/h, umidade 85%. LOCAL: Orlando Scarpelli (19 mil), Florianópolis. MOTIVO: 21ª rodada do Brasileiro 2016. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 2.578 pag, 2.900 presentes, R$29.655, média R$8. GOLS: Henrique, 3, Ábila, 48, Ferrugem, 88. ARBITRAGEM: João Batista Arruda, Michael Correia, João Luiz Albuquerque (RJ). AMARELOS: Edimar, Henrique, Arrascaeta, Lucas, Carlos Alberto (2), Ferrugem, Marquinhos. VERMELHO: Carlos Alberto. FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Ayrton (Lins), Bruno Alves, Marquinhos, Pará; Jackson Caucaia, Yago (Jefferson), Ferrugem; Carlos Alberto, Dodô (Elvis); Rafael Moura. T: Argel Fucks. CRUZEIRO: França; Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo, Edimar; Henrique, Romero; Robinho (Marcos Vinícius), Arrascaeta (Rafinha), Sobis; Ábila (Willian). T: Mano Menezes. HISTÓRICO: Foi o 28º Cruzeiro x Figueirense. O Cruzeiro venceu 14 empatou 6, perdeu 8, marcou 49 gols, sofreu 31. Os dois clubes nunca decidiram um torneio entre si. DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Campeonato Brasileiro: 56 participações em 60 campeonatos, 1.331 jogos, 580 vitórias, 357 empates, 395 derrotas, 1.970 gols marcados, 1.527 sofridos.

Que situação!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Condensado de matéria do Globo Esporte, deste 19ago16:

  •   PRA SAIR DA ZONA. Cruzeiro passou 12 das 20 rodadas do Brasileiro na Z4. É o pior momento da história do clube na era dos pontos corridos. O time está em 18º lugar, com 20 pontos. Neste domingo, enfrenta o Figueirense, no Scarpelli, em Floripa, e tem a chance de deixar a incômoda posição. Pra isso, tem que vencer e chegar a 23 pontos. Depois, precisa torcer pra que, pelo menos um dos quatro resultados abaixo, aconteça.
  • BOTAFOGO x SPORT, sábado, 21h, em Juiz de Fora. O time pernambucano precisa vencer por 2 gols de diferença, pelo menos. Neste caso, o Cruzeiro, com uma vitória simples, teria mais saldo que o Botafogo. Se a derrota botafoguense for por apenas 1 gol de diferença, o Cruzeiro é quem tem que fazer 2 ou mais no Figueira.
  • CORITIBA x SANTOS, domingo, 18h, no Couto Pereira. Em caso de empate, Coxa e Cruzeiro empatariam em número de pontos, mas time mineiro ficaria com uma vitória a mais (6 a 5).
  • INTER x SÃO PAULO, domingo, 16h, Beira-Rio. O cruzeirense deve torcer por vitória do São Paulo, o que faria com que o Inter permanecesse com 22 pontos. Em caso de empate, o Cruzeiro teria que vencer o Figueira por 5 gols de diferença pra passar os gaúchos.
  • CORINTHIANS x VITÓRIA, segunda, 20h, Itaquera. A torcida é por vitória do Corinthians. Neste caso, o Cruzeiro ficaria empatada com o Vitória em pontos, mas superaria os baianos no número de triunfos (6 a 5).

Pergunto aos videntes e visionários leitores: O que vai acontecer?

20ª BR: Cruzeiro patina, Sep volta a liderar

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

SPORT 1×0 FLAMENGO, 13ago16sab16h, 20ª BR 16, Pernambuco (44 mil), S. Lourenço da Mata, 25.019 pag, R$802.750, gol Edmilson, 23. Árbitros: Rodolpho Toski, Ivan Bohn, Luciano Roggenbaum (PR). Amarelos: Rodney, Alves, Guerrero, Éverton, Arão. SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves, Rodney Wallace; Paulo Roberto, Rithely, Everton Felipe (Apodi), Diego Souza (Edmílson), Gabriel Xavier (Rodrigo Mancha); Rogério. T: Oswaldo Oliveira. FLA: Muralha; Pará, Réver, Vaz, Chiquinho (Adryan); Márcio Araújo (Alan Patrick), Arão, Mancuello, Everton; Cirino (Damião), Guerrero. T: Zé Ricardo.

PONTE PRETA 2×0 FIGUEIRENSE, 13ago16sab18h30, 20ª BR 16, Lucarelli (19 mil), Campinas, 3.753 pag, R$54.010, go\Wendel, 5, Roger, 82. Árbitros: Eduardo Valadão, Adailton Menezes, Edson Sousa (GO). PONTE: Aranha; Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Giolli, Reinaldo; João Vitor, Wendel, Maycon; Clayson, Potter, Roger. T: Eduardo Baptista. FIGUEIRA: Thiago Rodrigues; Jefferson, Bruno Alves, Marquinhos, Pedroso; Elicarlos, Jackson Caucaia (Ferrugem), Dodô, Carlos Alberto; Rafael Silva, Maurides. T: Argel Fucks.

GRÊMIO 3×0 CORINTHIANS, 14ago16dom11h, 20ª BR 16, Humaitá (60 mil), PoA, 50.184 pag, R$2.378.193, gols Pedro Rocha, 17, Everton, 48, Bolaños, 61. Árbitros: Braulio Machado, Carlos Berkenbrock, Alex Santos (SC). Amarelos: Bolaños, Edilson, Jailson, Rodriguinho. GRÊMIO: Grohe; Edílson, Geromel, Wallace Reis, Marcelo Oliveira; Maicon (Ramiro), Jaílson, Negueba (Pedro Rocha), Douglas. Everton (Guilherme); Bolaños. T: Roger Machado. SCCP: Cássio; Fagner, Yago, Balbucean, Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Marlone), Marquinhos Gabriel (Guilherme); Romero, André (Lucca). T: Cristóvão Borges.

FLUMINENSE 1×0 AMÉRICA-MG, 14ago16dom11h, 20ª BR 16, Kleber Andrade (21 mil), Cariacica, 6.775 pag, R$353.520, gol Dourado, 46. Árbitros: Diego Almeida Real, Jose Eduardo Calza, Alexandre Kleiniche (RS). Amarelos: Wellington Silva, Marcos Jr, Cícero, João Ricardo, Sueliton, Juninho, Barcelos, Jonas. FLUMINENSE: Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Renato Chaves, William Matheus; Douglas, Cícero, Scarpa (Danilinho); Wellington , Marcos Jr (Marquinho), Henrique Dourado (Samuel). T: Levir Culpi. AMÉRICA-MG: João Ricardo; Jonas, Sueliton, Alison, Danilo Barcelos; Juninho, Claudinei (Danilo Dias), Pablo, Matheusinho (Sávio); Osman, Michael (Diego Lopes). T: Enderson Moreira.

CRUZEIRO 2×2 CORITIBA, 14ago16dom16h, 16ª BR 16, Independência (23 mil), Beagá, 13.814 pag, R$290.830, gols Rafinha, 2, Kazim, 19, Juan, 27 (f), Ábila, 49. Árbitros: Jailson Freitas, Alessandro Matos, Elicarlos Oliveira (BA). Amarelos: Robinho, Ezequiel, Amaral, Claro, Edinho, Parede. CRUZEIRO: Fábio (França, 34), Ezequiel, Manoel, Brodrigo, Edimar; Henrique, Robinho; Rafinha (Marcos Vinícius, 75), Arrascaeta (Willian, 68), Sobis; Ábila. T: Mano Menezes. CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Bareiro, Juninho; Edinho, Amaral; Juan, Raphael Veiga (Fábio Braga, 91); Kazim (Vinícius, 20), Berola (Guilherme Parede, 57). T: Carpegiani.

SANTOS 3×0 ATLÉTICO-MG, 14ago16dom16h, 20ª BR 16, Belmiro (16 mil), Santos, 10.250 pag, R$410.170, gols Gustavo Henrique, 12, Ricardo Oliveira, 68 e 95. Árbitros: Rodrigo Correa (RJ), Luis Cláudio Regazone (RJ), Flávio Souza (SP). Amarelos: Ferraz, Luiz, Yuri, Gustavo, Victor, Fábio, Carioca, Fred. SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique, Caju; Renato (David Braz), Leo Cittadini (Rafael Longuini), Jean Mota (Yuri), Vitor Bueno; Copete, Ricardo Oliveira. T: Dorival Jr. CAM: Victor; Carlos César, Erazo, Leonardo Silva, Fábio Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Maicosuel (Carlos); Robinho (Clayton), Lucas Pratto, Fred (Otero). T: Marcelo Oliveira.

VITÓRIA 2×2 SANTA CRUZ, 14ago16dom16h, 20ª BR 16, Barradas (35 mil), Salvador, 6.797 pag, R$91.803, gols Diego Renan, 5, Tiago Costa, 36, Willian Farias, 47, Pisano, 82. Árbitros: Emerson Ferreira, Luiz Antonio Barbosa, Marconi Vieira (MG). Amarelos: Danny, Peres, Kieza. VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus (José Welison), Ramon, Kanu, Diego Renan; Willian Farias, Cárdenas, Flávio (Marcelo); Vander (Dagoberto), Marinho, Kieza. T: Vagner Mancini. SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Leo Moura, Luan Peres, Danny Morais, Tiago Costa; Uillian Correia, Derley (Danilo Pires), João Paulo (Wallyson); Arthur (Pisano), Keno, Grafite. T: Doriva.

SÃO PAULO 0x1 BOTAFOGO, 14ago16dom16h15, 20ª BR 16, Morumbi (63 mil), Sampa, 14.399 pag, R$366.713, gol Sassá, 93. Árbitros: Caio Max Vieira, Flavio G. Barroca, Vinicius Lima (RN). Amarelos: Mendes, Cueva, Bruno Silva. SPFC: Denis; Buffarini, Maicon, Lyanco, Mena (Carlinhos); Schmidt; Kelvin, Thiago Mendes, Hudson (Luiz Araújo), Cueva; Kelvin (Pedro), Chavez. T: André Jardine. BOTA: Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Santos, Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva (Pimpão), Lindoso , Camilo; Neilton (Fernandes), Canales (Sassá). T: Jair Ventura.

ATLÉTICO-PR 0x1 PALMEIRAS, 14ago16dom18h30, 20ª BR 16, Baixada (42 mil), Curitiba, 23.911 pag, R$866.100, gol Vistor Hugo, 43. Árbitros: Jean Pierre Lima, Leilson Peng, Mauricio Penna (RS). Amarelos: Otávio, Leo, Hernani, Cleiton, Erik, Santos. CAP: Santos; Leo (Rosseto), Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Hernani, Luciano Cabral (André Lima), Lucas Fernandes; Yago (Marcos Guilherme), Walter. T: Paulo Autuori. PALMEIRAS: Jailson; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo, Egídio; Thiago Santos, Tchê Tchê, Moisés; Roger Guedes (Cleiton Xavier), Dudu (Rafael Marques), Erik (Fabrício). T: Cuca.

CHAPECOENSE 1×0 INTERNACIONAL, 15ago16seg20h, 20( BR 16, Condá (22 mil), Chapecó, 11.360 pag, R$269.605, gol Martinuccio, 91. Árbitros: João Arruda, Michael Correia, João Albuquerque (RJ) . Amarelos: Gil, Vitinho, Bob. CHAPE: Danilo; Gimenez, Thiego, Filipe Machado, Dener; Josimar, Gil, Cleber Santana, Thiaguinho (Martinuccio), Hyoran (Bruno Rangel); Kempes. T: Caio Junior. INTER: Lomba; Eduardo, Paulão, Ernando, Artur; Fernando Bob, Fabinho, Seijas (Alex), Sasha, Valdívia (Ferrareis); Vitinho (Ariel). T: Celso Roth.

LUGARES: 345.000. PAGANTES: 166.262. MÉDIA: 16.626. OCUPAÇÃO: 48%.

Chaves: “Põe o empate na conta do Mano”

terça-feira, 16 de agosto de 2016

PITACOS de blogueiros e protagonistas cerca do CRUZEIRO 2×2 CORITIBA, no Independência, Belo Horizonte, neste 16ago16dom16h, pela 20ª rodada do Brasileiro 2016.

MANO MENEZES, técnico do Cruzeiro: O time começou bem, fez um gol cedo, mas não encaixou bem pra neutralizar o volume de jogo que o Coritiba passou a ter pelo lado direito da nossa defesa, esquerdo do ataque deles. Ficamos distantes, Rafinha muito aberto pela direita, e o time ficou com pouca armação. O adversário se aproveitou, teve a felicidade de fazer dois gols de bola parada, porque não chegava com frequência criando. Mas é gol, a gente faz e sofre gols de bola parada. No intervalo, fiz correções. Perdemos o Fábio, foi a primeira alteração. Era mais necessário, então, mexer no posicionamento. Trouxemos o Rafinha pra dentro do campo, empurramos o Ezequiel mais pra frente. Empurramos o adversário, criamos, marcamos cedo o gol de empate e criamos chances suficientes pra virar o jogo. Quantos chutes a gol o Coritiba deu? O time não esteve  vulnerável. Se tivessem tido um volume de jogo e chegado muito pelo centro, criado um número grande de chances, se podia dizer que ficamos vulneráveis, mas não foi o que aconteceu. O adversário jogou com bola longa o tempo inteiro. Quando demos algum espaço, foi porque tinha que arriscar pra virar o jogo. Não tem sentido terminar um jogo em casa com 2×2 sem arriscar. E quando se arrisca, às vezes, se dá espaço. No 2º tempo, o Lucas França fez uma defesa numa cobrança de falta, uma ou outra em bolas lançadas na área. Foi o que o Coritiba conseguiu criar.

WILLIAN, atacante do Cruzeiro: A gente sabe que era um confronto direto. Se a gente conseguisse a vitória, a gente passava eles e saía da zona. Tomamos a virada com duas bolas paradas. Conseguimos empatar, tivemos chances de virar. Agora é ajustar os detalhes, mais uma semana pra gente se preparar e ir em busca da vitória contra o Figueirense.

MATEUS CHAVES, no PHD: Põe esse empate na conta do Mano. Armou um time desequilibrado no meio-campo e só não foi mais castigado porque o ataque do Coxa é muito ruim. Vacilou demais em não ter escalado o Romero.

FÁBIO VELAME, no PHD: Sem Arrascaeta, o time perdeu muita  qualidade. Houve excesso de lançamentos longos, com desperdício de posse de bola.

MARCO SOALHEIRO, no Facebook: Henrique teve de se desdobrar sozinho muitas vezes no esquema ultra ofensivo e nada equilibrado montado por Mano Menezes para este jogo.

Ávila e Manoel, os destaques do empate no Horto

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 2×2 CORITIBA, no Independência, Belo Horizonte, neste 16ago16dom16h, pela 20ª rodada do Brasileiro 2016.

TORCIDA CELESTE não lotou o estádio, como era de se esperar, acusou o golpe da virada alviverde, e só voltou a fazer a diferença nos 15 minuos finais. As organizadas cumpriram seu papel o tempo todo, sem esmorecimentos. (Síndico)

FÁBIO não teve culpa nos gols. Machucou-se logo aos 9 minutos, tentou seguir, mas teve de sair aos 34 pra só voltar na próxima temporada. (Síndico)

FRANÇA não teve grande trabalho, pois quando entrou no jogo o adversário estava mais interessado em se defender do que atacar. Nãs poucas vezes em que foi testado, comportou-se bem. (Síndico)

EZEQUIEL atacou sem inibição, apesar do desentrosamento, e nao comprometeu na defesa. Mostrou mais tecnica e mais tranquilidade do que Lucas nos últimos tempos.
 (Matheus Penido)

MANOEL defendeu e atacou com força, sem medir esorços. (Síndico)

BRODRIGO foi correto nas intervenções defensivas mas se viu obrigado a fazer a falta que originou o segundo gol do Coxa, o que desabona um pouco sua atuação.
 (Matheus Chaves)

EDIMAR atacou muito mas sem qualidade. Abusou dos cruzamentos sem força ou sem direção (Matheus Penido)

HENRIQUE é o termômetro do time. Pensa o jogo, cadencia os lances e dá equilíbrio ao Cruzeiro. Chamou a responsabilidade para si e fez o que foi possível. (Globo Esporte)

ROBINHO não contribuiu tanto na marcaçao nem chegou com qualidade à frente. Atuaçao opaca. (Matheus Penido) —– Muita mobilidade e pouca criatividade. Errou muitos passes e usou pouco seu talento pra definir individualmente com dribles ou assistências. (Raher)

RAFINHA marcou um gol e foi o meia que mais ajudou na marca;cão. (Síndico)

ARRASCAETA correu e lutou enquanto teve condições físicas. Fez excelente jogada no primeiro gol, marcado por Rafinha. (Globo Esporte) —– Excelente criador de jogadas, finaliza com pouca força pra um profissional. Petelequeiro de marca maior.
 (Matheus Penido)

ÁBILA errou várias tentativas de dominar a bola, algo normal pra um jogador quase sempre acionado com bolas longas. Mas graças ao seu oportunismo e presença de área salvou o time da derrota e ainda teria virado o jogo não fosse o goleiro do Coxa. (Matheus Penido) —– Fez mais um gol com a camisa celeste. Além disso, muita luta e disposição. Para o argentino não tem bola perdida. (Globo Esporte) —– Um dos poucos que steveu concentrado no jogo o tempo todo.
 (Eduardo Arreguy)

MARCOS VINÍCIUS entrou disposto a aumentar o poder de armação e de finalização do time celeste, mas em sua melhor oportunidade, não conseguiu dominar uma bola, de frente pro arco. Em cima da hora, o que foi o pior… (Síndico)

SOBIS foi bem no ataque, mas contribuiu pouco na marcação, o que fez o time perder o controle da meiuca na etapa inicial. (Síndico)

WILLIAN entrou com a missão de alternar com Sobis as tramas pra alimentar o centroavante cruzeirense. Quase deu certo no final do jogo, quando o goleiro do Coxa fez grande defesa em finalização de Ábila. É um reserva de luxo.
 (Matheus Chaves)

MANO escalou o time num 4-2-3-1, manjado na Toca desde 2013. Mas seu time, ao contrário do time do Pacote, só teve um marcador sério, Henrique. Os meias ajudaram pouco o meio-campo. Com com mais gente na meiuca e dois marcadores implacáveis na volância, o Coxa segurou o jogo e podia até ter levado os três pontos, não fosse o oportunismo de Ábila. (Síndico)

CRUZEIRO teve dificuldade na etapa inicial, ao perder o controle do meiocampo. Na etapa final, pressionou bastante, mas criou poucas oprotunidades. (Síndico)

CORITIBA foi pragmático, sempre zeloso com os bons resultados, não colocando a vitória, nem o empate parciais em risco. Juan, além da espetacular cobrança de falta, tomou bolas e criou jogadas. Wilson salvou um gol de Ábila, que daria a vitória ao Cruzeiro. E, o melhor, ninguém entregou o time. (Síndico)

ÁRBITROS não cheiraram, nem federam, o que é bom. 
 (Síndico)

MelhorDoJogo => ÁBILA [[[12]]] GaleraGe, GE, Ramos, Wagner, Nascimento, Bruno, Vilela, Naldo, Souza, Rosan,  Anchieta I, Dudu —– MANOEL [[[10]]] Bitencourt, Mano, Brasil, Reis, Grissi, Venâncio, Rossi, Ernesto, Chaves, França —– HENRIQUE [[[4]]] Soalheiro, Barreto, Penido, Patrícia —– ARRASCAETA [[[3]]] Ccc, Walterson, Velame —– FÁBIO [[[1]]] Síndico —– FRANÇA [[[1]]] Olivieri —– RAFINHA [[[1]]] Ismail —– MANO [[[1]]] Muzzi.

Fábio só volta em 2017

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

FÁBIO rompeu ligamentos do joelho e só voltará a jogar em 2017. Desejo a ele uma boa recuperação e que, na volta ao futebol, encontre um clube com menos torcedores escrotos do que o Cruzeiro.

Cruzeiro 2×2 Coritiba: Não saiu do lugar

domingo, 14 de agosto de 2016

CRUZEIRO contra Coritiba, no Independência, Belo Horizonte, neste 14ago16dom16h, 20ª rodada do Brasileiro.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 3º, com 14.064 pontos, Coritiba, o 14º, com 10.686.

CRUZEIRO: Fábio — Ezequiel, Manoel, Bruno Rodrigo, Edimar – Robinho, Henrique — Rafinha, Arrascaeta, Sobis – Ábila, T: Mano Menezes.

BANCO do Cruzeiro: Lucas França (G), Elisson (G), Bruno Viana (B), Leo (B), Bryan (L), Bruno Ramires (V), Marciel (V), Gino (V),  Marcos Vinícius (M), Romero (V), Willian (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Cabral, Rafael, Dedé, Alisson, Elber, Judivan, lesionados. Mayke, Denílson, na preparação física, Lucas, suspenso.

PNDURADOS no Cruzeiro: Henrique.

CORITIBA: Wilson — Dodô, Luccas Claro, Nery Bareiro — Juninho, Edinho, Amaral, Juan, Raphael Veiga — Kazim, Berola. T: Carpeggiani.

BANCO do Coritiba: Martins (G), Geovane (B), César Benítez (L), Fábio Braga (V), Thiago Lopes (V), Bernardo (M), Iago (A), Guilherme Parede (A), Vinícius (A).

AUSENTES no Coritiba: Alan Santos, Carlinhos, César González, Emerson Conceição, Walisson Maia, Ruy, lesionados, João Paulo, Kleber, suspensos.

TRANSMISSÃO: Premiere, Premiere HD, SporTV 13 e PFCI, com narração de Victor Roriz e comentários de Henrique Fernandes.

O JOGO

15h55 TIMES em campo, com uniformes tradicionais.

15h56 HINO Nacional.

15h58 MANO MENEZES, técnico do Cruzeiro: “Fizemos grande parte do 2º tempo contra o Corinthians, com Rafinha e Robinho. Dá uma saída de bola mais qualificada. O Coritiba tem por característica jogar com meias mais abertos, podemos ter um segundo homem que saia mais e ajude na criação das jogadas”

16h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines de imprensa, dá a saída.

01 Manoel lança Arrascaeta na direita, uruguaio ajeita de cabeça pra Ábila, defesa do Coxa corta.

01 Ábila é lançado por Arrascaeta, domina, gira e chuta forte. Bola sobe muito. Bandeira marca impedimento do Wanchope.

02 GOL. Sobis passa a Arrascaeta na esquerda. Uruguaio dribla o marcador e cruza fechado da linha de fundo. Rafinha, aparece atrás da zaga e cabeceia pra rede. CRUZEIRO 1×0.

03 Raphael Veiga é dominado pela defesa celeste e fica sem a bola.

04 Ábila recebe livre no ataque, mas está impedido.

05 Raphael Veiga cruza, Manoel corta de cabeça.

06 ORGANIZADAS: Rapozama, Geral Celeste, Máfia Azul, Nação Azul de Varginha, FanatiCruz, Jovem, China Azul.

07 Dodô cruza rasteiro, da direita, bequera celeste cede corner.

08 Corner cobrado, Kazim e Fábio se chocam, goleiro leva a pior, cai e recebe atendimento médico.

09 Mano Menezes aproveita paralisação do jogo pra conversar com Sobis e Ábila.

09 Fábio sente dors no joelho direito. Goleiro reserve, Lucas França, está no aquecimento.

10 Ligação direta da defesa celeste, Bruno Rodrigo protege saída da bola pela linha de fundo.

11 Robinho encontra Sobis na área. Atacante cruza, Bareiro corta, Henrique pega o rebote e chuta de fora da área. Pra fora.

12 TORCIDA CELESTE apoia seu time cantando alto.

13 Wilson rebate bola atrasada, Bruno Rodrigo fica com a bola no campo celeste.

14 Cruzeiro troca passes no meio, Edinho derruba Arrascaeta. Cobrança rápida, defesa do Coxa recupera a bola.

15 Nery Bareiro lança Dodô no ataque do Coritiba, mas lateral não domína bola, que fica com a defesa celeste.

16 Ábila recebe passe na área, Nery Bareiro impede o arremate do argentino.

17 Arrascaeta e Rafinha tabelam na direita, Juan desfaz a jogada e arma contrataque.

18 Berola dribla Henrique e é derrubado. Falta pra Juan cobrar.

19 GOL. Raphael Veiga cobra escanteio, Amaral desvia, bola sobra pra Kazim, que acerta um voleiro. Bola desvia na zaga celeste, deixa Fábio sem ação e vai pra rede. CORITIBA 1×1.

20 Kazim se contunde no lance do gol.

21 TROCA Kazim x Vinicius

22 Sobis lança Arrascaeta, que cruza da esquerda. Wilson defende.

23 Ábila é lançado, fica cara a cara com Wilson, mas está impedido.

24 Sobis passa a Edimar, que cruza forte buscando Robinho, que cabeceia pra fora.

25 Edimar passa a Sobis, que tenta devolver a bola, mas é impedido pela defesa do Coxa.

26 Berola dribla Henrique e é derrubado por Bruno Rodrigo. Falta frontal. Barreira na linha da grande área.

27 GOL. Juan bate falta com perfeição, no ângulo superior esquerdo, sem chance de defesa pra Fábio. CORITIBA 2×1.

29 AMARELO. Amaral, por falta em Sobis.

29 Bruno Rodrigo cabeceia na área do Coritiba, bola passa por cima do travessão.

30 Arrascaeta e Edimar tentam uma tabela pela esquerda, mas zaga do Coritiba dobra a marcação e consegue o corte.

30 AMARELO. Robinho, por falta em Edinho.

31 Berola tenta jogada individual na esquerda, defesa celeste corta pra lateral.

32 Vinícius chuta da entrada da área, bola passa por cima do travessão.

33 Manoel disputa com Berola pelo alto, na meiuca, e sofre a falta. Cobrança rápida, jogada dá em nada.

34 TROCA. Fábio x Lucas França

35 AMARELO. Ezequiel, por matar o contrataque do Coritiba.

35 Sobis chuta forte, bola desvia na zaga, escanteio para o Cruzeiro.

36 Henrique é o único meiocampista celeste empenhado na marcação.

37 Rafinha dribla seu marcador e cruza rasteiro, da direita. Bareiro corta,

38 Arrascaeta cruza da direita, Ábila não consegue cabecear.

39 COMPLICOU. Coritiba se fecha e o Cruzeiro não consegue ser efetivo nas jogadas pelas pontas.

40 QUASE! Dodô avança bem no contrataque e chuta forte, bola passa perto do poste direito.

41 Robinho levanta muito o pé pra recuperar a bola, juiz marca jogo perigoso, bola volta pro Coritiba.

42 Arrascaeta lança Ábila, que muito marcado não consegue dar sequência à jogada.

44 Cruzeiro roda a bola procurando espaços, sem sucesso.

45 Coritiba todo atrás da linha da bola.

45 Edimar cruza, Bareiro corta de cabeça.

45+1 Henrique lança Arrascaeta, que ajeita de cabeça, mas bola acaba ficando com Wilson.

45+2 Dodô avança pela direita, mas perde a bola pra Edimar.

45+3 Robinho passa a Rafinha, que recua pra Arrascaeta. Na sequência, Henrique chuta de longe, bola explode na zaga do Coxa.

45+4 FIM de 1º tempo.

INTERVALO

17h04 COMEÇA o 2º tempo. Coritiba dá a saída.

46 Ábila tenta passer a Arrascaeta, nas costas dos bequest, mas o uruguaio não entende a jogada e a bola sai pela linha de fundo.

47 Sobis cruza rasteiro, da esquerda, buscando Ábila, que corre, mas não alcança a bola. Tiro de meta, Coritiba.

47 Bola sobre a área do Coxa, Bruno Rodrigo tenta cabecear, Claro corta o lance.

48 Sobis, pelo meio, lança Rafinha, mas Juan aparece na cobertura e intercepta a bola e a despacha pra lateral.

48 Ezequiel é derrubado na ponta direita. Robinho vai jogar a bola na área.

49 GOL. Ezequiel cruza, Sobis finaliza de prima, Wilson defende parcialmente, Ábila vence dividida com Claro e empurra bola pra rede. CRUZEIRO 2×2.

50 CHAPÉU. Arrascaeta dá um chapéu em seu marcador e chuta. Wilson faz defesa segura.

51 DE PRIMA Arrascaeta faz outra boa jogada e lança Ábila, que entrava na área. Bareiro corta, bola fica com Sobis, que chuta de prima. Tiro de meta, Coritiba.

52 MANOEL divide com Vinicius pelo alto e cai sentindo dores no braço esquerdo. Nada de grave.

53 Berola recebe lançamento na meiuca, mas perde a bola pra defesa celeste.

54 Robinho lança Rafinha na direita. Meia dribla o primeiro marcador, mas a cobertura da defesa é perfeita e o Coxa fica coma bola.

55 Ezequiel avança pela direita e é derrubado por Berola, por trás. Falta. Muito longe do arco alviverde.

56 TROCA. Neto Berola x Guilherme Parede/

56 Guilherme Parede não joga desde o Santos 2×1 Coritiba, na 2ª rodada.

57 AMARELO. Luccas Claro, por falta em Sobis,

58 Cruzeiro roda a bola procurando espaços, Coritiba cerca, com eficiência.

59 AMARELO. Edinho, por falta em Rafinha.

60 Arrascaeta cruza, bola passa por todo mundo e sai pela linha de fundo. 1 Raphael Veiga tenta jogada individual na meiuca e é derrubado por Robinho. Falta frontal.

62 Raphael cobra fata, com chute forte, Lucas França defende.

63 CANETA. Manoel dá uma caneta em Juan, na meiuca. Na sequência, sofre a falta de Guilherme Parede.

64 AMARELO. Guilherme Parede, por falta em Manoel,

65 Rafinha cruza da direita, bola passa por todo mundo, Edinho corta, Cruzeiro recupera a bola, mas nada acontece.

66 ESCORREGOU Arrascaeta aparece na área alviverde, mas escorrega ao tentar cruzar pra Ábila.

67 TROCA. Arrascaeta x Willian

68 Predomina o futebol aéreo e o Coxa se sai melhor nesse estilo.

69 Torcidas organizadas continuam apoiando, os demais torcedores estão atormentados.

70 Ábila e Willian são controlados pela bequeira do Coritiba, que corta uma bola encaminhada a eles.

71 Henrique desfaz tabela entre Guilherme Parede e Raphael Veiga na direita.

72 Manoel cruza da direita, bola forte demais, ninguém alcança.

73 Cruzeiro pressiona, Coxa não passa da meiuca.

74 Juan é derrubado por Rafinha. Alta na esquerda.

75 Juan cobra falta, Edimar corta pra escanteio.

75 TROCA. Rafinha x Marcos Vinícius.

76 Raphael Veiga cruza, defesa do Cruzeiro corta.

77 CERA. Dodô sente dores na mão esquerda, juiz paralisa o jogo pra ver se está tudo bem com o jogador.

78 JUIZ chama a atenção de Mano Menezes, que está nervosa e reclamando muito da arbitragem.

78 Guilherme Parede tenta avançar pela esquerda, mas é desarmado por Ezequiel.

79 PAREDE CAI. Guilherme Parede é derrubado por Manoel, juiz marca falta, torcida vaia.

80 Bola lançada na área celeste, ataque do Coxa não consegue o arremate preciso. Tiro de meta, Cruzeiro.

81 Manoel chega firme em Parede, bola pega no jogador do Coxa e sai a lateral. Juiz inverte marcação e toma vaia.

82 QUASE! Ezequiel cruza na cabeça de Willian, que cabeceia pra baixo. Bola sai rente ao poste direito.

83 DEFESAÇA. Sobis tabela com Willian, que cruza na medida pra Ábila. O argentine domina, gira e chuta, mas Wilson defende.

84 Robinho passa bola a Sobis, que a devolve a Robinho na direita. Na sequência da tabela, passe de calcanhar não acha Sobis.

85 Ábila recebe na área, tenta girar em cima de Bareiro, cai e a torcida pede pênalti, mas não houve nada no lance.

86 PETELECO. Willian recebe de Ábila na área, dribla Juninho e fica em excelente condição pra finalizar, mas não consegue o chute como queria. Bola sai sem força, nas mãos de Wilson.

87 Marcos Vinícius chuta bem, de fora da área, no canto. Wilson defende.

88 Willian recebe na direita e cruza rasteiro, Juan corta.

89 Sobis vai à linha de fundo e cruza buscando Ábila. Wilson fica com a bola.

90 Ábila recebe mais um lançamento direto na área, mas bola quica e ele não a alcança. Wilson fica com ela.

91 PÚBLICO: 13.814 pag, R$290.830, média R$21.

91 TROCA. Raphael Veiga x Fábio Braga.

92 Ezequiel cruza, bola passa por Willian e chega a Marcos Vinícius, que não domina. Bola sai pela linha de fundo.

93 FIM de jogo. Cruzeiro permanece no 18º lugar.

CRUZEIRO 2×2 CORITIBA, 14ago16dom16h.TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 14 Km/h, umidade 40%. LOCAL: Mineirão (60 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 20ª rodada, Brasileiro 2016. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 13.814 pag, R$290.830, média R$21. ARBITRAGEM: Jailson Macedo Freitas, Alessandro Rocha de Matos, Elicarlos Franco de Oliveira (BA). AMARELOS: Robinho, Ezequiel, Amaral, Claro, Edinho, Parede. GOLS: Rafinha, 2, Kazim, 19, Juan, 27 (f), Ábila, 49. CRUZEIRO: Fábio (França, 34), Ezequiel, Manoel, Bruno Rodrigo, Edimar; Henrique, Robinho; Rafinha (Marcos Vinícius, 75), Arrascaeta (Willian, 68), Sobis; Ábila. T: Mano Menezes. CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Bareiro, Juninho; Edinho, Amaral; Juan, Raphael Veiga (Fábio Braga, 91); Kazim (Vinícius, 20), Berola (Guilherme Parede, 57). T: Carpegiani.

HISTÓRICO: Foi o 48º Cruzeiro x Coritiba. O Cruzeiro venceu 22, empatou 13, perdeu 12, marcou 78 gols e sofreu 58. Pelo Brasileiro, foram 40 partidas. O Cruzeiro venceu 17, empatou 13, perdeu 10, marcou 64 gols e sofreu 50. Os dois clubes decidiram a Copa Sul Minas de 2001. O Cruzeiro foi campeão vencendo por 2×0 no Couto Pereira e 3×0 no Mineirão.

DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Campeonato Brasileiro: 56 participações em 60 campeonatos, 1.330 jogos, 579 vitórias, 357 empates, 395 derrotas, 1.968 gols marcados, 1.526 sofridos.