Arquivo da Categoria ‘Boca Maldita’

O trambique começa a dar galho

quinta-feira, 20 de abril de 2017

A Fifa está nos calcanhares do Cruzeiro por conta do trambique aplicado no Huracan no caso da contratação do centroavante Ábila.

O presidente Gilvan de Pinho Tavares tem que pagar o que deve. Ele não recebeu um mandato pra sujar o nome da instituição.

Mequinha quer juiz de fora

quarta-feira, 12 de abril de 2017

AMERICA quer juiz de fora –não de Juiz de Fora, que que claro– pra apitar o clássico contra o Cruzeiro pela semifinais do Mineiro.

Apoiado! Era exatamente o que eu queria. E, provavelmente, os juizes mineiros também, pra não correrem o risco de desagradar o chefão emplumado da federação.

So tem um problema: Gilvan cochilar e Heber Roberto Lopes aparecer de surpresa. Ai, meus amigos, é fim de linha. Podemos ate pensar na musica do Fantástico por três anos seguidos fora das finais.

Onde o futebol não tem vez

domingo, 26 de março de 2017

Algumas cidades brasileiras desprezam o futebol. Se lixam. Desmentem o verso “aqui é o pais do futebol”.

Estas, por exemplo:

  • VOLTA REDONDA. Se receber Brasil x Argentina, nåo põe mais de 5 mil pessoas no Raulino Oliveira. Nem o Flameno tem publico na Cidade do Aço.
  • BARRETOS é rica, mas sø gasta sua grana pra ver corrida de touro, jamais bola correndo.
  • POUSO ALEGRE montou um bom time hå tres decadas, revelou Nonato, construiu um estádio e mudou de assunto.
  • MONTES CLAROS detonou os históricos Casimiro e Ateneu, inventou outros dois, o Montes Claros e o Funorte, mas deixou-os de lado, migrando pro vølei.
  • PRESIDENTE PRUDENTE tem um grande estádio, mas nåo tem time.
  • SETE LAGOAS tem estadio pra servir times de fora, pois moeu os históricos Democrata, Bela Vista e Ideal. E nåo deu bola pro neøfito Minas Boca.
  • ITU tem um dos maiores estádios de SP, que está sempre vazio, mesmo tendo um time campeão estadual.

E a sua cidade, caro leitor, que importåncia då ao futebol?

A chantagem e a conta

quarta-feira, 15 de março de 2017

CONMEBOL e CBF, com apoio dos mesarredondistas demagogos, estão chantageando os clubes: “Ou monta time de futebol feminino ou não participa das competições”.

Existem 157 times de futebol feminino neztepaiz. Nenhum leva torcedor aos estádios. Nem os namorados das atletas. Mas a grandes entidades querem mais e mais fiascos.

Globo e Isportivi não transmitirão. Iespien também não, porque americano não rasga dinheiro. Jequiti, Boticário e Natura não estamparão seus logos nas camisas.

E o público fará forfait. Teremos sucessivos jogos com público zero. Pela má qualidade do espetáculo e pela grande oferta de eventos esportivos.

Restarão as contas, que correrão por conta dos associados do futebol masculino. Por estas e outras, urge  empoderar os ianomâmis.

Esses índios são mais lógicos do que os caras-pálidas politicamente corretos.

Tsunamis sucessivos

terça-feira, 14 de março de 2017

FÁBIO é o melhor goleiro da história do Cruzeiro, depois do lendário Geraldo II. É também o jogador que mais vestiu a camisa celeste.

Deve ser titular, qualquer que seja o critério de análise. Mas não poderá tomar gol, se voltar ao time. De jeito nenhum. Nem de pênalti.

Se tomar um gol, o exército dos espiroquetas de teclado se levantará, em poderosa rebelião, pra derrubá-lo. E, junto com ele, Mano Menezes.

Mano, em tese, poderia evitar este mais do que previsível desfecho, mantendo Rafael titular. Mas, com Fábio no banco, ao primeiro gol em bola defensável, caem juntos técnico e goleiro.

Serão ambos liquidados pelos mesarredondistas de Norte a Sul deztepaiz. E, como se sabe, cartolas não têm personalidade pra bancar nada contra os boquirrotos.

Fato é que, qualquer que seja o goleiro, o Cruzeiro será engolido por tsunamis sucessivos. Não há saída. Nenhum time do mundo escapa da burrice de seu torcedor.

Este pontinho será importante lá na frente…

sexta-feira, 10 de março de 2017

O duelo Paris-Barcelona continua dando o que falar. Um bateu de 4, outro de 6. E tome repercussão!

Fosse no Morrinhão, não daria tanto falatório. Seriam dois zero a zero, sob as benção de técnicos conservadores.

Técnicos que diriam, nas coletivas pós-jogo: “Foi um pontinho importante, que pode fazer a diferença lá na frente”.

Entenderam por que é Morrinhão?

E o Guará vai pra LA la land!

domingo, 26 de fevereiro de 2017

CHUPA, Troféu Guará! Oliúde é mas fiasquenta do que vc, que premiou jogador inativo. Lá em LA, entregaram a estatueta pro filme errado. Só rindo.

Centroavantes argentinos

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

ÁBILA, que os cruzeirenses garantem estar sempre em má fase, tem média de 0,52 gols no Maior de Minas. Mesma média alcançada no Huracán.

Pratto, que muitos cruzeiricanos tanto admiram, saiu do Segundo Maior, com média de 0,39.

S;o a incapacidade de fazer contas justifica tanto aplauso pro pior desempenho.

Vc sobreviveria a uma zebra dessas?

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O São Francisco vem de uma derrota por 2×0 para o São Raimundo, rival citadino em Santarém, pelo Paraense. O Cruzeiro vem de um empate por 1×1 contra a Urt, em Patos de Minas, pelo Mineiro.

Pela Copa do Brasil, o Cruzeiro cumpriu sua obrigação vencendo o Volta Redonda, por 2×1, fora de casa. O São Francisco foi além do esperado na vitória por 3×0 sobre o Botafogo, em casa.

Para o time paraense uma derrota, por um placar decente, tá de bom tamanho. Para o time mineiro, vitória apertada, faria soar trombetas.

Mas e se der zebra? Se der, seria escândalo mundial. Até o PHD fecha pra balanço. Vc, caro leitor, suportaria um revés? Quantos dias ficaria entocado em casa, sem ler jornais, ver televisão, nem acessar redes sociais?

Por essas e outras, é que eu sempre prefiro adversários fortes. Um Vasco, por exemplo, seria uma benção nesta altura do campeonato.

Salvando a Primaliga

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

PRIMA LIGA fracassou. Como qualquer projeto de cartolas brasileiros.

Gilvan, contudo, quer salvá-la transformando-a num torneio com uma só sede.

Vai dar merda de novo, porque vão escolher cidades com grande oferta de futebol.

Minha proposta:

  • 32 clubes de cidades que gostam de futebol, o que exclui Volta Redonda, por exemplo.
  • Eliminatórias simples. Os times de pior ranking jogam em casa. Empate dá disputa de pênaltis.
  • Final  em jogo único em Uberlândia, que tem grana e estádio. Ou em Chapecó, Cariacica, Erechim…
  • Convidados: Cruzeiro, Franga, América, Uberlândia, Villa Nova, Boa, Tombense, Grêmio, Inter, Caxias, Juventude, Brasil,  Paranaense, Coritiba, Londrina, Maringá, Paraná, Fla, Flu, Bangu, Goytacás, Madureira, Avaí, Jec, Criciúma, Figueira, Chape, Rio Branco, Desportiva, Goiás, Vila, Goianiense.

Aproveitando a deixa, sorteio logo a primeira rodada:

  1. Rio Branco x Cruzeiro
  2. Jec x Paraná
  3. Caxias x Flu
  4. Tombense x Fla
  5. Villa Nova x Coritiba
  6. Uberlândia x Paranaense
  7. Londrina x Inter
  8. Desportiva x Grêmio
  9. Boa x Chape
  10. Madureira x Goiás
  11. Goytacás x América
  12. Bangu x Figueira
  13. Brasil x Franga
  14. Vila x Avaí
  15. Maringá x Criciúma
  16. Juventude x Goianiense

As demais rodadas também seriam definidas por sorteio, sempre com o pior ranqueado jogando em casa.