Arquivo da Categoria ‘Boca Maldita’

É golpe!

terça-feira, 4 de setembro de 2018

O CRUZEIRO resolveu mudar, unilateralmente, os contratos dos sócios do futebol. Agora, todo mundo terá que comprar ingressos, mesmo os sócios cativos. Estes terão 100% de descontos, mas não se livrarão da amolação de fazer aquilo pelo que pagam caro pra terem de fazer. É golpe! 

O fiel Bruno Furletti não gostou: 

Achei estranha a mudança. Como sócio cativo, não gostei da ideia de ter que “comprar o ingresso” pra acompanhar o jogo. Ao invés de privilegiar os cativos, criam um empecilho –ter que adquirir o ingresso pra todos os jogos. Assim, o clube deixa pra trás a parte da torcida que vai à maioria dos jogos (fase inicial do Mineiro e da Copa do Brasil, sábado à noite ou quando o time está em 12º do Brasileiro e não luta por nada) e adula o torcedor que vai só às finais e jogos e importantes, ou seja, jogo da Rede Globo, nas quartas à noite.

Eu também não. Quando me venderam o pacote, as regras eram outras. Não foi isto que combinamos Sá Lopes!

Entrevista com o filho do Chico Duro

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

ENTREVISTA com Marcelo Machado, autor do livro Chico Duro.

  1. Seu nome, seu bairro?

 Marcelo Machado, bairro Ouro Preto, Belo Horizonte.

  1. Quem te fez, quando e onde te puseram no mundo?

Yolanda e Chico Duro, em Governador Valadares, 06dez71.

  1. Que time é teu de infância: Pastoril ou Democrata?

Cruzeiro sempre! Com carinho pelo Democrata e admiração pelo legendário Pastoril.

  1. Em que escolas vc cabulou as aulas, da infância até a veiêra?

Chapeuzinho Vermelho, Colégio Ibituruna, Puccamp, UniBh e Ufmg.

  1. Jornalismo por quê? Não deu conta de passar no vestibular do Ita?

O meu sonho era fazer cinema, mas para quem cresceu lendo o JB, a comunicação foi uma escolha certa.

  1. Quando vc veio a dar com os costados em Belzonte?

Fiz cursinho pré-vestibular em BH em 1990, mas só em 1997 vim em definitivo para BH, uma cidade que aprendi a amar e valorizo cada vez mais. Não sei viver sem queijo, pão de queijo, torresmo e cachaça. E aqui acha tudo isso com muita qualidade.

  1. Por que vc trabalhou, se tem uma baita herança (sem impostos) pra receber? E em que órgãos (no bom sentido) labutou?

(Risos)… Ai de mim se não seguir ralando. Já rodei mais que o Dadá Maravilha. O Tempo, Diário do Rio Doce, LANCE!, Rede Minas, Globoesporte.com, A Tarde (Salvador), Hoje em Dia, Prefeitura de Belo Horizonte, sem contar serviços prestados à Folha de São Paulo e ao Estadão.

  1. Vc escreveu um livro pensando em ganhar dinheiro? Ninguém te avisou antes, que livro dá fama, mas não rende dividendos?

Se der pra pagar algumas cervejas artesanais e uma cachacinha da boa, está valendo.

  1. Chico Duro é lenda, realidade ou miragem? Governador Valadares tinha como competir com Três Corações quando certos pais bimbavam pra produzir craques? Tinha ao menos campo de futebol em Goval?

Chico é uma realidade, com pitadas de lenda. Quem o viu jogar de 1958 a 1964, principalmente, assegura que tinha futebol para jogar ao lado de Pelé. Será? Goval tinha campos como o do Colégio Ibituruna, do Pastoril e do próprio Democrata.

  1. Se um caboclo quiser comprar seu livro, quantas centenas de reais ele terá que torrar? E onde pode encontrá-lo (o livro, não o senhor, evidentemente)?

O livro custa apenas 40 temers, mas o JAS vai ganhar um porque está dando moral. Quem quiser adquirir, basta entrar em contato comigo mesmo. Wsapp: (31) 9.9989-1971.

  1. Oliú já te consultou querendo comprar a história prum filme? Se o senhor topar, quem indicará pra ser o chico Duro no cinema?

Estou esperando o telefone tocar ainda. Antonio Banderas ou Javier Bardem cairiam bem no papel.

  1. A imprensa escrita tem futuro? Em Cuba, o povo limpa a bunda com páginas o Granma (por uma questão de higiene, mas do que ideologia). Chegaremos a este ponto neztepaiz?

Como modelo de negócio, não vejo futuro algum no impresso. Já morreu.

  1. Vc continuará escrevendo livros ou pretende voltar a ser uma pessoa normal, gastando tempo nos botequins?

Vou seguir trabalhando com comunicação, marketing político, escrevendo livros, comendo queijo, pão de queijo, torresmo, bebendo uma gelada e degustando uma cachacinha mineira.

  1. Por falar em botecos, onde vc faz ponto em Beagá e Goval? Indique os melhores. Aproveita e d6e umas dicas de puteiros pros leitores doeztegroque.

Por increça que parível, não ando botecando na capital dos botecos, mas onde houver uma Heineken (pelo menos), uma Sabicana, torresmo de barriga, uma linguiça caipira, eu estarei disponível para ir, aqui, lá e acolá.

  1. Se te dessem uma mesa redonda pra mediar, quais os quatros jornalistas ou ex-boleiros vc convidaria pra compô-la?

Juca Kfouri, Pelé, Maradona e George Best.

  1. Quais os melhores livros sobre futebol que vc já leu?

Confesso não ter lido muitos. Nenhum dos que li é tão bom como o do Agassi. Bem… Ficaria com o do Garrincha (Ruy Castro).

  1. Vc já teve mulheres? Fez filhos? Plantou árvores? Ou começou de trás pra frente, escrevendo livros antes de tudo?

Comecei fazendo filhos para herdarem as dívidas. O livro é o primeiro de muitos, espero. Quero plantar muitas árvores -cajá manga e siriguela, principalmente.

  1. Seu Cruzeiro de Todos os Tempos, por favor.

Fábio — Nelinho, Perfumo, Dedé, Sorín — Piazza, Zé Carlos, Alex, Dirceu Lopes – Tostão, Joãozinho.

  1. Que Brasil vc quer para o futuro?

Um Brasil com menos bolsoasnos já seria um bom começo

  1. Em 1985, comprei duas garrafas de Havana, na mão do seu Anísio, em Salinas. Meu plano era abri-las pra comemorar um titulo mundial do Cruzeiro. Vc acha que devo continuar guardando essas aguardentes ou é melhor leiloá-las, pois jamais terei motivos pra degustá-las?

Nem uma coisa nem outra. Vamos começar a degustá-las a partir de quarta, 08Ago, quando o Cruzeiro começa a decidir a vaga às quartas de final contra o Flamengo na Libertadores.

Um cara pra morder e esticar!

sábado, 28 de julho de 2018

O Cruzeiro tem três culpados universais pelas derrotas: Fábio, Leo e Henrique.

Fábio nem precisa falhar, basta levar gol. Nem de pênalti, pode. Leo, idem. Henrique é culpado por não morder, não agarrar, não carrinhar, não lançar, marcar com os olhos, ser avoado e sei lá mais o quê. É o caso mais grave.

Mais grave, porém de solução mais fácil. No elenco, tem o Romero. Espalhados por aí, o General Donizete e o Pierre, duas paixões recolhidas dos torcedores celestes amantes dos velhos cabeças de área.

Mas o cara que melhor atenderia ao anseio da galera é o Willians. Morde tornozelos e estica bolas o tempo todo! Um cara que encantaria o velho Osvaldo Faria e os seguidores dele.

Atualmente, Willians defende o glorioso Cerrebê, na Série B. Já disputou 10 partidas na temporada: 5 no Alagoano, 2 na Copa do Brasil, 1 na Copa do Nordeste e 2 no Brasileiro. Deve estar descansado. É chegar, vestir a camisa e ir pro jogo.

Seu nome, sua posição?

terça-feira, 24 de julho de 2018

SETELAGOAS anda absurdado com os pitacos desprovidos de noção dos comentaristas do PHD no que diz respeito (obrigado, Anta!) ao desempenho técnico táticos dos jogadores de futebol.

Desconfia ele que a acaboclada, por aqui, nunca chutou uma bola fora do mundo virtual. Por isto ele pergunta: “Seu nome, sua posição, por favor?”. 

Eu joguei em três posições na minha longa carreira de peladeiro: centroavante, ponta e beque.

Como beque, fui uma espécie de Caicedo. Centroavante, fui Ábila, Na ponta, jogava que nem o Jairzinho da Copa de 70: um furacão, que fazia o facão e marcava gol adoidado.

Craques migratórios

terça-feira, 10 de julho de 2018

Craques migram. Ou não.

  • CRISTIANO: Sporting, ManU, Madrid, Juventus.
  • NEYMAR: Santos, Barcelona, Paris.
  • SOBIS: Inter, Flu, Tigres, Cruzeiro.
  • MESSI: não sai no ninho do Barça, nem fodendo!

Agora, pelo critério migratório, quem está à frente de todos é o BARCOS, que já vestiu as camisas de Racing, Guaraní, Olmedo, Estrela Vermelha, Huracán, Shanghaï, Shenzhen, LDU Quito, Palmeiras, Grêmio, Tianjin, Sporting, Vélez e LDU Quito, antes de chegar ao Asilo da Toca.

Projeto “Liquidação do Cruzeiro”

segunda-feira, 2 de julho de 2018

CRUZEIRO devendo R$90 milhões a clubes de vários países, sendo cobrado na Justiça por Flamengo, Botafogo e AtléticoMG e  surge a notícia de que estã querendo levantar R$70 milhões pra repatriar Ricardo Goulart…

Nenhum clube do mundo resiste a dois presidentes retardados e irresponsáveis em sequência. E os babacas da torcida, que encontram tempo pra encher o saco de atletas e treinadores, nem se dão conta do que está acontecendo!

Seleção da 1ª fase da Copa e mumunhas afins

sexta-feira, 29 de junho de 2018

SETELAGOAS pediu e aqui vai a seleção da primeira fase da Copa:

  • SELEÇÃO: Ochoa — Wagué, Godin, Thiago, Augustinsson — Modric, Iniesta, Shaquiri — Cuadrado, Kane, Cristiano. T: O caboclo da Suécia que tirou leite de pedras.
  • PROFETAS DO ACONTECIDO estão falando toneladas de besteiras acerca da Alemanha. A verdade é que o escrete teuto dominou as três partidas, teve mais posse, finalizou e criou mais chances de gol. Poderia ter vencido todas, com folga, se o nove tivesse funcionado. Mas nada disso foi visto pelos profetas, palpiteiros e mesa-redondistas, bando de simplificadores e ceguetas.
  • NEYMAR é barbantinho? Pelé, Garrincha, Dirceu Lopes, Maradona, Joãozinho também eram. Só fica com a bola quem sabe o que fazer com ela.
  • MARROCOS foi a melhor seleção desclassificada. Portugal, a pior classificada.
  • MASCHERANO foi mal. Até o Romero faria melhor.
  • ARRASCAETA não consegue jogar num time que só tem dois compartimentos: linha de quatro defensiva e linha de dois ofensiva. Os caras do meio só servem pra preencher espaços.
  • RECEITA pro Menino Ney ser amado pelos brasileiros: 1. Trocar a Marquezine pela Toddynho. 2. Fracassar no time de Paris e ser contratado pelo time de Taboão da Serra. 3. Virar alcoólatra. 4. Falar mal dos políticos. 4. Apoiar greve de caminhoneiros. 5. Dar entrevista no programa da Lacrátima Bernardes. 6. Ficar pobre. 7. Quebrar a perna numa dividida com um botineiro qualquer. 8. Participar da parada gay. 9. Pedir música gospel no Fantástico. 10. Frequentar a praia de Ramos. Se fizer tudo isto, cai nos graças do povo. Vira unanimidade.

Assim falou Pimentel

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Assim falou o filósofo Victor Pimentel:

  • LERO-LERO. “Aí reestruturaram… aí a Bundesliga… aí os clubes têm trabalho integrado… aí as seleções de base no mesmo sistema… ai estão prontos pra conquistar 28 copas…” Vai tentando, que um dia até conseguem desenvolver um subúrbio carioca ou uma praia de Santos. 
  • POR FAVOR, pela-sacos, fãs do esporte, admiradores de futebol e essas porras aí, quando forem enumerar os gigantes do Futebol, por obséquio, separem os gigantes dos grandinhos da vez, tá bom? Gigante do Futebol: Brasil. Grandinhos: o resto.
  • “O MARADONA se despediu em um jogo contra Nigéria em Copas do Mundo” (Luis Roberto, narrador). “Se despediu”, não. Foi despedido…
  • INJUSTOS. Vocês estão sendo muito injustos tendo zero sensibilidade e empatia com Neymar. Eu compreendi o choro do craque e o suporto, pois também capitularia no lugar dele frente ao desafio que estava por vir caso não marcasse o gol na última volta do ponteiro. O cara sabia que se não fizesse um golzinho já em sua segunda partida, iria ficar mais 5 dias a receber coaching motivacional-espiritual do Tite que é mais chato que guru indiano e desabou ao realizar do que se livrou. Aturar um mês de convivência diária com Tite. Esses jogadores já são heróis qualquer o resultado obtido merecendo tão somente aplausos e elogios dos torcedores. Não é para qualquer um suportar tamanha pressão.
  • O Panamá vai perder todas. Digo isto porque já fiz conexão lá. O visual é bonito, mas não tem condição daquele país vencer nada.

Vai ter futebol!

sexta-feira, 25 de maio de 2018

CBF decidiu bater de frente com os donos de transportadoras, que estão fazendo lockout, e confirmou todos os jogos do Brasileiro neste fim de semana.

Bom pra frangas, que pegam um Flamengo cansado e desfalcado. Bom também pro Cruzeiro, que encara um Santos pressionado pelo pessoal da padaria.

Bom pro Temer, que encarou a chantagem e partiu pro pau contra a tentativa de parar o País. Com o futebol garantido, agora, é evitar que os hospitais sejam afetados e vida que segue!

Sem poupança no Clássico!

terça-feira, 15 de maio de 2018

Não vejo faixas, bandeiras nem camisas, no Mineirão, exaltando o tetra brasileiro, o bi da libertadores, nem o penta da Copa do Brasil. Vejo, contudo, aos milhares, camisas e bandeiras comemorando os 6×1 de 2011. 

Os torcedores de punhos rendados, os que acompanham o Mênchester Síri, o Pessegê, o Midousbôrou, o Barça ou o Tchélsi, jamais vão entender o que é o Clássico Mineiro. 

(mais…)