Arquivo da Categoria ‘Amistosos’

Criciúma 1×1 Cruzeiro: Encaixe precário

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

CRUZEIRO contra o Criciúma, nesta quarta, 27jan16, às 18h30, no Heriberto Hulse, Criciúma, pela 1ª rodada do Grupo A da Copa SulMinasRio:

  • RANKING da CBF: Cruzeiro é o 3º, com 14.064 pontos; Criciúma, o 22º, com 6.388.
  • BANCO do Cruzeiro: Rafael, Viana, Allano, Bramires, Xavier, Correia, Coutinho, Vinícius.
  • AUSENTES no Cruzeiro: Dedé, Leo, Elber e Silva, na preparação física, Nazário, El Miño e Pisano, sem inscrição na CBF. Alan, Alex, Judivan, lesionados.
  • DEIVID, técnico do Cruzeiro: “Mudamos o conceito. Ano passado, eram 3 volantes, agora são 4 atacantes. É mais ofensivo. Esperamos fazer um grande jogo e sair com os 3 pontos”
  • BANCO do Criciúma: David, Nino, Ianson, Eduardo, Jeffferson, Natan, Kalil, Maurinho, Gabriel Pereira.
  • AUSENTES no Criciúma: Lucas Crispim (A), lesionado.
  • ROBERTO CAVALO, técnico do Criciúma: “Temos um grupo forte, e os jogadores têm de mostrar que podem fazer a diferença. Será jogo difícil. Tomara que cada um faça seu melhor”
  • TRANSMISSÃO: SporTV 2, às 19h30, com narração de Antero Neto e comentários de Carlos Eduardo Lino, reportagens de Pedro Augusto Correia e Vívian Cipriani.

O JOGO

19h25 TIMES em campo, com uniformes tradicionais.

19h27 HINOS do Brasil e de Santa Catarina.

19h34 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.

01 Cruzeiro troca passes rápidos, mas não penetra na defesa carvoeira.

02 Alisson tenta jogada com Arrascaeta, bola fica com o goleiro Luís.

03 Arrascaeta tenta invadir a área carvoeira, bola corre demais e sai pela linha de fundo.

04 DEFESAÇA. Moreira solta uma bomba da entrada da área. Fábio voa e espalma pra corner.

05 Mayke tabela com Arrascaeta, que cruza direita, Luís encaixa/

06 Alisson dispara, Marlon, na meialua cede corner, que Alisson cobra e dá em nada.

07 Cruzeiro pressiona, Criciúma se fecha.

08 Saci cruza da esquerda, Bruno Lopes cabeceia, Fábio defende.

09 BANDA DE MÚSICA anima a galera, que ocupa 1/3 das arquibancadas.

10 Ezequiel cruza direita, Barreto cabeceia, bola sai à esquerda de Fábio.

11 Cruzeiro tenta impor seu jogo de toque de bola, Criciúma é mais explosivo;

12 Cabral cruza esquerda, Fabrício cabeceia pra trás defesa carvoeira limpa sua área.

13 CARLOS EDUARDO LINO, comentarista do SporTV, elogia o jogo. Se diz surpreso com a dinâmica dos times.

14 GOL. Manoel faz seu terceiro lançamento longo, desta vez encontrando Fabrício livre na esquerda. O lateral cruza, Marcos desvia, Alisson finaliza. CRUZEIRO 1×0.

14  TORCIDA CELESTE está presente e faz muita festa.

15 Arrascaeta é desarmado por Barreto na meialua.

16 Arrascaeta tenta jogada pela esquerda, mas é desarmado.

17 Mayke cruza direita, Rafael Silva corta de cabeça.

18 CARLOS EDUARDO LINO vê o Cruzeiro jogando no 4-2-4, com Arrascaeta de ponta-de-lança.

19 Criciúma aparece na área celeste, Roger Guedes arremata pra fora.

20 ATACANTES JOVENS. Roger Guedes tem 19 anos, Bruno, 20.

21 Mayke cruza direita, Luís cata pelo alto.

22 Saci cobra corner na esquerda, Bruno Rodrigo tira de cabeça.

23 GOL. Saci cruza esquerda, Criciúma tem três contra dois na entrada da área celeste, Fábio sai do arco, Giaretta, impedido, cabeceia por cobertura, com o gol aberto. CRICIÚMA 1×1.

24 Criciúma na área celeste, defesa contorna a situação.

25 Juiz marca falta de Ezequiel em Willian na pontesquerda. Teve nada.

26 Alisson cobra falta, Marlon corta.

28 Alisson está fazendo sua 71ª partida coma azul-estrelada.

29 DEFESAÇA. Alisson cobra corner na esquerda, Rafael Silva cabeceia pra trás, Luís se estica pra evitar o gol.

30 Jogo parelho, placar justo.

31 Roger recebe lançamento livre, mas está impedido.

32 Marcos passa por dois, mas chuta prensado, na meia luza e não dá em gol.

33 JUIZÃO de verdade. Esse gaúcho do apito tem físico de lutador de MMA.

34 Alisson chuta de longe, Luís voa e espalma em seu canto esquerdo.

35 DEIVID na bronca. Não quer Cabral e Henrique se mandando pro ataque ao mesmo tempo.

36 Roger Guedes recebe na direita, Fabrício chega junto e cede lateral. Atacantes carvoeiros se movimentam bastante complicando a marcação.

37 PERIGO. Bruno cruza esquerda, Ezequiel cruza direita, defesa celeste não vê a cor da bola.

38 JOGADAÇA. Roger Guedes entorta defesa celeste, mas bola acerta Manoel e sai a corner.

39 MILAGRE! Corner cobrado na esquerda, Giaretta dá uma patada de cabeça. Fábio faz milagre.

40 QUASE. Ataque fulminante do Criciúma pela esquerda, Fábio sai do gol, é driblado por Roger, que cruza, Bruno Rodrigo cabeceia impedindo gol certo.

41 Marcos Vinícius finaliza da entrada área, de curva, bola passa por cima do travessão.

42 Henrique lança Alisson, Rafael Silva tira de cabeça.

43 Marcos Vinícius cruza esquerda, Giaretta tira de cabeça.

44 Arrascaeta, Cabral e Marcos tramam boa jogada na pontesquerda. O lateral finaliza, bola sai pela linha de fundo.

45 FIM de 1º tempo. Pelo que fez nos últimos 15 minutos, carvoeiros mereciam vencer.

J DIAS, no PHD: “Primeiro tempo movimentado. Cruzeiro jogando pra cima e deixando espaço para os contrataques. Deivid tá muito otimista com essa formação. Só os zagueiros ficam atrás. Henrique e Cabral até ajudam na saída, mas os demais, inclusive os laterais vão pro ataque sem cerimônia”.

MATHEUS CHAVES, no PHD: “Time celeste não está mal, porém marca frouxamente no campo de defesa. Falha da defesa toda no gol dos caras, principalmente do Fábio que saiu pra buscar uma bola na saída da grande área”.

INTERVALO

20h35 COMEÇA o 2º tempo, Criciúma dá a saída.

46 DEIVID pediu ao lateral Mayke pra jogar aberto e avançado.

47 Cruzeiro troca passes na defesa, Criciúma não dá espaços.

48 Cruzeiro pressiona pela esquerda, Giaretta desmancha a jogada.

49 Arrascaeta joga bola na área, Manoel cabeceia, Luís defende.

50 ANARELO. Alisson, por parar contrataque com falta.

51 Roger Guedes surpreende com chute cruzado, Fábio se estica e espalma, com dificuldade.

52 Bandeira dá lateral a favor do Cruzeiro, Juiz corrige, torcida aplaude.

53 Manoel faz outra ligação direta, Henrique assa de calcanhar pra Arrascaeta, que não domina.

54 Bruno Lopes tenta encobrir Fábio, mas a bola passa por cima do travessão. Torcida não aprova.

55 Mais um lançamento de Manoel, Fabrício divide com Rafael e ganha corner. Alisson cobra, Luís defende sem problemas.

56 ONZE cruzeirenses na defesa, carvoeiros tocam a bola.

57 Criciúma continua no ataque, Cruzeiro recua pra fechar espaços.

58 UM MINUTO de troca de passes e bola girando. Cruzeiro não encontra espaços.

59 DEFESAÇA. Saci chuta forte, de fora da área, Fábio desvia com a ponta dos dedos.

60 DEFESAÇA. Roger Guedes caneta Bruno Rodrigo dentro da área celeste e solta uma bomba. Fábio defende, Mayke apanha o rebote e tira a bola da área.

61 AMARELO. Bruno Rodrigo, por falta em Roger.

61 TROCA. Marcos Vinícius x Allano.

62 Saci cobra falta na direita, Fábio desvia pra corner.

63 Saci cobra corner na direita, Bruno Rodrigo tira de cabeça.

64 Bruno Rodrigo passa aperto com Bruno Lopes, mas consegue contornar a situação na entrada da área celeste.

65 Alisson cobra corner na esquerda, Luís defende pelo alto.

66 AMARELO. Arrascaeta, por falta em Saci.

67 XAVIER vem aí.

68 TROCA. Arrascaeta x Gabriel Xavier.

69 MILAGRE. Xavier tabela com Willian e arremata bem. Luís defende milagrosamente. No rebote, Xavier volta a chutar, pra fora.

70 Fabrício vai ao fundo e recua pra Willian, que é impedido de chutar por Douglas Moreira.

71 DISPOSIÇÃO dos carvoeiros é impressionante. Marcação sempre em cima dos cruzeirenses.

72 Alisson levanta bola na área, Luís defende.

73 DEFESAÇA. Troca de passes entre Willian, Xavier e Fabrício, que chuta forte. Luís defende com os pés.

74 PÚBLICO: 7.040, R$70.340, ingresso médio de R$10.

75 Barreto sai de campo, recebe atendimento e volta.

76 Saci x Jefferson, Bruno Lopes x Kalil.

77 Roger Guedes faz boa jogada e lança Jefferson, que não domina a bola.

78 Cabral lança Fabrício, Rafael Silva cede corner.

79 Xavier cobra corner na esquerda, bola acerta Barreto, que fica caído.

80 Bola acertou o braço de Barreto, que simulou ter sido na barriga pra evitar o pênalti.

81 TROCA. Alisson x Douglas Coutinho.

82 Coutinho lança Mayke, Marlon corta pra corner.

83 Cruzeiro pressiona, mas a entrada da área carvoeira está trancada.

84 ENTREVERO. Allano encara Giaretta, turma do deixa-disso intervém e acaba coma briga.

85 MULHERES BONITAS aos montes na arquibancada.

86 Bruno Rodrigo desarma Guedes, com categoria.

87 Allano comete falta de ataque sobre Ricardinho na área carvoeira.

88 TROCA. Barreto x Natan.

89 Willian chuta forte, Luís defende no canto direito. Corner.

90 Allano joga bola na área do Criciúma, Marlon corta.

91 Cruzeiro pressiona, Guedes contrataca, Fabrício cede corner. Na cobrança, Giaretta comete falta em Bruno Rodrigo.

92 Jefferson parte pra cima de Manoel e fica sem a bola.

93 FIM de jogo. Placar espelhou o que foi o jogo. Cruzeiro com mais posse de bola, Criciúma mais eficaz nas jogadas ofensivas. 

CRICIÚMA 1×1 CRUZEIRO, quarta-feira, 27jan16, 18h30. TEMPO nublado, temperatura 25º, vento 10 Km/h, umidade 65%. LOCAL: Heriberto Hulse
(22 mil), Criciúma. MOTIVO: 1ª rodada, Grupo A, Copa SulMinasRio. TRANSMISSÃO: SporTV. PÚBLICO: 7.040 pagantes, R$70.340, média R$10. ARBITRAGEM: Charles Martins Lemos, José Javel Silveira, Carlos Henrique Selbach, gaúchos. AMARELOS: Alisson, Bruno Rodrigo, Arrascaeta (Cru). GOLS: Alisson, 15, Diego Giaretta, 23. CRICIÚMA: Luiz; Ezequiel, Raphael Silva, Diego Giaretta, Marlon; Barreto (Natan), Douglas Moreira, Ricardinho, Wellington Saci (Jefferson), Bruno Lopes (Kalil), Roger Guedes. T: Roberto Cavalo. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo, Fabrício; Henrique, Cabral; Marcos Vinícius (Allano), Arrascaeta (Gabriel Xavier); Alisson (Douglas Coutinho); Willian.
 T: Deivid. HISTÓRICO: Foi o 17º Cruzeiro x Criciúma, nenhum valendo título. O Cruzeiro venceu 10, empatou 5, perdeu 2, marcou 36 gols e sofreu 20. Pelo Brasileiro, foram 14 partidas, com 10 vitórias do Cruzeiro, 1 do Criciúma e 3 empates, com 32 gols celestes e 15 do Tigre.

Talentim: “Laterais e ponteiros como nos 60/70″

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

PITACOS cerca do Cruzeiro 2×0 Rio Branco, 20fev16qua20h, no Kleber Andrade, em Cariacica/ES.

DEIVID, técnico do Cruzeiro: “A movimentação do quarteto ofensivo foi muito boa. Tenho cobrado muito isso com a bola no pé. Sem a bola, é pra recompor rápido. Preferi jogar sem um volante pra ter mais um atacante. Espero que dê certo”.

WILLIAN, atacante do Cruzeiro: “A equipe se comportou muito bem. Conseguimos controlar a bola e vencer. Agora é só terminar os ajustes pra começar forte já na semana que vem”.

DEDÉ, beque do Cruzeiro: “Fiquei uma temporada parado, só assistindo pela TV. Pra mim esse jogo é como uma preparação pra temporada toda. Estou muito feliz pela pré-temporada que fiz. A comissão técnica e os médicos sempre estiveram preocupados comigo. Fico muito feliz de ter esse carinho dos dirigentes e principalmente da torcida, que sempre pediu para que eu voltasse”.

GIL CAMPOS, no Facebook: Walter, goleiro do Brancão, foi o melhor do jogo. Sánchez Miño foi o melhor do Cruzeiro, enquanto jogou no ataque, como um autêntico ponta-esquerda.

MIGUEL TOLENTINO, no PHD: Nesse esquema do Deivid, os laterais jogam quase à moda antiga, ficam lá trás compondo a linha de quatro defensores. Poucas vezes, aparecem no ataque. Os ponteiros são responsáveis quase exclusivos pelas jogadas em profundidade como nas décadas de 60/70. Os dois posicionamentos do Miño escancaram isso.

DOUGLAS DIAS, no PHD: A movimentação do Willian, de um lado pro outro do campo, foi muito bem feita. Foi o jogador que mais levou perigo ao adversário. No geral, o time foi bem. Só me preocupa o Allano na lateral, pois formou-se uma avenida ali. E também a quantidade de bolas que nrique e o Cabral perderam no meio de campo, principalmente na transição.

Xavier e Willian, os destaques

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

ATUAÇÕES dos celestes e seus adversários no Cruzeiro 2×0 Rio Branco, 20fev16qua20h, no Kleber Andrade, em Cariacica/ES.

TORCIDA CELESTE compareceu em bom número e cantou o tempo todo.

FÁBIO teve que saltar uma vez pra acompanhar bola chutada por Capixaba e nada mais.

MONTEIRO não teve trabalho.

MAYKE jogou com simplicidade, marcando em seu setor e fazendo boa cobertura da bequeira. Não foi ao taque.

FABIANO atacou bastante e por pouco não marcou um gol.

MANOEL fez o mais simples em cada jogada e não cometeu erros.

DEDÉ voltou entusiasmado, cometeu um erro em saída de bola e tentou deixar seu gol de cabeça, o que não conseguiu.

BROATUAÇÕES DOS CELESTES E SEUS ADVERSÁRIOS NO DRIGO jogou com a habitual tranquilidade e eficiência.

VIANA não complicou, nem tinha por quê, pois a defesa foi pouco incomodada pelo ataque capa preta.

ALLANO foi um dos melhores do jogo. Seguro na marcação, foi ao ataque algumas vezes, com qualidade.

EL MIÑO entrou entusiasmado jogando na pontesquerda, mas acabou recuado pra lateresquerda e não teve muito o que fazer por ali.

HENRIQUE completou sua 300ª partida no clube, numa noite em que o adversário exigiu pouco dos volantes. Foi ao ataque algumas vezes e até perdeu um gol.

CORREIA não complicou e também não foi testado, pois o time capixaba estava batido quando ele entrou no jogo.

CABRAL levou o único amarelo do jogo. Mas não cometeu erros dignos de nota. Nem acertos.

BRAMIRES teve atuação conservadora, guardando posição na meiuca, sem arriscar idas ao ataque.

MARCOS fez o primeiro gol, em lance de oportunismo, e movbimentou-se bem.

PISANO foi bastante agressivo. Não quis nem saber da bagunça, buscou jogo, partiu pra cima.

ARRASCAETA começou entusiasmado, procurando as jogadas individuais, mas perdeu ritmo até sair. Esforçou-se pra recompor, mas vez ou outra precisou ser lembrado pelos colegas de que isto é necessário o tempo todo.

COUTINHO esteve duas vezes na área com boas perspectivas de marcar. 

ALISSON começou bem, pela direita, passou pra esquerda e incomodou os marc adores dos dois lados da defesa do Brancão.

XAVIER foi um dos destaques da partida, com movimentação, dribles e passes legais. É um cara  do ramo da armação e do atraque. Foi o melhor ao lado de Willian.

WILLIAN movimentou-se bastante, criou oportunidades e chutou uma bola no travessão. Encarnou o espírito conceitual do time pretendido por Deivid.

SILVA marcou seu gol, meio sem querer… Mas quem se importa com isto?

DEIVID mostrou serviço. O time esboçou um nobo jeito de jogar. Sinal de que treinou seriamemte.

CRUZEIRO fez poucos gols, apesar da teta. De qualquer forma, adiantou alguns pontos: toque de bola curto, recomposição e movimentação no ataque, onde ninguém guarda posição. 

RIO BRANCO só se defendeu. Do meio pra frente, nenhum futebol. O goleiro Walter, com algumas defesaças aproveitou pra fazer seu nome. 

ÁRBITROS não mudaram o placar, embora os bandeiras tivessem marcado alguns umpedimentos imaginários.

ESPORTE INTERATIVO transmitiu, com boa imagem e boas reportagens de campo, mas enchendo o saco com tantas chamadas pra suas transmissões exclusivas. Microfone aberto pras torcidas o tempo todo também cansou.

WILLIAN [[[7]]] Rogério, Fagundes, Douglas, Penido, Mariana, Tadeu, Síndico ….. XAVIER [[[6]]] Rosan, Talentim, Dias, Andrade, Celeste, S@muel ….. ARRASCAETA [[[2]]] Chaves, Velame ….. TORCIDA CELESTE [[[2]]] Novaes, Maia ….. ALISSON [[[1]]] Dudu ….. EL MIÑO [[[1]]] Mano ….. DEIVID [[[1]]] Naldo ….. WALTER [[[1]]] Gil

Rio Branco 0x2 Cruzeiro: Festa dos capixabas azuis

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

CRUZEIRO contra Rio Branco, no Kleber Andrade, Cariacica, nesta quarta, 19jan16, às 20h, com transmissão do Esporte Interativo Maxx.

CRUZEIRO tem aproximadamente 150 mil torcedores no Espírito Santo.

HENRIQUE completará 300 jogos com a camisa do Cruzeiro.

RIO BRANCO é o 118º do ranking de clubes da CBF, com 365 pontos. CRUZEIRO é o 3º, com 14.064.

ALEXANDRE GRASSELLI, técnico do Rio Branco, foi contratado este ano pra substituir Duílio Dias, que deixou o cargo por problemas de saúde. Seu último time foi o Atlético Petróleos, de Angola, que treinou durante dois anos. Anteriormente, ele havia comandado a base do Cruzeiro (2005 a 2011) e os profissionais do Tupi (2012).

RIO BRANCO Atlético Clube, apodado Capa Preta ou Brancão, fundado em Vitória, em 21jun13, como Juventude e Vigor, adotou o nome atual em 10fev15, em homenagem ao Barão do Rio Branco. Os fundadores foram Antonio Miguez, José Batista Pavão, Edmundo Martins, Nestor Ferreira Lima, Gervásio Pimentel, Cleto Santos. Em 1936, o clube inaugurou o Governador Bley, 3º maior estádio do país à época, atrás apenas de São Januário e Laranjeiras. O Rio Branco já disputou as 4 séries do Brasileiro (em 2015, disputou a D), foi 27 vezes campeão de Vitória e 37 do Espírito Santo.

O JOGO

19h52 Torcidas agitam arquibancadas, cruzeirenses são maioria.

19h53 Raposão corre pelo gramado do Kleber Andrade.

19h55 CAPA PRETA. Jogadores do Rio Branco se preparam pra entrar em campo usando uma capa preta, alusão ao apelido do clube.

19h56 ORGANIZADAS. Máfia Espírito Santo, Máfia Azul e Cachazeiros, do Cruzeiro, e Comando Alvinegro, do Rio Branco, estão presentes.

19h59 TIMES em campo, Cruzeiro de azul/branco/azul. Rio Branco de branco/preto/branco.

20h03 REENCONTRO. Mayke conversa com Alexandre Grasselli no gramado e revela que o atual treinador do Rio Branco foi quem o trocou da meia pra lateral.

20h07 COMEÇA. Rio Branco dá a saída. Cruzeiro está à direita das tribunas.

01 Arrascaeta ataca ela direita, defesa capapreta se livra da bola.

02 Allano parado com falta por Ivan.

03 Willian pressiona, Poriguar cede lateral.

04 PERIGO. Ivan ataca pela destra e cruza, Willi chega atrasado e não arremata.

05 GOL. Arrascaeta ataca pela direita, entra na área e cruza pra trás. Willian finaliza, Walter dá rebote, Marcos Vinícius toca pra rede. CRUZEIRO 1×0.

06 FABRÍCIO sentiu dores na coxa, por isto, Allano está na lateral esquerda.

07 Cruzeiro controla o jogo tocando bola.

08 Deivid pede pra Marcos Vinícius jogar nas costas do lateral direito.

09 Henrique aparece libre na área capixaba, mas erra a finalização.

10 Allano parado com falta na pontesquerda.

11 Alisson cobra falta na pontesquerda, Walter tira de soco.

12 Cruzeiro troca passes na defesa.

13 Willi derrota Allano.

14 Alisson tenta invadir a área, defesa capapreta impede.

15 TORCIDA CELESTE faz grande festa.

16 Marcos Vinícius recebe bola na entrada da área capixaba, mas domina com o braço.

17 Henrique é o volante que mais sai pro jogo.

18 Felipe Capixaba tenta um contrataque, Bruno Rodrigo cerca e ele volta com a bola pra seu campo.

19 Cabral chuta forte da entrada área, Walter espalma.

20 Alisson cobra corner na esquerda, Bruno Rodrigo cabeceia, Walter defende.

21 LUCIANO DIAS, repórter do Esporte Interativo, diz que Deivid treinou muito a bola parada devido às falhas defensivas no jogotreino contra o Villa Nova.

22 GRAMADO não é excepcional, mas também não é nenhum terrão.

23 Felipe Capixaba finaliza da entrada da área, bola quica e sai rente ao poste esquerdo.

24 Bola na área celeste, Mayke cede corner.

25 Mayke desarma Willi na lateral da área celeste.

26 MÁFIA AZUL já provoca as frangas, com ofensas tradicionais.

27 CACHAZEIROS e MÁFIA AZUL, com faixas no alambrado.

28 AMARELO. Cabral, por falta em Ivan.

29 Willian tenta acionar Alisson, Jonathan intercepta o passe na entrada da área.

30 Alisson tenta invadir área capixaba, mas é impedido por Jonathan.

31 Allano vai ao fundo e cruza. Bequeira corta.

32 Ratinho sai na maca.

33 Alisson levanta bola na área, Bruno Rodrigo cabeceia pra fora.

34 Allano ataca pela esquerda, defesa capixaba cede corner.

35 Corner cobrado, Arrascaeta finaliza, Walter defende.

36 Alisson encara Marco Antônio e se joga, Varejão manda seguir o jogo.

37 VT mostra que houve falta em Alisson, mas o tombo dele convenceu o juiz de que era simulação.

38 BALIZA. Willian acerta um balaço no travessão.

39 Arrascaeta cruza direita, Willian erra cabeceio.

40 Alisson na pontesquerda, Marcos Vinícius na pontadestra.

41 Flávio tenta tabelar com Ivan, que dá canelada e joga bola pela linha de fundo.

42 ONZE capapretas na defesa. Cruzeiro troca passes.

43 Ivan cruza, Bruno Rodrigo fira, Mayke cede corner.

44 Rio Branco cobra dois escanteios seguidos, nada acontece.

45 FIM de 1º tempo.

INTERVALO

21h06 DEIVID: “Foi bom, tivemos dois erros de compactação, mas valeu a pena. Daqui a dez, quinze minutos, vamos trocar todo mundo”.

21h11 TROCAS. Manoel x Dedé, Marcos Vinícius x Sanchez Miño.

21h12 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

46 Miño desce pela esquerda e cruza rasteiro. Willian ajeita, Arrascaeta arremata, pra fora.

47 Alisson cobra falta, defesa capixaba cede corner.

48 Willian cobra corner, Dedé cabeceia, defesa espana.

49 Arrascaeta recupera e passa a bola a Willian, que chuta. Bola por cima do travessão.

50 Gugu invade a área celeste, Mayke cede corner.

51 Ivan cobra corner, Dedé corta de cabeça.

52 Arrascaeta e Miño tentam jogada na pontesquerda, defesa carapeta impede.

53 PERIGOSA. Alisson derrubado por Jonathan Potiguar, quase em cima da risca da grande área.

54 Alisson cobra falta, bola na barreira, ele mesmo apanha o rebote e chuta forte, Walter defende em dois tempos.

55 Cruzeiro troca passes na defesa.

56 TROCA. Willi x Cleyton Gladiador.

57 DEFESAÇA. Willian arremata após troca de passes do Cruzeiro na área celeste. Walter defende.

58 TROCAS. Cabral x Bruno Edgar, Mayke x Fabiano, Allano x Douglas Coutinho, Bruno Rodrigo x Bruno Viana, Arrascaeta x Rafael Silva, Henrique x Uillian Correia, Alisson x Pisano, Cabral x Xavier, Willian x Rafael Silva

59 TROCA. Gugu x Berg.

60 Torcida grita o nome de Dedé.

61 Começa outro jogo, com tantas modificações.

62 CRUZEIRO: Fábio, Fabiano, Dedé, Viana, Miño; Bruno Edgar, Correia; Pisano, Xavier, Coutinho; Silva.

63 WILLIAN BIGODE autografa camisas na torcida do Rio Branco.

64 HENRIQUE completou 300 jogos com a azul-estrelada.

65 FÁBIO atinge a marca de 667 jogos defendendo o arco celeste.

66 Fabiano tenta passe pra Rafael Silva, defesa capixaba corta.

67 Xavier ataca pela direita e ganha corner.

68 Xavier cobra corner, Coutinho cabeceia, Walter cede outro corner.

69 TROCA. Felipe Capixaba x Cleiton.

70 Xavier faz ótimo lançamento pra Silva, que arremata pra fora.

71 Rafael Monteiro faz aquecimento com treinador de goleiros.

72 Fabiano chuta na cara do gol, Walter faz defesa espetacular.

73 TROCAS. Jonathan Potiguar x Diego Baiano, André x Gabriel Louzada.

74 ESTILO. Cruzeiro troca passes insistentemente.

75 TROCA. Fábio x Rafael Monteiro.

76 Rafael Monteiro tem 26 anos, a metade no Cruzeiro.

77 TROCA. Ivan x Alves.

78 DEIVID dirige o Cruzeiro pela segunda vez. Na primeira, pelo Brasileiro 2015, o time venceu a Ponte Preta por 2×1 em Campinas.

79 GOL. Xavier lança Coutinho, que cabeceia, Walter rebate, bola bate em Rafael Silva e vai pra rede. CRUZEIRO 2×0.

80 Dedé recua de cabeça pra Rafael Monteiro.

81 MATHEUS CHAVES, comentarista do PHD: “Cruzeiro trocou constantemente de posições no ataque e trocou passes curtos pra chegar ao gol adversário. A recomposição e o sistema de marcação quase não puderam ser avaliados, dada a fragilidade do adversário. A impressão geral foi boa e o 2º tempo mostrou um projeto de 3-4-3 inusitado”.

82 DEFESAÇA. Xavier solta uma bomba do bico da pequena área, Walter espalma.

83 Cruzeiro não diminuiu o ritmo com a entrada dos reservas.

84 Dedé erra, Cleyton Gladiador fica com a bola, Bruno Edgar conserta o lance e afasta o perigo.

85 Cleyton Gladiador sente a dividida com Bruno Edgar e sai na maca.

86 Cruzeiro troca passes.

87 Cleyton Gladiador volta a campo.

88 Marcação do Cruzeiro é implacável, Rio Branco tem dificuldade de atacar.

89 Dedé faz lançamento de 50 metros pra Miño na esquerda. Jogada dá em nada.

90 Pisano solta bomba da entrada da área, bola sai rente ao poste direito.

91 TORCIDAS dos dois times cantaram em tempo integral.

92 FIM de jogo. Muito domínio pra poucos gols.

RIO BRANCO 0x2 CRUZEIRO, quarta-feira, 20jan16, 20h. TEMPO nublado, temperatura 22º, vento 8 Km/h, umidade 78%. LOCAL: Kleber Andrade (21 mil), gramado razoável, Cariacica, Espírito Santo. MOTIVO: Amistoso. TRANSMISSÃO: Esporte Interativo. PÚBLICO: 10.000 (estinativa). ARBITRAGEM: Felipe Varejão, Carlos Depizzol, Valberson Zanotti, capixabas. AMARELO: Cabral (C). GOLS: Marcos Vinícius, 5, Rafael Silva, 79. RIO BRANCO: Walter; Ivan (Ramon Alves, 78), Marco Antônio, Jonathan Potiguar, Ratinho; Leo Oliveira, André Luiz (Gabriel Louzada, 76), Flávio; Willy (Cleiton Gladiador, 57), Gugu (Berg, 62), Felipe Capixaba (Cleiton, 70) T: Alexandre Grasseli. CRUZEIRO: Fábio (Rafael Monteiro, 75); Mayke (Fabiano, 59), Manoel (Dedé, intervalo), Bruno Rodrigo (Bruno Viana, 60), Allano (Rafael Silva, 60); Henrique (Uillian Correia, 59), Cabral (Bruno Ramires, 59); Arrascaeta (Gabriel Xavier, 60), Marcos Vinícius (Sánchez Miño, intervalo), Alisson (Pisano, 60); Willian (Douglas Coutinho, 60). T: Deivid. HISTÓRICO. Foi o 18º Cruzeiro x Rio Branco, nenhum decidindo título. O Cruzeiro venceu 7 perdeu 7, empatou 4. marcou 24 gols, sofreu 19. HISTÓRICO. Foi 17º jogo entre os dois times, nenhum valendo título. Cruzeiro venceu 7, perdeu 7, empatou 3, mascou 24 gols, sofreu 19.

Jogo-treino: Cruzeiro 1×2 Villa Nova

domingo, 17 de janeiro de 2016

CRUZEIRO fez jogo-treino contra o Villa Nova, neste domingo , na Toca II.

A atividade encerrou-se aos 83 minutos devido à chuva.

CRUZEIRO 1×2 VILLA NOVA, 17jan16dom10h. TEMPO chuvoso, temperatura 21º, vento 11 Km/, umidade 95%. LOCAL: tToca da Raposa II, Belo Horizonte. MOTIVO: Jogo-treino. GOLS: Soares (2), Arrascaeta, todos no 1º tempo.  CRUZEIRO: Fábio (Rafael Monteiro); Fabiano (Mayke), Manoel (Dedé), Bruno Rodrigo (Bruno Viana), Fabrício (Allano); Henrique (Uillian Correa), Cabral (Sánchez Miño); Marcos Vinícius (Pisano), Arrascaeta (Coutinho) , Alisson (Xavier); Willian (Rafael Silva). T: Deivid. VILLA NOVA: Thiago Leal; Thiago Baiano, Rafael Morisco, Gabriel, Marcelo Tchê; Marcinho Pitbull, Marielson, Roger Guerreiro, Mancini; Thiago Sylvi, Soares (Kerlon). T: Wilson Gottardo.

Quadrangular de BH 1952: Cruzeiro, vice

terça-feira, 16 de junho de 2015

Um pouco de história pra distrair o pessoal que só pensa em etiquetas.

Em 1952, foi disputado em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, o Torneio José de Paula Jr, com os seguintes jogos:

  1. AméricaMG 3×1 AtléticoMG, na preliminas de Fluminense 2×0 Cruzeiro, em 22jun, no Independência.
  2. Fluminense 2×1 AméricaMG, na preliminar de Cruzeiro 4×0 AtléticoMG, em 25jun, na Alameda.
  3. AtléticoMG 2×1 Fluminense, na preliminar de Cruzeiro 5×1 AméricaMG, em 29jun, no Independência.

Cruzeiro e Fluminense terminaram empatados em 1º lugar, com 4 pontos, enquanto AméricaMG e AtléticoMG somaram apenas 2.

Pelo regulamento, o título seria do tricolor, que era visitante, mas os cartolas mineiros pediram e os cariocas aceitaram um jogo desempate, que se realizou no Distrito Federal..

O Cruzeiro foi ao Rio e perdeu por 3×2.

  • CRUZEIRO 0x2 FLUMINENSE, 09jul52, Independência (20 mil), Belo Horizonte, gols de Orlando, 28 e 40. Juiz: Eunápio de Queiroz, carioca. CRUZEIRO: Bernard, Licinho e Dirceu; Adelino Torres (Roque), Pampolini e Mussi; Chiquinho (Lezio), Barra Mansa (Ildeu), Abelardo, Nelsinho e Raimundinho. T: Colombo. FLUMINENSE: Castilho, Píndaro e Pinheiro; Jair Marinho, Edson e Bigode; Telê Santana (Robson), Orlando (Villa Lobos), Simões (Carlyle), Didi (Marinho) e Quincas. T: Zezé Moreira.
  • CRUZEIRO 4×0 ATLÉTICO-MG, 25jun52. Alamed (12 mil), Belo Horizonte, gols de Chiquinho, 16 e 38, Barra Mansa, 51 e 80. Juiz: Willer Costa, mineiro. CRUZEIRO: Bernard, Licinho e Dirceu; Adelino Torres (Roque), Pampolini e Mussi; Chiquinho, Barra Mansa, Abelardo, Nilson e Raimundo (Otti). T: Colombo. ATLÉTICO-MG: Sinval, Afonso Bnadejão e Osvaldo; Clever, Zé do Monte (Tam) e Haroldo Lopes da Costa; Vavá, Mauro (Antoninho), Ubaldo, Lêro (Tião) e Amorim. T:
  • CRUZEIRO 5×1 AMÉRICA-MG, 29jun52, Independência (20 mil), Belo Horizonte, Harvey, 22, Pampolini, 34, Chiquinho, 46, Abelardo, 54, Barra Mansa, 64, Pampolini, pênalti, 74, Juiz: Elmo Sanches, mineiro. CRUZEIRO: Bernard, Licinho e Dirceu (Costinha); Adelino Torres (Roque), Pampolini e Mussi; Chiquinho, Barra Mansa (Gibi), Abelardo (Ildeu), Nilsinho e Raimundinho. T: Colombo. AMÉRICA-MG: Aldo, Gaia e Gainha; Pedrinho, Jair (Hélio Torres) e Wilson I; Wilson II, Harvey, Otávio, Petrônio, Toledinho (Jair). T:
  • FLUMINENSE 3×2 CRUZEIRO, 09jul52, Rua Álvaro Chaves, Laranjeiras (12 mil), Rio de Janeiro, 3.697 pagantes, Cr$79.148. Juiz: Willer Costa, mineiro. Gols: Sabu, 30, Pampolini, 33, Quincas, pênalti, 35, Orlando, 43 e 91. FLUMINENSE: Castilho, Píndaro e Pinheiro;  Jair, Edson (Victor) e Bigode; Telê Santana (Robson), Orlando (Villas Boas), Simões (Marinho), Didi e Quincas (Carlyle). T: Zezé Moreira. CRUZEIRO: Bernard; Licinho e Dirceu; Adelino Torres, Pampolini e Mussi; Chiquinho, Barra Mansa (Nelsinho), Abelardo, Guerino Isoni (Ildeu) e Sabú (Raimundinho). T: Colombo.

Seleção Ibirité 0x4 Cruzeiro: Reservas se divertem

quinta-feira, 12 de março de 2015

CRUZEIRO contra Seleção de Ibirité, no Municipal, amistoso, às 20h de 12mar15.

O jogo segundo o portal SUPERESPORTES (condensado):

O Cruzeiro começou partindo pra cima do time da casa, que se organizou defensivamente pra não sofrer gols. O time de Marcelo Oliveira tinha como meta manter o ritmo, mas sem forçar em jogadas que pudessem gerar contusões. Riascos e Joel pelos lados, Judivan pelo meio, e Henrique Dourado como centroavante, formaram o quarteto ofensivo celeste. Logo no início, Judivan perdeu chance de marca, após jogada de Riascos. Aos 7, foi a vez da outra dupla do quarteto ser protagonista. Joel cruzou e Henrique Dourado cabeceou pra grande defesa de Jordan. O time da casa só chegou ao ataque aos 23, em cruzamento de Thiago, que Rafael Monteiro neutralizou. Saí em diante, a zaga celeste não foi mais incomodada. Ainda no 1º tempo, Charles marcou um gol, que o árbitro anulou  alegando toque de mão antes da finalização. Nos primeiros segundos da etapa final, Douglas Grolli marcou, mas também não valeu. Apesar dos gols invalidados, o Cruzeiro estava disposto a definir logo a partida e aos 51, Marcos Vinicius passou a Joel, que abriu o placar. No minuto seguinte, Joel foi o garçom pra Neilton fazer 2×0. Aos 55, Henrique Dourado deixou a sua marca, aproveitando cruzamento da direita. Depois de cozinhar o jogo por algum tempo, o Cruzeiro voltou a marcar. Aos 74, Fabiano sofreu pênalti, convertido por Joel, com chute rasteiro no canto direito. Cruzeiro 4×0.

SELEÇÃO DE IBIRITÉ 0x4 CRUZEIRO, quinta-feira, 12mar15, 20h. TEMPO bom, temperatura 22º, vento 5 Km/h, umidade 88%. Municipal (8 mil), Ibirité/MG. MOTIVO: Amistoso. TRANSMISSÃO: TV Cruzeiro. PÚBLICO: 4.000. AMARELOS: Nikolas, Gigante, Briola (I), Charles, Pará, Manoel (C). GOLS: Joel, 51, Neilton, 52, Henrique Dourado, 55, Joel, 74. SELEÇÃO IBIRITÉ: Jordan (Aidan), Wesley, Briola, Daniel e Nikolas; Tiago (Batata), Bala, Mateus e Gigante (Vitinho); Guilherme e Thiago. T: CRUZEIRO: Rafael (Elisson); Fabiano, Manoel, Douglas Grolli (Alex) e Pará (Breno Lopes); Charles (Eurico) e Eurico (Bruno Edgar); Joel, Judivan (Neilton) e Riascos (Marcos Vinicius); Henrique Dourado (Gabriel Xavier). T: Marcelo Oliveira.

Cruzeiro 1×0 Minas Boca: Gol de Henrique Dourado

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O Cruzeiro venceu o Minas Boca, de Sete Lagoas, por 1×0, em jogotreino disputado nesta quinta, na Toca da Raposa II.

O centroavante Henrique, recém contratado, perdeu um pênalti, aos 23, e fez o gol único da partida, aos 44.

No 2º tempo, que teve apenas 35 minutos, entraram no time celeste, Fabrício (B), Breno Lopes (L), Felipe Seymour (V) e Marcos Vinícius (M).

Comentários do SUPERESPORTES:

O atacante Henrique teve momentos distintos. Primeiro, perdeu um pênalti, batendo fraco, no canto inferior esquerdo pra defesa de Ranuli. Ainda no 1º tempo, ele se redimiu e marcou na saída do goleiro, depois de tabela com Joel. No meio-campo, o volante Willians teve participação destacada, com muitos desarmes, fundamento que é considerado o seu forte. Ele ganhou praticamente todas as divididas. Ele e Judivan foram os melhores do treino. Até por terem sido acionados poucas vezes, os zagueiros Paulo André e Douglas Grolli não se mostraram tanto pro técnico Marcelo Oliveira. A dupla se manteve firme enquanto esteve em campo.  Já o lateral-esquerdo Pará teve atuação mais discreta, sem comprometer. No 2º tempo, ele chegou a ser deslocado para o meio-campo quando Breno Lopes substituiu Judivan.

CRUZEIRO 1×0 MINAS BOCA, 12fev15, 16h, TEMPO bom, temperatura 30º, vento 6 Km/h, umidade 53%. LOCAL: Toca da Raposa II, Belo Horizonte. MOTIVO:  Jogotreino. GOL: Henrique, 44. CRUZEIRO: Rafael Monteiro, Alex, Paulo André (Fabrício), Douglas Grolli (Felipe Seymour) e Pará; Willians e Bruno Edgar; Joel, Judivan (Breno Lopes) e Neilton; Henrique (Marcos Vinícius). T: Marcelo Oliveira. MINAS BOCA: Ranule; Tales, Marcão, Vaguinho e Betão; Hugo, Caixeta, Guilherme e Glauco; Patrick e Paulo Marcelo.

Judivan apresentou, de novo, suas credenciais

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 1×1 SHAKHTAR DONETSK, amistoso, no Mané Garrincha, Brasília, às 17h de 25jan15.

TORCIDA CELESTE não compareceu em grande número, provavelmente, por conta dos altos preços dos ingressos. Ou por conta do desmanche do time campeão brasileiro. A turma que compareceu jogou melhor que o time, apoiando, cantando, gritando e vaiando a franguinha Bernard. (Síndico)

FABIO trabalhou bem, principalmente numa bola cara-a-cara com Bernard, no 2º tempo. Não teve culpa no gol. (Ernesto Araujo)

MAYKE não esteve bem, sem as fazer as ultrapassagens e os cruzamentos precisos de sempre. (Ernesto Araujo)

FABIANO jogou bem, de novo. Tem personalidade e não se intimida quando pode avançar. (Síndico)

LEO SIMÕES teve dificuldades no começo, mas foi se acertando com Bruno Rodrigo até estabilizar a bequeira. No ataque, quase fez um gol, quando acertou cabeçada que fez a bola acertar a baliza. (Síndico)

BRUNO RODRIGO não foi mal, embora no começo tenha sido envolvido pela troca de passes do Shaktar. Com o passar d tempo ele e Leo se acertaram e a defesa ficou mais estável. (Ernesto Araujo)

GILSON foi discreto na defesa e no apoio. (Ernesto Araujo)

BRENO LOPES passou despercebido. (Síndico)

HENRIQUE, muito envolvido com a proteção à defesa, pouco ajudou na armação. A justificativa é simples: o meio campo do campeão ucraniano é excelente, muito superior a qualquer um do futebol brasileiro. (Síndico)

SEYMOUR, envolvido no início da partida, com o passar d0 tempo, passou a proteger melhor a defesa. Pouco contribuiu na armação. (Ernesto Araujo)

BRUNO EDGAR mostrou boa disposição física e tática, mas nenhum entrosamento com o restante do time. (Síndico)

MARQUINHOS fez um 1º tempo fraco; no 2º melhorou consideravelmente. (Ernesto Araujo)

JULIO BATISTA tentou fazer o seu melhor e esteve perto de marcar um gol, mas não provou que pode tomar conta da posição e resolver o problema da substituição de Ricardo Goulart. (Ernesto Araujo)

WILLIAM, fraco na etapa inicial, melhorou junto com o time no 2º tempo. No todo, atuação insuficiente. (Ernesto Araujo)

LEANDRO DAMIÃO mostrou muita vontade no 1º tempo, mas foi pouco acionado no 2º. Foi dele o passe para o gol do Judivan. (Ernesto Araujo)

JUDIVAN exagerou um pouco do voluntarismo em algumas jogadas, mas foi firme e não desistiu no lance do gol. (Ernesto Araujo)

JOEL correu menos coma bola do que atrás dos ucranianos. Parece que ainda não foi apresentado aos colegas. (Síndico)

NEILTON lutou e conduziu a bola quando pôde, mas não criou problemas sérios pra defesa ucraniana. (Síndico)

CRUZEIRO foi mal à beça na primeira meia hora, melhorou na parte final dessa etapa. No 2º tempo, jogou melhor até empatar. Depois, deu uma segurada e não criou nada de muito relevante. (Ernesto Araujo)

SHAKHTAR DONETSK é um time bem arrumado, que joga com bola rasteira, produzindo tabelas e jogadas de profundidade em boa quantidade. Com boa defesa e um lateral direito acima da média, teria complicado muito mais a vida do campeão brasileiro, se não tivesse perdido seu centroavante logo no começo da partida. Seria candidato ao título brasileiro, se disputasse o Morrinhão. (Síndico)

TRIO DE ARBITRAGEM não cometeu erros. (Síndico)

Schulman: “Lampejos de bom futebol e corpos travados”

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 1×1 SHAKHTAR DONETSK, amistoso, no Mané Garrincha, Brasília, às 17h de 25jan15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: No 1º tempo, fomos envolvidos e pecamos não só na marcação, mas pela saída lenta, que permitia ao adversário se recompor rapidamente. Nos primeiros 30 minutos foi assim, mas no final do 1º tempo o Cruzeiro esboçou uma reação. No 2º, melhoramos. O Shakhtar é uma equipe bem formada, com brasileiros de alta técnica. E nós estamos em formação e ainda perdemos o Alisson, o Willian Farías e o Everton Ribeiro. A gente quer conviver com vitórias, mas às vezes o teste serve mais pra ganhar ritmo. E foi bom nesse sentido. O torcedor de Brasília não está todo dia indo ao estádio, mas nos incentivou. Ele não viu aquele Cruzeiro de 2013 e 2014, mas viu que pressionamos e mostramos espírito de luta. Os jovens do Cruzeiro são muito bem formados. Ano passado, tivemos Wallace, Vinícius Araújo. Os jovens podem ser a solução de um eventual problema. Hoje, fiquei satisfeito não só com o Bruno Edgar, mas também com o Judivan.

JUDIVAN, atacante do Cruzeiro: Eu tinha acabado de entrar, estava com gás, no pique. Marcelo pediu pra pegar a bola e ir pra cima, arriscar. Aí eu tive a oportunidade e a sorte porque a bola bateu e voltou em mim. Foi um belo gol e eu estou muito feliz. Pude entrar e ajudar o Cruzeiro. Eu estou trabalhando pra isso, Marcelo sabe trabalhar isso de trazer um jogador da base para o profissional.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: A gente está formando uma nova equipe nesta pré-temporada, com a chegada de alguns jogadores e a saída de muitos outros. Hoje, tivemos muita dificuldade, mas criamos oportunidades. Vai ser difícil a gente se entrosar novamente, mas vamos fazer uma nova equipe. Esperamos novas contratações pra fazer uma equipe mais forte pra buscar dos títulos.

CELESTE CAMPOS, no PHD: O Cruzeiro começou mal e se acertou um pouco com o andamento do jogo. Foi um bom teste. Creio que aos poucos Marcelo Oliveira vai consegiur remontar o time. O Judivan, além de bom, parece que tem estrela e isso é importante. Mayke e Henrique jogaram menos do que sabem. A dupla de zaga foi bem. Leandro procurou o jogo, mas precisa de um garçon. JB também mostrou vontade. Seymour, Gilson, William e Marquinhos estiveram mal. Este último deveria ser negociado. Nunca me agradou. Bruno Edgar parece promissor.

JORGE SCHULMAN, no PHD: Cruzeiro teve a cara de um time que inicia a temporada, com lampejos de futebol e corpos travados, mais ainda sabendo que os olhos de todo o mundo, nós incluídos, estão postos no tsunami da saída da espinha dorsal do time. Hoje, não senti firmeza no Seymour, no Marquinhos, nem no Mike (a cabeça dele está balançada também).