Arquivo da Categoria ‘Amistosos’

Cruzeiro 1×0 Minas Boca: Gol de Henrique Dourado

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O Cruzeiro venceu o Minas Boca, de Sete Lagoas, por 1×0, em jogotreino disputado nesta quinta, na Toca da Raposa II.

O centroavante Henrique, recém contratado, perdeu um pênalti, aos 23, e fez o gol único da partida, aos 44.

No 2º tempo, que teve apenas 35 minutos, entraram no time celeste, Fabrício (B), Breno Lopes (L), Felipe Seymour (V) e Marcos Vinícius (M).

Comentários do SUPERESPORTES:

O atacante Henrique teve momentos distintos. Primeiro, perdeu um pênalti, batendo fraco, no canto inferior esquerdo pra defesa de Ranuli. Ainda no 1º tempo, ele se redimiu e marcou na saída do goleiro, depois de tabela com Joel. No meio-campo, o volante Willians teve participação destacada, com muitos desarmes, fundamento que é considerado o seu forte. Ele ganhou praticamente todas as divididas. Ele e Judivan foram os melhores do treino. Até por terem sido acionados poucas vezes, os zagueiros Paulo André e Douglas Grolli não se mostraram tanto pro técnico Marcelo Oliveira. A dupla se manteve firme enquanto esteve em campo.  Já o lateral-esquerdo Pará teve atuação mais discreta, sem comprometer. No 2º tempo, ele chegou a ser deslocado para o meio-campo quando Breno Lopes substituiu Judivan.

CRUZEIRO 1×0 MINAS BOCA, 12fev15, 16h, TEMPO bom, temperatura 30º, vento 6 Km/h, umidade 53%. LOCAL: Toca da Raposa II, Belo Horizonte. MOTIVO:  Jogotreino. GOL: Henrique, 44. CRUZEIRO: Rafael Monteiro, Alex, Paulo André (Fabrício), Douglas Grolli (Felipe Seymour) e Pará; Willians e Bruno Edgar; Joel, Judivan (Breno Lopes) e Neilton; Henrique (Marcos Vinícius). T: Marcelo Oliveira. MINAS BOCA: Ranule; Tales, Marcão, Vaguinho e Betão; Hugo, Caixeta, Guilherme e Glauco; Patrick e Paulo Marcelo.

Judivan apresentou, de novo, suas credenciais

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 1×1 SHAKHTAR DONETSK, amistoso, no Mané Garrincha, Brasília, às 17h de 25jan15.

TORCIDA CELESTE não compareceu em grande número, provavelmente, por conta dos altos preços dos ingressos. Ou por conta do desmanche do time campeão brasileiro. A turma que compareceu jogou melhor que o time, apoiando, cantando, gritando e vaiando a franguinha Bernard. (Síndico)

FABIO trabalhou bem, principalmente numa bola cara-a-cara com Bernard, no 2º tempo. Não teve culpa no gol. (Ernesto Araujo)

MAYKE não esteve bem, sem as fazer as ultrapassagens e os cruzamentos precisos de sempre. (Ernesto Araujo)

FABIANO jogou bem, de novo. Tem personalidade e não se intimida quando pode avançar. (Síndico)

LEO SIMÕES teve dificuldades no começo, mas foi se acertando com Bruno Rodrigo até estabilizar a bequeira. No ataque, quase fez um gol, quando acertou cabeçada que fez a bola acertar a baliza. (Síndico)

BRUNO RODRIGO não foi mal, embora no começo tenha sido envolvido pela troca de passes do Shaktar. Com o passar d tempo ele e Leo se acertaram e a defesa ficou mais estável. (Ernesto Araujo)

GILSON foi discreto na defesa e no apoio. (Ernesto Araujo)

BRENO LOPES passou despercebido. (Síndico)

HENRIQUE, muito envolvido com a proteção à defesa, pouco ajudou na armação. A justificativa é simples: o meio campo do campeão ucraniano é excelente, muito superior a qualquer um do futebol brasileiro. (Síndico)

SEYMOUR, envolvido no início da partida, com o passar d0 tempo, passou a proteger melhor a defesa. Pouco contribuiu na armação. (Ernesto Araujo)

BRUNO EDGAR mostrou boa disposição física e tática, mas nenhum entrosamento com o restante do time. (Síndico)

MARQUINHOS fez um 1º tempo fraco; no 2º melhorou consideravelmente. (Ernesto Araujo)

JULIO BATISTA tentou fazer o seu melhor e esteve perto de marcar um gol, mas não provou que pode tomar conta da posição e resolver o problema da substituição de Ricardo Goulart. (Ernesto Araujo)

WILLIAM, fraco na etapa inicial, melhorou junto com o time no 2º tempo. No todo, atuação insuficiente. (Ernesto Araujo)

LEANDRO DAMIÃO mostrou muita vontade no 1º tempo, mas foi pouco acionado no 2º. Foi dele o passe para o gol do Judivan. (Ernesto Araujo)

JUDIVAN exagerou um pouco do voluntarismo em algumas jogadas, mas foi firme e não desistiu no lance do gol. (Ernesto Araujo)

JOEL correu menos coma bola do que atrás dos ucranianos. Parece que ainda não foi apresentado aos colegas. (Síndico)

NEILTON lutou e conduziu a bola quando pôde, mas não criou problemas sérios pra defesa ucraniana. (Síndico)

CRUZEIRO foi mal à beça na primeira meia hora, melhorou na parte final dessa etapa. No 2º tempo, jogou melhor até empatar. Depois, deu uma segurada e não criou nada de muito relevante. (Ernesto Araujo)

SHAKHTAR DONETSK é um time bem arrumado, que joga com bola rasteira, produzindo tabelas e jogadas de profundidade em boa quantidade. Com boa defesa e um lateral direito acima da média, teria complicado muito mais a vida do campeão brasileiro, se não tivesse perdido seu centroavante logo no começo da partida. Seria candidato ao título brasileiro, se disputasse o Morrinhão. (Síndico)

TRIO DE ARBITRAGEM não cometeu erros. (Síndico)

Schulman: “Lampejos de bom futebol e corpos travados”

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 1×1 SHAKHTAR DONETSK, amistoso, no Mané Garrincha, Brasília, às 17h de 25jan15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: No 1º tempo, fomos envolvidos e pecamos não só na marcação, mas pela saída lenta, que permitia ao adversário se recompor rapidamente. Nos primeiros 30 minutos foi assim, mas no final do 1º tempo o Cruzeiro esboçou uma reação. No 2º, melhoramos. O Shakhtar é uma equipe bem formada, com brasileiros de alta técnica. E nós estamos em formação e ainda perdemos o Alisson, o Willian Farías e o Everton Ribeiro. A gente quer conviver com vitórias, mas às vezes o teste serve mais pra ganhar ritmo. E foi bom nesse sentido. O torcedor de Brasília não está todo dia indo ao estádio, mas nos incentivou. Ele não viu aquele Cruzeiro de 2013 e 2014, mas viu que pressionamos e mostramos espírito de luta. Os jovens do Cruzeiro são muito bem formados. Ano passado, tivemos Wallace, Vinícius Araújo. Os jovens podem ser a solução de um eventual problema. Hoje, fiquei satisfeito não só com o Bruno Edgar, mas também com o Judivan.

JUDIVAN, atacante do Cruzeiro: Eu tinha acabado de entrar, estava com gás, no pique. Marcelo pediu pra pegar a bola e ir pra cima, arriscar. Aí eu tive a oportunidade e a sorte porque a bola bateu e voltou em mim. Foi um belo gol e eu estou muito feliz. Pude entrar e ajudar o Cruzeiro. Eu estou trabalhando pra isso, Marcelo sabe trabalhar isso de trazer um jogador da base para o profissional.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: A gente está formando uma nova equipe nesta pré-temporada, com a chegada de alguns jogadores e a saída de muitos outros. Hoje, tivemos muita dificuldade, mas criamos oportunidades. Vai ser difícil a gente se entrosar novamente, mas vamos fazer uma nova equipe. Esperamos novas contratações pra fazer uma equipe mais forte pra buscar dos títulos.

CELESTE CAMPOS, no PHD: O Cruzeiro começou mal e se acertou um pouco com o andamento do jogo. Foi um bom teste. Creio que aos poucos Marcelo Oliveira vai consegiur remontar o time. O Judivan, além de bom, parece que tem estrela e isso é importante. Mayke e Henrique jogaram menos do que sabem. A dupla de zaga foi bem. Leandro procurou o jogo, mas precisa de um garçon. JB também mostrou vontade. Seymour, Gilson, William e Marquinhos estiveram mal. Este último deveria ser negociado. Nunca me agradou. Bruno Edgar parece promissor.

JORGE SCHULMAN, no PHD: Cruzeiro teve a cara de um time que inicia a temporada, com lampejos de futebol e corpos travados, mais ainda sabendo que os olhos de todo o mundo, nós incluídos, estão postos no tsunami da saída da espinha dorsal do time. Hoje, não senti firmeza no Seymour, no Marquinhos, nem no Mike (a cabeça dele está balançada também).

Cruzeiro 1×1 Shakhtar Donetsk: Judivan salvou

domingo, 25 de janeiro de 2015

CRUZEIRO, campeão brasileiro, contra o Shakhtar Donetsk, campeão ucraniano, amistoso, no Mané Garrincha, em Brasília.

MARCELO OLIVEIRA: ”Eu iria colocar o Willian Farias, mas ele está com dores musculares. O Felipe Seymour entrou bem, mostrou ser um jogador que se comunica em campo, orienta e encurta a marcação”.

Football Club Shakhtar Donetsk, laranja e preto, fundado em 24mai36, Estádio Donbass Arena (52 mil), Donetsk, Leste da Ucrânia, Presidente Rinat Akhmetov, Treinador Mircea Lucescu, Patrocinador СКМ, Material esportivo Nike, 9 vezes campeão da Ucrânia (01–02, 04–05, 05–06, 07–08, 09–10, 10–11, 11–12, 12–13, 13–14) 9 vezes campeão da Copa da Ucrânia (94–95, 96–97, 00–01, 01–02, 03–04, 07–08, 10–11, 11–12, 12-13) 6 vezes campeão da Supercopa da Ucrânia (05, 08, 10, 12, 13, 14), 4 vezes campeão da Copa da União Soviética (61, 62, 80, 83) 1 vez campeão da Supercopa da União Soviética (83).

O JOGO

16h58 Um minuto de silêncio pelos mortos na Guerra Civil da Ucrânia.

16h59 GABRIEL PENSADOR está no centro do gramado pra dar o pontapé inicial.

17h. COMEÇA o jogo. Cruzeiro à direita das tribunas. Shakhtar dá a saída.

01 Marquinhos chuta, bola sem direção.

02 Felipe Seymour desfaz ataque do Shakhtar.

03. UNIFORMES. Cruzeiro, com o tradicional; Shakhtar, com camisas de listras verticais laranjas e pretas, calções e meias pretas.

04 TORCIDA não ocupa sequer 10% do estádio, mas está animada.

05 Júlio Baptista invade a área do Shakhtar, mas é desarmado. Torcida pede falta, juiz manda seguir o lance.

06 EVERTON RIBEIRO foi sacado do jogo e está nas tribunas, porque o Cruzeiro acertou sua venda ao Al Ahli, de Dubai, Emirados Árabes.

07 Bola recuada com perigo pro goleiro Anton Kanibolotskiy, que quase se complica.

08 Mayke vai à linha de fundo, mas é desarmado e fica só com um lateral.

09 BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Fabiano, Breno Lopes, Eurico, Bruno Edgar, Judivan, Joel, Neilton.

10 Ismaily avança pela pontesquerda, mas o cruzamento não chega ao capitão Srna.

11  BANCO o Shakhtar Donetsk: Sarnavskiy (G), Volovyk, Ordets, Kucher, Malyshev (B), Shevchuk, Márcio Azevedo (L), Fernando (V), Fred, Douglas Costa (M), Wellington Nem, Bernard, Dentinho, Gladkiy (A).

12 ORGANIZADAS: Jovem, Loucos pelo Cruzeiro e China Azul estenderam suas faixas no Estádio Nacional.

13 BALIZA Srna cruza, Stepanenko cabeceia, bola trisca no travessão e sai pela linha de fundo.

14 GOL. Taison serve Alex Teixeira, que entra na área celeste pela direita e solta uma bomba, cruzada. Fábio salta, mas não alcança. Bola entra no canto direito. SHAKHTAR 1×0.

15 O campeão ucraniano trabalha bem a bola, envolve a defesa celeste e o gol saiu com naturalidade, fruto de um futebol de melhor qualidade do que o do desentrosado campeão brasileiro.

16 Luiz Adriano choca-se de cabeça com Bruno Rodrigo e sai de campo pra receber atendimento médico.

18 Shakhtar trama bola envolvendo defesa celeste, até IIsinho finalizar, por cima do travessão.

19 Mayke cruza da direita, Damião arremata de puxeta. Tiro de meta pro Shakhtar.

20 Willian cruza da esquerda, Marquinhos, na meialua, não consegue dominar a bola.

21. Luiz Adriano cai de novo. Médico invade o campo sem autorização do juiz.

22 TROCA Luiz Adriano x Gladkiy.

23 TORCIDA celeste canta alto.

24 Júlio Baptista ajeita pra Willian, que é desarmado na meialua ucraniana.

25 Boa trama ofensiva do Shakhtar, Srna cruza da direita, bola bate em Gilson e não chega à área celeste.

26 Henrique vira o jogo pra Mayke na direita. Bola escapa, lateral pro Shakhtar.

27 Após boa trama do ataque ucraniano, Srna cruza da direita, Fábio defende pelo alto.

28 Escanteio pro Shakhtar, na esquerda. Ucranianos dominam amplamente.

29 Escanteio cobrado com toque curto, defesa celeste recupera a bola.

30 DÁ DÓ ver esse Cruzeiro jogando.

31 Stepanenko derruba Leandro Damião a 15 passos da entrada da área ucraniana.

32 Willian cobra falta, defesa afasta.

33 Marlos passa por vários cruzeirenses, mas é desarmado por Seymour, na intermediária celeste.

34 Damião recebe um tijolo de lançamento, defesa despacha a bola.

35 Júlio Baptista e Henrique saem rapidamente da defesa pro ataque, mas o passe pra Marquinhos é ruim. Lateral pros ucranianos.

36 Mayke cruza da direita, bola acerta costas de Ismaily e sai pela lateral.

37 Srna comete falta em Marquinhos. Júlio Baptista cobra, confusão na área, Damião chuta, bola desvia na defesa, escanteio.

38 BALIZA. Willian cobra corner pela direita, Leo Simões cabeceia, bola acerta o poste esquerdo do arco ucraniano.

39 Júlio Baptista passa a Gilson, que cruza da esquerda. Damião chega na dividida dentro da área, Bola sai pela linha de fundo. Juiz marca tiro de meta.

40 POSSE DE BOLA: Shakhtar, 56%.

41 Shakhtar troca passes, Cruzeiro fica na roda. Gilson derruba Srna na lateral esquerda celeste.

42 Marquinhos dribla o marcador e cruza direita, Kryvtsov se antecipa a Damião e corta de cabeça.

42’30” FALTAS: Shakhtar 6×3.

43 ONZE cruzeirenses em seu campo de defesa.

44 Gilson, livre na esquerda, consegue chutar a bola pra lateral.

45 Bola sobre a área celeste, Henrique corta de cabeça. Juiz marca falta sobre ele.

46 Taison e Alex Teixeira bagunçam a defesa celeste, Srna cruza da direita, Leo Simões espana.

47 FIM de 1º tempo. Cruzeiro, desentrosado, não viu a cor da bola. Shakhtar mostrou organização e bom toque de bola.

INTERVALO

18h07 Times voltam a campo.

18h09 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

00 TROCAS. Felipe Seymour x Bruno Edgar, Taison x Bernard, Marlos x Douglas Costa, Ilsinho x Fred, Stepanenko x Fernando, Kryvtsov x Kucher.

46 Douglas Costa na direita, corta pra dentro e chuta rasteiro. Fábio encaixa.

47 Mayke recebe de Júlio Baptista, entorta seu marcador, e devolve a La Bestia. Defesa laranja espana.

48 Bola recuada na fogueira, Fábio se vira pra limpar sua área.

49 Cruzeiro trabalha bola no ataque, mas não consegue finalizar.

50 Cruzeiro avança marcação, mas só consegue um lateral na direita.

51 Willian chuta da entrada da área, bola desvia na defesa e engana o goleiro, mas sai pela linha de fundo.

52 Willian cobra escanteio na esquerda, bola quica na área, bequeira espana.

53 DEFESAÇA. Taison limpa jogada e enche o pé da entrada da área, Fábio se vira pra defender.

54 QUASE. Marquinhos serve Júlio Baptista, que protege a bola, escora o beque e arremata. Bola sai tirando tinta no poste esquerdo.

55 DEFESAÇA. Taison põe Bernard na cara do gol, Fábio sai do arco e abafa o chute da franguinha.

56 Alex Teixeira carrega a bola no campo celeste, mas dá o passe pra Mayke, que sai jogando.

57 VAIA pra franga Bernard, toda vez que ela pega na bola.

58 Marquinhos tenta armar o time pelo meio, mas perde a bola bisonhamente.

59. TROCA Júlio Baptista x Joel.

60 CHOVE em Brasília.

61 Rakistkiy lança Ismaily na esquerda. Mayke chega na marcação, mas recebe falta.

62 Damião tenta ajudar na saída de bola, mas passa a um adversário estragando o lance.

63 Srna cruza da direita, bola explode em Bruno Rodrigo. Escanteio pela direita.

64 TROCAS Rakistkiy x Ordets, Ismaily x Márcio Azevedo,

65 Torcida aplaude o garoto Judivan.

66 Judivan recebe lançamento, dispara rumo ao gol deixando Fred pra trás, entra na área e arremata com o pé direito. Goleiro defende também com o pé direito, bola sobra pro garoto celeste, que chuta de novo, desta vez, com a canhota. Bola na rede. CRUZEIRO 1×1.

67 Alex Teixeira solta uma bomba da entrada da área, bola passa por cima do travessão.

68 Henrique derruba Fred na entrada da área.

69 Douglas Costa cobra, bola pra fora, sem perigo pra Fábio.

70 TROCA. Mayke x Fabiano.

71 Contrataque puxado por Douglas Costa termina em tiro de meta pro Cruzeiro.

72 SOMOS LOUCOS, SOMOS CRUZEIRO, canta a torcida celeste.

73 Bruno Edgar desarma ataque ucraniano na meialua celeste.

74 Leandro Damião escorrega e perde o contrataque, Shakhtar parte pra cima, Douglas pega de prima uma bola cruzada, que passa por cima do travessão.

75 Douglas Costa entorta Bruno Rodrigo e cruza da esquerda, Leo Simões cede corner.

76 PÚBLICO. 6.872 pagantes, renda de R$511.480, média R$74.

77 TROCA. Willian x Neilton.

78 AMARELO. Fred, por derrubar Neilton, que arrancava rumo ao arco ucraniano.

79 Neilton cobra falta levantando a bola, fácil, fácil pro goleiro.

80 Alex Teixeira cruza da direita, Bruno Rodrigo cede corner. Fábio defende cobrança.

81 ESCANTEIOS. Shakhtar 9×1.

82 TROCAS. Gilson x Breno Lopes, Alex Teixeira x Malyshev.

83 Damião se atira em bola rebatida pelo goleiro e quase consegue alcançá-la.

84 TROCA Srna x Dentinho.

85 Mircea Lucescu trina o Shakhtar há 11 anos. Time é muito entrosado e joga com bola rasteira.

86 Neilton cobra corner na esquerda, defesa corta, Joel tenta ficar com a bola, mas não consegue dominá-la.

87 Judivan disputa com Gladkiy no meiocampo e fica caído.

88 Neilton cobra falta, Damião tenta, mas não alcança a bola, na área dos laranjas.

89 Bernard cobra corner na esquerda, Gladkiy cabeceia, bola sai à direita de Fábio.

90 Neilton marca Márcio Azevedo, com força e impede a saída de bola do time ucraniano.

91 Fabiano cruza da direita, defesa corta, Neilton também cruza, defesa volta a cortar.

92 Douglas Costa rola pra Gladkiy, que chuta forte, de dentro da área celeste. Fábio encaixa.

93 Leo Simões derruba Douglas Costa, na meiuca, impedindo que ele arme ataque.

94 FIM de jogo. Ucranianos foram melhores, mostraram mais entrosamento, criaram mais oportunidades, mas não contavam com a força e decisão do garoto Judivan, que em sua 4ª partida com a azul estrelada fez um belo gol.

MELHOR DO JOGO. Fábio, que fez duas defesaças. Judivan, pelo gol, Taison, Alex Teixeira, pelo toque de bola e jogadas cerebrais também se destacaram.

CRUZEIRO 1×1 SHAKHTAR DONETSK, domingo, 25jan15, 17h. TEMPO bom, temperatura 22º, vento 8 Km/h, umidade 94%. LOCAL: Estádio Nacional Mané Garrincha (73 mil, cancha de 105x68m), Brasília. MOTIVO: Amistoso. TRANSMISSÃO: Globo Minas e Fox. PÚBLICO: 6.872 pagantes, R$511.480, média de R$74. ARBITRAGEM: Wanderley Soares de Macedo, de Brasília. AMARELOS: Fred (S). GOLS: Alex Teixeira, 14, Judivan, 66. CRUZEIRO: Fábio; Mayke (Fabiano), Leo Simões, Bruno Rodrigo e Gilson (Breno Lopes); Henrique e Felipe Seymour (Bruno Edgar); Marquinhos (Judivan), Júlio Baptista (Joel) e Willian (Neilton); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. SHAKHTAR DONETSK: Anton Kanibolotskiy; Srna (Dentinho), Kryvtsov (Kucher), Rakitskiy (Ordets) e Ismaily (Márcio Azevedo); Stepanenko (Fernando) Ilsinho (Fred), Alex Teixeira (Malyshev) e Marlos (Douglas Costa); Taison (Bernard) e Luiz Adriano (Gladkiy). T: Mircea Lucescu. HISTÓRICO: Foi o primeiro jogo entre os dois times.

Celsinho, o dono do jogo das estreias frustrantes

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no LONDRINA 1×0 CRUZEIRO, amistoso disputado em Londrina, às 17h de 18jan15.

FÁBIO fez duas grandes defesas e não teve chance na falta cobrada por Celsinho, que resultou no gol do jogo.

RAFAEL MONTEIRO se virou pra cortar os escanteios bem cobrados por Celsinho e ainda salvou um gol se atirando aos pés de Kanu.

CEARÁ teve trabalho com as descidas de Alan Vieira. No ataque, tentou um chute, que não acertou o alvo.

FABIANO fez um bom cruzamento que quase resulta em gol de Damião.

MANOEL começou completamente pirado, correndo atrás de todo mundo de azul escuro que estava coma bola e deixando buracos na bequeira  celeste. Mas como ficou em campo o tempo todo, teve tempo de se recuperar e arrumar a casa na frente do arco celeste. No mais, salvou um gol de Kanu, em sociedade com Rafael, e atrapalhou um de Leandro Damião.

LEO SIMÕES bem posicionado, mas lento.

BRUNO RODRIGO não comprometeu.

BRENO LOPES razoável na marcação e no apoio. Mais boa vontade do que inspiração. No gol tirou a cabeça da reta e vendeu Fábio.

HENRIQUE, completamente fora de forma, foi desarmado pelos adversários ao invés de desarmá-los, como de costume.

FELIPE SEYMOUR teve atuação discretíssima.

LUCAS SILVA deu um chute espetacular em cobrança de falta e quase mais nada. Cansou e pediu pra sair no intervalo.

WILLIAN FARIAS, como sempre, boa vontade e pouco técnica.

EVERTON RIBEIRO tentou jogar, mas não conseguiu pois enquanto os adversários estavam entusiasmados, seus companheiros de time dormiam em campo. De saco cheio, pediu pra sair no intervalo.

JOEL não fez nada pelos lados, nem pelo miolo do ataque. Estreia adiada.

JÚLIO BAPTISTA foi o melhor do time, buscando jogadas, enfiando bolas nas costas da bequeira do Londrina. Sofreu um pênalti que não foi marcado e não fez a falta que resultou no gol. Mas o juiz achou que fez e o Cruzeiro se lascou.

MARQUINHOS bateu um monte faltas, nenhum aproveitável. Foi mal como armador pelo meio e também como armador pelas beiradas.

WILLIAN deu um chute a gol, sem grande perigo pro adversário. Correu, mas nada construiu.

JUDIVAN entrou entusiasmado querendo levar a bola no peito e na raça, mas foi logo contido pela defesa local.

LEANDRO DAMIÃO deu uma cabeçada em que a bola, amortecida pelo gramado fofo, ficou com o goleiro, foi atrapalhado por Manoel em lance que poderia ter marcado de cabeça e deu uma arrancada que terminou em chute rasteiro, encaixado pelo goleiro.

NEILTON começou bem, tentando combinar jogadas com os companheiros que desciam pela direita, mas não emplacou uma digna de registro e acabou sumindo.

MARCELO OLIVEIRA não teve tempo pra reorganizar o time que perdeu quatro titulares e já deve ter percebido que terá trabalho pra tal.

CRUZEIRO, sem inspiração, sem pegada, e desentrosado, não deu pressão. No fim, o meiatacante Celsinho disse, com propriedade, que no Paranaense não haverá moleza e marcação frouxa com a deste jogo. Isto diz tudo sobre a atuação celeste.

LONDRINA foi um time entusiasmado, que não se deixou abater pelo gramado fofo, nem pela canícula. Dominou o jogo de cabo a rabo e só não fez mais gols porque Fábio e Rafael não permitiram. Celsinho deu show, com arrancadas, boas cobranças de escanteio, belos passes e um golaço.

ÁRBITROS interferiram no placar. Quer dizer, o juiz interferiu ao não marcar pênalti de Silvio em Júlio Baptista. Um dos bandeiras prejudicou o Londrina marcando impedimento inexistente de Kanu. O outro, o que anulou o gol de Bidia, acertou tudo.

Marcelo Oliveira: “Amistoso fora do planejado”

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do LONDRINA 1×0 CRUZEIRO, amistoso disputado em Londrina, às 17h de 18jan15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Este amistoso não estava no planejamento. Aconteceu na negociação do Joel. Viemos pelo compromisso, mesmo sabendo que com 11 dias de trabalho o time não ia render fisicamente, nem teria mobilidade. Mas a acreditávamos na técnica, que é muito boa, e no entrosamento de um time que está junto há muito tempo. Porém, encontramos um adversário apoiado pela torcida, correndo muito e num estágio diferente do nosso. Fizeram pré-temporada em dezembro, descansaram e a manutenção agora, o que se evidenciou no 1º tempo. Além disto, estava muito quente e o campo fofo. Muitos jogadores pediram pra sair, casos de Lucas Silva e Everton Ribeiro. No 2º tempo, melhoramos um pouco, apesar de termos sofrido dois contrataques perigosos. Mas nosso time melhorou fisicamente e conseguiu chegar mais vezes. Quero vencer sempre, mesmo em jogos-treino e amistosos, mas a gente precisa saber perder e tirar ensinamentos. Teremos um ano difícil e precisamos nos aprimorar e treinar cada vez mais.

JÚLIO BAPTISTA, meiatacante do Cruzeiro: É muito precipitado avaliar o time, agora. Só temos 10 dias de trabalho. O amistoso valeu a pena, porque mostra que a gente tem que melhorar muita coisa. Mas temos mais à frente, no Mineiro e na Libertadores. Temos que chegar bem nesses jogos. Também foi difícil jogar com um calor tão excessivo e o gramado muito alto dificultou muito o jogo.

CELSINHO, meiatacante do Londrina: Vitória importante porque foi contra o Cruzeiro.Vencemos o Santacruzense no meio de semana por 4×1 e não deu repercussão tão grande quanto esta. Agora, você começar com gol contra o bicampeão brasileiro é óbvio que empolga demais as pessoas que estão fora. Nós, jogadores, não. Nós sabemos que nosso estadual é diferente do que é a equipe do Cruzeiro. Ele não te permite essa movimentação. É um campeonato mais pegado.

FÁBIO CAISAVARA, no Jornal de Londrina: Desde o início, o LEC teve mais iniciativa. No 1º minuto, Celsinho fez boa jogada pela direita e só foi parado por Breno. Pouco depois, o Londrina balançou as redes: Alan Vieira avançou pela esquerda e tocou pra Neílson, que deu leve toque na bola e a deixou pra Bidía mandar pro gol. Mas Neílson já estava impedido. O Cruzeiro pouco ameaçou o Tubarão e só após a parada técnica pteve sua primeira chance. Em cobrança de falta, Lucas Silva bateu na cara da bola, que foi quente. Vítor fez boa defesa. Afora isso, nem Joel –ex-LEC– ajudou o Cruzeiro a sair do zero. O ponta Iago também foi destaque infernizando a defesa mineira. Na última jogada do 1º tempo, sofreu falta na entrada da área. Sem Rone Dias, o cobrador oficial, coube a Celsinho a tarefa de lidar com a bola parada. Em uma cobrança magistral, o camisa 10 colocou a bola por sobre a barreira e decretou o placar final da partida. O 2º tempo foi moroso, com 18 substituições e pouco futebol.

JOÃO CHIABI DUARTE, no PHD: Jogador que tem medo da bola não pode ficar na base da barreira, nem que a vaca tussa!

T8, no PHD: Ainda dá tempo de emprestar o Marquinhos!

Londrina 1×0 Cruzeiro: Bola murcha

domingo, 18 de janeiro de 2015

CRUZEIRO contra Londrina, no Estádio do Café, às 17h deste domingo, 18jan15, amistoso.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Fabiano, Bruno Rodrigo, Felipe Seymour, Willian Farias, Joel, Judivan, Marquinhos, Neilton, Mayke e Alisson.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “O amistoso é preparatório, mas você tem que conviver com conquistas. Mas, lógico, quando as competições começarem, o foco maior será na Libertadores. Tem que focar na Libertadores e no Brasileirão. Tem que estar muito forte, talvez tenha que trocar para priorizar essas competições”.

BANCO do Londrina: Marcelo, Matheus, Lino, Anderson, Marcondes, Rone Dias, Guilherme Amorim, Raí Ramos, Fabinho, Kanu, Quirino e Diego Deynser.

CLÁUDIO TENCATI, técnico do Londrina: “São clubes que brilharam em 2014, cumprindo suas metas. Vou escalar o que temos de melhor e estou contente pelo fato de o Cruzeiro vir com seu elenco completo. Servirá pra medir nossa força pro início do Paranaense e pro jogo contra o Santos pela Copa do Brasil”.

INGRESSOS: Até a véspera, R$40 e R$20 (meia). No setor coberto, R$60 e R$30 (meia). No dia do jogo, R$60 e R$30 (meia) na arquibancada, e R$90 e R$45 (meia) no setor coberto. Da renda, 5% serão doados ao Centro de Apoio ao Paciente com Câncer em Tratamento com Quimioterapia e Radioterapia de Londrina. Torcedores acima de 60 anos, professores, estudantes e doadores de sangue pagam meia entrada, com apresentação de comprovante no ato da compra.

TRANSMISSÃO: SporTV 2, com narração de Eusébio Resende e comentários de Roger Flores.

HISTÓRICO: Cruzeiro e Londrina se enfrentaram 9 vezes. Cruzeiro venceu 5, perdeu 2, empatou 2, marcou 14 gols, sofreu 8.

O JOGO

16h55 Times em campo. Cruzeiro todo de branco, Londrina todo de azul escuro, com finas listras brancas na camisa.

17h HINOS do Paraná e do Brasil.

17h05. COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda das tribunas, dá a saída.

01 Hiago cruza da esquerda, Celsinho aparece na área, mas a defesa celeste corta, cedendo corner.

02 Celsinho cobra corner, defesa celeste corta.

03 Ceará, Leo Simões e Manoel trocam passes no campo defensivo.

04 Everton Ribeiro recebe passe de Júlio Baptista na direita e cruza. Defesa do Londrina afasta parcialmente, bola volta pra Everton, que tenta de novo. Vitor defende.

05. ANULADO. Allan cruza da esquerda, Neílson, impedido, desvia. Fábio defende parcialmente, Bidía manda bola pra rede, mas o bandeira marca o offside.

06. PÚBLICO pequeno. Uma faixa pede que o povo de Londrina torça só pelo time da cidade.

07. Londrina troca passes tentando encontrar brechas na defesa celeste.

08. Leo Maringá lança, mas Bidía recebe em posição de impedimento.

09 Breno Lopes tenta jogada individual, mas é desarmado.

10 Hiago cabeceia bola cruzada, bola desvia em Ceará e sai a escanteio.

11 Celsinho cobra escanteio com força, Dirceu não consegue dominar a bola.

12 Leo Simões comete falta na frente da área celeste. Leo Maringá e Celsinho se preparam pra cobrar.

13 Celsinho manda bola pra área, Germano tenta, mas a defesa do Cruzeiro tira a bola de sua área.

14 Cruzeiro troca passes sem pressa.

15 Manoel lança, mas exagera na força e Henrique não a alcança. Tiro de meta pro Londrina.

16 PERDEU. Hiago recebe passe rasteiro na frente de Fábio, mas não domina a bola e perde o gol.

17 SUBSTITUIÇÕES. Cada técnico poderá trocar 11 jogadores.

18 Willian cruza para a área, buscando Leandro Damião, Dirceu antecipa-se e corta.

19 Hiago recebe passe longo, Fábio sai do gol e defende com segurança.

20 LONDRINA domina a partida. Está mais a fim de jogo e o meia Celsinho cria problemas pra defesa celeste, que está desentrosada, com sérios problemas de cobertura.

21 Dirceu chega antes de Damião e fica com a bola. Bem marcado, centroavante não aparece no jogo.

22. Lucas Ramon cruza da direita, Leo Maringá conclui, bola resvala em Ceará e sai a corner.

23 HIDRATAÇÃO. Jogadores bebem água e recebem instruções.

24. Em 2014, Londrina conquistou o título paranaense e subiu da Série D para a C do Brasileiro.

25 ROGER GALERA, comentarista do SporTV: “O Cruzeiro vai sofrer pela falta de Ricardo Goulart, que estava voando. E o Leandro Damião, que vem pra substituir Marcelo Moreno, deixa a torcida na expectativa de que ele possa reviver bons momentos que teve no Internacional”.

26 RECOMEÇA o jogo.

27. ENGOLIU O APITO? Lucas Silva cobra falta com uma pedrada, Victor defende parcialmente, Júlio Baptista não consegue pegar o rebote porque é agarrado por Sílvio. Pênalti que o juiz não viu.

28 HOMENAGEM. Antonio Denival de Morais, 45 anos, está encerrando sua carreira de juiz profissional.

29 Everton Ribeiro cobra corner na esquerda, Germano corta de cabeça.

30. BOA TRAMA. Júlio Baptista lança Leandro Damião na área. O centroavante cruza, Willian tenta ajeitar pro arremate de Júlio Baptista, defesa corta.

31 DEFESAÇA. Hiago recebe lançamento longo, sozinho dentro da área. Fábio sai do arco e defende aos pés do atacante.

32 Lucas Ramon toma bola de Lucas Silva e cruza da direita. Bola atravessa área celeste, ninguém aparce pra desviá-la.

33 ORGANIZADAS. Motozeiros e Máfia Azul presentes no Estádio do Café. Do Londrina, a Sangue Azul.

34 Ceará corta pra dentro e chuta do bico da área, pela direita. Leandro Damião tenta concluir, mas não alcança a bola, que sai à direita de Victor.

35 Celsinho cobra corner na direita, Silvio sobe sozinho e cabeceia. Bola passa por cima do travessão.

36 Germano está sendo atendido fora de campo.

37 Marcelo Oliveira manda time pro ataque. Júlio Baptista tenta passe pra Leandro Damião, mas não o encontra.

38 Ceará desarma ataque do Londrina na lateral direita celeste.

39 Everton Ribeiro cobra falta, Manoel cabeceia, bola sai pela linha de fundo.

40 PERIGO. Celsinho Bidia e Neilson trocam passes dentro da área celeste. Leo Simões impede o arremate.

41. DEFESAÇA. Celsinho deixa Leo Simões pra trás e enche o pé. Fábio defende.

42 Leo Maringá e Celsinho tabelam dentro da área celeste. Manoel trava Maringá impedindo arremate.

43. Falta a favor do Londrina na entrada da área celeste.

44 GOL. Celsinho cobra falta, na entrada da área, com curva. Na barreira, Breno Lopes tira a cabeça da reta, bola entra rente ao poste esquerdo sem chance pra Fábio. LONDRINA 1×0.

45 FIM de 1º tempo. Sem acréscimos, nem mesmo do tempo de hidratação.

CELSINHO: “O gol é fruto de treinamento intenso de faltas. O professor cobra e fala que uma bola parada pode decidir o jogo. Hoje, fomos felizes e saímos na frente.

LEANDRO DAMIÃO: Perdemos algumas chances, mas o time está se encaixando bem. Só falta mesmo sair o gol”.

INTERVALO

18h10. COMEÇA o 2º tempo.

00 TROCAS. Everton Ribeiro x Joel, Júlio Baptista x Marquinhos, Lucas Silva x Willian Farias, Ceará x Fabiano, Fábio x Rafael Monteiro, Neílson x Henry Kanu.

46 Celsinho cobra corner com força, bola passa por todo mundo e fica com a defesa celeste.

47 O lateral-direito Fabiano, ex-Chapecoense e uma das novidades do Cruzeiro para 2015, cruza com qualidade, e Leandro Damião cabeceia no canto. Vitor defende.

48 Breno Lopes cruza, defesa do Londrina afasta parcialmente, na entrada da área. Willian pega mal na bola, que sai pela linha de fundo.

49 Willian é derrubado por Germano no lado direito do ataque celeste.

50 Allan passa por Rafael, mas é bloqueado na hora do cruzamento. Escanteio pro Londrina.

51 Leandro Damião e Leo Simões não alcançam bola cruzada sobre a área alviceleste.

52 Celsinho cobra corner na esquerda, Rafael Monteiro defende pelo alto.

53. Damião faz o pivô, dentro da área, Willian chuta forte, cruzado. Bola sai esquerda de Victor.

54 Hiago desarma Henrique e lança Kanu, que é controlado por Breno Lopes.

55 Breno Lopes cruza da esquerda, Sílvio corta de cabeça.

56 Marquinhos cobra falta, por elevação, Manoel cabeceia, bola sai à esquerda de Victor.

57 Marquinhos está jogando pelo meio, na posição que era de Ricardo Goulart.

58 Manoel atrasa pra Rafael Monteiro, que despacha a bola pra longe.

59 Damião sofre falta, levanta-se, arranca rumo ao gol e chuta rasteiro. Victor defende.

60 Kanu recebe em posição legal, arranca e só para nas mãos de Rafael Monteiro, que sai a seus pés. Bandeira marca impedimento e erra.

61 Bruno Lopes vai à linha de fundo, pela esquerda, e cruza. Willian arremata fraco, bola fica com a bequeira alviceleste.

62 TROCAS. Willian x Judivan, Henrique x Felipe Seymour, Leo Maringá x Anderson.

63 Hiago passa a Allan Viera, que é desarmado por Manoel na área celeste. Corner.

64 Celsinho cobra corner na esquerda, Rafael Monteiro corta de soco, no alto.

65 TROCA Hiago x Quirino.

66 Judivan recebe de Manoel, avança rumo ao arco londrinense, mas é calçado por Germano.

67 Marquinhos cobra falta, na entrada da área, muito mal, pra fora.

68 TROCA. Leo Simões x Bruno Rodrigo.

68’30″ Quirino recebe passe de Anderson, na esquerda. Fabiano empurra bola pra corner.

69 Celsinho cobra corner na esquerda, Rafael Monteiro corta pelo alto.

70 Londrina trabalha bola no lado direito da defesa celeste, Anderson arremata rasteiro, fraquim. Rafael Monteiro defende.

70’30″ Damião tenta arrematar de bicicleta, juiz marca falta sobre o beque.

71 TROCA. Celsinho x Rone Dias.

72 PÚBLICO. 2.637 pagantes, 3.119 presentes, R$71.880.

73 Willian Farias lança da meiuca procurando Joel. Victor encaixa, sem problemas.

74 Fabiano comete falta em Quirino, Na cobrança, Kanu apronta confusão na área celeste, até Manoel ceder corner.

75 TROCA. Leandro Damião x Neilton.

76 Marquinhos cobra falta na meiesquerda, Victor corta de soco.

76’30″ TROCA. Allan Vieira x Lino.

77 Fabiano cruza da direita, Bidia corta dentro da área.

78 AMARELO. Willian Farias, por uma rasteira em Lucas Ramon.

79 Judivan lança Joel, que para na defesa de Victor.

80 Kanu faz boa jogada pela esquerda e cruza pra trás. Rone Dias chega atrasado e arremata mal.

81 Judivan recebe passe de Neilton, mas cruza mal, muito alto, pra ninguém.

82 Kanu desarma Willian Farias, mas é desarmado por Bruno Rodrigo, perdendo o contrataque.

83 TROCA. Sílvio x Marcondes.

84 AMARELO Anderson, por falta em Neilton.

85 TROCAS. Bidia x Fabinho, Germano x Guilherme Amorim.

86 Fabiano cruza da direita, Marquinhos ajeita, defesa impede arremate de Neilton.

87. DEFESAÇA. Kanu recebe lançamento de Anderson, invade a área, Rafael sai a seus pés evitando o gol, Manoel aparece na cobertura e cede corner resolvendo de vez a encrenca.

88 Cruzeiro troca passes na entrada da área alviceleste, mas a defesa não permite a conclusão.

89 PERDEU. Rone Dias recebe bola de Anderson, mas arremata mal, perdendo gol certo.

90. Fabiano cruza da direita, Joel cabeceia mal, pra fora.

90’30″ MELHOR DO JOGO. Celsinho, fácil, fácil. Nem precisa de votação. Ele fez de tudo, inclusive o gol da partida.

91. FIM de jogo. Londrina merecia vitória mais folgada. Cruzeiro fez péssima estreia na temporada, sem inspiração e com pouca vontade de jogar.

GERMANO: “A equipe se comportou bem, mas é início de temporada, ainda tem que corrigir muita coisa”.

DAMIÃO: Tem muito o que melhorar, mas é só começo de temporada. É manter a pegada do ano passado que, com certeza, vamos conquistar títulos.”

LONDRINA 1×0 CRUZEIRO, domingo, 18jan15, 16h. TEMPO bom, temperatura 35º, vento 8 Km/h, umidade 50%. LOCAL: Estádio do Café (35 mil, cancha de 105x70m), Londrina, 380 Km a norte de Curitiba, 550 mil habitantes. MOTIVO: Amistoso para pagamento de parte do passe do centroavante Joel. TRANSMISSÃO: SporTV. PÚBLICO: 2.637 pagantes, 3.119 presentes, R$71.880. ARBITRAGEM: Antonio Denival de Morais, Marcos Rogério e Alessandro Mori, trio paranaense. AMARELOS: Willian Farias (Cru), Anderson (Lon). GOL: Celsinho, falta, 44. CRUZEIRO: Fábio (Rafael Monteiro); Ceará (Fabiano), Manoel, Leo Simões (Bruno Rodrigo) e Breno Lopes; Henrique (Felipe Seymour), Lucas Silva (Willian Farias), Everton Ribeiro (Joel) e Júlio Baptista (Marquinhos); Willian (Judivan) e Leandro Damião (Neilton). T: Marcelo Oliveira. LONDRINA: Victor; Lucas Ramon, Dirceu, Silvio (Marcondes) e Allan Vieira (Lino); Germano (Guilherme Amorim), Bidia, Leo Maringá (Anderson) e Celsinho (Rone Dias); Hiago (Quirino) e Neílson (Henry Kanu). T: Cláudio Tencati. HISTÓRICO: Foi o 10º Cruzeiro e Londrina. O Cruzeiro venceu 5, perdeu 3, empatou 2, marcou 14 gols, sofreu 9.

E vai rolar a bola…

sábado, 17 de janeiro de 2015

Cruzeiro já está em Londrina pra enfrentar, amanhã, o campeão paranaense. Viajaram:

  • Fábio , Rafael Monteiro (G), Ceará, Fabiano, Mayke, Breno Lopes (L), Bruno Rodrigo, Leo Simões, Manoel (B), Felipe Seymour, Henrique, Lucas Silva, Willian Farias (V), Júlio Baptista, Alisson, Everton Ribeiro, Marquinhos (M), Joel, Judivan, Leandro Damião, Neilton e Willian (A).

Escale seu time, caro leitor.

O meu já está escalado: todos entram em campo, como sói acontecer nesses amistosos avacalhados de pretemporada,

Cruzeiro 3×0 Valeriodoce: Jogotreino com gol de Neilton

terça-feira, 5 de agosto de 2014

CRUZEIRO contra Valeriodoce, de Itabira, da 3ª Divisão do Campeonato Mineiro, jogotreino nesta terça-feira, na Toca II.

GOLS, segundo Angel Drumond, do site do Cruzeiro: O primeiro foi marcado por Willian depois de um cruzamento de Alisson. O segundo foi de Dagoberto, batendo pênalti sofrido por Tinga. O terceiro foi uma pintura. Neilton recebeu na entrada da área, deu uma caneta no zagueiro e bateu fora do alcance do arqueiro, golaço.

(mais…)

Cruzeiro 0×2 América: Jogotreino com Nílton e Willian

terça-feira, 29 de julho de 2014

Cruzeiro 0×2 América, em jogotreino, nesta segunda, na Toca II.

Nílton voltou, após um período se recuperando de lesão no joelho. Willian jogou, após o encerramento da novela de sua contratação ao Metalist. Também participaram os jovens Neilton, Eurico, Judivan e Hugo.

CRUZEIRO 0×2 AMÉRICA-MG, 28jul14, segunda-feira, Toca da Raposa II, Belo Horizonte, jogotreino. Gols: Júnior Negão e Magrão no 1º tempo. CRUZEIRO: Rafael Monteiro; Mayke, Alex, Manoel e Egídio; Willian Farias, Nilton, Tinga e Marlone; Dagoberto e Willian. T: Marcelo Oliveira. Entraram no 2º tempo: Eurico, Neilton, Hugo e Judivan. AMÉRICA-MG: João Ricardo; Júnior Lemos, César Lucena, Renato Santos e Eduardo; Diego, Magrão, Doriva e Tchô; Ricardinho e Júnior Negrão. T: Moacir Júnior. Entraram no 2º tempo: Lucas Silva, Dinei, Rubens e Thiago Santos.