Brasil 5×0 El Salvador: Dedé jogou só um tempo

Por SÍNDICO | Em 11 de setembro de 2018

BRASIL contra El Salvador, em Washington. Dedé será titular. Olho na TV!

BRASIL 5×0 EL SALVADOR, 11set18ter21h30. TEMPO nublado, temperatura 20º, vento 6 Km/h, umidade 94%. LOCAL: FedEx Field (92 mil), Landover, Maryland, Estados Unidos. MOTIVO: amistoso. TRANSMISSÃO: Globo e Sportv. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Jair Marrufo, Corey Rockwell, Corey Parker (Estados Unidos). AMARELOS: Neymar, Felipe, Alfaro, Orellana. GOLS: Neymar, 3 (p), Richarlison, 16, Coutinho, 29, Richarlison, 50, Marquinhos, 89. BRASIL: Neto; Militão, Marquinhos, Dedé (Felipe, 46), Alex Sandro; Casemiro (Fred, 46), Arthur (Andreas, 69), Douglas (Willian, 53), Coutinho (Everton, 53), Neymar, Richarlison (Paquetá, 53). T: Tite. EL SALVADOR: Hernández; Tamacas, Mendoza, Domínguez, Barahona; Baires (Álvarez, 30) (Xavier, 65), Alfaro (Orellana, 35), Flores (Castro, 72); Cerén, Alas (Corea, 46); Pineda. T: Carlos de os Cobos.

24 comentários para “Brasil 5×0 El Salvador: Dedé jogou só um tempo”

  1. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO devia deixar Dedé jogar em paz e descansar. Escala o Manoel contra o Palmeiras e o Dedé contra a Franga e contra o Boca. Não precisa dessa loucura de resgatar o caboclo e submete-lo a uma viagem maluca pra jogar um dia depois.

  2. SÍNDICO disse:

    FEDEX FIELD, a casa dos Redskins, é o maior estádio da NFL.

  3. SÍNDICO disse:

    BRASIL 4×0 EL SALVADOR, Estados Unidos, 1994, gols de Romário, Bebeto, Zinho e Raí.
    BRASIL 4×0 EL SALVADOR, Estados Unidos, 1996, Copa Ouro, gols de Edmundo, Romário e Élber (2x).

  4. SÍNDICO disse:

    BRASIL 4×0 EL SALVADOR, 12jun94, amistoso, Bulldog Football Stadium, Fresno, Estados Unidos. Juiz: Brian Hall (Estados Unidos). Amarelo: Rivero. Gols: Romário, 17, Bebeto, 28, Zinho, 48, Raí, 60. BRASIL: Zetti; Jorginho, Ricardo Rocha, Ricardo Gomes (Márcio Santos), Leonardo (Branco); Dunga, Mauro Silva; Raí (Mazinho), Bebeto (Viola), Zinho; Romário (Müller). T: Parreira. EL SALVADOR: Meléndez, Gómez (Cruz), Joya (Rivera), Geovanni, Cárcamo; Estrada, Vázquez (Batres), Cienfuegos, Contreras (Henríquez); Arce, Coreas (Herrera). T: Dojcinovski.

  5. SÍNDICO disse:

    BRASIL 4×0 EL SALVADOR, 08fev98, Copa Ouro da Concacaf, Coliseu, Los Angeles. Juiz:: Rodrigo Badilla Sequeira (Costa Rica). Amarelos: Castro, Edmundo, Rodríguez, Gols: Edmundo, 10, Romário, 43, Elber, 46 e 47. BRASIL: Taffarel; Zé Maria (Russo), Flávio Conceição, Gonçalves, Júnior; Mauro Silva, Marcos Assunção, Zinho; Denílson (Sérgio Manoel), Romário, Edmundo (Elber), Romário. T: Zagallo. EL SALVADOR: Alfaro, Cárcamo (Renderos), Rojas, Vicevic, Iraheta; Castro, Cienfuegos, Rodríguez, Rivera (Cruz); Cerritos (González), Israel Castro. T: Dojcinovski.

  6. SÍNDICO disse:

    NEYMAR, aos 26 anos, já marcou 349 gols defendendo o Brasil, Santos, Barcelona e Paris.

  7. SÍNDICO disse:

    RINALDO MARTORELLI, presidente do Sindicato Nacional dos Atletas Profissionais e do Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo e ex-presidente da Federação Nacional dos Atletas de Futebol Profissional da Divisão Américas da Federação Internacional de Futebolistas Profissionais, condena a atitude de Cruzeiro e Flamengo, mas se diz de mãos atadas para proteger os jogadores pelo fato de os atletas se sujeitarem às exigências dos dirigentes. “A gente sempre resistiu a esse tipo de situação, sempre lutamos por um intervalo de pelo menos 66 horas entre os jogos para que o atleta pudesse se recuperar. É o que os pareceres de fisiologia nos dizem. Mas nós atuamos de forma coletiva. Individualmente também, o cara tem que querer. Essa discussão começou lá atrás, quando o Santos mandou buscar o Neymar (depois de um amistoso da Seleção Brasileira). Eles aceitando essa condição é uma pena, a gente não pode fazer nada além de lamentar que as coisas sejam assim”. O artigo 25 do Regulamento Geral de Competições da CBF indica que “atletas profissionais não poderão, como regra geral, disputar partida em competições sem observar o intervalo mínimo de 66 horas”. Diante disso, a CBF exigiu que Cruzeiro e Flamengo assinassem um termo de responsabilidade pra contarem com seus convocados. (Superesportes)

  8. Souza disse:

    Considerando que o Palmeiras não leva gol fácil e que o Cruzeiro não faz, a chance de classificação é quase que exclusivamente nos pênaltis, depois de dois placares de 0x0. Ou seja, deixem o Dedé descansar e concentrem na Libertadores.

  9. SÍNDICO disse:

    02 GOL. Dominguez dá um carrinho dentro da área, acerta a bola, Richarlisson cai, Juiz marca pênalti. Neymar cobra, bola entra no canto direito, goleiro pula pro lafdo esquerdo. BRASIL 1×0.

  10. SÍNDICO disse:

    15 GOL. Richarlisson recebe na área e chuta de curva. Bola entra no ângulo esquerdo. BRASIL 2×0.

  11. SÍNDICO disse:

    29 GOL. Coutinho, livre na meia-lua, recebe a bola e chuta rasteiro. Goleiro só olha. BRASIL 3×0.

  12. SÍNDICO disse:

    50 GOL. Coutinho tenta a jogada individual na área, é desarmado, bola sobra pra Richarlison, que chuta de prima, de pé esquerdo, no canto direito. BRASIL 4×0.

  13. SÍNDICO disse:

    JAIR MARRUFO, o juiz americano, marcou um pênalti que não houve e, quando aconteceu um de verdade, preferiu dar amarelo pro Neymar. Esse é do time do Maranhão, do Setelagoas e do Barros. Se fossem técnicos da Seleção Brasileira, convocariam o Rafamarx e deixariam o Neymar fora.

  14. SÍNDICO disse:

    89 GOL. Marquinhos

  15. SÍNDICO disse:

    TIMES mais populares de El Salvador: Águila, Alianza, Marte, Santanecos, Isidro Metapán, Ángel Firpo, Once Municipal, Santa Tecla.

  16. SÍNDICO disse:

    BRASIL 5×0 EL SALVADOR. A Seleção Brasileira saiu na frente com gols de Neymar, Richarlison e Coutinho, antes dos 30. Na etapa final, Richarlison e Marquinhos fecharam o placar. O goleiro Neto, escalado após 25 convocações, não foi testado. Aos 3, o juiz americano Jair Marrufo inventou pênalti de Domingues em Richarlison. Neymar cobrou no canto direito de Hernandez e marcou seu 59º gol pela Seleção. Aos 15, Richarlison recebeu de Neymar pela esquerda e chutou colocado pra fazer 2×0. Neymar participou do terceiro gol, aos 29.le atacou pela esquerda e acionou Coutinho que, da entrada da área, acertou o canto direito e fez 3×0. El Salvador foi ao ataque no início do segundo tempo, mas sofreu o quarto gol aos 49. Coutinho tentou jogada individual pelo lado direito da grande área, foi desarmado, mas Richarlison pegou a sobra e encheu o pé de canhota pra fazer 4×0. Tite promoveu seis alterações. Entre os atletas semifinalistas da Copa do Brasil, sacou o cruzeirense Dedé no intervalo e colocou o flamenguista Paquetá, aos 60. A Seleção manteve a superioridade e criou chances pra aumentar, mas o goleiro Hernandez fez boas defesas em arremates de Willian e Paquetá. Finalmente, aos 89, Neymar cobrou corner na esquerda e Marquinhos cabeceou pra fazer 5×0.