Brasil 3×0 Coréia do Sul: vitória, enfim!

Por SÍNDICO | Em 19 de novembro de 2019

VITÓRIA, enfim! A primeira depois da conquista da Copa América 2019.

BRASIL 3×0 COREIA DO SUL, 19nov19ter190h30. TEMPO limpo, temperatura 26º, vento 11 Km/h, umidade 77%. LOCAL: Mohammed Bin Zayed (42 mil), Abu Dhabi,  Emirados Árabes Unidos. TRANSMISSÃO: Globo e Sportv. PÚBLICO:  10.000. ARBITRAGEM Ammar Al Junaibi, Ahmed Al Rashidi, Jassem Abdulla Al Ali , Hamed Ali Yousef (4ºA) (Emirados). AMARELOS: Hwang-Hee Chan. GOLS: Paquetá, 9, Coutinho, 36, Danilo, 60. BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Militão, Lodi (Emerson); Fabinho, Arthur (Douglas Luiz); Paquetá (Firmino), Coutinho; Jesus (Rodrygo), Richarlison. T: Tite. COREIA DO SUL: Jo Hyeon-Woo; Kim Moon-Hwan, Kim Min-Jae, Kim Young-Gwon, Kim Jin-Su; Jung Woo-Young, Ju Se-Jong, Lee Jae-Sung (Kwang-Chang Hoon); Hwang Hee-Chan (Na Sang-Ho), Son Heung-Min, Hwang Ui-Jo. T: Paulo Bento.

5 comentários para “Brasil 3×0 Coréia do Sul: vitória, enfim!”

  1. SÍNDICO disse:

    1 12ago95 Suwon Coreia do Sul Coreia do Sul 0–1 Brasil amistoso
    2 10ago97 Seul Coreia do Sul Coreia do Sul 1–2 Brasil amistoso
    3 28mar99 Seul Coreia do Sul Coreia do Sul 1–0 Brasil amistoso
    4 20nov02 Seul Coreia do Sul Coreia do Sul 2–3 Brasil amistoso
    5 12out13 Seul Coreia do Sul Coreia do Sul 0–2 Brasil amistoso
    6 18nov19 Abu Dhabi Emirados Árabes Coreia do Sul 0-3 Brasil amistoso

  2. SÍNDICO disse:

    Quatro dias depois de ser derrotada pela Argentina, a Seleção Brasileira voltou a campo no último amistoso de 2019. Em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, a equipe de Tite fez uma boa partida e venceu a Coreia do Sul por 3 a 0, com gols de Coutinho, Lucas Paquetá e Danilo. Além de encerrar a sequência de cinco jogos sem vitória, o Brasil também deu fim ao jejum dos gols de falta, que não saia desde 2014. Os primeiros minutos de jogo começaram sem sustos e com muito toque de bola na defesa e meio-campo. Bastante criticado na última partida contra a Argentina, Lucas Paquetá foi o autor do primeiro gol da Seleção Brasileira. Aos nove minutos, Renan Lodi levou na linha de fundo e cruzou na cabeça do meio-campista do Milan, que colocou no fundo das redes, abrindo o placar. Depois do gol de Paquetá, a Coreia do Sul foi para cima do Brasil e teve duas boas chances de gol. Aos 14′, o atacante do Tottenham, Son Heung-Min recebeu na entrada da área e chutou forte, obrigando Alisson a fazer ótima defesa. Seis minutos depois, Son levou perigo novamente. O atacante coreano aproveitou um rebote de falta e bateu rasteiro no canto, mas a bola passou rente à trave. Enfim, acabou o jejum dos gols de falta na Seleção. Aos 35 minutos da etapa inicial, Coutinho cobrou uma falta com perfeição no ângulo, fazendo o segundo do Brasil e encerrando um jejum que se arrastava desde setembro de 2014, quando Neymar marcou contra a Colômbia. No entanto, o meia quase marcou um gol contra ainda no primeiro tempo. Coutinho foi afastar uma bola na área brasileira e acertou a trave antes de tocar para escanteio. A etapa final estava pouco movimentada, até que Danilo marcou o terceiro gol da Seleção Brasileira. Aos 15 minutos, Renan Lodi fez outra boa jogada e cruzou rasteiro nos pés do lateral-direito, que arrematou para o gol. O arqueiro da Coreia ainda resvalou na bola, mas não conseguiu impedir o terceiro do Brasil. Aos 22′, Richarlison quase marcou o quarto, mas a finalização saiu por cima do gol. As duas equipes ainda tiveram chances no decorrer da etapa final, mas o placar se manteve em 3×0.

  3. Souza disse:

    Abel e os jogadores do Cruzeiro deveriam assistir o 3° gol do Brasil pelo menos umas 10 vezes. O lateral esquerdo (Lodi) em vez de dar um balão na área, cruzou rasteiro para o jogador de trás chegar batendo. É assim que se faz quando a defesa adversária está compactada dentro da área.

  4. SÍNDICO disse:

    DUELO SURREAL. Ando vendo os terraplanistas com melhores olhos. Eles têm, ao menos, a desculpa de que não vêm a curva do planeta. Quem acredita em horóscopo vê quase todo dia que ele não funciona. Quem acredita em socialismo vê que toda tentativa falhou. Quem acredita em teoria da exploração sente que a pobreza fica menor a cada ano. Quem acredita em político quebra a cara todo santo dia. E os exemplos não param. Ppr isto aformo que, pensando bem, o terraplanismo é um dos menores casos de estupidez coletiva dos tempos que correm. Muitos, contudo, fazem enorme alarde por conta dele. Provavelmente, querem ofuscar o próprio obscurantismo em que estão mergulhados com suas tolas crenças. É surreal ver obscurantistas na política, economia e outros assuntos batendo no peito pra dizer “eu defendo a ciência” em seus embates bestas com os terraplanistas. (Bernardo Gaetani, texto condensado)

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.