América (Teófilo Otoni), o Dragão do Corcovado

Por SÍNDICO | Em 22 de janeiro de 2010

Flávio Salomão

HISTÓRIA

Em 12mai36, um grupo de amantes do futebol fundaram, em Teófilo Otoni, o América Futebol Clube.

Como as transmissões de futebol que ouviam eram das rádios cariocas, eles torciam para os times da então Capital Federal.

Por isto, na hora de batizar a nova agremiação, escreveram o nome dos grandes clubs do Rio em papéis que um deles tirou da cumbuca.

Deu América, por isto as cores e o escudo replicam as do time rubro da Tijuca.

Ao longo dos anos, o América revelou vários craques do futebol local como os goleiros, Lugão, Danilo, Gilson Titular; os defensores, Mário Brito, Danda, Caizinho; os meio-campistas, Pavãozinho, Délio, Marreco; os atacantes, Cadinho, Ivan Coló, Lubé, Ruizinho Soldado, Deusdete, Marquinhos e Nido.

O maior de todos, sem dúvida, foi Caruê, baiano de Alcobaça, cujo nome é lembrado até hoje pela torcida rubra como o maioral da região.

O povo da cidade diz que ele só não seguiu uma carreira profissional por absoluta falta de vontade.

Caruê foi um armador de técnica invejável, que conhecia os atalhos do campo como poucos.

Era exímio cobrador de faltas. Seus chutes certeiros e fortes deixavam atordoados goleiros de clubes profissionais que visitavam Teófilo Otoni.

Outros craques revelados pelo futebol de Teófilo Otoni, brilharam fora da cidade.

Nos anos 1960 e 1970, Toninho Almeida e Juarez jogaram na Academia Celeste, o mais famoso time da história do Cruzeiro.

Lúcio Mangabeira foi lateral-direito do América mineiro. Nos anos 1980, Marco Antônio Cipó foi um dos Meninos da Vila, do Santos.

Nos últimos anos, Alessandro, Fahel e Bruno Barros, revelaram-se no América mineiro, Makula, no Vasco, e Flávio, no Cruzeiro.

Da base do América-TO, saíram, ainda, Rogers, que foi para o Flamengo, indicado por Telê Santana,  Fred, que despontou no América mineiro, passou pelo Cruzeiro e Lyon, antes de ser contratado pelo Fluminense.

TRAJETÓRIA RUMO À ELITE DO FUTEBOL MINEIRO

Em 1977, o América disputou, pela primeira vez, o acesso à principal divisão do futebol mineiro. Em 1984, repetiu a dose.

Apesar das belas campanhas, o time não obteve sucesso e passou vários anos sem tentar o acesso, novamente.

Mas Teófilo Otoni teve outro representante na 2ª Divisão, na primeira metadae do anos 1980. Foi o Santo Antônio, formado por alguns jogadores revelados na base do América como Helinho, Edmilson, Hélder, Otacílio e Marquinhos.

Ainda no final da década de 1980, o América retomou a disputa da 2ª Divisão, porém, de novo, bateu na trave.

Em 2004, começou novo ciclo de tentativas. Dessa vez, na terceira divisão. A avenutura teve fim em 2006, de novo, sem bons resultados.

Finalmente, em 2008, o clube foi arrendado pela Ramos Transportes, que assumiu seu Departamento de Futebol e passou a a dministrar o Estádio Nassri Mattar, propriedade do América. E, novamente, Teófio Otoni recomeçou sua caminhada pela terceira divisão.

Comandada por Gilmar Estevam, centroavante do Santo Antônio nos anos 1980 e que também jogou pelo Democrata-GV, Cruzeiro, São Paulo e times de Portugal a comissão técnica tinh médicos, preparadores físicos e alguns jogadores da cidade, somados a outrs de fora, contratados para essa disputa.

Na 1ª Fase, o América classificou-se em 1º lugar entre seis cl;ubes de seu grupo. Na 2ª fase, ficou em 2º lugar, classificando-se para a 1ª Divisão, mais conhecida como Módulo II.

Em 2009, finalmente, foi a vez de buscar espaço no Módulo I, a 1ª divisão estadual.

Após fazer uma campanha que impressiona pelos 100% de pontos obtidos em casa e pela maior média de público do torneio, o América ficou em 3º lugar, não obtendo, de pronto, o tão almejado acesso.

Mas para o americano, foi como se tivesse vencido o campeonato, tal a cumplicidade entre time e torcida, devido ao reconhecimento pelo sério trabalho realizado.

Mas, antes de terminar o ano, eis que o trabalho recebeu seu digno coroamento: o Rio Branco de Andradas, um dos 12 clubes integrantes da 1ª Divisão, desistiu de disputar o Campeonato Mineiro de 2010.

Assim, após convite da Federação Mineira de Futebol, o América de Teófilo Otoni, enfim, chegou à elite do Futebol Mineiro.

A expectativa na cidade e região, devido aos resultados obtidos em 2008 e 2009, é muito grande.

Gilmar Estevam manterá a base da equipe do ano anterior. Os reforços virão da parceria firmada com o Cruzeiro, que repassou alguns jogadores a custo zero.

O CLUBE

O América dispõe de sede social, com salão de festas, piscinas, churrasqueiras, playground, sauna, quadras e campo de futebol soçaite.

Tem também um estádio, o Nassri Mattar, conhecido como Corcovado, com capacidade para 5 mil torcedores.

Ele já foi vistoriado e aprovado pela Federação Mineira de Futebol e foi aprovado para 1ª Fase do Mineiro 2010.

Caso o time se classifique para a 2ª Fase, deverá disputar seus jogos no Mahmud Abbas, em Governador Valadares ,ou no Ipatingão, conforme opções já protocoladas na FMF.

O rival do América, em Teófilo Otoni, é o Concórdia Atlético Clube, conhecido como “o mais querido”, que hoje só mantém categorias de base.

Por isso, toda a cidade e região, na verdade, torcem pelo sucesso do América, que é chamado pelo seu aficcionado de Mecão.

A rigor, o time não tem mascote oficial. Alguns afirmam ser o dragão, outros dizem ser a águia. Importa é que a cidade se veste de vermelho e branco.

Este ano os torcedores esperam, ansiosos, que os jogos locais, nos domingos, sejam marcados para o período da manhã, pois já se tornou programa predileto do teofilotonense ir ao estádio acompanhar o Mecão, domingo cedo.

Flávio Henrique Salomão, 47, cruzeirense, advogado, nasceu em Frei Gaspar-MG, mora em Teófilo Otoni-MG.

50 comentários para “América (Teófilo Otoni), o Dragão do Corcovado”

  1. Celso Libertadores disse:

    Que a ousadia da Ramos valha bastante a pena. Empresa da cidade investindo no esporte da cidade! Parabéns!

  2. Hermes disse:

    Boa sorte ao América, menos contra o Cruzeiro. Mais um rivalizar contra o Democrata-gv na região.

  3. Frede disse:

    Mais um clube empresa que os defensores dos tradicionais não irão apoiar.

    • Hugo 5erel0 disse:

      Apoiarei o América. Um clube de 1936. Com história, torcida e tradição. É bom times tradicionais valorizando o torneio. Pra desespero de torcedores mudernos que adoram engodos empresariais como Ipatinga, Barueri, Brasiliense e demais tranqueiras que assolam o futebol.

  4. Hugo 5erel0 disse:

    O texto é muito rico. Não sabia quase nada sobre o América e foi bom conhecer um pouco da história do clube. Não imaginava que o América já havia revelado tantos atletas nos últimos tempos. Nem imaginava que o grande TONINHO ALMEIDA começou por lá.

  5. Celeste disse:

    História interessante. Só não sabia que o Rio Branco, reperesentante do Sul de Minas, ficou de fora. Com a palavra o Serelo.

  6. Rogério disse:

    Não imaginava que era um clube tão antigo, que seja bem vindo a primeira divisão do mineiro. A única resalva é que ele entrou na primeira de uma forma meio esquisita, graças a desorganização do Rio Branco.

  7. claudio(xina)lemos disse:

    Pois é Hugo o Ipatinga então é uma tranqueira. Os clubes tradicionais de ipatinga fizeram alguma coisa, mal mal disputam a primeira divisão mineira e o ipatinga em pouco tempo de vida já disputou a primeirona. Bom mas não podem existir novos times temos que ficar com os antigos, pois estes têm tradição. Tá bom viu Jorge, ops deculpa, serelo!!!! Sai dai serelo deixa o jorge aparecer sozinho na radiográfia. Larga!!!

    • Jorge Santana disse:

      Para de beber, Xina. Eu e o Serelo temos visões distintas acerca dos clubes de empresários. Vou escrever um post pra discutir o tema.

      • claudio(xina)lemos disse:

        Então escreve o post. Mas escreve na segunda para eu poder discutir também. Como eu disse anteriormente e pessoalmente a opinão de serelo e jorge é sempre a mesma…

      • Jorge Santana disse:

        Vc bebe e fica vendo tudo repetido. Normal.

      • claudio(xina)lemos disse:

        kkkkkkkk, tá vendo tá igual político não quer debater então parte para a desqualificação de quem tem opinião divervente, e ainda por cima nega carona para o mineirão, o que é o mais grave de tudo!!!!!

      • Frede disse:

        Acho interessante essa cruzada da cupla Jorge e Juca contra os clubes que tem apoio dos empresários! Jorge e Juca no mesmo palanque!

  8. claudio(xina)lemos disse:

    Mas tenho toda simpatia pelo america, tomara que se dê bem? Ah qual a diferença em se fazer um time novo ou em arrendar um tradicional???

  9. Naldo disse:

    Caro Flávio, aí em Teófilo Otoni tem América e Atlético, mas aposto que quem da as cartas por aí é a RAPOSA.

  10. Naldo disse:

    Bem vindo o América de Téofilo Otoni ao Campeonato Mineiro! É muito importante ter mais uma grande cidade mineira representada no certame. Valeu Flávio, pela história!

  11. Elias disse:

    Todo clube chamado América é simpático. Só não ganha nada, pelo menos no Brasil. E todos vivem numa pitimba danada…

  12. ACRossi disse:

    Boa tarde…Alguém saberia me4 informar quais os jogadores do Cruzeiro irão para o America? Saudações Celestes.

  13. Gleyton disse:

    Muito interessante a história do América e penso que é importante um clube da região se fazer presente no campeonato.

  14. claudio(xina)lemos disse:

    To indo. Boa sorte para o américa, notadamente contra as frangas.
    Bom final de semana a todos e até segunda feira!!!

  15. Frede disse:

    uia, a URT já lançou o seu sócio torcedor http://urt.com.br/ficha-cadastro-socio-torcedor-URT.pdf

  16. simone b de castro disse:

    Esse é o famoso tchó-tchó, do qual o Fred tanto falava? Que consigam fazer uma boa campanha, e permaneçam na primeira divisão do mineiro! Agora, jogo de manhã é dose, né????

  17. Mauro França disse:

    Bacana poder conhecer a história do Dragão do Corcovado. Parabéns, Flávio, ótimo post, muito informativo.

  18. LUIZ ANTONIO disse:

    Cruzeiro bate Montes Claros e segue líder (22/01)

    Em um jogo bastante disputado o Cruzeiro bateu o Montes Claros no tie-break, parciais de 20/25, 25/19, 21/25, 25/23 e 15/12, na noite desta quinta-feira em Itabira. A vitória garantiu a permanência do time celeste na liderança do campeonato, com 23 pontos, e a equipe segue invicta há onze jogos consecutivos. O jogo foi válido pela 13ª rodada do campeonato nacional e o ginásio Maestro Silvério Faustino ficou lotado, com público de 4.217 torcedores.

  19. LUIZ ANTONIO disse:

    A partida foi marcada pela superação e inovação. O Cruzeiro não pôde contar com um de seus principais atacantes, o ponteiro Bruno Zanuto, atual dono do melhor ataque da competição, que se contundiu no início da semana.

    Com isso o técnico Marcelo Mendez teve que se desdobrar. Samuel Fuchs entrou na ponta, mas estava muito marcado. Já no quarto e quinto sets, que foram decisivos, o Cruzeiro fechou com uma modificação ousada do treinador argentino, que colocou o jovem levantador Murilo Radke atuando como ponteiro.

    “Vencemos com dois levantadores em quadra. Tínhamos que mudar alguma coisa. Eu e a comissão técnica decidimos que o Murilo poderia ajudar. Ele ataca muito bem e a postura dele em quadra, chamando o time para o jogo, acho que também ajudou muito. Estamos muito felizes com ess

  20. LUIZ ANTONIO disse:

    Estamos muito felizes com essa vitória. Lutamos muito e todos estão de parabéns”, afirma Mendez.

    Wallace e Lorena foram os maiores pontuadores do confronto. O oposto de Montes Claros marcou 31 pontos e o cruzeirense Wallace fez 25.

    Na próxima segunda-feira, 25, o Cruzeiro volta a jogar em Itabira, contra o Brasil Vôlei Clube. A partida começa às 18h30 e terá transmissão ao vivo do Sportv. Os ingressos já estão à venda em Itabira (R$ 4,00 inteira e R$2,00 meia).

    *Da Assessoria de Imprensa do Cruzeiro Vôlei

  21. LUIZ ANTONIO disse:

    JS, desculpe por colocar esses comentários sobre o volei, mas tá tão sem notícias sobre o nosso volei que tô ficando PÊ da vida. Segunda o SPORTV vai passar ao vivo. Vamos torcer prá mais uma vitória!!!

    • simone b de castro disse:

      Luiz, a nossa mídia só passa imagens do Minas Tênis…Incrível como não há imagens dos jogos do Sada Cruzeiro! Só falam o resultado e pronto .Parece até que é um time de vôlei de outro estado. Só falta começarem a “boicotar” o Cruzeiro até no vôlei…Sei que às vezes falo demais da mídia, mas eles sempre dão motivos!

      • simone b de castro disse:

        E por falar nisso, alguém viu alguma imagem do jogo de volêi de ontem? Pela manhã, eu sei que não mostraram nada…

      • Mauro França disse:

        Se vc considerar que a mídia mineira é o SBT e o EM, dificilmente vai ver noticias do Sada-Cruzeiro. Afinal, o dono da SADA é o mesmo d´O Tempo, ou seja, os Diarios Associados não vão fazer propaganda pro rival. Não tô justificando, apenas pontuando. Quanto à Globo, pelo que sei não há boicote, eles apenas não falam o nome do patrocinador, mas isso vale pra todos os times. De forma que pra se ter noticias do volei, o melhor é o site do Cruzeiro e o portal d`O Tempo.

      • Elias disse:

        Nem sei se tem boicote…mas que existe uma tremenda de uma má vontade, NÃO TENHA DÚVIDA!!!!!

      • simone b de castro disse:

        França, pensei em todos os canais que tenham programas locais, como a Globo, o SBT, a Record, etc…Falo de imagens do jogo. Porque do Minas Tênis, eles mostram alguns lances, a torcida, etc. e do Cruzeiro, só falam o resultado. Desculpe se me expressei mal. A mídia, nesse caso, é a TV.

  22. Celeste disse:

    Começei a ver o jogo do Minas no dia anterior e fiquei braba porque o BMG da camisa deles está branco. Por quê que nós cruzeirenses temos que engolir aquele abóbora?
    Gostaria de saber quais jogadores do Cruzeiro disputarão o campeonato por outros clubes?

  23. Renato-SP disse:

    Que bacana a história do América de Tió. Meu sogro sempre me falou sobre o Carué. Tem tempo que a gente não fala à respeito, mas certamente ele gostará deste post.

  24. Quer dizer que se AINDA for verdade (o que não acredito), o estádio do Cruzeiro vai ter a incrível capacidade para estupefatos 15 mil lugares ? Poxa… nossa torcida não é um primor em público mas nem tanto né…

  25. Palmeira. disse:

    Muito legal este post! Morei em Teófilo Otoni na década de 80, onde conheci o próprio Nassri Mattar, pai do Victor e irmão do Maron. Gente da melhor qualidade e grandes incentivadores do esporte. Conheci também o Caruê. Tenho muitos amigos na cidade, onde nasceu um de meus filhos. Torço muito para que o América faça bom papel no Campeonato Mineiro e se firme na primeira divisão do campeonato mineiro. E que o pessoal do Rodoviário Ramos faça boa gestão do clube.

  26. Paulo Palas disse:

    Joguei no júniors do América de Teófilo Otoni na década de 80, tínhamos um ótimo time e daí não sairam vários craques porque os clubes grandes do futebol brasileiro não olhavam os jogadores desta maravilhosa cidade. Joguei também nos juniors do Santo Antônio que na década de 80 formou um dos melhores times que Teófilo Otoni já viu, perderam a classificação para a primeira divisão para a Caldense , pois esta jogava por dois empates , e assim aconteceu… Lembro do meio campista Délio , um cracaço…