Inquilino esfolado

Por SÍNDICO | Em 25 de agosto de 2010

O Palmeiras paga caro pra jogar no Pacaembu enquanto aguarda os alvarás pra iniciar a construção de sua arena.

Confiram os aluguéis pagos pelo Verdão, segundo Mauro Cézar Pereira, em seu blog:

  • 02jun – Palmeiras 0x1 Flamengo – R$33.967,95
  • 15jul – Palmeiras 2×1 Santos – R$53.532,90
  • 22jul – Palmeiras 2×2 Botafogo – R$62.500,00
  • 01ago – Palmeiras 1×1 Corinthians – R$50.000,00
  • 14ago – Palmeiras 2×0 Atlético – R$52.578,00
  • Total: R$252.578,85 ou R$50.515,77 por jogo

Só pra comparar: Cruzeiro e Atlético-MG pagavam R$5 mil de aluguel por jogo no Mineirão. E ainda ficavam com a arrecadação do estacionamento.

E o Velho Damas ainda pede indenização aos clubes mineiros pelo tempo que ficarem seu o Mineirão.

Melhor faria a cartolagem se começasse a se preparar pra viver sem subsídios. Quando o estádio for reaberto, a prosa será diferente.

Do outro lado da mesa estarão os empresários do consórcio que vai administrar o Gigante da Pampulha.

42 comentários para “Inquilino esfolado”

  1. Alan Mendonca disse:

    E verdade, empresarios que visam lucros, e nao vao dar colher de cha para a dupla rapocota, para as cocotas, se o consorcio pendurar nao tem problema, pode cobrar o olho da cara.

  2. César disse:

    OT- Tá dando vergonha ver o Cruzeiro como um time minúsculo, vagando cidade a cidade por não ter estádio e pior, em um jogo que passará em rede nacional, jogando “em casa” com maioria visitante. Farei questão de me poupar dessa vergonha. Povo de Uberlândia é tão mineiro que os politicos de lá vivem querendo separar o Triângulo do resto do Estado. Deveriam separar logo, não passaria a vergonha de falar que o Cruzeiro jogando em Minas teve minoria no estádio. Diretoria pa.tética. E o Perrela ainda é suplente do Itamar, hahaha. Uma an.ta dessas que não serve nem para comandar um time de futebol é um perigo para a segurança nacional dando palpites na vida do país. Não sei quem elegeu aquela praga para deputado.

  3. César disse:

    Se o Cruzeiro tivesse estádio próprio não pagaria um tostão furado por usar seu estádio. No máximo, a construtora teria uma porcentagem alta na arrecadação do estádio por x anos para depois termos o controle total. Mas como tudo caminha para sermos um time anão, tanto faz né. Time nômade, jogando em casa com maioria visitante, contratando bêbados como técnico, transformando goleadas em um rival minúsculo como títulos gloriosos… O certo para times do naipe é pegar toda chance que ganha como se fosse a última né… Cruzeiro eternamente sócio de 5 outros em um estádio. Claro, sou ruim de matemática, o certo é achar que arrecadar 1/5 é melhor que arrecadar 1/1. Com uma diretoria que tem pensamento de anos 90 em pleno 2010, não podemos esperar que pense grande como o clube merece…

    • César.. discordo totalmente. com sua frase e visão fechada na sua frase “…Se o Cruzeiro tivesse estádio próprio não pagaria um tostão furado por usar seu estádio…”
      Você acredita que a manutenção deste estadio hipotetico do CEC ficaria mais barato do que os R$ 5.000,00 que paga por mês ? por exemplo ?

    • È melhor ficar calado tem horas ao inves de ficar falando bobagens

      • Chaves disse:

        Pois é, Maurício. Esses dias aqui no PHD tentarem me convencer que valeria a pena pro Cruzeiro construir um estádio, que sria viável financeiramente e tal. Por que será que vários investidores fizeram projetos e nenhum, até hj, construiu o estádio do Cruzeiro na grande BH?

      • Chaves disse:

        Enfim, quer uma estádeio bonitão, que custa mais de meio bilhão é legal. Falar que é um investimento que dará retorno garantido também é fácil. Difícil é meter a grana.

      • Na internet é muito fácil falar!
        Construir estádio, trazer Ronaldinho Gaúcho, demitir treinador, escalar time, pedir cabeça de diretor, tratar contratura muscular…

    • Matheus Reis disse:

      Eu só fiquei com uma dúvida: quem são os técnicos bêbados ou bêbados técnicos?

  4. Rogério disse:

    Acho que a prosa não será diferente, uma das regras que o Consórcio terá que se submeter é que 54 mil ingressos serão dos clubes que poderão usá-los como bem entender, além do estacionamento que tambéms será dos clubes, acho que não vai mudar nada para os clubes, talvez até melhore.

  5. Chaves disse:

    Síndico, o Damas no dia que escreveu isso tinha colhido uns cogumelos na fazenda nova e fez um chazinho pra ele. Espero que tenha voltado ao normal. Se toma na dose errada, corre o risco de não voltar nunca. Alguém tem notícias do Damas?

  6. Rogério disse:

    O Damas tem uma certa razão, até 2005 foram Cruzeiro e atlético que sustentaram o Mineirão e consequentemente a Ademg.

    • claudio(xina)lemos disse:

      Pois é me responda uma coisa meu caro síndico para que mineirão? Cruzeiro poderia ter seu estádio, foi convencido do contrario pelo Aécio. Sem Cruzeiro para que mineirão? Os outros times madariam seus jogos no independência ou em vespasiano.

  7. Kimbundo disse:

    Cadê o post do Roger???

  8. Humm disse:

    Os banheiros estão inclusos no preço?

  9. Ernesto Araujo disse:

    Só posso dizer uma coisa com relação ao post: “Glup!”

  10. Alan Mendonca disse:

    E o Cuca convocou o Pablo apos um unico treino, assim ele fez com Jones e antes com o Chico. Fica dificil acertar um time com jogadores que nem treinaram direito. Ta faltando coerencia; logo,logo jogadores como Fabinho vao voltar a chiar.

  11. Naldo disse:

    Com empresários a parada costuma ser mais indigesta, quem sabe agora não nasce o Estádio do Cruzeiro.

  12. huaguiar disse:

    Se os ingressos serão repassados aos clubes, qual será, então, a remuneração da concessionária? É o Estado quem vai pagar essa conta?

  13. Celeste disse:

    Mineirão reformado e o Cruzeiro dando espetáculo seria um sonho. Imaginem quantas pessoas ganhariam com isso, direta e indiretamente. Já ouvi dizer que Real Madrid e Barcelona recebem benefícios das prefeituras locais. Assim, não sou contra os subsídios aos clubes de futebol, desde que o uso do dinheiro fosse transparente. O Cruzeiro e o zebrado poderiam ser tratados como atração turística da cidade. O que seria do Gigante da Pampulha sem as conquistas históricas do Maior de Minas. Acho que poderiam fazer uma baita programação pós inauguração do Mineirão. Deveriam aproveitar o período pré copa do mundo e fazerem algo em prol do futebol mineiro. Isso se o Cruzeiro sobreviver até lá.

  14. Celeste disse:

    Há uns 5 anos atrás o São paulo, já desclassificado do Paulista, resolveu mandar seu último jogo aqui em Sorocaba. Jogou contra um time de menor expressão num domingo chuvosos. A cidade parou para ver o tricolor. E ainda vieram muitas pessoas de outras cidades. Ganharam dinheiro desde o dono do hotel ao flanelinha das imediações do estádio. O futebol combina com lucros, desde que bem administrado. E todos poderiam ganhar.

    • Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

      Aqui em POA, por exemplo, na decisão da Libertadores não havia vagas nos hotéis da cidade. Era muito dinheiro girando em função daquela decisão. Vários seguimentos ganharam dinheiro. Também nos jogos no interior, quando a dupla faz seus clássicos, vem gente de SC, PR e interior do Estado para assisti-los. Respeitando as características de cada lugar, acredito que deveria ser feita uma maior e melhor promoção dos jogos do Cruzeiro, especialmente agora, que tinhamos estes jogos por fazer. As pesquisas já mostram, no interior, a torcida é pulverizada e chegam a torcer para times de fora(RJ e SP) em detrimento dos nossos times. Parece que o futebol de Minas parou no tempo, temos de mudar o quanto antes, porque parece que estamos perdendo espaço. Tem de haver uma mudança de mentalidade.

  15. Celeste disse:

    O futebol do RS representa a segunda força do futebol brasileiro. E, com essa mentalidade mais evoluída ainda vai ultrapassar os paulistas.

  16. Cláudio Ianni disse:

    O Mauro França me apelidou de butinador oficial da torcida do Cruzeiro ,e com razão pois vejam a última notícia:Vários engenheiros de alto salário da Cemig ,meus conhecidos, pararam de pagar o Sócio do futebol;dizem eles que estão pagando a toa !!! RsRsRsRs.

  17. oliveirafarma disse:

    Tava vendo umas coisas aqui… O Valdir Barbosa não disse que o Prediger ia sair no BID até na segunda? Já é quarta e nada do cara…. Vamos supor que saia por agora:

    Será que não será arriscado utilizar o atleta no campeonato??? Vai que o STJD resolver dar o ar da graça e tirar pontos nossos???? Isto está me preocupando muito…

    • Chaves disse:

      Não confunda data limite do BID com data limite de inscrição do contrato na CBF. O Contrato entrou na CBF dentro da data limite, acho que quarta ou quinta passada. A partir desde dia, ele tem 7 dias úteis para entrar no BID, se não me engano.

      • oliveirafarma disse:

        Eu sei desta questão Chaves. Mas em se tratando de STJD, pode aparecer algum iluminado que entenda diferente. E como os julgamentos deles são políticos e não técnicos, podem acontecer resultados imprevisíveis….

        Espero que o Diogo estreie antes pelo Flamengo. Ele só saiu no BID no dia 20, então se for dar “zebra”, que seja primeiro com eles.

  18. Damas disse:

    Prá nao dizer que ã falei das flores:

    Damas disse:
    17 agosto 2010 às 1:21 pm
    O Mineirão só existe até hoje, por causa de CAM e CEC, que sempre pagaram – à vista – toda a conta da administração. Se ele foi fechado para atender, principalmente à Copa 2014, é razoável que se prevesse uma indenização aos prejudicados, em razão das obras em curso.

    • Damas disse:

      Jorge Santana disse:
      17 agosto 2010 às 1:27 pm
      vc deve estar brincando, né véi damas? o atlético-mg ganhou do governo um estádio em 1929 e fez o que fez com ele. torrou pra fechar o caixa. o cruzeiro recebeu um terreno de um torcedor pra construir seu novo estádio, mas preferiu fazer uma sede campestre a sair do barro preto. o mineirão foi um presente de todos os contribuintes aos dois clubes que, nos últimos tempos, pagavam R$5 mil de aluguel por jogo e ainda ficavam com a renda

      • Damas disse:

        cont…….do estacionamento. a despesa grossa, pra variar, sempre ficou pra viúva. e vc ainda quer que a viúva indenize os clubes pelo tempo que gastará pra dar mais colher de chá a eles? cê virou sindicalista, véi?

        Damas disse:
        17 agosto 2010 às 16:08 pm
        Considerando que neste tipo de obra pelo menos 30% fica prá quem come a viúva, nada demais que se prevesse alguns trocados para quem sustenta o futebol mneiro.

  19. Chaves disse:

    Já que não tem Mineirão, o jeito é comprar o PPV. Segundo relatório do Clubes dos 13, em reunião realizada ontem, o Cruzeiro é o 5º clube com mais assinantes do sistema pay-per-view (6,2%). Atrás de Flamengo, Corinthians, São Paulo e Palmeiras.

    • Rogério disse:

      Eu queria saber como eles sabem quem vende mais PPV, ninguém nunca me perguntou para qual time torço quando compro PPV.

  20. Radicchi disse:

    Tô em SP, em um bunker cruzeirense na Vila Olimpia. O comentario aqui (a voz rouca das ruas) é que o AB fala demais do Cruzeiro nas entrevistas. A Gambazada com ciume…

  21. andrejprocopio disse:

    Alguém sabe como andam as vendas para o jogo de hoje? Mais manos ou mais Cruzeirenses? Quais números divulgados? Procurei no Superesportes e não achei nada.

  22. OT
    Inter terá voto por correspondência de seus “sócios”

    O famosos 100mil ficaram reduzidos (se é que podemos
    chamar de redução) para 60mil.
    Será, de qualquer forma a maior participação de torcedores
    num clube brasileiro.
    POderão afirmar que: se não sào 100mil são a maior democracia
    do futebol brasileiro. É FATO
    E quem fizer a partir de agora estará COPIANDO! – É FATO!