A culpa é do craque

Por SÍNDICO | Em 28 de janeiro de 2019

NEYMAR levou três patadas seguidas de um pereba no Copa da França, no mesmo lance. Quebrou o pé. Ficará fora da Champions e, provavelmente, da Copa América. O cabeça de bagre não foi expulso e Neymar foi considerado culpado por mesa-redondistas da Iespien. Alegam os caboclos que o craque chama as faltas. Ao contrário de Messi e Cristiano. Ficamos assim, então: driblar é crime e dar patada é do jogo.

25 comentários para “A culpa é do craque”

  1. Jdias disse:

    Fica assistindo mesa redonda deles para passar raiva?

  2. Economista disse:

    Casa Grande também disse que Neymar agiu errado no lance.

  3. SÍNDICO disse:

    CRUZEIRO 1×1 ATLÉTICO-MG, 27jan19dom11h, Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. 3ª MG 2019, 39.088 pag, $834.717. ARBITRAGEM: Wanderson Alves (Ronei Alves, 55), Ricardo Souza, Felipe Oliveira (MG). AMARELOS: Edílson, Dedé, Leo, Rabello, Elias, Luan, Santos, Patric, Adilson. VERMELHOS: Dedé, 81, Adílson, 96. GOLS: Fred, 50 (p), Santos, 82 (p). CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Lucas; Robinho, Neves (Raniel, 86), Rafinha (Jadson, 73); Fred (Murilo, 83). T: Mano Menezes. ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Rabello, Maidana, Santos; Adílson, Elias; Luan, Cazares, Chará (Terans, 86); Ricardo (Jair, 96). T: Levir Culpi.

  4. SÍNDICO disse:

    AMÉRICA 5×0 TUPI, 27jan19dom17h, 2ª MG19, Independência, Belo Horizonte, 1477 pag, R$ 6.340. Árbitros: Emerson Ferreira, Frederico Vilarinho. Pedro Cotta (MG). Amarelo: Viçosa. Gols: Matheusinho, 20. Leandro, 30, Azevedo, 50, Paulão, 78, Ademir, 91. AMÉRICA: Leal; Leandro , Paulão, Jussani, João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, Matheusinho (Ademir, 73), Toscano; Viçosa (Belusso, 72), Felipe Azevedo (França, 72). T: Givanildo Oliveira. TUPI: Vilar; Afonso, Sanches, Aislan, Emerson; Diego Gomes, Nardini; Fábio Henrique( Rodrigo Baiano, 46), Saulo, Ragelli (Breno, 62), Gabriel Costa (Nélio, 77). T: Aílton Ferraz.

  5. SÍNDICO disse:

    URT 1×1 TOMBENSE, 27jan19dom17h, 3ª MG 2019, Zama Maciel, Patos de Minas, pag, R$, Árbitros: Igor Benevenuto, Sidmar Meurer, Magno Lira (MG). Amarelos: Gladstone, Kaio, Jonathan, Loncoln, reinaldo, Bruninho, Marquinhos, Edson. Gols: URT: Marcão, Douglas Maia (Bruno Aquino), Gladstone, Marcus Vinícius, Silva; Diogo Orlando (Patrick), Rodney, Derly, Kaio Wilker; Reis, Jonathan (Juninho Potiguar). T: Sidney Marques. TOMBENSE: Felipe, Deivid (Bruno Ferreira), Lincoln, Reinaldo (João Victor), Bruninho; Rodrigo, Lucas Sá, Marquinhos, Ortega; Edson, Ricardo Jesus (Denilson). T: Ricardo Drubscky.

  6. SÍNDICO disse:

    RODADA 3 => Tupynambás 0x5 Boa — Cruzeiro 1×1 Mineiro — Villa 0x0 Guarani — Caldense 0x2 Patrocinense — América 5×0 Tupi — Urt 1×1 Tombense.

    • SÍNDICO disse:

      CLASSIFICAÇÃO => 1º América 7 pontos/saldo 8 —– 2º Cruzeiro 7/3 —– 3º Patrocinense 6/2 —– 4º Tupynambás 6/0 —– 5º Tombense 5/1 —– 6º Mineiro 4/4 —– 7 Boa 4/0 —– 8º URT 2/-1 —– 9º Guarani 2/-2 —– 10º Caldense 2/-2 —– 11º Tupi 1/-6 —– 12º Villa 1/-7.

      • SÍNDICO disse:

        RODADA 4 => Quarta, 30Jan 17h15 Guarani x Caldense — 20h Tupi x Villa —– 21h Patrocinense x Tupynambás —– 21h30 Tombense x América —– 21h30 Mineiro x Urt —– Quinta 31Jan 20h Boa x Cruzeiro.

  7. SÍNDICO disse:

    VIOLÊNCIA. Rondinelly Borges, 22 anos, torcedor do Goiás, foi morto a tiros no domingo, 27, a caminho do clássico entre o seu time e o Vila Nova, em Goiânia. O crime aconteceu em Senador Canedo, cidade da região metropolitana da capital A vítima chegou a ser levada com vida para o Hospital de Urgências, mas não resistiu. A PM abriu investigação pra buscar os responsáveis. Porém, ao que tudo indica, foi mais uma vítima das brigas das organizadas de Goiás e Vila. O clube alviverde publicou em suas redes sociais nota lamentando a morte de Rondinelly: “Quantas mães vão chorar ao saber que não terão seus filhos de volta? Quantos irmãos vão olhar para o lado e ter apenas a dor da saudade? O Goiás Esporte Clube está de luto. Isso não é futebol”, escreveu.

  8. KING ARTHUR disse:

    OBRIGAR dois times voltando de férias a correr sob sol escaldante para liberar o horário de jogos vespertinos pra os time cariocas e paulistas é coisa da enganadora Globo lobo, que põe dinheiro nos nos combalidos cofres da FMF, CBF e times. Até o árbitro desmontou e teve de ser substituído. Algo que só na terra do tropeiro com angu podia acontecer, O 1×1 ficou de bom tamanho, já que conseguiram invalidar o gol do Leo, sem ter dado, antes, o pênalti que ele sofreu ao ser agarrado pelo Elias dentro da área. As franga estavam agarrando demais, que coisa hem? Futebol sem vergonha, que incluiu um pontapé covarde no Henrique, pelas costas,uma entrada desleal no Rafinha etc. O melhor foi a torcida celeste que o do Dedé. Melhor em campo? A TORCIDA CELESTE que prestigiou um jogo inútil, armado e desnecessário para o nosso time.

  9. EVANS DRAWN disse:

    There are several possibilities that a trio of referees can experience in a football match: To go unnoticed, to be a protagonist in the bad sense, wrong a lot, always in favor of a team, or, in the opposite direction, acting with impartiality. This Sunday’s arbitration did everything wrong. Everyone, referees and assistants, lousy! They were always wrong against the blue team and in favor of the pink team. And to finish, the culprit for the goal of the pullets was Dedé, not the Lion. Most valuable player: HENRY. The worst: Robin. Hero: Fred. Villain: Dedé. My notes: Fabian (6), Ed Wilson (5), Dedé (4), Lion (6), Egyptian (5), Henry (7), Luke Silver (5), Robin (3), James Snows ), Raniel (without note), Little Ralph (6), Jadson (without sota), Fred (6), Murilo (without note). Brother Menezes (4).

  10. CRUZEIRO.ORG disse:

    Cruzeiro cede empate ao rival em partida cheia de polêmicas
    http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=51764 via @cruzeiro_org

  11. Bruno Furletti disse:

    O problema é que ninguém assiste aos jogos do Francês. Só sabemos que ele existe. Então, saber das firulas e pontapés só nos melhores momentos.

  12. Eduardo Arreguy Campos disse:

    O pontapé veio muito antes da firula.

  13. JOAOCOSTA disse:

    A punição ao quadrúpede deveria ser diretamente proporcional ao tempo de afastamento do jogador agredido.

  14. SÍNDICO disse:

    SORIN levou uma lambreta do Fábio Baiano num jogo contra o Grêmio, no Olímpico. Encerrada a jogada, quando ambos voltavam pro meio de campo, o argentino cumprimentou o adversário. É assim que se faz.

  15. Matheus Penido disse:

    Toda pelada de fim de semana tem um Neymar – aquele cara habilidoso, arisco, folgado, que gosta de chamar o adversário na “dibra” e provocar. De vez em quando aparece um zagueiro mais nervoso e racha o cara. No futebol profissional, espera-se que os atletas menos habilidosos saibam conviver com as “gracinhas” dos Neymares. Mas quando a própria mídia inverte a lógica e passa a aliviar pros caneleiros fica complicado exigir “bom futebol” dos craques.

  16. GELLIS disse:

    Discordo em parte de você. E, consequentemente, discordo em parte do idiotas da ESPN. A culpa não é dele, e sim do brucutu que o atingiu, e também dos árbitros condescendentes europeus. Mas o estilo de jogo dele propicia que aconteça este tipo de lesão, pois ele chama o contato físico, gosta de jogar próximo do adversário, bem diferente de outros craques.

  17. Celeste disse:

    Jorge, ortopedia não é minha área, mas vou dar um pitaco na conduta do médico da seleção que, há um ano atrás, mais ou menos, fez um procedimento no dedinho do craque. Enfim, até onde sei, o rapaz tinha uma “trinca” no osso do dedo “mindinho” do pé. Muitos de nós já tivemos o mesmo problema quando chutamos uma porta… Daí, para garantir uma recuperação mais rápida, cortam o pé sujeito e colocam um parafuso dentro do osso. Traumatizou ainda o mais o dedo dele. Esse casamento “parafuso” x Osso pode não dar certo. São duas estruturas diferentes… Penso que pode deixar região masi sensível aos pontapés….

  18. Celeste disse:

    O Neymar é a última grande revelação do futebol brasileiro. Penso que podia ser melhor assessorado nas questões extra campo. Precisa de privacidade. Não compactuo com esse bando que o apedreja a cada tombo no campo…