A chantagem e a conta

Por SÍNDICO | Em 15 de março de 2017

CONMEBOL e CBF, com apoio dos mesarredondistas demagogos, estão chantageando os clubes: “Ou monta time de futebol feminino ou não participa das competições”.

Existem 157 times de futebol feminino neztepaiz. Nenhum leva torcedor aos estádios. Nem os namorados das atletas. Mas a grandes entidades querem mais e mais fiascos.

Globo e Isportivi não transmitirão. Iespien também não, porque americano não rasga dinheiro. Jequiti, Boticário e Natura não estamparão seus logos nas camisas.

E o público fará forfait. Teremos sucessivos jogos com público zero. Pela má qualidade do espetáculo e pela grande oferta de eventos esportivos.

Restarão as contas, que correrão por conta dos associados do futebol masculino. Por estas e outras, urge  empoderar os ianomâmis.

Esses índios são mais lógicos do que os caras-pálidas politicamente corretos.

12 comentários para “A chantagem e a conta”

  1. Economista disse:

    CONMEBOL e CBF são o retrato da esquerda brasileira: lucro para a gente prejuízo para os outros.

  2. Celeste disse:

    Sou contra o fato de ser uma condição imposta pela sulamericana. Por outro lado, sou totalmente a favor da modalidade futebol feminino em todos os clubes brasileiros. O Cruzeiro conseguiu “emplacar” uma parceria com a Transportadora Sada no vôlei. Que use a mesma fórmula! Coloquem as meninas para jogar no mesmo dia do jogo dos marmanjos. Ah, certamente, nós torcedoras finalmente teriamos um manto azul (estilizado) para usar. Investir em esporte é investir no ser humano e, quando o investimento é bem feito, o retorno em MKT é certo.

  3. SÍNDICO disse:

    IMPOR despesas aos filiados não é papel de federação e confederação. Ela deviam proteger seus associados e não abraçar discursos demagógicos.

  4. SÍNDICO disse:

    CBF quer avançar o futebol feminino? Que dê uma força aos 157 clubes que já têm esses times.

  5. matheus t penido disse:

    Vai servir se muito pra preencher os horarios das programaçoes da band ou da redetv que os pastores naum quiserem comprar. Piada.

  6. Beth Makennel disse:

    Para mim, o futebol masculino é a maior paixão. Porém, gosto de todo tipo esporte leva a marca Cruzeiro no peito. O Voley é um sucesso e só nos enche de alegria e orgulho. Acredito que o futebol americano também vai ser muito sucesso. Não sigo muito a Bocha e o atletismo, mas sei que faz sucesso também. Gostaria muito do basquete …. Acho interessante o futebol feminino com a marca Cruzeiro. É claro, que espero seja de bom nível e não como em 1981, quando fiz teste no Barro Preto, futebol feminino, passei e só participei de um dia jogo treino. Isto por que me assustei com o nível das jogadoras, quando no vestiário… só palavrão pesado… dentre outras coisas que acho só desvaloriza a mulher. Se for de bom nível, em tudo, vai ser lega sim!

  7. Ernane Siqueira disse:

    Esquerdismo hegemônico só podia dar nisso.