Allyson Felix

Por SÍNDICO | Em 2 de setembro de 2015
Resultado de imagem para Alisson Felix

Allyson Felix, a mais veloz, mais ágil, mais bela, mais, mais, mais…

Semana 34: Fora da CB; perto do Z4 no BR

Por SÍNDICO | Em 2 de setembro de 2015

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 34 de 2015, por MAURO FRANÇA.

SEGUNDA, 24ago15. Reapresentação, à tarde. Jogadores que atuaram contra o Corinthians fizeram regenerativo. Demais, incluindo Ceará, treino técnico e coletivo. Júlio Baptista participou do primeiro. Mayke sofreu lesão na coxa direita. /// ISAÍAS TINOCO: “A torcida cobra com razão. As coisas não vêm acontecendo, mas temos certeza de que fazemos o melhor trabalho. O Vanderlei é o treinador. Em futebol, quando o planejamento é bom e perde, vc é burro. Quando faz bom planejamento e ganha, é bestial. O Cruzeiro passa por fase de transição intensa, está se reformulando. Quando falo que o caminho está certo é porque a avaliação não é pautada apenas em resultados. O time vem crescendo. Os jogadores terão grande apoio pra reverter esse quadro já na quarta. A torcida do Cruzeiro é vitoriosa. Dizem que não é a maior em Minas, mas no cenário nacional é muito grande, Ela aprendeu a ganhar e quando não se ganha, fica contrariada.” /// Mais tarde, diante da repercussão da frase sobre a torcida, Tinoco se retratou: “Sempre que estive aqui com outras equipes vi a grandeza da torcida do Cruzeiro, participante, efetiva e alegre. Quando eu disse hoje que “dizem”, estava me referindo ao adversário, porque dizem de uma forma mentirosa.” /// CBF alterou data do jogo contra a Ponte Preta, de 03 para 02set.

TERÇA, 25ago15. À tarde, titulares no último jogo fizeram atividade física. Manoel foi poupado. Demais, incluindo Júlio Baptista e Allano, participaram de treino técnico em campo reduzido, orientado por Deivid. /// RELACIONADOS 23 jogadores pra concentração: Fábio, Rafael, Ceará, Fabiano, Grolli, Bruno Rodrigo, Manoel, Paulo André, Mena, Fabrício, Charles, Henrique, Ariel Cabral, Willians, Gabriel Xavier, Alisson, Arrascaeta, Marcos Vinicius, Leandro Damião, Marquinhos, Allano, Vinícius Araújo e Willian. /// Diretoria negociava contratação de UILIAN CORREIA, 25, volante do Ceará. /// Cerca de 150 torcedores protestaram na frente do parque esportivo do Barro Preto, pedindo, entre outras coisas, as saídas de Luxemburgo e Tinoco. /// Banco de investimentos Itaú BBA projeta pro Cruzeiro prejuízo de R$19 mi no final de 2015.

QUARTA, 26ago15. CRUZEIRO 2×3 PALMEIRAS. Mineirão, BH, Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2015, 16.972 pagantes, R$533.825,00. Arbitragem: Anderson Daronco, Marcelo Bertanha Barison, Rafael da Silva Alves, gaúchos. Amarelos: Amaral, Zé Roberto, João Pedro, Robinho. Vermelho: Bruno Rodrigo (C, 24). Gols: Lucas Barrios, 8, Gabriel Jesus, 27 e 33, Vinícius Araújo, 38, Alisson, pênalti, 75. CRUZEIRO: Fábio; Ceará (Manoel, intervalo), Bruno Rodrigo, Paulo André e Mena; Charles, Henrique e Fabrício; Vinícius Araújo (Arrascaeta, intervalo), Leandro Damião (Allano, 69) e Alisson. T: Vanderlei Luxemburgo. PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral (Andrei Girotto), Robinho e Zé Roberto (Mouche, 78); Gabriel Jesus, Lucas Barrios (Leandro Pereira, 65) e Dudu. T: Marcelo Oliveira. /// LUXEMBURGO: “Perdemos pra um grande adversário e, mais uma vez, com erro individual. O time estava bem posicionado, mas saímos atrás no marcador. Aí veio a expulsão e desarticulou tudo. No 2º tempo, poderíamos até ter empatado. Tirando os erros individuais e a qualidade do Palmeiras, olhando com tranquilidade, a equipe não esteve tão mal. Cobrança existe e é correta. Já passei por isso e tenho que aceitar as cobranças duras, mas também tenho que ter tranquilidade pra tocar o trabalho. A responsabilidade é minha.” /// Cruzeiro tentou e não conseguiu retorno de SOUZA, segundo Alexandre Faria, diretor de futebol do Bahia. Benecy Queiróz confirmou.

QUINTA, 27ago15. Reapresentação, à tarde. Antes do treinamento, Gilvan de Pinho Tavares, acompanhado por Isaías Tinoco e Benecy Queiróz, conversou por cerca de 15 minutos com jogadores e comissão técnica. Ao final, foi aplaudido. Titulares fizeram regenerativo na academia e reservas treino técnico. /// Lateral direito VICTOR ALEXANDRE foi convocado para a Seleção Brasileira Sub17, na vaga de Samuel, do Corinthians, lesionado.  

SEXTA, 28ago15 – Titulares fizeram atividade física na academia e corridas em campo. Reservas participaram de coletivo. Equipe A: Elisson; Ceará, Manoel, Bruno Rodrigo e Pará; Willians, Ariel Cabral e Marinho; Marcos Vinicius, De Arrascaeta e Allano. Equipe B: Rafael; Fabiano, Douglas Grolli, Bruno Viana e Vitor; Tom, Eurico, Gabriel Xavier; Marquinhos, Luiz Fernando e Willian. /// Luxemburgo, sobre rebaixamento: “O Cruzeiro não vai cair. Vamos reagir. É promessa de quem está no futebol há muito tempo.” /// Oficializada a contratação de UILIAN CORREIA, que assinou por 4 anos. Não houve cessão de jogadores ao Ceará, como chegou a ser divulgado.

SÁBADO, 29ago15. Treino fechado à imprensa. Com dores no ombro esquerdo, Leandro Damião foi vetado. /// Torcedores protestaram no portão da Toca II. /// Acertado patrocínio máster com o Supermercados BH, até o final da temporada. Valores não foram divulgados. /// ESTADUAL Sub15, 5ª rodada Grupo C, Municipal, Juatuba, AMDH 0x1 CRUZEIRO. Gol: Marcus Vinicius. CRUZEIRO: Gabriel Brazão, Lucas Tadeu, Geysson, Lucas Edu (Fernando) e Pedro Venaque; Eulálio, Otávio (Michael) e Thiago; Marcus Vinícius (Jean), Mauro (Luís) e Erick (João Zerlotini). T: Alexandre Lemos. /// ESTADUAL Sub17, 5ª rodada Grupo C, mesmo local, AMDH 1×3 CRUZEIRO. Gols: Gabriel Henrique (2) e Matheus Petrulio. CRUZEIRO: João Bravim, Leonardo, Gustavo, Bolgado (José Leandro) e João Guilherme; Murilo, Nonoca e Matheus Petrulio; Crispim (Paulinho), Gabriel Henrique e Cesar (João Sodré). T: Rodrigo Fonseca.

DOMINGO, 30ago15. CRUZEIRO 0x1 SANTOS.  Mineirão, BH, 21ª rodada, Brasileiro 2015, 8.271 pagantes, R$R$ 252.400. Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (PR), Fabrício Vilarinho da Silva (GO), Ivan Carlos Bohn (PR). Amarelos: Marinho, Fabrício, Arrascaeta (C); Ricardo Oliveira, Vanderlei (S). Vermelho: Fabrício (C). GOL: Ricardo Oliveira, 42. CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Manoel, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique (Arrascaeta), Willians, Marcus Vinícius (Gabriel Xavier), Marinho e Alisson; Vinícius Araújo (Allano). T: Vanderlei Luxemburgo. SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Lucas Otávio), Renato e Lucas Lima (Leo Cittadini); Neto Berola (Leandro), Marquinhos Gabriel e Ricardo Oliveira. T: Dorival Jr. /// LUXEMBURGO: “Neutralizamos o Santos, mas o cara acertou um chute de fora da área. Não vejo nada na parte psicológica. O momento é complicado, os jogadores ficam sem confiança e precisamos ter calma, entender que essa é a realidade e que temos de passar por ela. Se quiserem me vaiar, tudo bem, mas que deixem os jogadores jogarem. A torcida foi fantástica, ajudou o time, que tentou o tempo todo e nunca se acomodou. Não vejo falta de empenho, grupo dividido, e sim uma instabilidade em função da transição. Temos que ter calma pra passar por isso.” /// ATLETISMO. Sueli Pereira Silva foi 3ª e melhor brasileira na 19ª Meia Maratona Internacional do Rio (1:15:00). Kleidiane Barbosa Jardim chegou em 6º (1:17:33) e Jaciane Barroso Araújo em 8º (1:22:41). No masculino, Sérgio Celestino Silva foi o 7º (1:06:40) e José Márcio Leão Silva o 18º (1:12:51). Ivamar Oliveira venceu a 21ª Corrida Duque de Caxias de Curvelo (31:27), seguido por João da Bota (31:37). Berenice Dias Meira foi a 3ª (43:12) e Claudete Maria Sousa Silva a 5ª (44:05). Reginaldo José Silva foi 2º na etapa de Betim do 3º Circuito da Paz (32:30). Johannes Max Boa Morte Araújo venceu os 5 km da 30ª Corrida Duque de Caxias de Jacobina/BA (14:56). Nos 10 km, José Nilson Jesus foi 3º (30:00), seguido por Justino Pedro Silva (30:04), Edson Amaro Arruda (30:14), Valdir Sérgio Oliveira (30:30) e Valdemar Bispo Sousa Filho (30:59). Fábio Andrade foi o 7º na etapa de Porto Alegre do Circuito Caixa (31:15).

21ª BR: Porta da zona congestionada

Por SÍNDICO | Em 2 de setembro de 2015

21ª rodada do Brasileiro 2015, disputada em 29/30ago15:

VASCO 0x1 FIGUEIRENSE, 29out15sab18h30, Maracanã (78 mil), Rio, 14.857 pagantes, R$436.840. Árbitros: Francisco Carlos Nascimento, Pedro Jorge Araújo, Esdras Mariano Albuquerque. Amarelos: Guiñazú, Luan (V); Alves, Pedroso, Muralha, Yago (F). Gol: Marcão, 93. VASCO: Martin Silva; Jean Patrick (Thalles, 59), Luan, Anderson Salles e Christianno; Serginho e Guiñazú; Julio dos Santos (Romarinho, 83), Nenê e Rafael Silva; Riascos (Andrezinho, intervalo). T: Jorginho. FIGUEIRENSE: Alex Muralha; Leandro Silva, Thiago Heleno, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Dener, Paulo Roberto, João Vitor (Yago, 59) e Dudu; Clayton e Alemão (Marcão, 66). T: René Simões.

SÃO PAULO 3×0 PONTE PRETA, 29out15sab21h, Morumbi (67 mil), São Paulo, 12.118 pagantes, R$296.669. Árbitros: Marcelo Aparecido Souza, Emerson Augusto Carvalho, Vicente Romano Neto. Amarelos: Wilder, Thiago Mendes, Lyanco (S). Gols: Michel Bastos, 34, Ganso, 49, Wilder, 53. SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Hudson (Lyanco), Rodrigo Caio, Luiz Eduardo e Reinaldo (Matheus Reis); Thiago Mendes, Wesley (Auro), Michel Bastos e Paulo Henrique Ganso; Alexandre Pato e Wilder. T: Juan Carlos Osorio. PONTE PRETA: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Tiago Alves (Diego Ivo) e Gílson; Fernando Bob, Elton e Bady; Felipe Azevedo, Diego Oliveira (Leo Costa) e Cesinha (Keno). T: Doriva.

AVAÍ 3×0 INTERNACIONAL, 29out15dom11h, Ressacada (17 mil), Florianópolis, 11.150 pagantes, R$307.074. Árbitros: Pericles Bassols Cortez (RJ), Luiz Claudio Regazone, Thiago Henrique Neto Correa Farinha, trio carioca. Juiz substituto: Jean Pierra (RS), substituiu Bassol, que sofreu distensão na panturrilha, aos 30. Amarelos: Nino Paraíba, Lovat (A); D’Alessandro, Paulão (I). Gol: Leo Gamalho, 74 e 84, Camacho, 95. AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba (Pablo), Antonio Carlos, Emerson e Lucas Lovat; Adriano, Eduardo Neto, Camacho e Marquinhos (Anderson Lopes); Rômulo (Tinga) e Léo Gamalho. T: Gilson Kleina. INTERNACIONAL: Alisson; William (Anderson), Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Nilton (Wellington), D’Alessandro e Valdívia (Rafael Moura); Sasha e Vitinho. T: Argel Fucks.

GRÊMIO 0x0 CORITIBA, 29out15dom11h, Humaitá (56 mil), Porto Alegre, 43.549 pagantes, R$1.913.943. Árbitros: Luiz Flávio Oliveira, Anderson José Coelho, Bruno Salgado Rizo, paulistas. Amarelos: Douglas, Ramon, Edinho, Geromel, Erazo (G), Henrique, Thiago, Ruy (C). GRÊMIO: Marcelo Grohe, Rafael Galhardo (Lucas Ramon), Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho, Walace (Bobô), Douglas e Giuliano; Fernandinho (Pedro Rocha) e Luan. T: Roger Carvalho. CORITIBA: Wilson, Leandro Silva, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Luis Cáceres (Thiago Galhardo), Lúcio Flávio e Ruy (Rodrigo Ramos); Henrique Almeida e Raffhael Lucas (Evandro). T: Ney Franco.

FLUMINENSE 1×2 ATLÉTICO–MG, 30ago15dom16h, 21ª BR 2015, Maracanã (78 mil), Rio, 17.186 pagantes, R$756.925. Árbitros: Marielson Alves Silva (BA), Alessandro Rocha Matos (BA), Kleber Lucio Gil (SC). Amarelos : Marlon, Wellington Paulista, Cícero (F); Pratto, Luan, Carioca (A). Gols: Giovanni Augusto, 22, Wellington Paulista, 46, Patric, 83, FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Renato (Vinícius), Gum, Marlon e Victor Oliveira (Gerson); Edson, Jean, Cícero, Gustavo Scarpa e Ronaldinho Gaúcho (Magno Alves); Wellington Paulista. T: Enderson Moreira. ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha; Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete, Luan (Patric) e Giovanni Augusto; Thiago Ribeiro (Dátolo) e Pratto. T: Levir Culpi.

PALMEIRAS 3×2 JOINVILLE, 30ago15dom16h, 21ª BR 2015, Allianz (43 mil), SP, 28.907 pagantes, R$1.963.994. Árbitros: Bruno Araújo, Fabiano Silva Ramires, Rodrigo Correa. Gols: Gabriel Jesus, Dudu, Marcelinho Paraíba, Gabriel Jesus. PALMEIRAS: Fernando Prass, João Pedro, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio (Rafael Marques); Amaral, Robinho, Zé Roberto e Dudu; Gabriel Jesus (Thiago Santos) e Barrios (Alecsandro). T: Marcelo Oliveira. JOINVILLE: Agenor; Mario Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Diego; Naldo, Kadu (Kempes), Marcelinho Paraíba, Willian Popp (Silvinho); Edigar Junio e Anselmo (Fabricio). T: PC Gusmão.

CHAPECOENSE 1×3 CORINTHIANS, 30ago15dom16h, 21ª BR 2015, Condá (19 mil), Chapecó, 13.322 pagantes, R$340.410. Árbitros: Wilton Pereira Sampaio, Cristhian Passos Sorence, Bruno Raphael Pires, goianos. Amarelos: Elicarlos, Neto (Cha); Malcom, Felipe, Jadson (Cor). Gols: Elias, 9, Vagner Love, 13, Bruno Rangel, 45+2, pênalti, 89. CHAPECOENSE: Danilo; Apodi, Vilson, Neto e Dener; Elicarlos (Camilo), Bruno Silva, Cleber Santana, Tiago Luís (Wagner) e Ananias (Maranhão); Bruno Rangel. T: Vinícius Eutrópio. CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom (Rildo), Vagner Love (Danilo). T: Tite.

SPORT 0x1 FLAMENGO, 30ago15dom16h, 21ª BR 2015, Arena (44 mil), São Lourenço da Mata, 30.446 pagantes, R$1.149.020. Árbitros: Bráulio Silva Machado (SC), Marcelo Carvalho Van Gasse (SP), Carlos Berkenbrock (SC). Amarelos: Diego (S); Canteros, Kayke, César, Pará, Sheik (F). Vermelho: Xavier (S). Gol: Everton, 4. SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone (Ferrugem) e Diego Souza (Elber): Maikon Leite e Hernane Brocador (André). T: Eduardo Baptista. FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Héctor Canteros, Alan Patrick e Everton (Luiz Antonio); Emerson Sheik (Paulinho) e Kayke (Marcelo Cirino). T: Oswaldo Oliveira.

ATLÉTICO-PR 3×0 GOIÁS, 30jun15dom18h30, 21ª BR, Baixada (42 mil), Curitiba, 14.348 pagantes, R$193800. Árbitros: Jailson Macedo Freitas (BA), Marcos Welb Rocha Amorim (BA), Nailton Junior Sousa Oliveira (CE). Amarelos: Otávio (A); Zé Love, Rodrigo, Renan (G). Gols: Walter, 26 e 77, Ewandro, 89. ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo (Matheus Ribeiro), Wellington, Gustavo e Sidcley; Otávio, Hernani, Nikão (Ewandro), Daniel Hernández (Dellatorre) e Marcos Guilherme; Walter. T: Milton Mendes. GOIÁS: Renan; Everton, Alex Alves (Deivid Duarte), Fred e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick (Murilo Henrique) e David; Bruno Henrique, Erik (Ruan) e Zé Love. T: Julinho Camargo.

CRUZEIRO 0x1 SANTOS, 30jun15dom18h30, 21ª BR, Mineirão (61 mil), BH, 8.271 pagantes, R$252.400. Árbitros: Rodolpho Toski Marques (PR), Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA), Ivan Carlos Bohn (PR). Amarelos: Marinho, Fabrício, Arrascaeta (C); Ricardo Oliveira, Vanderlei (S). Vermelho: Fabrício (C). Gol: Ricardo Oliveira, 42. CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Manoel e Fabrício; Henrique (Arrascaeta), Willians, Marcus Vinícius (Gabriel Xavier), Marinho e Alisson; Vinícius Araújo (Allano). T: Vanderlei Luxemburgo. SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (Lucas Otávio), Renato e Lucas Lima (Leo Cittadini); Neto Berola (Leandro), Marquinhos Gabriel e Ricardo Oliveira. T: Dorival Jr.

LUGARES: 505.000. PUPAGANTE: 194.554. MÉDIA: 19.455. OCUPAÇÃO:  39%.

Habemus papam: é o Mano Blue

Por SÍNDICO | Em 1 de setembro de 2015

É o Mano Meneses, Que vem acompanhado do auxiliar Sidnei Lobo e do preparador físico Eduardo Silva.

O nome de Mano Menezes era o preferido de Bruno Vicintin, novo vice de futebol, antes mesmo de Luxemburgo assumir, depois da saída de Marcelo Oliveira. Desta vez, porém, Gilvan resolveu ouvir seus pares e acertar com um nome de maior consenso dentro do clube. Lideranças do conselho aprovaram desde o início o nome de Mano. Fontes ouvidas pela reportagem opinaram que o treinador tem “força” e “expressão” pra levantar o time do péssimo momento que vive em 2015. Além disso, acreditam que, com Mano, o planejamento da próxima temporada poderá ser bem realizado. (Superesportes, 02set15)

Eu não espero milagre. Não acredito em milagre. Até garanto que milagre não existe.

Só acredito em centroavante marcando gol. Se o Cruzeiro encontrar um -pode até ser o do Valeriodoce- Mano terá sossego pra exercer sua função.

Se não encontrar, o mesmo torcedor que agora fogueteia vai atear fogo no Judas da hora.

Carneiro: “Foi bom GPT ter falado”

Por SÍNDICO | Em 1 de setembro de 2015

Flávio Carneiro comentou a turbulência:

Foi bom que o GPT tenha dado coletiva. Ele precisava aparecer. Ninguém tem dúvida que ele é um abnegado ao clube e uma pessoa de bem, mas ele precisa reconhecer os graves erros cometidos este ano pra não repeti-los. Ficar colocando a culpa na imprensa e no comportamento de parte da torcida não ajuda. 

A demissão do Luxa e do Tinoco pode trazer um pouco de paz ao time, mas pra que essa paz permaneça será fundamental um bom resultado contra a Ponte. Os dois próximos jogos são fundamentais pro nosso futuro, principalmente porque são contra 2 adversários diretos na luta contra o rebaixamento. Agora é hora da torcida voltar a campo e apoiar, como fez no domingo. 

Com relação ao treinador, acho que o Mano pode ser a melhor opção de momento, apesar de eu não ser um fã do trabalho dele. Nesse momento precisamos de um treinador que tenha credibilidade entre os jogadores, por isso um treinador jovem e com pouca bagagem pode não ser o ideal agora. Adílson Batista, infelizmente, será um risco grande em função dos resultados recentes dele.

Concordo quanto à entrevista do presidente. Torcedor, crianção que é, perde o rumo por qualquer coisa e precisa de um pai sempre presente.

O resto só os jogadores podem resolver. Pra isto precisam ser mais adultos do que são. Não importa quem seja o técnico, importante é que os atletas tenham força anímica pra superar seus limites atuais.

No momento, do jeito que a coisa vai, nem Guardiola resolve. Negócio é a torcida tomar ansiolítico e jogador, antidepressivo.

Luxemburgo: “A torcida foi fantástica”

Por SÍNDICO | Em 1 de setembro de 2015

PITACOS de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 0x1 SANTOS, domingo, 30ago15, 18h30, no Mineirão, pela 21ª rodada do Brasileiro 2015:

VANDERLEI LUXEMBURGO, técnico do Cruzeiro: Neutralizamos o Santos e seus contrataques, mas o cara acertou um chute de fora da área. Enfrentamos um time de qualidade e jovem. Não vejo nada na parte psicológica. O momento é complicado, os jogadores ficam sem confiança e precisamos ter calma, entender que essa é a realidade e que temos de passar por ela. A torcida entendeu. Se quiserem me vaiar, tudo bem. Não jogo bola, mas que deixem os jogadores jogarem. A torcida foi fantástica, ajudou o time, que tentou o tempo todo e nunca se acomodou. Não vejo falta de empenho, grupo dividido, e sim uma instabilidade em função da transição. Temos que ter calma pra passar por isso.

FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: Conseguimos jogar e criamos oportunidades, mas a bola não está entrando. Não sofremos riscos e do nada o Santos acerta um chute no ângulo. Fica difícil. É o que acontece quando as coisas estão fluindo de forma ruim. Vamos trabalhar pra reverter.

MAURÍCIO NORIEGA, comentarista do SporTV: É preocupante a situação do Cruzeiro. Não há evolução. O time só piora e não tem sinal de encontrar o caminho. A força da torcida, com essa demonstração de carinho, na quarta derrota consecutiva, pode ser o trunfo do time.

CARPEDIM, no PHD: Impressionante a entrega do Ceará e do Willians. Allano sentiu demais o jogo. Xavier foi outra nulidade. Nem o Alisson, nosso melhor jogador na temporada, esteve inspirado. Marcus Vinícius foi mais um que não jogou nada no 1º tempo. Vinícius Araujo não serve pra ser nem reserva. A série B tem pelo menos uns 10 atacantes melhores que ele.

MAURO FRANÇA, no Facebook: Willians foi o melhor. A torcida foi de arrepiar no segundo tempo. Mas vamos precisar mais do que o embalo da torcida pra sair dessa situação. Apesar dos riscos, uma troca de treinador poderia dar uma chacoalhada no time.

MAIA, no PHD: Eu oficialmente desisti do time nesse ano. Continuarei indo aos jogos mesmo porque meu lugar é garantido e perderia dinheiro se não fosse, mas não acredito que possamos fugir da Série B. Só um milagre para o Cruzeiro continuar na primeira divisão no ano que vem, infelizmente. A verdade é que a equipe não está nem aí para o torcedor. A prova disso foi aquela expulsão ridícula do Fabrício no final.

Bruno Vicintin estará ao lado de GPT no futebol

Por SÍNDICO | Em 31 de agosto de 2015

BRUNO VICINTIN, superintende das categorias de base do Cruzeiro, será o novo vice-presidente de futebol do Cruzeiro.

À tarde, em sua conta no twitter, Vicintin publicou a mensagem “Que Deus me abençoe e me ilumine”.

GPT continuará firme e forte à frente do futebol, mas agora tendo BV como auxiliar direto.

Wllians, o melhor; torcida foi cumpridora

Por SÍNDICO | Em 31 de agosto de 2015

ATUAÇÕES dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 0x1 SANTOS, domingo, 30ago15, 18h30, no Mineirão, pela 21ª rodada do Brasileiro 2015:

Por MATHEUS PENIDO

TORCIDA CELESTE abandonou o time, comparecendo em quantidade insuficiente até pra um jogo contra o Valeriodoce. Cabia todo mundo no campo do Mamoré, com folga.  Mas torceu, como nunca e este foi o aspecto positivo. (Síndico)

FÁBIO sofreu um gol espírita de Ricardo Oliveira e fez uma boa intervenção como líbero no início da partida. Fora isso, teve pouco trabalho.

CEARÁ marcou bem e atacou razoavelmente, sem se apavorar com a situação tensa, como convém a um putavéia da bola. Foi um dos melhores do time.

MANOEL cumpriu bem sua missão defensiva, com muita raça.

BRUNO RODRIGO esteve a baixo do parceiro de zaga, mas sem comprometer.

FABRÍCIO apoiou muito o ataque, mas sem nenhuma inspiração ou criatividade. Pra piorar, deu um de seus tradicionais chiliques no final da partida e deixou o time que tentava reagir com um a menos.

WILLIANS fez bons desarmes, lutou muito e produziu uma ótima jogada pela ponta direita, que poderia ter resultado no gol de empate. Posto isso, mesmo errando muitos passes, foi o melhor do time.

HENRIQUE vai “morrer de velho” tentando jogar coletivamente nesse time de apavorados. E não vai mudar seu estilo nem que a vaca tussa.

MARINHO fez um primeiro tempo razoável. No segundo, completamente perdido, se limitou a correr sem rumo pelo campo de ataque.

MARCOS VINÍCIUS começou animado, apertando a saída de bola do Santos e arriscando jogadas individuais. Mas foi perdendo a confiança na medida em que começava a errar os lances e acabou sacado no intervalo.

ALISSON, muito marcado, não brilhou, mas mesmo assim foi responsável por dois dos três melhores lances do time na partida.

VINÍCIUS ARAÚJO lutou, mas mais uma vez não conseguiu ser efetivo na partida. Na única boa chance que teve, faltou calma pra esperar a hora certa de ir na bola sem estar impedido.

GABRIEL XAVIER só ciscou.

ALLANO, totalmente perdido no meio da bagunça do ataque, mas ainda assim foi um dos que mais correu no segundo tempo.

ARRASCAETA tentou algumas jogadas individuais como sempre, mas perdeu a melhor chance de empatar a partida finalizando com um traque o bom cruzamento de Willians.

CRUZEIRO sofreu uma derrota injusta. Merecia pelo menos o empate. O time não jogou tão mal, equilibrou a partida contra o Santos. Mas o gol foi um balde de água gelada. Aí ficou entregue à nulidade de seu ataque. E, como sempre, Marinho não acerta um chute no gol. Arrascaeta não dá um chute forte. Não existem boas jogadas de escanteio e de lateral. Vinícius Araújo e outros não chegam no tempo certo (nem antes nem depois) dos cruzamentos. (Ernesto Araujo)

SANTOS teve sorte pra um gol e competência pra não tomar nenhum. O centroavante Ricardo Oliveira, artilheiro do campeonato, foi o destaque do time. (Síndico)

ÁRBITROS apitaram direitim, não interferindo no placar. (Síndico)

MELHORES DO JOGO => WILLIANS [[[18]]] Raher, Chiabi, Carpedim, Wagner, Maia, Jotta R, Marcbsb, Hendrix, Morato, Walterson, Clemenceau, Soares, Ernesto, França, Rocha, Rossi, Romarol, Penido /// TORCIDA CELESTE [[10]]] Bruno, Daniel, Carneiro, Ianni, Amaral, Ismail, Chaves, Beth, Mariana, Síndico /// CEARÁ [[[3]]] Mano, Velame, Milani /// ALISSON [[[2]]] Tury, Furletti /// LUXEMBURGO [[[2]]] Tolentino, Salles /// BRUNO RODRIGO [[[1]]] Dudu /// RICARDO OLIVEIRA [[[1]]] GloboEsporte /// DORIVAL JR [[[2]]] Juscelino, Glória

Luxemburgo demitido pela Itatiaia e pela torcida

Por SÍNDICO | Em 31 de agosto de 2015

O técnico Vanderlei Luxemburgo e o diretor de futebol Isaias Tinoco cairam. Deivid comandará o time contra a Ponte Preta nesta quarta, em Campinas. 

O diretor de comunicação, Guilherme Mendes, anunciou, na tarde desta segunda, na Toca II, que o técnico Vanderlei Luxemburgo e o diretor de futebol Isaías Tinoco não seguem em suas funções no Clube. Informou ainda que a diretoria está estudando os nomes pra substituí-los. Em sua segunda passagem pelo Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo comandou a equipe celeste em 19 jogos, com 6 vitórias, 3 empates e 10 derrotas, com 16 marcados e 21 sofridos. No geral, somando os anos de 2002, 2003, 2004 e 2015, o campeão da Tríplice Coroa, em 2003, esteve à frente da Raposa em 126 partidas e obteve 74 triunfos, 25 empates e 27 derrotas, com 260 gols marcados e 135 sofridos. A diretoria do Maior de Minas agradece os serviços prestados por Vanderlei Luxemburgo e Isaías Tinoco, que tiveram suas passagens pelo Clube marcadas por extremo profissionalismo. (Site do Cruzeiro)

Alguém tem que pagar a conta pelos erros de todos. That’s Football Association!

Quem aproveitaria a crise pra se criar?

Por SÍNDICO | Em 31 de agosto de 2015

Luxemburgo sempre foi sonho de consumo de GPT, que além de admirador se julga muito amigo do técnico. Pior, acredita que a recíproca é verdadeira.

Marcelo Oliveira só não caiu antes porque os resultados não autorizavam o presidente a cometer tal sandice.

Luxa vai continuar até o limite da insustentabilidade. Até o fim do ano, por exemplo, se o time se distanciar da zona de rebaixamento. Ou até 2016, se conseguir boa reação.

E se as coisas ficarem insustentáveis, de imediato, quem viria?

Meu candidato, escusado dizer é o Aderbal Lana, atualizado como a maioria dos comentaristas do PHD. Não complica, não inventa, não sai do trivial variado. E é carismático.

Mas de tamanha ousadia, GPT não dá conta. Aí, começa a enxurrada de nomes.O principal, a julgar pelos comentaristas do PHD, é Adílson Batista.

Sou contra. Como era contra a volta de Alex e Luxa. Como sou contra a volta de ZZP. Novas ideias são essenciais.

Adílson Batista já entrou na história por seus feitos como jogador e técnico. Sua volta só traria problemas.

Já imaginaram o time correr atrás da Série A 2015, com a Itatiaia, o Raher, o Dylan, o Carpedim e tantos outros mordendo seu calcanhar, por conta de ódio ao AB?

Melhor não. Nem ele, nem qualquer etiquetona. Tem uns caboclos mais novos, descansados, com mais futuro e dispostos a aproveitar essa grande chance que a crise celeste oferece.