Tá na hora do Chuveiro!

Por Jorge Angrisano Santana | Em 5 de março de 2015

Marcelo Oliveira pede um meia e os últimos jogos mostraram que ele tem razão.

Tá faltando alguém em seu time que faça algo ao menos parecido com o que fazia Everton Ribeiro.

No Brasil, não se vai encontrar tal peça. Na Europa, tem de sobra, mas não ao alcance do bolso do Cruzeiro. O jeito é buscar a solução nas redondezas.

Minha sugestão é o Lorenzetti, volante argentino da Universidad de Chile, que já foi especulado co mo reforço celeste em outras épocas.

  • Gustavo Rubén Lorenzetti Espinoza, O Duende, volante e meia, 29 anos, argentino de Rosário (10mai85) canhoto, 1m64, cidadanias argentina e italiana, revelado pelo Rosário Central, com carreira profissional no   Rosario Central (03/05), Coquimbo Unido (06), Universidad de Concepción (07/10) e Universidad de Chile (11/15), campeão da Copa Chile 2008, Chileno 2011 e 2012, Copa Sulamericana 2011.

Ele não teria lugar nos times de 2009, 2010, 2013 e 2014. No atual tem, com folga. É experiente, versátil e, principalmente, ainda não fez o pé de meia.

Pra Libertadores e Mineiro, ele não estaria disponível. Mas seria tremendamente útil no Brasileiro e na Copa do Brasil.

Lorenzetti marca, organiza e aparece bem na área adversária. E certamente não quebraria a banca com custos de transferência e de salários.

Liberta 2015: Só um brasileiro não venceu

Por Jorge Angrisano Santana | Em 5 de março de 2015

Além do CRUZEIRO 0×0 HURACÁN, outros jogos movimentam a semana da libertadores.

Hoje, quinta-feira, 05mar15

  • Em Santiago, no Nacional, UNIVERSIDAD DE CHLE 3×1 THE STRONGEST, com público razoável.
  • Em Medellín, no Atanázio Girardot, NACIONAL 1×1 ESTUDIANTES, com estádio lotado e uma tor ida bem melhor que seu time.
  • Em Buenos Aires, no Monumental de Nuñez, RIVER PLATE 1×1 TIGRES, com grande público e Guerrón fazendo gol.
  • no Peru, JUAN AURICH 2×0 SAN JOSÉ, duelo de dois dos piores da liberta.

Jogos da terça-feira, 03mar15:

  • Em Puerto Ordaz, MINEROS 0×1 UNIVERSITÁRIO (Sucre). Bolivianos lideram o grupo do Cruzeiro (que está fora do G2).
  • Em Guayaquil, BARCELONA 0×1 LIBERTAD. O Barça genérico já pode começar a pensar em outras atividades, porque Liberta já era.

Jogos da quarta-feira, 04mar15:

  • Em Porto Alegre, no Beira Rio, INTERNACIONAL 3×2 EMELEC, com grande público. Duas viradas e muito sufoco pro time gaúcho, que iguala a pontuação do equatoriano, no G2.
  • Em Buenos Aires, no Nuevo Gasometro, SAN LORENZO 0×1 CORINTHIANS, sem público, devido a punição sofrida pelo clube argentino. Sorte dos gambás que disparam na liderança do grupo.
  • Em Santiago, no David Arellano, COLO COLO 2×0 ATLAS, com casa cheia. Colo Colo está no G2 ao lado do Santa Fé.

Despedido por desobediência

Por Jorge Angrisano Santana | Em 5 de março de 2015

Deu no site da Veja:

  • O técnico Enderson Moreira foi demitido do Santos na manhã desta quinta. Mesmo com bons resultados no Paulista -líder do Grupo 4, com 5 vitórias e 2 empates-, a diretoria rompeu contrato. O presidente Modesto Roma Jr. convocou entrevista a fim de explicar a demissão, hoje às 16h. O principal motivo seria o desentendimento entre treinador, diretoria e jogadores jovens. Enderson estaria sendo pressionado pra escalar os garotos revelados pelo clube -Caju, Gustavo Henrique e Gabriel-, mas resistia. O clima ruim ficou evidenciado em entrevista de Enderson à Bandeirantes na quarta, quando ele disse que “alguns atletas acham que são mais do que são; ainda não conquistaram nada, não são referências e têm muito que caminhar”. Mas o fator decisivo teria sido a bronca de Enderson no zagueiro Gustavo Henrique, 21 anos, no treino desta manhã. Enderson Moreira, 43 anos, ficou apenas 6 meses no Santos, com 16 vitórias, 5 empates e 9 derrotas.

Com 59% de aproveitamento, Enderson não cavou sua demissão em campo. Como já havia acontecido com Adílson Batista, que atingiu a marca de 61%, mesmo sem contar com Ganso e Neymar, convocados pela CBF na ocasião.

Isto revela que os critérios na Vila Belmiro não são técnicos. Prevalece naquelas bandas a intriga, a cornetagem e a opinião dos padeiros. Puro amadorismo.

Mas, pra além das picuinhas, resta saber por que a diretoria do Santos contratou Ricardo Oliveira, Elano, Renato, Robinho e outros “pouco jovens”, se a ordem é escalar a garotada na marra.

Que GPT não aprenda nada com esses jecas praianos.

Faturas enviadas ao Qatar e à China

Por Jorge Angrisano Santana | Em 5 de março de 2015

Dunga deixou fora da convocação de hoje, Everton Ribeiro, duas vezes seguidas o melhor do Brasileiro, pela CBF, e Ricardo Goulart, Bola de Ouro do Brasileiro 214.

Para a ex-franga, Tardelli, a exigência é a de que o clube chinês o libere um da antes do resto dos convocados.

Sugestão aos conspiradões: digam que Dunga só convocava os cruzeirenses, ano passado, pra avacalhar o time celeste no Brasileiro. Haverá quem acredite e a resposta será positiva em termos de lerolero.

Mauro Cezar: “Reação a um empate natural é salto alto de brasileiro”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 4 de março de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 0×0 HURACÁN, no Minierão, pela 2ª rodada do grupo 3 da Libertadores 2015, às 22h de 03mar15

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: O resultado não foi bom. Ninguém ficou satisfeito. Quando se empata fora numa Libertadores, é fundamental vencer em casa. Buscamos o tempo todo, o volume de jogo foi muito bom, mas por infelicidade, ansiedade e falta de capricho técnico, a bola não entrou. O time lutou o tempo todo. Fizemos tudo que podíamos pra que o time chegasse mais. Mas não era o dia de a bola entrar, mas a produção e o volume foram muito bons. A tendência é que melhore, na medida em que as bolas forem entrando e venham as vitórias, que geram mais confiança.

MARQUINHOS, atacante do Cruzeiro: A gente sabia que era importante vencer, criamos oportunidades, mas a bola não quis entrar.

PAULO ANDRÉ, beque do Cruzeiro: A gente sai chateado. Criamos pra buscar a vitória, mas infelizmente não concluímos tão bem. Espero que a gente tenha tranquilidade, quando for à Venezuela porque temos de recuperar esses pontos.

CONMEBOL, em seu site: Posse de bola: Cruzeiro, 60%. Finalizações: Cruzeiro 18×6. Roubadas de bola: Huracán 24×20. Faltas: Huracán 10×6. Passes do Cruzeiro: 379 certos, 59 errados, 87% de aproveitamento. Passes do Huracán: 193 certos, 40 errados, 83% de aproveitamento.

LANCE!NET, em manchete: Marcelo Oliveira volta a criticar De Arrascaeta em jogo da Libertadores. Meia-atacante ainda não agradou ao técnico do Cruzeiro em exibições pelo novo time.

ESPN, manchete em seu site: Pedindo paciência, Marcelo Oliveira acredita que De Arrascaeta poderá ser ídolo.

CANCHALLENA, suplemento esportivo do La Nacion, de Buenos Aires: A equipe de Néstor Apuzzo mostrou logo de cara que tomaria cuidado pra manter o zero no placar. Se desse pra agredir o adversário bem, se não desse o que valia era não ser mal sucedido no Mineirão. O prêmio pela disciplina tática veio com a neutralização do jogo do Cruzeiro na parte interna da cancha. Afastado da área e empurrado pras laterais, restou ao Cruzeiro centrar bolas, dificuldade que os defensores do Globo resolviam bem. A única ação de risco real, uma cabeçada de Henrique, foi neutralizada por Giordano, numa reação rápida que impediu o gol. A equipe argentina armou barricadas em seu campo protegendo bem seu goleiro. Não foi uma tarefa simples, porque o Cruzeiro procurou por todos os meios quebrar a muralha à frente do arco argentino. A solidariedade do time quemero foi decisiva. O trabalho defensivo começava com o centroavante Ábila. No fim, como resposta ao desespero dos brasileiros na busca de seu gol, Apuzzo colocou Daniel Montenegro em campo. E logo em seu primeiro lance, ele acertou um chute que tinha destino certo, se a bola não tivesse desviado em Mena. No fim, o Huracán fez bom negócio com o ponto conquistado.

MAURO CEZAR PEREIRA, comentarista da ESPN: A reação de muitos ao empate natural entre Cruzeiro e Huracán é exemplo do salto alto brasileiro. O Huracán jogou desfalcado de seu goleiro e da revelação da base, Cristian espinoza. Se estivesse completo daria muito mais trabalho. O Cruzeiro mudou meio time, está se reestruturando e ninguém sabe sequer se o novo time dará certo. Nós e os torcedores brasileiro temos visão prepotente. Os jogadores não, eles lutaram bastante.

FÁBIO SORMANI, comentarista da FOX: O Huracán praticou o antijogo, com toda aquela cera. Se irritou a gente que estava assistindo, imagine quem estava em campo jogando.

CLÁUDIO C. COELHO, no Facebook: Na resenha do intervalo, eu e Mr Evans Drawn chegamos à conclusão de que o melhor do primeiro tempo havia sido o Marquinhos. Na volta do intervalo, entra Allison e uma loura sentada logo abaixo pergunta pro cara ao lado dela quem tinha saido… Quando ficou sabendo que que tinha sido o Willian, ela reclamou: “Logo ele?!?!?!”. E o Marquinhos, que foi o péssimo do jogo???

SÉRGIO LUIZ, no PHD: Deu saudades do JB. Aquela falta que o Marquinhos isolou, ele guardava.

MARIANA RESENDE, no PHD: Muita gente falando que o Cruzeiro jogou bem e teve muitas chances. Não concordo. O time jogou mal. Tive, in loco, a mesma percepção que pela TV: do meio pra frente. está desorganizado, é um time estranho.

Willians fez uma partidaça

Por Jorge Angrisano Santana | Em 4 de março de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 0×0 HURACÁN, no Minierão, pela 2ª rodada do grupo 3 da Libertadores 2015, às 22h de 03mar15.

TORCIDA CELESTE não compareceu na quantidade que a ocasião merecia, mas a qualidade foi ótima. Torceu muito, apoiou o tempo todo e abafou as vaias dos termocéfalos e hidrófobos no final da partida. Foi o 12º e melhor jogador do time. Destaque para a incansável galera da Geral Celeste. (Síndico)

FÁBIO deu conta do recado nas poucas vezes em que foi exigido. Bom. (Hiram Ferreira)

MAYKE foi participativo, mostrou muita disposição, mas também errou muitos cruzamentos. Regular. (Hiram Ferreira)

LEO SIMÕES não comprometeu. Bom. (Hiram Ferreira)

PAULO ANDRÉ veio pra ser titular. Mostrou seguranca, bom posicionamento e categoria. Me surpreendeu. Muito bom. (Hiram Ferreira)

MENA carece de ousadia. Ruim. (Hiram Ferreira)

WILLIANS foi um leão de chácara e errou poucos passes. Muito bom. (Hiram Ferreira) /// Ele ainda está se entrosando, mas jogou bem. Deu combate, errou pouco, tem força e boa técnica. Taticamente, ficou mais atrás pra deixar o Henrique sair. (Marcelo Oliveira)

HENRIQUE jogou seu futebol de sempre. Bom. (Hiram Ferreira)

ARRASCAETA não foi nem de longe o craque que a torcida espera. Ruim. (Hiram Ferreira) /// Pedi pra ele fazer a função do Goulart e sair junto com os meias. Ele até participou bem no 1º tempo, com cabeçada e voleio. (Marcelo Oliveira)

MARQUINHOS esteve dentro do que se espera dele, com muita participação na etapa inicial. No 2º tempo, produziu menos. Bom. (Hiram Ferreira)

WILLIAN nada fez. Muito mal. (Hiram Ferreira)

LEANDRO DAMIÃO mostrou categoria, bom passe, posicionamento adequado e inteligência. Muito bom. (Hiram Ferreira)

ALISSON nada fez. Ruim. (Hiram Ferreira)

JUDIVAN mostrou disposição e habilidade, embora, às vezes, seja afoito. Acabou desperdiçando a bola do jogo. Regular. (Hiram Ferreira)

MARCELO OLIVEIRA não pode fazer muito, mas errou ao preferir Alisson ao invés de Judivan como substituto de Willian, no intervalo. E como o empate foi péssimo, sua avaliação não pode ser positiva. Ruim. (Hiram Ferreira)

CRUZEIRO martelou, teve um gol mal anulado, mandou uma bola no travessão e perde ao menos dois gols e quase não sofreu ameaças. O 0×0 não espelhou o que aconteceu em campo. (Síndico)

HURACÁN só se preocupou em fazer cera e se defender de qualquer jeito. Seus volantes de contenção Vismara e Villarruel foram os destaques. Os laterais, fracos, não incomodaram a defesa celeste. Os meias correram muito e nada criaram. Os beques chutaram pra onde o nariz apontava e o goleiro fez cera o tempo todo. tinha forma pra três, mas foram premiados cim um ponto caído do céu. (Síndico)

ÁRBITROS acertaram ao deixar o jogo correr, sem marcações de faltas a cada malandragem da rapaziada. Mas erraram também. O primeiro bandeira anulou um gol legal do Cruzeiro. E o juiz se fingiu de égua ao tolerar a incrível e persistente cera do goleiro argentino, que só recebeu o cartão amarelo no fina do jogo, quando não havia mais risco de expulsão. Com esse juiz, a cera compensa. (Síndico)

MELHOR DO JOGO: Willians [43], Marquinhos [8], Leandro Damião [6], Paulo André [3], Mayke, Judivan, Mena, Torcida Celeste [1].

Cruzeiro 0×0 Huracán: Faltou o detalhe

Por Jorge Angrisano Santana | Em 3 de março de 2015

CRUZEIRO  contra Huracán, pela 2ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015, no Mineirão, Belo Horizonte, hoje às 22h.

CLASSIFICAÇÃO. Os quatro times do Grupo 3 têm 1 ponto cada. Pelos critérios de desempate, Universitário e Huracán formam o G2.

AUSENTES no Cruzeiro: Joel, suspenso, Ceará, Seymour, Riascos, lesionados.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Fabiano (L), Manoel (B), Bruno Rodrigo (B), Gílson (L), Willian Farias (V), Alisson (M), Judivan (A), Henrique Dourado (A).

LEANDRO DAMIÃO, atacante do Cruzeiro: “Tive sorte em jogos da Libertadores pelo Internacional e espero que siga assim. O mais importante é vencer, mas espero que eu possa fazer gol também”.

WILLIAN, atacante do Cruzeiro: “É uma competição diferente do Mineiro e do Brasileiro. A gente espera que o torcedor tenha paciência e que possa nos apoiar, como sempre. Não vamos chegar no campo e ganhar fácil. Temos que estar focados pra fazer nosso melhor. Com o Mineirão lotado o Cruzeiro é muito forte”.

AUSENTES no Huracán: Marcos Diaz (G), Cristian Espinoza (A), lesionados.

BANCO do Huracán: Gonzalo Marinelli (G), Guillermo Sotelo (L), Santiago Echeverría (B), Ezequiel Gallegos (V), Iván Moreno y Fabianesi (V), Daniel Montenegro (M), Iván Borghello (A).

NÉSTOR APUZZO, técnico do Huracán: “É um sonho jogar aqui. Eu os parabenizo pelo estádio. Naquela parte de lá, Leo Messi fez um gol contra o Irã, se não me engano. Isso incentiva nossos jogadores. Pra mim é um sonho que se tornou realidade, pros jogadores creio que é o mesmo. Espero que nesta terça estejamos à altura dele e façamos um grande espetáculo pra torcida. Minha equipe será muito parecida com a que empatou com o Mineros, talvez com uma mudança, apenas isso. Hoje não posso falar, mas amanhã conto, se fizer ou não a alteração”.

ALEJANDRO ROMERO GAMARRA, meiatacante do Huracán: “O Cruzeiro não é favorito. O que eles podem ter a mais do que River ou Boca? Claro que é uma grande equipe e que muitos dizem que é o time a ser batido. Mas temos que confiar em nós. E pensamos em fazer uma grande partida. Na minha carreira, tudo tem sido muito rápido, desde jogar num campo pequeno na Argentina até chegar neste em que se jogou Copa do Mundo. Vai ser muito lindo ver este estádio cheio”.

JUIZ. Enrique Cáceres tem 40 anos e é árbitro Fifa desde 2010. Em seu currículo constam partidas entre seleções (Copa América e eliminatórias da Copa do Mundo) e de Libertadores e Sulamericana.

HISTÓRIA. Em 15 participações, o Cruzeiro disputou 138 partidas de Libertadores. Venceu 81, empatou 25, perdeu 32, marcou 268 gols, sofreu 140. Su artilheiro é Palhinha I, com 20 gols.

O JOGO

21h30 PÚBLICO até agora: 14 mil pagantes, dos quais, 9,5 mil são associados do Cruzeiro. O Huracán tem 300 torcedores à esquerda dos postos de rádio.

21h50 PÚBLICO. Já estão nas cadeiras 21 mil espectadores, dos quais, 15 mil são associados.

21h51 CRUZEIRO em campo, com camisas e meias azuis e calções brancos.

21h55 HURACÁN em campo, com camisas brancas, calções e meias vermelhas.

22h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda das tribunas. Huracán dá a saída.

01 Nervo lança Ábila, mas quem fica com a bola é Fábio.

02 Leandro Damião cruza da esquerda, Henrique não chega a tempo de definir a jogada, Balbi limpa sua área.

03 Bola recuada, Giordano vacila, Damião quase toma-lhe a bola.

04 PÚBLICO ocupa metade dos lugares do Mineirão.

05 ANULADO. Marquinhos entra na área e cruza pra Leandro Damião balançar a rede. Bandeira marca impedimento do meia. E erra, como mostram as imagens de televisão.

06 Arrascaeta arma jogada pela esquerda, porém Mena cruza mal.

07 QUASE. Willian cruza da esquerda, Leandro Damião ajeita de cabeça, mas Nervo, dentro da pequena área, dá um bico na bola e desfaz a jogada celeste.

08 ORGANIZADAS. Rapozama, China Azul, Pavilhão Independente, Sangue Azul, Cachazeiros, Viçosa, Motozeiros, TAC, Jovem, Todos Juntos, Geral Celeste, TFGA.

09 Willians lança Mayke, que cruza da direita. Dominguez cede escanteio.

10 CERA. Huracán gasta quase um minuto pra cobrar um simples latera;.

11 Mena cruza da esquerda, Marquinhos cabeceia, tiro de meta pro Huracán.

12 CERA. Giordano gasta quase um minuto pra repor a bola em jogo. Torcida vaia.

13 BEBETO! Marquinhos aciona Mayke na direita, o lateral levanta a cabeça e escolhe Arrascaeta pra receber o cruzamento. O uruguaio arremata de voleio. Bola sai rente ao poste direito de Giordano.

14 Marquinhos vai à linha de fundo e cruza pra trás. Defesa espana.

14’30″ Willians ganha dividida, pelo alto, na meiuca. Torcida vibra.

15 DOMÍNIO. Desde que o juiz apitou mandando começar o jogo, a torcida celeste apoia e o time pressiona. O Huracán se defende como pode, não sai da defesa e mal consegue trocar passes.

15’30″Torassa cruza da esquerda, Fábio defende.

16. Mayke cruza da direita, defesa do globo corta.

17 MANCINELLI, por agarrar Leandro Damião, que estava prestes a entrar na área quemera.

18 Arrascaeta cobra falta, bola passa por cima da barreira e do travessão.

19 Mayke limpa a área celeste, com corte preciso. Villarruel lança bola longa, buscando Ábila, mas é Fábio quem fica com a bola.

20 ARRUMOU-SE. Huracán se ajeita e começa a jogar. Torassa se movimenta por todos os lados do ataque e promete encher o saco da bequeira celeste.

21 Marquinhos entra ná área quemera e chuta cruzado, após jogada individual,. Bola sai à direita de Giordano.

22 Huracán troca passes na intermediária celes. No fim das contas, Mena é quem fica com a bola.

23. CERA. Nervo cai, jogo para. E não é nada.

24 Balbi cruza da esquerda. Ábila, impedido, cabeceia. Bandeira marca offside.

25 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 61%.

25’30″ MALA. Giordano faz cera na cobrança de tiro de meta e emputece a torcida celeste.

26 Mena cruza da esquerda, defesa cede corner, Marquinhos cobra, Leo cabeceia, Villarruel limpa área argentina.

27 Leo Simões faz ligação direita, mas Henrique está impedido.

28 Gamarra ajeita, Mancinelli chuta, Nas nuvens.

29 Mayke passa a Henrique, Toranzo para o lance, com falta.

30 Mena cruza, Damião arra cabeça, mas quemeros cedem corner.

31. PERDEU. Marquinhos cruza, arma-se a confusão na pequena área portenha, Willian chega pra decidir, mas erra o alvo.

32 Huracán troca passes em seu campo de ataque.

33 Mena cruza da esquerda, Giordano cata borboleta. Nenhum cruzeirenses está a postos pra aproveitar a barbada.

34 ONZE argentinos em seu campo de defesa.

35 Cruzeiro troca passes, mas não encontra espa;cos pra entrar na defesa do Huracán.

36 Leandro Damião desarma Dominguez e cruza da direita. Dá em nada, pois a bola sai alta demais e nenhum celeste está por perto da zona do agrião.

37 Damião dá passe de três dedos pra Willian. Atacante vai na bola, mas Giordano dá um peixinho e espalma pra escanteio.

38 Marquinhos cruza da esquerda, Giordano corta.

39 CERA. Giordano no chão.

40 TORCIDA CELESTE apoiando o time o tempo todo, em desânimo. Quemeros também fazem barulhos em seu cantim no estádio.

41 Leandro Damião pede que o Juiz dê um basta na cera do goleiro.

42. Giordano de pé. Teve porra nenhuma o safado!

43 Mancinelli cruza da direita, muito mal, pra ninguém.

44 Mayke cruza da direita, ninguém alcança a bola.

45 AMARELO. Balbi, por carrinho em Leandro Damião.

45+1 Arrascaeta é derrubado na entrada da área argentina.

45+2 JB FARIA MELHOR. Marquinhos cobra falta. Mal demais, bola muito alta.

45+3 FIM de 1º tempo. Cruzeiro dominou, mas não acertou na hora de servir ou concluir.

INTERVALO

23h03 TIMES voltam a campo. Cruzeiro alterado.

23h04 TROCA. Willian x Alisson.

23h05 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saida.

46 Domínguez derruba Damião. Falta.

47  Mayke cruza da direita. Nervo afasta bola pra lateral.

48 Arrascaeta cobra a falta na entrada da área. Bsobe muito. Tiro de meta.

49 ALISSON fez sua última partida em 22nov14, contra o Palmeiras, pelo Brasileiro.

50 Damião é lançado livre na grande área. Juiz para jogada marcando falta prHuracán.

51 Mayke cruza direita. Mancinelli cede corner.

52 Marquinhos cobra escanteio na esquerda. Defesa do Huracán afasta, Mena pega o rebote, mas chuta pra longe.

53 Torassa avança velozmente pela esquerda, mas é derrubado por Alisson. Falta.

54 AMARELO. Eduardo Domínguez

55 PASSES. Willians já acertou 37 passes, Mena, 21. São os dois mais efetivos neste fundamento.

56 Willians cruza da direita, bola corre muito e fica com a defesa quemera.

57 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 12×1.

58 QUASE. Marquinhos cruza da esquerda. Domínguez tenta cortar, mas quase faz gol contra…

59 Giordano salva o time argentino, com defesa complicada.

60 TROCA. Torassa x Montenegro

60 BLITZ. Cruzeiro pressiona o Huracán, mas o time argentino fica todo fechado.

61 LONGE . Mayke recebe na ponta direita e cruza. Tiro de meta pros argentinos.

62 DUELO. Torcida do Huracán tenta incentivar seu time, mas é abafada pela torcida celeste.

63 ABELHA, Cruzeiro pressiona muito, mas incomoda pouco o goleiro-abelha, Giordanoo, que mestre na fabricação de cera.

63 DEFESAÇA. Abila é lançado na grande área. Fábio sai do gol, que nem um raio, e afasta o perigo.

64 Marquinhos cruza da direita. Mancinelli se antecipa a Damião e corta.

65 PERIGO. Montenegro pega rebote na entrada da área e arrisca. A bola desvia em Léo e quase balança as redes.

66 O Huracán melhora na partida e começar a levar mais perigo ao gol de Fábio.

67 TROCA. Arrascaeta x Judivan

67 Arrascaeta chega com perigo pela meia esquerda e arrisca. A bola passa perto da trave direita de Giordano.

68 TROCA. Toranzo x Gallegos

69 Leonardo Simonini Independentemente do que ocorrer, Marcelo acertou na mexida. Arrascaeta mal demais. Judivan já treinou e pode dar certo na função #trmineirao

70 QUASE. Judivan avança pelo meio e arrisca um chute rasteiro. A bola passa perto da trave direita de Giordano.

71 Marquinhos recebe passe na entrada da área e tenta cruzamento. A bola desvia em Balbi e sai pela linha lateral.

72 DESABOU. Balbi cai na grande área, após disputa de bola, e o jogo é parado.

73 Marcelo Oliveira conversa com Henrique Dourado na linha lateral.

74 TROCA. Henrique x Nerique Dourado.

74 Ábila é lançado na grande área, mas empurra Paulo André. Falta.

75 Huracán troca passes no ataque, mas não cria jogada. E ainda perde a bola.

76 BALIZA. Leandro Damião chuta do bico da área, pela esquerdado ataque celeste. Bola faz a curva e acerta o travessão, bem na forquilha.

76 TROCA.  Balbi x Sotelo

77 ESQUEMA. Com Judivan ao lado de Willians, Cruzeiro joga no 4-4-2, neste momento.

78 Damião chuta da entrada da área. Bola resvala em Vismara, Huracán afasta o perigo.

79 Alisson chuta da entrada da área. Giordano defende, após quase engolir um frango.

80 Torcida começa a se impacientar.

81 Judivan invade a grande área e cruza. Bola resvala em Sotelo e sai a escanteio.

82 Alisson pega rebote na entrada da área e chuta. Giordano defende, sem dificuldade.

83 Em Puerto Ordaz, Venezuela, terminou MINEROS 0×1 UNIVERSITARIO de Sucre. A combinação de resultados está colocando o time boliviano na liderança.

84 Gamarra recebe na meia esquerda e chuta. Bola passa perto do arco celeste.

85  Montenegro chega livre na entrada da área e chuta. Bola sem direção.

86 Cruzeiro pressiona, sem sucesso.

87 QUASE. Judivan, na grande área, reecbe passe de Alisson, domina no peito e chuta na saída de Giordano. Bola tira tinta do poste esquerdo.

88 AMARELO. Giordano, por fazer cera.

89 AMARELO. Paulo André, por derrubar Ábila na entrada da área.

90 BARREIRA. Montenegro cobra a falta, bola bate na barreira do Cruzeiro.

91 QUATRO minutos de acréscimo. Pouco pra 5 substituições e muita cera do Huracán no 2º tempo.

92 Cruzeiro pressiona, mas parece não ter forças mais para reagir.4030

93 CHUVEIRINHO. Cruzeiro insiste nas jogadas de bola aérea, mas nada dá certo para o time celeste.

94 FIM de jogo. Alguns torcedores vaiam, maior parte aplaude e canta.

NÚMEROS: Posse de bola: Cruzeiro, 60%. Finalizações: Cruzeiro 18×6. Roubadas de bola: Huracán 24×20. Faltas: Huracán 10×6. Passes do Cruzeiro: 379 certos, 59 errados, 87% de aproveitamento. Passes do Huracán: 193 certos, 40 errados, 83% de aproveitamento.

CRUZEIRO 0×0 HURACÁN, terça-feira, 03mar15, 22h. TEMPO bom, temperatura 21º, vento 8 Km/h, umidade 85%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 2ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015. TRANSMISSÃO: Fox 2. PÚBLICO: 25.867 pagantes, 27.409 presentes, R$987.767, média R$38. ARBITRAGEM: Enrique Cáceres, Rodney Aquino e Carlos Cáceres, trio paraguaio. AMARELOS: Mancinelli, Balbi, Dominguez, Giordano (H), Paulo André (C). CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Willians e Henrique (Henrique Dourado); Marquinhos, Arrascaeta (Judivan, 67) e Willian (Alisson, intervalo); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. HURACÁN: Matías Giordano; Federico Mancinelli, Martín Nervo, Eduardo Dominguez e Luciano Balbi (Guillermo Sotelo); Federico Vismara e Lucas Villarruel; Patricio Toranzo (Ezequiel Gallegos), Agustín Torassa (Daniel Montenegro) e Romero Gamarra; Ramón Abila. T: Néstor Apuzzo. HISTÓRICO: Foi o 1º jogo entre os dois times. Ao todo, em 15 participações, o Cruzeiro disputou 139 partidas de Libertadores. Venceu 81, empatou 26, perdeu 32, marcou 268 gols, sofreu 140. Su artilheiro é Palhinha I, com 20 gols.

Semana 8: Estreia discreta na Libertadores

Por Jorge Angrisano Santana | Em 3 de março de 2015

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 8 de 2015, por MAURO FRANÇA.

SEGUNDA, 23fev15. Titulares contra o Boa fizeram treino físico na academia. Demais participaram de treino técnico. Fábio e Manoel treinaram normalmente. Liberado pelo DM, Mayke iniciou preparação física. Ceará, Alisson e Gilson fizeram aquecimento em campo e foram pra academia. /// Douglas Grolli e Gabriel Xavier foram regularizados. /// FIVB anunciou que o SADA CRUZEIRO sediará o 11º Mundial de Clubes entre 27out e 1nov. Local da disputa ainda não foi definido.

TERÇA, 24fev15. Pela manhã, delegação viajou pra Sucre em voo fretado, com 19 jogadores: Fábio, Rafael, Fabiano, Bruno Rodrigo, Léo, Paulo André, Mena, Pará, Felipe Seymour, Henrique, Willian Farias, Willians, De Arrascaeta, Marquinhos, Joel, Judivan, Henrique Dourado, Leandro Damião e Willian. No final da tarde, jogadores treinaram no Olímpico Pátria.

QUARTA, 25fev15. UNIVERSITARIO SUCRE 0×0 CRUZEIRO, Olímpico Pátria, Sucre, Bolívia, 1ª rodada, grupo 3, Libertadores 2015, 18.000 (estimativa). Arbitragem: Omar Ponce, Carlos Herrera e Luis Vera, trio equatoriano. Amarelos: González (U), Willian Farias (C). Vermelho: Joel (C). UNIVERSITÁRIO: Juan Carlos Robles; Ramiro Ballivián, Ignacio Gonzáles, Ezequiel Filipetto e Carlos Camacho; Rolando Rivera (Richard Mercado), Federico Silvestre (Urdininea), Rubén CuestaAlejandro BejaranoLeonardo Castro; Martín Palavicini. T: Julio César Baldivieso. CRUZEIRO: Fábio; Fabiano, Leo SimõesPaulo André e Mena; Willian Farias (Willians) e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta (Judivan) e Willian (Joel); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. /// MARCELO OLIVEIRA: “O 1º tempo não foi bom. Tivemos dificuldade de adaptação à velocidade da bola, e também de posicionamento. Eles botam velocidade, cobram todas as faltas, escanteios e laterais muito rápido pra usar o peso da altitude. Nosso time sentiu, demorou a se adaptar e eles tiveram mais volume no 1º tempo, embora sem criar oportunidades claras. No 2º tempo, foi diferente. Tivemos as melhores oportunidades, uma do Damião, que rolou a bola um pouco forte e outra do Willian, que finalizou mal. Em Libertadores, em circunstâncias ruins, se você não pode ganhar, tem que ficar com o empate”. /// FÁBIO completou 611 partidas pelo clube e se tornou o 2º jogador que mais atuou com a camisa celeste, ultrapassando Dirceu Lopes.  Já HENRIQUE atingiu a marca de 250 jogos.

QUINTA, 26fev15. Delegação desembarcou em Confins à tarde. Jogadores foram liberados. /// Empresário de DAGOBERTO confirmou negociações com o Vasco. /// ROBSON PIRES, diretor comercial, sobre patrocínio máster e venda de camisas: “A negociação com a Caixa está no mesmo pé, não há certeza de que vamos fechar. Estávamos com conversas avançadas, mas com a mudança de presidência da empresa agendaremos uma nova reunião para definir a situação. Estamos conversando com mais duas empresas, não posso falar os nomes, são conversas iniciais. Perdemos valor razoável sem patrocínio master. A venda de camisas não conseguiu suprir esta perda, mesmo com a venda de 120 mil unidades em 2 meses e o recebimento de cerca de 17% de royalties”. /// O beque RONALDO foi convocado pela Seleção Brasileira Sub17 pra disputa do Sulamericano, em março, no Paraguai.

SEXTA, 27fev15. Pela manhã, jogadores que atuaram em Sucre fizeram atividades na academia. Os demais participaram de treino técnico em campo reduzido, seguido de rachão. Bruno Rodrigo foi liberado para tratar de assunto familiar. À tarde, delegação seguiu de ônibus pra Juiz de Fora com 20 jogadores: Rafael, Elisson, Fabiano, Mayke, Breno Lopes, Gilson, Pará, Bruno Rodrigo, Douglas Grolli, Manoel, Bruno Edgar, Eurico, Felipe Seymour, Willian Farias, Gabriel Xavier, Marcos Vinícius, Henrique Dourado, Joel, Judivan e Neilton. Depois de ser relacionado, Charles sentiu incômodo na coxa e foi cortado da viagem. /// Acertada a transferência de DAGOBERTO para o Vasco, por empréstimo até o final da temporada. /// FMF comunicou mudança de local do Cruzeiro x Villa Nova, do Castor Cifuente pra Arena do Jacaré.

SÁBADO, 28FEV15. TUPI 0×3 CRUZEIRO, no Mário Helênio, Juiz de Fora, 5ª rodada, Mineiro 2015, 7.570 pagantes, R$169.860. Arbitragem: Flávio Henrique Teixeira, juiz; Celso Luiz da Silva, Magno Arantes Lira, bandeiras. Amarelos: Mayke, Henrique Dourado, Pará (C), Genalvo (T). Vermelho: Mailson (T). Gols: Henrique Dourado, 7, Maílson, contra, 11, Neilton, 60. TUPI: Glaysson, Osmar, Silvio, Maílson e Fabrício Soares; Genalvo, Ygor (Rafael Assis, intervalo), Noé (Bruno Arrabal, intervalo) e Marcos Goiano; Danilo (Marcinho, 69) e Daniel Morais. T: Felipe Surian. CRUZEIRO: Rafael Monteiro, Mayke (Fabiano, 56), Manoel, Bruno Rodrigo e ParáWillian FariasEuricoBruno EdgarJudivan (Gabriel Xavier, 67), Joel (Neílton, 59); Henrique Dourado. T: Marcelo Oliveira. /// MARCELO OLIVEIRA: “Fiquei bastante satisfeito, na maior parte do tempo os jogadores estavam organizados em campo, houve uma entrega muito boa, tanto é que no final alguns estavam sentindo câimbras. No final do primeiro tempo nos caímos um pouco, o time deles começou a chegar mais, mas depois retomamos o jogo e podíamos ter feito mais gols. Foi garantido o objetivo dos três pontos, manter a liderança, dar ritmo aos jogadores e observar também”. /// SUPERLIGA MASCULINA VÔLEI, última rodada fase classificação, Ginásio do Riacho, Contagem, SADA CRUZEIRO 1×3 SESI-SP (27/25, 22/25, 21/25, 20/25). SADA CRUZEIRO: Fernando Cachopa, PV, Winters, Kadu, Douglas Cordeiro, Éder Levi e Kachel. T: Marcelo Mendez. SESI: Marcelinho, Maurício, Riad, Mão, Lucão, Lucarelli e Serginho. Entraram Théo, Thiaguinho e Murilo. T: Marcos Pacheco. Sada Cruzeiro ficou com o 1º lugar (56PG, 19V, 3D) e vai enfrentar o Montes Claros nas quartas de final. /// SUPERLIGA B, Bento Gonçalves/RS, SADA CRUZEIRO UNIFEMM 2×3 BENTO VÔLEI ISABELA.

DOMINGO, 01mar15. Pela manhã, jogadores que atuaram em Juiz de Fora fizeram atividades regenerativas. Titulares fizeram treino técnico em campo reduzido. Riascos, recuperado de lesão muscular, treinou normalmente, assim como Charles. /// ATLETISMO: Sueli Pereira Silva ficou com a 3ª colocação na IX Meia Maratona Internacional de São Paulo, com o tempo de 1:18:27. Jaciane Barroso Araújo foi a 9ª, com 1:23:04. No masculino, José Márcio Leão da Silva foi o 6º, com 1:06:25, seguido por Sérgio Celestino da Silva em 7º e Luís Paulo da Silva em 8º. Ivamar de Oliveira venceu a 15ª Corrida Ecológica de Conceição do Pará/MG, com 27:22. André Aparecido Ferreira foi o 2º e Sander Luís dos Santos o 3º. Em Ponte Nova/MG, Valdir Sérgio de Oliveira venceu a 21ª Corrida São Sebastião, com 18:40.

Mamadona

Por Jorge Angrisano Santana | Em 2 de março de 2015

New Maradona

Domingo, num canal de TV da Venezuela.

Huracán, de bem com a vida

Por Jorge Angrisano Santana | Em 2 de março de 2015

O Huracán já disputou 3 partidas no Torneio de 30, atual campeonato Argentino.

Na estreia, perdeu pro Unión, em Santa Fé, por 1×0.

Depois, venceu em casa, no Palácio Tomás Ducó, o Arsenal por 1×0.

Neste fim de semana, perdeu, em Mendoza, por 2×1 pro Godoy Cruz.

  • Confiram a formação do Globo contra o Arsenal;

Marcos Diaz

Mancinelli, Nervo, Dominguez e Balbi;

Vismara e Villarruel

Agustín Torassa, Toranzo e Romero Gamarra

Ramón Ábila

  • E contra o Godoy Cruz, com vários titulares poupados:

Matias Giordano

Nervo, Echeverria, Domínguez e Balbi

Moreno y Fabianesi, Robledo, Gallegos e Sotelo;

Daniel Montenegro

Ramón Ábila

Fatos:

  1. Pity Martínez, o craque do time na conquista da Copa Argentina, transferiu-se pro River Plate.
  2. O goleiro titular, Marcos Diaz, sofreu distensão e não se sabe quando voltará.
  3. Daniel Montenegro, vindo do Independiente, é o novo enganche.
  4. Domínguez, 37 anos, é o capitão e cobrador de pênaltis.
  5. Alejandro Romero Gamarra, meia de 20 anos, é a revelação do clube.
  6. Cristhian Espinoza, outra revelação, campeão Sulamericano Sub20 está lesionado. Seu substituto é Torassa.
  7. Ábila só não foi poupado contra o Tomba porque estava ansioso com a seca de gols. Jogou, marcou um e perdeu dois claros.
  8. Ramon Dario Ábila recebeu apelido de Wanchope por sua semelhança com o goleador costarricense. Ele é de Córdoba e foi revelado pelo Instituto, seu time de coração.
  9. Néstor Apuzzo assumiu como interino há menos de dois meses e levantou o caneco que colocou o time na Libertadores.
  10. Torcedores, dirigentes, treinadores e atletas estão eufóricos com o retorno do clube à elite argentina e sulamericana. Todos apoiam, ninguém reclama. Estão de bem com a vida.