JAS: “Time celeste criou oito chances de gol”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 27 de março de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 1×1 MAMORÉ, no Mineirão, belo Horizonte, jogo adiado da 8ª rodada do Mineiro 2015, às 22h de 25mar15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Tivemos volume bom no primeiro tempo e pecamos na hora de finalizar. O Joel deu uma cabeçada forte e o goleiro defendeu, e nesse tipo de jogo precisa do primeiro para mudar a proposta do rival, que ficou atrás o tempo todo. E eu tinha orientado a questão de eventuais contra-ataques e a bola parada. Tivemos desatenção numa, fazemos marcação individual e não podemos deixar cabecear sozinho. Foi um erro nosso e a partir dali tivemos a precipitação em algumas jogadas. O lado bom foi que persistimos o tempo todo, é um jogo para jogada individual, tabela e de lado de campo. Até saíram muitas jogadas, mas erramos os cruzamentos. Valeu pela persistência e pelo resultado, que nos dá a liderança.

HENRIQUE, volante do Cruzeiro: Faltou o gol. Criamos, mas não fomos felizes nas finalizações. Faltou mais frieza na hora de fazer o gol pra dar uma tranquilidade maior no resto do jogo. Os jogadores que ficaram fora são importantes. Sempre frisamos que estávamos buscando ritmo de jogo e entrosamento e disso os jogadores que permaneceram no clube são capazes. O grupo é competitivo e vai lutar pra fazer o melhor.

FLÁVIO CARNEIRO, no PHD: O Cruzeiro entrou em campo com 2 volantes e 4 atacantes (Joel, Riascos, Judivan e Damião), mas sem ninguém capaz de armar as jogadas e fazer a ligação defesa/ataque, já que os atacantes naturalmente jogam pelos lados do campo ou avançados, junto aos zagueiros adversários. Assim, o meio campo fica com um “buraco”, limitando as ações ofensivas…

JAS, no PHD: 05. BALIZA. Mayke cobra lateral, Damião recebe de costas pro gol, gira e chuta. Gilberto defende parcialmente, bola sobra na pequena área pra Riascos, que acerta o travessão. 1ª CHANCE PERDIDA. 11. QUASE. Mayke recebe na direita e cruza na cabeça de Joel que arremata e quase abre o placar. 2ª CHANCE PERDIDA. 19. DEFESAÇA. Blitz celeste, Judivan cruza da direita, Joel cabeceia, Gilberto faz bela defesa, Juliano limpa área. 3ª CHANCE PERDIDA. 40. DEFESAÇA. Pablo sai jogando errado, Damião toma-lhe a bola e passa a Riascos, na direita. O colombiano, frente a frente com o goleiro, chuta rasteiro. Gilberto faz boa defesa. 4ª CHANCE PERDIDA. 67. ANULADO. Marcos Vinícius faz boa jogada pela esquerda, chuta cruzado, Neilton faz o gol, mas está impedido. Bandeira acertou. 79. PERDEU. Damião ajeita pra Henrique, que livre, dentro da área, arremata mal. Tiro de meta pro Mamoré. 5ª CHANCE PERDIDA. 85. GOL. Marcos Vinícius faz jogada individual e chuta. Bola desvia na defesa e sobra limpa pra Leandro Damião, que faz o gol de empate com uma cavadinha. CRUZEIRO 1×1. 93. QUASE. Bate-rebate na área do Sapo. Joel quase marca. bequeira afasta bola como dá. 6ª CHANCE PERDIDA.

MARIANA RESENDE, no PHD: Assisti ao jogo do lado meu pai e passamos o jogo todo nos divertindo. O que nos resta? Quando a gente assiste ao time de 2015 in loco, é que dá pra perceber o tamanho do trabalho que o Marcelo terá. “Ah, mas ontem era praticamente o time todo reserva”, “o time está se entrosando”… O fato é que independentemente de quem entre em campo, esses 11 estão sob a sombra de 2013/2014, até a torcida!

ANA ROCHA, no PHD: Quando o time foi desmanchado pensei que teríamos dificuldade para montar uma equipe razoável. Mas, a situação está muito pior, não temos jogado bem nem campeonato mineiro.

Damião, Vinícius e Leo, os melhores

Por Jorge Angrisano Santana | Em 26 de março de 2015

Atuações dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 1×1 MAMORÉ, no Mineirão, belo Horizonte, jogo adiado da 8ª rodada do Mineiro 2015, às 22h de 25mar15.

TORCIDA CELESTE preferiu ficar em casa vendo pela TV Globo, que transmitiu o jogo pra todo o estado. Os 7 mil valentes, que trocaram o sofá pela arquibancada apoiaram o time. No fim, vaias de uma parte menor composta de termocéfalos que desconhecem a tabela do campeonato. (Síndico)

FÁBIO defendeu quase tudo, menos a cabeçada perfeita de Juliano, no gol do Mamoré. Essa, nem Neuer, Courtois ou Buffon catariam. (Síndico)

MAYKE fez boas ultrapassagens e cruzamentos, trabalhando com Judivan, num excelente 1º tempo. No 2º, com o deslocamento do parceiro pro outro lado, caiu um pouco. (Walterson Almeida)

LEO SIMÕES não escolhe lado do campo pra jogar. Cumpre bem sua missão pela esquerda ou pela direita. Compensa a falta de velocidade, com ótima colocação, faz coberturas precisas nas laterais e, sempre que pode vai ao ataque e imobiliza dois marcadores que ficam por sua conta nas bolas paradas. Ontem fez tudo isto e foi o melhor do jogo. (Síndico)

PAULO ANDRÉ, sempre bem colocado,  não deu chances ao adversário. Saiu no intervalo devido a uma contusão simples, mais pra não agravar o quadro. (Walterson Almeida)

MANOEL entrou no intervalo e  não comprometeu. (Síndico)

GILSON alternou boas jogadas no ataque, com passes bisonhos. Na defesa, esteve bem posicionado (Walterson Almeida)

WILLIAN FARIAS fez o que sabe: correr atrás dos adversários e tomar-lhes a bola. E nem deve ter autorização pra fazer mais do que isto. Ao menos é o que se deduz das inúmeras avaliações de Marcelo Oliveira sobre o papel do primeiro volante. (Síndico)

HENRIQUE passou boa parte do jogo como única opção de saída de bola pelo meio campo, uma função que não é dele, por isso não dá pra criticar sua atuação. (Flávio Carneiro) /// Fez boa partida. Único lance desagradável foi o gol que errou bisonhamente. De resto, produziu bastante pro time. (Matheus Chaves) /// Apareceu na frente dando assistências, chutou a gol e segurou bem a onda quando ficou como único volante. (Rogério Bastos)

MARCOS VINÍCIUS entrou bem, com personalidade e arriscando jogadas individuais. Cavou faltas na entrada da área, desperdiçadas pelos cobradores, e fez a jogada que resultou no gol. Deixou boa impressão. (Mauro França) /// Ele veio pra base, mas tem tem treinado muito bem como meia. Tem boa finalização de fora da área e bom passe. Hoje entrou de segundo volante pra dar ao time mais poder ofensivo. Ele fez a jogada do gol, tentou outras e pode, sim, ter chance na Libertadores. Tive confiança de colocá-lo numa situação adversa, embora o ideal seja colocar um jogador jovem com o time ganhando. A expectativa era essa, dele jogar mais e na meia, mas entrou na adversidade e correspondeu, isso é importante. (Marcelo Oliveira)

RIASCOS, completamente sem ritmo e fora de sintonia, foi quase nulo. Perdeu um gol logo no início e se apagou. Só apareceu depois pra desperdiçar outra boa chance em contrataque. (Mauro França) /// Ele vem treinando normalmente. É experiente, tem bagagem, foi pro jogo e fez sua parte diante de um rival com marcação curta. A troca foi técnica e tática. (Marcelo Oliveira)

JUDIVAN é bom de bola mas ainda precisa aprender a “ler o jogo”. Ficar perdendo uma bola atrás da outra por insistir na mesma jogada que o adversário já neutralizou é coisa de juvenil, o que ele já deixou de ser. (Matheus Penido) /// No 1º tempo. Jogou junto com o Mayke e ajudou a criar as melhores jogadas pelo lado direito. No 2º, caiu muito de produção, junto com o time, que se desorganizou taticamente. (Flávio Carneiro)

NEILTON teve boa postura, sempre pedindo jogo, driblando, mostrando personalidade ao cobrar do Gilson o passe na melhor tabela dos dois no 2º tempo. Merece mais oportunidades no time titular. (Eduardo Mano) /// Tinha esperança de que ele conseguisse abrir a defesa com dribles e recebesse faltas. Elas aconteceram, mas não aproveitamos. (Marcelo Oliveira)

JOEL tentou, correu, se movimentou, mas arriscou pouco e não produziu muito. Foi melhor no 1º tempo, quando acertou duas boas cabeçadas, uma que saiu raspando a trave e outra defendida pelo goleiro. (Mauro França)

LEANDRO DAMIÃO fez seu 8º gol no campeonato, ganhando folga na liderança da artilharia. Marcou mal o beque Juliano no gol do Mamoré, segundo ele mesmo confessou, mas aquela cabeçada estava escrita nas estrelas ou cravada no DNA do beque batráquio. Tinha de acontecer, com ou sem Damião marcando. Além destes dois eventos, como sempre, marcou a saída de bola e serviu colegas em jogadas ofensivas, como na chance desperdiçada por Riascos. (Síndico)

MARCELO OLIVEIRA escalou o time politicamente possível. Ou alguém acha que é possível não botar pra jogar o Joel, cujo empréstimo se encerram em dois meses e precisa ser avaliado? Ou não dar visibilidade a Riascos, contratação bancada pelo presidente? Quando precisou, ele lançou mão dos bancários e não errou. (Síndico)

CRUZEIRO fez uma  boa partida, apesar da chiadeira dos termocéfalos, dos hidrófobos e até dos apaixonados inconformados por não terem mais aquele o time bicampeão brasileiro pra chamar de seu. Na ponta do lápis, foram criadas oito excelentes chances de marcar, das quais duas foram aproveitadas, uma delas anulada por um acidente de trabalho chamado impedimento. Ora, time que cria oito chances está longe de ter sido improdutivo e não ter sido efetivo na armação. Outra lorota é a história de que jogou no 4-2-4. Importa mais a função do que a etiqueta na carreira do atleta. Assim, Judivan, Riascos e Joel não entraram só pra atacar. Também tinham funções defensivas e de armação. Como não conseguiram cumprir bem esta última, Marcos Vinícius entrou e fez até mais do que se esperava de um estreante. Agora, a menos que os  insatisfeitos exijam um time igual ao do bicampeonato, na marra, é bom reconhecer os méritos e a sorte do lutador e organizado Mamoré. (Síndico)

MAMORÉ levou sorte ao se safar de seis chances claras de tomar gol, mas também mostrou méritos ao suportar a pressão celeste sem se desarrumar, nem apelar. Fez cera, mas quem não faz contra o Cruzeiro no Mineirão? Em alguns momentos chegou a ter dez jogadores dentro de sua área. É proibido? Não, em especial, pra um time que está catando um pontinho aqui e outro acolá pra escapar do rebaixamento. Juliano, autor do gol e xerife da defesa foi o cara do time. Gilberto, com boas defesas, e Charles, que cobrou o escanteio do gol, como nenhum cruzeirense consegue fazer há tempos, também se destacaram. O Sapo está de parabéns. Mesmo! (Síndico)

ÁRBITROS não complicaram muito, embora Marcelo Oliveira tenha razão na reclamção de que as barreiras formadas pelo Mamoré nunca obedeceram à distância prevista n livrim de regras. (Síndico)

MDJ => Marcos Vinícius [11], Leandro Damião [10], Leo Simões [9], Torcida Celeste, Judivan, Gilberto, Carlos Alberto Pael, Jerferson Antônio Costa [1].

França 1×3 Brasil: Pra contrariar os contras

Por Jorge Angrisano Santana | Em 26 de março de 2015

BRASIL contra a França, no Stade de France, em Saint-Denis, arredores de Paris, França, amistoso. às 17h, deste 26mar15.

VEJA viu o jogo:

Os franceses chegaram ao gol brasileiro pela primeira vez aos 7. Após escanteio da esquerda, Varane disputou com Miranda e a sobra ficou com Benzema. Na pequena área, o atacante finalizou de cabeça e Jefferson defendeu. O primeiro ataque brasileiro aconteceu aos 10, quando Neymar tocou pra Firmino, que demorou pra chutar e acertou um zagueiro.

Aos 20, no mesmo gol que Zidane marcou duas vezes de cabeça na final de 1998, Varane participou do lance muito parecido com o primeiro gol naquela decisão. Após escanteio da esquerda, o zagueiro do Real Madrid ganhou na velocidade de Miranda, saltou e cabeceou no canto esquerdo de Jefferson.

Aos 39, Oscar empatou: recebeu pela esquerda e tabelou com Firmino. Mesmo pressionado por Sagna, o meia conseguiu tocar de bico, de esquerda, por baixo de Mandanda. Animado pelo gol, o time brasileiro voltou melhor pro 2º tempo e aos 55 Elias deu bom passe pra Willian, que arrancou e rolou pra Neymar. O atacante dominou com estilo e chutou forte com o pé esquerdo.

Aos 68, depois de rápido contrataque, Luiz Gustavo marcou. Ele aproveitou escanteio batido da direita por Neymar e cabeceou firme, pro chão, tirando do alcance do goleiro.

FRANÇA 1×2 BRASIL, 26mar15qui17h. TEMPO bom, temperatura 6º, vento 10 Km/h, umidade 84º. LOCAL: Stade de France (80 mil), Saint-Denis, França. MOTIVO: Amistoso. TRANSMISSÃO: Globo e SporTV. PÚBLICO: 80.000. ARBITRAGEM: Nicola Rizzoli, italiano. AMARELOS: GOLS: Varane (cabeça), 21, Oscar (biquinho), 40, Neymar (canhota), 56, Luiz Gustavo, 68. BRASIL: Jefferson, Danilo, Miranda, Thiago Silva e Filipe Luiz; Luiz Gustavo (Fernandinho) e Elias (Marcelo); Oscar (Souza) e William (Douglas Costa); Neymar e Roberto Firmino (Luiz Adriano). T: Dunga. FRANÇA: Mandanda; Sagna, Varane, Sakho e Evra; Sissoko (Kondongbia), Schneiderlin e Matuidi (Giraud); Valbuena (Payet), Benzema e Griezmann (Fekir). T: Didier Deschamps.

Cruzeiro 1×1 Mamoré: Liderança a fórceps

Por Jorge Angrisano Santana | Em 25 de março de 2015

CRUZEIRO contra Mamoré, hoje, 25mar15, às 22h, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo adiado da 8ª rodada do Mineiro 2015.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 2º, com 20 pontos, Mamoré é o 10º, com 7 pontos. Ambos têm 1 jogo a menos que os adversários.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Ceará, Pará (L), Bruno Rodrigo, Manoel (B), Bruno Edgar, Charles (V), Gabriel Xavier, Marcos Vinícius (M), Henrique Dourado, Neilton (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Mena, na seleção chilena, Arrascaeta, na uruguaia, Alisson, na sub23 brasileira, Alan, Dedé, Willians e Willian, lesionados, Marquinhos, poupado.

PENDURADOS no Cruzeiro: Ninguém.

LEO SIMÕES, beque do Cruzeiro: “Pra um bom desempenho da defesa, é essencial o diálogo, a leitura das características de cada jogador e o meio de campo preencher espaços. Defesa, meio e ataque são responsáveis pelo bom desempenho do sistema defensivo. A marcação se inicia com os atacantes Marquinhos e Damião. É isso que vem fazendo a defesa ter bons números. Mesmo com a chegada de vários jogadores, temos jogado bem, independentemente de quem atua. É no trabalho e dedicação do dia a dia, no empenho de cada jogo, que se consegue evoluir e crescer. Estamos crescendo, evoluindo. E este é o objetivo”.

BANCO do Mamoré: Rafael Broetto (G), Arthur Carioca (B), Esquerdinha (L), Alan Bahia (V), Denílson (V), Radar (M), Diego Sales (M), Flávio (A), Robertinho (A).

AUSENTES no Mamoré: André Alves (B), suspenso.

PENDURADOS no Mamoré: Charles, Denílson, Radar, Marco Tiago, Maxsuel e Pablo.

JERFERSON ANTÔNIO DA COSTA, 29 anos (08abr85), juiz do quadro da FMF, é policial militar e já apitou 4 jogos do Módulo I e 2 do Módulo II, do Mineiro 2015.

O JOGO

21h53. CRUZEIRO em campo, com camisas e meias azuis e calções brancos.

21h55. MAMORÉ em campo, com camisas de listras verticais verdes e brancas, calções e meias verdes.

22h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda das tribunas, dá a saída.

01 Times se estudam jogando na meiuca.

01’30” Lateral pra defesa do Sapo.

02 Mamoré toca a bola na defesa.

03 Sapo tenta manter a posse da bola. Não quer saber de jogo.

04 Cruzeiro vai ao ataque e ganha lateral próximo da área.

05 BALIZA. Mayke cobra lateral, Damião recebe de costas pro gol, gira e chuta. Gilberto defende parcialmente, bola sobra na pequena área pra Riascos, queacerta o travessão. 1ª CHANCE PERDIDA.

06 Mamoré tenta se recompor, mantendo a bola longe de sua área.

07 Leo Simões cede escanteio para o Mamoré. Luizinho cobra, Pablo tenta o giro, mas a bola bate na defesa celeste.

08 Judivan derruba um adversário no meiocampo. Primeira falta do jogo.

09 Charles cobra falta, com muita força, bola sai pela linha de fundo.

10 Judivan recebe na área, gira e tenta cruzar. Defesa batráquia corta.

11 QUASE. Mayke recebe na direita e cruza na cabeça de Joel que arremata e quase abre o placar. 2ª CHANCE PERDIDA.

12 TORCIDA CELESTE se anima com o bom início do time.

13 Judivan recebe na direita, dribla o marcador e chuta em direção à área batráquia. Juliano corta do jeito que dá.

14 Judivan cobra o corner, Leo Simões cabeceia, Gilberto ganha um tiro de meta pra cobrar.

15 Judivan chuta rasteiro, defesa batráquia corta.

15 POR CIMA Joel cruza da direita, defesa corta mal, Willian Farias chuta, bola desvia na defesa e sai pela linha de fundo.

16 Mayke vai à linha de fundo, pela direita, e cruza. Bola cruza área batráquia, mas ninguém aparece pra conferir.

17 Só o Cruzeiro joga. Mamoré se defende como pode.

18 Judivan passa de calcanhar a Mayke, Erick corta pra lateral.

19 DEFESAÇA. Blitz celeste, Judivan cruza da direita, Joel cabeceia, Gilberto faz bela defesa, Juliano limpa área. 3ª CHANCE PERDIDA.

20 ORGANIZADAS do Cruzeiro, um time confiável: Rapozama, China Azul, Pavilhão Independente, Sangue Azul e FanatiCruz; FAC Chopp e Motozeiros; Corozeiro, Jovem e Todos Juntos; Geral Celeste.

21 Ernani cobra falta na direita, direto pras mãos de Fábio.

22 POSSE DE BOLA. Cruzeiro, 63%.

23  avança pela direita e chuta pra fora.

24 Riascos obra falta mandando a bola pra área, defesa batráquia corta no primeiro poste.

25 Riascos tenta o drible próximo à área, mas é desarmado.

25’30” DEFESA vs ATAQUE. Juliano rebate com um bico pro alto.

26 Henrique lança Mayke, Charles intercepta a bola.

27 PÉ TORTO. Jhonatan chuta da intermediária, pra lugar algum.

28 Jhonatan Reis tenta dominar a bola, mas recebe falta de Willian Farias na meiuca.

29 Riascos recebe passe de Gilson, tenta armar jogada, mas só consegue um lateral.

29’30” Jhonatan demora com a bola e acaba desarmado por Leo Simões.

30 Judivan cai sentindo dores no joelho direito e levado pra fora pelo carromaca.

30’30” ATAQUE vs DEFESA. Cruzeiro ataca, Mamoré se defende. O inverso ainda não aconteceu.

31 Judivan volta a campo.

32 Pablo divide com Judivan e cai. Jogo parado.

33 Recomeça o jogo.

33’30” Luizinho comete falta em Gilson. Lá vem chuveirada.

34  Gílson cobra falta, defesa batráquia corta, Riascos comete falta de ataque.

35 Charles tenta o passe em profundidade, defesa celeste intercepta.

35’30″ Gilberto faz cera no tiro de meta e recebe uma colada de saco do juiz.

36 Gilberto bate tiro de meta pra Ernani, que deixa bola escapar pela lateral.

37 Henrique cruza rasteiro, Juliano chega primeiro e limpa área batráquia com um bico.

38 ALBERTO RODRIGUES, narrador da Itatiaia: “Joel e Riascos têm que correr mais”.

38’30″Mamoré tá mais fechado do que boca de bode.

39 Gilson vai à linha de fundo e cruza. Gilberto cata.

40 DEFESAÇA. Pablo sai jogando errado, Damião toma-lhe a bola e passa a Riascos, na direita. O colombiano, frente a frente com o goleiro, chuta rasteiro. Gilberto faz boa defesa. 4ª CHANCE PERDIDA.

41 Joel vai com sede ao pote e comete falta de ataque.

42 Mayke comete falta em Ernano, Mamoré tem chance de cruzar.

43 Charles cobra falta na esquerda, Fábio encaixa.

44 Paulo André dá uma engrosada na esquerda e cede lateral pro Sapo.

44’30″ INOFENSIVO! Alberto Rodrigues, locutor da Itatiaia avalia assim o time de Patos de Minas.

45 POSSE De BOLA: Cruzeiro, 58%.

45+1 Gilson protege a bola, mas Luizinho chega com força e o derruba.

45+2 Charles segura bola no ataque.

45+3 FIM de 1º tempo. Cruzeiro criou 4 boas oportunidades de marcar.

JOEL: “Temos que ficar mais com a bola, pressionar a saída deles, deixamos eles gostarem um pouco do jogo. Espero que no 1º tempo a gente melhore pra fazer um gol, e depois, quem sabe, o segundo e o terceiro”.

GILBERTO: “O Cruzeiro é perigoso. Trabalhamos bem durante a semana e hoje consegui fazer algumas defesas e ajudar nosso time”.

INTERVALO

23h03 TROCAS. Paulo André x Manoel, Riascos x Neilton.

23h04. COMEÇA o 2º tempo. Mamoré dá a saída.

46 Cruzeiro já está no ataque. Mamoré fica plantado na defesa.

46’30” Neilton tenta a jogada individuai, que Thales destrói com um bico pra lateral.

47 Falta na intermediária, Neilton na bola.

47’30” Neilton cobra, Manoel raspa de cabeça, mas erra o alvo. Gilberto tirou com o olho.

48 Luizinho dá uma enfeitada e mata ataque do Sapo. Na sequência, Henrique derruba Charles na intermediária.

49 Luizinho cobra falta, bola bate na barreira e sai pela linha de fundo.

50 Cobrança de falta, bola atravessa área celeste, ninguém parece pra mandar arrematar. Melhor chance do Sapo, mesmo sem finalização.

51

52 Joel é derrubado no ataque. Mais chuveirada!

53 BIKE. Neilton cobra com chute direto. Gilberto tira de soco. Na sobra, Joel cruza, Leo Simões arremata de bicicleta, bola nas mãos do goleiro.

54 Mamoré sai rápido da defesa ao ataque, bola desvia na defesa celeste, Leo Simões, acossado por Jhonatan deixa bola sair a escanteio.

55 GOL. Charles cobra escanteio na direita,  Juliano sobe muito muito  e testa firme, Fábio só olha a bola entrar no ângulo. MAMORÉ 1×0.

56 TORCIDA CELESTE empurra o time.

57 QUASE Judivan recebe no contragolpe e chuta da entrada da área. Bola sai a esquerda de Gilberto.

58 Gilson avança pela esquerda e cruza rasteiro. Defesa batráquia cede corner.

59 Joel chuta defesa do Mamoré corta.

60 Judivan levanta a cabeça e cruza da direita. Juliano corta.

61 Leandro Damião sobe, mas escorado pela bequeira patense, não consegue cabecear.

62. Cruzeiro continua mandando no jog, mas já não cria chances como na etapa inicial.

63 TROCA. Willian Farias x Marcos Vinícius

63’30” Luizinho recebe lançamento, Leo Simões toma-lhe a bola e sai jogando.

64 Charles recebe nas costas de Gilson e cruza. Jhonatan Reis fica preso à marcação e não consegue chegar na bola.

65 Mayke avança pela direita, mas só consegue o lateral. Na sequência, Judivan cruza, Juliano corta. Escanteio.

66 Dois cruzamentos do Cruzeiro, dois cortes do Mamoré.

67 ANULADO. Marcos Vinícius faz boa jogada pela esquerda, chuta cruzado, Neilton faz o gol, mas está impedido. Bandeira acertou.

68 TROCA. Charles x Diego Sales

69 IMPECÁVEL JULIANO. Neilton faz boa jogada e cruzar, Juliano tira mais uma.

70 Marcos Vinícius toma a bola de Diego Sales, dribla um, mas é derrubado por outro. Falta pra chuveirar.

70’30” Marcos Vinícius cobra, bola fica viva na área, Gilberto corta passe de Joel.

71 Judivan tenta driblar Ernani, mas é derrubado. Falta perigosa.

71’30’ CERA. Gilberto cai. Médico em campo.

72 OLHO NELE! Marcos Vinícius entrou e o time celeste melhorou.

73 Demora incrível pra cobrança e, quando acaba, Marcos Vinícius carimba a barreira.

74 Damião tenta o passe de prima, mas é atropelado por Juliano. Falta frontal. Gilson se apresenta pra cobrar.

75 Damião sente dores no tornozelo, recebe atendimento no gramado e sai de campo.

76 Neilton cobra falta, acerta a barreira e temd e se contentar com um escanteio.

77 Escanteio cobrado dá em nada.

78 Juliano sobe mais uma vez e manda pela linha de fundo.

79 PERDEU. Damião ajeita pra Henrique, que livre, dentro da área, arremata mal. Tiro de meta pro Mamoré. 5ª CHANCE PERDIDA.

80 TROCA. Erick x Denílson

81 Cruzeiro rodar a bola, Joel osfre falta na intermediária.

82 Marcos Vinícius lcobra falta, bola na cabeça de Manoel, que testa pra defesa de Gilberto.

83 Mamoré prende a bola no ataque. Torcida vaia.

84

85 GOL. Marcos Vinícius faz jogada individual e chuta. Bola desvia na defesa e sobra limpa pra Leandro Damião, que faz o gol de empate com uma cavadinha. CRUZEIRO 1×1.

86 ARTILHEIRO. Leandro Damião faz seu 8º gol no campeonato.

87 PRETEXTO PRA FAZER CERA. Bruno Limão cai pra ganhar tempo, Judivan saca o lance e dá sequência à jogada, mandando a bola pra área do Mamoré. Verdes aproveitam a deixa pra pressionar o cruzeirense e ganhar mais alguns segundos.

88 TROCA. Bruno Limão x Radar

89 CINCO minutos de acréscimo.

90 Denílson tenta armar o contragolpe, mas perde a bola sozinho.

91 PÚBLICO: 5.978 pagantes, 6.850 presentes, R$170.080.

91’30″ LEANDRO DAMIÃO escolhido melhor do jogo pela equipe da Rádio Itatiaia.

92 Judivan tenta driblar quatro adversários na área do Sapo, mas acaba ficando sem a bola.

93 Baterrebate na área do Sapo. Joel quase marca. bequeira afasta bola como dá. 6ª CHANCE PERDIDA.

94 Judivan comete falta em Maxsuel no campo de ataque. Bom pro Sapo ganhar tempo.

95 FIM DE JOGO. Cruzeiro massacrou, mas não levou os 3 pontos. Agora, é líder pelo critério do saldo de gols. Tem 15 contra 11 da Caldense.

MELHOR DO JOGO => Marcos Vinícius [10], Leandro Damião [9], Leo Simões [7], Torcida Celeste, Judivan, Gilberto, Carlos Alberto Pael, Jerferson Antônio Costa [1].

LEANDRO DAMIÃO: “Não adianta fazer gol e empatar. A vitória é que importava. No gol do Mamoré, eu falhei na marcação”.

MAXSUEL “Nosso objetivo era buscar pontos, conseguimos um”.

GLOBOESPORTE: “Em sua luta contra o rebaixamento, Mamoré quase conseguiu uma vitória surpreendente, já que o técnico Pael poupou alguns titulares pensando nas duas últimas rodadas, quando terá adversários menos expressivos. O empate deixa o time em 8º lugar, com 8 pontos, 3 a mais que o Democrata, 11º, justamente seu próximo adversário, domingo, às 16h em Governador Valadares”.

CRUZEIRO 1×1 MAMORÉ, quarta-feira, 25mar15, 22h. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 12 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 8ª rodada do Mineiro 2015. TRANSMISSÃO: Globo Minas, para todo o estado. PÚBLICO: 5.978 pagantes, 6.850 presentes, R$170.080, média R$28. ARBITRAGEM: Jerferson Antônio da Costa, Marcus Vinicius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira, Gabriel Murta Barbosa Maciel (4ºA) Giulliano Bozzano (Assessor), quinteto da FMF. AMARELO: Nenhum. GOLS: Juliano, 55, Leandro Damião, 85. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Leo Simões, Paulo André (Manoel) e Gilson; Henrique e Willian Farias (Marcos Vinícius); Riascos (Neilton), Judivan e Joel; Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. MAMORÉ: Gilberto; Bruno Limão (Radar), Pablo, Juliano e Ernani; Tales, Maxsuel, Erick (Denílson) e Luizinho; Charles (Diego Sales) e Jonathan Reis. T: Carlos Alberto Pael. HISTÓRICO. Cruzeiro e Mamoré já se enfrentaram 22 vezes, desde 1953. O Cruzeiro venceu 18, empatou 4, marcou 64 gols e sofreu 16.

Atentado contra Beagá

Por Jorge Angrisano Santana | Em 25 de março de 2015

Mais uma cacetada contra BH.

GUARANI FM será substituída na frequência 96.5, a partir de 01mai15, pela FELIZ FM, rádio paulista, que opera em uma dúzia de cidades. Saem clássicos, pop e mpb de qualidade, entra música gospel programada por um pregador alucinado. Seja muito mal-vindo, pastor Juanribe Pagliarin. A essa draga ficar ouvindo, prefiro desligar meu radim.

E agora, o que nos resta? Inconfidência, Alvorada e…

Semana 11: Vitórias no futebol, vôlei e atletismo

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de março de 2015

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 11 de 2014, por MAURO FRANÇA.

SEGUNDA, 16mar15. Marcelo Oliveira comandou coletivo. TITULARES: Fábio; Mayke, Leo, Paulo André e Mena; Willian Farias e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta e Alisson (Judivan); Leandro Damião (Henrique Dourado). RESERVAS 1º tempo: Rafael, Ceará, Manoel, Bruno Rodrigo e Gilson; Charles, Eurico, Riascos, Judivan e Joel; Henrique Dourado. 2º tempo: Elisson, Fabiano, Alex, Grolli e Pará; Charles e Bruno Edgar; Neilton, Marcos Vinicius e Gabriel Xavier; Joel. /// FMF alterou horários dos jogos contra América (16h pra 18h30, domingo, 22mar) e Mamoré (19h pra 22h, quarta, 25mar).

TERÇA, 17mar15. Marcelo Oliveira comandou coletivo. TITULARES: Fábio; Mayke, Leo, Paulo André e Mena; Willian Farias e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta e Alisson; Leandro Damião. RESERVAS: Rafael; Ceará, Fabiano, Grolli e Pará; Eurico e Bruno Edgar; Neilton, Marcos Vinícius e Gabriel Xavier; Riascos. Bruno Rodrigo, Judivan, Joel, Manoel, Charles e Henrique Dourado treinaram à parte. /// À tarde, DELEGAÇÃO viajou em voo fretado pra Puerto Ordaz, Venezuela, com 19 jogadores: Fábio, Rafael, Bruno Rodrigo, Paulo André, Léo, Ceará, Mayke, Gilson, Mena, Charles, Henrique, Willian Farias, Alisson, Arrascaeta, Henrique Dourado, Judivan, Joel, Leandro Damião e Marquinhos. /// GILVAN DE PINHO TAVARES, sobre LUCAS LIMA: “Não fizemos novo contato porque o presidente do Santos disse que não vende antes de terminar o Paulista, que vai até 15mai, assim, ele não poderia ser inscrito na próxima fase da Libertadores e estamos atrás de um meia pra disputar a Libertadores”. /// VALDIR BARBOSA, sobre contratação de um meia: “Nos estaduais não se vê possibilidade, até porque muitos já estão na Libertadores. Tirando aqueles sulamericanos que estão na Libertadores, não conseguimos ainda vislumbrar jogador de fora no padrão que precisamos, mas estamos trabalhando com alternativas”. Valdir também negou que em sua viagem a São Paulo tenha tratado do caso Lucas Limas. /// Superesportes noticiou que o Hoffenheim, da Alemanha, apresentaria proposta de €1 milhão pelo beque BRUNO VIANNA, 19 anos, citando como fonte dirigente do fundo de investimento Rogon. Bruno Vicintin negou que o Cruzeiro, detentor 50% dos direitos econômicos do jogador, tenha recebido proposta. /// CBF divulgou as 10 primeiras rodadas do Brasileiro. O Cruzeiro jogará 5 partidas em domingos, 2 às quartas e 3 em sábados, incluindo o clássico contra o AtléticoMG pela 6ª rodada.

QUARTA, 18mar15. No final da tarde, Marcelo Oliveira comandou treino recreativo no estádio Cachamay. /// Eduardo Ache, presidente do Nacional do Uruguai, declarou que recebeu e recusou proposta do Cruzeiro pelo meia Gastón Pereiro, 19 anos. Benecy Queiroz disse que o jogador foi oferecido ao clube, que não teria concordado com as condições apresentadas. /// Estudo Ibope-Repucom apontou que exposição de patrocinadores em redes sociais alcançou R$2,5 mi em novembro/14. /// CBV divulgou datas e horários das semifinais da Superliga Masculina. Sada Cruzeiro enfrentará o Minas Tênis Clube em 20mar e 30mar e, se necessário o 3º jogo, em 04abr. /// SUPERLIGA B, 1º jogo quartas de final, Ginásio Pelezão, Três Corações, SADA CRUZEIRO UNIFEMM 3×2 UNINCOR TRÊS CORAÇÕES (20/25, 18/25, 25/20, 26/24, 15/12).

QUINTA, 19mar15. MINEROS 0×2 CRUZEIRO.  Estádio Cachamay, Puerto Ordaz, Venezuela 3ª rodada do Grupo 3 da Libertadores 2015, 10.000 (estimativa). Arbitragem: Carlos Vera, Christian Lezcano e Carlos Herrera, equatorianos. Amarelos: Damião, Paulo André, Mena (C). Gols: Damião (cabeça), 11, Marquinhos (pé esquerdo), 82. MINEROS: Rafael Romo; Luis Vallenilla, Julio Machado, Edixon Cuevas e Gabriel Cíchero; Anthony Matos, Ángelo Peña (Luis Guerra), Edgar Jiménez, Ebby Pérez (Rojas); Richard Blanco e James Cabezas. T: Antonio Franco (interino). CRUZEIRO: Fábio; Mayke (Ceará), Leo Simões, Paulo André e Mena; Willian Farias e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta (Charles) e Alisson (Judivan); Leandro Damião. T: Marcelo Oliveira. /// MARCELO OLIVEIRA: “Foi a pior partida desde que cheguei há 2 anos. A gente se preparou bem, mas não conseguimos marcar, nem jogar. Levamos sufoco e ficou um jogo de ações kamikazes, em que podia sair gols nos ataques deles ou em nossos em contrataques. Nos organizamos melhor no 2º tempo. Com o Charles, marcamos melhor e tivemos o contrataque. Os 3 pontos foram importantíssimos, mas não se concebe atuação tão fraca assim”.

SEXTA, 20mar15. Delegação retornou da Venezuela em voo fretado, desembarcando em Confins pela manhã. Jogadores liberados. /// CHARLES, no desembarque: “Foi muito difícil, um ano e três meses treinado separado, e este momento está sendo especial. Tenho que enaltecer o Marcelo. Se não fosse ele eu iria continuar treinando separado. Espero fazer valer a pena a oportunidade que ele está me dando. Sou muito grato a esse cara”. /// SUPERLIGA MASCULINA VÔLEI, 1º jogo das semifinais, Poliesportivo Riacho, SADA CRUZEIRO 3×1 MINAS TÊNIS (25/23, 26/24, 23/25, 25/21). Melhor em quadra: FILIPE. SADA CRUZEIRO: William, Wallace, Filipe e Leal, Eder e Isac e Serginho. Entraram PV, Fernando Cachopa e Douglas Cordeiro. T: Marcelo Mendez. MINAS: Everaldo, Escobar, Samuel e Canuto, Otávio, Flávio e Lucianinho. Entraram Franco, João e Felipe. T: Nery Tambeiro.

SÁBADO, 21mar15. Jogadores que atuaram na Venezuela fizeram atividades regenerativas. Os demais participaram de treino recreativo. Marcelo Oliveira relacionou 22 jogadores pro jogo contra o América: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Bruno Rodrigo, Léo, Manoel, Paulo André, Gilson, Mena, Bruno Edgar, Charles, Henrique, Willian Farias, Alisson, Arrascaeta, Henrique Dourado, Joel, Judivan, Leandro Damião, Marquinhos e Riascos. /// COPA DO BRASIL SUB17, Passo das Emas, Lucas do Rio Verde/MT, CRUZEIRO 1×0 LUVERDENSE. Gol: Higor Felippe. CRUZEIRO: Lucas Romão; Victor Alexander, Leonardo Bolgado, José Leandro e João Guilherme; Lucas Ventura, Marcelo Júnior, Thiago Mequias (Vander Tavares) e Gabriel Henrique (Matheus Petrulio); César Luiz e Higor Felippe (João Luiz). T: Diogo Giacomini. /// SUPERLIGA B, 2º jogo das quartas de final, Ginásio do Unifemm, Sete Lagoas, SADA CRUZEIRO 3×1 UNINCOR TRÊS CORAÇÕES (25/23, 23/25, 29/27, 26/24). SADA CRUZEIRO UNIFEMM: Lucas Salim, Alan, Leozinho, Rodriguinho, Éder Levi, Romulo e Vanderson. Entraram: Bruno, Cristiano e Moreno. T: Henrique Furtado.

DOMINGO, 22mar15. AMÉRICA 0×2 CRUZEIRO. Independência, Belo Horizonte, 9ª rodada Mineiro 2015, 8.551 pagantes, R$224.110. Arbitragem: Wanderson Alves de Souza (juiz), Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza (bandeiras). Amarelos: Bryan, Lorenzi (A), Henrique (C). Vermelho: Fernando Leal (A, goleiro reserva). Gols: Alisson, 19, Leandro Damião, 83. AMÉRICA: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição (Alisson) e Bryan; Thiago Santos, Diego Lorenzi, Renato SilvaFelipe AmorimBruno Sávio (Pedrinho); Rubens (Rodrigo Silva). T: Givanildo Oliveira. CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Henrique e Willian Farias; Marquinhos (Judivan), ArrascaetaAlisson (Gílson); Leandro Damião (Henrique Dourado). T: Marcelo Oliveira. /// MARCELO OLIVEIRA: “Vitória com atuação mais consistente que no jogo passado. O rival estava mais descansado e por isso mais rápido e. ganhando a segunda bola. No 1º tempo, pecamos na marcação e eles chegaram com perigo, mas nós também tivemos chances nos contragolpes. O 2º tempo foi melhor, tínhamos o resultado e a possibilidade dos contragolpes. Foi vitória da superação física e da inteligência. As duas alterações foram pelo lado físico. O torcedor quer ver o Alisson jogar o tempo todo, nós também, mas vimos que estava desgastado. Marquinhos passou mal no vestiário e voltou no sacrifício, correndo atrás dos laterais”.  /// Foi a 100ª VITÓRIA de Marcelo Oliveira no comando da equipe, em 152 partidas. /// ATLETISMO: José Márcio Leão da Silva foi o 2º na 12ª Edição da Corrida das Pontes de Recife/PE, com o tempo de 30:10 (10 km). Reginaldo José da Silva venceu os 5 km da Corrida São José, no Barreiro, BH, com 15:17. Johannes Max Boamorte Araújo foi o 3º, com 16:41. Em Itatiaiuçu/MG, João Gari venceu a 8ª edição da Corrida da Cidade, com 26:04 (8,5 km). Ivamar de Oliveira foi o 2º, com 26:54, e André Aparecido Ferreira o 3º, com 27:12. Luis Paulo Silva Antunes foi o 3º na 5ª Meia Maratona Amil de Campinas, com 1:06:15. Em Lucas do Rio Verde/MT, Sueli Pereira da Silva venceu 6ª Corrida pela Preservação da Água, com 34:48 (10 km). No masculino, Pablo Fagundes da Costa foi o 3º, com 31:22. Edson Amaro Arruda dos Santos venceu a 33ª edição da Corrida Padre Cícero de Juazeiro do Norte, com 16:50. Justino Pedro da Silva foi o 3º, com 48:10. Jaciane Barroso Araújo venceu a 27ª Corrida de São José de Novo Horizonte/SP, com 21:12 (6 km).

Cruzeiro oferece alta exposição a seus patrocinadores

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de março de 2015

Matéria escrita por  FILIPE MAGALHÃES, no Site do Cruzeiro, em 18mar15:

Estudo do Ibope Repucom, especialista em pesquisa de marketing esportivo, informa que a exposição de patrocinadores do Cruzeiro nas mídias sociais do Clube, alcançaram mais de R$2,5 milhões em novembro de 2014.

O levantamento abrangeu Facebook, Twitter e Youtube. A ferramenta usada foi o SM ROE, que mensura o retorno monetário sobre os investimentos nas plataformas online.

  • “Com esta novidade, única no Brasil, identifica-se impacto, engajamento e retorno financeiro tanto das exposições das marcas dos patrocinadores quanto da menção em texto destes e os melhores formatos das ações, maximizando os retornos dos patrocinadores”, explica José Colagrossi, diretor do IBOPE Repucom.
  • “Apesar do poder e do alcance das mídias sociais, elas ainda são pouco exploradas pelos anunciantes, principalmente se compararmos com o que ocorre nos EUA, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Japão e França, onde o meio digital é muito utilizado pelos clubes para o engajamento, interação, ativações e divulgações de marcas”, completa o executivo.

Segundo o levantamento, os 10 patrocinadores do Cruzeiro na época (AlpiMedic, AngáPrev, BMG, Brahma, Gatorade, GuaraMix, Olympikus, Sócio do Futebol, Supermercados BH e TIM) tiveram 1.386 exposições no Facebook, 3.733 no Twitter e 379 no YouTube em novembro. Quando se considera o custo cheio, esses números representam R$1,9 milhão, R$615 mil e R$ mil, respectivamente.

O SM ROE permite ainda calcular o valor com base nas variáveis de cada plataforma. A metodologia utiliza o Índice de Qualidade (QI), que avalia nas mídias sociais a exposição, o alcance e a qualidade dos posts.

Considerando todas essas variáveis, o retorno desses patrocinadores nas redes sociais seria de R$700 mil (Facebook), R$217 mil (Twitter) e R$2,4 mil (YouTube). Analisando o desempenho individual em cada uma das plataformas, o BMG se destaca. Olympikus, Guaramix e Sócio do Futebol também aparecem no topo do ranking das empresas cuja exposição nas mídias sociais do Cruzeiro trouxe mais retorno.

Apesar destes bons números, a CAIXA refuga. E, pelo visto, não aprecem outros patrocinadores.

Seria incompetência da equipe do Gilvan ou reflexo das barbaridades econômicas perpetradas por Dilma & Cia?

9ª MG: Cruzeiro e Caldense estão nas semifinais

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de março de 2015

9ª rodada do Mineiro 2015, disputado em 21/22mar15.

AMÉRICA 0×2 CRUZEIRO, 22mar15dom18h30, 9ª Mineiro 2015, Independência (23 mi), Belo Horizonte, 8.551 pagantes, R$224.110, média R$26, gols de Alisson, 19, Leandro Damião, 83. Árbitros: Wanderson Alves de Souza (juiz), Marcus Vinícius Gomes e Ricardo Júnio de Souza (bandeiras), Ronei Candido Alves (4ºA), Douglas Almeida Costa (5ºA), Giuliano Bozzano (assessor). Amarelos: Bryan, Lorenzi (A), Henrique (C). Vermelho: Fernando Leal (A, goleiro reserva). AMÉRICA: João Ricardo; Robertinho, Wesley Matos, Anderson Conceição (Alisson) e Bryan; Thiago Santos, Diego Lorenzi, Renato Silva, Felipe Amorim e Bruno Sávio (Pedrinho); Rubens (Rodrigo Silva). T: Givanildo Oliveira. CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Leo Simões, Paulo André e Mena; Henrique e Willian Farias; Marquinhos (Judivan), Arrascaeta e Alisson (Gílson); Leandro Damião (Henrique Dourado). T: Marcelo Oliveira.

MAMORÉ 4×0 TUPI, 21mar15sab16h, 9ª Mineiro 2015, Bernardo Rubinger Queiroz (8,6 mil), Patos de Minas, 1.258 pagantes, R$17.020, média R$14, gols de Charles, 38 e 41, André Alves, 64, Luizinho, 74. Árbitros: Gabriel Murta Barbosa Maciel, Marconi Helbert Vieira e Marcelo Francisco Reis, mineiros. Amarelos: Charles, Denílson, Alves, Bahia (M), Ygor, Marcinho (T). MAMORÉ: Gilberto, Bruno Limão, Pablo, André Alves (Juliano, 75) e Ernani; Denilson, Radar, Erick (Alan Bahia, 81) e Luizinho; Jonatan Reis e Charles (Robertinho, 76). T: Pael. TUPI: Glaysson, Hugo Sanches, Silvio, Mailson e Fabrício Soares; Genalvo, Arilson (Danilo, 76) Ygor (Marcinho, intervalo) e Ulisses; Daniel Morais e Thiago (Rafael Assis, intervalo). T: Felipe Surian.

TOMBENSE 0×3 ATLÉTICO-MG, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015, Lamego Neto (10 mil), Ipatinga, 8.403 pagantes, R$271.740, média R$32, gols de Luan, 14, Pratto, 24, Luan, 93. Árbitos: Cleisson Veloso Pereira, Guilherme Dias Camilo e Ricardo Vieira Rodrigues, mineiros. TOMBENSE: Darley; Gedeilson, Heitor, Alexandre e Mazinho; Coutinho, Joilson, Dejair (Lucas Silva) e Luiz Fernando (Rafael Pernão); Matheus e Daniel Amorim (Erick). T: Junior Lopes. ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Edcarlos, Jemerson e Conceição; Josué e Danilo Pires; Luan, Cárdenas (Dodô) e Carlos (Maicosuel); Lucas Pratto (Cesinha). T: Levir Culpi.

URT 0×1 CALDENSE, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015. Zama Maciel (4,8 mil), Patos de Minas, 1.924 pagantes, R$20.868, gol de Plínio, 1. Árbitros: Ricardo Marques Ribeiro, Márcio Eustáquio Santiago e Wesley Moreira Carvalho, mineiros. Amarelos: Carciano (U), Nadson (C). URT: Fernando, Rafinha, Marcus Vinicius, Carciano e Marcel; Marzagão, Bruno Formigoni, Robinho (Danilo Fabian, 80), Ramon (Polako, 72), Júnior Paraíba, Wellington (Robson, 56). T: Eugênio Souza. CALDENSE: Rodrigo, Feijão (Marcelinho, 69), Paulão, Plínio e Mardley; Leo Baiano, Tiago Azulão (Nadson, 64), Yuri, Ewerton Maradona; Luiz Eduardo (Cristiano, 77) e Zambi. T: Leo Condé.

VILLA NOVA 1×1 DEMOCRATA-GV, 22mar15dom16h, 99 Mineiro 2015, Castor Cifuentes (5,1 mil), Nova Lima, 478 pagantes, R$3.800, média R$8, gols de Toledo, 47, João Paulo, 52. Árbitros: Marco Aurélio Fazekas Ferreira, Felipe Alan Costa Oliveira e Felipe Souza Leal, mineiros. VILLA NOVA: Dionathan, Edvan, Lídio, Cleyton e Toledo; João Paulo (Michael, 68), Dodô (Leandro, intervalo), Michel Eloi e Gabriel Davis; Rafael Gomes (Paulinho, 71) e Diego Clementino. T: Wellington Fajardo. DEMOCRATA: Fábio Noronha, Osvaldir, Ricardo Duarte, Leomar e Denílson; Marcel, Júlio César (Douglas, 41), Flávio Lopes (Leandrinho, 70), João Paulo, Kaio Wilker (Rodrigão, intervalo), Paulinho. T: Gilmar Estevam.

BOA 1×1 GUARANI, 22mar15dom16h, 9ª Mineiro 2015, Dilson Melo (10 mil), Varginha, 602 pagantes, R$4.405, média R$, gols de Leonardo, 5, Washington, 51. Árbitros: Flávio Henrique Teixeira, Janete Mara Arcanjo e Celso Luiz Silva, mineiros. Amarelo: Baiano, Natan (B), Papel, Djalma, Marx (G). BOA: Fernando, Leo Baiano, Everton Sena, Matheus Ferraz e Jackson (Marinho Donizete, intervalo); Gabriel Dias, Ualisson Pikachu, Moacir (Hiltinho, 75), Pedro Felipe (Alexandre, 57), Natan, Leonardo. T: Ney da Mata. GUARANI: George, Igor Soares, Marx Freud, Tiago Papel e Carlos Renato; Jataí, Washington (Vinícius Kiss, intervalo), Djalma (Lucas, 78) e Michel Cury (Tito, 63), Fábio Jr e Marcinho. T: Gian Rodrigues.

CLASSIFICAÇÃO: 1. Caldense, 21 /// 2. Cruzeiro, 20 /// 3. AtléticoMG, 19 /// 4. Tombense, 16 /// 5. America, 16 /// 6. Villa Nova, 13 /// 7. Tupi, 10 /// 8. URT, 7 /// 9. Boa, 7 /// 10.  Mamoré, 7 /// 11. Democrata, 5 /// 12. Guarani, 4. (Faltando Cruzeiro x Mamoré).

ARTILHARIA: 7. Leandro Damião (Cruzeiro) 6. Luiz Eduardo (Caldense) /// 5. Daniel Morais (Tupi), João Paulo (Democrata), Luan (Franga) /// 4. Cristiano (Caldense) /// 3. Toledo (Villa Nova), Daniel Amorim, Joilson, Betinho (Tombense), Pratto (Franga).

LUGARES: 61.500. PUPAGANTE: 21.216. MÉDIA: 3.536. OCUPAÇÃO: 34%.

Marcelo Oliveira: “Vitória da superação e da inteligência”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de março de 2015

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do AMÉRICA-MG 0×2 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, 9ª rodada do Mineiro 2015, às 18h30 de 22mar15.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Resultado muito bom, vitória com atuação mais consistente que no jogo passado. O rival estava mais descansado e por isso mais rápido e. ganhando a segunda bola. No 1º tempo, pecamos na marcação e eles chegaram com perigo, mas nós também tivemos chances nos contragolpes. O 2º tempo foi melhor, tínhamos o resultado e a possibilidade dos contragolpes. Foi uma vitória da superação física e da inteligência. Os duas alterações foram pelo lado físico. O torcedor quer ver o Alisson jogar o tempo todo, nós também, mas vimos que ele estava desgastado. Marquinhos passou mal no vestiário e voltou no sacrifício, correndo atrás dos laterais. Foi 11º jogo oficial na temporada, estamos invictos nas duas competições e podendo ser líder na quarta. Fizemos 21 gols e levamos só quatro, números muito bons.

LEANDRO DAMIÃO, centroavante do Cruzeiro: Fiz de tudo pra ajudar a equipe. Não só com o gol marcado, mas trombando, roubando a bola e ajudando nos contrataques.

GIVANILDO OLIVEIRA, técnico do América: Nosso 1º tempo foi muito bom, pressionamos o tempo todo, chutamos várias bolas de longe e até acertamos a trave. Não merecíamos ter saído e campo em desvantagem. O 2º tempo foi equilibrado. O Cruzeiro veio diferente do que a gente pensava, jogando mais no contrataque. O segundo gol foi consequência do tempo que estava passando. A única bola do Cruzeiro foi a do gol. Merecíamos pelo menos um empate.

CARVALHO COELHO, no PHD. Leandro Damião foi o melhor do jogo. Os piores foram o Mayke, Mena, Willian Farias e Marcelo Oliveira. A defesa do Cruzeiro joga muito recuada oferecendo um espaço enorme entre as intermediarias para o outro time trocar passes e avançar. Isto é deficiencia de orientação técnico-tatica. Por isso, sempre escrevo que o Marcelo Oliveira é um dos piores em campo. O Arrascaeta serviu para os dois gols, mas é muito ruim.

MARCOS MALAFAIA, no PHD: Esses ataques rápidos pelas pontas, com lançamentos longos de quem sabe, com Allison de um lado e Marquinhos do outro e Arrascaeta no meio me produziram um deja vu saudosista de jogadas parecidas com Boiadeiro, Edson e Renato Gaucho. Calma pessoal… Sei da distância… Além do mais, deja vu dura menos de um segundo. Mas que lembrou, lembrou.

EDUARDO ARREGUY CAMPOS, no PHD: É impressionante a entrega do Leandro Damião no jogo. Aos poucos, ele vai queimando a língua de muitos torcedores do Cruzeiro (inclusive a minha) e da mídia paulista, que o dava como acabado. Ontem, o narrador e o comentarista do Premiere tiveram que engoli-lo.

WEEKLAND, no UOL: O Cruzeiro ganha, mas não convence! A falha está na escalação inicial. O Marquinhos é ilusão. Muita jornalista meia boca pra justificar o denomina jogador tático! O tal W. Farias é pra ficar no banco também. Tem q entrar o Eurico, Marcos Vinicius e Joel. Sai Allison. Banco por enquanto. Enquanto não puder ver os 3 citados por mim jogando juntos, não poderei rever minha posição!

TERMÔMETRO dos times da Série A do Brasileiro, no GloboEsporte: Cruzeiro em 1º lufar no ranking. O remodelado time de Marcelo Oliveira começa a aprontar. Lidera seu grupo na Libertadores e segue com o melhor aproveitamento do estadual ao vencer Mineros e AméricaMG. Entra no topo da lista.

Arrascaeta deu as caras e as cartas

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de março de 2015

Atuações dos celestes e seus adversário no AMÉRICA-MG 0×2 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, 9ª rodada do Mineiro 2015, às 18h30 de 22mar15.

TORCIDA CELESTE compareceu em pequeno número, mas tomou conta do áudio da TV, com sua cantoria e gritos de incentivo. (Síndico)

FÁBIO fez uma defesaça impedindo o gol de empate, cumpriu à risca sua obrigações nos demais lances em sua área e ainda contou com a sorte na bola inalcançável, que acertou sua baliza. (Síndico)

MAYKE tabelou bem com Marquinhos e deu trabalho nos avanços pela direita. (Superesportes) /// Melhorou em relação à partida contra o Mineros. Marcou mais e cometeu menos erros. Ficou mais contido, deixando pro Marquinhos a função de atacar. (Naldo Morato)

LEO SIMÕES foi o dono da área celeste. Fez coberturas precisas, desarmou e ainda foi ao ataque quando apareceram oportnidades. (Síndico) /// Joga em silêncio. Fez os críticos se esquecerem que existe. É uma sombra. Esta sempre lá. Agora é responsável pela saida de bola. Com chutão ou não. Vem ganhando habilidades e responsabilidades com crescimento constante. (Marcos Malafaia)

PAULO ANDRÉ

MENA não deixa passar nada pelo seu setor. Seríssimo, não perde na corrida e se perder usa o carrinho estilo sulamericano muito bem (hehe). Segue a máxima: lateral primeiro defende, se der ataca. Com o entrosamento, atacará. (Marcos Malafaia)

WILLIAN FARIAS

HENRIQUE fez uma partida segura. Marcou bem, mas por exagerar na força em uma dividida, foi advertido com amarelo. (Superesportes)

MARQUINHOS passou mal no intervalo, vomitou no vestiário, voltou se sacrificando, acompanhando os laterais e, por isso, foi substituído. (Marcelo Oliveira)

JUDIVAN

ARRASCAETA esteve melhor que nos outros jogos, fez boas jogadas, arrancadas e metidas de bola. Foi assim o tempo todo, por isso foi importante no ataque. (Marcelo Oliveira)

ALISSON

GÍLSON entrou pra ajudar Mena a controlar os direitistas do América (Felipe e Robertinho), que infernizavam a vida do lateral celeste desde o começo do jogo. E foi bem sucedido. (Síndico)

LEANDRO DAMIÃO deixou mais uma vez sua marca, marcando seu 7º gol no Mineiro. O rendimento positivo neste início de ano contrasta com a passagem apagada pelo Santos e mostra que o jogador vem recuperando o futebol que encantou o país nos tempos de Internacional. Mas não é só de gols que vive o atacante do Cruzeiro. Ele também se esforça pra auxiliar nos compromissos defensivos do time. (UOL Esportes)

HENRIQUE DOURADO entrou com muita vontade de jogar, pedindo a bola e correndo, mas já não havia mais tempo pra nada de útil. (Síndico)

MARCELO OLIVEIRA, mesmo com o desgaste da viagem à Venezuela, manteve o time organizado durante os 90 minutos e foi presenteado com a 100ª vitória no cargo. (Superesportes)

CRUZEIRO

AMÉRICA

ÁRBITROS cometeram poucos erros, o mais danoso um impedimento inexistente do ataque celeste. Importante é que não interferiram no resultado. (Síndico)

O melhor do jogo em CAIXA ALTA. Um comentário de atuação individual por postagem, por favor.