Mano: “Fizemos o suficiente pra uma vitória segura”

Por SÍNDICO | Em 19 de fevereiro de 2018

MANO MENEZES: O Cruzeiro fez um bom jogo. O 1x 0 não reflete o que a equipe produziu e as chances que criamos. Poderia ter sido mais. Não foi porque o Villa foi inteligente. Eles dificultaram o máximo que puderam. Mesmo assim fizemos o suficiente pra uma vitória segura. O time vai amadurecendo e isso me deixa contente. É comum no estágio em que nós estamos, quando as coisas estão difíceis, querermos acelerar e cometer erros. Eles estavam esperando nosso erro pra contratacar. Mas demos poucas oportunidades pra isso acontecer. A vitória nos dá 19 pontos, o que és importantes pra confirmarmos a classificação e, como segundo objetivo, ficarmos em 1º lugar.

FRED: Fiz uma pré-temporada maravilhosa. Estou me sentindo bem. Sem dor, nem nada. Estou conseguindo jogar, fazer as jogadas. Quero jogar sempre. Mas a decisão está com o professor Mano. A gente está evoluindo bem. Posse de bola, tecnicamente, fisicamente. Sentimos menos o cansaço, com o decorrer das partidas. Estamos sabendo cadenciar, colocar ritmo forte, sabendo jogar dentro de casa.

MIGUEL TOLENTINO: O time celeste foi bastante intenso no 1º tempo, com muitas subidas em velocidade, trocas de posição e transição ofensiva rápida. No 2º, a qualidade caiu muito, o time ficou engessado, previsível e lento. Ainda sim, Arrascaeta teve mais de uma chance pra ampliar o placar em jogadas de profundidade.

SOUZA: No 1º tempo, o time subia de desorganizadamente, ficava exposto e podia ter tomado  gol, o que não ocorreu devido à pouca qualidade do ataque do Villa. No 2º tempo, o time melhorou na organização, foi mais consistente, mesmo com a queda física, normal neste início de temporada.

BRUNO SETELAGOAS: O Cruzeiro perdeu pelo menos três grandes oportunidades: uma com Fred após cruzamento do Mancuello (de novo, hein, Fredão!), uma com Arrasca debaixo da baliza e, por último, com Arrasca e Robinho, após cruzamento rasteiro do Egídio.

FÁBIO SCHRIER: O time está muito bem, Fred muito participativo, até aí ta ótimo. O problema é a pequena quantidade de gols em relação às chances criadas. O ataque tem que ser mais eficiente. Cabral foi o melhor do jogo. Essa dupla com o Henrique vai entrar pra história como uma das melhores do clube.

Henrique defendeu, armou e atacou

Por SÍNDICO | Em 18 de fevereiro de 2018

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 1-0 VILLA NOVA, neste 17fev18sab16h30, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 7ª rodada do Mineiro 2018:

TORCIDA CELESTE compareceu em bom número e cantou bastante, até se cansar lá pela metade do segundo tempo, quando o jogo ficou sob absoluto controle do time celeste.

EDÍLSON destacou-se pelos chutes e cruzamentos nas bolas paradas. Na marcação, foi precavido não indo muito ao ataque.

MANOEL mandou uma bola no travessão do Villa. Na defesa, tranquilidade absoluta.

MURILO, descomplicado, como sempre. Outra boa atuação.

EGÍDIO defendeu bem, dando até canelada no adversário, quando faltou categoria. Categoria que demonstrou numa matada de bola espetacular. No ataque, vários cruzamentos bem feitos, que os atacantes desperdiçaram.

HENRIQUE jogou o fino. Esteve bem na sa[ida de bola, na marcação, no apoio e ainda chutou a gol.

CABRAL errou alguns passes, conduziu uma saída de bola temerária, mas também marcou e apoiou com qualidade.

MANCUELLO começou mais avançado e aberto na esquerda, trocou de posição com Cabral algumas vezes, tentou jogadas coletivas e colocou bolas na área, sem conseguir bons resultados. Saiu no intervalo.

ROBINHO entrou no 2º tempo pela direita e terminou pelo meio, participando bem do jogo coletivo, mas sem jogadas individuais de destaque. 

RAFINHA continua esbanjando fôlego e participando intensamente do jogo. Fez um gol, com arremate preciso e, bem posicionado, por pouco, não fez outro na última jogada da partida.

FRED particpou da criação do gol, deu passes, fez o pivô, serviu, mas não foi às redes. 

RANIEL entrou no fim do jogo e não teve tempo pra fazer algo difno de registro. 

ARRASCAETA, pela esquerda ou pelo meio, tentou criar jogadas, sem muito êxito. Perdeu gol na pequena área e saiu mais cedo. 

SOBIS entrou no fim e não conseguiu nada digno de nota.

MANO escalou bem, mas perdeu muito tempo pra fazer as duas últimas alterações. Mas seu time funcionou bem e fe z um jogo agradável de se ver com trocas de passes e infiltrações, sem recorrer às ligações diretas. 

CRUZEIRO dominou o jogo todo, com três volantes, um deles sempre mais avançado e com os outros dois se revezando no apoio ao ataque. Podia três feito mais dois ou troes gols, não fossem as más artes da baliza, do apito e da fa;ta de pontaria. .

VILLA apostou num jogo de bloqueio ao adversário e saiu com um resultado que pode ajudá-lo caso seja necessário usar o saldo de gol na classificação final. Teve raros momentos de inspiração ofensiva no 1º e no 2º tempo. Mas o normal foi manter seus onze jogadores no campo de defesa. 

ÁRBITROS não avacalharam o jogo, apesar de alguns erros. O Juiz deixou de marcar um pênalti em Fred, seu maior pecado. E não economizou cartões pra quem foi na canela do adversário. Os bandeiras acertaram tudo.

HENRIQUE [[[15]]] Celeste, Albertim, Ccc, Venâncio, Velame, Cadu, Souza, Anchieta, Arcanjo, Rossi, Tadeu, Klauss, Vanda, França, Síndico —– CABRAL [[[8]]] Schrier, Dias, Chiabi, Geraldo, Marcoalex, Bitencourt, Andreluiz, Walterson —– RAFINHA [[[7]]] Rosan, Reis, Estevão, Domenico, Penido, Patrícia, Dudu —– FRED [[[4]]] Galvão, Bastos, Walfrido, Barnabé —– FÁBIO [[[2]]] Talentim, Morato —– EGÍDIO [[[2]]] Olivieri, Setelagoas —– EDÍLSON [[[1]]] Rubem.

Cruzeiro 1×0 Villa Nova: O artilheiro resolveu

Por SÍNDICO | Em 17 de fevereiro de 2018

CRUZEIRO contra Villa Nova, neste 17fev18sab16h30, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 7ª rodada do Mineiro 2018.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 1º, com 16 pontos; Villa, o 3º, com 9.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 1º, com 15.288 pontos; Villa, o 75º, com 945.

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Manoel, Murilo, Egídio — Cabral, Henrique, Mancuello — Rafinha, Fred, Arrascaeta. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Leo, Digão, Dedé, Hermes, Romero, Lucas, Robinho, Sobis, Raniel, Judivan, Marques.

AUSENTES: Bruno Silva (corte no pé direito); Ezequiel e Thiago Neves (preparação física); Sassá e David (fisioterapia).

PENDURADO: Robinho.

ARBITRAGEM: Felipe Fernandes de Lima, Douglas Almeida Costa e Marcyano da Silva Vicente (MG).

VILLA NOVA: Renan Rinaldi — Marcelo Tchê, Gustavo Eugênio, Rafael Vitor, Maninho — Paulo Victor, Ceará, Otávio, Pinguim — Dudu, Carrara. T: Ito Roque.

BANCO: Gustavo Rangel (G), Nequinha (L), Danilo (B), França (B), Samurai (B), Yuri (M), Felipinho (A), Valdanes (A), Daniel Morais (A).

AUSENTES: Leozinho e Diogo Marzagão (suspensos).

PENDURADO: Elias.

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Rogério Corrêa e comentários de Bob Faria.

CRUZEIRO 1×0 VILLA NOVA, 17fev18sab16h30. TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 10 Km/h, umidade 52%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: 7ª rodada, Mineiro 2018. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: 29.677 pagantes, 31.705 presentes, R$406.112, média R$14. ARBITRAGEM: Felipe Lima, Douglas Almeida, Marcyano Vicente (MG). AMARELOS: Mancuello, Fred, Edilson, Robinho, Eugênio, Carrara, Ceará. GOL: Rafinha, 29. CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Manoel, Murilo, Egídio; Henrique, Cabral, Mancuello (Robinho); Rafinha,  Fred (Raniel), Arrascaeta. T: Mano MenezesVILLA NOVA: Renan Rinaldi; Marcelo Tchê, Gustavo Eugênio, Rafael Vitor, Maninho; Paulo Victor, Ceará, Otávio (Iury), Pinguim (Nequinha); Dudu (Felipinho), Carrara. T: Ito Roque. HISTÓRICO: 223 jogos, com 119 vitórias do Cruzeiro, 40 do Villa, 64 empates, 438 gols do Cruzeiro, 258 do Villa. Os dois times decidiram o Mineiro de 1997. O Cruzeiro foi campeão perdendo por 2×1 em Nova Lima e vencendo por 1×0 em Belo Horizonte.

Santo Deus!!!

Por SÍNDICO | Em 16 de fevereiro de 2018

EDUARDO BISOTTO, jornalista, entra na briba Neymar Sr. vs Casagrande:

O caso Neymar segue rendendo. Após o pai e gestor da carreira do jogador, Neymar Sr. se manifestar nas redes sociais, chamando acertadamente gente como Casagrande de abutre, os jornalistas do SporTV deram um surto de mimimi. Segundo André Rizek, um rapaz que disse pro Felipão ir pra cima da Alemanha, já que o meio-campo deles não sabia marcar, a reposta de Neymar Pai comprovou que Neymar Jr. seria mimado. Conheço poucas profissões com tantos babacas quanto a minha.

Jornalista é aquele bicho que acha que tem um Direito Divino à opiniões sem ser criticado. Jornalista é um ser miserável que acha, realmente! (SANTO DEUS!), que é o quarto poder. Jornalista é aquele bicho que acha que é especialista em absolutamente tudo, mesmo que sua área de formação seja a do Espone: Especialista em Porra Nenhuma. Jornalista adora defender a liberdade de opinião, menos quando as opiniões expõe sua nudez.

Curiosamente, Muricy Ramalho, atuando no SporTV atualmente e ÚNICO no canal a ter trabalhado com futebol profissionalmente (de maneira hiper-bem sucedida), além de ter dirigido Neymar Jr., diz que o atleta é de um profissionalismo à toda prova.

É o que eu venho dizendo: os coleguinhas não cansam de passar vergonha. E eu, que também vivo desta bagaça, sinto por eles a vergonha que os próprios não conseguem ter, dada sua arrogante obtusidade sem limites.

O desabafo se justifica diante da reação corporativa da imprensa no caso.

Casão foi intempestivo e o pai do jogador não deixou por menos. Chumbo trocado.

O que não pode é demonstra a imprensa. Como instituição, e;a deve ser livre. E não pode sofrer, como sofre no Brasil, ameaça de políticos descontentes.

Martinho da Vila

Por SÍNDICO | Em 16 de fevereiro de 2018

DEDÉ, beque central (pra quem não se lembra), voltou a treinar com o time no coletivo de ontem.

Ano passado, quando ele voltou contra o Democrata,, marcando gol inclusive, houve euforia da torcida.

No Sportivi, à noite, Roger Flores disse que era melhor preparar o jogador pra temporada seguinte.

Mas ele foi relançado, lesionou-se e ficou mais uma temporada de fora.

Eu não teria pressa em devolvê-lo aos gramados. E só contaria pra valer com ele em 2019.

E vc, fisioterapêutico leitor? Bota o cara pra jogar ou vai num esquema Martinho da Vila, “devagar, devagarinho…”? 

Reparem, que sem pressa nenhuma, o sambista está chegando aos 80 em plena forma…

Mancuello e mais dez

Por SÍNDICO | Em 15 de fevereiro de 2018

Mano Menezes já começou definir o time pra enfrentar o Villa. No treino desta quinta, escalou estes times:

  • TITULARES: Fábio — Edilson (Romero), Manoel, Murilo, Egídio — Cabral, Henrique, Mancuello — Rafinha, Fred, Arrascaeta. Fred.
  • RESERVAS: Rafael — Romero (Leo), Dedé, Digão, Hermes — Lucas, Victor — Sobis, Marques — Judivan, Raniel.

O caro leitor tem alguma proposta alternativa? Se tiver,pode mexer à vontade no time pra domingo.

Abalo sísmico

Por SÍNDICO | Em 15 de fevereiro de 2018

Wilsterman levou goleada do Vasco e está praticamente fora da Libertadores. Com isto, Cruzeiro não jogará na altitude nesta primeira fase do torneio. 

A falta da altitude é um sério complicador. Em quem ou em que botaremos a culpa em caso de tropeço? Eu aposto nos gramados. Até aqui, essa é a desculpa que tá  mais ensaiada nesta temporada. 

Mas temos outra na manga do paletó. O volante Cabral já avisou que o Racing vai pressionar, falar palavrões e dar umas patadas intimidatórias. Gostei. Pra estreia, já temos desculpa.

Pro jogo contra o Vasco, é fácil. Nem a Globo vai mais a São Januário. Prefere transmitir no tubo. Pra dizer a verdade, nem o torcedor do Bacalhau se arrisca mais naquele pé de morro. Poucos se arriscam. essa é pule de dez.

Pra Universidad de Chile, na civilizada Santiago, é que não tá fácil arrumar justificativa pra tropeço. Vou arriscar “medo de terremoto”. Será que cola? Com a palavra, o sísmico leitor. 

Joãozinho Meia Ponto Quatro

Por SÍNDICO | Em 15 de fevereiro de 2018

JOÃOZINHO, o pontesquerda por excelência, completa 64 anos hoje. Ele disputou 474 partidas e fez 118 gols coma camisa celeste. 

  • https://www.youtube.com/watch?v=WKdR12W8_Os  
  • https://www.youtube.com/watch?v=WKdR12W8_Os           
  • https://www.youtube.com/watch?v=_tmdMcIzuHE     

Sai carnaval, entra futebol

Por SÍNDICO | Em 14 de fevereiro de 2018

CARNAVAL acabou. Hoje, pela manhã, um bloco com as mulheres mais feias de Beagá desfilou cantando sambinhas de um compositor decadente. Nõ deu ibope, ninguém foi atrás das mocréias.

À tarde, a Beija Flor, com enredo falando de Petrolão e outras mazelas da era lulopetista venceu a Tuiuti, que fez apologia da orcrim petista.

E a Estação Primeira da Rouanet, que ao invés de desfilar ficou de mimimi com o prefeito se ferrou também. Prefeito que acertou ao não dar dinheiro do contribuinte pra engrossar verba de contraventor.

Agora, é futebol! Daqui a pouco, tem Real x Pessegê, com Neymar e Cristiano Ronaldo, dos poucos boleiros em atividade na Europa que merecem hora e meia de televisão deste torcedor brasileiro.

E, à noite, Libertadores a dar com pau. Em alguns jogos, ao pé da letra. Vasco e Jorjão começam a disputar uma vaga no nosso grupo.

Que se calem os tamborins e nos azucrinem as vuvuzelas!

Semana 6: Lage manda recado ao torcedor

Por SÍNDICO | Em 13 de fevereiro de 2018

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 6 de 2018, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 05FEV18. REAPRESENTAÇÃO pela manhã: regenerativo pra titulares contra o América, coletivo Reservas vs Sub20. Reservas: França; Romero, Dedé, Digão, Hermes (Victor Luiz); Bruno, Lucas, Mancuello; Sobis, Raniel (Judivan), Marques. Sub20: Rafael (Eudes), Lucas (Paulinho), Arthur (Edu), Cacá, Rissi (Guilherme), Rafael Santos (Matheus); Márcio (Marco Antônio), Vander (Nael), Alesson (Michel); Vitinho (João Luiz), Marcelo (João Diogo). /// ITAIR MACHADO: “Bruno Henrique seria uma boa contratação, caso o David não fosse aprovado. Temos outro jogador na mira, mas primeiro precisamos viabilizar o recurso. O Cruzeiro está pagando em dia e não faz contratações que depois viram dívidas”.  /// TABELA do Brasileiro 2018 foi publicada. Cruzeiro estreia contra o Grêmio, no Mineirão, entre 14-16Abr.

TERÇA, 06FEV18. TREINO físico na academia pra titulares e técnico pros demais. /// SASSÁ iniciou transição da fisioterapia para preparação física. /// CABRAL deve ter contrato renovado, segundo a diretoria. /// EXCURSÃO aos Estados Unidos e China durante a Copa foram descartadas. /// SUB20 viajou pro Uruguai, com Brazão, Eudes, Lucas, Matheus, Paulinho, Rafael Santos, Arthur, Cacá, Edu, Rissi, Márcio, Nonoca, Vander, Alesson, Marco Antônio, João Diogo, João Luiz, Marcelo, Nael, Vitinho.

QUARTA, 07FEV18. COLETIVO. Titulares: Fábio; Edilson, Leo, Digão, Hermes; Henrique, Cabral (Mancuello), Robinho (BrunoSilva), Rafinha; Arrascaeta, Fred. Reservas: Rafael (França); Romero, Dedé, Manoel, VictorLuiz; Bruno (Egídio), Lucas, Mancuello (Judivan); Sobis, Marques, Raniel. Ezequiel e Sassá fizeram física. Neves, reforço muscular na academia. /// FIFA manda pagar U$550 mil ao Independiente, pela compra de 50% dos direitos de Pisano. Cruzeiro vai recorrer.

QUINTA, 08FEV18. TREINO tático. /// SUB20 fez primeiro treino no Uruguai. /// AXIAL, empresa de diagnóstico por imagem, estampará sua marca nas camisas dos médicos e fisioterapeutas e terá espaços no backdrop e em placas de campo. /// SADA CRUZEIRO enfrentará Montes Claros e Peerless (Peru) na 1ª fase do Sulamericano de Vôlei, entre 27Fev-03Mar.

SEXTA, 09FEV18. DEMOCRATA 0x2 CRUZEIRO. Mineiro, 6ª rodada, Mammoud Abbas, Governador Valadares, 8.236 pagantes. Gols: Mancuello, 16, Hermes, 76. DEMOCRATA: Ramon; Mike (Marcelo Rosa), Jefão, Carlão, Wallace; Ruan, Wallisson (Marcelo Jr), Kayo Dias; Fernando, Marcinho Gomes, Leandro Mota (Jones). T: Estevam. CRUZEIRO: Fábio; Edilson (Romero), Leo, Manoel, Hermes; Henrique, Mancuello (Cabral), Robinho; Rafinha, Fred, Arrascaeta (Sobis). T: Mano. /// MANO: “Foi o jogo mais difícil neste campeonato. Fábio fez três grandes defesas em situação de gol. Tivemos dificuldade pra manter nosso nível de qualidade. O gramado dificultou bastante e faz o time errar mais que o normal. Iniciamos bem a partida, criamos várias oportunidades pelo lado esquerdo, poderíamos ter feito uma margem mais segura. Não fizemos, e o jogo ficou aberto durante boa parte do 2º tempo, até o Hermes fazer o gol que nos deu tranquilidade”. /// HENRIQUE alcançou Nelinho no ranking dos que mais atuaram pelo clube: 15º, com 411 jogos.

SÁBADO, 10FEV18. FOLGA de 3 dias pro elenco. /// JOGOS do Cruzeiro no Grupo B da Libertadores Sub20: Libertad (11Fev), La Equidad (14Fev), River Plate do Uruguai (17Fev).

DOMINGO, 11FEV18. CRUZEIRO 1×3 LIBERTAD (Paraguai). Libertadores Sub20, 1ª rodada, Centenário, Montevidéu. Gol: Vitinho. /// MARCO ANTÔNIO LAGE, no Globoesporte: “Viemos desenvolver um nível maior de profissionalização. É um olhar diferente sobre o futebol, sem perder a essência de uma organização desportiva, mas com gestão empresarial pra se tornar mais eficiente. Buscamos eficiência pra formar o melhor time possível com o menor custo possível. Você não faz recurso, não vende melhor, não cria imagem e não gera negócios se não tiver time competitivo. Esse é o ponto de partida. A estratégia adotada está corretíssima, mesmo com a dificuldade e a engenharia financeira que precisou ser feita. Sem isso, não conseguimos desenvolver nenhum plano mais ousado. O Cruzeiro poderia fazer outra opção: vamos só pagar dívidas, cair pra Segunda Divisão e não investir no futebol. Mas isso levaria à queda de receita, que já era baixa na nossa concepção. Aí seria outro ciclo danoso ao clube, porque a gente poderia trabalhar a dívida, mas estancaria todas as oportunidades de crescimento de receita. O que o Cruzeiro está fazendo agora é pagar as dívidas e investir. Então, o desafio é dobrado. O planejamento estratégico é deixar o Cruzeiro saneado e forte, vencedor e campeão. O número de seguidores em nossas redes está crescendo exponencialmente. Adotamos uma linguagem mais jovem, criativa e conectada com o que as redes sociais consomem. Queremos o engajamento dos torcedores. Nos últimos 15 dias quadruplicamos o número de seguidores. Queremos que o torcedor esteja cada vez mais próximo do clube por meio das redes sociais. O Cruzeiro caminha fortemente pra vender todos os seus ingressos online. Essa é a grande mudança. O jogo contra o América já foi uma demonstração disso, porque vendemos todos os ingressos sem bilheteria. Sugiro ao torcedor se associar, até porque haverá aumento de preço, pois há três anos o clube não reajusta os preços. Há dois anos, até os reduziu em 15%. Estão defasados em relação aos concorrentes da Libertadores. O clube precisa de grandes receitas pra fazer grandes times. O torcedor tem que entender e contribuir. O clube depende essencialmente da torcida”.