Torcedor distraído perde jogo de seu time

Por SÍNDICO | Em 19 de abril de 2019

ÁLVARO OLIVEIRA, benfiquista fanático, cruzou parte da Europa de carro pra assistir ao jogo do seu time contra o alemão  Eintracht Frankfurt, nesta quinta, pelas quartas da Liga Europa. Ele saiu de Amadora, nos arredores de Lisboa, acompanhado de um amigom com o propósito de registrar a aventura, passou a passo, no Instagram.

A primeira providência foi colocar o nome da cidade de destino, Frankfurt Oder, no Waze, O problema é que o jogo seria realizado em Frankfurt-Au-Main, a 600 quilômetros da cidade digitada no aplicativo..

Álvaro passou 26 horas na estrada, atravessando Espanha, França e Bélgica, antes de chegar à Alemanha. A mancada só foi percebido, quando percebeu que não havia movimento algum no entorno do estádio.  O jeito foi tocar de volta da antiga Alemanha Oriental pra Ocidental. Mas não deu tempo. Quando, finalmente, chegou ao local do jogo seu time já havia sido desclassificado.

A partida terminou 2×0 a favor do Emtracht, que havia perdido por 4×2 em Lisboa e se classificou pelos gols feitos fora de casa. O adversário do time alemão será o Chelsea, que derrotou o Slavia Praga por 4×3, em Londres.

FONTE: Hoje em Dia

Acerto de contas do Boca do Inferno com o Divino

Por SÍNDICO | Em 19 de abril de 2019

BUSCANDO A CRISTO

Gregório de Mattos Guerra

A vós correndo vou, braços sagrados,
Nessa cruz sacrossanta descobertos,
Que, para receber-me, estais abertos,
E, por não castigar-me, estais cravados.

A vós, divinos olhos, eclipsados
De tanto sangue e lágrimas abertos,
Pois, para perdoar-me, estais despertos,
E, por não condenar-me, estais fechados.

A vós, pregados pés, por não deixar-me,
A vós, sangue vertido, para ungir-me,
A vós, cabeça baixa pra chamar-me.

A vós, lado patente, quero unir-me,
A vós, cravos preciosos, quero atar-me,
Para ficar unido, atado e firme.

Dois dias antes da decisão

Por SÍNDICO | Em 18 de abril de 2019

DOIS DIAS antes do RapoCota decisivo:

  1. Juiz gaúcho Jean Pierre Gonçalves Dias sentiu dores na panturrilha, ontem, no GreNal decisivo e foi substituído. Conspiradões estão enxergando armação da FMF na troca.
  2. O paulista Leandro Bizzio Marinho será o substituto de Kean Pierre, no comando da arbitragem.
  3. Após quatro dias de pressão fás grandes e de jornalistas, o Cruzeiro responde, com Marcelo Djian, apontando erros da arbitragem \ que prejudicaram o Cruzeiro no clássico passado.
  4. M Gabriel não quer saber de conversa, nem de polêmica, quer é jogo. Está certíssimo.
  5. Depois do clássico, Cruzeiro anunciará mais dois patrocinadores, que vão expor seus jogos no uniforme cceleste. Ainda tem espaço?
  6. Neste sábado, Mano vai repetir o time pela primeira vez na temporada.
  7. Dedé completa seis anos de Cruzeiro e diz que se recorda de tudo com alegria e gratidão. 
  8. Sub20 do Cruzeiro empata por 0x0 com o Corinthians, no Parque São Jorge e avança na Copa do Brasil. Próximo adversário será o Flamengo. 

Por ora, é só. Mais tarde, tem mais.

Vinhos para acompanhar o bacalhau

Por SÍNDICO | Em 17 de abril de 2019

GUILHERME FONSECA

Semana Santa pede bacalhau e bacalhau pede vinho. Organizei uma lista de cinco brancos e cinco tintos, que harmonizam com as mais f=diversas receitas do peixe. 

Para facilitar a vida dos consumidores belo-horizontinos, a maioria dos vinhos são encontrados no Verdemar e no Supernosso.

Os portugueses apostam nos tintos com boa estrutura, mas com taninos mais leves e boa acidez pra cortar a gordura do azeite,
presente em quase todos pratos de bacalhau.

Mas há também os que preferem brancos mais encorpados, com passagem por barricas de carvalho, com boa suntuosidade, que harmonizam bem com o forte sabor do bacalhau.

Podemos dizer que bacalhau combina com vinhos brancos e tintos. Mas deve-se evitar os tintos das castas Cabernet Sauvignon,Tannat e Malbec. Já para o tradicional  bolinho de bacalhau, espumante brut, é a melhor opção.

Brancos até R$50 => Grão Vasco, R$47,  Monte da Ravasqueira Clássico, R$35,  Quinta da Garrida Encruzado Dão, R$49, Quinta da Lixa, R$49, Titular Colheita Dão, R$50, 

Tintos até R$50 => Grão Vasco, R$43, Cabriz, R$50, Fata Grande Escolha Dão DOC, R$46, Monte Col Colheita, R$46, Estremus Dão DOC, R$50.

Brancos acima de R$50 => Esporão Reserva, R$160, Muralhas de Monção, R$110, Quinta dos Loridos Alvarinho, R$93, Morande Estate Reserve Chardonnay, R$80, Alvarinho Reserva Verde, R$60.

Tintos acima de R$50 => Monte Ravasqueira Vinha de Romas, R$170, Catedral Reserva Dão, R$102, Vinha do Bispado Reserva Douro, E$90, Cabriz Reserva Dão, R$77, Foral dos Quatro Ventos, R$69.

Um grande abraço a todos, bom apetite e uma feliz páscoa.

GUILHERME FONSECA, 56 anos, cruzeirense, administrador de empresas, nascido em Belo Horizonte, enófilo desde 2002.

Semana 15: vôlei cai, futebol sobe

Por SÍNDICO | Em 17 de abril de 2019

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 15 de 2019, por MAURO FRANÇA

SEGUNDA, 08abr19. REAPRESENTAÇÃO: regenerativo pra titulares, treino técnico pros demais, incluindo T Neves e P Rocha.

TERÇA, 09abr19. TREINO fechado. /// LUCAS SILVA dificilmente retornará ao Real Madrid, noticiou o jornal espanhol As. /// ITAIR: [Empréstimo] “Conversamos com dois bancos e o que sair primeiro a gente faz o empréstimo. Vários clubes estão procurando este modelo, que vai ser a salvação. Acredito que o empréstimo vai sair. Se não sair, temos o plano B, que é fazer um parcelamento a longo prazo com todos os credores. Acho que em 90 dias teremos a solução”. [Gustavo Perrella] “Chamei o Gustavo pra fazer a parte institucional do Cruzeiro, inclusive junto à Cbf. Estão dizendo que está pronta a nova chapa, mas não está. A eleição é em Dez20, estamos indo pra 15 meses de gestão e não tem mais oposição, porque quem liderava o grupo eram Zezé e Alvimar e eles declararam que estariam com a gente. O que tem são umas viúvas que perderam e ficam fazendo ataques nas redes sociais”. /// MINAS ARENA notifica Cruzeiro pra quitação em 30 dias de débitos referentes aos custos operacionais do Mineirão, que seriam de R$26 milhões. /// Em NOTA OFICIAL, Cruzeiro contesta valor apresentado pela Minas Arena, que segundo o clube seria de R$18 milhões. /// CRUZEIRO 1×0 HEBEI FORTUNE (China). Evergrande Cup Sub17, 2ª rodada, Guangzhou, China. Gol: Alejandro. Cruzeiro: Fávero; Júlio César, Alysson, Nardoci, Kaiki; Riquelmy, Vitinho (Riquelmo), Stênio, Presses (Fabiano), Alejandro; Riquelme (Wesley). T: Grasseli. /// EMS TAUBATÉ 3×2 SADA CRUZEIRO (25/15, 19/25, 16/25, 29/27, 15/12). Superliga, 2º jogo semifinais, Abaeté, Taubaté. SCruzeiro: Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac, Serginho + Sandro, Luan, Filipe, Leozinho. T: Mendez.

QUARTA, 10abr19. CRUZEIRO 4×0 HURACÁN. Libertadores, 4ª rodada, Grupo B, Mineirão, Beagá, 26.077 pag, 31.693 pres, R$873.106. Arbitragem: Júlio Bascuñán, Alejandro Molina, Claudio Urrutia (Chile). Gols: Fred, 18, 22 e 33, Dodô, 82. Ceuzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Leo, Dodô; Henrique, Romero (Cabral), Robinho (Rafinha), Rodriguinho, M Gabriel; Fred (Raniel). T: Mano Menezes. Huracán: Silva, Chimino, Salcedo, Alderete, Araújo, Rossi, Damonte, Pérez (Roa), Auzqui (Toranzo), Gamba (Chavéz), Barrios. T: Antonio Mohamed. /// MANO: “Cruzeiro foi superior porque é uma equipe mais madura, preparada e equilibrada. Gosto quando o time dá resposta forte em jogos fortes. Teremos jogos fortes pela frente, vamos atacar e temos que estar preparados pra suportar o que suportamos hoje e aproveitar as oportunidades, como aproveitamentos hoje. Isso é o que levamos de positivo da fase de grupos”. /// FRED completou 100 jogos com a camisa celeste. /// ADIDAS será fornecedora de material esportivo a partir de Jan20, informa jornalista Jaeci Carvalho. /// OTÁVIO, central do Taubaté, contratado pelo Sada Cruzeiro /// URIARTE, levantador argentino do Taubaté, contratado pelo Sada Cruzeiro /// LUCARELLI, ponteiro do Taubaté, negocia com o Sada Crueiro. /// CRUZEIRO 1×1 KASHIMA ANTLERS (Japão), Evergrande Cup Sub17, 3ª rodada, Guangzhou, China. Gol: Vitinho. Cruzeiro: Fávero; Júlio César, Alysson, Nardoci, Kaiki (Pedro Henrique); Riquelmy, Vitinho, Stênio (Riquelmo), Presses; Alejandro (Fabiano), Wesley. T: Grasseli.

QUINTA, 11abr19. REAPRESENTAÇÃO: regenerativo pra titulares, treino técnico pros demais. /// SEGUNDO JOGO das finais do Mineiro marcado pra sábado, 20Abr. /// João Vitor BALOTELLI, atacante de 18 anos, do A Mineiro, contratado pro Su20 celeste. /// AMÉRICA denuncia Cruzeiro no  Ministério Público do Trabalho, por suposto aliciamento do atacante Vítor Roque, 14 anos. /// CRUZEIRO 2×0 CORINTHIANS. Copa do Brasil Sub20, 3ª fase, Arena do Calçado, Nova Serrana. Gols: Welinton, 63, Thiago, 82. Cruzeiro: Marlon; Weverton, Cacá, Edu, Pereira (Luiz Gustavo); Rômulo, Ederson, Jadsom, Michel (Adriano); Maurício (Welinton), Popó (Thiago). T: Resende.

SEXTA, 12abr19. TREINO fechado. /// CRUZEIRO 2×3 SPARTAK MOSCOU. Evergrande Cup Sub17, semifinal, Guangzhou, China. Gols: Alysson, Riquelmo. Cruzeiro: Fávero; Júlio César, Alysson, Nardoci, Kaiki; Riquelmy, Vitinho (Riquelme), Stênio (Fabiano), Presses; Alejandro (Riquelmo), Wesley. T: Grasseli.

SÁBADO, 13abr19. TREINO fechado. /// CRUZEIRO 3×1 MINAS BOCA. Mineiro Sub15, 3ª rodada, Toca I. Gols: Nakamura, VictorAlex (2). CRUZEIRO: Iago; Ítalo, Nery, Franklin, Nakamura; Urso (Nicolas), Leandro (Joel), Kauã (Wellington), Lucas (Araxá); Victor Alex (Keven), Ícaro (Rikelmy). T: Leandro Guerreiro. /// CRUZEIRO 1×2 MINAS BOCA. Mineiro Sub17, mesmo local e rodada. Gol: Cássio. Cruzeiro: Ezequiel; Domingues, Carlos (Eduardo), Piter, Caio; Henrique (Ramon), Cuiabá, Allan, Kelvyn; Kauan (Uens), Cássio. T: Estephano Djian. /// CRUZEIRO 7×0 ALIANÇA (Goiás). Brasileiro Feminino A2, 2ª rodada, Alterosas, Belo Horizonte. Gols: Duda (5), Vanessa, Miriã. Cruzeiro: Camila; Janaína, Jajá, Pires, Eskerdinha (Isa); Isabela, Duda, Micaelly; Miriã (Paloma), Vanessa, Kim (Paula). T: Hoffman Túlio. /// SADA CRUZEIRO 2×3 EMS TAUBATÉ (25/21, 34/36, 19/25, 25/19, 12/15). Superliga, 3º jogo semifinais, Riacho, Contagem. Cruzeiro: Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac, Serginho + Sandro, Luan, Filipe, Bauer. T: Mendez. /// TAUBATÉ fecha série em 3×0. /// TAYLOR SANDER assinou contrato com o Dínamo Moscou.

DOMINGO, 14abr19. CRUZEIRO 2×1 ATLÉTICO-MG. Mineiro, ida das finais, Mineirão, Beagá, 44.650 pag, 51.032 pres, R$1.952.976. Gols: M Gabriel, 45, Ricardo, 55, Leo, 60. Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Romero (Cabral), Robinho (Rafinha, Rodriguinho (P Rocha), M Gabriel; Fred. T: Mano Menezes. A Mineiro Victor; Guga, Leonardo, Rabello, Santos; Adílson, Elias; Luan (Bolt), Cazares (Vinicius), Chará, Ricardo (Geuvânio) T: Rodrigo Santana. /// MANO: “Esperava exatamente um jogo assim. Podíamos ter rendido mais. Em alguns momento,s fizemos escolhas apressadas, principalmente no 1º tempo. No 2º, voltamos um pouco mais tranquilos. Não tínhamos nenhuma ilusão sobre as dificuldades que teríamos diante de um adversário tradicional. O adversário marcou bem e temos que criar soluções pra nos livrarmos dessa marcação”. /// CRUZEIRO 0x3 A MADRID. Evergrande Cup Sub17, disputa 3º lugar, Guangzhou, China. Cruzeiro: Fávero; Júlio César (Riquelme), Alysson, Nardoci, Kaiki; Riquelmy, Vitinho, Stênio, Presses (Michael Douglas); Alejandro, Wesley. T: Grasseli.

A casa está desabando

Por SÍNDICO | Em 16 de abril de 2019

CRUZEIRO já tem o balanço de 2018 pronto. E ele mostra que o clube corre em direção à bancarrota.

Zezé deixou dívida de R$96 milhões. Gilvan, de R$384 milhões. Pires de Sá, em seu primeiro ano de mandato, colocou-a em R$520 milhões.

O cube teve prejuízo de R$28 milhões em 2018, mesmo conquistando dois títulos. E, pra amenizar o problema, a venda do Arrascaeta entrou no balanço, como tendo sido feita em 2018.

Além de alta, a dívida tem péssimo perfil. Cresce absurdamente devido aos juros dos bancos e dos credores. 

Solução? Nenhuma. Ou que nenhuma. O torc dor não se associa e não vai a campo. O modelo de jogo do time exige jogadores caros e experientes, sobrando pouco espaço pra revelações, com valor no mercado internacional. 

E Conselho Deliberativo, que deveria fiscalizar a administração, já foi cooptado, e não age nem reage a mais nada. Em breve, restarão duas possibilidades apenas: o rebaixamento ou a venda do patrimônio. 

Galileu: “dopo tutto, abbiamo vinto”

Por SÍNDICO | Em 16 de abril de 2019

PITACOS acerca do CRUZEIRO 2-1 A MINEIRO, no Mineirão, Belo Horizonte, 14abr19dom16h, ida das finais do Mineiro 2019:

MANO MENEZES: Eu esperava exatamente um jogo assim. Ppodíamos ter rendido mais. Em alguns momentos fizemos escolhas apressadas, principalmente no 1º tempo. No 2º, voltamos um pouco mais tranquilos. Não tínhamos nenhuma ilusão sobre as dificuldades que teríamos diante de um adversário tradicional. Podemos trabalhar uma semana com base nessa realidade, com as escolhas do adversário, com postura do adversário, com jeito de poder encontrar soluções que precisamos pra confirmar essa condição. As escolhas são dos jogadores dentro do campo. Tem dias que fazem escolhas melhores e as vezes nem tanto. Então você não pode deixar pra esse lance a responsabilidade do gol que você sofreu. O gol é uma série de detalhes que acontecem e que faz com que a gente fosse batido numa hora que o adversário tinha dificuldades pra construir. É aquela coisa: estávamos partindo pro contra-ataque, tínhamos outros dois jogadores, mas nenhum velocista. Com isso você não corre, você se aproxima. Então faltou um pouco de voltar pra fazer o pivô. O adversário toma a bola que não pode tomar, porque aí é o contrataque do contrataque. E aí pegou a nossa defesa um pouco desposicionada. É um bom exemplo. Insistimos muito com jogadas de Marquinhos Gabriel no primeiro tempo. Bola longa, sem qualidade de trabalho. Entra uma, entra duas, e na terceira o adversário sabe o que você está fazendo e neutraliza. Podemos melhorar no posicionamento, fazer uma variação pra criar uma dúvida no adversário na linha de marcação. O adversário marcou bem e temos que criar soluções para nos livrarmos dessa marcação.

RED: A vantagem passou pro nosso lado, mas é mínima. Temos que jogar pra vencer, como sempre fazemos.

MÁRCIO REZENDE DE FREITAS; Houve pênalti do Dedé no Rabello. Se quiser, o Juiz pode mandar cobrar, antes de começar o segundo tempo.

SÍNDICO: Caros Eugênio Simon ensinou que a nova regra da Fifa sobre bola na mão ou mão na bola (intencionalidade) só valerá a partir do início da nova temporada européia. Ainda não vale. Por isto, o gol do Fred foi legal.

J R GALVÃO: O resultado foi muito bom, mas o time não jogou bem como nas ultimas partidas. Rodriguinho, Robinho e Dedé erraram mais que o normal. Leo foi o melhor. E, gostem ou não, o tal do var inventou mão do Fred no gol anulado. De resto, é deixar a radia e seus teleguiados chorarem à vontade,

MIGUEL TOLENTINO: joguinho preguiçoso e mequetrefe do Cruzeiro, que sempre se escora na vantagem mínima.

BRUNO BARROS: Mano sempre mexe errado, é impressionante. Ele carrega uma invencibilidade nesse quesito que já dura anos.

VANDA ARAUJO: Quando se trata de Vitória contra as frangas, parabenizo a todos, mas hoje destaco LEO e M. Gabriel. Não posso dizer o mesmo do meu ídolo Dedé, porque ele tem me deixado meio preocupada.

LEONARDO MATARELLI: Nem Freud teria a ousadia de explicar. Boa parte da torcida cruzeirense se lamentando pela “pequena” vitória, e a cachorrada fazendo cera, mesmo perdendo, comemorando e se dizendo aliviada. Pela perda da vantagem?

KLAUSS MOURÃO: Mano deve ser sogro do Cabral, num pode, vai gostar do cara assim. Enquanto isso, o Lucas mofa no banco, que tristeza!!!

GALILEU GALILEI: Dopo tutto, abbiamo vinto.

Leo e M Gabriel desequilibraram o RapoCota

Por SÍNDICO | Em 15 de abril de 2019

ATUAÇÕES dos protagonistas do CRUZEIRO 2-1 A MINEIRO, no Mineirão, Belo Horizonte, 14abr19dom16h, ida das finais do Mineiro 2019:

TORCIDA CELESTE ocupou todo o espaço que lhe foi concedido e fez muito barulho o tempo todo.

FÁBIO fez uma grande defesa em chute de Luan e foi perfeito nas demais intervenções.

EDÍLSON marcou bem, apoiou com segurança, sem deixar espaços.

DEDÉ só foi vencido no lance do gol emplumado. Nos demais, atuação perfeita.

LEO marcou gol, cortou um monte de bolas, venceu duelos individuais e fez excelente cobertura na esquerda.

EGÍDIO apoiou bastante e controlou bem seu setor. Só sofreu, no fim, quando Geuvânio entrou com fôlego zerado e deu bastante trabalho para a defesa celeste.

ROMERO levou cartão amarelo, por um carrinho desnecessário e teve de ser substituído no decorrer da etapa final. De resto, a garra de sempre e a pouca efetividade na saída de bola e na seleção de jogadas.

HENRIQUE marcou bem, mas não foi bem-sucedido no apoio, como de costume.

CABRAL jogou pouco tempo e tratou bem a bola. Não complicou, nem foi espetaculoso, como pede a galera.

ROBINHO jogou pela direita, armando e tentando criar jogadas de ataque. Não conseguiu muita coisa, devido à concentração defensiva do adversário.

RAFINHA marcou, incomodou os adversários, carimbou, reclamou e foi expulso. Tudo isto nos 15 minutos em que esteve em campo.

RODRIGUINHO não conseguiu jogar. O adversário se fechou, evitando 1ue ele tivesse espaços para a tabelar ou se infiltrar, saiu mais cedo.

MARQUINHOS fez gol e foi o atacante celeste que mais abriu brechas no muro defensivo das frangas.

FRED serviu para o primeiro gol, fez o seu, anulado pelo var, deu bons passes, incomodou demais a bequeira emplumada.

ROCHA conseguiu uma única arrancada nos 33 minutos em que esteve em campo. Estreia apagada, provavelmente, pela falta de ritmo de quem estava fazendo sua segunda partida no ano.

MANO escalou e substituiu corretamente. Seu time buscou a vitória e, no fim, tratou de segurá-la, algo incompreensível para os termocéfalos, adeptos do futebol indígena.

CRUZEIRO propôs o jogo, correu trás da vitória, conseguiu furar o bloqueio das frangas, com três gols (um anulado pelo var), mas também ofereceu mais espaços do que comumente o faz, levando um gol e, por pouco, não levando outro.

 MINEIRO apostou na defesa, na catimba e na cera. Até o goleiro levou cartão amarelo, mesmo com o time perdendo! Mas teve inteligência para explorar as oportunidades concedidas pelo sistema defensivo do Cruzeiro e criou duas excelentes chances de gol, uma delas aproveitada.

ÁRBITROS foram escravos do var. Comeram tempo de jogo, sem a menos cerimônia, demorando para analisar os lances polêmicos. No gol anulado, viram a bola tocar no braço do Fred, mas não viram a falta cometida por Leonardo, antes. Na parte disciplinar, nada a criticar. Quem pediu, levou cartão.

MelhorDoJogo => LEO [[[23]]] Seisaum, Penido, Souza, Pinheiro, Rizzi, Braga, Barros, Filipe, Talentim, Olivieri, Rosan, Rocha, Walterson, Vanda, Nazaré, Walery, Rezende, Reis, Anchieta, França, Síndico, Dudu, Lulu —– MARQUINHOS [[[20]]] Ge, Uol, Guibreis, Pyxis, Gonçalves, Zuloobas, Soares, Gesoco, Ramos, Clemenceau, Nanayoski, Burian, Marcoalex, Júnior, Klauss, Romarol, Leo, Samuel, Emerson, Pedro —– FRED [[[7]]] Gil, Bitencourt, Campos, Morato, Cloadoália, Ivana, Lauanda —– HENRIQUE [[[3]]] Galvão, Bastos, Barnabé —– ROMERO [[[1]]] Patrícia —– EGÍDIO [[[1]]] Schrier —– FÁBIO [[[1]]] Arreguy —– LEONARDO [[[3]]] Álvaro, Mário, Ricardo…

Cruzeiro 2×1 AtléticoMG: vantagem revertida

Por SÍNDICO | Em 14 de abril de 2019

CRUZEIRO contra AtléticoMG neste 14abr19dom16h, no Mineirão, Belo Horizonte, ida das finais do Mineiro 2019.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 2º, com 15.822 pontos; Mineiro, o 7º, com 13.352.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro terminou a 1ª fase em 2º lugar e depois passou por Patrocinense e América. Mineiro terminou a 1ª fase em 1º lugar e depois passou por Tupynambás e Boa.

TEMPO nublado, temperatura 26º, vento 10 Km/h, umidade 56%.

TRANSMISSÃO: Globo (menos pra região de Juiz de Fora), com narração de Rogério Corrêa, comentários de Bob Faria e Márcio Rezende de Freitas. Premiere, com narração de Jayme Jr, comentários de Henrique Fernandes e reportagens de Pedro Augusto Correia e Vinícius Eulálio.

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ), Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ), Michael Corrêa (RJ). VAR: Bruno Arleu de Araújo (RJ),

CRUZEIRO: Fábio — Edílson, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Romero — Robinho, Rodriguinho, M Gabriel — Fred. T: Mano Menezes.

BANCO: Rafael, Orejuela, Fabruno, Murilo, Dodô, Lucas, Jadson, Cabral, Rafinha, Sassá, P Rocha, David.

AUSENTES: Thiago Neves, Raniel (poupados).

PENDURADOS: Orejuela, Robinho.

MINEIRO: Victor — Guga, Leonardo, Rabello, Santos — Adílson, Elias — Luan, Cazares, Chará — Ricardo. T: Rodrigo Santana.

BANCO: Michael G, Cleiton G, Patric L, Hulk L, Maidana B, Zé Welison V, Jair V, Nathan V, Vinícius M, Bolt A, Alerrandro A, Geuvânio A.

AUSENTES: Réver, Uilson, Carlos César, Gustavo Blanco (lesionados)..

PENDURADOS: Igor Rabello, Matheus Mancini, Renan Guedes, Réver, Vinícius Góes.

CRUZEIRO 2×1 ATLÉTICO-MG, 14abr19dom16h. TEMPO nublado, temperatura 27º, 10 Km/h, umidade 56%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: ida das finais do Mineiro 2019. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 51.032 pagantes, 44.650 presentes, R$1.952.976, média R$. ARBITRAGEM: Wagner Nascimento Magalhães, Rodrigo Figueiredo Corrêa,  Michael Corrêa. VAR: Bruno Arleu Araújo (RJ), AMARELOS: Luan, Ricardo, Bolt, Adílson, Santos, Victor, Fred, Henrique, Romero, Rafinha. VERMELHOS: Rafinha, Adílson. GOLS: M Gabriel, 45, Ricardo, 55, Leo, 60. CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Romero (Cabral, 72), Robinho (Rafinha, 76), Rodriguinho (P Rocha, 67), M Gabriel; Fred. T: Mano Menezes. ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Leonardo, Rabello, Santos; Adílson, Elias; Luan (Bolt, 46), Cazares (Vinicius, 63) . Chará, Ricardo (Geuvânio, 86) T: Rodrigo Santana.

HISTÓRICO: 469 jogos. O Cruzeiro venceu 160, empatou 127 e perdeu 182, com 602 gols a favor e 656 contra. Pelo Brasileiro, foram 66 jogos. O Cruzeiro venceu 22, empatou 21, perdeu 23, marcou 89 gols, sofreu 84. Os dois clubes já se enfrentaram em 23 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 12 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14, 18), perdeu 9 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13, 17) e empatou uma (56). Na Copa dos Campeões Mineiros 1999, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da SulMinas de 2001 e 2002, do Mineiro de 2005 e 2006, da Copa Montevidéu 2009 e foi eliminado nas semifinais do Mineiro 2015. Na Copa do Brasil, o Cruzeiro perdeu a final de 2014. Foram 241 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 87, empatou 78, perdeu 75, marcou 281 gols, sofreu 257. Pelo Mineiro, foram 272 jogos, com 93 vitórias do Cruzeiro, 70 empates, 109 derrotas, 296 gols a favor, 343 contra. Pela Primeira Liga, 1 jogo, 1 vitória do Cruzeiro que fez 1 gol e não sofreu nenhum.

Mano: “preparados pra superar a desvantagem”

Por SÍNDICO | Em 13 de abril de 2019

Mano Menezes, sobre o RapoCota deste domingo: 

  • CRISE do adversário: Certamente afeta emocionalmente, mas isso não é positivo ou negativo. O jogo é que vai mostrar. Nossa experiência mostrar que clube grande passa por situação como essa e, às vezes, essas coisas não são notadas nos 90 minutos. Porque, o que vai valer é o ambiente, é o grupo de jogadores, a equipe que vem jogando. Haverá uma, duas alterações, pode haver alterações táticas. Pode nem haver. Mas pode haver alteração anímica, porque nessa hora você se junta. Você está recebendo críticas fortes, você se junta. Os grupos são assim.
  • MOMENTO. Estamos preparados pra tudo. Pensamos em confirmar nosso bom momento, porque a realidade é que não ganhamos nada mesmo. No momento decisivo, é preciso confirmar nosso valor. Temos um bom início de temporada, uma série de invencibilidade, mas é preciso, no momento decisivo, confirmar isso.
  • CAMPANHA. Se formos campeões, a campanha será diferenciada. Aí sim vamosver a importância dela. Ela só nos serviu pra trazer até aqui. Pra ser campeão mineiro, temos que fazer dois bons jogos.
  • AMANHÃ. Estamos preparando pra fazer uma boa metade de decisão e tentar superar a desvantagem. E pra diminuir a vantagem do adversário, temos que conseguir a vitória no primeiro jogo. 
  • CLÁSSICOS. A responsabilidade é compartilhada, eles terão oportunidades, nós teremos também, eles atacarão, nós atacaremos. Tem momentos diferentes nos 90 minutos. A  vitória se constrói sabendo se se comportar de forma lúcida, inteligente, pra tirar proveito de situações que nos favoreçam.
  • TIME. Estamos avaliando, com critérios. Não é hora de apressar algo que não precisa ser apressada, mas de jogador que tiver condição, não vamos abrir mão. Nossos jogadores são importantes e a gente quer contar com todo mundo.

Por mim, talkey. Ele até poderia sintetizar a entrevista no velho bordão “clássico é clássico e vice-versa”