A saga do penta

Por SÍNDICO | Em 17 de outubro de 2017

CLAUDINEI VILELA

A 29ª Copa do Brasil começou em 08fev17 e terminou em 27set17 perante 61 mil espectadores, recorde do novo Mineirão. Foi disputada por 91 clubes, teve 120 partidas e 282 gols foram marcados até encontrar seu dono, o Maior de Minas.

Gigante incontestado em seu pentacampeonato, o Cruzeiro não teve vida fácil. De cara, enfrentou o Volta Redonda, campeão da série D, invicto em seu estádio há mais de um. Decisão em partida única. que o Cruzeiro venceu por 2×1, desprezando a vantagem do empate.

Na segunda fase, ainda em partida única, o Cruzeiro goleou o São Francisco por 6×0 no Mineirão, o maior placar desta edição da Copa. Nesta segunda fase, Coxa, Bahia e Ponte,  da séria A, fi[oram desclassificados, enquanto o  Corinthians só eliminou o pequeno Brusque nos pênaltis.

Na terceira fase, já com partidas de ida e volta, Cruzeiro bateu o Murici, que havia passado pelo América mineiro, com vitórias de 2×0, em Alagoas, e 3×0, em Minas.

Separados os fortes dos fracos, a 4ª fase veio com os clássicos e o São Paulo foi a pedra no caminho celeste. O time paulista tem imensa vantagem no confronto direto em jogos do Brasileiro, mas não na Copa do Brasil. E o Cabuloso passou, vencendo em Sampa por 2×0 e perdendo no Mineirão, por 2×1, fechando a ´serie com 3×2 no placar agregado.

Nas oitavas de final entraram os times que estavam na Libertadores? Ok! O destino nos reservou a Chapecoense, a  “queridinha do Brasil”. E foi uma guerra. Vitória magrinha de 1×0 no Mineirão e empate sofrido, por 0x0 na Condá, com pancadaria no pós-jogo;

Quartas de final teve duelo contra o Palestras, atual campeão Brasileiro, clube que investiu mais de R$100 milhões em 2017, tido como favorito em todos os torneios da temporada.

No jog de ida em São Paulo, o time celeste abriu vantagem de 3×0 na etapa inicial, mas os verdes buscaram o empate na fase derradeira do jogo. Na volta, o Palmeiras fez o 4º gol no agregado e o Cruzeiro só conseguiu a classificação com Diogo Barbosa aos 84, com uma cabeçada na entrada da pequena ãrea porcina. 

O lateral se disse “no lugar errado, mas na hora na hora certa”. Cuca, técnico do Palmeiras atribuiu o gol à inciativa que o jogador celeste teve na busca pelo empate. Iniciativa de quem não se conforma quando só a tática não está resolvendo. 

Se Diogo era o cara errado na hora certa, não se pode dizer que o Cruzeiro estaria no lugar errado em uma semifinal de Copa do Brasil, afinal, está foi a 9ª vez do clube nesse lugar privilegiado nas 21 vezes em que disputou o torneio.

Grêmio, o adversário, era o bicho-papão, o melhor time brasileiro, segundo opinião generalizada de torcedores e cronistas esportivos.  E o tricolor fez valer o mando, vencendo por 1×0 em Porto Alegre. Pouco pra quem teria que visitar o Mineirão.  Muito pouco contra um Cruzeiro que possui 71% de aproveitamento como mandante na história do torneio. E foi Hudson, de cabeça, no início da etapa final, quem devolveu o 1×0 e levou o jogo para os pênaltis.

Nas cobranças alternadas, Fábio defendeu chute de Luan, o jogador mais caro em atividade no país. Do resto, cuidaram as balizas do Mineirão, que cercaram mais dois petardos dos gaúchos.

Veio a decisão contra o marrento Flamengo, que teve receita de R$510 milhões contra R$240 milhões do Cruzeiro em 2016. Nas arquibancadas seis mil cruzeirenses calaram 50 mil flamengos várias vezes, pra espanto de quem via o jogo in loco ou na televisão. E, na cancha, ao contrário dos departamentos contábeis, os valores ficaram iguais, com placares de 1×1 no Rio e 0x0 em Beagá.

A final remetia à de 2003 entre os dois clubes, que terminou também com o caneco indo pro Barro Preto. Arrascaeta, voltando de lesão, ainda não estava pronto pra 90 minutos de uma decisão, mas teve que substituir o lesionado Raniel logo aos 5.  Foi um jogo travado em seu tempo regular, com uma disputa de pênaltis de arrepiar.

Fábio, masis uma vez, foi decisivo, defendendo a cobrança de Diego Ribas, o astro do elenco rubronegro. e Thiago Neves, mesmo escorregando, meteu a bola decisiva no ângulo! Gol, gol, gol, gol, gol, gritou Alberto Rodrigues. É penta, é penta, é penta, é penta, é penta, teria dito Galvão Bueno, não fosse seu coração rubronegro.

Ao Voltaço, ao São Francisco, ao Murici, aquele abraço! Ao bicho-papão São Paulo e ao Índio Condá, aquele abraço! |Ao primo rico, o  Palestra paulista, e ao Copeiro Grêmio, aquele abraço! E à torcida do Flamengo, aquele abraço!!! Pentacampeão incontestável, com todos os méritos, depois de disputar todas as fases da competição.

E não há dor de cotovelo de mesaredondista, nem torcedor secador, que desmereça essa saga do Maior de Minas rumo a seu 9º título nacional. Até 2018!

Sem 42: Títulos da Supercopa Vôlei e Dadazinho

Por SÍNDICO | Em 17 de outubro de 2017

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 42 de 2017, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 09out17. Reapresentação, à tarde. Treino técnico. Murilo participou.  Fábio retornou de licença. Leo fez atividade na academia. À noite, delegação viajou pra Porto Alegre. Relacionados: Rafael, França, Bryan, Barbosa, Ezequiel, Lennon, Digão, Manoel, Arthur, Henrique, Hudson, Elber, Romero, Lucas, Messidoro, Rafinha, Neves, Alisson, Marques, Sobis. /// Renovado contrato de NONOCA, até Out21. /// MARCELO DJIAN vai trabalhar no futebol, em 2018. /// CRUZEIRO 1×4 FLUMINENSE. Copa Dadazinho Nacional Sub14, 2ª rodada Grupo H, Gregorão, Contagem. Gol: Stênio.

TERÇA, 10OUT17. Treino tático-recreativo no Internacional. /// CRUZEIRO 2×1 FRIGOARNALDO. Copa Dadazinho Nacional Sub14, 3ª rodada Grupo H, Gregorão, Contagem. Gols: Weverton, Wesley. CRUZEIRO: Ezequiel; Danilo (Arthur), Weverton, Henrique (Ricardinho), Kaiki; Victor Hugo (Kauã), Bruno (Pedrinho), Liedson (Marquinho), Kelvyn, Stênio (Caio); Wesley (Alexiel). T: Cherede.

QUARTA, 11OUT17. GRÊMIO 0x1 CRUZEIRO. Brasileiro, 27ª rodada, Humaitá, PoA, 7.851 pag, R$234.055. Gol: Sobis, 69. GRÊMIO: Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Jailson, Arthur (Beto Silva), Jean Pyerre (Patrick); Fernandinho, Barrios, Arroyo (Everton). T: Portaluppi. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Digão, Barbosa; Henrique, Hudson (Romero); Rafinha, Neves, Alisson (Marques); Sobis (Elber). T: Lobo / Mano. /// SIDNEI LOBO: “A gente sabia que teria que marcar forte e não dar espaços. Conseguimos neutralizar e no intervalo corrigimos o posicionamento pra não permitir volume de jogo ao Grêmio. Fizemos o gol e garantimos a vitória. Podíamos até ter feito outros nos contrataques, faltou um pouco mais de calma pra definir”. /// ARRASCAETA foi liberado do jogo. /// ALYSSON , beque, foi convocado pra Sub15, Vai treinar na Granja Comary visando o Sulamericano na Argentina. /// INTERNACIONAL 1×1 CRUZEIRO. Copa do Brasil Sub17, ida 2ª fase, Morada dos Quero-Queros, Alvorada. Gol: Popó. CRUZEIRO: Robson; Murilo (Neném), Jonathan, Mateus, Pereira; Matheus Felipe (Sérgio), Caio (Marco Antônio), Vitor Hugo (Samuel) (Ruan), David; Vinícius, Popó (Júlio César). T: Lemos. /// SADA CRUZEIRO 3×1 TAUBATÉ FUNVIC (25/27, 25/22, 25/20, 25/22). Supercopa, jogo único final, CFO, Fortaleza. CRUZEIRO: Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Isac, Simon, Serginho. T: Mendez. Sada Cruzeiro TRICAMPEÃO.

QUINTA, 12OUT17. Retorno de PoA. /// Comunicada cirurgia no joelho direito de SASSÁ. /// ROBSON PIRES: “Estamos conversando com a Caixa, mas o orçamento pra 2018 só é divulgado em dezembro. Só aentao saberemos se haverá renovação do contrato. Estamos otimistas, esperamos aumentar o valor em relação ao atual contrato, pois disputaremos a Libertadores”. /// Clube será julgado no STJD por conta de objeto arremessado no gramado, que atingiu o médico do Flamengo, na decisão da Copa do Brasil, conforme relato di juiz na súmula. /// CRUZEIRO 0x0 PONTE. Pênaltis: Cruzeiro 5×4. Copa Dadazinho Nacional Sub14, oitavas de final, Arena Jacaré, Sete Lagoas. CRUZEIRO: Ezequiel; Danilo, Weverton, Kaiki, Liedson; Victor Hugo (Pedrinho), Bruno (Caio), Ricardinho, Kelvyn, Stênio (Patto); Wesley. T: Cherede. /// CRUZEIRO 1×1 CORITIBA. Brasileiro Sub20, ida final, Independência, BH. Gol: Marcelo. CRUZEIRO: Vitor; Lucas, Cacá, Rissi, Raphinha; Eduardo, Nonoca, Nickson (João Luiz), Thonny Anderson (Cesinha), Marcelo (Vitinho); Jonata. T: Ávila. /// ATLETISMO: Ivamar Oliveira venceu a 13ª Minimaratona de Nossa Senhora Aparecida de Passos. Marcos Pereira e Mirian Franco venceram a 15ª Corrida do Fogo, Recife.

SEXTA, 13OUT17. Reapresentação, pela manhã: regenerativo pra titulares. Pros demais, coletivo contra reservas do Sub20.. Mano Menezes retornou da licença. Leo e Murilo fizeram atividade física. À tarde, CHURRASCO na Toca II em comemoração ao título da Copa do Brasil pra jogadores, comissão técnica, funcionários e familiares. /// MANO: “Foi dado um regime de urgência pra renovação, sem necessidade. O que é urgente no Cruzeiro é comemorar o título da Copa do Brasil, é aproveitar o bom momento que a equipe vem atravessando no Brasileiro. As outras coisas têm seu tempo, não se decidem pela imprensa. Não vou falar sobre esse assunto publicamente. Minha preferência é conversar com o Cruzeiro e sobre coisas importantes pro trabalho em 2018, quando aumentaeão expectativas e objetivos. Quem tem experiência sabe como a banda toca. Tenho que ver o que se pensa e quais são as ambições do clube”. /// ITAIR MACHADO, no Globoesporte: “Mano é um grande treinador. Vou agendar uma reunião pra próxima semana. Queremos continuar com ele. Uma renovação de contrato sempre é difícil, mas é possível. Preparamos proposta interessante pra ele e sua comissão técnica. Temos grandes ambições”. Machado confirmou a permanência de PEDRO MOREIRA no cargo de supervisor. /// CRUZEIRO 2×0 AMÉRICA. Copa Dadazinho Nacional Sub14, quartas de final, Municipal, Ibirité. Gols: Weverton, Wesley. CRUZEIRO: Ezequiel; Danilo, Kaiki, Weverton (Igor), Liedson; Victor Hugo (Henrique), Bruno (Pedrinho), Stênio, Kelvyn (Rodriguinho), Ricardinho (Caio); Wesley (Patto). T: Cherede.

SÁBADO, 14OUT17. Treino físico. Robinho e Careca fizeram corridas. /// SASSÁ solicitou adiamento da cirurgia. /// CRUZEIRO 2×0 FLAMENGO, Copa Dadazinho Nacional Sub14, semifinal, Municipal, Sarzedo. Gols: Kelvyn, Henrique. CRUZEIRO: Ezequiel; Danilo, Weverton, Kaiki, Liedson; Victor Hugo (Pedrinho), Bruno (Henrique), Ricardinho (Patto), Kelvyn, Stênio (Caio); Wesley (Alexiel). T: Cherede. /// CRUZEIRO 2×3 ATLÉTICO-MG. Agregado: Atlético 4×3. Mineiro Sub15, volta Final, Toca I. Gols: Presses e Victor. CRUZEIRO: Vinicius, Pedro, Riquelmy, Paulo, Jonas (Alysson); Fabiano (Nardoci), Presses (Manoel), Guilherme (Lucas), Victor Hugo; Calebe (Riquelmo), Alejandro. T: Batista. /// ATLÉTICO-MG 1×1 CRUZEIRO. Mineiro Sub17, ida Final, Vila Olímpica, BH. Gol: Popó. CRUZEIRO: Robson; Douglas, Mateus, Jonathan, Pereira; Matheus Felipe, Caio (Marcos), Vitor Hugo (Marco Antônio) (Edson), David (Bicalho); Vinícius, Popó (Ruan). T: Lemos. /// CORINTHIANS 1×3 SADA CRUZEIRO (31/29, 18/25, 15/25, 22/25). Superliga, 1ª rodada, Parque São Jorge, São Paulo. CRUZEIRO: Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac, Serginho. Entraram: Cachopa, Alemão, Eder. T: Mendez. /// SADA CRUZEIRO FA 36×6 BOTAFOGO REPTILES. Brasil Futebol Americano, semifinal Conferência Sudeste, SESC Venda Nova, BH. /// ATLETISMO: Ivanildo Pereira venceu a Trilha das Águas Night Run Caxambu.

DOMINGO, 15OUT17. Folga do elenco. /// CRUZEIRO 3×0 ATLÉTICO. Copa Dadazinho Nacional, Final, Municipal, Sarzedo. Gols: Bruno, Stênio, Wesley. CRUZEIRO: Ezequiel; Danilo, Weverton, Kaiki, Liedson; Victor Hugo (Pedrinho), Bruno, Ricardinho (Henrique), Kelvyn, Stênio (Patto); Wesley (Alexiel). T: Cherede. Cruzeiro CAMPEÃO. /// CRUZEIRO 2×0 PONTE NOVA. Mineiro Sub14, 4ª rodada, Toca I. Gols: Rodriguinho, Alexiel. CRUZEIRO: Vinícius (João Victor); Arthur, Igor, Caueh, Marquinhos; Kauã (Henrique), Brandonn (Stênio), Alexiel (Pedrinho), Rodriguinho, Caio (Israel); Patto. T: Cherede. /// ATLÉTICO 2×0 CRUZEIRO. Mineiro Sub20, 7ª rodada Hexagonal, Vespasiano. CRUZEIRO: Vitor, Lucas (João Luiz), Ronaldo, Patrick, Raphinha; Marcio (Leo Bolgado), Eduardo (Zé Gabriel), Vitinho, Alesson (Cesinha); Jonata (Luan), Marcelo. T: Ávila. /// ATLETISMO: Ivamar Oliveira venceu a Corrida UNIMED 30 Anos de Divinópolis. Jair Silva venceu a Meia Maratona da 11ª Corrida da Unimed Fortaleza. Gleison Santos foi 2º nos 10 km. Wellington Bezerra foi 2º na etapa de São Paulo do Circuito Caixa.

Lideranças

Por SÍNDICO | Em 16 de outubro de 2017

LIDERANÇAS do Cruzeiro:

  • Lemos, Gilvan, Wagner, Zezé, Alvimar, Masci, Sérgio, Vicintin, Itair, Atacadão, Gontijo, Tolentino, Dalai, Gatti, Ciscotto, Nametala, Aquiles, Clemenceau, Medioli, Albertinho, Sportelli, Pedrinho, Baroni. 

Pergunto ao caro leitor:

  1. Vc confia em todos? 
  2. Qual deles tem algo a oferecer ao clube no momento?
  3. Qual deles seria o melhor presidente pra começar o segundo centenário do clube? 

Comparando elencos

Por SÍNDICO | Em 15 de outubro de 2017

LUIZITO DEL PLATA

Os elencos de 2003 e 2013, que dispunham de excelentes treinadores, acabaram ficando mais valorizados do que o atual grupo do Cruzeiro, vencedor da Copa do Brasil.

Pra aclarar, vamos comparar os três conjuntos, tendo como ponto de partida as formações de cada um em suas pré-temporadas.

1. Fabio-Rafael 2017 X Gomes-Fávaro 2003 X Fabio-Rafael 2013. MELHOR pra 2016. Quem era Gomes antes de 2003? Rafael em 2016 estava em grande fase! Em 2012, ninguém conhecia Rafael.

2. Ezequiel-Mayke 2017 X Maurinho-Maicon 2003 X Ceará-Mayke 2013. MELHOR pra 2003.

3. Leo-Murilo-Caicedo 2017 X Cris-Luisão 2003 X Brodrigo-Leo 2013. MELHOR pra 2003.

4. Manoel-Dedé 2017 X Dracena-Batatais 2003 X Paulão-Nirley 2013. MELHOR pra 2017. Quem era Dracena antes de 2003 e quem era Batatais? Paulão e Nirley são piadas.

5. Barbosa 2017 X Leandro 2003 X Egídio-Everton 2013. MELHOR foi o de 2017. Barbosa fez um bom Brasileiro pelo Botafogo em 2016, Leandro só jogou naquele time de 2003 e Egídio disputou a Série B pelo Goiás em 2012.

6. Romero-Herique 201 X Recife-Melo 2032 X Henrique-Uellinton 2013. MELHOR pra 2017. Tanto Romero, quanto Henrique terminaram 2016 jogando bem. Recife só jogou com Luxa. Henrique é bom, mas Uelliton é piada.

7. Cabral-Hudson 2017 X Wendel-Maldonado 2003 X Nilton-Lucas 2013. MELHOR pra 2017. Cabral terminou 2016 bem e Hudson era respeitado no Saumpaulo. Maldonado já era bom, mas Wendel surgiu por mérito do Luxa. Nilton já era bom, mas Lucas era da base e cresceu com Pacote.

8. Neves-Robinho 2017 X Alex-Martinez 2003 X Diego-Ribeiro 2013. MELHOR pra 2003. Alex esteve no Maior de Minas em 2001 e decepcionou! Em 2002, nem a diretoria, nem a torcida o queriam, mas luxa fez questão de ter seu talento. Neves e Robinho são melhores que Diego e Everton Ribeiro. Ribeiro não era nada antes de 2013.

9. Arrascaeta-Sobis 2017 X Aristizábal-Alex Dias 2003 X Dagoberto-Goulart de 2013. MELHOR pra 2017.  Sobis conquistou 2 Libertadores e foi ídolo no Inter. No Fluminense, conquistou um Brasileiro e foi ídolo. No Tigres, conquistou um Mexicano e foi ídolo. Sempre como atacante. No Maior de Minas, o Antiabila o obrigou a ser auxiliar de lateral e, aí, ele acabou. Arristizábal já era bom, mas Alex Dias era fraco. Dagol já era bom, mas Goulart era fraco ate cair naquele time de 2013.

10. Ábila 2017 X Deivid 2003 X Anselmo-Borges 2013. MELHOR pra 2017. Ábila, em 2016, até ser substituído por Bigode, estava fazendo um gol por jogo! Em 2002, Deivid fez 36 gols em 96 jogos pelo Corinthians…

11. Alisson-Elber 2017 X Marcelo-Mota 2003 X Alisson-Elber de 2013. MELHOR pra 2017. Marcelo Ramos era bom, mas Mota só jogou naquele time de 2003 (mérito de Luxa). Alisson e Elber de 2017 são melhores que Elber e Alisson de 2013.

28ª BR: Cruzeiro em 5º

Por SÍNDICO | Em 14 de outubro de 2017

CRUZEIRO 2×1 PONTE PRETA, 07out17sab16h, Mineirão (62 mil), Beag;a, 13.292 pag, R$257.798. Árbitros: Paulo Roberto Alves, Victor Imazu, Rafael Trombeta (PR). Amarelos: Rafael, Barbosa, Hudson, Neves, Rafinha, Elton. Vermelho: Elton, 83. Gols: Barcelos, 12 (p), Neves, 73, Manoel, 76. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Digão, Manoel, Barbosa; Hudson, Henrique; Rafinha (Elber), Neves, Alisson (Romero); Sobis (Marques). T: Sidnei Lobo / Mano. PONTE: Aranha, Nino, Marllon, Luan Peres, Artur (Yago); Elton, Jean Patrick (Fernando Bob), Wendel (Mendoza); Barcelos; Sheik. Lucca. T: Baptista.

VASCO 1×0 BOTAFOGO, 14out10sab19h, 28ª BR 17, Maracanã (78 mil), Rio, 27.424 pag, R$1.063.215. Árbitros: Vinicius Araujo, Rogério Zanardo, Herman Brumel (SP). Amarelos: Pikachu, Caio, Vitor, Jean, Nenê, Marcos, Carli, Bruno. Gol: Nenê, 68. VASCO: Martín, Madson, Breno, Anderson Martins, Ramon; Wellington, Jean, Vital (Paulo Vitor), Wagner (Pikachu), Nenê; Thalles (Caio Monteiro). T: ZéRicardo. BOTA: Gatito, Arnaldo, Carli, Rabello, Victor Luís; Lindoso, Bruno Silva, Marcos Vinícius (Gilson), João Paulo; Pimpão (Guilherme), Brenner (Tanque). T: Ventura.

SÃO PAULO 2×1 PARANAENSE, 14out10sab21h, 28ª BR 17, Pacaembu (38 mil), Sampa, 25.558 pag, R$683.891. Árbitros: Lima Henrique, Michael Correia, Silbert Sisquim (RJ). Amarelos: Sidcley, Rossetto. Vermelho: Nikão. Gols: Coutinho, 49, Pratto, 59, Maicosuel, 82. SPFC: Sidão; Militão (Araruna), Arboleda, Rodrigo Caio, JrTavares; Petros, Hernanes; Marcos Guilherme, Cueva (Jucilei), Lucas Fernandes (Maicosuel); Pratto. T: DorivalJr. CAP: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno, Nicolas (Nikão); Pavez, Rossetto (Ribamar), Sidcley, Guilherme; Coutinho, Pablo (Gedoz). T: FabianoSoares.

GOIANIENSE 1×3 PALMEIRAS, 15out10dom17h, 28ª BR 17,  Ludovico (13 mil), Goiânia, 12.619 pag, R$380.450. Árbitros: Rodolpho Toski, Rafael Trombeta, Victor Imazu (PR). Amarelos: Alves, Gilvan, Dudu, Vermelho: Alves. Gols: Willian, 20, Moisés, 43, Dudu 59, Walter, 76. ACG: Marcos; Jonathan, William Alves, Gilvan, Pacheco; Ronaldo (André), Paulinho, Jorginho (Bauermann); Luiz Fernando (Niltinho), Walter, Andrigo; T: Sanches. SEP: Prass; Mayke, Dracena, Juninho, Egídio; Tchê Tchê, Bruno Henrique, Moisés (Thiago Santos); Dudu, Willian (Borja), Keno (Erik). T: Valentim.

FLUMINENSE 1×0 AVAÍ, 15out10dom17h, 28ª BR 17, Maracanã (78 mil), Rio, 16.052 pag, R$221.560. Árbitros: Flavio Souza, Daniel Ziolli, Daniel Marques (SP). Amarelos: Dourado, Wendel, Alemão, Joel. Gol: Dourado, 13. FLU: Cavalieri, Renato (Norton), Reginaldo, Gum (Nogueira), Marlon; Richard, Wendel, Sornoza, Scarpa; MarcosJr (Alessandro), Dourado. T: Abel. AVAÍ: Douglas, Leandro, Alemão, Betão, João Paulo; Simião (Marquinhos), Lucas Otávio, Juan (Rômulo), Pedro Castro; Luan Pereira, Joel. T: Claudinei.

SPORT 1×1 MINEIRO, 15out10dom17h, 28ª BR 17, Retiro (35 mil), Recife, 20.273 pessoas, R$315.116. Árbitro: Leandro Bizzio, Anderson Coelho, Bruno Rizo (SP). Amarelo: Mena, Anselmo, Adilson, Fred. Gols: Patrick, 9, Fred, 37. SPORT: Magrão; Prata, Ronaldo, Henríquez, Mena; Anselmo, Patrick, Rithely (Lenis), Diego Souza; Osvaldo (Rogério), Juninho (Thomás). T: Luxemburgo. FRANGA: Victor; Rocha, Felipe, Gabriel, Santos; Adilson (Roger Bernardo), Elias, Valdívia (Clayton), Cazares (Yago), Otero; Fred. T: Oswaldoliveira.

CHAPECOENSE 0x1 FLAMENGO, 15out10dom17h, 28ª BR 17, Condá (22 mil), Chapecó, 10.484 pres, R$342.370. Árbitros: Dewson Freitas, Helcio Neves, Ricardo Coimbra (PA). Amarelos: Elicarlos, Kaike, Márcio, Berrío. CHAPE: Jandrei, Apodi, Grolli, Fabrício Bruno, Reinaldo; Elicarlos (Lucas Marques, 60), Lucas Mineiro, Canteros; Wellington Paulista, Kaike (Rodrigo, 76), Túlio Melo (Penilla, 61). T: EmersonCris. FLA: Alves, Pará, Réver, Vaz, Trauco; Cuéllar, Arão, Diego (Gabriel, 82); Everton Ribeiro (Rômulo, 88), Everton (Berrío, 66), Guerrero. T: Rueda.

CORITIBA 0x1 GRÊMIO, 15out10dom19h, 28ª BR 17, Couto (40 mil), Curitiba, 10.814 pag, R$242.500. Árbitros: André Castro. Bruno Pires, Leone Rocha (GO). Amarelos: Dodô, Luizão, Jonas, Almeida, Ramiro, Kannemann, Beto. Gol: Ramiro, 91. COXA: Wilson; Dodô, Cleber, Werley, Carleto; Jonas, Alan Santos, Galdezani (Sásse, 46), Tiago Real (Berola, 72); Rildo (Anderson, 75), Henrique Almeida. T: Marceloliveira. GRÊMIO: Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann, Cortez; Jaílson, Arthur, Ramiro, Arroyo (Everton, 61), Fernandinho (Jael, 89); Barrios (Beto Silva, 75). T: Portaluppi.

BAHIA 2×0 CORINTHIANS, 15out10dom17h, 28ª BR 17, Fonte Nova (50 mil), Salvador, 23.413 pag, R$719.882. Árbitros: Ricardo Ribeiro, Guilherme Camilo, Sidmar Meurer (MG). Amarelos: Jô, Camacho. Gols: Vinicius, 71, Régis, 93. BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Fonseca, Capixaba; RenêJr, Edson, Vinicius (Sales); Zé Rafael (Allione), Rodrigão (Régis), Edigar Junio. T: Carpegiani. SCCP: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Arana; Camacho, Maycon (Giovanni Augusto); Rodriguinho, Jadson (Marquinhos Gabriel). Romero (Clayson); Jô. T: Carille.

SANTOS 2×2 VITÓRIA, 16out17seg20h, 28ª BR 17, Pacaembu (38 mil), Sampa, 15.471 pag, R$428.430. Árbitros: Machado, Carlos Berkenbrock, Helton Nunes (SC). Amarelos: Braz, Wallace, Yago, Sá, Carlos, Alison. Gols: David , 22, Mota, 35, Wallace, 64, Ramon, 69 (c). SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Veríssimo, Braz, Zeca; Alison, Matheus Jesus (Vecchio, 59), Lucas Lima; Copete (Serginho, 59), Jean Mota (Lucas Crispim, 81), Ricardoliveira. T: Culpi. VITÓRIA: Caíque; Sá, Wallace, Ramon, Juninho; Uillian Correia, Soutto, Yago (Patric, 78); David (Danilinho, 91), Neilton (Carlos Eduado, 81); Tréllez. T: Mancini.

LUGARES: 384.000. PÚBLICO: 175.400. MÉDIA: 17.540. OCUPAÇÃO: 46%.

Quem será o técnico do Cruzeiro em 2018?

Por SÍNDICO | Em 13 de outubro de 2017

CUCA foi demitido pelo Palmeiras. O comentarista Neto garante que seu substituto será Mano Menezes.

MANO soltou nota dizendo que ouvirá proposta da novo diretoria celeste, antes de decidir com que time assinará pra temporada de 2018.

A mania do momento é o treinador se mandar do clube, após uma boa campanha. Assim, fica livre pra contratos maiores e se mantém como eterna opção por onde passou.

Não seria exagero do torcedor celeste começar a especular e a “votar” no nome do novo técnico pra seu time. Com a palavra, o leitor do PHD.

JR Galvão: “Vitória gigante!”

Por SÍNDICO | Em 13 de outubro de 2017

PITACOS acerca do GRÊMIO 0x1 CRUZEIRO, no Humaitá (55 mil), Porto Alegre, pela 27ª rodada do Brasileiro 2017:

SIDNEI LOBO: A gente já sabia que o Grêmio é um adversário que envolve bastante e tínhamos que marcar muito forte e não dar espaços. Mas algumas vezes apareceram espaços, por isso chamei o Ezequiel e o Rafinha pra orientá-los. Conseguimos neutralizar, virou 0x0 e no intervalo corrigimos o posicionamento, justamente pra não permitir volume de jogo ao Grêmio. Fizemos o gol e garantimos a vitória. Podíamos até ter feitos outros nos contrataques, porque o Grêmio se atirou e começou a jogar bolas na área e a gente sempre ficando com elas. Poderíamos ter tido um pouco mais de calma definir as jogadas.

SOBIS: A gente não escolhe contra quem vai marcar. O importante é fazer gols pelo Cruzeiro. Coincidência que tenha sido contra o Grêmio. É bom.Foi um gol também pra dar um pouco de alegria pra parte vermelha do Estado. O detalhe daquele lance é que, se não estivesse chovendo, provavelmente a bola não ia passar.

BRUNO BARROS: O Cruzeiro propôs o jogo em várias ocasiões (terminou com mais posse de bola, apesar do incrível controle de bola do Arthur do Grêmio), finalizou pouco, é verdade, mas em vários momentos houve triangulações, volantes aparecendo na paquera ofensiva, entrando na área. Sem a bola, marcação mais adiantada que o geralmente visto no ano, dando efeito imediato.

JR GALVÃO: Vitória gigante! Com futebol bem razoável. Destaque pra defesa, em especial pro Digão, que é fraco, mas esteve bem. Não consigo enxergar o futebol no Rafinha, jogador comum. Pena que o Elber não engrena. Campeonato em abeto.

ERNESTO ARAUJO: Gostei bastante do desempenho da dupla Digão / Manoel. Foram muito bem em todas as bolas pelo alto que, num dado momento, passou a ser a principal jogada ofensiva do Grêmio.

REINALDO DRUMMOND: Mais uma partida difícil de ver. Se não fosse jogo do Cruzeiro, teria mudado de canal no 1º tempo. Não suporto esse jogo de ficar na defesa e especular um contra-ataque.

27ª BR: Cruzeiro em 3º

Por SÍNDICO | Em 12 de outubro de 2017

PARANAENSE 2×2 GOIANIENSE, 11out17qua19h30, 27ª BR 17, Baixada (42 mil), Curitiba, 5.864 pag, R$90.257. Árbitros: Dyorgines Padovani, Fabiano Ramires, Vanderson Zanotti (ES). Amarelos: Fabrício, Wanderson, Gonzalez. Jorginho, Luiz. Gols: Luiz, 24, Guilherme, 31, Gonzalez, 41, Walter, 82. PARANAENSE: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno, Fabrício; Pavez, Gonzalez (Eduardo Henrique, 60), Gedoz (Sidcley, 67), Guilherme, Nikão; Ribamar (Ederson, 79). T: Fabiano. GOIANIENSE: Marcos; Jonathan, William Alves, Gilvan, Pacheco; Ronaldo, Paulinho (Diogo Rosa, 66), Jorginho (André Castro, 66), Luiz Fernando, Niltinho (Breno Lopes, 86); Walter. T: Sanches.

BOTAFOGO 2×1 CHAPECOENSE, 11out17qua19h30, 27ª BR 17, Engenhão (40 mil), Rio, 6.548 pag, R$106.390, Árbitros: Leandro Vuaden, Eduardo Catza, Mauricio Coelho (RS). Amarelos: Fernandes, Grolli, Apodi, Ribeiro. GOLS: Apodi,59, Brenner, 66, Tanque, 95. BOTA: Gatito; Arnaldo, Carli, Rabello, Victor Luis; Matheus Fernandes (Marcos Vinicius, 58) Bruno Silva, Lindoso, João Paulo; Guilherme (Pimpão, 66), Brenner (Tanque, 78). T: Ventura. CHAPE: Jandrei; Apodi, Grolli, Fabrício Bruno, Reinaldo; Canteros, Moisés Ribeiro (Elicarlos, 85) Lucas Mineiro, Ruschel (Penilla, 60); Túlio, Wellington Paulista. T: EmersonCris.

CORINTHIANS 3×1 CORITIBA, 11out17qua21h, 27ª BR 17, Itaquera (46 mil), Sampa, 36.439 pag, R$1.872.944. Árbitro: Claudio Francisco (SE), Cleriston Clay (SE), Fabio Pereira (TO). Amarelos: Marquinhos, Carleto, William, Leo. Gols: Jô, 9, Henrique, 39, Clayson, 78 e 88. SCCP: Cássio; Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique, Arana; Camacho, Maycon (Clayson); Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Jadson (Fellipe Bastos); Jô (Kazim). T: Carille. COXA: Wilson; Leo, Cleber, Werley, Carleto (William Matheus); Edinho, Alan Santos, Galdezani, Tiago Real (Berola); Rildo, Henrique Almeida. T: Marceloliveira.

MINEIRO 1×0 SÃO PAULO, 11out17qua21h45, 27ª BR 17, Independência (23 mil), Beagá, 17.606 pag, R$296.355. Árbitros: Heber Roberto Lopes, Helton Nunes, Thiaggo Americano (SC). Amarelos: Militão, Alves, Caio, Robinho. Gols: Santos, 52 (p). FRANGA: Victor, Rocha, Felipe, Gabriel, Santos; Adilson, Roger Bernardo; Cazares (Otero, 64), Robinho, Valdívia (Clayton, 80); Fred (Moura, 76). T: Oswaldo. SPFC: Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio, Tavares; Petros, Hernanes (Shaylon, 67); Marcos Guilherme, Gomez (Jucilei, 75), Lucas Fernandes (Maicosuel, 68); Pratto. T: DorivalJr.

GRÊMIO 0x1 CRUZEIRO, 11out17qua21h45, 27ª BR 17, Humaitá (55 mil), PoA, 7.851 pag, R$234.055. ARBITRAGEM: Rodrigo Raposo, José Reinaldo Nascimento, Daniel Andrade (DF). AMARELOS: Nenhum. GOL: Sobis, 69. GRÊMIO: Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Jailson, Arthur (Beto Silva), Jean Pyerre (Patrick); Fernandinho, Barrios, Arroyo (Everton). T: Renato Portaluppi. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Digão, Barbosa; Henrique, Hudson (Romero); Rafinha, Neves, Alisson (Marques); Sobis (Elber). T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.

AVAÍ 1×2 VASCO, 11out17qua21h45, 27ª BR 17, Ressacada (17 mil), Floripa, 8.952 pag, R$273.974. Árbitros: Wagner Reway, Eduardo Cruz, Fábio Rubinho (MT). Amarelos: Betão, Marquinhos, Capa, Lourenço, Dutra, Madson, Wagner, Rios. Vermelhos: Willians, Rios. Gols: Wagner, 2, Rios, 23, Betão, 61. AVAÍ: Douglas; Leandro, Alemão, Betão, Capa; Judson (Lourenço), Simião (Marquinhos), Luan Pereira, Pedro Castro; Joel (Rômulo), JrDutra. T: Claudinei. VASCO: Martín, Madson, Paulão, Anderson Martins. Ramon; Wellington, Jean, Vital (Paulo Vítor), Wagner (Pikachu), Nenê (Rafael Marques); Ríos. T: ZéRicardo.

FLAMENGO 1×1 FLUMINENSE, 12out17qui17h, 27ª BR 17, Maracanã (78 mil), Rio, 32.747 pag, R$. Árbitros: Luiz Flavio Oliveira, Danilo Manis, Miguel Cataneo (SP). Amarelos: Paquetá, Berrio, MarcosJr, Douglas, Lucas, Reginaldo. Gols: Pará, 52 (c), Réver, 69. FLA: Alves, Rodinei (Guerrero), Réver, Juan, Pará; Márcio Araújo (Trauco), Romulo (Arão), Everton Ribeiro, Everton; Berrío, Paquetá. T: Rueda. FLU: Cavalieri, Lucas, Reginaldo, Gum (Nogueira), Marlon; Richard, Douglas, Wendel, Sornoza, Scarpa (Peu); MarcosJr (Romarinho), Dourado. T: Abel.

VITÓRIA 1×2 SPORT, 12out17qui17h, 27ª BR 17, Barradas (35 mil), Salvador, 15.638 pag, R$285.574. Árbitros: Marcelo Aparecido, Anderson Coelho, Bruno Rizo (SP). Amarelos: Uillian, Diego, André, Mena. Vermelhos: André. Gols: Diego, 45, Lenis, 65, Tréllez, 83. VITÓRIA: Caíque; Sá (Danilinho), Ramon, Wallace, Juninho; Soutto (Patric), Uillian Correia, Yago; Neilton, Tréllez, David (Andrelima). T: Mancini. SPORT: Magrão; Prata, Henríquez, Ronaldo, Mena; Anselmo, Wesley (Rodrigo), Patrick; Osvaldo (Lenis), Diego Souza, André (Juninho). T: Luxemburgo.

PONTE 1×1 SANTOS, 12out17qui17h, 27ª BR 17, Lucarelli (19 mil), Campinas, 13.982 pag, R$120.475. Árbitros: Raphael Claus, Alex Ang, Alberto Poletto (SP). Amarelos: Naldo, Bob, Peres, Lima, Zeca. Vermelho: Bob. Gols: Naldo, 4, Ricardo, 44. PONTE: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres, Jeferson; Naldo (Jadson); Sheik (Gamalho), Jean Patrick (Saraiva), Fernando Bob, Barcelos; Lucca. T: Baptista. SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Veríssimo, Braz, Zeca; Alison, Matheus Jesus, Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique, Ricardo Oliveira. T: Culpi.

PALMEIRAS 2×2 BAHIA, 12out17qui17h, 27ª BR 17, Pacaembu (38 mil), Sampa, 24.299 pag, R$739.950. Árbitros: Marcelo Aparecido. Anderson Coelho, Bruno Rizo (SP). Amarelos: Dracena, Mendoza, RenêJr. Gols: Willian, 1, Bruno, 38, Junio, 45 e 88. PALMEIRAS: Prass; Tchê Tchê, Dracena, Juninho, Egídio; Thiago Santos, Bruno Henrique (Felipe Melo), Moisés; Willian (Guedes), Dudu, Deyverson (Borja). T: Cuca. BAHIA: Jean; Eduardo, Becão, Fonseca, Juninho; RenêJr, (Feijão) Juninho, Vinícius (Rodrigão); Zé Rafael (Régis), Mendoza, Edigar Junio. T: Carpegiani.

LUGARES: 387.000. PÚBLICO: MÉDIA: OCUPAÇÃO: 

Neves, Digão e Rafael, os destaques no Humaitá

Por SÍNDICO | Em 12 de outubro de 2017

ATUAÇÕES dos protagonistas de GRÊMIO 0x1 CRUZEIRO, no Humaitá (55 mil), Porto Alegre, pela 28ª rodada do Brasileiro 2017:

TORCIDA CELESTE não apareceu. Pouca gente se animou a desafiar o tempo inóspito pra apoiar o time, que praticamente só teve o aplauso da garotada do Sub17 que havia jogado contra o Inter pelo Brasileiro da categoria. (Síndico)

RAFAEL fez duas defesaças, que asseguraram a vitória. Deve levar prêmios dos telespectadores dos canais esportivos, porque além de tudo, as defesas renderam boas imagens. (Síndico)

EZEQUIEL não foi muito incomodado na etapa inicial, quando seu principal problema foi marcar Marcelo Oliveira. Na etapa final, sofreu mais, pois o Grêmio reforçou o setor com Everton. A briga foi intensa e ele saiu-se bem. (Síndico) —- Fez o que se espera dele – apesar do Grêmio ter forçado pelo seu lado, saiu-se bem. (Douglas Velloso)

DIGÃO foi o melhor por um absoluto controle do jogo aéreo que segundo o footstats chegou a 17 intervenções rasteiras e aéreas e 36 passes corretos e nenhum errado (em que pese a maioria lateral). Muito focado e concentrado no melhor estilo zagueiro-zagueiro. Mais feliz do que acertar os meus prognósticos é perceber que jogadores como ele nos representam dignamente compensado nosso esforço diário de ter o Cruzeiro conosco em meio a tanto trabalho, família e estudos. (Felipe Cardoso) —–  foi o melhor em campo. Rebateu todas as bolas que circularam a área celeste, foi soberano pelo alto, marcou bem nas bolas paradas e saiu jogando com tranquilidade quando precisou. (Douglas Velloso)

MANOEL, em seu segundo jogo seguido como titular, foi outra vez destaque. Ao lado de Digão, que também se mostrou muito eficiente, imperou na zaga e deu pouco espaço pra Barrios. No posicionamento, também dificultou o time gremista. (Globo Esporte) —– Este seguro, como antes da lesão. Coordenou o miolo de zaga, espanou e teve bons lances de recuperação. (Douglas Velloso)

HUDSON defendeu, desarmou e apoiou o ataque, tudo com eficiência. (Matheus Penido)

NEVES foi outra vez decisivo para o Cruzeiro. Mesmo não tendo uma atuação brilhante e, em muitos momentos até apagada, na hora que teve de decidir, foi eficiente e deu passe açucarado pra Sobis marcar. (Globo Esporte) —- Mais uma vez, decisivo. Criou a jogada do gol. Jogador diferenciado. (Paulo Souza)

SOBIS melhorou em relação às últimas atuações, tendo a mesma vontade de sempre, mas aparecendo mais pro jogo, principalmente no 2º tempo. (Globo Esporte)

CRUZEIRO conseguiu a vitória baseado no jogo coletivo, na determinação de todo o do grupo, porque futebol de verdade, o time não mostrou. Mas tranquilidade e a motivação geradas pela conquista da Copa do Brasil, bem como pela união do elenco estão empurrando a equipe tabela acima. (Ernesto Araujo) —– O que o Cruzeiro tem apresentado de melhor é um jogo coletivo forte, organizado, eficiente, com destaque para o sistema defensivo. A confiança está em alta, o que ajuda. Isso hoje faz diferença. (Mauro França)

GRÊMIO

ÁRBITROS levaram o jogo na manha, sem aplicar cartões amarelos, nem cenas de exibicionismo. E, o mais importante, não cometeram erros. (Síndico

NEVES [[[11]]] Braga, Bitencourt, Gesoco, Souza, Rosan, Bastos,  Geisel, Wallace, Ivana, Gil, Barnabé —– DIGÃO [[[9]]] Cardoso, Ernesto, Barros, Walterson, Marcoalex, Velloso, França, Schrier, Chiabi —– RAFAEL [[[7]]] Romarol, Schulman, Fabrício, Drummond, Rossi, Tate, Oliveira —–HUDSON [[[4]]] Penido, Ccc, Gustavo, Toninho —– SOBIS [[[4]]] Luizantonio, Estevão, Domênico,  Arreguy —– MANOEL [[[2]] Velame, João —– HENRIQUE [[[1]]] Galvão —– GEROMEL [[[1]]] Muzzi.

Grêmio 0x1 Cruzeiro: Provisoriamente, vice

Por SÍNDICO | Em 11 de outubro de 2017

CRUZEIRO contra Grêmio, neste 11out17qua21h45, no Humaitá (55 mil), Porto Alegre, pela 28ª rodada do Brasileiro 2017.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 6º, com 14.202 pontos; Grêmio, o 1º, com 15.038.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro, com um jogo a mais do que os concorrentes diretos, é o 4º, com 44 pontos; Grêmio, o 3º, com 46.

ARBITRAGEM: Rodrigo Batista Raposo, José Reinaldo Nascimento Júnior e Daniel Henrique Silva Andrade (DF).

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Manoel, Digão, Barbosa — Henrique, Hudson — Rafinha, Neves, Alisson — Sobis. T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.

BANCO: França, Lennon, Bryan, Arthur, Romero, Lucas, Messidoro, Elber, Marques.

AUSENTES: Fábio, Arrascaeta, Leo, Murilo (poupados), Judivan (preparação física), Dedé, Cabral, Raniel, Robinho e Sassá (lesionados).

PENDURADOS: Barbosa, Hudson, Lennon, Romero, Murilo, Rafinha, Raniel e Sassá.

GRÊMIO: Grohe — Edílson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira — Jaílson, Arthur — Fernandinho, Jean Pyerre, Arroyo — Barrios. T: Renato Portaluppi.

BANCO: Paulo Victor G, Leonardo Gomes L, Rafael Thyere B, Bruno Rodrigo B,  Bruno Cortez L, Kaio V, Leo Moura M, Patrick M, Dionathã A, Beto Silva A, Jael A, Everton A.

AUSENTES: Cristian, Ramiro, Michel, Maicon, Douglas e Luan (lesionados).

PENDURADOS: Ninguém.

TRANSMISSÃO: Globo pra MG (com Rogério Correa, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas) e Premiere (com Márcio Meneghini e Mario Marcos).

TEMPO chuvoso, temperatura 19º, vento 18 Km/h, umidade 94%.

GRÊMIO 0x1 CRUZEIRO, 11out17qua21h45. TEMPO chuvoso, temperatura 19º, vento 18 Km/h, umidade 94%. LOCAL: Humaitá (55 mil), Porto Alegre. MOTIVO: 27ª rodada, Brasileiro 2017. TRANSMISSÃO: Globo e Premiere. PÚBLICO: 7.851 pagantes 9.217 presentes, R$234.055, média R$30. ARBITRAGEM: Rodrigo Raposo, José Reinaldo Nascimento, Daniel Andrade (DF). AMARELOS: Nenhum. GOL: Sobis, 69. GRÊMIO: Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Jailson, Arthur (Beto Silva), Jean Pyerre (Patrick); Fernandinho, Barrios, Arroyo (Everton). T: Renato Portaluppi. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Manoel, Digão, Barbosa; Henrique, Hudson (Romero); Rafinha, Neves, Alisson (Marques); Sobis (Elber). T: Sidnei Lobo / Mano Menezes.