Cruzeiro x São Francisco: Com ingresso barato

Por SÍNDICO | Em 22 de fevereiro de 2017

CRUZEIRO contra São Francisco, neste 22fev17qua21h45, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 2ª fase da Copa do Brasil 2017.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro passou da 1ª fase, jogando fora, contra o Volta Redonda (2×1); São Francisco, em casa, contra Botafogo-PB (3×0).

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 6], com 14.202 pontos; São Francisco, o 148º, com 255.

CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Leo, Caicedo, Barbosa — Henrique, Cabral — Robinho, Arrascaeta, Neves — Sobis. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Mayke, Manoel, Fabrício, Hudson, Lucas, Romero, Elber, Rafinha, Raniel, Ábila.

AUSENTES: Fábio, Dedé, Judivan, Marcos Vinícius, Lucas Ventura, lesionados.

SÃO FRANCISCO: Labilá — Daelson, Charles, Clayton He-Man, Marcos Alemão — Sousa, Rodrigo Santarém, Murilo, Thiago Marabá — Fábio Paulista, Bartola. T: Walter Lima.

BANCO: Edielso, Lucão, Diogo Silva, Tiago Floriano, Caçula, Juninho, Heliton.

AUSENTES: Marcelo Pitbull e Balotelli, ainda não inscritos no BID.

HISTÓRICO: Será o 1º jogo entre ambos.

ARBITRAGEM: Eduardo Tomaz Aquino Valadão, Edson Antonio Sousa, Adailton Fernando Menezes (GO)

TEMPO: Nublado, temperatura 27º, vento 11 Km/h, umidade 53%.

TRANSMISSÃO: Globo pra Santarém e MG, menos Juiz de Fora, Uberaba, Uberlândia e Ituiutaba (com Rogério Correa, Bob Faria e Márcio Rezende Freitas) e SporTV 2 (com Jaime Jr e Henrique Fernandes).

Semana 7: Avançou na CB, tropeçou no MG

Por SÍNDICO | Em 22 de fevereiro de 2017

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 7 de 2017, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 13FEV17. Treino técnico no CT João Havelange, em Pinheiral. Manoel, poupado. /// Presidente GILVAN confirmou negociações pras saídas de Willians, Mena e Gino. /// ROBSON PIRES, sobre o bar temático: “A economia fraca atrasou o projeto. Vamos inaugurar nos próximos 2 ou 3 meses. Nosso plano é manter a previsão inicial de uma primeira loja em Lourdes e, depois, outra mais afastada”.

TERÇA, 14FEV17. Treino técnico seguido de recreativo encerrou preparação para jogo contra o Volta Redonda. Manoel fez atividade física. /// Contrato de MURILO foi prorrogado até dez20. /// Acertado empréstimo de FEDERICO GINO ao Santa Cruz, até o fim do Pernambucano. Contrato com o Cruzeiro vai até jun17. /// América manifestou interesse em EDIMAR. /// GILVAN DE PINHO TAVARES, sobre a política interna do clube: “O estatuto do Cruzeiro precisa ser alterado. Sempre fui favorável a um estatuto mais atualizado. Não vou debater política. Acho grande indelicadeza de quem está, tão antecipadamente, numa hora tão boa pro Cruzeiro, se lançando candidato. Não estão só sendo indelicados, como também atrapalhando nossa gestão.

QUARTA, 15FEV17. VOLTA REDONDA 1×2 CRUZEIRO. Copa do Brasil, 1ª fase, jogo único, Raulino Oliveira, Volta Redonda. GOLS: Alisson, 14, Robinho, 60, Leite, 68. VOLTAÇO: Douglas Borges, Henrique, Felipe, Luan, Cristiano; Marcelo, João Cleriston (Diogo), Diego Souza (Higor Leite); Pipico (Octávio), David, Luiz Gustavo. T: Cairo Santos. CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Leo, Caicedo, Diogo Barbosa; Henrique, Cabral; Robinho (Rafinha), Arrascaeta, Alisson (Elber); Sobis (Lucas Silva). T: Mano Menezes. /// MANO: “Criamos bastante, mas desperdiçamos oportunidades, que logo não vamos desperdiçar mais. E se continuarmos criando desse jeito, certamente conquistaremos mais vitórias. O 1º tempo foi mais jogado, estudado e trabalhado. Oscilamos um pouco em determinados momentos, mas temos que valorizar muito a vitória, porque ninguém vencia aqui desde abril do ano passado. Temos mais fatores positivos do que negativos. Os negativos a gente resolve em casa, os positivos vamos exaltar, porque não é fácil conquistar 6 vitórias consecutivas no futebol brasileiro”. /// Clube liberou mil vagas do Sócio do Futebol com pagamento por boleto bancário. Lote esgotou em uma hora. /// Renovado contrato da CRUZEIRO WORLD, loja virtual internacional, com a Zezoo Fulfillment Solutions & Marketing.

QUINTA, 16FEV17. Delegação retornou de Volta Redonda. /// Millonarios anunciou contratação de RIASCOS. Cruzeiro não se manifestou oficialmente. /// Próximo adversário na Copa do Brasil será o São Francisco-PA, em jogo único em 22fev, no Mineirão. /// EDUARDO FREELAND foi apresentado oficialmente como novo diretor da base. /// Goleiro GABRIEL BRAZÃO foi convocado para a Seleção Brasileiro que disputará o Sul-Americano Sub17.

SEXTA, 17FEV17. Reapresentação, com futevôlei para os titulares contra o Volta Redonda e treino técnico para os demais. Robinho, Arrascaeta e Ezequiel fizeram trabalho de recuperação muscular. Relacionados para jogo contra a URT: França, Rafael, Mayke, Caicedo, Leo, Murilo, Bryan, Barbosa, Fabrício, Alex, Cabral, Arrascaeta, Elber, Henrique, Hudson, Romero, Lucas Silva, Rafinha, Alisson, Sobis, Abila, Raniel. /// FIFA liberou documentação de THIAGO NEVES. /// Renovados contratos de MANOEL, até dez20, e HENRIQUE, até dez19. /// CRB anunciou negociação com o Cruzeiro para a transferência do atacante JONATA, 19 anos.

SÁBADO, 18FEV17. URT 1×1 CRUZEIRO. Mineiro, 4ª rodada, Zama Maciel, Patos de Minas. GOLS: Abila, 62 (p), Ceará, 69. URT: Juninho; Everton, Rodolfo, Luan, Fábio Alves; Jô, Allan Dias, Cascata (Jordã), Carlinhos; Edmar (Rafael Oller), Marques (Gabriel Ceará). T: Rodrigo Santana. CRUZEIRO: Rafael; Mayke, Leo, Caicedo, Fabrício; Henrique, Cabral; Rafinha (Barbosa), Alex (Sobis), Alisson (Elber); Abila. T: Mano Menezes. /// MANO: “Fizemos o gol de pênalti, e aí nos omitimos de jogar durante 10 minutos, ficamos dando chutão. Nosso time não pode ficar dando chutão, não temos jogador na frente pra ficar disputando bola com a defesa. A característica é outra. Não podemos deixar de jogar, o time tem que colocar a bola no chão, ter personalidade e não fazer o que fizemos naquele momento”. /// SADA CRUZEIRO 3×0 BENTO VÔLEI (25/18, 25/18, 25/17). Superliga, 18ª rodada, Riacho, Contagem. CRUZEIRO: William, Evandro, Leal, Rodriguinho, Isac, Simon, Serginho. Entraram: Alan, Cachopa. T: Marcelo Mendez. /// ATLETISMO: Marcela Cordeiro venceu a 40ª Corrida XV Fevereiro de Cornélio Procópio. Denise Ferreira venceu as provas de 1.500 e 5.000 metros no 1º Torneio Aberto de Atletismo de Pernambuco, em Recife. Gleison Santos foi 2º nos 1.500 e 3º nos 5.000. José Márcio Leão venceu os 5.000. Valdir Oliveira foi 5º na 41ª Corrida Reis de Brasília.

DOMINGO, 19FEV17. Folga do elenco. /// ATLETISMO: Andreia Lima venceu a XIV Corrida Rústica do 23º Batalhão da PMMG, em BH. Ivamar Oliveira foi 3º. Ivanildo Pereira e Claudete Souza foram os vencedores da 1ª Corrida Rústica João da Mata, em Diamantina. Wellington Bezerra venceu a 1ª Corrida Oficial de Itapevi. Edmilson Santana foi 8º na 11ª Meia Maratona Internacional de São Paulo, seguido por David Macedo e Sérgio Celestino. Gilberto Silvestre foi 3º na prova de 10km do Campeonato Sul-Americano de Cross-Country, em Santiago.

Centroavantes argentinos

Por SÍNDICO | Em 21 de fevereiro de 2017

ÁBILA, que os cruzeirenses garantem estar sempre em má fase, tem média de 0,52 gols no Maior de Minas. Mesma média alcançada no Huracán.

Pratto, que muitos cruzeiricanos tanto admiram, saiu do Segundo Maior, com média de 0,39.

S;o a incapacidade de fazer contas justifica tanto aplauso pro pior desempenho.

Vc sobreviveria a uma zebra dessas?

Por SÍNDICO | Em 21 de fevereiro de 2017

O São Francisco vem de uma derrota por 2×0 para o São Raimundo, rival citadino em Santarém, pelo Paraense. O Cruzeiro vem de um empate por 1×1 contra a Urt, em Patos de Minas, pelo Mineiro.

Pela Copa do Brasil, o Cruzeiro cumpriu sua obrigação vencendo o Volta Redonda, por 2×1, fora de casa. O São Francisco foi além do esperado na vitória por 3×0 sobre o Botafogo, em casa.

Para o time paraense uma derrota, por um placar decente, tá de bom tamanho. Para o time mineiro, vitória apertada, faria soar trombetas.

Mas e se der zebra? Se der, seria escândalo mundial. Até o PHD fecha pra balanço. Vc, caro leitor, suportaria um revés? Quantos dias ficaria entocado em casa, sem ler jornais, ver televisão, nem acessar redes sociais?

Por essas e outras, é que eu sempre prefiro adversários fortes. Um Vasco, por exemplo, seria uma benção nesta altura do campeonato.

Salvando a Primaliga

Por SÍNDICO | Em 21 de fevereiro de 2017

PRIMA LIGA fracassou. Como qualquer projeto de cartolas brasileiros.

Gilvan, contudo, quer salvá-la transformando-a num torneio com uma só sede.

Vai dar merda de novo, porque vão escolher cidades com grande oferta de futebol.

Minha proposta:

  • 32 clubes de cidades que gostam de futebol, o que exclui Volta Redonda, por exemplo.
  • Eliminatórias simples. Os times de pior ranking jogam em casa. Empate dá disputa de pênaltis.
  • Final  em jogo único em Uberlândia, que tem grana e estádio. Ou em Chapecó, Cariacica, Erechim…
  • Convidados: Cruzeiro, Franga, América, Uberlândia, Villa Nova, Boa, Tombense, Grêmio, Inter, Caxias, Juventude, Brasil,  Paranaense, Coritiba, Londrina, Maringá, Paraná, Fla, Flu, Bangu, Goytacás, Madureira, Avaí, Jec, Criciúma, Figueira, Chape, Rio Branco, Desportiva, Goiás, Vila, Goianiense.

Aproveitando a deixa, sorteio logo a primeira rodada:

  1. Rio Branco x Cruzeiro
  2. Jec x Paraná
  3. Caxias x Flu
  4. Tombense x Fla
  5. Villa Nova x Coritiba
  6. Uberlândia x Paranaense
  7. Londrina x Inter
  8. Desportiva x Grêmio
  9. Boa x Chape
  10. Madureira x Goiás
  11. Goytacás x América
  12. Bangu x Figueira
  13. Brasil x Franga
  14. Vila x Avaí
  15. Maringá x Criciúma
  16. Juventude x Goianiense

As demais rodadas também seriam definidas por sorteio, sempre com o pior ranqueado jogando em casa.

Aprenderam conosco?

Por SÍNDICO | Em 20 de fevereiro de 2017

Hoje, descobri essa mensagem, que me foi enviada há 4 anos. 

Ela continua atual. Atualíssima. 

Convido os comentaristas do PHD a pensarem no assunto e responderem ao missivista.

Salinas, 10 de julho de 2013

Jorge, boa noite!

Tomo a liberdade de te enviar esta mensagem “inbox” porque não possuo seu e-mail e acho muita invasão solicitar amizade do face de forma imediata.

Conheço-lhe somente através das participações no blog PHD que acompanho sem ainda ter participado.

Sou de Montes Claros mas trabalho em Salinas e sou cruzeirense desde que acompanho futebol (mais ou menos desde 88, quando tinha doze anos).

Bom, indo ao assunto para lhe poupar tempo, gostaria de compartilhar com você uma preocupação que me ocorreu e lhe solicitar –como cruzeirense mais experiente– uma opinião:

  • Tenho acompanhado recentemente, por conta do momento que vive o nosso adversário, várias falácias dos atleticanos e confesso que estou receoso de que nosso time esteja passando por um processo de “atleticanização”. A história nos mostra que o Cruzeiro é que sempre foi o time que ditava as regras no futebol mineiro, quer seja em contratações, quer seja em títulos, quer seja em administração financeira. Entretanto, sinto que, desde 2003 (com menção honrosa para 2009), nosso time vive de memórias, lembranças, e nosso rival mostrou que aprendeu conosco, seja na contratação de ex-cruzeirenses (incluindo diretores de futebol, jogadores, técnicos, etc)…

É isto mesmo, o que você acha?

Rômulo Maia

Naldo: “Estádio acanhado, gramado ruim, faca nos dentes”

Por SÍNDICO | Em 20 de fevereiro de 2017

MANO MENEZES: Fizemos o gol de pênalti, e aí, na minha opinião, tivemos a maior falha: nos omitimos de jogar durante 10 minutos. Ficamos dando chutão na melhor hora de jogar, porque o espaço ia aparecer. Demos chutão, o adversário pegou a bola e, numa jogada bem trabalhada por dentro, teve méritos e empatou. Foi justo pelo que apresentaram as equipes. Você não pode deixar de jogar no momento mais importante. Lutamos tanto pra construir a vantagem, que foi difícil conseguir. Trabalhamos a bola, chegamos, tivemos o pênalti. Depois do gol, ficamos dando chutão. Nosso time não pode ficar dando chutão, não temos jogador na frente pra ficar disputando bola com a defesa. A característica do nosso time é outra. Não podemos deixar de jogar, o time tem que colocar a bola no chão, ter personalidade e não fazer o que fizemos naquele momento.

HENRIQUE: Infelizmente, empatamos. Não tivemos total domínio, erramos muito nos passes e não criamos tanto assim. Não gosto de colocar desculpas, mas hoje não tivemos felicidade.

CELESTE CAMPOS, comentarista do PHD: Jogo difícil. A URT jogou bem e nosso time repetiu algumas deficiências. Não adianta jogar bola alta quando o Ábila é o único homem na área e nem baixa, quando Leo e outros estão lá pra cabecear. Algumas ligações diretas não funcionaram e também ocorreram erros de finalização. Mano deveria insistir nas experiências. Com o tempo, as coisas se ajeitam. Não somos os melhores (como se apregoou pela sequência de vitórias) e nem nos tornamos timinho, afinal o adversário está bem montado, o campo é ruim e o calor estava implacável.

MATHEUS PENIDO, comentarista o PHD: Tomar empate numa bola enfiada no meio da zaga, com os dois volantes batidos numa jogada simples foi chato. E tenho impressão que se fosse o Fábio teria abafado aquele chute.

POLACO, comentarista do PHD: Arrascaeta lembrou o vovô Tinga, que se lesionava no aquecimento. Ainda bem que só lembrou, porque futebol esse uruguaio tem de sobra. Fato!

WASHINGTON RAMOS, comentarista do PHD: Elogiar o fraco futebol da URT, que entregou várias bolas na saída, é esconder o péssimo futebol apresentado pelo Cruzeiro. Azular o Maike só pode ser pra irritar alguém deste blog. Aquela entrada dele era pra vermelho, mas o Emerson deu só amarelo. Sobis conseguiu ser pior que o Alex. Leo tomou entre as pernas e Caicedo dormiu, dando condição de jogo ao Gabriel Cearense no gol. 

TATO, comentarista do PHD: Girar o elenco é importante. Gostaria de ter visto Silva e Romero neste jogo. E não sofrer gols deveria ser uma obsessão, desde o início de temporada.

NALDO, comentarista do PHD: Não achei tão o ruim, afinal o estádio é acanhado, o gramado ruim e o  adversário jogou com a faca nos dentes. 

Rafinha agradou muitos torcedores

Por SÍNDICO | Em 19 de fevereiro de 2017

Quem foi o melhor de URT 1×1 CRUZEIRO, neste 18fev17sab16h30, no Zama Maciel, Patos de Minas, pela 4ª rodada do Mineiro 2017?

TORCIDA CELESTE compareceu em bom número e apoiou o time.

RAFAEL não teve culpa no gol e não cometeu falhas nos demais lances.

MAYKE fez outra boa partida, seguro na marcação e com bons cruzamentos pela direita.

LEO foi o esteio da defesa, com ótimas intervenções. Mas teve quem viu falha dele no gol da Urt. Faz parte do show do torcedor.

CAICEDOl afora um escorregão comprometedor, saiu0se bem nas rebatidas.

FABRICO não comprometeu na defesa, mas também nada fez de relevante no ataque.

HENRIQUE foi um dos poucos a manter a calma e jogar futebol, sem se desesperar diante das dificuldades. Enfrentou um bom mio de campo adversário, no qual sobressaiu-se o ótimo Allan, e ainda apoiou o ataque. 

CABRAL fez o que sabe: boas saídas de bola, bons passes. 

RAFINHA trabalhou bastante, mas nada deu muito resultado, além do pênalti sofrido, é claro.

ALEX, lento, não mostrou serviço. 

ALISSON tentou várias jogadas, mas não emplacou nenhuma. 

ÁBILA fez o fol e nada mais, pois as boas bolas não apareceram pra serem finalizadas. 

SOBIS entrou pra melhorar a criação e não criou nada. 

ELBER não teve tempo pra muita coisa, mas ainda aprontou uma ou duas correrias interessantes. 

BARBOSA entrou com a missão de  ser o pontesquerda da segunda linha e fez o que o técnico mandou.

MANO não conseguiu decifrar a charada tática da Urt, nem quando fez as substituições. Acontece. Nem sempre o caçador se dá bem.

CRUZEIRO não encontrou espaços, não teve Arrascaeta pra inventar alguns esó chegou ao gol numa bobeada do beque da Urt. Levou empate numa jogada de alta qualidade do adversário e não teve forças pra reagir. Omissão, gramado, cansaço e outras desculpas não colam. Problema foi a falta de futebol pra superar um adversário combativo e taticamente eficiente.

URT foi um time bem armado, concentrado, capaz de seguir à risca a estratégia traçada por seu treinador. Marcou, prioritária e incansavelmente, e, quando encontrou brechas, atacou. Carlinhos, não só pelo lance perfeito do gol, foi o nome do jogo. Allan deu aula na meiuca. Ceará foi frio e preciso na conclusão da jogada do gol de empate. Rodolfo também se destacou, liderando a defesa. E, o mais importante, ninguém jogou mal. Tarde quase perfeita do Trovão de Patos.

ÁRBITROS cometeram poucos erros, o mais relevante foi um impedimento mal marcado, que impediu Ábila de finalizar, livre, que nem táxi no ponto.

  • RAFINHA [[[9]]] Barreto, Wallace, Dovalle, Vilela, Ernesto, Anchieta, Celeste, Fonseca, Rossi —– CAICEDO [[[3]]] Barros, Ccc, Velloso —– HENRIQUE [[[2]]] Rocha, Síndico —– LEO [[[2]]] Talentim, Evans —– ÁBILA [[[1]]] Luizito —– SANTANA, o técnico [[[1]]] Penido —– EMERSON, o juiz [[[1]]] King.

URT 1×1 Cruzeiro: Não é mais 100%

Por SÍNDICO | Em 18 de fevereiro de 2017

CRUZEIRO contra URT, neste 18fev17sab16h30, no Zama Maciel, Patos de Minas, pela 4ª rodada do Mineiro 2017.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 2º, com 9 pontos; URT, a 3ª, com 7.

RANKING da CBF: Cruzeiro é o 6º, com 14.202 pontos; URT, a 142ª, com 240.

CRUZEIRO: Rafael — Mayke, Leo, Caicedo, Fabrício — Henrique, Cabral — Rafinha, Alex, Alisson –Abila. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Cerqueira, Bryan, Barbosa, Hudson, Romero, Lucas, Arrascaeta, Raniel, Elber, Sobis.

AUSENTES: Fábio, Dedé, Judivan, Marcos Vinícius, lesionados, Thiago Neves, sem registro no BID.

URT: Juninho — Everton, Rodolfo, Luan, Fábio Alves — Jô, Allan Dias — Cascata (Jordã), Carlinhos — Edmar, Marques. T: Rodrigo Santana.

BANCO: Pablo G, Walace B, Leo Lm Vinícius Hess V, Jordã M, Thiago Brito A, Rafael Oller A, Gabriel Ceaá A.

AUSENTES: Ninguém.

ARBITRAGEM: Emerson de Almeida Ferreira, Guilherme Dias Camilo, Ricardo Junio de Souza (MG).

TRANSMISSÃO: Premiere, com narração de Jaime Jr, comentários de Henrique Fernandes.

O JOGO

URT 1×1 CRUZEIRO, 18fev17sab17h30. TEMPO ensolarado, temperatura 27º, vento 8 Km/h, umidade 60%. LOCAL: Zama Maciel (5 mil), Patos de Minas. MOTIVO: 4ª rodada do Mineiro 2017. TRANSMISSÃO: Premiere. PÚBLICO: ARBITRAGEM: Emerson de Almeida Ferreira, Guilherme Dias Camilo, Ricardo Junio de Souza (MG). AMARELOS: Caicedo, Mayke, Fabrício, Jô, Luan. GOLS: Abila, 62 (p), Ceará, 69. URT: Juninho; Everton, Rodolfo, Luan, Fábio Alves; Jô, Allan Dias, Cascata (Jordã), Carlinhos; Edmar (Rafael Oller), Marques (Gabriel Ceará). T: Rodrigo Santana. CRUZEIRO: Rafael; Mayke, Leo, Caicedo, Fabrício; Henrique, Cabral; Rafinha (Barbosa), Alex (Sobis), Alisson (Elber); Abila. T: Mano Menezes. HISTÓRICO: Foi o 21º Cruzeiro x URT, com 18 vitórias do Cruzeiro e 3 empates. Os dois times jamais decidiram um torneio entre si.

3ª Mineiro: Franga, Cruzeiro, Urt, Uber

Por SÍNDICO | Em 18 de fevereiro de 2017

TUPI 0x4 CRUZEIRO, 11fev17sab16h30, 3ª Mineiro 2017, Mário Helênio (10 mil), Juiz de Fora, 5.406 pag, R$128.160, gols Sobis, Leo, Robinho, Sobis. ARBITRAGEM: Renato Conceição, Magno Lima, Frederico Vilarinho (MG). AMARELOS: Leo, Barbosa, Marcel, Carlos. CRUZEIRO: Rafael — Ezequiel, Leo, Caicedo, Barbosa (Fabrício) — Henrique, Cabral — Robinho, Arrascaeta (Elber), Alisson (Rafinha) — Sobis. T: Mano Menezes. TUPI: Gideão — Euller, Elivelton, Edmário, Bruno Santos — Marcel (Leandro Ferreira), Bonilha, Juninho (Sávio), Carlos Jr; Matheus Pato, Flávio Caça-rato (Jajá). T: Eder Bastos.

TOMBENSE 0x0 TRICORDIANO, 11fev17sab17h, 3ª Mineiro 2017, Antônio Almeida (3 mil), Tombos, 636 pag, R$6.320. ARBITRAGEM: Emerson Ferreira, Marconi Vieira, Pedro Cotta. AMARELOS: Alex, Bartholo, Natan, Tauã, Krobel, Wescley, Lopes, Luiz Felipe, Amorim. VERMELHO: Luiz Felipe. TOMBENSE: Darley Torres — Gedeilson, André Krobel, Wellington Carvalho. Matheus Lopes — Natan (Carlos Henrique), Pedro Castro, João Paulo (Tauã), Jonathan — Daniel Amorim, Alex Gonçalves (Danilo). T: Raul Cabral. TRICORDIANO: Marcão — Marcelo Tchê, Wescley (Hítalo Rogério), Augusto, Renan Luis — Luis Felipe, Rodrigo Paulista, Leo Bartolo, Rodriguinho (Wesley) — Lucas Vieira, Gilberto Carrara. T: Paulo Foiani.

VILLA NOVA 2×0 AMÉRICA-TO, 12fev17dom17h, 3ª Mineiro 2017, Castor Cifuentes (5 mil), Nova Lima, 1.430 pag, R$10.280, gols Roni, 64, Felipe Augusto, 79. ARBITRAGEM: Ricardo Marques,  AMARELOS: Rosa, Barros, Kalu. VILLA: Fernando Henrique, Osvaldir, Gladstone, Lula, Bruno Ré; Paulo Vítor, Tchô (Leonidas), Luís Mário, Renato Kayser, Roni (Leandro), Felipe Augusto, T: Leston Jr. AMÉRICA: Marcelo Carné, Gleison Ferreira, Emerson (Ramon), Vinicius, Bruno Barros; Diego Rosa, Pedrinho, Ronaldo, Luizinho, Deyvison (Edinho), José Vieira (Somália). T:

CALDENSE 2×2 AMÉRICA, 12fev17dom19h30, 3ª Mineiro 2017, Ronaldo Junqueira (7 mil), Poços de Caldas,  1.319 pag, R$gols Gerson, 54, Luiz, 57, Hugo 72, Marcelinho, 90. ARBITRAGEM: Wanderson Souza, Luiz Antônio Barbosa, Leonardo Pereira (MG). AMARELOS: Blanco, Carpini, Cristiano. CALDENSE: Neguete, Weldon Grafite, Marcelo, Hélio, Rafael Estevam; Tiago Carpini (Diego Clementino), Álvaro (Wellington Rato), Anderson Santos, Cristiano (Ewerton Maradona), Zambi, Luiz Eduardo. T: Thiago Oliveira. AMÉRICA: João Ricardo, Auro, Rafael Lima, Renato Justi, Pará; Gustavo Blanco, Juninho (Ernandes), Renan Oliveira, Tony (Gerson Magrão), Felipe Amorim; Hugo Almeida (Rubio). T: Anderson Moreira.

ATLÉTICO-MG 3×0 UBERLÂNDIA, 12fev17dom17h, 3ª Mineiro 2017, Independência (23 mil), BH,  11.157 pag, R$155.930m gols Danilo, 76, Moura, 82, Fred, 87. ARBITRAGEM: Igor Benvenuto, Ricardo Souza, Sidmar Maurer. AMARELOS: Vandinho, João, Leonardo. FRANGA: Giovanni, Rocha, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Carioca, Elias (Moura), Danilo, Cazares (Maicosuel), Otero (Clayton); Fred. T: Roger Machado. UBERLÂNDIA: Thiago Braga; Rodney, Mauro Viana, Robinho, Vandinho; Bruno Moreno, João Paulo (Elivelton), Marco Goiano (Schumacher), Alê; Vanger, Reinaldo Alagoano. T: Paulo César Catanoce.

URT 4×1 DEMOCRATA, 12fev17dom17h, 3ª Mineiro 2017, Zama Maciel (5 mil), Patos de Minas, 1.609 pag, R$20.250, gols Carlinhos, 2, Marques, 20, Carlinhos, 43, Victor, 55, Cascata. 65. ARBITRAGEM: Jerferson Costa, Felipe Oliveira, Marcyano Vicente. AMARELOS: URT: Everton, Diego Borges, Rodolfo, Fábio Alves (Leonardo); Alan Dias, Jô, Carlinhos (Tiago Brito), Cascata; Edmar (Rafael Oller), Marques. T: Rodrigo Santana. DEMOCRATA: Luís Fernando, Moisés (Victor Guilherme), Marcelo, Wellington, Carlos (Matheus); Gladson, Márcio Diogo, Victor, Alex (Tiago); João, Vítor Luís. T: Eugênio Souza.

LUGARES: 53.000. PÚBLICO: 21.557. MÉDIA: 3.593. OCUPAÇÃO: 41%.